Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Etufor garante linha de ônibus para alunos da Faculdade Joaquim Nabuco

vasquess

Ônibus que fazem a linha 061 vão passar também pela Praça do Ferreira (Centro)). O objetivo, segundo a Etufor, é atender alunos da Faculdade Joaquim Nabuco, que funciona na sede do antigo Hotel Savanah.

O diretor desse estabelecimento, professor Antonio Vasques, comemora o tento e aguarda a concretização do acordo, a partir do começo de 2017.

Índice de confiança da indústria registra menor patamar desde junho deste ano

O Índice de Confiança da Indústria recuou 2,2 pontos em dezembro, atingindo 84,8 pontos, o menor patamar desde junho deste ano, quando foi registrado 83,4 pontos. O resultado foi divulgado hoje (26) pela Fundação Getúlio Vargas.

Saiba Mais
Baixo crescimento marcará economia em 2017, preveem especialistas
A queda da confiança ocorreu em 12 de 19 segmentos industriais pesquisados. A piora na percepção sobre o nível de demanda foi o que mais influenciou o mau resultado este mês. Com piores avaliações sobre a demanda interna, esse indicador caiu 3,5 pontos, marcando 81,8 pontos.

O percentual de empresas que consideram o nível atual de demanda forte diminuiu de 9% para 6% entre novembro e dezembro. E as que consideram o nível fraco aumentou de 35,5% para 36,1%.

O Índice de Expectativas recuou 1,8 ponto, chegando a 87,1 pontos. A maior contribuição para a queda em dezembro veio da expectativa com o volume de pessoal ocupado nos três meses seguintes. O indicador recuou 3,8 pontos, marcando 80,6 pontos, a quinta queda consecutiva. Também houve redução do percentual de empresas prevendo aumento do pessoal ocupado de 11,5% para 10,7%.

O Índice da Situação Atual caiu 2,2 pontos, para 82,9 pontos. O Nível de Utilização da Capacidade Instalada atingiu 72,5% em dezembro, novo patamar mínimo histórico para a série iniciada em 2001.

(Agência Brasil)

Deputado peemedebista tenta liberar em Brasília emendas para a Saúde de Fortaleza e do Estado

foto-vitor-valim-deputado-federal-ce

O deputado federal Vitor Valim (PMDB) encontra-se em Brasília. Ele foi tentar liberar emendas suas relacionadas ao Orçamento da União deste ano.

Valim informa que tem mais de R$ 1 milhão para a saúde de Fortaleza e um pouco menos que isso para o Governo do Estado.

Lembra que, mesmo na oposição, não pode deixar de ajudar a população. Ou seja, busca fazer a boa política.

Morre liderança da luta popular de Fortaleza

O Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Ceará (Sindsaúde) divulga nota de pesar. Morreu Michel Platinir, que era da diretoria da Federação de Bairros e Favelas de Fortaleza. Confira:

O Sindsaúde se solidariza aos amigos e parentes de Michel Platinir, este grande guerreiro que dedicou sua vida às lutas em defesa dos direitos da criança e adolecente, da saúde, dos negros, emfim, lutou por uma sociedade com menos desigualdades e com mais justiça social.

Michel morreu nesse domingo de Natal, 25/12, vítima de um infarto. Ele era diretor da Federação de Bairros e Favelas de Fortaleza e atuava como conselheiro tutelar. A luta pelos direitos sociais e em defesa das populações mais carentes perde uma grande liderança. Michel deixa uma lacuna na cidade de Fortaleza. Onde estiver, receba o nosso abraço, camarada. Que a sua coragem pra lutar possa nos inspirar ainda mais!

O velório acontece na Igreja Betesda, na Avenida Zezé Diogo número, 663 – Serviluz. O sepultamento está marcado para as 16 horas, no Cemitério do Mucuripe.

Camilo Santana cumpre agenda de inaugurações e ordem de serviço na Região Metropolitana

FORTALEZA, CE, BRASIL, 26-07-2016 : Camilo Santana, governador do estado do Ceará, divulga ações para enfrentar a seca no estado. (Foto: Fabio Lima/O POVO)

O governador Camilo Santana (PT) inaugura, nesta manhã de segunda-feira, o Sistema de Captação Pressurizada no Açude Gavião. Isso na Estação de Tratamento de Água do Açude Gavião, em Pacatuba (Região Metropolitana de Fortaleza).

Em seguida, ele se deslocará até o município de Horizonte (Região Metropolitana de Fortaleza), onde vai assinar a ordem de serviço para a construção de dois Centros de Educação Infantil (CEIs). O ato ocorrerá no Estádio Domingão.

Na agenda do governador, reuniões internas na parte da tarde, no Palácio da Abolição.

(Foto – Fábio Lima)

Ministério da Integração Nacional vive clima de queda de braço político

helder-barbalho

O ministro Helder Barbalho teve duas grandes perdas no Ministério da Integração. Na segunda-feira (19), Djalma de Mello Bezerra, secretário de Fundos Regionais e Incentivos, foi exonerado. O próximo que deve sair é Rodrigo Mendes, secretário de Infraestrutura Hídrica.

Ambos foram indicações de Barbalho, que tenta emplacar seus sucessores. Hoje a composição do ministério é por indicados da bancada do PMDB no Senado.

2017 começa com mudanças internas e queda de braço no quintal da casa peemedebista.

(Coluna Radar, da Veja Online)

VAMOS NÓS – Este Ministério é o responsável pelas obras de convivência com a seca no Nordeste. Bom rezarmos para que tal quadro não interfira nas ações em andamento nessa pasta. Principalmente aquelas relacionadas ao Ceará, que amarga cinco anos consecutivos de estiagem.

Academia Cearense de Direito ganha adesões de peso internacional

paulo_bonavides-jurista

A Academia Cearense de Direito acaba de conquistar novos associados. Depois do jurista Paulo Bonavides, aderiram agora o jurista português J.J.Canotilho, pai do Constitucionalismo moderno, e o argentino Raúl Zaffaroni, ministro da Suprema Corte Argentina.

Segundo o presidente da associação, Roberto Victor, Bonavides é membro honorário e os juristas internacionais entraram como sócios-correspondentes em Coimbra e Buenos Aires, respectivamente.

Baixo crescimento macará a economia em 2017, preveem especialistas

Um início de recuperação em meio a um crescimento tímido e a dificuldades no cenário internacional. Para economistas ouvidos pela Agência Brasil, as perspectivas para a economia em 2017 indicam leve melhora em relação a 2016, mas apontam para um caminho cheio de percalços rumo à retomada da produção e do consumo.

Segundo os especialistas, o quadro político também retarda a recuperação da economia. Para eles, o país precisa superar as pendências políticas antes de voltar a crescer, mas essa é apenas uma parte da solução.

Para a professora de economia da Fundação Getulio Vargas (FGV) Virene Matesco, o Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e serviços produzidos no país) crescerá no máximo 0,5% em 2017. Ela diz que somente quando consumidores e empresários recuperarem a confiança, a economia começará a recuperar-se plenamente.

“A recuperação da economia em 2017 depende fundamentalmente de dois fatores: a superação da crise política e a aprovação de medidas que sinalizem algum compromisso do governo com as contas públicas. Somente aí, o país poderá começar a se reorganizar”, disse. “O Congresso é como um trator que vai tirar o carro atolado, que é o Brasil. Só que o trator está quebrado.”

Segundo Virene, mesmo a aprovação da reforma da Previdência será apenas uma indicação para o mercado e os investidores. Isso porque tanto a revisão no regime de aposentadorias e pensões como a emenda constitucional que cria um teto para o gasto público têm impacto sobre as contas do governo apenas no médio e no longo prazo. “Como os déficits nas contas públicas continuarão persistindo, existe a possibilidade de o governo aumentar impostos para elevar a receita”.

O economista-chefe da Gradual Investimentos, André Perfeito, concorda com os reflexos da política sobre a economia. “Para mim, a crise atual é fundamentalmente política. Será que os investidores continuarão dispostos a pôr dinheiro no Brasil vendo o que está acontecendo aqui?”, pergunta.

Perfeito tem uma estimativa mais pessimista para o crescimento da economia no próximo ano: 0,2%. Segundo ele, o resultado poderia ser melhor se o governo ampliasse o déficit primário da União, estimado em R$ 139 bilhões para 2017, para estimular a economia. “Um aumento de gastos seria válido se fosse temporário e feito com transparência, mas não existe espaço político para isso, até por causa dos erros dos governos anteriores com esse tipo de medida”, explica.

O economista também atribui parte das dificuldades de recuperação da economia ao cenário internacional, principalmente após a indicação do Federal Reserve (Banco Central norte-americano) de que poderá aumentar os juros da maior economia do planeta até três vezes em 2017 para conter os efeitos dos cortes de impostos e da expansão dos gastos públicos do futuro presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

Indústria

As entidades do setor produtivo também não têm projeções otimistas para a economia no próximo ano. A Confederação Nacional da Indústria (CNI) estima crescimento de 0,5% para o PIB, com expansão de 1,3% na indústria. Para a entidade, o investimento deve crescer 2,3% em 2017 depois de cair 11,2% este ano.

Para o gerente-executivo da CNI, Flávio Castelo Branco, a ociosidade das indústrias, que estão com grandes estoques acumulados, e as dificuldades financeiras das famílias e das empresas dificultam a retomada do crescimento. Segundo ele, somente quando o endividamento diminuir, o consumo e a produção terão condições de reagir.

“Quando as empresas geram empregos, giram a economia, aumentando investimentos, salários, consumo e produção”, explicou Castelo Branco durante a divulgação das estimativas da entidade para a economia em 2017 no último dia 13. Segundo ele, a aceleração das reformas da Previdência e trabalhista e a diminuição dos desequilíbrios nas contas públicas são importantes para que o país volte a crescer.

No fim de novembro, o Ministério da Fazenda reduziu a projeção de crescimento do PIB para 2017 de 1,6% para 1%. A previsão oficial é mais otimista que a do mercado. Na penúltima semana de dezembro, as instituições financeiras estimavam expansão de 0,58% do PIB para o próximo ano, segundo o Boletim Focus do Banco Central, publicação semanal com projeções de analistas de mercado. As instituições projetam inflação de 4,9% em 2017 pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

(Agência Brasil)

Mesmo em tempos de seca, Secretaria do Meio Ambiente potencializa a produção de mudas

bruno

Artur Bruno é o titular da SEMA.

Mesmo diante do cenário climático adverso, de pelo menos cinco anos de seca, a Secretaria do Meio Ambiente do Estado (Sema) potencializou sua produção de mudas.

No viveiro da Área de Proteção Ambiental (APA) da Serra de Baturité, situado em Pacoti, as 5.872 mudas de 2014 tornaram-se 8.785 em 2015. Em 2016, a produção chegou a 12.640 mudas, um aumento de cerca de 215% nos dois últimos anos.

No viveiro do Parque Estadual Botânico, que fica em Caucaia, a produção que era de 6.512 mudas em 2014, passou para 25.998 em 2015 e chegou a 60.622 mudas em 2016. Isso representa um aumento de cerca de 930%, numa comparação do final de 2014 com final de 2016.

Juntos, os dois viveiros produziram 73.262 mudas em 2016. A maior parte foi objeto de doação a diversas prefeituras, entidades e órgãos públicos, escolas e comunidade.

DETALHE – Espera-se agora que brote em 2017 a muda mais aguardada: a regulamentação do Parque do Cocó.

Treze homicídios são registrados em dois dias antes do Natal

Treze homicídios foram registrados no Ceará de sexta, 23 até sábado, 24, véspera de Natal. A informação é da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Estado que, no entanto, não deu detalhes das ocorrências em seus boletins. O número de homicídios registrados nesse domingo, 25, será divulgada posteriormente.

Quatro das mortes de sexta-feira, 23, ocorreram em Fortaleza, nos bairros Barra do Ceará, Canindezinho, Parque São João e Conjunto Palmeiras. As outras duas mortes foram registradas em Caucaia e em Paraipaba.

Apesar de ter concentrado a maioria das mortes na sexta, a capital cearense não registrou assassinatos nesse sábado, 24.

Na Região Metropolitana de Fortaleza, três pessoas foram mortas com tiros nos municípios de Caucaia, Horizonte e Itaitinga, nesse sábado, 24. As vítimas eram todas do sexo masculino, conforme o boletim da SSPDS.

Outros três homicídios desse sábado ocorreram na região do Interior Sul: Jaguaribe (em que morreu um homem de 28 anos com golpes de faca); Crato (homem de idade não informada assassinado a bala, e o suspeito tenso sido preso); e Jucás (jovem de 20 anos morto a bala).

Médicos alertam para risco de complicações vasculares no verão

Com o início do verão e o aumento das temperaturas, os cuidados com a saúde devem ser redobrados, afirmou o diretor da Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular (SBACV), Julio Peclat. Em parceria com a Sociedade de Cardiologia do estado do Rio de Janeiro (Socerj), a entidade está alertando a população sobre as mudanças fisiológicas que as elevadas temperaturas podem provocar no sistema cardíaco, além de vasodilatação, que ocasiona inchaço nos membros inferiores.

“Do ponto de vista vascular, o calor gera um fenômeno chamado vasodilatação. Você tem uma dilatação dos vasos e isso gera aumento da estase venosa, ou dificuldade de o sangue dos membros inferiores chegar ao coração. Isso se torna mais lento e, muitas vezes, esse sangue sai de dentro para fora do vaso. Isso leva ao inchaço, aos edemas dos membros inferiores”, explicou.

Em função dos riscos, ressalta-se a importância de a população ter alguns cuidados para diminuir a possibilidade desse inchaço.  Realizar atividade física regular, evitar ambientes muito quentes e exposição direta ao sol, evitar ficar muitas horas sentado na mesma posição ou em pé, sempre caminhar um pouco, mesmo que seja dentro do ambiente menor, são alguns desses cuidados.A SBACV e a Socerj recomendam ainda que a pessoa tome, pelo menos, entre dois e três litros de líquidos por dia, de preferência água. “Nessa época do ano, a pessoa sua muito, perde muito líquido. Por isso, é importante repor esse líquido”. A alimentação também deve ser leve, evitando comidas gordurosas ou pesadas, dando preferência a carnes brancas e saladas. O sal deve ser reduzido porque absorve muito líquido e pode colaborar para o inchaço de membros inferiores e superiores.

Outra dica é evitar corridas e jogos de praia, como vôlei e futevôlei, nos horários mais quentes, entre 10h e 16h (no horário de verão, de 11h às 17h), e usar bloqueador solar, boné, viseiras, óculos e chapéus. “Usar tudo que tem direito para se proteger, porque o inchaço é um dos problemas relacionados ao calor”.

(Agência Brasil)

Angra 3 e Reator Multipropósito serão prioridades da Aben em 2017

A conclusão do Reator Multipropósito Brasileiro, da Usina Nuclear Angra 3 e a retomada da produção de concentrado de urânio em Lagoa Real (BA) serão prioridades da nova gestão da Associação Brasileira de Energia Nuclear (Aben) no próximo ano. A informação foi dada pela presidente da Aben, Olga Simbalista, que tomou posse no dia 6 deste mês.

O Reator Multipropósito Brasileiro está na fase de projeto detalhado, com recursos da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações. As obras devem começar em 2017. Olga Simbalista acredita que a verba necessária para dar andamento ao projeto virá do governo federal. “O reator tem um papel não só estratégico, mas permite que o país deixe de importar vários radiofármacos da Argentina e do Canadá”.

O Brasil já produz alguns radiofármacos, mas essa produção é limitada. Com o Reator Multipropósito, o país deixaria de ser dependente nesse setor.

A presidente da Aben lembrou que o Brasil tem a sexta maior reserva de urânio do mundo. Advertiu que essa prospecção abrange menos de um terço do território nacional. “A gente tem indícios de que o nicho onde há enorme quantidade de urânio é na Amazônia, mas as atividades de prospecção pararam desde os anos de 1980”. A mina de Lagoa Real Anomalia 3 alimentou os reatores das usinas Angra 1 e 2, mas se esgotou, disse Olga.

(Agência Brasil)

Morre o cantor George Michael

Resultado de imagem para george michael

O cantor britânico George Michael, que ficou famoso nos anos 1980 como integrante do duo Wham! e, mais tarde, manteve o sucesso na carreira solo, morreu aos 53 anos, informou um representante do artista citado por agências de notícias. A causa não foi divulgada.

“É com grande tristeza que podemos confirmar que o nosso astro, irmão e amigo George faleceu pacificamente em casa durante o Natal”, disse o representante do músico, em um comunicado. “A família gostaria de pedir que a sua privacidade seja respeitada neste momento difícil e emocional.”

De acordo com a polícia britânica, uma ambulância fez um atendimento médico em Goring, no condado de Oxfordshire às 13h42 de Londres (15h42 no horário de Brasília). Os agentes disseram que não há circunstâncias suspeitas relacionadas à morte do cantor.

(Com Agências)

Rússia diz que analisa todas as pistas sobre queda de avião no Mar Negro

O ministro dos Transportes da Rússia, Maksim Sokolov, disse que estão sendo analisadas todas as pistas relacionadas ao acidente com o avião militar do país neste domingo (25), inclusive a de terrorismo.

“É prematuro fazer qualquer especulação no momento. Mas os investigadores estão avaliando todas as pistas, inclusive a de terrorismo”, disse Sokolov. O avião caiu no Mar Negro com 93 pessoas a bordo.

Mais cedo, o chefe da Comissão de Defesa do Senado russo, Viktor Ozerov, tinha descartado a possibilidade de atentado, alegando que o avião era da Força Aérea russa e tinha caído em território russo. Segundo ele, havia mais chances de ter sido uma falha técnica ou erro humano.

O presidente Vladimir Putin declarou luto nacional amanhã (26) em todo o país.

O voo tinha partido de Sóchi, na Rússia, e conduzia militares, jornalistas e membros do Coral do Exército. Eles deveriam fazer uma apresentação musical às tropas russas em Latakia, na Síria, na noite do Ano-Novo

(Agência Brasil)

PMDB vai mudar a liderança do partido na Assembleia

leonardoaraujo

O deputado estadual Leonardo Araújo, que se efetivou como parlamentar no lugar do prefeito eleito de Pacatuba, Carlomano Marques, deverá ser o novo líder do PMDB na Casa, a partir de fevereiro próximo.

A informação é do dirigente partidário e ainda vice-prefeito de Fortaleza, Gaudêncio Lucena.

Leonardo substituirá Audic Mota, que, no processo da sucessão da mesa diretora da Assembleia e no episódio da extinção do TCM , votou ao lado da base governista.