Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Planos de saúde – ANS regulamenta compartilhamento e saída de empresas do mercado

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) publicou duas resoluções normativas na tentativa de dar mais segurança e estabilidade ao mercado de planos de saúde no país. A primeira medida regulamenta o compartilhamento de gestão de riscos entre operadoras. A segunda disciplina a possibilidade da saída voluntária do mercado de operadoras pequenas e médias que avaliem não ter condições financeiras de permanecer atuando.

De acordo com o diretor de Normas e Habilitação de Operadoras da ANS, Leandro Fonseca, com as novas regras, a agência sinaliza “de forma mais clara” alternativas para as empresas de planos de saúde que possam estar em dificuldade financeiras. Com isso, segundo ele, os consumidores passam a ter maior garantia de atendimento.

Dados da ANS mostram que o setor de saúde suplementar tem 793 operadoras de planos médico-hospitalares. Desse total, cerca de 400 possuem até 15 mil clientes e atendem a 4,4% do total de usuários de planos de assistência médica do país. Atualmente, há 47,3 milhões de beneficiários de planos médico-hospitalares no Brasil e 22,9 milhões de beneficiários de planos odontológicos.

(Agência Brasil)

Ernesto Saboya toma posse nesta terça-feira como conselheiro do TCE

O conselheiro Edilberto Pontes, presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), dará posse, às 11h30min desta terça-feira (12), a Ernesto Saboya como conselheiro dessa Corte de Contas,

Ernesto Saboia de Figueiredo Junior, um dos conselheiros do extinto Tribunal de Contas dos Municípios, estava em disponibilidade como os demais integrantes desse tribunal que foi extinto pela Assembleia Legislativa.

Ele teve seu nome aprovado pelo legislativo estadual mês passado. Foi indicado não por estar em disponibilidade, mas por indicação da Assembleia a quem caberia preencher a vaga aberta com a aposentadoria do conselheiro Teodorico Menezes, no início deste ano.

Caixa amplia prazo de atendimento em Fortaleza para quem quer renegociar dívidas

 A Caixa Econômica Federal em Fortaleza vai estender o horário de oito agências para atender os clientes que vão negociar as dívidas com o banco, na Campanha Quita Fácil. Agora as pessoas com débito no banco vão ter até às 17 horas desta quarta-feira, 13, e quinta-feira, 14, para a negociação dos débitos. Os descontos chegam até 90%.
O horário estendido será nas seguintes agências bancárias: Aldeota, Fortal, Iracema, Jangada, José de Alencar, Parangaba, Praça do Ferreira e Terra da Luz.
A campanha de renegociação de dívidas com a instituição financeira acontece em todas as agências do País. A ação do banco é voltada para regularização de contratos comerciais com mais de 360 dias de atraso, incluindo cartão de crédito, com descontos especiais para pessoas físicas e empresas.
Além do atendimento normal e do horário estendido das agências da Capital, o cliente de Fortaleza pode também negociar sua dívida indo ao Procon. A Caixa também realiza atendimento em todo o Estado com os mesmos descontos de até 90%.
Nos próximos dias 26, 27 e 28, a Campanha Quita Fácil terá outro reforço com a chegada do Caminhão Quita Fácil, que vai atender os clientes das 9h às 19h, na Praça do Ferreira, no Centro de Fortaleza. Para obter mais informações, o cliente pode acessar o site ou ligar para o telefone 0800 726 8068 (opção 8).
 
Confira o endereço das agências na Capital: 
ALDEOTA
Av. Barão de Studart, 2191 – Aldeota
FORTAL
Av. Santos Dumont, 2.772 – Aldeota
IRACEMA
Rua Floriano Peixoto, 1.084 – Centro
JANGADA
Shopping Center Iguatemi – Lj 6/10 – Água Fria
JOSÉ  DE ALENCAR
Rua Senador Pompeu, 716 – Centro
PARANGABA
Rua Sete de Setembro, 132 – Parangaba
PRAÇA DO FERREIRA
Rua Guilherme Rocha, 45 – Centro
TERRA DA LUZ
Av. Pontes Vieira, 2000 – Tauape
(Com O POVO Online)

Ipea divulgará nesta terça-feira a inflação de novembro por faixa de renda

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada divulgará nesta terça-feira (12/12), o Indicador Ipea de Inflação por Faixa de Renda referente a novembro. O indicador também apresenta dados desagregados por grupos, para cada faixa de renda: alimentação, habitação, artigos de residência, vestuário, transportes, saúde e cuidados pessoais, despesas pessoais, educação e comunicação.

A informação é do site desse organismo, adiantando que o texto com os resultados estará disponível no Portal Ipea e no blog da Carta de Conjuntura, a partir das 11 horas. .

O Indicador Ipea de Inflação por Faixa de Renda é calculado com base nas variações de preços de bens e serviços pesquisados pelo Sistema Nacional de Índice de Preços ao Consumidor (SNIPC), do IBGE. A análise que será divulgada nesta terça-feira traz, ainda, a inflação por faixas de renda acumulada no ano e nos últimos 12 meses. A metodologia do indicador está compilada na nota técnica Inflação por faixa de renda, no blog da Carta de Conjuntura.

Dezembro é de Bandeira 2, mas aplicativos fazem medida ser opcional entre alguns taxistas

Tradicionalmente, o mês de dezembro registra a cobrança da Bandeira 2 por parte dos motoristas de táxi como forma de o desembolso se constituir numa espécie de 13º salário da categoria.

Mas, por causa da concorrência do táxi comum com os táxis que operam via aplicativos, a medida acabou ficando a critério de cada motorista.

A concorrência pesada no meio provocou essa mudança. O Sinditáxi de Fortaleza deixou a critério de cada profissional cobrar ou não a Bandeira 2.

Os valores utilizados para cálculo são:
  • Bandeirada: R$ 3,62.
  • Quilômetro rodado: R$ 1,81 (bandeira 1) e R$ 2,73 (bandeira 2)

Ciro passa de Bolsonaro em pesquisa no Ceará

Uma pesquisa inédita encomendada pelo PMDB mostra que, pela primeira vez, o presidenciável Ciro Gomes (PDT) ultrapassa Jair Bolsonaro (PSC) e assume a vice-liderança das intenções de voto para presidente no Ceará. A informação é da Coluna Radar, da Veja Online.

Segundo o levantamento, feito pelo Instituto de Pesquisas e Estratégias, o ex-presidente Lula (PT) segue na frente, com 49% das intenções de voto.

Em segundo vem Ciro Gomes, com 17%, seguido por Jair Bolsonaro, em terceiro, com 16%. Na quarta colocação, Geraldo Alckmin (PSDB), com apenas 2%.

Já a disputa para senador está apertada. Cid Gomes tem 30%, seguido pelo atual presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB). Em terceiro, o senador José Pimentel (PT), está com 7%.

Defensoria Pública fará audiência com pais de alunos que prestaram concurso do Colégio da PM

O Núcleo de Direitos Humanos e Ações Coletivas da Defensoria Pública do Ceará receberá pais dos estudantes que tiveram problemas durante a aplicação da prova do concurso para o Colégio Militar General Edgard Facó. Será nesta terça-feira, a partir das 13 horas, durante audiência pública. Os pais serão recebidos pela defensora pública Sandra Moura de Sá, supervisora do Núcleo, na sede do órgão, localizado na Avenida Pinto Bandeira (Bairro Luciano Cavalcante). A informação é da assessoria de imprensa da DPCE.

No sábado (9), a Defensoria Pública do Estado do Ceará conseguiu uma liminar para todos os estudantes que tiveram suas inscrições indeferidas por divergência de faixa etária possam realizar a prova no domingo, dia 10, para o Colégio Militar General Edgard Facó. Uma ação coletiva foi impetrada durante o plantão defensorial, em favor de várias crianças e adolescentes que tiveram a inscrição cancelada por problemas de checagem de dados no sistema.

Na ocasião, a defensora pública Liana Lisboa foi procurada por doze pais que comprovaram, por meio de documentação, que seus filhos tinham idade para realização da prova, mas tiveram inscrições canceladas por problemas no sistema. A juíza Maria Marleide Queiroz concedeu liminar no sentido de garantir a realização de provas de todas crianças e jovens que estavam em casos similares. Estima-se que cerca de 700 crianças tiveram suas inscrições canceladas.

Em diversos locais de prova, pais reclamavam de problemas como o impedimento de entrada de alunos que portavam apenas certidão de nascimento e da entrada dos pais nos locais de prova para deixar as crianças na sala, além de confusão no esquema para retirada das crianças. Foram relatados ainda problemas no horário da entrega de provas e até no pagamento dos profissionais contratados para fiscalizar o exame.

Número de devedores fica estável em novembro, mas volume de dívidas cai

O número de devedores no Brasil ficou estável em novembro em relação a outubro, com uma variação de 0,15%. Em comparação com o mesmo mês do ano anterior, a alteração foi maior, de 0,23%. Os dados são do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL).

No total, são 59,9 milhões de pessoas com contas em atraso ou nomes negativados, aqueles incluídos em cadastros de devedores. Esse número representa 39,5% da população com idades entre 18 e 95 anos.

A inadimplência é maior entre brasileiros de 30 a 39 anos. Em novembro, 49% das pessoas nesse grupo estavam nessa condição. Na comparação por faixas etárias, em seguida vêm as de 40 a 49 (47%), 25 a 29 (46%), 65 a 84 anos (31%) e 18 a 24 anos (21%).

Entre as regiões, a Norte apresenta maior taxa de devedores, com 46% dos cidadãos residentes nos estados nessa condição. A segunda região com maior índice de pessoas inadimplentes é a Centro-Oeste (44%), seguida pela Nordeste (42%) e Sudeste e Sul (37%).

Apesar da estabilidade, o volume de dívidas – ou seja, a soma dos valores de todos os empréstimos contraídos por pessoas de 18 a 95 anos analisados pelo SPC – em novembro apresentou queda de 3,79% em relação ao ano passado e de 0,14% em comparação com outubro.

No comércio, a redução foi mais acentuada: 6,44%. Já nos bancos (2,55%) e no setor de água e luz (1,43%) o índice foi abaixo da média. O único segmento em que houve ampliação do volume de dívidas foi o de comunicação (4%).

Na avaliação do SPC, no último ano houve um processo de diminuição da tomada de empréstimos a partir da crise, com os consumidores evitando fazer uso desse recurso e as instituições concedentes (como bancos e financeiras) aumentando o custo e as garantias.

Segundo Marcela Kawauti, economista-chefe do SPC, como há diversos casos em que uma pessoa contrai mais de uma dívida, com os sinais pequenos de recuperação da economia parte delas está conseguindo pagar uma ou outra dívida, o que gera a redução do volume mas não consegue sair da condição de inadimplência.

(Agência Brasil)

Câmara dos Deputados debaterá retomada das obras da Transnordestina

Nesta terça-feira, às 14h30min, haverá audiência pública sobre a retomada das obras da Ferrovia Transnordestina. A iniciativa é do deputado federal Raimundo Gomes de Matos (PSDB), que presidirá o encontro em Brasília. A ordem é discutir soluções para a retomada do empreendimento, informa o parlamentar cearense, coordenador da Comissão Externa na Câmara que monitora o projeto. O presidente da Transnordestina, Sérgio Leite, deverá participar do debate.

Serão apresentados estudos elaborados por grupo de trabalho interministerial, nomeado em abril, formado por representantes dos ministérios do Planejamento e dos Transportes, Secretaria do Programa de Parceira de Investimentos, Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Companhia Siderúrgica Nacional, sócia privada na ferrovia, e Transnordestina Logística S/A, o braço da CSN responsável pelo projeto.

Na semana passada, a obra voltou a ser autorizada pelo Tribunal de Contas da União (TCU) a receber investimentos. “Retirarmos a obra da lista do Tribunal de Contas da União foi uma grande avanço. Significa que, mesmo com gargalos no cronograma de execução, a Transnordestina poderá ser retomada”, avalia o parlamentar cearense.

A estrada de ferro, de 1.728 km de extensão, ligará o município de Eliseu Martins (PI), aos portos de Pecém (CE) e Suape (PE), para escoar a produção regional de grãos e minério. A obra, que já dura dez anos, está orçada em R$ 11,2 bilhões – dos quais R$ 6 bilhões já foram aportados.

TRE do Rio torna Eduardo Paes e Pedro Paulo inelegíveis

Em uma decisão unânime, o Tribunal Regional Eleitoral do Rio e Janeiro decidiu, nesta segunda-feira, pela inelegibilidade de Eduardo Paes e do deputado federal Pedro Paulo em 2018. Pedro Paulo foi o candidato do ex-prefeito do Rio de Janeiro para sucedê-lo nas últimas eleições.

A decisão, segundo informação do O Globo, foi tomada a partir de uma ação de Marcelo Freixo, deputado estadual e adversário de Pedro Paulo nas últimas eleições.

Na ação, Freixo acusa a gestão de Paes de usar a prefeitura para contratar, por R$ 7 milhões, uma empresa para elaborar o plano de governo de Pedro Paulo.

Paes e Pedro Paulo podem recorrer.

 

Indenizações por morte no trânsito crescem 24% em relação a 2016

O número de indenizações pagas pelo Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (Seguro Dpvat) entre janeiro e novembro chegou à marca de 355.238, um decréscimo de 9% em relação ao mesmo período de 2016. No entanto, quando avaliada somente a natureza da indenização, os casos de morte cresceram 24% em relação ao mesmo período do ano passado, correspondendo a 37.492 indenizações.

Os dados foram divulgados hoje (11) pela Seguradora Líder, administradora do Seguro Dpvat. Na cobertura por invalidez permanente, total ou parcial, foram registradas 263.923 ocorrências. Embora representem o maior volume de indenizações pagas no período, esse montante foi 15% inferior ao registrado no mesmo período do ano anterior.

Segundo a Seguradora Líder, a redução de quase 10% no total de indenizações pagas, em comparação com o mesmo período de 2016, reflete, por um lado, a conscientização da população; e, por outro, o rigor adotado pela companhia para combate a fraudes. De acordo com a empresa, foram evitadas, de janeiro a outubro, perdas de R$ 831,9 milhões, sendo R$196,7 milhões em indenizações indevidas não pagas por fraudes comprovadas.

“O Seguro Dpvat é de todos os brasileiros e tem como principal missão amparar as vítimas em momentos de vulnerabilidade. Por isso, estamos investindo em modernização de sistemas e no uso de tecnologias de última geração para pagar certo a quem tem direito”, afirmou, em nota, Ismar Tôrres, diretor-presidente da Seguradora Líder.

No período de janeiro a novembro de 2017, os acidentes com motocicletas foram responsáveis por 74% das indenizações pagas pelo Seguro Dpvat. A região Nordeste continua com o maior número de casos de acidentes envolvendo este tipo de veículo, que responde por 63% das mortes no trânsito na região. A empresa destaca que as motocicletas representam apenas 28% da frota do país.

De janeiro a novembro, a maior incidência de indenizações pagas foi para vítimas do sexo masculino, mantendo o mesmo perfil identificado em anos anteriores. Pessoas com idades entre 18 e 34 anos foram as mais atingidas no período, representando 49% do total, o que corresponde a cerca de 172 mil indenizações pagas.

(Agência Brasil)

Escolas do Estado passarão a ter aulas sobre o holocausto

O deputado estadual Heitor Férrer (PSB) esteve reunido, na tarde desta segunda-feira (11), com o secretário de Educação do Estado, Idilvan Alencar, e o vice-presidente da Sociedade Israelita no Ceará, Marcos Strozberg, para discutir a aplicação da lei, de sua autoria, que dispõe sobre a inclusão de noções sobre o holocausto na disciplina de História, nas escolas da rede estadual.

O objetivo da lei é de contribuir para que as futuras gerações tenham consciência dos crimes praticados pelo nazismo, com a execução de mais de 7 milhões de judeus.

“Nossa iniciativa é para que não esqueçamos a barbárie que foi cometida no holocausto, conscientizando para que atos similares não se repitam nunca mais contra qualquer povo”, explicou Heitor Férrer.

A matéria foi aprovada neste ano pela Assembleia Legislativa e deve entrar em vigor nas escolas a partir de 2018.

(Foto: Divulgação)

Economia mundial teve em 2017 maior crescimento em seis anos, diz ONU

Um relatório das Nações Unidas lançado esta segunda-feira (11), em Nova Iorque, indica que este ano a economia mundial ganhou força com a diminuição das fragilidades associadas à crise financeira global e teve o maior crescimento desde 2011. O documento prevê um avanço de 3% em 2017, que deve continuar estável no próximo ano, segundo Departamento de Assuntos Econômicos e Sociais da ONU (Desa). A informação é da ONU News.

O estudo destaca que a melhora na situação econômica global oferece uma oportunidade aos países para se concentrarem em criar políticas sobre questões de longo prazo. Entre elas, o crescimento econômico de baixo carbono, a redução das desigualdades, a diversificação econômica e a eliminação de barreiras profundas que dificultam o desenvolvimento.

De forma geral, “as condições de investimento melhoraram num contexto de baixa volatilidade financeira, redução de fragilidade no setor bancário, recuperação em vários setores de commodities e uma previsão macroeconômica global mais sólida”, aponta o documento.

O relatório destaca haver muitas economias em desenvolvimento e em transição que continuam a ser vulneráveis e a correr riscos. Esses fatores incluem contração desordenada nas condições de liquidez globais e a retirada repentina de capital.

(Agência Brasil)

Comissão debate PEC que inclui guarda municipal entre órgãos de segurança pública

A Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado realiza, nesta terça-feira (12), um seminário para discutir a Proposta de Emenda à Constituição 275/16 e a importância das guardas municipais para a segurança pública.

A PEC inclui as guardas municipais entre os órgãos da segurança pública e equipara o regime de previdência de seus profissionais aos policiais civis e militares. Ela já foi aprovada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania e aguarda constituição da comissão especial que irá analisá-la.

“Embora os guardas municipais sejam submetidos a riscos idênticos aos que estão sujeitos os integrantes das polícias civil e militar, seus integrantes não dispõem do mesmo amparo legal que é dado aos seus colegas policiais”, disse o deputado Cabo Sabino (PR-CE), que é autor da proposta e pediu a realização deste debate.

“A PEC 275 visa corrigir a omissão jurídico-constitucional para garantir aos guardas municipais a proteção necessária para o desempenho de sua profissão. Esta categoria é de extrema importância para o exercício da segurança pública e para a preservação da ordem, da incolumidade das pessoas e do patrimônio”, defendeu o parlamentar.

Entre os convidados para o seminário está o vereador de Fortaleza, Márcio Cruz (PSD).

(Agência Câmara Notícias)

Manifestantes protestam no Aeroporto Pinto Martins contra reformas de Temer

616 1

Cerca de 200 manifestantes protestaram nesta segunda-feira (11), no Aeroporto Internacional Pinto Martins, contra as reformas do governo Temer.

Os manifestantes aproveitaram a ida de parlamentares cearenses a Brasília, em uma semana decisiva para a reforma da Previdência.

Com palavras de ordem como “a luta continua, trabalhador na rua”, a manifestação não poupou deputados federais da base aliada do governo Temer. Mesmo aqueles que estão embarcando, como é o caso do tucano Raimundo Gomes de Matos.

Esquema descoberto pela PF liberou R$ 2 bi em créditos tributários para JBS

A Operação Baixo Augusta, deflagrada hoje (11) em São Paulo e mais cinco cidades paulistas, encontrou provas do envolvimento de um advogado, um empresário e um auditor da Receita Federal em um esquema de propina destinado a agilizar a liberação de créditos tributários na Receita, favorecendo o grupo JBS. As investigações tiveram como base os depoimentos dados ao Ministério Público Federal (MPF) por um executivo do grupo. A ação resultou de trabalho conjunto da Polícia Federal (PF), do Ministério Público e da Receita.

O servidor público foi afastado judicialmente e oito pessoas físicas e jurídicas tiveram os bens bloqueados. Foram cumpridos 14 mandados de busca e apreensão em residências e empresas de suspeitos de corrupção, envolvendo a Operação Lava Jato, nas cidades de São Paulo, Caraguatatuba, Campos do Jordão, Cotia, Lins e Santana do Parnaíba.

Segundo o delegado Thiago Borelli Thomaz, chefe da Delegacia de Repressão a Crimes Fazendários e responsável pela Operação Baixo Augusta, desde 2004, o advogado e o empresário intermediavam o contato entre o auditor e o grupo JBS. “Descobrimos a movimentação de R$ 160 milhões em propina e R$ 2 bilhões em créditos tributários liberados para o grupo JBS”.

O delegado especial de Administração Tributária da Receita Federal em São Paulo, Guilherme Bibiani, dlisse que a Corregedoria do órgão apurou que esse auditor fiscal fazia todas as análises de pedidos de ressarcimentos vinculados ao grupo. “As investigações conjuntas verificaram que o servidor tinha um patrimônio completamente incompatível com a renda inerente ao cargo”.

(Agência Brasil)

Eunício anuncia para prefeitos cearenses cursos de Medicina no Estado

O presidente do Congresso Nacional, senador Eunício Oliveira (PMDB-CE), anunciou nesta segunda-feira (11), durante encontro com prefeitos cearenses, a instalação de quatro cursos de Medicina no Estado. O senador confirmou a edição e publicação de portaria do Ministério da Educação (MEC), que autoriza a criação dos cursos. A portaria será até o início da próxima semana.

“Essa é uma reivindicação antiga das diversas regiões do Ceará, não podíamos ficar de braços cruzados. Depois de muita luta e insistência, as faculdades de Medicina estão confirmadas para atender a demanda de estudantes que sonham em cursar e exercer essa profissão”, disse Eunício.

Eunício informou ainda que estão garantidos os recursos para instalação dos Institutos Federais de Educação do Ceará (IFCE) nas cidades de Lavras da Mangabeira e Mombaça.

“Essas duas questões ainda estavam pendentes, mas hoje recebemos a confirmação e teremos mais educação de qualidade e profissionalizante nessas duas localidades”, ressaltou.

Durante o encontro, os prefeitos também pediram apoio do presidente do Senado para intervir junto ao Executivo Federal no sentido de buscar uma solução para a atualização do valor do Fundeb (Fundo da Educação Básica). Segundo os gestores municipais, a parcela referente ao mês de dezembro teve uma redução de 46% do valor original, o que resultará em dificuldades financeiras para as cidades neste final de ano.

“Nós sabemos que o senador sempre atende os municípios do Ceará com muita atenção e por isso também viemos fazer um apelo para que esse desconto do Fundeb, de quase 50%, possa ser revertido junto à presidência da República”, solicitou a prefeita Sônia Costa, da cidade de Madalena.

Sobre a questão, Eunício disse que reforçará essa luta e fará o possível para que a medida seja revertida.

(Foto: Divulgação)

Maia diz que não colocará Previdência em pauta sem ter votos para aprovação

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, disse hoje (11) que não colocará em votação a proposta de reforma da Previdência, sem a garantia. “Eu não vou pautar uma matéria dessa se a gente não tiver muita clareza de ter mais de 308 votos. Não é bom para o Parlamento, e muito menos para o Brasil, ter uma votação com resultado ruim. Até porque, se a expectativa for de derrota, o resultado será pior ainda daquele projetado antes da votação”, enfatizou, ao participar de reunião com representantes do agronegócio na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo.

Para Maia, o cenário não é favorável para que o texto seja votado ainda na próxima semana, antes do recesso parlamentar. “Olhando, de hoje para a próxima terça-feira, não é fácil votar a matéria”, destacou. Na semana passada, o presidente Michel Temer e o líder do Câmara, deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), chegaram a projetar o próximo dia 18 como a data provável para apreciação da proposta pelo plenário.

O presidente da Câmara reafirmou estar se empenhando pessoalmente pela aprovação da reforma. No entanto, mesmo no seu próprio partido, o DEM, Maia disse que talvez não tenha o apoio de todos os deputados. “Acho que o DEM vai terminar esse debate, dos 28 que votam, com a possibilidade de ter 24 ou 25 votos. Se chegar a isso, não vejo necessário fechar ou não a questão”, disse.

Esse resultado, já seria satisfatório, na avaliação do deputado. “O importante é que o partido consiga, como conseguiu, na terceirização, na reforma trabalhista, na PEC do Teto, em todas as matérias a maioria dos seus votos”, acrescentou.

Maia voltou a afirmar a importância da mudança nas regras para as aposentadorias para garantir o equilíbrio das contas públicas nos próximos anos.Se a gente não aprovar a Previdência, não continuar avançando em uma política de equilíbrio fiscal, nós vamos estar fechando 2018, abrindo 2019, com retrocesso de tudo o que nós avançamos. Voltaremos ao crescimento do desemprego, da inflação, da taxa de juros. Eu tenho certeza que isso não interessa a nenhum brasileiro.

(Agência Brasil)