Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Rodrigo Maia deve almoçará nesta sexta-feira em Fortaleza

rodrigo-maia-web

Em campanha para se reeleger à presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM/RJ) vai almoçar, nesta sexta-feira, em Fortaleza, com pelo menos 14 parlamentares cearenses do total de 22.

O almoço ocorrerá no Gran Marquise Hotel (Bairro Mucuripe) e, em seguida, de acordo com o deputado federal Danilo Forte (PSB), que chancela a vinda de Maia, haverá, após esse encontro,  uma coletiva de Maia às 15 horas.

Rodrigo Maia (DEM-RJ) foi eleito presidente da Câmara dos Deputados em julho de 2016, com 285 votos. Ele venceu o segundo turno disputado com o deputado Rogério Rosso (PSD-DF), que teve 170 votos. Também foram registrados 5 votos em branco. No total, foram 460 votos. A vaga foi aberta com a renúncia do deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) da presidência.

DETALHE – Danilo Forte também chancelou a vinda a Fortaleza do ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha, hoje cassado e envolvido no escândalo da Lava Jato. Isso, em clima de campanha para o cargo. Acompanhou, na época, Cunha para entrevista na Rádio O POVO/CBN.

Papa revolucionário suscita questão vital para a sobrevivência humana

Em artigo enviado ao Blog, o jornalista Francisco Bezerra avalia uma evolução da Igreja com o papado de Francisco. Confira:

O Vaticano sob o papado de Francisco tem hoje um olhar diferenciado para as coisas do mundo. Na questão da pedofilia entre os religiosos, o sumo pontífice declara guerra sem trégua contra a ignomínia. Em temas como aborto e preservativo, sua santidade revela-se um progressista com uma análise mais em consonância com os valores hodiernos. Aquela igreja atrasada de João Paulo II e Bento XVI é coisa do passado.

O religioso argentino tem conseguido aproximar o Vaticano os movimentos sociais que veem na religião um mecanismo de aproximação com o divino, mas sem perder de vistas as questões terrenas. Observem as bandeiras que Jorge Mario Bergoglio já desfraldou: defesa do dinheiro público para campanhas eleitorais; defesa das mulheres contra marginalização; campanha para que a sociedade não descarte os idosos; pedido de fim da intolerável brutalidade na Síria e no Iraque.

Outra coisa que chama atenção é o lado hiteck de Francisco. Ele inovou com o uso da internet – e seu perfil no Twitter, o @Pontifex, com 5,6 milhões de seguidores – onde transmite mensagens diretamente para os fieis, se aproximando ainda mais do povo. O mesmo Papa está tentando mudar a estrutura organizacional e sacudiu sua equipe de gestão, restringindo o uso do título honorífico de “Monsenhor”, a fim de reduzir a hierarquia e a distância entre sacerdotes e fiéis. Ele enfrentou investigações internas das finanças do Banco do Vaticano, substituindo uma série de altos funcionários poderosos por pessoas de fora, como o arcebispo Pietro Parolin, atual Secretário de Estado, ex-núncio na Venezuela.

Francisco falou sobre muitos assuntos polêmicos , tais como a Teoria do Big Bang, aborto, homossexualidade, outras religiões, educação das crianças, atentado ao jornal satírico francês Charlie Hebdo, uso de tecnologia e muitos outros. Francisco ligou para alguns fiéis. Pessoalmente. Anteriormente, nenhum outro Papa fez ligações telefônicas sem intermediários – elas sempre foram feitas por assessores ou secretários. Por exemplo, dias depois de eleito, surpreendeu o telefonista de uma ordem jesuíta em Roma para pedir para falar com um padre amigo. Também na semana seguinte à eleição, ligou para a banca da Praça de Maio, em Buenos Aires, onde comprava os seus jornais e revistas, para cumprimentar o jornaleiro, seu amigo de muitos anos, e avisar que dificilmente voltariam a se ver.

O bispo maior foi longe, participando da política internacional. Francisco participou das negociações entre EUA e Cuba num acordo histórico no final de 2015 . Os líderes dos dois países, Obama e Raúl Castro, citaram Francisco nos discursos. Foi Francisco quem incentivou um encontro entre os líderes palestino e israelense, Mahmud Abbas e Shimon Peres, respectivamente, em junho de 2014.

Agora, no início de 2017, tendo como inspiração os caminhos renovadores de Francisco a Igreja Católica brasileira adotou como tema da Campanha da Fraternidade um assunto dos mais presentes e discutidos no mundo inteiro. Biomas Brasileiros e a Defesa da Vida é o assunto em foco da campanha anual. Os ares no Vaticano, a despeito da reação da Cúria, são bem mais respiráveis com Francisco sem o mofo de um passado recente.

Baixa produtividade é entrave para o Brasil competir, diz CNI

Dirigentes da Confederação Nacional da Indústria (CNI) consideram a baixa produtividade um dos principais entraves ao aumento da competitividade da economia brasileira. Os representantes da entidade comentaram os resultados da pesquisa Competitividade Brasil, divulgada nesta quinta-feira (19) e que mostra o país no penúltimo lugar em um ranking de 18 países.

O Brasil superou apenas a Argentina em uma lista de países escolhidos por suas semelhanças com a economia brasileira, seja pelo nível de renda parecido ou por competirem com os mesmos produtos no mercado externo. O país demonstrou o pior desempenho em custo e disponibilidade de capital. No entanto, para a CNI, os problemas para custear e achar mão de obra também merecem destaque. O Brasil ocupou o décimo primeiro lugar na avaliação desse quesito.

O gerente executivo de Pesquisa e Competitividade da CNI, Renato da Fonseca, diz que a mão de obra mais cara está ligada também à baixa produtividade, ou seja, reduzida capacidade de produzir com eficiência. “O problema é a baixa produtividade. Nesta edição da pesquisa, a gente ficou no vermelho em crescimento da força de trabalho [conceito associado às pessoas disponíveis com capacidade para serem empregadas] e isso nos fez cair várias posições”, comentou.

Fonseca afirmou que o aumento da produtividade passa pela melhoria da educação. “Em termos de solução, vários fatores dificultam. A educação é um deles. A baixa qualidade da educação dificulta que os trabalhadores consigam absorver novas tecnologias, em um mundo em que a tecnologia muda muito rápido. Ou seja, o aprendizado tem que ser rápido e isso é difícil”, declarou.

Curiosamente, a educação foi o quesito em que o Brasil ficou mais bem posicionado no ranking: ocupou o nono lugar, entre 15 países com informações disponíveis sobre o assunto. O principal motivo foi o subfator gastos com educação, no qual o país figura em quarto lugar.

(Agência Brasil)

Um recado direto a Maia Júnior

1701ec0110

Com o título “Previdência e Assistência Médica”, o advogado Irapuan Diniz de Aguiar analisa fala do secretário do Planejamento e Gestão do Estado, Maia Júnior, que, em entrevista ao O POVO, nesta semana, informou: ganhos nas concessões de equipamentos públicos vão para a Previdência do Estado. Confira:

O custeio do sistema previdenciário e assistencial dos servidores públicos estaduais sempre foi, historicamente, partilhado com os segurados através do desconto de um percentual incidente sobre suas remunerações destinando-se uma parcela para a previdência e outra para a assistência médico-odontológica. Com a extinção do IPEC e a criação do ISSEC – Instituto de Saúde dos Servidores do Estado do Ceará, tal prática deixou de ser observada porquanto o percentual de 11% descontados dos salários foi direcionado exclusivamente à previdência, complementado pelo erário.

No novo cenário a assistência à saúde passou a ser prestada aos servidores e seus dependentes de forma gratuita.

Ora, se antes do novo modelo a assistência médica e odontológica ofertada aos segurados já era insatisfatória, quanto mais com o custeio destes encargos sendo feitos integralmente pelo tesouro. Dentre as alternativas buscadas pelo governo cearense pela melhor assistir aos seus servidores, uma das soluções apresentadas consistia na implantação de um Plano de Saúde próprio com a contratação de uma consultoria para assessorar o ISSEC na implementação da medida.

Tal providência, contudo, não parece ser a adequada por não se ajustar ao modelo de uma assistência médica pretendida pelo conjunto do funcionalismo público, considerando que o governo nunca se mostrou um bom gestor desta atividade. Há hoje, no país, empresas com atuação nesta complexa área, sob diferentes naturezas jurídicas, administrando com eficiência os mais diversos Planos de Saúde. Aliás, diante do descrédito da assistência médica estatal, alguns servidores já a eles estão vinculados, seja individualmente, seja por suas entidades de classe.

Frente ao atual quadro e, diante do déficit registrado na previdência, seria aconselhável que o governo cearense, pela via de uma Concorrência Pública Nacional, contratasse uma ou mais empresas administradoras de Planos de Saúde, dentro de parâmetros diferenciados dos disponibilizados para o público em geral, eis que receberiam uma demanda de mais de 150 mil contribuintes e dependentes os quais passariam a participar com uma pequena parcela de sua remuneração. Um cálculo atuarial poderia responder pela viabilidade.

Com a adoção dessa providência, evitar-se- ia que o ISSEC se transformasse num Plano de Saúde cobrando dos seus segurados pelos serviços prestados, diretamente ou por meio de convênios mantidos com clínicas e hospitais, ou com eles dividindo os custeios.

De outra parte, todo o seu patrimônio constituído de imóveis, equipamentos e instalações seriam alienados e os valores resultantes das vendas revertidos para o custeio da previdência. Quanto aos profissionais lotados no ISSEC – médicos, dentistas, enfermeiros, atendentes e outros – seriam removidos para a Secretaria de Saúde e redistribuídos nos hospitais públicos e nos Postos de Saúde da periferia atendendo atendendo á população carente.

Vale a pena pensar no assunto…

*Irapuan Diniz Aguiar,

Advogado e professor.

Seca: 70% dos municípios do Ceará estão em estado de emergência

O Governo Federal, por meio da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil reconheceu a situação de emergência em 130 dos 184 municípios do Ceará devido os efeitos da seca. O número corresponde a 70% de todo o território do estado. Este dado inclui as 25 cidades listadas nesta quinta-feira (19) no Diário Oficial da União.

O decreto de emergência cria um sistema jurídico diferenciado para ações de assistência, como atendimento com carros-pipa e montagem de adutoras de engate rápido. Segundo a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec), a maior parte dos municípios cearenses em situação de emergência é atendida atualmente pela Operação Carro-Pipa executada pelo Exército Brasileiro, cujo atendimento abrange as zonas rurais. A Cedec mantém carros-pipa atendendo oito cidades. Em sete dessas, o serviço também inclui as zonas urbanas.

O Ceará passou em 2016 pelo quinto ano seguido de seca. O prognóstico de chuvas para parte da chamada quadra invernosa de 2017, período de fevereiro a maio em que são esperadas chuvas mais intensas no estado, indica probabilidade de 40% de que o volume das precipitações ficarão dentro da média histórica. O anúncio foi feito ontem (18) pela Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos.

A perspectiva traz certo alento, já que a quadra invernosa de 2016 teve chuvas 45% abaixo da média histórica, que é 600 milímetros (mm), e entrou para a lista dos 10 anos mais secos da história do Ceará. A possibilidade de chuvas dentro da média não desvia a atenção da situação dos reservatórios do estado, que estão com apenas 6,4% da capacidade útil. Dos 153 açudes monitorados pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos 34 chegaram a 0% da capacidade.

Além das 130 cidades reconhecidas pelo Governo Federal, 7 municípios da Região Metropolitana, incluindo a capital Fortaleza, estão em situação de emergência decretada pelo Governo do Ceará. Toda a região convive há mais de um ano com uma oferta reduzida de água e com metas de consumo para economizar. O açude Castanhão, um dos reservatórios que abastecem as 17 cidade da Região Metropolitana e o maior de usos múltiplos do Brasil acumula atualmente 5% do seu volume útil, que é 6,7 bilhões de metros cúbicos.

(Agência Brasil)

Prefeito vai entregar mais dois Ecopontos

FORTALEZA, CE, BRASIL, 30-10-2015: Roberto Cláudio, prefeito de Fortaleza. Prefeito Roberto Cláudio, se reúne com corretores da Construção Civil, promovido pela Lopes Immobilis, para discutir o Plano Diretor da Cidade. (Foto: Mauri Melo/O POVO) *** Local Caption *** Publicada em 31/12/2015 - CD 02

Nesta quinta-feira, o prefeito Roberto Cláudio (PDT) vai entregar dois novos Ecopontos nos bairros Carlito Pamplona e Messejana. A entrega acontecerá às 17 horas, no Ecoponto do Carlito Pamplona (Regional I), localizado na Avenida Francisco Sá, com Rua Dom Hélio Campos, e, em seguida, às 18 horas, será inaugurado o equipamento do bairro Messejana (Regional VI), que fica na Rua Nicolau Coelho, com Rua 24 de Novembro.

Com a iniciativa, Fortaleza agora conta com 24 Ecopontos implantados em pouco mais de um ano. A Prefeitura diz contabilizar um total de mais de 4.067 toneladas de materiais recebidos nestes equipamentos.

Adianta ainda a gestão municipal que, além disso, em pouco mais de oito meses, foi gerado um benefício total de cerca de R$ 132.355,26 em desconto na conta de energia e crédito no Bilhete Único para mais de 9.197 usurários cadastrados no Programa Recicla Fortaleza.

(Foto – Mauri Melo)

 

Associação Cearense de Direito quer levar noções de cidadania para as escolas públicas

robevtor

O presidente da Academia Cearense de Direito (ACED), Roberto Victor Ribeiro, anuncia: a entidade vai às escolas públicas municipais e estaduais.

O objetivo da ACED é levar, uma vez por mês, aos estabelecimentos de ensino lições de Direito e Cidadania.

Roberto Victor adiantou que também vai procurar o secretário municipal de Cultura, Evaldo Lima, para apresentar o projeto da academia e colocar a ACED à disposição “para fomentar e irradiar conhecimento jurídico em formato cultural”, disse.

Inep diz que todas as notas do Enem estarão disponíveis até o fim do dia

O resultado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foi divulgado nessa quarta-feira (18), mas nem todos os estudantes conseguiram acessar as notas que tiraram na prova. Pelas redes sociais, candidatos que fizeram principalmente a segunda aplicação, nos dias 3 e 4 de dezembro, reclamam que as notas não estão disponíveis.

“Alguém que fez a segunda aplicação do Enem ta conseguindo ver a nota? Pq eu não!”, disse um usuário no Twitter. “Mais alguém aí não conseguiu ver a nota do #enem P.S: eu fiz na segunda aplicação. Acho q quando a nota é tão ruim, o #Inep nem divulga, né?” escreveu outra usuária da mesma rede social.

Em 2016, devido às ocupações de escolas e universidades por estudantes, o Enem foi adiado para alguns candidatos. Mais de 6,1 milhões fizeram o exame na primeira aplicação, nos dias 5 e 6 de novembro, e cerca de 265 mil fizeram a prova nos dias 3 e 4 de dezembro, na segunda aplicação.

Em nota, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pelo exame, diz que até as 9h30 de hoje (19), mais de 3,3 milhões de participantes haviam consultado o resultado, disponível na internet.

“O volume de acessos e problemas técnicos, contudo, causaram dificuldades para alguns participantes acessarem as notas. Essas situações estão sendo solucionadas e até o final desta quinta-feira todos os resultados estarão disponíveis”, justificou a autarquia.

(Agência Brasil)

Camilo retorna do Oriente Médio com agenda já programada para o Interior

[embedyt] http://www.youtube.com/watch?v=icp2GBFtHmM[/embedyt]

O governador Camilo Santana é aguardado nas próximas horas procedente do Oriente Médio onde, mais precisamente no Irã, ao lado do secretário de Assuntos Internacionais do Governo, Antônio Balhmann, manteve contatos com autoridades do Irã e grupos empresarias. Entre vários projetos, a velha refinaria, aquela que a Petrobras deixou à beira do caminho e sem ressarcimento até agora.

Já nesta sexta-feira, a partir da 26 horas, Camilo retomará sua agenda de governador no Interior. Mais precisamente em Baturité, onde vai inaugurar a nova sede do Departamento Estadual de Trânsito (Detran).

Tivemos acesso a vídeo institucional que expõe essa nova sede. Está bonita. Mais ficará ainda melhor se o governo estadual garantir mesmo os avanços dos servidores por meio do seu plano de cargos, carreiras e salários.

Câmara dos Deputados paga adicional de R$ 42,8 milhões a servidores

A Câmara dos Deputados pagou um adicional de R$ 42,8 milhões a 6.549 servidores, entre concursados que estão na ativa, aposentados e não concursados, além e 725 pensionistas, em dezembro. O valor diz respeito à última parcela de um recurso que a Casa deixou de pagar aos funcionários em 2011. Na ocasião, parte dos vencimentos dos servidores aumentava sempre que subia o salário dos deputados. As informações são do jornal O Globo.

A vinculação, que era garantida pela Câmara desde 1992, acabou em junho de 2012, com a aprovação de um projeto de resolução. Os servidores ainda recebiam um percentual do 14º e do 15º salários pagos anualmente naquela época aos parlamentares.

De acordo com a reportagem de Isabel Braga, por problemas orçamentários, a Câmara deixou de pagar aos funcionários, em 2011, o percentual do reajuste de 61,8% dado em dezembro de 2010 aos deputados. Naquele ano, o salário dos deputados saltou de R$ 16,5 mil para R$ 26,7 mil. O sindicato dos servidores do Legislativo (Sindilegis) recorreu à Justiça para ter direito ao reajuste.

A Câmara não informou quanto foi pago aos funcionários de 2012 a dezembro do ano passado. Segundo o Globo, a assessoria da Casa repassou apenas dados relativos à última parcela, no final do ano passado. Foram mais de R$ 18,6 milhões pagos a 2.446 servidores efetivos, R$ 18,8 milhões a 3.097 aposentados, R$ 2,7 milhões a 1.006 não concursados e R$ 2.4 milhões a 725 pensionistas.

O primeiro-secretário da Câmara, Beto Mansur (PRB-SP), disse ao jornal que o pagamento foi feito porque havia orçamento em caixa e pareceres, feitos por funcionários da própria Casa, atestando a dívida.

“Era algo devido pela Câmara e foi pago. Tinha pareceres da assessoria técnica da Câmara e tínhamos orçamento para isso, a gente fez muita contenção de despesas neste período. O positivo foi que acabamos com a vinculação, mas tínhamos que quitar a dívida”, declarou. Além das quatro parcelas, outros dois reajustes foram feitos em seis pagamentos entre 2012 e 2016, informa o jornal.

MIN reconhece situação de emergência em 25 municípios cearenses

secaa

A situação de emergência em 25 municípios do Ceará foi reconhecida pelo Ministério da Integração Nacional, em decorrência do extenso período de seca. Com a medida, as Prefeituras podem solicitar apoio ao Governo Federal para ações de socorro, assistência e restabelecimento de serviços essenciais, como o reforço das operações de abastecimento de água.

O reconhecimento também permite a renegociação de dívidas no setor de agricultura junto ao Banco do Brasil, a aquisição de cestas básicas, a retomada da atividade econômica dos municípios afetados com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), entre outros auxílios. A portaria foi publicada na edição desta quinta-feira (19) do Diário Oficial da União e tem vigência por 180 dias.

As cidades que passam a integrar a lista de reconhecimento federal são:

Abaiara

Antonina do Norte

Aracoiaba

Catarina

Cedro

Choró

Ipaporanga

Itapiúna

Jaguaruana

Meruoca

Milagres

Nova Olinda

Nova Russas

Pacajus,Pindoretama

Pires Ferreira

Quixelô

Quixeré

Reriutaba

Russas

Santana do Acaraú

São Gonçalo do Amarante

Tabuleiro do Norte

Umirim e

Várzea Alegre.

Camilo Santana – Um semipetista pragmático

97 1

Com o título “Camilo, um semipetista pragmático”, eis artigo do jornalista Ítalo Coriolano, editor-adjunto de Conjuntura do O POVO. Ele analisa a ida, em breve, do governador Camilo Santana para o PSB. Confira:

Quando, na semana passada, o senador Tasso Jereissati (PSDB) afirmou que o governador Camilo Santana (PT) tinha um “jeitão de tucano”, ele podia mesmo até estar brincando. Mas, como diz o ditado, “toda brincadeira tem sempre um fundo de verdade”. Camilo nunca foi, de fato, um “petista puro sangue”. Basta resgatar alguns episódios da sua trajetória política para perceber quão frágil é o vínculo com a sigla.

No processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, por exemplo, foram raros os momentos em que o chefe do Palácio da Abolição saiu em defesa da aliada. Quando o fez, foi de forma bem tímida. Nas eleições do ano passado, ignorou a candidatura da correligionária Luizianne Lins à Prefeitura de Fortaleza para apoiar Roberto Cláudio (PDT). Até Nelson Martins – que também pode mudar de legenda – chegar à Casa Civil, o PT não ocupava nenhuma pasta estratégica em seu governo. O líder do Executivo na Assembleia é do PDT, no caso Evandro Leitão.

A campanha de Camilo ao Governo do Estado, em 2014, escondeu a identidade do próprio partido, preponderando o verde , amarelo e laranja já usuais das campanhas vinculadas aos Ferreira Gomes. Fatores que ajudam a explicar a baixa ingerência que possui dentro do PT, não conseguindo sequer impor sua vontade na disputa municipal do ano passado. Dois anos antes não obteve o apoio do ex-presidente Lula diante da disputa com Eunício Oliveira. Fatos sobre os quais Camilo fez questão de expôr seu descontentamento. Ou seja, a migração do Partido dos Trabalhadores era apenas uma questão de tempo. Até surpreende ter demorado tanto.

Na verdade, o atual governador do Ceará é muito mais vinculado ao projeto de seus padrinhos políticos do que qualquer outra coisa. Herdou deles todo o pragmatismo que coloca para escanteio questões ideológicas e supera possíveis constrangimentos. A ponto de ir para uma sigla que hoje integra a base do presidente Michel Temer (PMDB). De olho em 2018, afasta um pouco de si o desgaste petista e, de quebra, tenta viabilizar a segunda metade de seu mandato ao se aproximar do Palácio do Planalto. Um movimento que pode facilitar o trânsito em Brasília e garantir mais recursos para o estado. Concretiza-se, assim, um novo passo na virada que Camilo procura dar em seu governo, logo após as surpreendentes mudanças no secretariado. Resta esperar para ver se realmente darão os efeitos desejados.

*Ítalo Coriolano,

Editor-adjunto de Conjuntura do O POVO.

Nova Lei atualiza limites de 128 municípios cearenses

Saiu no Diário Oficial da última segunda-feira a nova lei que descreve os limites de 128 municípios do Ceará. Com a atualização da legislação, que era de 1951, os recursos de cada município poderão ser melhor aplicados. Além disso, áreas que até então eram territórios indefinidos agora passam a pertencer a um determinado município.

O trabalho se deu a partir de um convênio firmado em 2009 entre a Assembleia, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e o Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece). Para regularizar os limites dos municípios foi usado técnicas de georreferenciamento.

Com a publicação da nova lei, 26 municípios tiveram limites ajustados além da regularização de outros 102. Nesta primeira etapa do projeto, que será concluído até 2019, foram contempladas cidades das regiões Litoral Leste, Vale do Jaguaribe, Centro-Sul, Cariri, Sertão dos Inhamuns, Serão Central, Sertão de Crateús, Baturité e Grande Fortaleza.

Para chegar até esta fase do projeto, foram concluídas diversas etapas. A primeira foi a análise dos limites e informações cartográficas. Feito isto, o Ipece elabora mapas e envia para os municípios. Com a aprovação de gestores e da população após audiência pública, o projeto retorna para o Ipece que bate o martelo.

FPM – Segundo repasse de janeiro sai nesta sexta-feira

ajusttt

Será creditado nesta sexta-feira (20) na conta das prefeituras o segundo repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) deste mês. O montante será de R$ 1,04 bilhão, já descontada a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Em valores brutos, sem o desconto, o FPM é de R$ 1,30 bilhão.

A área de Estudos Técnicos da CNM fez um comparativo com o segundo decêndio de janeiro de 2016 e verificou um crescimento de 10,94% nesse período. O percentual não inclui os efeitos da inflação. Se for considerado nos cálculos, o decêndio apresenta crescimento de apenas 5,7%.

Quando somados, os valores do primeiro e do segundo decêndio do FPM para o mês de janeiro totalizam R$ 4,26 bilhões, frente aos R$ 3,95 bilhões no mesmo período do ano passado. Apesar do ligeiro aumento, a Confederação recomenda aos gestores municipais bastante cautela.

Para o mês de fevereiro, é esperado um aumento de 39% no FPM em relação ao mês anterior. O mês de março, por sua vez, deve registrar um decréscimo de 39%. Portanto, a orientação é que os prefeitos mantenham seus planejamentos financeiros, especialmente nos primeiros meses de mandato.

Lei Geral do Esporte pode incluir games eletrônicos

15109562_1385512768127938_8375649525612136638_n

A Associação Brasileira de Clubes de Esports (ABCDE) já encaminhou ao relator da proposta da Lei Geral do Esporte uma sugestão para que os games eletrônicos sejam contemplados: adição do termo “intelectual” às atividades no projeto.

Por um lado, o advogado André Sica garante que trata-se de uma mera formalidade, uma vez que, em termos organizacionais, “falta muito pouco para o eSports se tornar o segundo esporte do brasileiro”.

Por outro, caso receba uma resposta negativa, o pleito vai subir para o Ministério do Esporte.

(Veja online)

Fortaleza terá protestos contra Donald Trump

clayton-170113

O presidente eleito dos EUA, Donald Trump, que tomará posse nesta sexta-feira, será alvo de protestos também em Fortaleza. Quem vai puxar a manifestação é a turma do PSTU, informa Francisco Gonzaga.

Nacionalmente, o PSTU promoverá protestos em todos os Estados. Em seu Facebook, a sigla explica: “É necessário organizar protestos em todo o mundo contra o imperialismo estadunidense e para apoiar os trabalhadores, a juventude, a comunidade imigrante, negra e muçulmana para que saiam a lutar não só nos EUA como em todo o mundo.”

O partido ainda define o local da manifestação.

FGV – Preços ao produtor e ao consumidor pressionam a inflação do aluguel

A inflação que serve de parâmetro para o reajuste dos preços dos alugueis, medida pelo Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), subiu 0,35 ponto percentual na 2ª prévia de janeiro, fechando o período entre os dias 21 de dezembro e 10 de janeiro em 0,76%. Em igual período do mês anterior, a 2ª prévia de dezembro, a alta foi 0,41%.

Os dados foram divulgados hoje (19), pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre-FGV). Segundo o Instituto, a alta verificada entre a 2ª prévia de dezembro e a 2ª de janeiro foi fortemente influenciada pelas variações dos preços no atacado e no varejo, uma vez que os preços da construção civil fecharam em queda entre os dois períodos.

O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) apresentou variação de 0,91%, no segundo decêndio de janeiro, resultado que chega a  0,38 ponto percentual superior aos 0,53% da 2ª prévia de dezembro. Segundo a FGV, a maior pressão foi exercida pela variação dos bens finais, que passou de uma inflação negativa de 0,28% para uma alta de 0,56%. A maior contribuição para este movimento teve origem no subgrupo alimentos in natura, cuja taxa passou de -5,49% para -0,94%.

A taxa de variação do grupo bens intermediários também exerceu pressão sobre a 2ª prévia do IGP-M, ao passar de 0,17%, em dezembro, para 0,81%, em janeiro. O destaque neste caso coube ao subgrupo combustíveis e lubrificantes para a produção, cuja taxa passou de -1,97% para 4,77%.

(Agência Brasil)

Fórum Unificado dos Servidores Estaduais sob nova coordenação

unnamed-3

Eis os novos coordenadores do Fórum Unificado das Associações e Sindicatos dos Servidores Públicos do Estado do Ceará (FUASPEC). Eleita neste mês, cumprirá mandato de dois anos. Entre objetivos, luta por melhorias de condições de trabalho e salários.

A coordenação está constituída das entidades sindicais abaixo:
*Efetivos

ASSEEC – Educação

ASPRAMECE – Policiais Militares

SINDAGRI – Agropecuária

SINDETRAN – Sindicato dos Trabalhadores no Trânsito do Ceará

SINTAF – Sindicato dos Fazendários do Estado do Ceará

*Adjuntos

  ASENMESC – Servidores da Saúde Pública Estadual do Ceará
  ASSTDS – Servidores Públicos Estaduais
  ASSECULT – Servidores Públicos da Cultura do Ceará
  SENGE –
  SINDSAÚDE – Sindicato dos Estabelecimentos de Saúde do Ceará.
(Foto – Divulgação)

Soldado leva oito tiros em tentativa de fuga em massa na CPPL3

Com quatro tiros nas costas, dois na cabeça e um em cada braço, um soldado do Batalhão de Policiamento de Guarda Externa dos Presídios (BPGEP) sobreviveu a uma tentativa de resgate de presos, na madrugada desta quinta-feira (18), na CPPL3, em Itaitinga (Região Metropolitana de Fortaleza).

Segundo a Polícia, homens fortemente armados efetuaram disparos contra as guaritas do presídio, enquanto presos tentavam pular as muralhas, utilizando colchões contra os arames farpados.

Há registro de um preso morto. Segundo a Polícia, nenhum detento teria fugido.