Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Conselho Estadual dos Direitos Humanos se diz preocupado com fala do titular da Segurança

Eis nota que o Conselho Estadual de Defesa dos Direitos Humanos do Estado manda para o Blog. Lamenta e se diz preocupado com declaração do secretário da Segurança Pública e Defesa Social, André Costa em que colocou como opção para o bandido a Justiça ou o Cemitério. Confira:

NOTA OFICIAL

O Conselho Estadual de Defesa dos Direitos Humanos do Ceará vem a público manifestar preocupação com as declarações do atual Secretário de Segurança Pública do Ceará, senhor André Costa, após a trágica morte de mais um profissional da segurança pública, lamentada por este Conselho.

O papel público do Secretário é simbolicamente importante na sinalização dos padrões de ação que se espera e se exige das forças policiais. As declarações dadas em entrevista, no final da última semana, podem sinalizar para um cenário de autorização do confronto aberto. Isto não contribui responsavelmente para que se enfrente com inteligência e cautela nossas altas taxas de letalidade e vitimização policial, ou mesmo a violência de modo geral.

O Ceará viveu, nos últimos dois anos, eventos trágicos alimentados pelo revanchismo, pela lógica da violência pela violência. Esses episódios vulnerabilizam a sociedade e os profissionais da segurança pública, bem como erigem distância e descrença no esperado papel das polícias na mediação dos conflitos que enfrentamos em nosso estado, a exemplo do que ocorreu na chacina do Curió/São Miguel, em novembro de 2015.
A mensagem dada pelo comandante direto das forças policiais alimenta uma cultura institucional fora dos padrões democráticos e do almejado Estado de Direito, infelizmente presente na conduta de alguns policiais e rotineiramente denunciado por nós – como parte do esforço civilizatório de adequar as ações e práticas da instituição aos ditames legais.

O Secretário fará muito pelo Ceará e pela corporação se observar as diretrizes para a promoção dos Direitos Humanos dos profissionais da segurança pública, estabelecidas na Portaria Interministerial nº. 02 de dezembro de 2010. Essa observância deve combinar ostensividade com inteligência policial, ao invés de celebrar a primeira como saída única; ofertar condições dignas de trabalho para os profissionais, como também estruturar políticas consequentes de formação; de igual modo, estruturar uma política de apoio aos profissionais e aos familiares dos que sejam vítimas de violência, para atendimento e cuidado; não alimentar o acirramento e a cultura institucional do excesso e da força.
Queremos crer que estes gestos não marquem o rompimento do governo do estado com a perspectiva propalada de defesa de um movimento por um Ceará pacífico.

*Fortaleza, 31 de janeiro de 2017.

Lava Jato – STF definirá o novo relator

O Supremo Tribunal Federal (STF) deve decidir hoje (1º) o novo relator dos processos da Operação Lava Jato. A expectativa é de que a presidente do STF, Cármen Lúcia, determine o sorteio eletrônico da relatoria entre os integrantes da Segunda Turma, colegiado que era integrado por Teori Zavascki, antigo relator, que morreu em um acidente de avião no mês passado.

Antes do sorteio, deve ser confirmada a transferência do ministro Edson Fachin, da Primeira Turma para a Segunda Turma. Informalmente, colegas defendem que o ministro peça transferência por ter perfil reservado, parecido com o do ministro Teori. Fazem parte do colegiado os ministros Gilmar Mendes, Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski e Celso de Mello.

Na última segunda-feira (30), Cármen Lúcia homologou as delações de 77 executivos e ex-funcionários da empresa Odebrecht, nas quais eles detalham o esquema de corrupção na Petrobras investigado na Operação Lava Jato.

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, já começou a trabalhar nos pedidos de investigação contra os políticos e empresários citados nos depoimentos de colaboração com a Justiça. Não há prazo para que eventuais pedidos de investigação ou arquivamento cheguem à Corte.

(Agência Brasil)

Ceará tem quarta-feira com chuva de mais de 100 milímetros

mapppppp

Choveu, até as 9 horas desta quarta-feira, em 63 municípios cearense, segundo informa boletim da Funceme. Confira as maiores chuvas:

Santana Do Cariri (Posto: Santana Do Cariri) : 115.0 mm

Araripe (Posto: Brejinho) : 56.4 mm

Meruoca (Posto: Meruoca) : 54.0 mm

Assaré (Posto: Assare) : 44.5 mm

Senador Sá (Posto: Salao) : 44.0 mm

Coreaú (Posto: Ubauna) : 43.6 mm

Paracuru (Posto: Paracuru) : 40.0 mm

Antonina Do Norte (Posto: Antonina Do Norte) : 40.0 mm

Frecheirinha (Posto: Frecheirinha) : 39.0 mm

Acaraú (Posto: Acarau) : 38.2 mm

Governo do Amazonas renova por mais um ano contrato com a Umanizzare

regime-fechado

O Coronel Cleitman Rabelo Coelho, titular da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), confirmou que o contrato do Governo do Amazonas com a empresa Umanizzare foi renovado por mais um ano. A Umanizzare faz gestão de presídios de Manaus, como o Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), onde ocorreu o massacre de mais de 50 presos.

A informação foi dada por Cleitman Rabelo à Rede Amazônica. O G1 entrou em contato com a gestora e aguarda resposta.

A Umanizzare, empresa que administra o Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), em Manaus, é responsável pela gestão de outras sete unidades prisionais no país – cinco no Amazonas e duas no Tocantins.

O que se sabe sobre a Umanizzare

Que tipo de empresa é a Umanizzare? O objeto social afirma que a empresa atua nas áreas de consultoria em gestão empresarial, limpeza em prédios e outras atividades.

Onde a empresa está sediada? A sede fica em São Paulo, na Avenida Faria Lima, no Itaim Bibi, região nobre da capital paulista. A sede em SP foi constituída em agosto de 2016, após ser transferida de Goiás. Segundo a assessoria de imprensa, a transferência de sede ocorreu “por questões empresariais estratégicas de mercado, visto que a capital paulistana é o centro financeiro do país”.

Quem responde, então, pela empresa? No registro há duas diretoras que são as responsáveis legais pela empresa: Arleny de Oliveira Araújo, diretora financeira, residente em Fortaleza (CE), e Regina Celi Carvalhaes de Andrade, diretora-executiva e moradora de Goiânia (GO). O G1 procurou as duas nos endereços residencias informados na Junta Comercial, mas elas não foram encontradas.

(Portal G1)

DEM vai integrar a base de apoio de Camilo Santana na Assembleia

João-Jaime

João Jaime é deputado do DEM

O DEM do Ceará vai desembarcar na base de apoio do governador Camilo Santana (PT). Anunciou o partido, nesta quarta-feira, por meio de nota assinada por sua cúpula que tem como presidente o vice-prefeito de Fortaleza, Moroni Torgan.

A nota é endossada por Chiquinho Feitosa, dirigente municipal, e pelo deputado da legenda, no caso João Jaime. O parlamentar, em conversa com o Blog, disse que seu partido avalia como positiva a reforma do secretariado feita pelo governador e que, por conta dessa e de outras ações que Camilo vem adotando – ganhou o aval da legenda.

O apoio do DEM a Camilo Santana acontece no início dos trabalhos da Assembleia Legislativa quando sua gestão mandou para aquela Casa um pacote de reforma administrativa e de corte de gastos.

Confira a nota 

A direção estadual do Democratas afirma, por nota, considerar as práticas governativas do governador Camilo Santana, perspicazes.

Posto à prova, Camilo se pôs num estilo político fixado no mais amplo diálogo, tanto do ponto de vista interno, como externo. Sua simplicidade ao dirigir o governo, distingue-o do tipo corporativista e protecionista.

A julgar pelas suas últimas ações político-administrativas, que surpreendeu a todos, trazendo Maia Jr. (PSDB) para o Planejamento do Governo, e o ex-reitor da UFC, prof. Jesualdo Farias, para a Pasta das Cidades.

Sua ousadia, o faz emergir para um ponto de inflexão necessário nesta segunda metade do mandato.

Com essas alterações na equipe, o governador inicia a montagem de um projeto de engenharia política demarcado, sobretudo, no bom senso e no apartidarismo.

Desta forma, nós, que fazemos o DEM estadual, não podemos deixar de aplaudir iniciativas que convergem com nossa prática de governabilidade. E, por assim entender, que estas ações são merecedoras de nosso respeito, declaramos apoio ao Governador Camilo Santana.

Deputado João Jaime
Chiquinho Feitosa
Moroni Torgan

SDA espera chuvas que garantam boa safra

dede

Da Coluna O POVO Economia, da jornalista Neila Fontenele, no O POVO desta quarta-feira:

O secretário do Desenvolvimento Agrário do Estado, Dedé Teixeira, está otimista com a possibilidade de inverno em 2017. Os prognósticos feitos pela Funceme apontam para uma média de chuva acima da ocorrida nos últimos anos.

A perspectiva é de crescimento da produção agrícola, mas sem grandes chances de um armazenamento de água suficiente para recuperar o nível dos açudes.

As secas dos últimos cinco anos deixaram algumas lições. O secretário avisa que este ano devem ser fechadas parcerias para armazenamento de alimentos para os animais e reúso de água.

Presidente do TJ vai à Assembleia pedir apoio para aprovar reforma administrativa do Judiciário

109 1

desembargador-gladyson-pontes-1

O presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Gladyson Pontes, fará uma visita, nesta quarta-feira, ao Poder Legislativo.

Não, não será só de cortesia, mas para conversar também sobre o processo de tramitação da mensagem que trata da reforma administrativa do tribunal que enviará para aquela Casa, ainda nesta semana.

Nesta quinta-feira, às 14 horas, o Pleno do TJ deverá apreciar e aprovar o pacote.

A Segurança Pública num governo do PT

184 1

Fortaleza, 28 de janeiro de 2017. Coletiva de apresentaçã dos acusados da morte do cabo da policia militar Francisco Arlindo da Silva Viena Filho. na foto: Andre Costa, secretário de segurança

Com o título “A Segurança num governo do PT”, eis tópico da Coluna Política que o jornalista Érico Firmo assina no O POVO desta quarta-feira. Confira:

O que diria o PT se o discurso do “Justiça ou cemitério” tivesse partido de secretário de um governo do DEM ou do PSDB? É inacreditável que o partido, pela primeira vez no Governo do Ceará, assista sem espanto ou reação ao discurso do secretário sobre a naturalidade com que cogita mandar seres humanos – ainda que cometam crime – ao cemitério. Em outros tempos, o partido estaria em polvorosa. Os tempos mudaram.

Até porque a fala do secretário impressiona, mas não surpreende, diante do que já se sabia quando ele chegou ao cargo. O POVO mostrou e você pode ler neste link: http://bit.ly/sspdscosta

A gravidade do que disse o secretário foi bem exposta pelo promotor Marcus Renan Palácio, em artigo publicado ontem no O POVO: “Quando uma autoridade de qualquer ramo da atuação do Estado possui visão de que pode responder na mesma moeda ao crime, há graves perversões”. E conclui, de forma magistral: “Lamento ter que vir a público para dizer o óbvio: aplicação da legalidade democrática é nossa esperança. E tolerância e compreensão histórica da criminalidade também. Nunca será nossa esperança a violência: discursiva ou física”. Leia a íntegra neste link: http://bit.ly/marcusrenan

Justiça Federal em Curitiba retoma trabalhos da Operação Lava Jato

foto-sergio-moro-juiz-federal

Sérgio Moro de volta das férias.

Os trabalhos da Operação Lava Jato serão retomados nesta quarta-feira (1º) na Justiça Federal em Curitiba. Cinco testemunhas de acusação devem ser ouvidas nesta quarta-feira, na ação penal que investiga o ex-ministro Antônio Palocci, o empresário Marcelo Odebrecht e mais 13 pessoas. Eles foram denunciados pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, após a 35ª fase da Lava Jato, chamada de Omertá, deflagrada em setembro do ano passado e que resultou na prisão de Palocci. Tanto o ex-ministro quanto Marcelo Odebrecht estão presos na carceragem da Polícia Federal (PF) na capital paranaense.

Estão previstos para hoje os depoimentos dos executivos da empresa UTC, Ricardo Pessoa e Walmir Santana, e dos empresários Vinícius Veiga Borin, Marco Pereira de Sousa Bilinski e Luiz Augusto França. Todos já assinaram acordos de delação premiada com a Justiça.

(Agência Brasil)

Cinco delegacias especializadas estão concentradas agora num mesmo endereço

Cinco delegacias especializadas passaram a funcionar no interior do Complexo de Delegacias Especializadas (Code), situado no bairro Aeroporto. São elas: Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF), Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), Divisão Antissequestro (DAS), Delegacia de Crimes Contra a Administração e Finanças Públicas (DCCAFP) e a mais recente criada, a Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco).

O objetivo da medida, segundo a SSPDS, é  melhor atender às demandas da população cearense, pertinentes a Polícia Civil. Há também economia para o Estado e para a clientela que, num só local, poderá ter atendidas suas demandas.

Outra decisão: três das unidades transferidas (DDF, DRF e DAS) receberam reforço policial, com a nomeação dos 510 policiais civis, nos meses de agosto e dezembro de 2016.

SERVIÇO

Local: Complexo de Delegacias Especializadas (Code)
Endereço: Rua Professor Guilhon, 606
Bairro: Aeroporto

Telefones:

Delegacia de Defraudações e Falsificações – DDF – Bloco A
Fone: (0xx85) 3101.2505 / 3101.2506

Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) – Bloco B
Fone: (0xx85) 3101.1140 / 3101.1141

Divisão Antissequestro (DAS) – Bloco C
Fone: (0xx85) 3238.1086 / 3238.1754

Delegacia dos Crimes Contra a Administração e Finanças Públicas (DCCAFP) – Bloco E
Fone: (0xx85) 3472.6687 / 3272.6831

Delegacia de Combate às Ações Criminosas Organizadas (Draco) – Bloco F
Fone: (0xx85) 3472.1715 / 3472.1740.

Alô, Camilo! Servidores vão comemorar na Assembleia Legislativa dois anos sem reajuste salarial

forummm

A partir das 8 horas desta quarta-feira, vários grupos de servidores públicos estaduais, contando dois anos sem reajuste de salário, prometem fazer protesto na abertura dos trabalhos da Assembleia Legislativa.

A categoria está sendo mobilizada pelo Fórum Unificado das Associações e Sindicatos dos Servidores Públicos do Estado, que alega que o governo estadual tem condições financeiras de conceder reajuste. Quem respalda isso é o Sintaf, o sindicato dos fazendários, que, a partir deste ano, passou a integrar o colegiado do fórum.

O governador Camilo Santana prometeu reajuste no fim do ano passado e que iria conversar com cada categoria. O Fórum diz que essa conversa deixou os servidores sob a pressão de um pacote de cortes de despesas, que inclui subtração de benefícios.

A pedida deles: 18,42%, nem que em suaves prestações.

Transposição do São Francisco – Nova licitação deverá ocorrer até o final do mês, avalia Dnocs

[embedyt] http://www.youtube.com/watch?v=Trubt_n-SG8[/embedyt]

Com orçamento em torno de R$ 600 milhões, a nova licitação para a transposição das águas do Rio São Francisco deverá ocorrer até o final deste mês. A garantia é do diretor-geral do Dnocs, Ângelo Guerra, que viajou para Brasília, na madrugada desta quarta-feira, para reuniões nos ministérios do Planejamento e da Integração Nacional.

Ângelo Guerra adiantou que espera agora que o processo licitatório corra bem e que não haja, da parte de empresa disputante, qualquer tipo de recurso judicial, o que atrasaria mais ainda a conclusão do projeto.

Sobre as últimas chuvas e recarga nos reservatórios do Dnocs, o diretor-geral do órgão disse que não houve recuperação. O açude Castanhão, por exemplo, continua com 5,4% de sua capacidade e outros, como o Banabuiú, permanecem secos. Ele torce para as chuvas aumentem de intensidade.

“Justiça ou Cemitério” – Fala do secretário André Costa foi “má interpretação”, diz Camilo Santana

foto camilo governo ceará

“Acho que houve uma má interpretação, de certa forma, do próprio secretário. Ele é uma pessoa jovem, é um professor de Direito Penal, então jamais poderia interpretar dessa maneira”. A avaliação do governador Camilo Santana (PT), feita ontem durante a posse da nova presidência do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), foi referente à declaração do titular da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), André Costa, na qual ele destacou que só há dois caminhos para criminosos: a Justiça ou o cemitério.

A fala do secretário ocorreu sábado, 28, numa coletiva, quando duas pessoas foram presas suspeitas do assassinato do cabo Arlindo da Silva Vieira, um dia antes.

Camilo Santana destacou que a orientação de seu governo é de defesa da legalidade em qualquer circunstância. “Acho que houve um equívoco na interpretação da entrevista dele. Mas quero reforçar que não abriremos mão de combater a criminalidade, doa a quem doer”, reforçou.

Vontade de trabalhar, aproximação da tropa e das operações e experiência de 17 anos. Esses foram os atributos destacados pelo governador em relação a André Costa. “Acho que é isso que a gente está precisando no momento: alguém que possa passar para a sociedade a necessidade de mostrar que o Governo está agarrado com o problema, que não tem medido esforços”, disse Camilo, acrescentando que, apesar da redução do número de homicídios, não está satisfeito com os resultados.

A vice-governadora Izolda Cela, que gerencia o programa Ceará Pacífico, frisou que “bandido ou policial, a questão não é essa, a vida de um ou de outro”. Ela defendeu que a morte de um policial abala a instituição. A fala do secretário, então, teria se referido à necessidade de se preservar a institucionalidade.“Essa questão, para mim, não é pouca coisa, não é chavão, é um valor máximo de ética, de referência de vida”, ponderou.

Judiciário

Apesar do envolvimento direto entre o poder Judiciário e as ações de segurança pública no Estado, o novo presidente do TJCE, o desembargador Gladyson Pontes, disse que não comentaria as declarações do titular da SSPDS. “Eu só posso falar do poder judiciário. Cada um responde pelas suas declarações”, disse.

(O POVO – Repórter Sara Oliveira)

Câmara Municipal de Fortaleza inicia 18ª Legislatura nesta quarta-feira

98 1

foto-salmito-170131-mesa-diretora

Com a presença do prefeito Roberto Cláudio (PDT), a Câmara Municipal de Fortaleza iniciará, na manhã desta quarta-feira (1º), a 18ª Legislatura. A primeira sessão será nesta quinta-feira (2).

Nessa terça-feira (31), no Gabinete da Presidência da Casa, a Mesa Diretora se reuniu para definir as principais ações no início da nova legislatura, como a revisão da Lei Orgânica do Município, mudança no Regimento Interno da Câmara, além da definição do calendário de reuniões da Mesa Diretora e do Colégio de Líderes.

Participaram da primeira reunião da nova Mesa Diretora da Câmara Municipal de Fortaleza o presidente Salmito Filho (PDT), Adail Júnior (PDT), como vice-presidente; Didi Mangueira (PDT), como segundo-vice; Paulo Martins (PRTB), terceiro-vice-presidente; Idalmir Feitosa (PR), primeiro-secretário; Mairton Félix (PDT), segundo-secretário; e Cláudia Gomes (PTC), terceira-secretária.

(Foto – Divulgação)

Supremo deve definir hoje novo relator da Lava Jato

O Supremo Tribunal Federal (STF) deve decidir nesta quarta-feira (1º) o novo relator dos processos da Operação Lava Jato. A expectativa é de que a presidente do STF, Cármen Lúcia, determine o sorteio eletrônico da relatoria entre os integrantes da Segunda Turma, colegiado que era integrado por Teori Zavascki, antigo relator, que morreu em um acidente de avião no mês passado.

Antes do sorteio, deve ser confirmada a transferência do ministro Edson Fachin, da Primeira Turma para a Segunda Turma. Informalmente, colegas defendem que o ministro peça transferência por ter perfil reservado, parecido com o do ministro Teori. Fazem parte do colegiado os ministros Gilmar Mendes, Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski e Celso de Mello.

Na segunda-feira (30), Cármen Lúcia homologou as delações de 77 executivos e ex-funcionários da empresa Odebrecht, nas quais eles detalham o esquema de corrupção na Petrobras investigado na Operação Lava Jato.

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, já começou a trabalhar nos pedidos de investigação contra os políticos e empresários citados nos depoimentos de colaboração com a Justiça. Não há prazo para que eventuais pedidos de investigação ou arquivamento cheguem à Corte.

(Agência Brasil)

Eike Batista confessa ter repassado US$ 16,5 bi a Sergio Cabral, diz colunista do O Globo

O empresário Eike Batista deixou a sede da Superintendência da Polícia Federal do Rio, na região portuária da cidade, por volta das 18h40min, após mais de três horas de depoimento. Segundo o colunista do O Globo, Lauro Jardim, Eike confessou ter repassado US$ 16,5 milhões para Sérgio Cabral por meio dos irmãos-doleiros Marcelo e Renato Chebar.

Ao fim do depoimento, Eike Batista foi entregue à Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) e encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para um exame de rotina que é realizado sempre que o preso vai dar entrada em uma unidade do sistema penitenciário. Depois ele será conduzido de volta ao Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, na zona oeste, onde está preso desde ontem na Penitenciária Bandeira Stampa (Bangu 9).

O advogado do empresário, Fernando Martins, saiu pouco depois de seu cliente e não quis falar com a imprensa. Durante o depoimento, estavam presentes os procuradores Eduardo El Hage e Leonardo Cardoso de Freitas, que é o coordenador do grupo do Ministério Público Federal à frente das investigações das operações Calicute e Eficiência. De acordo com a Superintendência, não será revelado qualquer tipo de informação sobre o conteúdo das respostas e declarações do empresário.

(Agência Brasil)

Fórum Clóvis Beviláqua sob nova direção

dr-jose-ricardo-005_red

O juiz José Ricardo Vidal Patrocínio assumirá, às 16 horas desta quarta-feira, o cargo de diretor do Fórum Clóvis Beviláqua para o biênio 2017-2019. A vice-diretora será a juíza Ijosiana Cavalcante Serpa. O ato de posse ocorrerá no 1º Salão do Júri.

O magistrado foi designado pelo novo presidente do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), desembargador Gladyson Pontes. O juiz José Ricardo participou da gestão do Fórum no biênio 2015-2017 como vice-diretor. Atualmente é titular da 19ª Vara Cível e juiz eleitoral da 118ª Zona. Também é gestor, desde maio de 2016, do Grupo de Auxílio para Redução do Congestionamento de Processos Judiciais da Comarca de Fortaleza.

Perfil

José Ricardo Vidal Patrocínio nasceu em Sobral. Aprovado em concurso para o cargo de juiz substituto, assumiu suas funções em 1993. É especialista em Direito Constitucional e já exerceu o cargo de diretor do Fórum em várias outras oportunidades. Também atuou como coordenador dos Juizados Especiais Cíveis e Criminais de Fortaleza e foi juiz auxiliar da Presidência do TJCE durante o biênio de 2011-2013.

Desembolsos do BNDES registraram queda de 35% em 2016

dinheiro-voando_097bdfa3

Os desembolsos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) em 2016 alcançaram R$ 88,3 bilhões, queda de 35% em relação a 2015. Esse foi o menor resultado do banco desde 2007, quando as liberações de recursos somaram R$ 64,89 bilhões em valores correntes.

Os números foram divulgados hoje (31), na sede da instituição, no Rio de Janeiro, pelo superintendente da Área de Planejamento e Pesquisa do BNDES, Fabio Giambiagi, e demonstram a manutenção da baixa atividade da economia nos últimos meses, com retração do investimento.

Ao longo do ano passado, à exceção de julho, todos os desembolsos mensais do BNDES foram menores que os dos respectivos meses de 2015. A redução foi observada também nas consultas, enquadramentos e aprovações de projetos no banco, que caíram, respectivamente, 11%, 16% e 28%.

Giambiagi descarta a volta ao patamar de desembolsos de R$ 100 bilhões por ano ainda em 2017. “Não seria realista”, reconheceu.

Entre os dados positivos registrados em 2016, estão o aumento de 1% nos desembolsos para a agropecuária (R$ 13,89 bilhões) e o crescimento de 68% na atuação do banco no curto prazo no financiamento do capital de giro das empresas brasileiras, por meio do Programa de Apoio ao Fortalecimento da Capacidade de Geração de Emprego e Renda (Progeren), com liberação de R$ 2,7 bilhões, a maior parte para micro e pequenas empresas.

Otimismo

Apesar da queda geral nos desembolsos do BNDES, Giambiagi disse que há elementos que indicam melhora da situação para 2017 e 2018, como o controle da inflação e a redução da taxa básica de juros, a Selic, que, segundo analistas do banco, pode fechar 2017 entre 9,5% e 9,75% ao ano. A Selic hoje está em 13% ao ano.

Além disso, segundo Giambiagi, em termos globais, o cenário é de recuperação gradual da economia, com “o pé no acelerador”. De acordo com o superintendente, o BNDES está preparado para esse movimento de retomada e revisou suas políticas internas operacionais para se adequar ao novo momento.

Para 2017, Fabio Giambiagi disse que o BNDES trabalha com a expectativa de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) entre 0,5% e 1%. Segundo ele, a retomada mais sustentável e de forma mais continuada deve ser observada a partir de 2019, com taxas de 3% ao ano.

Setores

O setor da indústria liderou os desembolsos do BNDES em 2016, com R$ 30,14 bilhões, o equivalente a 34,2% do total liberado. A queda em comparação a 2015 foi de 18%. Para a infraestrutura, foram liberados R$ 25,8 bilhões, redução de 53% em relação ao ano anterior. Comércio e serviços tiveram desembolsos de R$ 18,31 bilhões, 40% menos que em 2015.

Para as exportações, os desembolsos do BNDES no ano passado atingiram US$ 4,39 bilhões, com alta de 110%.

(Agência Brasil)