A arte do encontro, embora haja tanto desencontro

Da Coluna Política, no O POVO deste sábado (5), pelo jornalista Érico Firmo:

“Nada mais doce, nada mais terno, do que um ex-inimigo”, dizia Nelson Rodrigues. Desse ponto de vista, a eleição no Ceará é um poço de ternura, de um nível de glicose fatal para diabéticos. Os encontros que se processam em nome de interesses ou inimigos em comum é espantoso. Vale lembrar algumas frases das personagens envolvidas, num passado nem pouco distante.

“Vocês (PT) é que não respeitam o povo do Ceará. Não respeitam. O PT não respeitou o povo do Ceará”, Ciro Gomes, ao criticar a escolha de José Airton pelo PT para concorrer a governador, em 2002. Em entrevista aos jornalistas Fábio Campos e Rodrigo de Almeida, publicada pelo O POVO em 20 de outubro de 2002. Ciro ainda acrescentou: “Em três meses, ele (José Airton) iria destruir o Estado do Ceará”.

Passados 12 anos, período no qual esteve junto do PT, Ciro apoia um petista – de outro perfil, é verdade – para suceder seu irmão, Cid Gomes.

Na mesma época, mais duro ainda foi Tasso Jereissati (PSDB) com seu hoje candidato ao Governo do Estado, Eunício Oliveira (PMDB). Em 28 de outubro de 2002, após a confirmação da eleição de Lúcio Alcântara contra José Airton, ele declarou: “Derrotamos o poder econômico corruptor de Eunício de Oliveira (na época deputado federal, que apoiara Airton no segundo turno). Derrotamos o projeto de fascismo do embuste do Moroni Torgan. A coligação mais fajuta que eu já vi na minha vida”.

Hoje, Tasso está ao lado de parte dessa “coligação fajuta”. Embora seja verdade que o DEM de Moroni apoia Eunício, mas o ex-deputado, pessoalmente, está com Cid Gomes (Pros).

Por falar em Tasso e Ciro, há mais aspecto curioso nesta eleição, envolvendo os dois. Em entrevista ao jornalista J. Ciro Saraiva, publicada no livro Depois dos Coronéis, Ciro dá um depoimento sobre seu envolvimento na eleição de 2010. “Eu, por exemplo, não pedi votos a ninguém para o Senado, me mantive calado, mesmo diante das injustiças, por gratidão, por respeito, por carinho”.

Naquela ocasião, Tasso concorria à reeleição pela oposição. E o bloco governista lançou, justamente, Eunício e José Pimentel (PT) para as duas vagas. Os dois acabaram eleitos, com forte engajamento de Cid. Mas, conforme o próprio Ciro afirma, ele não trabalhou pelos candidatos. Lavou as mãos, mais ou menos como o próprio Tasso fez em 2006, em relação a Cid. Apesar disso, Ciro complementa na entrevista: “Mas o interesse público do Ceará foi atendido”, diz, ao se referir à eleição de Pimentel e Eunício – esse último sobre quem diz poucas e boas agora.

Desta vez, o candidato a senador contra Tasso é Mauro Filho (Pros). Deputado estadual ligadíssimo a Ciro, lançado na vida pública por ele, na Prefeitura de Fortaleza e, depois, no Governo do Estado, sempre em funções absolutamente estratégicas. Não dá para imaginar que faça “corpo mole” desta vez. Assim, será o primeiro embate estadual para valer entre Ciro e Tasso.

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

27 comentários sobre “A arte do encontro, embora haja tanto desencontro

  1. Vamos ser sinceros, gente: o genro do Paes de Andrade apoiar o Tasso, depois de tudo que ele fez com o sogro ? Eunício é amoral. E eu duvido que Paes deixará de votar no filho de um grande amigo (Benevides e Mauro) pra apoiar Tasso. Até porque Paes e Mauro apóiam Dilma.

  2. Não gosto dos Gomes, mas prefiro optar por Camilo (partido da Dilma e filho do grande Eudoro), Izolda (esposa do prefeito Veveu do PT) e Mauro…Isso sim é renovação. Os Gomes estão fora da chapa. Na outra chapa, só coronéis. Nem o Catanho, que é suplente e seria beneficiado com a vitória do Eunício e nem a loura Luizianne, anti-Gomes, querem Eunício, já viram que a melhor opção é Camilo-Mauro.

  3. Rodrigo, cara, disfarça… Dizer que o Camilo e o Maurinho são renovações e, ao mesmo tempo, afirmar que não gosta dos Ferreira Gomes… é achar que os leitores desse politizado é blog são idiotas. Maurinho é cria do Ciro e foi letrado na cartilha dos Ferreira Gomes. O Camilo é mais cidista que petista. Izolda, sem comentários, o povo de Sobral fala por si. Se a estratégia é desvincular o desgaste de 8 anos de cidismo do Camilo… cara, é derrota na certa. O Canabarro tá pisando na bola.

  4. Martônio, se fosse Cid versus Eunício, votaria Eunício. Se fosse Cid versus Tasso, votaria Tasso. Mas, entre Camilo-Mauro e Eunício-Tasso, sou Camilo-Mauro. Podem ser do mesmo grupo político, mas mesmo assim é renovação, e possuem modos diferentes de governar. O restante é voltar pro passado, já sabemos que de Eunício, teremos uma gestão à la Juraci Magalhães. E se Camilo fosse tão cidista, ele iria pro PROS…

  5. Rodrigo, volto a insistir que o eleitor desse conceituado blog é politizado. Acho que mais politizado que em qualquer outro site ou blog (sem babação, é verdade). O Maurinho é muito inteligente, mas não constrói uma frase sem a permissão do Ciro. Sei o que estou falando. Até voto nele, mas não sou hipócrita de achar que ele não estará a serviço dos Ferreira Gomes. Gosto do Ciro e do Ivo, acho o Cid injusto e imaturo, embora nunca tenha me feito nada de mal. Agora, para governador, só sei que não voto no Camilo. Ele é Cid puro, nada a ver com o Ciro. Sobre a ida dele para o Pros, mais uma vez, Rodrigo, você subestima a politização dos leitores blog. Valos então mandar para o Pros o André Figueiredo, o Alexandre Pereira, o Tim Gomes…

  6. Eunício nunca geriu nada. Quando geriu, acabou no mensalão, vide o Correios – órgão ligado ao Ministério das Comunicações. Diferente de Camilo, que foi um secretário eficiente nas duas pastas, que esteve. Acredito que você votará no Camilo, ainda. Como eu disse: duvido que Mauro Benevides e Paes de Andrade votem em Eunício, depois da aliança com Tasso. Tasso é a âncora que o afundará. Se tivesse colocado Inácio Arruda na chapa, tinha chances concretas de vencer, mas…Aloysio Nunes implodiu a candidatura Tasso à Presidência, e agora votará nele pra vice-presidente ? O que ele disse mesmo: “Te dou um s…, seu safenado f…”

  7. E Eunício está sendo ingrato. Foi eleito com apoio de Camilo, de Cid, etc., quando Tasso, Aécio, Pessoa, o queriam derrotá-lo ? E agora, todos juntos ? Apoiando Lúcio Alcântara à Assembléia ? O povo saberá responder isso nas urnas. Eunício foi eleito por Lula. E agora quer apoiar um dos maiores adversários de Lula e ainda quer apoio dele ? Digo que em breve, a maioria dos prefeitos peemedebistas apoiará Camilo.

  8. OLHO NO OLHO, POIS NÃO VAMOS ESQUECER DOS BANHEIROS PÚBLICOS PARA O POVO DO INTERIOR QUE ATÉ HOJE NAO VÊ NEM OS SANITÁRIOS. E O DINHEIRO SUMIU,

  9. Tasso quis mandar nos Gomes e eles romperam com ele. Aposto que Camilo e Maurinho, depois de eleitos, romperão com os Gomes, caso queiram mandar neles, até porque Ciro e Cid estarão sem nenhum cargo.

  10. Rodrigo, não gostaria de polarizar com o amigo os comentários desta postagem, em respeito ao Eliomar e outros leitores, mesmo porque agora você começou a falar de Eunício e Tasso, que nada têm a ver com a discussão inicial. Mas, tenha precaução na defesa do Camilo, pois há o escândalo dos banheiros. Dizer que o moço nada sabia é discurso genuinamente (sem trocadilho com José Genoino) petista, além de mostrar fragilidade administrativa. Assim, posso pensar que vão saquear o Ceará porque o governador Camilo é inocente. Nada sabe o que ocorre com o Estado. Se não conseguiu controlar uma secretaria, o que dizer de todo o Ceará. Esse discurso, por certo, será usado pela oposição. E você acaba de conseguir de graça uma consultoria para o seu candidato. Por isso, encerro minhas considerações. Grato pelo debate.

  11. Camilo nada sabia, isso já foi comprovado e ele puniu os assessores envolvidos nisso. Diferente de Eunício que não os puniu e ainda votou pela absolvição dos mensaleiros na Câmara.

  12. Pois é, Rodrigo, se não conseguiu gerenciar uma secretaria, como Camilo irá gerir todo o Estado? Isso não é bom. Vale a pena arriscar? Será que o bem intencionado e honestíssimo Camilo irá conseguir punir todo mundo? Isso não está me cheirando bem… Não jogo meu voto na privada.

  13. Pois é, e compensa eleger Eunício e termos como Secretários Paulo Lustosa, Luiz Pontes, Beni Veras, Antenor Naspolini, entre outros ? Melhor, não arriscar a volta do passado também. Ou mesmo, Sérgio Machado, da Transpetro/Pasadena…

  14. Rodrigo, não se oferece uma candidatura ao eleitor com o argumento que outra seria pior. Você tem que ter argumentos que a sua é a melhor, independente da qualidade de outras candidaturas. Sugiro você tentar “vender” a candidatura Camilo em sites ou blogs de moda, cinema, cearamor, games… Como eu te disse, esse blog é muito politizado. Qualquer leitor vai perceber a sua fragilidade. Em seu último comentário, você sugere que seria melhor ladrões no poder que pessoas supostamente atrasadas politicamente. Espero que você aceite a crítica com humildade.

  15. Rodrigo, os três escolhidos são pau mandado da oligarquia: camilo é pau mandado do cid, izolda pau mandado do ivo e mauro é pau mandado do ciro. Você quer motivo maior pra dizermos um NÃO bem grande pra tudo isso?

  16. Esse Martonio ou é doido ou é um pulha, tú tem certeza que renovar é recolocar Tasso Jatinho no senado federal pra trair novamente o povo cearense , se liga doido, Tasso é retrocesso e ponto final a verdade doi ma sé preciso ser dita, é preciso te dar um conselho, leia o livro desvendando MINAS, que você saberá o que eu estou falando.

  17. Eu vou surgerir ao Martonio, essa cigana qur procure se informar, veja seu pulha o que foi, que Tasso Jatinho fez em relação ao ceará, engavetou o projeto da UNILAB, quando colocou novamente em acatou o anteprojeto de um amigo seu da Bahia, foi aí que entraram em cena as entidades estudantis eo Inacio Arruda pra mudarem o jogo. agora sua pitoniza você pode passar adiante.

  18. Carlos, companheiro, du-vi-do que você tenha lido algum dos livros que tem sugerido, pois a sua preguiça de leitura é notória. Se você fosse mais cuidadoso e respeitoso com as pessoas que costuma agredir, iria ver em comentários acima que deverei votar no Maurinho, político inteligente e ligado ao Ciro. Deixei claro que não votarei no Camilo, pois sequer o considero petista. Nunca disse que votarei no Tasso ou no Eunício, pois não há só Eunício e Camilo como opções. Feitas as devidas explicações e atento à sua ira ao Tasso gostaria de perguntar se o doido ou pulha não seria o agressor.

  19. Eu me penitencio e lhe peço desculpas, pelo ocorrido, não foi a você a quem quis me referir e sim ao RODRIGO, E A camila, porque já iria postar um comentario lhe pedindo desculpas, ok espero que o amigo não tenha levado a mal, com relação aos livros citados eu não só li esse que eu sugeri como li o principe da privataria e a privatraia tucana. Foi um mal entendido.

  20. MARTONIO VEJA O QUE EU VOU LHE ENVIAR.

    Não consintas que eu seja o carrasco que sangra as ovelhas, nem uma ovelha nas mãos dos algozes.Ajuda-me a dizer sempre a verdade na presença dos mais fortes e jamais dizer mentiras para ganhar o aplauso dos fracos.Se me deres a fortuna, não me tires a felicidade.Se me deres a força, não me tires a sensatez.

    Se me for dado prosperar, não permita que eu perca a modéstia, conservando apenas o orgulho da dignidade. Ajuda-me a apreciar o outro lado das coisas, para não enxergar a traição dos adversários, nem acusá-los com maior severidade do que a mim mesmo. Não me deixe ser atingido pela ilusão da glória quando bem sucedido e nem desesperado quando sentir o insucesso. Lembra-me de que a experiência de um fracasso poderá proporcionar um progresso maior.

  21. Eu jamais apoiarei Tasso, Carlos. Acho que você viajou, em me atacar gratuitamente. Assim como Eunício, não merece voto, somente por ter ele como aliado, filho do ex-senador Carlos Jereissati. Tasso falando que voltou para acabar com os coronéis. Oras, na verdade, Virgílio Távora nunca lançou o filho dele à nada, porém ele derrotou um coronelzão, o pai do Tasso. Lembrando que Dr. Ulysses vetou Tasso na Fazenda (Governo Sarney), porque ele acabaria com os pobres. É Camilo, Mauro e Dilma.

  22. Martonio, o que você acha de se pagar pedágio no ensino público, como está no plano de governo do Aécio, eu acho que a meu juizo,isso é uma medida extrema, porque existe uma Lei de diretrize e báse da educção que já diz, que o ensino pode ser tanto privado como público e não teria sentido essa taxa de pedágio que sua ssesoria está propondo.

  23. Rodrigão faço jus as palavras, que eu falei para o Martonio, eu vou repeti-las eu me penitencio e lhe peço desculpas, pelo ocorrido,me perdoe não me leve a mal, eu acho que com esse gesto eu já posso me considerar, desculpado pelos dois ok amigo um abraço.

  24. Desta vez concordo com o Ciro. Se o Zé Airton tivesse se elegido governador, derrotando o Lúcio Tapioca, em um mês o estado estaria afundado. O cara mal sabe falar…

  25. Se o Airton tivesse ganhado, o CE ainda estaria mais próspero. Vide Icapuí, hoje uma grande cidade, graças à Airton.

  26. Realmente Eunício-tasso não são as melhores opções para o Ceará.mas,acreditar que camilo-mauro representa á renovação do Estado,é muita ingenuidade.eles são “fantoches” dos ferreira gomes.se forem eleitos,fortaleza estará completamente entregue ao poder deles.pois,já temos o RC na prefeitura,que e outro “brinquedinho” dos gomes.eu não tenho um profundo conhecimento sobre politica.mas,sou bastante inteligente para saber que esses “emaranhados de apoios” e “panelinhas” que os politicos fazem,não são de graça nem por benevolencia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez − seis =