Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Delegado César Wagner integra equipe no governo Bolsonaro

1171 44

O delegado cearense César Wagner passará a integrar uma coordenadoria na Secretaria Nacional de Segurança Pública, no governo Bolsonaro, após aceitar a função de coordenador de políticas de segurança pública.

César Wagner irá apoiar o trabalho do general Guilherme Theophilo, titular da pasta. Ele passará a residir com a família em Brasília.

VAMOS NÓS – Boa sorte a mais um cearense no governo Bolsonaro. Cesar Wagner é especialista em segurança pública.

Efeitos concretos da prisão em 2ª instância

Da Coluna Política, no O POVO deste sábado (22):

A tese do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso é de que a exigir trânsito em julgado para início do cumprimento da pena, na prática, torna inviável a execução da sentença. São décadas até que processo criminal percorra todas as instâncias. A Justiça não se efetiva. E Barroso destaca que o impacto disso é mais grave que a impunidade. O fato de o Judiciário não se mostrar efetivo para solução de conflitos e punição de crimes dá fôlego aos instintos de resolver as coisas pelas próprias mãos. A trilha é a da barbárie.

Barroso tem razão: cobrar trânsito em julgado significa, na maioria dos casos, dizer que a pena nunca será cumprida. É um baita estímulo ao crime e ao justiçamento.

O ministro Marco Aurélio Mello contra-argumenta que essa demora até o trânsito em julgado é uma falha do próprio Estado. Não pode, diz ele, ser jogada nas costas do réu. Não seria pretexto, portanto, para que seja aplicada pena a quem ainda não teve a culpa provada. Não se pode usar uma falha do Estado como argumento para violar uma das garantias mais fundamentais. É o Estado que deve se aparelhar para viabilizar a Justiça.

Penso que Marco Aurélio também tem razão.

Camilo recebe Troféu Amigo do Ironman

O governador Camilo Santana recebeu nesta semana o Troféu Amigo do Ironman, durante expediente no Palácio Iracema. A honraria foi entregue pelo secretário executivo do Turismo de Fortaleza, Erick Vasconcelos, também competidor da prova. O prefeito Roberto Cláudio também recebeu o troféu, em solenidade anterior.

O Governo do Estado e a Prefeitura de Fortaleza são os dois maiores patrocinadores do evento, diante do investimento no turismo do Estado e da Capital.

No próximo ano, o Ironman Fortaleza ocorrerá em junho, não mais em novembro, como forma de potencializar o evento para o turismo.

(Foto: Divulgação)

Dr. Cabeto deve ser o novo secretário estadual da Saúde

1003 8

O médico cardiologista Carlos Roberto Martins Rodrigues, o Cabeto, deverá ser o novo secretário estadual da Saúde. Há informações de que ele aceitou o convite feito pelo governador Camilo Santana (PT). Não foi a primeira vez que Camilo buscou o nome dele para integrar sua equipe.

Dr. Cabeto chegou a resistir por estar tocando o projeto de instalação de um distrito sanitário no Porangabussu, mas recebeu aval de que, no cargo de titular da Saúde, terá condições de implantar e ampliar esse empreendimento.

Embora ligado ao PSDB, não haveria problema, até porque, na atual gestão, Maia Júnior, titular da Seplag, é desse partido e tenha avisado sempre que sua presença na gestão de Camilo era uma decisão particular. Cabeto está retornando para o Brasil do Exterior.

Todo o novo secretariado do governador será anunciado, no entanto, até o fim deste mês, num pacote só.

(Foto – O POVO)

 

Presidente eleito da Câmara promete pauta de debates democrática

Ésio Feitosa, Salmito, Toinha Rocha, Bá e Antonio Henrique.

Da Coluna do Eliomar de Lima, no O POVO deste sábado:

O presidente eleito da Câmara Municipal de Fortaleza, Antonio Henrique (PDT), ganhou culto, nesta semana, de agradecimento no templo onde se congrega há 18 anos, no bairro Parque São José. O culto foi prestigiado pelo prefeito Roberto Cláudio (PDT), que estava com a primeira-dama Carol, pelo atual presidente da Câmara, Salmito Filho (PDT), e pela maioria dos vereadores.

A lista incluía até a bancada petista da Casa, que pouco circula nesse tipo de evento, e gestores municipais como Toinha Rocha, coordenadora de Proteção e Bem Estar Animal.

Salmito, Roberto Cláudio, Carol Bezerra e ao fundo Guilherme Sampaio.

Mas o que chamou a atenção, no que é bom para o Poder Legislativo, foi a fala de Antonio Henrique. Ali, perante a Bíblia, fiéis e autoridades, fez uma promessa: mesmo sendo evangélico, não barrará nenhum tipo de assunto nos debates e audiências públicas que o legislativo promoverá em sua gestão. Ou seja, vai respeitar a Casa que, mesmo com suas contradições, é do povo.

Para quem viverá dias de Bolsonaro, isso chega até como um alívio.

(Fotos: Fecebook)

Terror em Milagres – Refém diz como escapou da morte

“Só não matei o senhor porque Deus não deixou”. A frase, dita a um dos reféns que sobreviveu à tragédia de Milagres, no Ceará, seria de um dos policiais militares do Grupo de Ação Táticas Especiais(Gate) da PM que participaram da operação que terminou com 14 mortos no último dia 7. Seis deles eram inocentes e haviam sido sequestrados por assaltantes de banco para servir de escudos humanos.

A revelação é parte do depoimento do agricultor Francisco Laurentino Rodrigues, 71, pai de Francisca Edneide da Cruz Santos, 49, alvejada por um tiro durante a perseguição à quadrilha que tentou explodir o Bradesco e o Banco do Brasil de Milagres, na região do Cariri cearense.

O POVO apurou que o depoimento de Laurentino Rodrigues seria uma das peças-chave da investigação que responsabilizaria os PMs pela morte de reféns. Erros de comando, comunicação e estratégia teriam levado à matança.

Na delegacia de Brejo Santo, Laurentino contou que na cena do crime, em Milagres, ele e o filho Genário foram posicionados numa calçada ao lado do Banco do Brasil. Por ordem dos assaltantes, ficaram sentados e, instantes depois, ouviram “barulhos de muitos tiros”.

Inicialmente, lembra o agricultor, os disparos atingiram as portas da agência do Bradesco que estava à sua frente. Foi a deixa, de acordo com a narrativa do pai de Edineide, para que o bando começasse a correr e um deles caísse morto há pouco metros de onde estava a testemunha.

Para tentar escapar, Laurentino e o filho se deitaram na pista, ficando protegido pelo meio fio da rua Padre Misael Gomes. O agricultor afirmou na Polícia Civil que viu outros dois criminosos serem atingidos e mortos quase em frente ao Bradesco.

O refém revelou ainda ao delegado que “diversos tiros foram dados em sua direção e do filho”. E não morreram ali por “sorte, pois as balas batiam na parede soltando terra contra o ele e o filho Genário”.

Para Laurentino Rodrigues, os PMs atiraram “na intenção de matá-los”. Ali, no chão, perto do fim do tiroteio, o idoso contou que teve mal estar após perder parte do fôlego diante dos momentos de agonia.

Segundo Laurentino, o Celta da família – onde estava a esposa Lurilda, a filha Edneide e outros dois assaltantes – tentou retornar duas vezes para o local das duas agências bancárias. Porém, percebendo o que estava acontecendo, os criminosos recuaram. Momento em que se iniciou um novo tiroteio, “agora contra o veículo”.

De fato, o depoimento do agricultor bate com o estado em que o Celta foi encontrado. O veículo, recolhido no pátio da delegacia de Milagres para perícia, apresenta uma perfuração de bala no vidro dianteiro e teve estilhaçadas a janela de trás do passageiro e o vidro traseiro.

Foi no mesmo Celta onde morreu a filha de Laurentino e pelo menos um dos assaltantes de banco. A marca de um projétil no lado esquerdo do porta-mala (entrada ou saída) indicaria que o carro também teria sido atacado por trás. Ou que os bandidos atiraram de fora para dentro contra os policias. Os peritos forenses já têm a resposta.

Laurentino revelou, em depoimento na Polícia Civil, que “em nenhum momento foram usados de escudos humanos” pelos bandidos que estavam encapuzados. Os dois reféns ficaram sentados na calçada até o início do tiroteio, quando se deitaram para se esquivar dos disparos.

Após o tiroteio, três policiais militares se aproximaram de pai e filho. Um deles o abordou, enquanto os outros dois permaneceram apontado o armamento. Até que o interlocutor disse que os dois “eram da paz”.

O agricultor, que havia ido pegar a filha no aeroporto de Juazeiro do Norte (ela vinha de São Paulo para as comemorações do Natal), só soube da morte de Edineide após deixar a delegacia.

Também foram sequestrados e mortos na tragédia de Milagres mais cinco reféns. Todos da mesma família: João Batista Campos Magalhães, 49, Vinícius de Souza Magalhães, 14, Claudineide Campos de Souza Santos, 41, Cícero Tenório dos Santos,60, e Gustavo Tenório dos Santos, 13. Eles eram pernambucanos e vinha de São Paulo. A família desceu no aeroporto de Juazeiro do Norte e atravessava o Cariri cearense, em direção à Serra Talhada (PE), para as festas de fim de ano.

(O POVO – Demitri Túlio, Cláudio Ribeiro e Lucas Barbosa)

STJ decide que condenados por atropelamento com morte voltem à prisão

Rafael Martins Bussamra e seu pai Roberto Bussamra, condenados pela morte por atropelamento de Rafael Mascarenhas, filho da atriz e apresentadora Cissa Guimarães, vão ter que voltar para a prisão. O Superior Tribunal de Justiça (STJ) atendeu a um pedido da Assessoria de Recursos Constitucionais Criminais do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (ARC Criminal/MPRJ) e cancelou a substituição da pena privativa de liberdade por restritiva de direitos para os dois. A decisão do STJ foi do ministro Jorge Mussi.

Rafael Bussamra foi condenado por homicídio culposo e conseguiu a substituição da pena de prisão por prestação de serviços à comunidade e limitação de fim de semana. Ele teve a pena fixada em três anos e seis meses de detenção, mais suspensão da habilitação para dirigir carros por igual período.

O pai Roberto Bussamra, condenado a três anos, dez meses e 20 dias de reclusão também tinha conseguido a substituição da pena privativa de liberdade. Ele foi condenado por corrupção ativa, por ter prometido vantagem indevida aos policiais para evitar que o filho fosse detido e levado à delegacia. Segundo o MPRJ, na hipótese de conversão da pena restritiva direitos em privativa de liberdade, houve a fixação do regime semiaberto como inicial para cumprimento da pena.

Rafael Mascarenhas foi atropelado em julho de 2010. Ele estava andando de skate no túnel acústico da autoestrada Lagoa/Barra quando foi atingido pelo carro dirigido por Rafael Bussamra. A pista em direção à Gávea estava fechada ao tráfego. Apesar de socorrido no Hospital Miguel Couto, no mesmo bairro, Rafael Mascarenhas não resistiu aos ferimentos e morreu.

A atriz Cissa Guimarães disse à Agência Brasil que o seu sentimento agora é de esperança para que depois de oito anos da morte do filho a Justiça, que ela considera como óbvia, seja feita. Cissa destacou, no entanto, que o cumprimento só deve ocorrer após o recesso do judiciário em fevereiro. “Até lá espero que todo o colegiado e os juízes homologuem esta sentença e que a impunidade acabe. Espero isso para todo mundo. Meu filho já é anjo, já é luz. Luto muito para que acabe essa impunidade e o fim dessa violência no trânsito, para que a gente possa conviver como cidadãos e se tratar como pessoas que cuidam umas das outras”, disse.

Cissa disse que está muito emocionada, porque voltam todas lembranças da morte do filho e dos fatos ocorridos depois do atropelamento. A atriz disse que não fica feliz com a decisão porque nada relacionada a este fato a deixar assim, mas está aliviada. “Fico de alguma maneira esperançosa de novo. Mas só quero dizer que estou, nunca foi ficar feliz com nenhuma decisão, mas estou aliviada ou com algum tipo de justiça, quando essa decisão, realmente, acontecer. Por enquanto é o início disso, mas o início já vale a pena. É uma porta que se abre para que a justiça seja feita. Vamos esperar até fevereiro”, completou.

(Agência Brasil)

O presente de Natal de Jean Wyllys

A semana tem sido boa para Jean Wyllys. Ele viu os deputados federais Alexandre Frota e Carla Zambelli condenados pela Justiça por espalharem fake news envolvendo seu nome – uma frase falsa em defesa da pedofilia.

Além disso, Marcelo Valle Silveira Mello, criador de um fórum dedicado à incitações de ódio, como ameaças e planos de atentado contra a vida de Wyllys, entre outros, foi condenado a 41 anos de prisão.

Petrobras será presidida por Roberto Castello Branco

O Conselho de Administração da Petrobras elegeu em reunião o economista Roberto Castello Branco para o cargo de presidente da companhia a partir do dia 1º de janeiro de 2019 e o nomeou como conselheiro de Administração a partir do primeiro dia do ano que vem até a próxima Assembleia Geral de Acionistas, segundo informações divulgadas hoje (21). Conforme a estatal, a indicação de Castello Branco, feita pelo presidente eleito Jair Bolsonaro, passou por análise prévia do Comitê de Indicação, Remuneração e Sucessão do Conselho de Administração.

Na mesma reunião o Conselho de Administração aprovou a dispensa, no dia 31 de dezembro de 2018, de Ivan Monteiro da presidência da estatal. Diante da dispensa, Ivan Monteiro apresentou sua renúncia à posição de conselheiro de Administração da Petrobras, sendo que sua saída ocorrerá no último dia do ano.

Os diretores de Estratégia, Organização e Sistema de Gestão, Nelson Luiz Costa Silva; e de Refino e Gás Natural, Jorge Celestino Ramos também foram dispensados a partir de 31 de dezembro. A diretora de Exploração e Produção, Solange da Silva Guedes, e de Assuntos Corporativos, Eberaldo de Almeida Neto, de acordo com a Petrobras, “ocuparão interinamente essas posições, respectivamente, sem prejuízo de suas funções atuais, pelo prazo de 90 dias ou até que o conselho delibere sobre novos diretores executivos”.

Futuro presidente

Roberto Castello Branco é graduado em economia, com doutorado na Fundação Getulio Vargas (FGV EPGE) e pós-doutorado na Universidade de Chicago. Ele participou de programas de treinamento executivo da Sloan School of Management (MIT) e na International Institute for Management Development (IMD).

O futuro presidente da Petrobras é professor afiliado da Escola Brasileira de Economia e Finanças da Fundação Getulio Vargas (EPGE/FGV), atuando também como diretor do Centro de Estudos em Crescimento e Desenvolvimento Econômico da instituição.

Castelo Branco foi diretor na Vale S.A., do Banco Central do Brasil, do Banco Boavista, do Banco Boavista Investimentos e do Banco InterAtlântico. Ele foi também membro do Conselho de Administração da Petrobras entre maio de 2015 e abril de 2016.

Na nota com o anúncio das decisões do Conselho de Administração, a Petrobras agradeceu “o importante trabalho de Ivan de Souza Monteiro desde sua chegada em 2015, assim como as contribuições dos diretores Nelson Luiz Costa Silva e Jorge Celestino Ramos e dá boas-vindas a Roberto Castello Branco”.

(Agência Brasil)

Catedral de Fortaleza recebe restos mortais de dom Aloísio em clima de ordenação de diáconos

A Arquidiocese de Fortaleza recebeu, nesta noite de sexta-feira, na Catedral Metropolitana, a urna com parte dos restos mortais do ex-arcebispo de Fortaleza, dom Aloísio Lorscheider. O ato foi marcado por celebração presidida pelo atual arcebispo, dom José Antonio Aparecido, destacando ainda o 40º aniversário da dedicação da Catedral, concluída e consagrada pelo arcebispo falecido.

Na mesma celebração, foram ordenados 17 diáconos, sendo quatro permanentes. Entre os fiéis católicos presentes, estava o senador Tasso Jereissati (PSDB), que era amigo de dom Aloísio. Com ele, sua mulher, Renata, e o deputado estadual tucano Carlos Matos.

Os Diáconos ordenados

1 – Claudenir Maia Silva
2 – Francisco Antônio Araújo Souza
3 – Francisco Rodrigues da Cruz
4 – Francisco Tarciso Alves de Medeiros
5 – Franco Michel Silva Galdino
6 – Igor Cristino Câmara
7 – Jonas Xavier de Souza Almeida
8 – José do Carmo da Silva Oliveira
9 – Maciel de Sousa Silva
10 – Marlos de Oliveira Rebouças
11 – Michel Bastos Bow Ztaif
12 – Ramilson do Nascimento Silva
13 – Roberto Jorge Simões Menezes
14 – Thiago José Rocha Costa
15 – Ticiano Silva Cavalcante
16 – Vicente Tomaz de Souza Junior
17 – Vitor Bomfim Santos

As relíquias ficarão depositadas na Capela da Ressurreição, construída na Cripta da Catedral, no subsolo. Ali, deverá estar exposta para visitação.

Memória

Dom Aloísio Léo Arlindo Lorscheider (1973 a 1995) foi 4º arcebispo de Fortaleza). Cardeal Presbítero do Título de São Pedro “in Montório”, filho de Jose Aloysio Lorscheider e de Verônica Gerhard Lorscheider. Nasceu em Linha Geraldo, município de Estrela, no Rio Grande do Sul, em 8 de outubro de 1924. Foi ordenado sacerdote a 22 de agosto de 1948.

No dia 03 de fevereiro de 1962, o Papa João XXIII nomeou-o bispo de Santo Ângelo, no Rio Grande do Sul. Recebeu a ordenação episcopal a 20 de maio do mesmo ano. Foi membro da Comissão Teológica da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, e depois primeiro Secretário da mesma Conferência até ser eleito Presidente.

Em 1973, Paulo VI o promoveu à sede arquidiocesana de Fortaleza. Nesta Arquidiocese, dom Aloísio Lorscheider continuou a sua missão pastoral já com notáveis frutos em Santo Ângelo. Dedicou particular atenção ao clero, no qual procurou desenvolver um profundo sentido de comunhão eclesial e um singular impulso apostólico.

No fim de 1972, no decurso da XIV Assembléia do CELAM foi eleito Vice-presidente deste organismo, sucedendo pouco depois a Dom Eduardo Pironio, na Presidência do órgão.

Presidiu em 1979 o Encontro dos Bispos da América Latina em Puebla-México. Foi criado e publicado cardeal no consistório de 24 de mão de 1976 por S.S. o Papa Paulo VI – Presbítero do Título de São Pedro “in Montorio”, e como tal, tomou parte nos dois conclaves que elegeram papas, respectivamente suas Santidades João Paulo I e João Paulo II.

Foi transferido para a Arquidiocese de Aparecida do Norte em 1995. Em 28 de janeiro de 2004, recebeu a notícia da aceitação de sua renúncia e em 25 de março do mesmo ano entregou a arquidiocese para dom Raymundo Damasceno Assis, tornando-se, assim, arcebispo emérito de Aparecida.

Morreu às 5h30min, do dia 23 de dezembro de 2007, no Hospital São Francisco, em Porto Alegre.

*Fotos – Blog da Sagrada Família

Saiba o que funcionará no período do Natal no Ceará

Saiba o que vai abrir ou fechar nesta segunda e terça-feira de Natal.

Lojas, shoppings, cinemas, correios já definiram os horários de funcionamento neste feriado de Natal. O POVO Online fez uma lista e indica o que abre e fecha em Fortaleza nestes dias. Confira:

Correios

24 de dezembro
Em Fortaleza: das 8 às 14 horas
No interior do Estado: das 8 às 12 horas

25 de dezembro
As agências estarão fechadas

Metrô

Linha Sul
24 de dezembro
Horário: das 5h30min às 18h15min

25 de dezembro
Não haverá operação

26 de dezembro
Operação volta ao horário normal, das 5h30min às 23 horas

Linha Oeste

24 de dezembro
Horário: das 5h30min às 18h10min

25 de dezembro
Não haverá operação

26 de dezembro
Operação volta ao horário normal, das 5h30min às 20h40min

VLT Parangaba-Mucuripe

24 de dezembro
Horário: das 6 às 13 horas

25 de dezembro
Não haverá operação

26 de dezembro
Operação volta ao horário normal, das 6 às 13 horas e das 16h40min às 20 horas

VLT do Cariri

24 de dezembro
Horário: das 6 às 17h55min

25 de dezembro
Não haverá operação

26 de dezembro
Operação volta ao horário normal, das 6 às 19 horas

VLT de Sobral

24 de dezembro
Linha norte – das 5h30min às 18h15min
Linha Sul – das 5h30min às 17h55min

25 de dezembro
Não haverá operação

26 de dezembro
Operação volta ao horário normal nas duas linhas, das 5h30min às 23 horas

Shoppings

RioMar Fortaleza e RioMar Kennedy

24 de dezembro
Funcionará das 10 às 18 horas

25 de dezembro
Lojas, quiosques e serviços públicos estarão fechados; o cinema seguirá os horários das sessões disponíveis no site da Cinépolis, enquanto as operações de lazer e alimentação terão funcionamento facultativo, das 10 às 22 horas

Shopping Benfica

24 de dezembro
Lojas, box, praça de alimentação, entretenimento e quiosques: das 9 às 18 horas; Mercadinho São Luiz: das 8 às 18 horas

25 de dezembro
Lojas, box e quiosques: fechados.
Praça de alimentação e entretenimento: das 11h30min às 20h15min
Mercadinho São Luiz: fechado

Shopping Del Paseo

24 de dezembro
Funciona das 9 às 18 horas.
Mercadinho São Luiz: das 7 às 20 horas
Cinema: das 13h30min às 18 horas

25 de dezembro
Ficará fechado

Shopping Iguatemi

24 de dezembro
Lojas, quiosques e praças de alimentação: das 10 às 18 horas.
Cinema: das 12h30min às 16h30min
Extra: das 7 às 19 horas
Lojas Americanas: das 9 às 18 horas.

25 de dezembro
Lojas, quiosques, Extra e Lojas Americanas: Fechados
Praças de alimentação e lazer: funcionamento facultativo das 10h30min às 22 horas
Cinemas: das 14 às 22h30min

Grand Shopping Messejana

24 de dezembro
Horário: das 10 às 18 horas
Cinema: fechado

25 de dezembro
Lojas e quiosques: fechados
Cinema: aberto a partir das 15 horas

Shopping Aldeota

24 de dezembro
Abre das 9 às 18 horas

25 de dezembro
Fechado

Shopping Parangaba

24 de dezembro
Horário: das 10 às 18 horas

25 de dezembro
Praça de alimentação terá funcionamento facultativo. Lojas e quiosques estarão fechados.

Postos de Saúde

Paulo Marcelo (Centro)
24 de dezembro
Horário: 8 às 12 horas

25 de dezembro
Horário: 8 às 17 horas

Enel

25 de dezembro
A equipe técnica e a Central de Relacionamento (0800 285 0196) funcionarão em regime de plantão 24 horas. As lojas de atendimento estarão fechadas.

26 de dezembro
As lojas de atendimento reabrem

Cagece

24 de dezembro
Servidores da companhia terão ponto facultativo

25 de dezembro
Funcionará em regime de plantão 24 horas

26 de dezembro
Lojas de atendimento abrem a partir das 8 horas

Plantão: 0800 275 0195, www.cagece.com.br e Cagece App (aplicativo gratuito, disponível para iOS e Android)

OFF Outlet Fashion (Caucaia)

24 de dezembro
Horário: das 9 às 16 horas

25 de dezembro
O estabelecimento estará fechado

Agências bancárias

24 de dezembro
Horário: de 8 às 10 horas

25 de dezembro
Fechadas

(O POVO Online)

Bolsonaro passará o Natal na Base da Marinha na Ilha de Marambaia, no Rio

O presidente eleito Jair Bolsonaro deverá passar o Natal na Base da Marinha, na Ilha da Marambaia, no Rio de Janeiro. A informação foi confirmada nesta sexta-feira (21) por sua assessoria. O local é um refúgio tradicional de presidentes da República, com acesso controlado por terra e mar.

Segundo as informações divulgadas, Bolsonaro deverá se dirigir à Marambaia no início da tarde de sábado (22), com sua família, retornando a sua residência, na Barra da Tijuca, no dia 27, pouco antes de seu embarque para Brasília, previsto para ocorrer dia 29.

No feriado de carnaval deste ano, o complexo da Marambaia recebeu o presidente Michel Temer e sua família. Além de oferecer segurança a chefes de Estado, o local – controlado pela Marinha e pelo Exército – tem praias bonitas e reservadas, longe dos olhos de curiosos e mesmo da imprensa, o que garante repouso e tranquilidade.

(Agência Brasil)

Padarias esperam 12% de incremento nas vendas por conta do Natal e Ano Novo

A ordem é faturar com Ceia de Natal.

As padarias de Fortaleza esperam incremento de 12% no movimento de vendas por conta do Natal e Ano Novo. Paes, massas, salgados, panetones e ceias constam na lista de oferta.

De quebra, o segmento ainda ganha um extra assando peru, pernil e chester da clientela, adianta o vice-presidente do Sindicato da Indústria de Panificação e Confeitaria do Ceará. Lauro Martins.

(Foto – Ilustrativa)

Proposta institui adicional de 1% para Cofins sobre bebida alcoólica

Tramita na Câmara dos Deputados o Projeto de Lei 10691/18, do deputado Dr. Jorge Silva (SD-SE), que institui alíquota adicional de 1% para Cofins incidentes sobre bebidas alcoólicas e destina a arrecadação para cobertura de custos na saúde relacionados ao consumo de bebidas. O texto também cria nova alíquota para a Cofins-Importação, incidente nos produtos vindos do exterior.

O aumento na alíquota vale para qualquer regime de tributação a que a empresa está submetida.

Importadores de bebida destinada a revenda ficam com adicional suspenso por até 180 dias. Se, após esse prazo, não houver revenda, a empresa deverá pagar o adicional, além de juros.

Fundo especial
A arrecadação com o aumento da alíquota irá para um fundo destinado a custear custos de saúde pública com tratamento de dependentes alcoólicos e suporte a vítimas de acidentes de trânsito e de violência no lar e no trabalho relacionados ao consumo de álcool.

Desde a década de 1990, tramitam no Congresso Nacional inúmeros projetos de lei que buscam ampliar a tributação incidente sobre bebidas alcóolicas, para inibir o consumo e destinar mais recursos para programas de prevenção e tratamento. A maioria buscou criar uma Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide) exclusiva para a área, mas muitos projetos acabaram rejeitados na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara.

Segundo Silva, a proposta tem uma aderência razoável ao princípio da proporcionalidade e respeita os demais limites constitucionais.

“A proposta atende a dupla finalidade de inibir o consumo de bebidas e custear os serviços de seguridade que decorrem do consumo exagerado de álcool”, disse.

A proposta tramita em caráter conclusivo e será analisada pelas comissões de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços; de Seguridade Social e Família; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

(Agência Câmara Notícias)

Morre ex-vereador petista Durval Ferraz

1062 20

Morreu, nesta sexta-feira, em Fortaleza, o ex-vereador Durval Ferraz (70). Ele estava acamado há três anos vítima de uma doença neurológica degenerativa, mas foi acometido de pneumonia.

Durval, ao lado de Artur Bruno, atual titular da Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema), foi um dos primeiros petistas a ganhar assento na Câmara Municipal da Capital cearense. Cumpriu quatro mandatos e criou a Comissão de Direitos Humanos da Casa. Foi destaque na luta pelas minorias e contra a violência praticada contra homossexuais.

Durval foi também professor de Religião de escolas de Fortaleza e era adepto da chamada Teologia da Libertação. O velório ocorrerá a partir das 8 horas deste sábado, com enterro às 11 horas, no Cemitério Jardim Metropolitano, no município do Eusébio (RMF).

A Câmara Municipal decretou luto de três dias. O presidente da Casa, Salmito Filho, lamentou a morte do amigo, que sempre pautou sua trajetória política em defesa das causas sociais.

(Foto – Arquivo)

Papai Noel vai circular neste domingo pelos parques do Cocó e Botânico

Neste domingo, o Papai Noel vai dar o ar da graça no projeto Viva o Parque, mais precisamente no Cocó, em Fortaleza, e no Parque Botânico do Estado, em Caucaia (RMF). A iniciativa é da Secretaria Estadual do Meio Ambiente, que levará vários serviços e ações de entretenimento, com atividades gratuitas para adultos e crianças

“A iniciativa, que movimenta desde 2016 o Parque do Cocó, já é considerada referencia entre as atividades de lazer e práticas esportivas nas manhãs de domingo, das 8 horas ao meio dia, na maior área verde da Capital, também está movimentando o Parque Botânico”, afirma Doris Santos, da Coordenadoria de Biodiversidade (Cobio), da Sema.

Segundo Doris, Papai Noel vai receber os visitantes em meio a exuberante natureza do Botânico. Além do tradicional pedalinho no lago e do parquinho infantil, os pequenos vão poder curtir a escalada fixa, o pula-pula, as atividades de pintação de rostos e muitas mais brincadeiras do Viva o Parque. Já os adultos terão vez com a massoterapia, zumba, trilhas guiadas, visitas ao orquidário, ao meliponário e ao Museu do Meio Ambiente e distribuição de mudas nativas.

No Cocó, o visitante poderá praticar yoga, tai chi chuan, biodança, zumba ou até dança de salão, adianta Paulo Lira, gestor do Parque. Para um público mais radical e que gosta de escalar árvores, o arvorismo é uma boa opção.

SERVIÇO

PROJETO VIVA O PARQUE

Dia: 23 de novembro de 2018

Das 8 às 12 horas

Locais:

Parque Estadual do Cocó, Avenida Padre Antônio Tomás s/n, Fortaleza.

Contato: 3234.3574

Parque Estadual Botânico, Estrada José Aragão e Albuquerque, s/n – Itambé, Caucaia – CE

Contato: 3368 – 9452.

(Foto – Divulgação)

Denúncias contra João de Deus afastam frequentadores de Abadiânia

Parcialmente dependente do chamado turismo religioso, a pequena cidade de Abadiânia (GO) já sente o impacto econômico das denúncias contra o médium goiano João Teixeira de Faria, o João de Deus. Segundo o prefeito de Abadiânia, José Aparecido Alves Diniz (PSD), ao menos 150 funcionários de pousadas e hotéis foram demitidos nos últimos dias.

“Ainda não temos um balanço oficial porque essas demissões não são informadas à prefeitura, mas, informalmente, soubemos que, nos últimos dias, já houve algo em torno de 150 demissões”, disse Diniz à Agência Brasil.

Desde que as acusações contra o médium começaram a vir a público, no último dia 7, centenas de mulheres de todo o país procuraram as autoridades para denunciar João de Deus pela prática de crimes sexuais. Antes de ser preso em caráter preventivo, no último dia 16, o médium esteve uma única vez no centro espírita Casa Dom Inácio de Loyola, onde permaneceu por menos de dez minutos e saiu dizendo ser inocente.

A partir daí, o movimento vem diminuindo dia após dia, prejudicando o comércio local. Principalmente os estabelecimentos instalados ao longo da avenida onde funciona o centro espírita em que, desde 1976, João de Deus oferece consultas, aconselhamento e cirurgias espirituais, além de vender produtos que ele próprio prescreve a seus seguidores.

Segundo funcionários da Casa Dom Inácio, entre 3 mil e 5 mil pessoas são atendidas semanalmente. Aproximadamente 25% destes frequentadores vêm do exterior. Quase a totalidade dos demais atendidos mora em outras cidades.

De acordo com o prefeito, o centro espírita emprega 40 pessoas e gera aproximadamente 1,2 mil postos de trabalho no município.

Por telefone, funcionários de pousadas, que pediram para não ter seus nomes divulgados, confirmaram que alguns estabelecimentos estão fechando as portas temporariamente, dando férias coletivas aos funcionários ou mesmo demitindo empregados. Explicaram, no entanto, que o número de frequentadores da Casa Dom Inácio habitualmente diminui nesta época do ano. Principalmente entre os estrangeiros, já que muitos retornam aos seus países de origem para passar as festas com parentes e amigos. A apreensão das pessoas ouvidas pela reportagem se deve mais aos cancelamentos de reservas para 2019.

Ao admitir ainda estar surpreso com a situação, o prefeito está buscando ajuda nos governos federal e estadual. Hoje (20), Diniz esteve no Ministério das Cidades, em Brasília. E já planeja retornar em janeiro a fim de pedir apoio do futuro ministério que reunirá, em uma só pasta, os atuais ministérios da Fazenda e da Indústria e Comércio Exterior.

“Vamos atrás de alternativas. Temos que levar indústrias e outras atividades que gerem emprego para o município”, disse Diniz logo após deixar o Ministério das Cidades. Para o prefeito, a cidade a meio caminho entre Brasília e Goiânia tem potencial para atrair atividades industriais e atrativos turísticos como a proximidade com o Lago Corumbá. “É um sonho nosso investir e aproveitar a infraestrutura turística já existente”, acrescentou o prefeito que, nas últimas eleições, derrotou o candidato apoiado por João de Deus.

De acordo com a prefeitura, há 69 pousadas e hotéis devidamente regularizadas funcionando na cidade, mas o total de estabelecimentos pode chegar a 90, se levadas em conta as residências transformadas em pensões improvisadas.

Centros logísticos

Diniz revelou que já vinha desenvolvendo um projeto com o escritório regional do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) para identificar atividades econômicas alternativas que possam ser desenvolvidas em Abadiânia. Além de apostar no turismo ecológico, o prefeito acredita que a localização da cidade e o fato desta ser atravessada pela rodovia BR-060, que liga as capitais federal e goiana, é uma vantagem.

As negociações com o Sebrae começaram ainda na gestão municipal anterior, mas ainda não avançaram a ponto de permitir uma ação concreta. “Começamos conversando com secretários municipais, com o prefeito à época. Planejamos identificar formas de estimular o empreendedorismo a partir da realidade local e, de fato, uma das hipóteses discutidas era desenvolver o turismo ecológico”, confirmou à Agência Brasil o gerente regional do escritório do Entorno do Distrito Federal, Masashi Hiroshima.

Há dois anos, no entanto, o atendimento à Abadiânia foi transferido ao escritório regional de Anápolis (GO). Hoje, está a cargo do gerente regional Jorge Gustavo de Souza Toledo, que diz continuar em contato com a prefeitura. “Vínhamos conversando e já tínhamos um plano inicial que, inclusive, incluía o turismo religioso. Obviamente, fomos pegos de surpresa. Agora, temos que trabalhar um novo planejamento, pensando em como estimular as micro e pequenas empresas locais”, comentou Toledo, acrescentando que a primeira coisa a fazer é definir a identidade pela qual o município quer ser reconhecido.

“Nossa preocupação é manter as atividades já existentes, aproveitando a infraestrutura hoteleira e comercial já instalada, e estimular o surgimento de outras iniciativas. Para isso, precisamos envolver a todos os atores locais, e não só a prefeitura, na discussão sobre o que fazer, no que investir, que identidade dar à cidade”, comentou Toledo.

Já há, na cidade, pequenas empresas fazendo bons negócios graças ao fluxo de pessoas que passam pela BR-060. É possível desenvolver o turismo ecológico e também aproveitar a proximidade com as cidades de Anápolis, que tem uma pujança industrial, de Goiás e de Brasília para, por exemplo, instalar centros logísticos”, acrescentou Toledo, lembrando que há, na região, terrenos suficientes para a instalação de galpões e plantas industriais.

(Agência Brasil)