Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Plano Real – um quarto de século sem alta na inflação

100 1

Com o título “25 anos do Plano Real: um quarto de século sem alta na inflação”, eis artigo de Daniel Cavagnari, coordenador do curso de Gestão Financeira do Centro Universitário Internacional Uninter. Ele relembra a história e a importância do Real. Confira:

Nos anos 1980 e início dos anos 1990, a inflação era tão alta (chegou a 2.708,2% no ano) que diziam que cada brasileiro era um “economista em potencial”, justamente porque ele sentia e administrava a constante falta de dinheiro.

Mas o que é inflação, afinal? Imagine um lugar que produz bens avaliados para venda em R$ 1 milhão. Agora imagine que há disponível na economia R$ 2 milhões para o consumo das famílias (eu disse apenas para o consumo, excetuando-se qualquer tipo de poupança). O resultado é simples: como não posso atender a economia com poucos produtos e muito dinheiro, eu ajusto os preços. Esses produtos são encarecidos para atender essa demanda e passam a ser vendidos por até R$ 2 milhões. Pronto, o que custava R$ 1, agora custa R$ 2. Demanda maior que a oferta. Ou, muito dinheiro na economia procurando poucos produtos. Inflação.

Em julho de 1994 foi implementado o Plano Real, que eliminou a possibilidade de uma hiperinflação no futuro e uma catástrofe econômica maior ainda. Isso foi feito em três etapas: Programa de Ação Imediata, que “preparou a casa” para a nova moeda; criação da Unidade Real de Valor, pela qual o valor da moeda brasileira foi equiparado ao do dólar; e por fim a implantação da nova moeda, o real.

Mas ao contrário do que as pessoas pensam, o Plano Real não foi um decreto político ou uma decisão com resultados mágicos, custou muito caro. Muito mesmo. E me refiro não à economia do Brasil, mas aos que viviam nela e que somavam efetivamente valores ao Produto Interno Bruto (PIB), ou seja, os empresários e as famílias.

De qualquer forma, fazer sacrifícios faz parte da nossa vida para se obter progresso e foi isso que aconteceu na implantação do Plano Real. Antes do seu lançamento vários processos haviam sido implementados. Destaco a seguir alguns dos principais:

– Cortes nos gastos públicos;

– Combate à sonegação fiscal;

– Privatizações;

– Política cambial e crédito internacional.

O período de maturação do plano foi até o ano de 2004. Nessa década o desemprego saltou de 5,03% para 12,57%. O PIB registrou crescimento tímido e chegou a ser negativo em 2003 (-0,20 %). A eliminação imediata da inflação também custou aos cofres públicos, cuja dívida cresceu significativamente — de R$ 153,2 bilhões em 1994 para R$ 946,7 bilhões em 2004.

Note ainda que a política cambial aplicada (manter o valor do real próximo ao do dólar), evitando principalmente a desvalorização do real ou especulação pelo dólar, apesar de baratear a importação de bens, também desaquecia o mercado interno (importações maiores) e desestimulava o mercado de exportações.

Até o início do Plano Real, a balança comercial tinha um desempenho médio positivo (vendíamos mais para o exterior do que comprávamos). É como se recebêssemos mais salário do que gastássemos em despesas cotidianas.

Depois da implantação do Plano, a queda foi tanta que desequilibramos a balança comercial, ou seja, passamos a importar mais do que exportar. Foi o resultado de manter artificialmente a nossa moeda (Real) equiparada ao dólar.

Enfim, o Plano Real e sua história demonstra que qualquer decisão política e econômica, de alto impacto e longo prazo, não nos possibilita colher frutos instantâneos, necessitando de anos de maturação e sacrifício.

*Daniel Cavagnari,

Coordenador do curso de Gestão Financeira do Centro Universitário Internacional Uninter.

(Foto – Divulgação)

Governo baixa portaria reduzido a zero alíquotas sobre bens de capital

Portaria do Ministério da Economia amplia a lista de bens de capital que terão sua alíquota de imposto de importação reduzida a zero. Bens de capital são maquinários, ferramentas, instalações e outros tipos de equipamentos utilizados para a fabricação de produtos para consumo. A medida foi publicada no Diário Oficial da União de hoje (2).

Por meio dessa portaria, que começará a vigorar no prazo de dois dias, o governo pretende tornar equipamentos desse tipo, que nem sempre são produzidos no Brasil mas que são necessários para a modernização ou para o aumento da produção industrial, mais acessíveis para o setor. O governo já havia publicado portaria similar em maio.

Entre os equipamentos citados pela portaria há diversos tipos de caldeiras, motores, elevadores de escavadeiras, motobombas, centrífugas, rotores, fornos, cabeçotes, chapas, hidrolisadores, secadores, máquinas de laminação, rotativas, filtros, rotuladoras, embaladoras, balanças, dosadores, envernizadores, esmaltadores, lavadoras, guinchos, propulsores, guindastes, empilhadeiras, carenagens, cintas, descasdadores, polidores, moedores, amassadeiras, masseiras, tostadeiras, fatiadoras, serras, desfibradores, impressoras, cilindros, tornos, perfuradores, prensas, moinhos, misturadores, pavimentadoras, trançadeiras, trituradores, engrenagens, ultrassom, cabos e até máquinas automáticas de café expresso.

(Agência Brasil)

Missão cearense de jornalistas conhecerá em Brasília o sistema nacional de cooperativismo

A Organização das Cooperativas no Estado do Ceará (OCB/CE) vai levar um grupo formado por 12 jornalistas para conhecer, em Brasília, a realidade do movimento cooperativista do País. A missão ocorrerá no próximo mês de outubro.

O grupo participará de encontros na sede da Organização das Cooperativas Brasileiras não só para se inteirar do tema, mas, também, para interagir com a Frente Nacional do Cooperativismo, formada por parlamentares federais.

Na programação, segundo o presidente da OCB/CE, João Nicédio Alves, que estará à frente do grupo cearense, consta uma premiação do Sistema Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (Sescoop) às ações mais bem sucedidas do País no segmento, bem como uma visita ao Banco Cooperativo (Bancob).

(Foto – Divulgação)

Governador Witzel emplaca filho na coordenadoria de Diversidade Sexual do Rio

O governador Wilson Witzel conseguiu emplacar o seu filho, o cozinheiro Erick Marques Witzel, como assessor da Coordenadoria de Diversidade Sexual (Ceds Rio) da Prefeitura do Rio. Localizada no Palácio da Cidade (Botafogo), a coordenadoria é responsável pelas políticas públicas da prefeitura na área LGBT. A informação é do O Globo.

Erick Witzel, que é transexual, já vinha trabalhando há três meses como voluntário como um dos interlocutores das demandas do público LGBT. A pasta, que só tinha três cargos comissionados, passou por uma reestruturação administrativa para abrir a quarta vaga.

O ato de nomeação não foi do prefeito Marcelo Crivella, mas do secretário da Casa Civil, Paulo Albino, que normalmente assina as indicações para cargos de confiança do segundo e terceiro escalões.

Durante as eleições, Erick, 24 anos, chegou a pedir ao então candidato ao governo do estado do Rio que parasse de citá-lo em entrevistas. Porém, pai e filho se reconciliaram nos últimos tempos. Na última quarta-feira, ele e o pai governador foram ao Maracanã torcer para o Flamengo.

(Foto – Reprodução)

PSB vira alternativa para aliados de Camilo no Interior

Sob o comando do deputado federal Denis Bezerra, o PSB está virando, em várias cidades do interior cearense, o porto seguro para conciliar interesses eleitorais do Palácio da Abolição em 2020

Grupos que brigam por espaços políticos, mas unem-se em torno do governador Camilo Santana (PT), encontram no PSB uma alternativa para acomodações.

Por conta disso, o PSB pode crescer no Interior.

(Foto – Paulo MOska)

Petrobras registra lucro líquido de R$ 18,9 bilhões no segundo trimestre

a Petrobras informou que registrou lucro líquido de R$ 18,9 bilhões no segundo trimestre deste ano, um recorde histórico. Nota divulgada pela estatal informa que o resultado representa aumento de 368% em relação ao lucro líquido do primeiro trimestre do ano (R$ 4 bilhões) e 87% na comparação com o segundo trimestre de 2018 (R$ 10,1 bilhões).

A principal explicação para o lucro foi a conclusão da venda de 90% da participação da Petrobras na Transportadora Associada de Gás S.A.(TAG), no valor de R$ 33,5 bilhões, dos quais R$ 2 bilhões foram usados para liquidar dívida da transportadora com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Também contribuíram para o resultado o aumento do preço internacional do petróleo e a valorização do dólar frente ao real.

O Ebitda ajustado – lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização – ficou em R$ 32,7 bilhões no trimestre, um aumento de 19% em relação ao primeiro trimestre. O resultado foi impactado pelos preços mais elevados do petróleo, o maior volume de venda de diesel e o incremento nas margens da gasolina, nafta e gás natural.

Dívida líquida

O fluxo de caixa livre foi positivo pelo 17º trimestre consecutivo, somando R$ 11,3 bilhões. Já a dívida líquida manteve sua trajetória de queda em US$ 83,7 bilhões no segundo trimestre deste ano, uma redução de 12% em relação ao trimestre anterior.

Os investimentos somaram US$ 2,6 bilhões, sendo 82% em atividades de exploração e produção. “Apresentamos um bom resultado financeiro no segundo trimestre, beneficiado principalmente pela venda da TAG, com lucro líquido alcançando um recorde histórico de R$ 19 bilhões. Continuaremos nossa trajetória de geração de valor, com foco nos ativos de maior retorno, como o pré-sal, e busca incessante para redução de custos”, disse o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, através da nota.

Segundo a Petrobras, a produção de petróleo e gás natural da empresa alcançou 2,63 milhões de barris de óleo equivalente por dia no segundo trimestre, um aumento de 3,8% em relação ao primeiro trimestre deste ano. Somente nos campos do pré-sal, a produção cresceu 12,7%, com 1,17 milhão de barris de petróleo por dia.

(Agência BrAsil)

Camilo recebe no Palácio da Abolição alunos do projeto Primeiro Passo

O governador Camilo Santana (PT) recebe, nesta manhã de sexta-feira, no Palácio da Abolição, 400 jovens aprendizes do programa Primeiro Passo. Destes, 243 estão concluindo seus períodos de aprendizagem nas empresas conveniadas e os demais iniciam a jornada de cursos e experiência nas empresas.

Os 243 concludentes são oriundos de nove turmas da Capital com capacitação em assistente administrativo e assistente de comércio. Desse grupo, 100 já têm garantida a efetivação nas empresas em que trabalharam. Entre as empresas conveniadas estão Fujisan, Ari de Sá, Expresso Guanabara, Extrafarma, Pague Menos, Indústria Naval do Ceará e Água de Coco, entre outras.

Além desse grupo, Camilo recebe 150 novos alunos que iniciarão, no próximo dia 12, o período de aulas e aprendizagem nas empresas. Serão cinco novas turmas, também em assistente administrativo e assistente de comércio.

A secretária da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos, Socorro França, também está recebendo esse grupo.

Projeto

O Primeiro Passo cria oportunidades de inclusão social e profissional para adolescentes e jovens, oriundos da rede pública de ensino, que estejam em situação de risco social e vulnerabilidade, estimulando-os por meio do desenvolvimento de suas competências social e profissional.

(Foto – WhatasApp)

PSOL promove II Encontro Estadual de Mulheres

O deputado estadual Renato Roseno fará uma saudação ao grupo.

O PSOL do Ceará vai promover, nesta sexta e sábado, em sua sede em Fortaleza, o seu II Encontro Estadual Setorial de Mulheres, conhecido como Núcleo Rosa Luxemburgo. Mais de 300 mulheres deverão discutir a política feminista do partido e calendário de lutas, informa a assessoria de imprensa da legenda.

A ordem também é atrair esse publico de olho na disputa 2020 no Estado.

O encontro, que será aberto às 18 horas desta sexta-feira e se estenderá por todo o sábado, contará com mesas de discussões sobre violência, feminicídio e campanha nacional por justiça para Marielle Franco.

Ainda na programação, haverá fala do deputado estadual Renato Roseno e a eleição de delegadas para o Encontro Nacional de Mulheres, do PSOL que ocorrerá em setembro.

(Foto – Arquivo)

FGTS – 225 mil empregadores devem o benefício a 8 milhões de trabalhadores

Um total de 225 mil empregadores têm dívidas relacionadas ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). A dívida total soma R$ 32 bilhões e atinge mais de 8 milhões de trabalhadores. Os números foram obtidos pelo Portal G1 junto à Procuradoria Geral da Fazenda Nacional.

Segundo levantamento, as 20 empresas com as dívidas mais altas somam cerca de 7% do valor total atrasado que é devido ao FGTS, com R$ 2,302 bilhões. A maior parte delas está falida ou em recuperação judicial, como Varig, Vasp, Busscar Ônibus, Sociedade Universitária Gama Filho e Laginha Agroindustrial.

O governo anunciou na semana passada a liberação do FGTS para trabalhadores com saldo tanto em contas ativas como inativas. Se tiver depósitos a receber, o trabalhador pode tentar reaver o dinheiro acionando a Justiça do Trabalho. Do total de empregadores que devem o FGTS aos seus funcionários, 595 são órgãos da administração pública.

Direito

O FGTS é um direito do trabalhador com carteira assinada. Até o dia 7 de cada mês, os empregadores devem depositar em contas abertas na Caixa Econômica Federal, em nome dos empregados, o valor correspondente a 8% do salário de cada funcionário. Quando a data não cair em dia útil, o recolhimento deve ser antecipado. O fundo não acarreta desconto no salário, pois se trata de uma obrigação do empregador.

Devedores

Na lista das 20 maiores dívidas, a maior é a da Varig, com R$ 606,5 milhões em atraso, seguida pela Vasp, com quase R$ 159 milhões pendentes. Há ainda um órgão público na lista dos 20 maiores devedores: o município de Itabuna (BA).

*Para saber quais são as empresas que mais devem FGTS clique aqui.

(Foto – Arquivo)

MPCE e SSPDS realizam Operação Rábula em Fortaleza, Caucaia e Maracanaú

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), através do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (GAECO), e a Coordenadoria de Inteligência (COIN) da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social deflagraram, nesta manhã de sexta-feira, a Operação Rábula. A ação acontece em Fortaleza, Caucaia e Maracanaú, informa a assessoria de imprensa do MPCE.

Estão sendo cumpridos 25 mandados de busca e apreensão, oito mandados de prisões preventivas e sete de prisões temporárias.

Uma investigação realizada pelo GAECO revelou a existência de um complexo esquema criminoso composto por funcionários públicos, particulares e advogados, os quais atuavam junto às Instituições de Administração da Justiça e Delegacias locais. Tal esquema consistia em garantir, mediante o pagamento de propina, o sucesso das pretensões deduzidas em prol de seus clientes, viabilizando a distribuição de processos para juízos previamente escolhidos, transferências de presos para unidades prisionais específicas, designações de datas próximas para a realização de audiência de custódia, confecções de cartas de emprego e certidões públicas falsas, bem como influência em decisões judiciais, através da interveniência de funcionários da Justiça.

As investigações também desvelaram a existência de um outro grupo criminoso, dedicado a furtos mediante arrombamentos de caixas eletrônicos bancários, que contava igualmente com a participação de advogados, particulares e criminosos trazidos do Estado de Santa Catarina para atuarem no Estado do Ceará.

Os mandados judiciais foram deferidos pela Vara de Delitos de Organizações Criminosas da Comarca de Fortaleza e estão sendo cumpridos com o apoio do Núcleo de Investigação Criminal do MPCE (NUINC), do Departamento Técnico Operacional da Polícia Civil do Estado do Ceará (DTO), da Polícia Militar do Estado do Ceará e da Coordenadoria de Inteligência da Secretaria de Administração Penitenciária (COINT).

DETALHE – Os promotores de justiça integrantes do GAECO concederão entrevista coletiva, às 11 horas, no auditório da Procuradoria Geral de Justiça, na rua Assunção, 1.100 – José Bonifácio.

Detran sai da pasta das Cidades e entra no organograma da Seinfra

239 1

O governador Camilo Santana (PT) sancionou lei alterando a estrutura administrativa relacionada ao setor de infraestrutura. Com isso, a Superintendência de Obras Públicas passa a ser vinculada à Secretaria das Cidades, enquanto o Departamento Estadual de Trânsito (Detran) começa a integrar a estrutura da Secretaria da Infraestrutura (Seinfra). A mudança, bom lembrar, foi resultado de lei aprovada pelo Legislativo Estadual.

Com essa mudança, compete à Seinfra agora formular as políticas na área de transportes e logística de transportes, obras, mobilidade, acessibilidade urbana, trânsito, telecomunicações, energia e gás canalizado. Também ficará a cargo da Seinfra articular e fomentar a implementação das políticas nacionais de petróleo e derivados no âmbito do Estado do Ceará.

Já à Secretaria das Cidades compete coordenar as políticas na área de saneamento, além de definir e implementar as políticas estaduais de saneamento ambiental e mobilidade e acessibilidade, adianta a assessoria de imprensa dessa pasta.

Bolsonaro escolhe o terceiro da lista para reitor na Universidade Federal do Recôncavo Baiano

917 3

O terceiro nome da lista tríplice par reitor da Universidade Federal do Recôncavo Baiano foi o nomeado pelo presidente Jair Bosonaro Trata-se do professor Fábio Josué Souza dos Santos, que cumprirá o período entre 2019 e 2023.

A nomeação, publicada em uma edição extra do Diário Oficial na noite dessa quinta-feira (1), acontece depois de a universidade ficar cerca de 20 horas sem reitor constituído. já que o mandato da antecessora havia sido encerrado.

A escolha do candidato menos votado na lista tríplice rompe uma tradição que se mantinha desde 2003, a partir da gestão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), de nomear o candidato mais votado pelas comunidades universitárias.

VAMOS NÓS –  Nada de novo reitor na Universidade Federal do Ceará.

(Também com Folha)

Centro Cultural Bom Jardim promove feira de economia e cultura

O Centro Cultural Bom Jardim (CCBJ) será sede,, a partir das 8 horas desta sexta-feira, do Bom de Feira, um momento de discussão sobre economia e cultura, que conta com o apoio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico. O evento é gratuito e ocorre numa parceria com o Centro de Referência do Empreendedor (CRE).

Na ocasião, haverá palestra do Sebrae, balcão tira-dúvidas sobre empreendedorismo e microempreendedor individual (MEI).

Durante o Bom de Feira, o Projeto Feira de Calçada, formado por mulheres empreendedoras da área do Grande Bom Jardim, venderá seus produtos. O encerramento será com o espetáculo teatral “Quem Prospera Sempre Alcança”, uma comédia de costumes da companhia paulista “Próspera Trupe de Teatro”, que mistura as linguagens circense e teatral para falar sobre sonhos em tempos de desemprego e empreendedorismo.

SERVIÇO

*Centro Cultural Bom Jardim – Rua Três Corações, 400.

(Foto – Divulgação)

Ministro do Supremo libera investigação sobre deputada Flordelis

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso decidiu nessa quinta-feira (1º) que o Ministério Público do Rio de Janeiro e a polícia podem prosseguir com as investigações sobre a suposta participação da deputada federal Flordelis (PSD-RJ) no assassinado de seu marido, o pastor evangélico Anderson do Carmo, ocorrido em junho deste ano.

Após iniciar a investigações, o MP enviou o caso para o Supremo por constatar o possível envolvimento da deputada no crime. Como deputados têm foro privilegiado na Corte, os promotores pediram uma manifestação sobre a continuidade das investigações na primeira instância da Justiça.

Ao decidir o caso, o ministro Barroso entendeu que o suposto crime de homicídio não tem relação com o mandato parlamentar. Dessa forma, a investigação deve continuar na primeira instância. “O foro privilegiado constitui instrumento para garantir o livre exercício de certas funções públicas, não havendo sentido em estendê-lo a crimes que, cometidos após a investidura, sejam estranhos ao exercício das respectivas funções”, disse o ministro.

No ano passado, a Corte decidiu restringir o foro e determinou que parlamentares só podem responder a processos no STF se as acusações estiverem relacionadas com o mandato.

Nota da deputada

Em nota, a assessoria da deputada afirma que, em razão da decisão do STF, é preciso esclarecer que, em nenhum momento, Flordelis solicitou ou reivindicou a prerrogativa de não ser investigada pela polícia e pela Justiça. “O STF foi provocado pelo Ministério Público, porque a lei assim exige”, destaca o texto.

“A decisão não surpreendeu a deputada Flordelis, porque ela tem conhecimento [de] que a prerrogativa só seria aplicada se o crime investigado tivesse ocorrido em razão do mandato dela”, acrescenta o comunicado. O texto lembra que, antes da decisão, a deputada colocou-se à disposição da polícia em todos os momentos em que foi solicitada e que tem todo interesse na solução do caso. “Ela precisa saber quem foram os autores do crime e as razões que tiveram. Só depois disso ela terá paz”, conclui a nota.

(Agência Brasil)

Entra no ar plataforma digital para facilitar cadastro de empreendedores junto à Sefaz

Os contribuintes cearenses já podem dar entrada no pedido de inscrição estadual por meio virtual. Segundo a Secretaria da Fazenda do Estado, uma plataforma digital foi disponibilizada para as empresas no Portal de Serviços do Integrador Estadual, administrado pela Junta Comercial do Ceará. Essa plataforma reúne todos os órgãos de inscrição e licenciamento em um só local. A novidade é resultado da integração total da Secretaria da Fazenda do Ceará (Sefaz-CE) com a Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (RedeSim).

Com o novo serviço digital disponível 24 horas, não será mais necessário que os empreendedores se desloquem até uma unidade da Sefaz-CE para iniciar o processo de cadastro na Fazenda (CGF). A inovação diminuirá os custos, o tempo e a burocracia na concessão ou alteração do registro estadual.

A secretária da Fazenda, Fernanda Pacobahyba, definiu a integração da Pasta à RedeSim como um avanço e disse que a parceria trará mais agilidade aos processos e comodidade aos contribuintes.

De acordo com a presidente da Jucec, Carolina Monteiro, “a Junta, como órgão integrador da RedeSim no Ceará, vem trabalhando junto aos órgãos de inscrição e licenciamento a fim de promover essa integração ao Portal com objetivo de simplificar a formalização das empresas. Hoje, cumprimos mais uma etapa, com a efetiva integração da Sefaz à RedeSim”, ressaltou.

DETALHE – Atualmente, no Ceará, estão integrados à Rede Nacional: Receita Federal, Junta Comercial, Corpo de Bombeiros, Sefaz, Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace), Vigilância Sanitária do Estado, Secretaria das Finanças (Sefin) e Secretaria de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma) de Fortaleza, além de 102 prefeituras de municípios cearenses.

(Foto – Sefaz)

STF articula afastamento de Deltan da Lava Jato

436 13

Os ministros do Supremo Tribunal Federal já articulam o afastamento do procurador da República Deltan Dallagnol da coordenação-geral da Operação Lava Jato, em Curitiba. A medida seria consequência do pedido feito pelo STF junto à Polícia Federal de todas as mensagens hackeadas de autoridades. Nelas, há conversas entre o ministro Sergio Moro, então juiz da operação, e Dallagnol.

Segundo informações da Folha de S.Paulo desta sexta-feira, os ministros buscam os caminhos para que isso ocorra. A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, tem sido pressionada a determinar essa medida a partir de Brasília. Nesta quinta-feira (1º), ela chamou uma reunião de emergência para discutir o assunto.

Ainda de acordo com o jornal, Raquel Dogde não estaria disposta a se indispor com os colegas de Ministério Público Federal. Com isso, o destino de Deltan na Lava Jato teria de ser decidido pelo Supremo Tribunal Federal., no que o ministro Alexandre de
Moraes, relator do inquérito das fake news, poderia tomar a decisão.

Nessa noite de quinta-feira, Alexandre Moraes determinou que as mensagens apreendidas pela PF com os suspeitos de terem hackeado celulares de autoridades, como o ministro da Justiça, Sergio Moro, sejam encaminhadas ao STF no prazo de 48 horas.

(Foto – Agência Brasil)

Fortaleza registra chuva na madrugada desta sexta-feira

Fortaleza amanheceu esta sexta-feira (2) com chuva em vários bairros da cidade. Apesar do período atípico para as chuvas, a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) prevê precipitações isoladas no Sertão Central, na Região Jaguaribana, além da faixa litorânea do Estado.

São as chuvas de pós-estação, que este ano já apresentam índices maiores que o ano passado, mas abaixo da média histórica.

De acordo ainda com a Funceme, Fortaleza terá um dia de sol, com máxima de 32°C no período da tarde.

A Funceme alerta que chuvas registradas em junho e julho deste ano também não colaboraram para aporte significativo dos açudes, pois, além de pouco intensas, ficaram mais restritas ao norte do Estado. Dos 155 reservatórios monitorados pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), 76 estão com volume abaixo dos 30%.

(Foto: Arquivo)