Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Livraria Cultura lança coletânea de contos organizada por Socorro Acioli

O próximo dia 16 de novembro será especial para a turma de formandos do Ateliê de Narrativas Socorro Acioli, da Livraria Cultura. O livro de contos Farol, fruto das oficinas de escrita de nível intermediário, será lançado ao público, na Livraria Cultura, às 19 horas, pela Editora Moinhos. Vinte e nove escritores participam da coletânea de contos. Todos as histórias são ambientados no Ceará.

Para a escritora Socorro Acioli, mentora dos iniciados e iniciantes escritores do seu Ateliê, é na diversidade que se encontra a grande riqueza humana e literária da turma. Para ela, o respeito a essa diversidade, ao estilo, aos sonhos, aos desejos de cada aluno norteou seu trabalho como orientadora. “Esses alunos entraram no curso para aperfeiçoar o tipo de texto que cada um quer escrever, sem fórmulas, sem receita de bolo, cada um do seu jeito, com o texto no seu tempo”, destaca.

O Ateliê

O Ateliê de Narrativas nasceu a partir da parceria de Socorro, já consagrada no Mercado, com a Livraria Cultura. Os encontros aconteceram de março a junho deste ano, mas planejados desde quando a escritora escolheu para si a profissão na literatura. “Meu primeiro Ateliê foi em 2009, em Cabo Verde. A partir de então, venho desenvolvendo várias possibilidades de criar esse espaço de convivência e de escrita orientada para pessoas que querem escrever diversos tipos de textos, literários ou não literários. O Ateliê surgiu para dar para outras pessoas aquilo que eu desejei tanto alguns anos antes, que é ter um espaço de formação para aperfeiçoar a escrita”, relembra.

SERVIÇO

*Livraria Cultura – Avenida Dom Luís, 1010 – Meireles – Piso 1 – Loja 8.

(Foto – Nicolas Gondim)

 

Vavá Maravilha: Ceará vive grande momento e a hora é da consolidação

O time do Ceará vive um grande momento, mas é preciso não se acomodar. Quem dá o recado é o narrador esportivo e comentarista Evaristo Nogueira, o “Vavá Maravilha”, do programa Trem Bala, da TVC e TV O POVO.

Para o Vavá, seria bom que o alvinegro conquistasse logo três vitórias, no que se consolidaria assegurado de vez para a Série A, do Brasileirão

Secult/CE vai comemorar o Dia da Cultura

Ator Silvero Pereira está na programação.

A Secretaria da Cultura do Ceará vai comemorar o Dia da Cultura (5 de novembro) com programação especial no Theatro José de Alencar e no Cineteatro São Luiz. As atividades são gratuitas e a preços populares.

Programação Completa – TJA e Cineteatro São Luiz

DIA 03/11 | SEXTA-FEIRA – Cineteatro São Luiz

[DIVERSAS LINGUAGENS] Dia da Cultura: arte como campo de resistência

12H30 [TEATRO DE BONECOS] Curta São Luiz: “Lutas e Paixões de Mateus, O Topador de Boi”, com o Circo Tupiniquim

Entrada: Gratuita. Classificação: livre. Local: Hall do Cineteatro São Luiz (Foyer).

As Lutas e Paixões de Mateus o Topador de Boi, espetáculo de mamulengo, popular, jocoso, mostra as aventuras de um dançador de boi que se vê impedido pelas autoridades “competentes” de realizar sua brincadeira, enquanto Mateus vai arranjando um meio de driblar a situação e dançar seu boi, procura envolvimento com o público no intuito de arranjar uma namorada, tudo isso a base de muito humor e muito riso típico do boneco popular nordestino.

13H20 | Conversa de lavadeiras com a Trupe Caba de Chegar

Entrada: Gratuita. Classificação: livre. Local: Praça do Ferreira.

Texto de Robson Araújo, o espetáculo é a reafirmação do riso na rua. Conta a história de três lavadeiras que têm muita disposição para o trabalho, para a fofoca e o despeito. Entre “bacias e sabões” vão lavando a maior mazela da atualidade que é a apropriação do alheio, a cobiça, a inveja.

14H | Sarau Palavra e Resistência

Entrada: Gratuita. Classificação: livre. Local: Hall de entrada do Cineteatro São Luiz.

A poesia tem se mostrado cada vez mais forte na cidade, saraus brotam quase todos os dias e se firmam nas periferias de Fortaleza, ocupando também o centro e as praças da cidade buscando ainda mais integrar a linguagem das ruas por meio da poesia falada num único espaço: a poesia oral, a arte de rua e a performance. Sendo assim, espaços para livre experimentação poética, em que o microfone é aberto para o público. Os poetas Edivaldo Ferrer, Yasmim Queiroz, Felipe Firmino, Alisson Thag e Livia Maria irão embalar o microfone com suas produções.

14H20 | Rua de todo dia

Entrada: Gratuita. Classificação: livre. Local: Praça do Ferreira.

A Praça do Ferreira é um dos principais palcos da cidade de Fortaleza, historicamente os artistas de rua tem feito desse lugar um grande acontecimento poético, constituindo o imaginário da cidade e revelando os grandes nomes que fazem da rua um lugar de efervescência artística e cultural. A mostra será guiada pela dançarina Maya, apresentando nomes que habitam a praça há pelo menos 15 anos, o Palhaço Coloral e seu parceiro Ronaldo, e o artista Eduardo Show da Vida. O malabarista cearense Robert e o chileno radicado cearense Rafael Sudaka trazem o circo e o malabarismo das ruas em performances que desafiam a gravidade.

14H30 às 18H | Instalação No Olho da Rua: partilhas do sensível na madrugada

Entrada: Gratuita. Classificação: livre. Local: Hall de entrada do Cineteatro São Luiz.

Os devires se definem em um campo de multiplicidade, desdobramento da diferença, onde as forças que constituem o corpo entram em uma zona de vizinhança, fronteiriça. Os registros da artista Lissa Cavalcante constituem o olhar da partilha, da troca e do encontro em um dos principais palcos da cidade, a Praça do Ferreira, que durante três madrugadas abriu suas “portas” e recebeu o Grupo As 10 Graças de Palhaçaria, onde o instante se tornou outro, e os corpos ganharam vida, dando lugar a histórias, olhares e laços que se constituem através da arte.

16H | Mostra Galpão

Entrada: Gratuita. Classificação: livre. Local: Hall de entrada do Cineteatro São Luiz.

Um território em ruínas para se reerguer com toda a sua força. O Galpão da Vila é um espaço de fruição, formação, residência e resistência artística localizada no Benfica, sede dos grupos As 10 Graças de Palhaçaria, Cia. Ponto, Coletivo Os Pícaros Incorrigíveis, Grupo Fuzuê e Cia CLÊ e Inquieta Cia. De Teatros. A mostra Galpão surge da união e do atravessamento entre as estéticas e poéticas desses grupos, que habitam a cidade entre o teatro, a rua e o circo contemporâneo em uma deriva de números, performances e outros surgimentos dessa potente mistura.

16H20 | Vendedor de amor

Entrada: Gratuita. Classificação: livre. Local: Praça do Ferreira e ruas do Centro.

Intervenção urbana criada em 2014 pelo palhaço, performer e psicólogo João Victor, o trabalho é resultado de uma pesquisa continuada entre as poéticas da performatividade e a arte da palhaçaria, tendo a rua como local de experimentação, o vendedor de amor atravessa as ruas da cidade com sua mercadoria, bem as vezes tido como precioso, as vezes desvalorizado. O encontro e a troca fazem parte das relações abordadas na performance e o que acontecer quem diz é o cliente.

O Riso e o Som

Entrada: Gratuita. Classificação: livre. Local: Praça do Ferreira.

17H10 | Clube da Babananas

Fechando a programação do dia, uma transa entre música e palhaçaria. O “Clube da Babananas” é construído em uma perspectiva moderna da bufonaria, é a ruptura das convenções amorosas. Desenvolvido pelo casal de palhaços Rayane Mendes e Igor Cândido, o número explora a sintetização do romantismo e o grotesco, gerando assim, um misto de sensações em seu público. O espetáculo resgata o humor ácido e burlesco dos cabarets europeus associado à palhaçaria cearense, trazendo à cena um casal que não hesita em compartilhar suas mais secretas intimidades, resultando em uma proposta moderna e hilariante.

17H40 | Yeah – Maurício Rodrigues

Um palhaço rock star, rock and roll, trocando rock por moedas, por miúdos, um rock de uma nota só. Um pedaço, um momento, rock bamba. Samba de um palhaço só. Só um palhaço, um pedaço, um momento…um momento…um momento. Utilizando instrumentos musicais como: Ukulele, baixo e bateria, Palhaço Batuta constrói o seu singelo show de rock. Transformando uma praça em um mega palco com direito à show pirotécnico.

18H10 | Batuque de ODE – Tambores de Safo

Composto por 22 batuqueiras, com alfaias, caixas, repiques, abês e agogôs, o Batuque de ODE é uma proposta de cortejo que nasceu através de oficinas de percussão realizadas pelo Grupo Tambores de Safo, com o apoio Tambor para Mulher. O grupo passeia por ritmos como o samba afro, samba de roda, coco, maracatu cearense e músicas da cultura popular.

19H [TEATRO] Curta Mais Teatro: “Três Travestis”, com Silvero Pereira, do Coletivo Artístico “As Travestidas”.

Entrada: R$ 20,00 (inteira) / R$ 10,00 (meia). Classificação: 16 anos. Local: Cineteatro São Luiz. Duração: 70min. Direção: Silvero Pereira. Elenco: Silvero Pereira (Gisele Almodóvar), Rodrigo Ferrera (Mulher Barbada) e George Hudson (Betha Houston).

O Coletivo Artístico As Travestidas inova trazendo Gisele Almodóvar, Mulher Barbada e Betha Houston em um show com um repertório que vai de Caetano Veloso a Nina Simone. O espetáculo que integra a programação especial do Cineteatro São Luiz no mês em que se comemora o dia da cultura acontece no dia 3 de novembro, às 19h. Os ingressos podem ser adquiridos a preços populares, sendo: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia). “Três travestis” dividem o palco com quatro músicos para cantar as dores e alegrias de ser quem são. Dirigido pelo ator e dramaturgo Silvero Pereira, que viveu o personagem “Nonato” na novela global “A força no querer”, o espetáculo cênico-musical é um show inspirado na música homônima de Caetano Veloso.

DIA 04/11 | SÁBADO – Cineteatro São Luiz

19H [TEATRO] Curta Mais Teatro: À Beira de… , com Silvia Moura

Entrada: Gratuita (limitada a 80 lugares – público sobre o palco).

Local: Cineteatro São Luiz (Palco). Classificação: Livre. Duração: 40 minutos.

Um estado… momentâneo ou não. Estarrecedor. A necessidade de estancar para daí conseguir falar sobre algo ou sobre uma sensação causada por várias insatisfações. O desejo do nada se estabelecendo por ter tantos cúmulos… Sons de coisas caindo no chão, estilhaços, imagens de mãos segurando algo que… quase caiu. Um processo irreversível de extinção. Esse trabalho trata da busca por um estado de presença que estabeleça com o público uma relação de casualidade. O público ilumina o espetáculo, e é levado a procurar um lugar para conseguir ver o trabalho da forma que lhe for menos arriscado. É proposto ao público segurar objetos que podem cair, escolher um lugar para ficar, escolher que parte deve ser iluminada do trabalho, a interação direta com o público é parte da composição do trabalho.

DIA 05/11 | DOMINGO – Cineteatro São Luiz

18H [MÚSICA] Duo com Luiz Fidélis e João do Crato

Entrada: R$20,00 (inteira) / R$10,00 (meia) . Classificação: Livre. Local: Cineteatro São Luiz. Duração: 90min.

(Com Site da Secult/CE)

Saiba como fica a rotina de Fortaleza neste feriado de Finados

Neste dia 2 de novembro (Finados), um feriado em todo Brasil, saiba como fica a rotina dae Fortaleza.
Servidores municipais e estaduais terão um tempo de folga ainda maior. Seguindo o STF e STJ, a Prefeitura de Fortaleza e o Governo do Ceará adiaram o feriado referente ao Dia do Servidor, comemorado em 28 de outubro, para esta sexta-feira, 3.
Na Capital, o comércio fecha. Apenas supermercados estarão funcionando. As padarias têm ponto facultativo. Bancos não terão expediente, voltando com atendimento normal na sexta-feira, 3.
Comércio
As lojas do centro da Capital, av. Monsenhor Tabosa e Mercado Central também não irão funcionar no feriado, abrindo normalmente na sexta-feira.
Nos shoppings como RioMar Fortaleza, RioMar Kennedy, Del Paseo e Benfica, lojas e quiosques não terão expediente, mas as operações de alimentação e entretenimento funcionarão normalmente das 10h às 22h. O Shopping Aldeota terá funcionamento também apenas para alimentação e lazer, das 10h às 21h. No Via Sul Shopping, North Shopping  Fortaleza, North Shopping Jóquei, Shopping Parangaba e Grand Shopping, o funcionamento da área de alimentação e de lazer será de 11h às 22h, também com lojas e quiosques fechados. Os cinemas seguirão os horários das sessões disponíveis.
Supermercados e postos de combustíveis irão funcionar normalmente no feriado. Já as padarias terão ponto facultativo, ou seja, funcionarão sob acordo entre empresários e funcionários.
Saúde
Postos de saúde estarão fechados. Funcionará apenas a sala de imunização dos Postos de Saúde Paulo Marcelo (Centro) e Messejana, de 8h30min as 16h30min. Na sexta-feira, 3, data que terá ponto facultativo no município pelo servidor público, funcionará a sala de imunização do Posto de Saúde de Messejana, de 8h30min às 16h30min. No fim de semana funcionará a sala de imunização dos Postos de Saúde Paulo Marcelo (Centro) e Messejana, de 8h30 às 16h30.
Enel
Entre os dias 2 e 5 de novembro,a companhia manterá equipes de plantão em pontos estratégicos em todo o Estado. No total, 290 viaturas e 757 pessoas – operadores de sistemas e subestações, eletricistas, técnicos e engenheiros – estarão trabalhando durante o período. As lojas de atendimento estarão fechadas durante o feriado, na quinta-feira (2), e abrirão normalmente na sexta-feira (3).
Cagece 
A Companhia de Água e Esgoto do Ceará  funcionará em regime de plantão durante o feriado de finados para atendimento de manutenção das redes de água e esgoto em Fortaleza e no Interior do Estado. As lojas de atendimento estarão fechadas e retomarão as atividades na sexta-feira, 3. Clientes que necessitarem de atendimento durante o feriado devem entrar em contato com a Central de Atendimento: 0800.275.0195.
Etufor 
A Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza informa que encerra o expediente nesta quarta-feira, 1, e volta normalmente somente na segunda-feira, 6.
(Com O POVO Online)

Papai Noel chegará ao Shopping RioMar Papicu no próximo dia 12

O Papai Noel chegará ao Shopping RioMar Papicu no próximo dia 12, informa a assessoria de imprensa desse polo de compras. Toda o encanto que envolve o momento será marcado por um grande show musical com artistas locais. O espetáculo “A Magia do Natal RioMar” começará a partir das 17 horas, no Estacionamento Aberto da Lagoa do Papicu, com entrada gratuita.

O Papai Noel ficará disponível para fotos com o público até o dia 24 de dezembro na Praça de Eventos 2, no Piso L1, de segunda a sábado, das 10 às 22 horas, e aos domingos, das 14 às 21 horas. E também ao longo da semana, as crianças poderão ligar para o Bom Velhinho na cabine telefônica londrina para fazer seus pedidos.

Decoração londrina

Assinada por Cecilia Dale, as duas Praças de Eventos do RioMar Papicu receberão duas grandes árvores e uma decoração com elementos clássicos da cidade londrina, como as famosas cabines telefônicas vermelhas, que também estão distribuídas pelo mall, postes antigos de modelo inglês, uma banda com soldadinhos de chumbo e uma banca de revista.

Parque do Gelo

Outra grande novidade para este ano é o Grande Parque do Gelo, que contará com diversas atrações glaciais. Abrirá as portas para o público cearense na próxima segunda-feira (6). Com quatro atrações, o parque – localizado na Praça de Eventos do Piso L3, traz uma Pista de Patinação no Gelo com Trenó Kids, diversas Esculturas de Gelo com temperaturas negativas até -13° graus, Play Ball e um Globo de Neve. Os espaços funcionarão de segunda a sexta das 14 às 22 horas, aos sábados das 12 às 22 horas, e aos domingos e feriados das 12 às 21 horas. A exposição de escultura de gelo não funciona dia de segunda. A atração fica no shopping até fevereiro.

Ainda nessa atmosfera gelada, um grande Globo de Neve também deve chamar a atenção dos visitantes, onde será possível tirar fotos com acessórios natalinos. Já o Play Ball, é uma imensa bolha de plástico com ar, que é possível entrar na água sem se molhar. A ideia da brincadeira é conseguir se equilibrar dentro da bolha. Cada atrações possui um valor diferenciado.

SERVIÇO

*Mais Informações – 3066-2000.

(Foto – Divulgação)

Estudante que teve mala extravbiada durante voo deve receber R$ 15 mil de indenização

O juiz Roberto Ferreira Facundo, titular da 29ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza, condenou a Transportes Aéreos Portugueses (TAP) a pagar indenização por danos morais e materiais de R$ 15 mil para estudante que teve mala extraviada. A informação é da assessoria de imprensa do TJCE.

Segundo os autos (nº 0100519-79.2016.8.06.0001), ele contratou o serviço da empresa, tendo como ponto de partida (dia 25 de agosto de 2014) o Aeroporto Internacional Pinto Martins com destino a Veneza, na Itália. O retorno seria aproximadamente um ano depois, em 28 de julho de 2015, em virtude de intercâmbio.

Ao voltar para Fortaleza, teve uma mala extraviada. Ao procurar a TAP, foi informado de que deveria entrar em contato no dia seguinte. Ele fez como solicitado, mas a companhia pediu o prazo de uma semana para localizar a bagagem. Seis meses após, no entanto, não havia obtido qualquer solução para o problema.

O estudante sustentou que na mala tinha a maioria das lembranças da viagem e presentes, além do terno que usaria no casamento da mãe que, inclusive, diante da falta de informação, teve de alugar outro para o evento. Alega ainda que os materiais perdidos estão avaliados em aproximadamente R$ 5 mil. Diante dos fatos, ingressou com ação na Justiça pleiteando indenização por danos morais e danos materiais.

Na contestação, a TAP argumentou a inexistência de quaisquer danos a serem reparados porque o extravio da bagagem não foi decorrente de sua responsabilidade, e sim por ato exclusivo de autoridades portuárias.

Ao analisar o caso, o magistrado afirmou que “o contrato de transporte traduz obrigação de resultado, cumprindo, assim, à empresa transportadora, entregar a pessoa ou a coisa, em perfeito estado, no local designado, sob pena de arcar com os ônus correspondentes a danos experimentados no curso da atividade”.

Acrescentou ainda que “a perda da mala acaba por causar danos materiais e morais aos passageiros, que, por vezes, veem juntamente com a perda da mala a perda de todos os seus pertences de valor e objetos sentimentais decorrentes de viagens de lazer e de trabalho. Não pode ser esquecido, também, que a perda dos pertences em viagem cria uma situação estressante, ainda mais com empresas que não oferecem estruturas suficientes para dar suporte a seus passageiros que sofreram tal perda”.

Fetrans promove seminário sobre Gestão Hídrica

Vem aí o I Seminário Programa Despoluir de Sustentabilidade & Transporte 2017. A realização é da Federação dos Transportes do Ceará, Piauí e Maranhão (Fetrans) e ocorrerá no próximo dia 21. O foco central será “Gestão Hídrica”.

Durante o evento, haverá a apresentação da Pesquisa Sondagem CNT e Manual de Gestão Hídrica pela representante da Confederação Nacional do Transporte (CNT), Monique da Silva dos Santos, além do aprofundamento dos fundamentos técnicos sobre Gestão Hídrica em seus diversos aspectos.

Um debate sobre ideias e ações criativas na busca por soluções ambientalmente sustentáveis, visando à construção de um futuro promissor, também consta da programação

SERVIÇO

*As inscrições, gratuitas e limitadas, já podem ser feitas no site da FETRANS (www.fetrans.org.br).

Tudo pronto para a XVI Feira da Música

Será aberta às 17 horas desta quarta-feira, no Cineteatro São Luiz, a XVI Feira da Música, evento voltado para quem ouve, toca, produz ou discute música. A programação de shows, rodadas de negócios e debates prosseguirá até o próximo sábado, 4, na Capital, e vai para Sobral (Zona Norte) nos dias 6 e 7 deste mês. As apresentações musicais se espalham por palcos como Teatro Carlos Câmara, Dragão do Mar e Theatro José de Alencar.

Fora da cena cearense, o cantor, compositor e gestor cultural caboverdiano Mario Lúcio encontra uma turma de artistas cearenses, hoje, no São Luiz. Ao lado de Lorena Nunes, Cainã Cavalcante e outros, ele apresenta o show baseado no disco Funanight, que mistura o ritmo tradicional africano do funaná com sons contemporâneos. Além dele, estão na programação a banda paraibana Seu Pereira e a potiguar Dusouto. O encerramento, sábado, 4, na Praça Verde (Dragão), é com Otto.

Apresentando o novo disco, Ottomatopéia, o pernambucano Otto encerra a Feira na Praça Verde, sábado ,4 FOTO DIVULGAÇÃO
Apresentando o novo disco, Ottomatopéia, o pernambucano Otto encerra a Feira na Praça Verde, sábado ,4 FOTO DIVULGAÇÃO

Paralelo aos shows, a Feira da Música também inclui programações voltadas para o mercado. A primeira é o encontro do Ceará Música, fórum que discute a cena local a partir de eixos como formação, difusão e memória. “Quando visitamos o interior do Ceará é sempre surpreendente. Mas a gente não tem informação nenhuma, por que nem eles têm capacidade fazer de chegar aqui e nem eles têm conhecimento do que acontece aqui”, comenta Ivan que quer, a partir do fórum, fazer um mapeamento de palcos, pessoas, casas e serviços no Estado.

A outra programação é o Show Business, que vai trazer convidados para assistir e comentar o trabalho de oito bandas locais. Entre os convidados estão Pena Schmidt (produtor), Paulo André (Abril Pro Rock) e Anderson Foca (Festival DoSol).

SERVIÇO

*Cineteatro São Luiz  – Rua Major Facundo, 500 – Centro.

*R$ 20 (inteira).

(Com O POVO – Repórter Marcos Sampaio)

Dívida pública federal deve estabilizar-se só a partir de 2020, prevê ministro

A dívida pública federal deve alcançar 80% do Produto Interno Bruto (PÌB) e a partir de 2020 estabilizar-se nesse patamar. A previsão foi apresentada nesta quarta-feira (1º) pelo ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Dyogo Oliveira, durante audiência pública na Comissão Mista do Orçamento, na Câmara dos Deputados.

“Teremos continuidade do crescimento da dívida pública, que já está em mais de 75% este ano”, disse o ministro, acrescentando que, em 2013, a dívida estava em 51,5% do PIB. “Em 2019, deveremos superar 80% do PIB, mas com as reformas o cenário é de estabilização a partir de 2020, em 80% do PIB. É um percentual alto mas que, com as medidas, poderá ser controlado”.

A expectativa é de que Lei Orçamentária de 2018 seja aprovada pelos parlamentares antes do recesso de fim de ano. No entanto, em função das alterações feitas pelo governo federal nesta semana, é possível que o trâmite do texto sofra algum atraso.

A lei antecipa a receita que deve ser arrecadada e determina o limite das despesas para o ano que vem.

O ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, anunciou no último dia 30 a revisão do Orçamento de 2018 com a previsão de redução de R$ 4 no valor do salário mínimo, que passa de R$ 969 para R$ 965.

Na mensagem modificativa do Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) de 2018, o governo mantém a previsão de crescimento de 2% do PIB para 2018 e uma inflação oficial pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de 4,2%. O governo também reduziu a previsão da taxa Selic  de 8% ao ano para 7,25%.

A mensagem modificativa foi necessária porque a peça orçamentária enviada em 31 de agosto não considerou a revisão da meta de déficit fiscal para o ano que vem e a redução das despesas.

(Agência Brasil)

O Ceará Real, o Ceará Legal e o Ceará Governamental

Com o título “O Ceará Real, o Ceará Legal e o Ceará Governamental”, eis artigo do ex-secretário estadual do Turismo, Allan Aguiar. Ele lança uma reflexão no momento em que se fala tanto em hub aéreo. Confira:

Matéria publicada pelo Governo do Estado afirma que “O Futuro Chegou ao Ceará”. O incrível palanque de emoções, sem compromisso algum com a profundidade na análise dos efetivos impactos-benefícios dos “feitos relevantes” na economia, tenta transmitir a sensação de que nossas vidas estão melhorando e que nosso Estado é a nova Califórnia das Américas. A única semelhança entre esses dois Estados de países Americanos é que ambos começam com “C” e terminam com “A”. Só isso!

Enquanto os indicadores sociais e econômicos explicitam retrocessos e estagnações, apresentando o Ceará como ambiente pouco competitivo para investir, produzir, trabalhar e passear o ufanismo dos cabeça-chata e a alienação quase geral tomam conta das propagandas e de alguns que preferem não fazer contas.

Quem conversa com investidores fora dos gabinetes sabe que nosso amado Ceará já está fora, há tempos, das suas programações de investimentos. Afirmam que a conversa na alta gerência é muito boa, gentil e diplomática, mas que as subjetividades da maçante burocracia da média e baixa gerência Estatal são sempre em desfavor dos negócios. É uma Licença que não sai, é uma infraestrutura prometida e não feita, é um embargo aqui outro acolá, é um Ministério Público que apavora, é um assalto ali e um assassinato aqui, etc. Ou seja, como eles dizem intramuros “doido é quem investe aqui”.

Tomemos o HUB Aéreo, ou como estão chamando, o HUBinho de 5 voos novos internacionais por semana. A TAP, desde de 2004, sempre teve 7 e hoje tem 6, com o total de passageiros desembarcados em Fortaleza. Ou seja, quase todos trafegam pelo Ceará, não apenas no Aeroporto. Consideremos uma Média de 1.200 desembarques/semana, sendo de 300 brasileiros retornando e 900 europeus chegando e partindo (estimativa otimista/Mtur/FIPE). Receita turística/Injeção na economia estimada em R$ 3.150.000,00/semana = R$ 12.600.000,00/mês = R$ 151.200.000,00/ANO. É isso o que o fluxo da TAP pulveriza no Ceará todos os anos, afora cargas.

Os cinco da AIR FRANCE/KLM/GOL, eleitoralmente anunciados, em face de ser voo de conexão para outras capitais do Norte/Nordeste pulverizará bem menos. Cerca de R$ 69.000.000,00/ANO no Ceará (parâmetros bem otimistas, também do Mtur/FIPE). Importante? Óbvio! Mas nunca vi o Governo fazer tamanho carinho na TAP, na TACV, na CONDOR ou na MERIDIANA. Essas Aéreas internacionais oferecem hoje o dobro dos novos voos anunciados.

Nós, cearenses, dentre tantas virtudes e poucos defeitos tempos um caracterizado por certo ufanismo de achar que somos o centro de conexões do mundo. Que sem fazer o dever de casa seremos adotados pelas forças de mercado em face do nosso amor a nossa terra e que essas forças suprirão nosso enorme gap econômico e atenuará nosso abismo social. Que sem gestão e profissionalismo vamos avançar diante das crescentes metas de inclusão social.

Por enquanto nossa única certeza é que em 2040 ou 2050 seremos os mesmos 2% da economia do Brasil e 4% da população. Ou seja, continuaremos a ser duas vezes mais pobres que a média dos demais brasileiros. Isso tudo por uma simples razão: nosso freio-de-mão puxado não é por falta de planos e planejamento, mas sim de fazimento. Certo quem falou que gestão não é tudo, mas é 100%.

Alô, Ceará! Planeta Terra chamando!

*Allan Aguiar

Ex-secretário do Turismo do Ceará.

(Foto – Paulo MOska)

“Mais Médicos” será prorrogado, anuncia ministro

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, declarou hoje (1º) que o Programa Mais Médicos, que tem término previsto para 2019, deverá ser prorrogado mais três anos. O ministro participou, na capital paulista, do World Hepatitis Summit 2017, encontro que reúne especialistas em saúde pública e organizações não governamentais (ONGs) para debater a eliminação de hepatites virais.

“Eu não acredito que tenhamos, até 2019, médicos brasileiros, formados no Brasil, dispostos a estar onde estão os médicos do Mais Médicos. Lugares afastados, lugares de alto risco, com pouca segurança”, disse ele. O programa, criado para suprir a falta de profissionais de saúde em regiões pobres e mais afastadas dos grandes centros, conta com 18.240 médicos em 4.058 municípios, atendendo 63 milhões de pessoas.

O ministro prevê que o programa será renovado no mesmo sistema usado atualmente, com pagamento de bolsas aos participantes e incentivo à abertura de cursos de medicina e residência medica em saúde da família. “Não me parece que poderemos abrir mão dos conveniados em 2019”, ressaltou o ministro.

 

Confiança do empresário avançou 2,8 pontos de setembro para outubro

O Índice de Confiança Empresarial (ICE) avançou 2,6 pontos de setembro para outubro, indo a 90,3 – o maior nível desde os 91,3 pontos de julho de 2014. A constatação é do Instituto Brasileiro de Economia/Fundação Getulio Vargas (FGV IBRE), que divulgou hoje (1º), no Rio de Janeiro, o Índice de Confiança Empresarial de outubro.

Para o superintendente de Estatísticas Públicas da FGV, Aloisio Campelo Jr., com “o avanço mais expressivo dos indicadores da situação atual, a recuperação da confiança empresarial ganhou consistência nos últimos meses”.

Em relação ao futuro, o economista exemplifica o comportamento do indicador de emprego, que vem se recuperando lentamente, embora pressionado pela informalidade do mercado de trabalho. É esse comportamento do indicador de emprego, segundo Campelo Jr., que faz com que o pessimismo dê lugar a um otimismo moderado.

“O indicador de emprego registra, pela primeira vez desde novembro de 2014, um número maior de empresas prevendo mais aumento do que redução do total de pessoal ocupado nos meses seguintes”, explica.

(Agência Brasil)

Banco Safra pagará R$ 10 milhões por movimentar dinheiro desviado por Paulo Maluf

O Ministério Público de São Paulo anunciou hoje (1º) o fechamento de um acordo com o Banco Safra para pagamento de US$ 10 milhões por ter movimentado dinheiro desviado por Paulo Maluf, ex-prefeito de São Paulo. É o quarto acordo firmado entre a promotoria e instituições financeiras usadas por Maluf para enviar ao exterior cerca de US$ 400 milhões retirados dos cofres públicos da capital paulista. As indenizações acertadas somam US$ 55 milhões.

A maior parte do montante do novo acordo será destinada à prefeitura paulistana, que receberá US$ 9 milhões para construção e reformas de creches. O governo do estado ficará com US$ 400 mil, que vão cobrir despesas decorrentes do processo. Além disso, US$ 400 mil irão para o Fundo Estadual de Perícias Estaduais e US$ 200 mil para o Fundo Estadual de Direitos Difusos.

“Esse acordo resolve uma questão que poderia durar 20 anos, se a gente tivesse que propor uma ação contra o banco”, ressaltou o promotor Silvio Marques após explicar os temos firmados com o Safra. Com o pagamento, o banco, assim como as outras instituições financeiras, está livre de possíveis ações judiciais por ter sido usado para lavar dinheiro.

Ao todo, o Ministério Público estima que Maluf desviou quase US$ 400 milhões de recursos públicos no período em que foi prefeito de São Paulo (1993-1996). Segundo os promotores, a maior parte do dinheiro saiu das obras na Avenida Água Espraiada, atual Roberto Marinho, e do Túnel Ayrton Senna. As duas ações propostas contra o ex-prefeito e atual deputado federal pelo PP pedem que Maluf e sua família paguem US$ 1,7 bilhão, entre ressarcimento e indenizações pelos danos causados.

Além das contas da família, o promotor Silvio Marques disse que as contas da empresa Eucatex foram usadas para trazer de volta ao Brasil cerca de US$ 90 milhões. De acordo com o promotor, outra parte do dinheiro ainda teria sido usada,para financiar campanhas eleitorais de Maluf.

Condenação

No último dia 10, a Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) confirmou, por 4 votos a 1, a condenação de Maluf a sete anos e nove meses de prisão, incialmente em regime fechado, pelo crime de lavagem de dinheiro. O colegiado entendeu que ele movimentou quantias milionárias em recursos ilícitos localizados em contas nas Ilhas Jersey. Apesar de julgar pela prescrição do crime de corrupção passiva, os ministros votaram pela condenação do deputado por lavagem de dinheiro.

Segundo a denúncia do Ministério Público, Maluf recebeu propina das empreiteiras Mendes Júnior e OAS.As investigações arrastaram-se por mais de 10 anos, desde a instauração do primeiro inquérito contra o ex-prefeito, ainda na primeira instância da Justiça. O Supremo assumiu o caso após a eleição de Maluf como deputado.

No caso de ser determinado o cumprimento da pena em regime fechado, Maluf pode perder o mandato de deputado federal sem necessidade do aval de seus pares, bastando ato decisório da Mesa Diretora da Câmara, uma vez que ficaria impossibilitado de comparecer às sessões da Casa.

Defesa

Em nota, o advogado de Maluf, Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, disse que irá recorrer ao plenário do STF para tentar reverter a decisão. Kakay alega que mesmo o crime de lavagem de dinheiro está prescrito, pois as movimentações mais recentes que levaram à condenação do deputado não foram feitas por ele, mas pelo próprio banco, conforme afirmam documentos obtidos pela defesa junto ao Deutsche Bank nas Ilhas Jersey.

“O ministro Marco Aurélio [do STF] aceitou a tese e decretou a extinção da punibilidade. Com isso, abre a oportunidade de entrarmos com embargos infringentes para o pleno onde a defesa acredita que teremos êxito”, diz a nota do advogado.

(Agência Brasil)

Uece oferece aulão de graça na véspera do Enem

Estão abertas as inscrições para o Aulão Solidário de Véspera do Enem, oferecido pelo Curso Pré-Universitário da Universidade Estadual do Ceará (UeceVest).

O Aulão acontecerá no próximo sábado, 4, das 8 às 12h30min, no Campus Itaperi. Os interessados deverão procurar a secretaria do curso. Evento aberto ao público.

SERVIÇO

*Para realizar inscrição basta fazer a doação de uma lata de leite em pó.

*Mais informações – 3101-9658 ou WhatsApp 98726-2127.

Ceará fechou setembro gerando 2,1 mil vagas de trabalho com carteira assinada

Pelo quarto mês consecutivo, o estado do Ceará gerou postos de trabalho com carteira assinada, registrando, em setembro último, a criação de 2.161 vagas. A maioria desses postos (1.641) foi no interior. Já aA Região Metropolitana de Fortaleza respondeu pelos demais 520 postos de trabalho.

Os dados são do Enfoque Econômico Desempenho do Emprego Celetista Cearense (nº 131 – Setembro 2017), do Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece). O trabalho é de autoria de Alexsandre Lira Cavalcante, analista de Políticas Públicas, que contou com a colaboração de Matheus dos Santos Carvalho.

De acordo com Alexsandre Lira, na análise do desempenho do emprego celetista para os Estados da Federação, Pernambuco foi o que mais se destacou ao gerar 13.992 postos de trabalho com carteira assinada, seguido por Santa Catarina (+8.011vagas), Alagoas (+7.411 vagas) e Pará (+3.283 vagas). O Ceará ficou na sétima colocação (+2.161 vagas), logo abaixo do Paraná e Bahia.

Juazeiro do Norte

Entre os municípios cearenses, o documento revela que Juazeiro do Norte (Região do Cariri) foi destaque na geração de empregos. Registrou 338 vagas, seguido por Granja (+331 vagas), Maracanaú (+233 vagas), São Gonçalo do Amarante (+189 vagas) e Sobral (+172 vagas). Por outro lado, os maiores saldos negativos foram observados em Fortaleza (-291 vagas), seguido de Iguatu (-178 vagas), Missão Velha (-120 vagas) e Russas (-103 vagas).

Bolsonaro assusta o mercado, diz revista Bloomberg

454 3

A revista de negócios americana Bloomberg Businessweek traz, nesta semana, uma análise sobre as eleições 2018. Segundo a publicação, o crescimento do extremista Jair Bolsonaro (PSC-RJ) deixa o mercado apreensivo e deve provocar turbulência.

“No Brasil, onde o populista Partido dos Trabalhadores dominou a cena política por 13 anos até 2016, o eleitorado exausto de escândalos está flertando com um ex-capitão do Exército nostálgico do período militar”, diz a Bloomberg.

A Bloomberg frisa ainda que o próprio Bolsonaro já admitiu entender pouco de economia.

Um analista da consultoria Eurasia Group ouvido pela reportagem afirma que a ascensão eleitoral de Bolsonaro deve provocar pressões no câmbio de investidores assustados, assim como fuga de capitais.

Segundo a revista, os discursos inflamados de Bolsonaro fizeram com que seja rotulado de homofóbico, misógino e racista. “Mas nada disso parece ser suficiente para deter seus apoiadores”, diz a Bloomberg.

(Coluna Radar, da Veja Online)

Renovação para tudo ficar na mesma

Com o título “Renovar para que tudo permaneça como está”, eis om artigo do editor-executivo do Núcleo de Conjuntura do O POVO, Gualter George. Ele comenta a pregação pró-renovação do PSDB de Tasso Jereissati. Confira:

Aplicar o conceito de renovação, quando se trata do debate político e de se buscar uma tentativa de aprofundamento, costuma ser exercício que leva a conclusões interessantes. Algumas delas, inclusive, hilárias. É comum, por exemplo, que rostos e personagens novos sejam cuidadosamente escolhidos para manter tudo como está. Ou seja, o sentido real e objetivo da mudança, quando assim planejada, seria fazer com que, na prática, nada mudasse. Uma discussão sofisticada acerca do tema deve ter como premissa básica necessária relativizar os nomes e valorizar práticas, o que significa dar mais peso às ações e aos exemplos do que aos discursos e às palavras.

Num certo sentido, há alguma razão na ideia difundida por aliados de Tasso Jereissati de que ele, após 30 anos de vida pública, boa parte dos quais exercendo mandatos eletivos, representa ainda “o novo”. Isso, não pelas razões político-eleitorais embutidas no discurso de defesa da tese, mas, pelo fato de o tucano simbolizar o último grande exemplo disponível de uma experiência de ruptura no Ceará. O que veio depois dele renova o quadro de representações sem, de verdade, estabelecer mudança de práticas. Faz-se política da mesma maneira de sempre, especialmente quanto à ocorrência de erros e problemas que ajudam muito a explicar a grave crise de confiança que afeta o ambiente político brasileiro. Por extensão, com alguns agravantes, também o cenário cearense.

A inteligência do movimento que leva à renovação sem mudança ajuda a estabelecer uma barreira invisível, através da qual permanecem escondidos os seus objetivos verdadeiros de garantir o status quo. É ingenuidade achar que a inércia seja obra apenas do acaso. Não é. O grande interesse numa mudança radical no quadro que a sociedade expressa através de pesquisas de opinião, recorrentemente publicadas nos últimos anos e meses, esbarra em problemas dela própria. Caso da desorganização coletiva e de uma flagrante falta de educação política, além de uma eficaz capacidade de articulação de uma classe que, quando ameaçada, sabe organizar uma reação cujos efeitos, muitas vezes, só aparecem quando os resultados já estão obtidos. No caso, com os votos contabilizados e os eleitos definidos.

No momento em que o eleitor brasileiro prepara-se para ir às urnas em meio a um desânimo cívico sem paralelo na atual fase da nossa democracia, não custa renovar os alertas para o fato de que a renovação vai muito além de uma simples troca de nomes. Assim o fosse, vale lembrar, não estaríamos hoje decepcionados com a ação de uma Câmara dos Deputados renovada em expressivos 43% dos seus integrantes nas eleições de 2014. Nada mais ilustrativo como demonstração de que, na política, nem sempre a renovação se faz acompanhar necessariamente da mudança.

 

Guálter George

gualter@opovo.com.br

Editor-executivo do Núcleo de Conjuntura do O POVO

Setor de imóveis registra incremento de 5% nas vendas de outubro

O mês de outubro registrou incremento de 5% nas vendas de imóveis no Ceará.

A informação é do diretor do Conselho Regional dos Corretores de Imóveis e também diretor do Conselhol Federal do setor, Armando Cavalcante.

Ele diz que houve investimento na divulgação de projetos e ações promocionais da área. Apesar da queda dos financiamentos públicos para a habitação.

Produção industrial reverte queda e sobe 0,2% em setembro, diz IBGE

A produção industrial reverteu a queda registrada em agosto e teve alta de 0,2% em setembro, na comparação com o mês anterior, segundo dados do IBGE divulgados nesta quarta-feira. A baixa de agosto frente junho, que interrompeu uma sequência de quatro aumentos consecutivos na comparação com meses anteriores, foi revisada de 0,8% para 0,7%. Esse tipo de ajuste acontece por causa de informações que o IBGE obtém após o prazo de cálculo do mês.

Com o desempenho no último mês, o acumulado de um ano ficou em 0,4%, o primeiro resultado positivo primeiro desde maio de 2014 (0,3%) “prosseguindo na trajetória ascendente iniciada em junho de 2016 (-9,7%)”, diz o IBGE.

Em setembro, apenas 8 dos 24 setores apresentaram alta. Os principais avanços foram em coque, produtos derivados do petróleo e biocombustíveis (6,7%) e produtos alimentícios (4,1%). Ambos reverteram resultados negativos no mês anterior (-1,5% e -4,8%, respectivamente). O setor de veículos automotores, reboques e carrocerias também teve alta, de 1%, pelo segundo mês consecutivo.

No lado negativo, as principais baixas foram em produtos farmoquímicos e farmacêuticos (-20,9%) e perfumaria, sabões, produtos de limpeza e de higiene pessoal (-6,1%).