Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Inscrições para Encceja destinado a residentes no exterior se encerram nesta segunda-feira

Os brasileiros residentes no exterior que quiserem fazer o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) têm até as 23h59 desta segunda-feira (17) para fazer a inscrição. A participação é voluntária e gratuita, destinada a quem não concluiu os estudos em idade apropriada. A inscrição está disponível na página eletrônica do exame: http://sistemasencceja2.inep.gov.br/exterior

O Encceja Exterior 2017 será aplicado no dia 10 de setembro nos Estados Unidos (Boston, Nova Iorque e Miami), na Bélgica (Bruxelas), na Guiana Francesa (Caiena), em Portugal (Lisboa), na Suíça (Genebra), na Espanha (Madri), no Reino Unido (Londres), na França (Paris), na Holanda (Amsterdã) e no Japão (Nagóia, Hamamatsu e Ota). O exame também será realizado em unidades prisionais em Tóquio (Japão) e em Caiena (Guiana Francesa), entre os dias 11 a 22 de setembro.

Os resultados do Encceja podem ser utilizados para a certificação de conclusão de ensino fundamental ou do ensino médio ou para emissão da declaração de parcial de proficiência. Para a certificação do ensino fundamental, o candidato deve ter 15 anos completos na data da realização da prova e para a do ensino médio, a idade é de pelo menos 18 anos. A prova será aplicada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) em parceria com o Ministério das Relações Exteriores e com as representações diplomáticas do Brasil nos locais de aplicação.

Para quem mora no Brasil, as inscrições para o Encceja começam no dia 7 de agosto e a prova será realizada no dia 8 de outubro. A partir deste ano, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) não poderá mais ser usado para a certificação de conclusão do ensino médio, e que feita exclusivamente pelo Encceja.

(Agência Brasil)

Camilo recebe homenagem de família no Cariri ao ceder nome para afilhada

O governador Camilo Santana (PT) participou, nesse sábado (15), do aniversário de 6 anos da afilhada Camila. O nome da menina é uma homenagem de uma família em Barbalha, na Região do Cariri, ao antigo vizinho e hoje governador do Ceará.

Camilo Santana, bom destacar, foi duplamente homenageado pela família, ao ceder o seu nome e também pelo apadrinhamento da afilhada dele com sua mulher, a primeira-dama, Onélia Leite.

(Foto – Facebook )

O perverso silêncio dos bons

Em artigo no O POVO deste domingo (16), a professora de Filosofia da Unifor e integrante do Instituto Latino-Americano de Estudos sobre Direito, Política e Democracia (ILAEDPD), Sandra Helena de Souza, lamenta o curso da política no Brasil, diante das reformas. “Nem os militares desmontaram a CLT”. Confira:

“Eu venho cedo demais, não é ainda meu tempo. Esse acontecimento enorme está a caminho, ainda anda: não chegou ainda aos ouvidos dos homens. O corisco e o trovão precisam de tempo, a luz das estrelas precisa de tempo, os atos, mesmo depois de feitos, precisam de tempo para serem vistos e ouvidos. Esse ato ainda lhes é mais distante que a mais longínqua constelação – e no entanto eles o cometeram!”

Esse trecho do célebre aforismo 125 n‘A Gaia Ciência’, de Nietzsche, ocupa meus pensamentos nesses tempos de ferocidade política. Aí o filósofo denunciava, por meio de um “louco” ridicularizado pelos sábios, o assassinato de Deus, por todos nós cometido. Longe do júbilo, ele adivinhava o tamanho do problema: “o mais forte e sagrado que o mundo até então possuíra sangrou inteiro sob os nossos punhais – quem nos limpará esse sangue?”. É curioso que seja o louco, e não os sábios ateus, o que sofre a angústia prometeica. Na verdade, trata-se do descolamento do eixo de um mundo que, antes sustentado pelo dogma inquestionável, agora se precipita “para trás, para os lados, para frente, em todas as direções”. Desenhando: anunciava-se a morte dos objetivismos universalistas em favor dos relativismos, não sem receio de estarmos aquém desse feito. Certeiro.

Em sentido oposto, mas na mesma direção, Chesterton em “Ortodoxia” reconheceu a necessidade de um dogma fixo como condição verdadeira da liberdade. Crítico dos liberais considerava que “…o livre pensamento é a melhor salvaguarda contra a liberdade. (…) Basta ensinar o escravo a se preocupar em saber se quer realmente ser livre, e ele não será capaz de se libertar”. Bingo.

Quem de nós reconheceu desde o início o crime que estava sendo cometido contra a democracia e o estado social brasileiro, permaneceu nas ruas nos últimos três anos, gritou, esperneou e está sendo seguidamente derrotado de modo inédito (nem os militares desmontaram a CLT) agora se assemelha ao louco nietzschiano. Dia desses, uma colega professora, doutora da área de humanas, pesquisadora CNPq chegou a mim com olhar preocupado e disse: “Tenho notado que você não anda bem, esse ‘negócio’ da política mexe muito com você”. Perplexa, respondi: “E não mexe com você, não vê o que acontece ao redor e como isso nos afeta a todos?” E ela, me olhando com ainda mais compaixão: “Sabe, acho que as coisas estão tão péssimas que elas mesmas vão se ajeitar, não podem continuar assim, cuida mais de você, tá abatida”, e se foi na anestesia acumpliciada de seu pensamento mágico. É uma boa pessoa como milhares delas, enojada com tudo, liberta da escuridão da ignorância que tem tantos afazeres importantes no seu cotidiano e não se pode dar o luxo de caminhar nas ruas, faltar ao trabalho para salvar seu trabalho e o futuro comum de sua gente humilde.

Por outro lado, é tão doloroso saber que o roteiro aterrador do golpe em curso tem a sua assinatura, a dos bem-pensantes de bom coração inativo politicamente. Essa é a verdade insuportável que o mito quer encobrir: no fundo, “sábios” ateus acreditam que o deus virá salvá-los e, ao fim, tudo dá certo.

O tempo lhes alcançará cruel, indiferente. Eu fico com a loucura das mulheres que ocuparam a mesa do Senado e de tantas outras que na luta insistem em fazer o próprio tempo.

Ministro da Agricultura vai a Washington tentar retomar exportação de carne

O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi viaja neste domingo (16) para os Estados Unidos. Ele tem um almoço de trabalho agendado para esta segunda-feira (17) com o secretário de Agricultura do governo norte-americano, Sonny Perdue, em Washington, quando será discutida a retomada de exportações de carne para os Estados Unidos. Na terça-feira (18), o ministro se reúne com o Conselho Empresarial Brasil-Estados Unidos, antes de embarcar de volta ao Brasil no fim da tarde.

A visita ocorre após a suspensão, no fim de junho, de todas as importações de carne fresca do Brasil, devido a preocupações recorrentes sobre a segurança dos produtos destinados ao mercado dos Estados Unidos.

Foram 17 anos de negociações para que o Brasil conseguisse exportar carne fresca para os Estados Unidos, o que se concretizou em setembro do ano passado. No total, 15 plantas frigoríficas exportavam carne in natura para os Estados Unidos e acumularam, de janeiro a maio, US$ 49 milhões com esse comércio.

(Agência Brasil)

Anuário do Ceará – Salmito ocupa primeira posição no ranking de influência

302 1

Da Coluna dominical do Alan Neto, no O POVO deste domingo (16):

Presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Salmito Filho (PDT), ocupa primeira posição no ranking de influência, de acordo com levantamento feito pelo Anuário do Ceará 2017-2018. Leitor pode, ainda, conferir os resultados da Assembleia Legislativa e bancada cearense no Congresso Nacional. Lançamento do Anuário, dia 27, Viriato Buffet, 20 horas.

DETALHE 1 – Na foto acima (Facebook), Salmito reafirmando sua admiração por Luiz Gonzaga, “o grande responsável pela construção de uma identidade cultural do Nordeste do Brasil, cantando a flora, a fauna e os costumes do nosso povo”.

DETALHE 2 – O presidente do Legislativo de Fortaleza percorreu de carro o Sertão Central do Ceará, o Cariri e parte do sertão pernambucano, para mostrar a cultura cearense e nordestina à família. Para Salmito, o reconhecimento e a valorização da cultura regional começam na família.

Prefeitura de Fortaleza vai promover o I Viradão da Juventude

Em sua coluna Bric à Brac, no O POVO deste domingo,a jornalista Inês Aparecida divulga o Viradão Cultural, que a Prefeitura de Fortaleza promoverá em agosto. Confira:

Está em fase final de acertos a programação do II Viradão da Juventude que se realizará nos dias 11, 18 e 25 de agosto nas unidades da Rede Cuca do Mondubim, Jangurussu e Barra do Ceará, respectivamente.

Quem nos conta, todo entusiasmado, é o Coordenador de Juventude de Fortaleza, Júlio Brizzi. Serão 24 horas de atividades simultâneas que incluem oficinas, rodas de conversa, cine debates, aulas de dança, shows e outras atividades.

O objetivo da ação é levar os jovens a ocuparem os espaços urbanos da cidade. Atividades culturais do porte do Viradão da Juventude são ações importantes para prevenir e combater a violência juvenil, observa Brizzi. O Viradão celebra o Dia Internacional da Juventude.E mais:toda a programação é gratuita.

(Foto – Paulo MOska)

Anuário do Ceará 2017/2018 já tem data de lançamento

 
O lançamento do Anuário do Ceará 2017-2018 está marcado para o próximo dia 27, às 20 horas, no Viriato Buffet (Rua República da Armênia, 1400 – Parque Manibura).
Trata-se de uma publicação da mais alta qualidade do Grupo de Comunicação O POVO, sob edição dos jornalistas Fábio Campos e Jocélio Leal, que expõe dados dos mais diversificados sobre o Estado: política, economia, costumes, questões sociais e perfis interessantes para boas reflexões sobre nossa classe política.

Quem foi pior para o Brasil: Dilma ou Temer?

304 1

Quem foi pior para o Brasil, Dilma Rousseff ou Michel Temer? Eis a pergunta feita pela Veja Online.

O Instituto Paraná Pesquisas fez essa pergunta para 2.804 pessoas de todos os estados entre segunda-feira e quinta-feira da semana passada.

Considerada a margem de erro, de dois pontos percentuais, deu empate: 43% apontaram Dilma e 42,7% cravaram Temer.

Para 12,6%, a melhor resposta foi “ambos” (1,7% não responderam).

Governo do Ceará instala cisternas a 600 metros de altura

368 7

As comunidades de Cafundó e Escondido, no município de Choró, no Sertão Cearense, a 180 quilômetros de Fortaleza, receberam nesse sábado (15) 20 cisternas de polietileno, em uma ação da Secretaria de Desenvolvimento Agrário do Ceará e Prefeitura de Choró.

Por causa da localização no topo da serra, com 600 metros, além do difícil acesso pela mata, a operação foi realizada pelo Ciopaer, com apoio dos técnicos da prefeitura, da empresa contratada para instalar as cisternas, dos técnicos da SDA.

O coordenador do programa Água para Todos, Abelardo Camurça, e o prefeito de Choró, Marcondes Jucá, acompanharam os trabalhos.

Veja a operação via helicóptero

(Foto- Divulgação)

Sentença bomba-relógio

117 2

Da Coluna Valdemar Menezes, no O POVO deste domingo (16):

A semana foi cheia de fatos dolorosos: a condenação do ex-presidente Lula pelo juiz Sérgio Moro, a aprovação da reforma trabalhista neoliberal e a negação da abertura de investigação de Michel Temer pela Comissão de Constituição de Justiça (CCJ), na Câmara dos Deputados.

Nenhum dos três episódios unifica o País: antes, aprofunda sua divisão.

No primeiro caso, o que se viu foi a condenação, sem provas consistentes, do líder popular mais importante da atualidade. Ora, um dirigente político de grande envergadura não é apenas um indivíduo, mas representa um coletivo, alguém que é referencial para tomada de decisão de uma sociedade inteira, cujo papel é fundamental para dar coesão e direcionamento à própria Nação. Quando falta, abre um vácuo na sociedade.

No caso em vista, há a questão adicional de se tratar de um declarado postulante à cadeira presidencial e líder nas pesquisas de opinião. Por isso, as provas que acompanham a condenação requerem uma consistência inquebrantável, que não deixe lugar a dúvidas. E essa condição não foi preenchida pelos acusadores.

O pior para a paz pública é deixar instalada na cabeça de muitos a suspeição de que foi cometida uma injustiça por motivos políticos. Uma potencial bomba-relógio a explodir em algum momento.

Um dia a burguesia vai ter saudades de um líder popular moderado como Lula.

Temer se reúne com ministros e relator de voto contrário a denúncia

O presidente Michel Temer se reuniu nesse sábado (15) com o deputado Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG), relator que recomendou o arquivamento da denúncia contra ele na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) da Câmara. Ao lado dos ministros da Educação, Mendonça Filho, e da Secretaria de Governo, Antônio Imbassahy, Temer recebeu o parlamentar para um almoço do qual participaram também familiares do deputado e de Imbassahy, que também é do PSDB.

Segundo o deputado, os presentes no encontro conversaram somente sobre “amenidades”. “Não falamos sobre política. Foi uma coisa mais descontraída”, disse.

Abi-Ackel foi designado para ler voto contrário à admissibilidade da denúncia por corrupção passiva após os membros da CCJ rejeitarem o parecer do deputado Sérgio Zveiter (PMDB-RJ) recomendando que o processo seguisse adiante. O relatório do tucano foi aprovado por 41 votos a 24 e deve ser apreciado no plenário da Câmara no próximo dia 2 de agosto.

Seguindo a mesma linha de ministros do governo, Abi-Ackel afirmou que a oposição não deve garantir o quórum de 342 deputados necessários para início da sessão. Para que a Câmara autorize que a denúncia apresentada pela PGR seja analisada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), são necessários os votos de dois terços da Casa, o que representa 342 deputados.

De acordo com ele, enquanto a matéria não for analisada pelos 513 deputados, a decisão da CCJ prevalece. “Esse não é um assunto que nos deixa preocupado. Quando tiver o quórum, colocaremos [a votação na pauta]. Estou pronto para ler o meu parecer a qualquer momento”, afirmou. Nas próximas semanas, apesar do recesso parlamentar, oposicionistas e governistas seguirão discutindo as estratégias para a votação.

(Agência Brasil)

Alckmin e Doria querem desembarque do PSDB do governo só depois de aprovadas as reformas

Na disputa pela candidatura tucana em 2018, o prefeito de São Paulo, João Doria, e o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, jogam juntos quando o assunto é o desembarque do PSDB do governo. A informação é da Coluna Radar, da Veja Online.

Ambos concordam que não pode ser agora, mas que ele tem de ser feito logo depois da aprovação das reformas.

2 a 0 – Ceará vence Juventude com gols dos “reservas”

Sete minutos de jogo. Foi esse o tempo que o Ceará precisou para definir a vitória sobre o Juventude por 2 a 0, neste sábado, 15, pela 14ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Com o resultado obtido no Castelão para um público total de 5601 torcedores, o Alvinegro subiu para 21 pontos e assumiu a sexta colocação da competição. O Juventude, até então líder, segue com 26 pontos, agora na segunda colocação.
Logo aos quatro minutos da primeira etapa, Valdo, que jogou em função da suspensão do titular Rafael Pereira, abriu o placar. Ricardinho cobrou escanteio e a bola sobrou para o zagueiro chutar de direita, no canto do goleiro Matheus.
Aos sete minutos foi a vez de Elton, agora titular na vaga de Magno Alves, deixar sua marca. Após jogada de Cametá pela direita, a zaga do Juventude se atrapalhou e o centroavante tocou com categoria, de pé esquerdo, para fazer o 2 a 0.
Com a vantagem, o Ceará passou a dar mais campo ao time gaúcho na tentativa de buscar os contra-ataques. A alternativa ficou prejudicada porque faltava inspiração aos homens de frente do time verde e branco. Ainda assim, o Juventude teve duas boas oportunidades para diminuir o placar. Na principal, no fim do primeiro tempo, Juninho cruzou e Cametá quase marca contra, mas a bola bateu na trave e depois no travessão antes do perigo ser afastado.
No segundo tempo o Ceará praticamente não atacou. O objetivo do time era segurar o marcador e garantir os três pontos. Assim, a posse de bola ficou com o Juventude, mas foram poucas as jogadas de perigo real criadas, até porque o sistema defensivo do Ceará funcionou com correção.
Para tentar dar mais atitude ofensiva ao time, apesar da vantagem, o técnico Marcelo Chamusca ainda colocou Lelê, Arthur e João Marcos – que não jogava desde meados do ano passado – mas o panorama do jogo não mudou. Nem o placar. Melhor para o Ceará, que somou a sua sexta vitória na Segundona.
DETALHE – Na terça-feira que vem, em Campinas, o Ceará visita o Guarani, líder da Série B, com 26 pontos. O jogo começa às 20h30min.
(O POVO Online)

Cid diz que relação de Temer com deputados e senadores é promíscua

201 1

O ex-governador do Ceará e ex-ministro Cid Gomes disse neste sábado (15), durante encontro regional do PDT, em Iguatu, no Centro-Sul do Estado, que “hoje, a relação entre presidente e ministros com deputados e senadores é promíscua”. “Alguns acham que o cargo do parlamentares é uma fonte de dinheiro e esquecem do povo. É hora de mudar isso”, completou.

O presidente nacional do partido, Carlos Lupi, convocou os militantes para a tomada de posições. “Esse momento que vivemos nos obriga a ter um partido forte, guerreiro e coerente com a nossa história de luta”.

Para ele, o Ceará tem que servir de modelo para o Brasil.”Veja só na Educação. O Estado tem a maior parte das melhores escolas do País. E na gestão financeira? Poucos têm essa boa saúde financeira”, disse.

O deputado federal André Figueiredo, presidente do PDT Ceará, afirmou que esses encontros consolidam a base do partido e fortificam a sigla.

O secretário do Trabalho e Desenvolvimento Social do Ceará, Josbertini Clementino, também vice-presidente da sigla no Ceará, destacou a importância do encontro no fortalecimento do partido.

No encontro que reuniu cerca de mil pessoas, segundo a organização, compareceram ainda o prefeito de Iguatu, Ednaldo Lavor; os deputados estaduais , Zezinho Albuquerque, presidente da AL, Miriam Sobreira, Dr. Sarto, o deputado federal Antônio Balman, vereadores, lideres politicos e apoiadores da região do Centro Sul do Estado.

O próximo Encontro Regional do PDT será dia 12 de agosto, em São Gonçalo do Amarante.

Dia Internacional do Homem chama atenção para cuidados com a saúde masculina

160 1

O homem vive em média sete anos a menos que a mulher. A cada três mortes de adulto, duas são de homens. Segundo dados do Sistema de Informação de Mortalidade (SIM) do Ministério da Saúde, na faixa de 20 a 59 anos, os homens morrem mais por causas externas, como acidentes de trânsito, acidentes de trabalho e lesões por violência. O segundo motivo de morte entre homens nesta faixa etária são as doenças do aparelho circulatório, seguida das neoplasias. Comemorado neste sábado (15), o Dia Internacional do Homem traz para o debate os cuidados com a saúde masculina no país.

Atualmente no Brasil 18% dos homens brasileiros são obesos e 57% apresentam sobrepeso. Com relação ao tabagismo, 12,7% fumam e sobre doenças crônicas, 7,8% dos homens têm diabetes e 23,6% têm hipertensão. Vinte e sete por cento dos homens consomem bebida alcoólica abusivamente e 12,9% dirigem após beber. Os dados fazem parte do Sistema de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), realizado anualmente pelo governo federal.

Desconsiderando os tumores de pele não melanoma, o câncer de próstata é o mais incidente entre os homens em todas as regiões do país, segundo estimativas do Instituto Nacional de Câncer (Inca). A previsão é de que 68 mil novos casos surjam em 2017. Assim em outros tipos de câncer, o diagnóstico precoce pode aumentar as chances de cura do paciente.

(Agência Brasil)

Shopping Benfica – Faroeste cearense tem lançamento no cinema no fim do mês

https://www.youtube.com/watch?v=5kouKdKgpgU

Um ex-soldado de uma força volante que se tornara bandoleiro, no final do século XX, distante do crime e da violência que se alastrava pelo Nordeste, tem sua esposa cruelmente assassinada por um famigerado cangaceiro. Perdidos na alta densidade das matas inóspitas do sertão e separados pelo ofício, os dois travam uma batalha particular ao passo que enfrentam as intempéries da natureza e os limites da sobrevivência.

Esse é o roteiro do filme “Onde nascem os bravos”, de produção cearense e gravado no Ceará, que terá lançamento no dia 29 deste mês, no Shopping Benfica, a partir das 10 horas, com entrada gratuita.

Com direção de Daniel Abrew, o gênero faroeste nordestino reúne um elenco de 52 atores.

Novo salário mínimo tem impacto de R$ 12,7 bilhões nas contas do governo em 2018

O aumento do salário mínimo de R$ 937 para R$ 979 em 2018 terá impacto de R$ 12,7 bilhões nas contas do governo no próximo ano. Os números têm como base as estimativas do Anexo de Riscos Fiscais da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), aprovada pelo Congresso Nacional na última quinta-feira (13).

A LDO define os parâmetros e as metas fiscais para a elaboração do Orçamento do ano seguinte. Por determinação da Lei de Responsabilidade Fiscal, contém um anexo com os riscos para as contas públicas no curto e no longo prazo. De acordo com esse relatório, cada R$ 1 de aumento no salário mínimo tem impacto de R$ 301,6 milhões nos benefícios previdenciários, sociais e trabalhistas pagos pelo governo. Como o salário mínimo subirá R$ 42, o impacto total será de quase R$ 13 bilhões.

A maior parte dos gastos extras virá da Previdência Social, cujo déficit subirá em R$ 8,6 bilhões no próximo ano apenas por causa do reajuste do salário mínimo. O impacto pode ser amenizado com uma eventual recuperação da economia que aumente o emprego formal e reduza o rombo nas contas da Previdência.

A segunda fonte de impacto do novo salário mínimo será nos benefícios da Lei Orgânica de Assistência Social (Loas), cuja despesa aumentará em R$ 2,2 bilhões em 2018. Em seguida vêm os benefícios trabalhistas – abono salarial e seguro desemprego –, que terão alta de R$ 1,8 bilhão. Por fim, os gastos com a renda mensal vitalícia – auxílio para pessoas incapacitadas que parou de ser concedido nos anos 90, mas que ainda é pago a beneficiários com direito adquirido – se elevarão em R$ 50,4 milhões.

Desde 2012, o salário mínimo é reajustado pela inflação do ano anterior pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que mede o custo de vida das famílias mais pobres, mais o crescimento da economia de dois anos anteriores. Por lei, a regra atual vai até 2019. Como o Produto Interno Bruto (PIB – soma dos bens e serviços produzidos) caiu 3,6% no ano passado, o salário mínimo de 2018 foi corrigido unicamente pela inflação.

(Agência Brasil)