Arimá Rocha – É “desqualificada” denúncia sobre guardas municipais na casa da mãe da prefeita

“Um dia após ter escutado o diretor-geral da Guarda Municipal de Fortaleza, Arimá Rocha, o Ministério Público Estadual continua hoje a coletar depoimentos para a investigação sobre o uso de guardas municipais na segurança da mãe da prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins (PT). O Órgão avalia a possibilidade de entrar com ações de improbidade administrativa contra a petista e o chefe da pasta.

O caso foi revelado pela revista Veja e levado ao plenário da Câmara Municipal pelo vereador de oposição Plácido Filho (PDT). Ele questiona a suposta presença de 12 guardas em um posto de segurança permanente na casa da mãe de Luizianne, a suplente de deputada estadual Luiza Lins (PT) – situação que, segundo o MPE, é ilegal.

De acordo com o promotor Ricardo Rocha, há relatos de que os guardas são mantidos no posto até mesmo quando Luiza está fora da cidade. “O primeiro problema é que não há previsão legal para isso. Depois, não se pode admitir que terminais de ônibus, postos de saúde e praças sejam alvo de depredação e violência por falta de guarda municipal, enquanto 12 deles se revezam na casa da mãe da prefeita”, criticou.

Ao O POVO, Arimá Rocha taxou a denúncia de “desqualificada”, além de ter reclamado de “má fé” do vereador que puxou o coro contra o caso. O diretor afirmou que, em vez de 12, oito guardas estão escalados para o local. “São dois guardas permanentemente. Pela escala de revezamento, preciso de um total de oito”, afirmou.

Ele argumentou, ainda, que a comissão de segurança de Luizianne – cujo chefe é o mesmo que o do ex-prefeito Juraci Magalhães (PMDB) – avaliou, com base em “recomendações técnicas”, que a proteção da prefeita precisa ser garantida em três locais estratégicos: o Palácio do Bispo, onde ela trabalha, a residência onde vive e a casa da mãe, aonde a petista e o filho de 11 anos vão com frequência.

“O menino passa os fins de semana na casa da avó. Quando a prefeita viaja, ele também fica lá. Nos momentos de lazer, é para a residência de dona Luiza que eles vão. Por isso, resolvemos dar proteção permanente”.

Questionado sobre por que a segurança não é acionada apenas quando Luizianne e o filho estão no local, Arimá disse que a situação poderia causar incômodo à família. “Se toda vez que eles quiserem se locomover tiverem de me avisar eu vou causar constrangimentos. Além do mais, a boa técnica de quem faz segurança de autoridade pede que os profissionais sejam sempre os mesmos”, alegou.”

(O POVO)

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

6 comentários sobre “Arimá Rocha – É “desqualificada” denúncia sobre guardas municipais na casa da mãe da prefeita

  1. A comissão de segurança da Prefeita, esqueceu de incluir o Mercado do Pinhões nos locais frequentados pela sra. Luizianne e sua genitora. Olha o vacilo seu Arimá!!

  2. Engraçado, em tudo que diz respeito a prefeitura de Fortaleza e a prefeita, sempre tém comentario raivoso das mesmas pessoas: Aline Girão, Ricardo e Franklin. Porque será? será que essas pessoas tiveram algum interesse pessoal contrariado? ou será porque não tem mesmo é o que fazer? ora, VÃO ARRUMAR UMA LAVAGEM DE ROUPA seus desocupados.

  3. Faço questão de ter meu nome incluído em sua lista prezado Artorius. E você tem toda razão, eu tenho interesses contrariados por por conta desse desastre que é a administração Luizianne Lins, só que são interesses de cidadão e não interesses pessoais uma vez que que em Fortaleza o máximo que tenho é um apartamento e o IPTU é bem baratinho, posso pagar!

    Quanto a falta do que fazer, não me encaixo nesse perfil pois trabalho bastante, mas sempre sobra um tempinho para acessar esse excelente blog e exercer a minha cidadania, cobrando, criticando e aplaudindo quando entendo que são merecidos, pena que a sua prefeita e seus asseclas só merecem críticas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 − 9 =