Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Audiência sobre extinção de comarcas ocorrerá em agosto, avisa Audic Mota

179 1

Do primeiro-secretário da Assembleia Legislativa, Audic Mota, recebemos nota em que o parlamentar destaca a luta da OAB contra a extinção de 34 comarcas, o que está previsto no projeto de reestruturação do Poder Judiciário cearense, em tramitação no legislativo estadual. Confira:

Caro Eliomar de Lima,

Sobre o caso envolvendo o projeto da extinção de comarcas no Estado, queria pontuar que recebi faz aproximadamente um mês, quando o projeto ainda estava em discussão no Plenário do Tribunal de Justiça, a visita do presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, regional do Ceará, Marcelo Mota, demonstrando a preocupação sobre o tema.

Registro que  OAB, quando promoveu o debate sobre o tema no âmbito do seu Conselho, fez convite à Assembleia Legislativa para que participasse, antecipando um diálogo Institucional que se avizinhava.

De todo modo, após tomar conhecimento do eminente envio da mensagem à AL, além de outras manifestações pontuais de entidades, a OAB nos requereu que provocássemos o debate no âmbito do Plenário da Casa Legislativa dada a importância do tema e grande repercussão na advocacia e na sociedade, o que efetivamente foi feito.

Referido debate deverá ocorrer no mês de agosto durante o tempo destinado ao segunda expediente de uma sessão ordinária, oportunidade em que a grande maioria dos deputados deverá estar presente.

Escrevo-lhe essas linhas para unicamente demonstrar a ação, relevo e importância da OAB/CÊ no presente debate.

Sem mais,

Audic Mota

Deputado estadual do PMDB.

Funece abre inscrições para seleção de professores

A Universidade Estadual do Ceará (Funece) lançou o Edital nº 39/2017 que tem por objetivo a seleção de professores (ocupação de vagas e cadastro de reserva) para atuação no Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), no âmbito da Funece – exercício de 2017.

Serão ofertadas vagas nos cursos de Agricultor Familiar, Avicultor, Caprinocultor, Agente de Informações Turísticas, Inglês aplicado aos Serviços Turísticos, Libras, Agente de Desenvolvimento Sócio Ambiental, Higienista de Serviços de Saúde e Assistente de Secretaria Escolar.

Poderão participar da seleção docentes integrantes do Grupo Ocupacional Magistério Superior (MAG) das Universidades Estaduais do Estado do Ceará; docentes com vínculo funcional nas esferas federal, estadual e municipal; professores sem vinculação com a Administração Pública; e profissionais atuantes nas áreas de formação acadêmica dos cursos com experiência em Educação Profissional.

Inscrições

Os candidatos interessados deverão entregar ficha de inscrição e documentação exigida em Edital na secretaria da Unidade de Educação Profissional da Uece (Unep), no prédio da Reitoria, Campus Itaperi, no período de 17 a 21 de julho, das 8 às 12 horas e das 13 às 17 horas. O pagamento da taxa de inscrição, no valor de R$ 50, deverá ser efetuado por meio de depósito bancário.

O candidato poderá se inscrever, concorrer e ser selecionado, no máximo, em duas vagas/curso/disciplina/município, desde que atenda às exigências de formação acadêmica, que seja do interesse da Funece e que não haja simultaneidade de calendário e horários.

SERVIÇO

*Leia o Edital e o Adendo nº 01.

*Mais informações – (85) 3101-9997.

Escoliose moral, pior que a Chikungunya

Com o título “Escoliose Moral, pior que a Chikungunya”, eis artigo do advogado Irapuan Diniz de Aguiar. Eis como ele vê atualmente os parlamentares e o Parlamento brasileiro. Confira:

Os recentes episódios que vêm ocorrendo no parlamento brasileiro, seja na esfera federal ou estadual, fartamente expostos pela mídia, demonstram a total falta de compromisso dos nossos representantes com os interesses coletivos e cristaliza a crise moral. O que preside as ações e os comportamentos dos parlamentares é a preocupação, tão somente, com a própria manutenção no poder e a obtenção de vantagens pessoais, conduzindo-se por uma inclinação devassa que chega a enojar.

Essa realidade, ao tempo em que desencanta e desestimula os eleitores, permite que se possa refletir sobre as fontes dos infortúnios brasileiros, entre as quais a crescente crise ética e moral que se instalou no Legislativo. A grande disputa de espaços e a perene luta pelo poder faz com que deputados e senadores passem a ver seus colegas, não como oponentes nos debates das idéias, mas como competidores por conta de, em regra, seguirem cega obediência ao Olimpo, se desnudando dos valores que deveriam engrandecer seus mandatos. O Parlamento, dessa forma, fica dividido entre os que “pisam” e os que são “pisados” – colocando os iguais em planos diferentes.

Vivemos uma crise de legitimidade do modelo político, por não corresponder às necessidades de participação e de mudança da sociedade. Amarguramos uma crise de representatividade dos partidos políticos tradicionais, vinculados as oligarquias regionais e/ou aos mandatários de plantão. Antes da crise econômica ou política, experimentamos uma profunda esta profunda crise ética e moral decorrente da fragilidade de tais práticas condenáveis no exercício do múnus público. A esperança de obter ganhos e espaços induz o Parlamentar a se submeter a determinações que lhe retiram a oportunidade de se afirmar como legítimo representante do povo o qual deixa de ser o “seu patrão”. A vontade do povo é substituída, por conseqüência, pelo desejo do governante.

A ética e a moral são valores do homem livre. Na ética se mede a forma pela qual o homem deve se comportar no meio social sendo, pois, a ciência da conduta humana. Ela está intimamente ligada ao caráter das pessoas. Na moral se avalia a qualidade desta conduta.

A inobservância a estas regras de convivência humana dá lugar a toda sorte de posturas condenáveis que contaminam os que fazem o Parlamento, não só o apequenando diante dos olhos da sociedade mas, e especialmente, atingindo suas dignidades. A esta enfermidade que acomete os legisladores do país podemos denominar de ‘escoliose moral’ cuja cura é difícil porquanto para ela não tem remédio já que a mudança está na índole e na consciência de cada um dos detentores de mandato popular.

*Irapuan Diniz Aguiar,

Advogado.

Entrada gratuita – Musical “Tudo tem seu tempo” encerra temporada em Fortaleza

Nada se mostra tão poderoso quanto o tempo. Ele é regente das alegrias, das dores, dos sonhos e da vida. O musical “Tudo tem seu tempo” foi concebido para fazer refletir sobre o tempo do agora.

A temporada em Fortaleza será encerrada neste fim de semana, a partir desta sexta-feira (14) e também neste sábado (15), às 19 horas, no auditório da EIM Instalações Industriais, no bairro Cambeba.

No repertório, músicas que fizeram parte de cada momento de descoberta do corpo e da voz, ao longo de um ano de atividades, dos jovens do Coral Canto da Casa, e que expressam um sentido para seguir o pulso da vida. Tempos Modernos (Lulu Santos), Depois (John Ulhoa), Pouco Tempo (Francisco Neto), Admirável Chip Novo (Pitty), Último Dia (Paulinho Moska), Oração ao Tempo (Caetano Veloso), Felicidade (Marcelo Jeneci) e O Tempo Não Para (Cazuza) são algumas das músicas cantadas e interpretadas.

Contemplado pelo VIII Edital Mecenas do Ceará, da Secretaria de Cultura do Estado do Ceará, o projeto Casa da Voz, da UFC, integra a Plataforma Sinfonia do Amanhã, mantida pela Enel em parceria com o Governo do Ceará.

SERVIÇO

*Auditório da EIM Instalações Industriais – Avenida Washington Soares, 5700.

*Entrada gratuita

Prefeito vai inaugurar parque aquático em CSU do Conjunto Ceará

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT) vai inaugura, às 18 horas desta sexta-feira, o parque aquático do Centro Social Urbano (CSU) do Conjunto Ceará requalificado. A solenidade contará com a presença também do titular da Secretaria de Direitos Humanos e Desenvolvimento Social, Elpídio Nogueira.

A estrutura é composta de duas piscinas: uma para crianças e outra semiolímpica para uso adulto. Foram também instalados rede elétrica, pintura, banheiros feminino e masculino com acessibilidade, rampas de acessibilidade e câmeras de segurança.

O projeto oferece atividades esportivas como natação e hidroginástica direcionadas para crianças a partir de 6 anos de idade, jovens, adultos e idosos. As atividades serão realizadas de terça a sexta-feira, das 6 às 20 horas. A execução acontecerá no período de 12 meses, beneficiando cerca de 1.500 pessoas.

Justiça tranca ação contra nadador que relatou falso assalto nos Jogos do Rio

Só ocorre crime de comunicação falsa de delito quando a polícia toma medidas a partir da narrativa da suposta vítima — não quando a história é registrada oficialmente depois de a autoridade já ter começado a agir. Assim entendeu a 5ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro ao trancar ação penal contra o nadador norte-americano Ryan Lochte.

Ele veio ao Brasil em agosto do ano passado, para competir nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, e disse que havia sido assaltado com mais três atletas quando voltavam de uma festa. Segundo a Polícia Civil do estado, porém, o grupo provocou danos em um posto de gasolina e entregou dinheiro a um homem para reparar os estragos.

Lochte e o colega James Feigen foram acusados de comunicação falsa de crime. A defesa alegou que a polícia agiu de ofício com base em entrevista concedida por Lochte à emissora americana NBC News, ouvindo o réu formalmente apenas no dia seguinte.

O advogado Tiago Martins Lins e Silva afirmou que, mesmo se o depoimento tiver apresentado “incorreções” ou sido “inteiramente falso”, não foi a comunicação à autoridade policial que deu início à investigação.

Nessa quinta-feira (13/7), o TJ-RJ aceitou pedido de Habeas Corpus e trancou o processo. Ficou vencido o relator, desembargador Luciano Silva Barreto, que não via motivos para encerrar o caso por meio de HC. Já o desembargador Paulo Baldez concordou com os argumentos da defesa, sendo seguido por maioria de votos.

A decisão ainda não foi publicada. O nadador foi suspenso por dez meses por causa da história falsa. No último dia 1º de julho, Lochte anunciou em sua conta no Twitter que o prazo acabou e que ele se tornou um “homem melhor” depois do episódio.

Prefeitura de Maranguape convoca mais de mil concursados

300 1

Do Site da Prefeitura de Maranguape:

A Prefeitura de Maranguape finaliza, neste mês de julho, a convocação de um total de 1.004 aprovados no concurso público Nº 001/2015 para diversos cargos. Ao todo, são 733 aprovados convocados para o cargo de Professor da Educação Básica e 168 para outras áreas. Nessa sexta-feira, o edital Nº 008/2017, publicado no site da Prefeitura, no Diário Oficial do Governo do Estado e nos jornais de grande circulação, convoca mais 333 professores.

Com a ação, o prefeito de Maranguape, João Paulo Xerez, se antecipa ao cronograma de convocação previsto para até dezembro de 2017 e convoca todos os aprovados nos sete primeiros meses da gestão 2017-2020. A iniciativa preza pelo compromisso da gestão de valorizar o servidor público municipal.

Além dos 733 convocados aprovados no concurso para a área da Educação, também já foram chamados 168 aprovados em outras categorias, sendo 17 agentes comunitários de saúde, 21 agentes de combate a endemias, dois auditores de tributos municipais, três fiscais de meio ambiente, 10 agentes administrativos, cinco assistentes sociais, 40 auxiliares de serviços gerais, 26 vigias, três fiscais de controle urbano, 15 guardas municipais, dois instrutores de libras, sete interpretes de libras, dois psicólogos e 15 secretários escolares.

Nos próximos dias, a Prefeitura de Maranguape divulgará o edital de convocação de outros 103 aprovados para o cargo de Vigia. No total, são 129 vagas para esta função, sendo que 26 foram chamados em maio.

No início de janeiro, em pouco mais de 20 dias de gestão, a Prefeitura de Maranguape convocou 400 aprovados para a área da Educação. Em maio, foi iniciada a convocação de todos os cargos previstos no edital nº 001/2015 e agora, neste mês de julho, a Prefeitura chama o restante dos aprovados no certame de 2015.

Vítor Frota comandará a Academia Cearense de Engenharia

Victor e o presidente da Academia Nacional de Engenharia, Francis Bogossian.
 
O presidente do Conselho de Engenharia e Agronomia do Ceará (Crea-CE), engenheiro civil Victor Frota, acaba de ser eleito presidente da Academia Cearense de Engenharia (ACE) para o mandato com início em 11 de dezembro de 2017 e término em 10 de dezembro de 2019. Victor Frota foi um dos fundadores da academia (surgiu em 2015).
Ele participa em São Paulo do Encontro Nacional da Engenharia Civil, onde aproveitou para confirmar a vinda para seu ato de posse à frente da academia, do engenheiro Francis Bogossian, presidente da Academia Nacional de Engenharia. A posse ocorrerá em dezembro.
DETALHE – O vice-presidente de Vitor Frota é um ex-presidente do Crea-CE, Antonio Salvador da Rocha.
(Foto – Divulgação)

Rogéria é internada no Rio

A atriz Rogéria está internada desde a manhã de ontem (13) na Casa de Saúde Pinheiro Machado, na zona sul do Rio de Janeiro, por causa de uma infecção urinária, segundo seu produtor, Alexandro Haddad. O hospital não divulgou boletim de saúde.

De acordo com o produtor, Rogéria se queixou de dores na coluna na noite anterior à sua internação e, em um primeiro momento, foi atendida e medicada em casa, na zona sul do Rio de Janeiro. Com a persistência das dores, ela foi levada à unidade de saúde, onde deu entrada por volta de 6h de ontem.

No hospital, os médicos identificaram que a causa das dores era uma infecção urinária, segundo Haddad. Ele conta que Rogéria está internada na Unidade de Terapia Intensiva apenas para ser observada mais de perto e diz que o caso não é grave.

“Ela está bem, está corada, está em um quarto separado, com televisão. Nem está em leito”, disse Haddad. “O médico brincou que ela está com a saúde melhor do que a dele”.

(Agência Brasil/Foto – Revista Quem)

O Cocó do lazer e o Cocó da natureza selvagem

Com o título “Uma proposta para o Cocó”, eis artigo do arquiteto Jayme Leitão, que pode ser conferido também no O POVO desta sexta-feira. Ele propõe o uso do Cocó em dois parques: um para quem quer só lazer e outro para aqueles que adoram natureza selvagem. Confira:

Mosquitos e mutucas, lacraias e escorpiões, aranhas e formigueiros; nossos parques equatoriais são bem diferentes dos parques ingleses, com sua relva perfeita, seus carvalhos e chorões, sua natureza comportada e sem insetos, domada pela assepsia do frio. Aqui, a vida pulula, fermentada pelo calor e pela umidade – e o nosso Parque do Cocó não foge à regra. Como se sabe, o Parque se situa numa região alagadiça, de baixio, onde antes tínhamos as salinas – aliás, se fosse terra alta e enxuta, não teríamos parque nenhum e a área certamente estaria edificada há muitos anos…

Pois bem, como poderia a população desfrutar de um parque assim? A resposta é: em duas instâncias. A primeira, dentro de um parque/calçadão anelar ao longo de todo o perímetro; a segunda, dentro da área cercada, na forma de parque intocado de quem esteja disposto a fazer turismo ecológico. A criação desse grande anel de contorno implicaria o deslocamento da grade metálica de proteção para dentro da reserva, gerando um parque linear ao longo do perímetro com largura de uns 40m a 50m; esse seria um parque “domado” com grama, ciclovias, árvores, paisagismo, pista de atletismo, equipamentos de ginástica, quiosques, bancos e mesas, iluminação e policiamento, faixa de estacionamento para veículos, enfim: uma grande praça/parque linear que poderia chegar a 15km ou 20km de extensão, permitindo que a população pudesse realmente desfrutar do Parque do Cocó, criando essa zona de transição ao nível da avenida, com tratamento paisagístico e contato amigável com o usuário. Aos amantes da natureza selvagem, é ultrapassar a grade e entrar na reserva intocada, com roupa e equipamento adequado.

Uma medida simples, que traria um novo significado urbano para a nossa maior área verde, permitindo uma nova apropriação do Parque por parte do fortalezense, tão carente de espaços públicos arborizados, limpos, iluminados e seguros.

*Jayme Leitão

jayme@reata.com.br

Arquiteto.

Vitor Valim é a favor da investigação de Temer: “Ninguém está acima da lei!”

418 1

Do deputado federal Vitor Valim (PMDB) sobre a abertura de processo contra o presidente Michel Temer:

“A minha posição nunca mudou. Nunca tive dúvida, sempre fui a favor de investigação contra quem quer que seja. Ninguém está acima da lei. Todo mundo precisa ser investigado. Voltarei favorável à abertura do inquérito contra o Presidente Michel Temer.”

A votação do parecer contrário à abertura de processo está marcada para 4 de agosto próximo. Valim ficará, portanto, com a oposição.

O governo Temer diz ter maioria para derrubar essa matéria.

Presidente da Fiec participa de reunião da Sudene que discute atração de investimentos

Edilson Baldez (FIEMA), Ricardo Essinger (FIEPE), Amaro Sales ( FIERN), Carlos Lyra( FIEAL), Bneto Studart e Francisco Gadelha ( FIEPB)

O presidente da Federação das Indústrias do Ceará, Beto Studart, participa, nesta semana, no Recife (PE), da reunião da Sudene que trata do Roadshow Investimento e Desenvolvimento do Nordeste. O encontro acontece a pedido da Associação Nordeste Forte, que reúne os presidentes de federação de indústrias do Nordeste.

Acompanham ainda o presidente Beto, o secretário de Desenvolvimento Econômico do Ceará, César Ribeiro, além de Carlos Prado, Firmo de Castro , Assis Neto, Fernando Castelo Branco e o chefe de gabinete da FIEC, Sergio Lopes.

O evento tem como objetivo debater projetos, recursos e desafios, visando promover o desenvolvimento e incrementar a economia do setor industrial no Nordeste. Ocorre na sede da Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (FIEPE).

Road show

O Road Show é o primeiro de uma série de encontros regionais que serão realizados nos nove estados do Nordeste, e vai viabilizar um modelo de atração de empresas para a região.

A ideia é levar informações aos empresários sobre a atuação da Superintendência, focando nos instrumentos e políticas capazes de atrair projetos que impulsionem o desenvolvimento, ampliando a geração de emprego e renda na Região.

(Foto – Sudene)

Capitão Wagner pode deixar o Partido da República

O deputado estadual Capitão Wagner (PR) admitiu, numa mensagem que gravou em suas redes sociais, deixar o Partido da República. Ele diz estar muito incomodado com o cenário atual onde seu partido apoia em Brasília a manutenção do presidente Michel Temer.

A saída dele para o PR do Ceará seria um grande prejuízo. Mais votado para a Assembleia (194,2 mil votos), com direito a puxar o deputado federal Cabo Sabino, Wagner ainda é um dos poucos parlamentares que fazem oposição no Ceará ao esquema do governador Camilo Santana (PT) e do prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT) – diga-se Ferreira Gomes.

“Se esse fechamento de questão resultar em perseguição a qualquer deputado federal do PR, não vou mais permanecer no partido. É um absurdo o que está sendo feito, nenhum partido tem o direito de obrigar os seus parlamentares a votar contra a vontade popular, contra as evidências dos autos, contra sua própria consciência (…) é ditatorial”, disse. A votação do parecer pró-Temer ocorrerá no dai 4 de agosto próximo.

Capitão Wagner chegou a disputar a prefeitura para Roberto Cláudio, mas manteve-se firme na mídia com sua atuação parlamentar.

*Confira a fala do Capitão em seu Facebook aqui.

Atividade econômica registra queda em maio

A atividade econômica registrou queda em maio. O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) dessazonalizado (ajustado para o período) apresentou queda de 0,51%, comparado a abril, de acordo com dados divulgados hoje (14).

Na comparação entre maio deste ano e o mesmo mês de 2016, houve crescimento de 1,40%, de acordo com os dados sem ajustes já que são períodos iguais na comparação.

Em 12 meses encerrados em maio, a retração ficou em 2,23% e no ano, em 0,05%.

O IBC-Br é uma forma de avaliar a evolução da atividade econômica brasileira e ajuda o BC a tomar suas decisões sobre a taxa básica de juros, a Selic.

O índice incorpora informações sobre o nível de atividade dos três setores da economia: indústria, comércio e serviços e agropecuária, além do volume de impostos. Mas o indicador oficial sobre o desempenho da economia é o Produto Interno Bruto (PIB) , calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

(Agência Brasil)

Lula ganha um “papagaio de pirata” imbatível

222 2

Durante seu pronunciamento, nessa quinta-feira, para falar sobre sua condenação a nove anos e seis meses pelos crimes de lavagem de dinheiro e corrupção passiva, o ex-presidente Lula não ganhou só a solidariedade dos petistas.

Segundo a turma maldosa da política local, ganhou também um “papagaio de pirata” imbatível, que não largou do seu pé nesse clima de esclarecimentos contra a sentença do juiz federal Sergio Moro: o deputado federal cearense José Nobre Guimarães, que ficou à direita de Lula em tudo que foi holofote.

Bom lembrar que Guimarães é o líder da minoria na Câmara.

(Foto – Exame)

“Shaolin do Sertão” disputa em cinco categorias do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro

Apelidado de “Oscar do cinema nacional”, pela pompa, pela gala e pelo espírito de integrar produtores, diretores e atores num clima de “indústria”, o Grande Prêmio do Cinema Brasileiro chega este ano à sua 16ª edição – a ser realizada no dia 5 setembro, no Teatro Municipal do Rio de Janeiro – tendo Elis, de Hugo Prata, como seu líder de indicações.

Entre os destaques, aparece o filme “Shaolin Do Sertão”, do cearense Halder Gomes disputando em cinco categorias: melhor longa-comédia, melhor som, melhor figurino, melhor direção de arte e melhor maquiagem.

Ao todo, 35 longas e 18 curtas-metragens concorrem em 24 categorias. Este ano, a direção da cerimônia ficou a cargo de Bia Lessa, uma das mais prestigiadas diretoras de teatro do Brasil.  O ator Antonio Pitanga (Ganga Zumba) e a atriz e cineasta Helena Ignez (Ralé) serão alvo de homenagens na cerimônia pelo conjunto de suas carreiras. Confira os indicados:

Melhor Longa-Metragem De Ficção

  • Aquarius, de Kleber Mendonça Filho
  • Boi Neon, de Gabriel Mascaro.
  • Elis, de Hugo Prata.
  • Mãe Só Há Uma, de Anna Muylaert.
  • Nise – O Coração Da Loucura de Roberto Berliner

Melhor Longa-Metragem Documental

  • Cícero Dias, o Compadre De Picasso, De Vladimir Carvalho
  • Cinema Novo, de Eryk Rocha.
  • Curumim, de Marcos Prado.
  • Eu Sou Carlos Imperial, de Renato Terra E Ricardo Calil
  • Marias, de Joana Mariani.
  • Menino 23 – Infâncias Perdidas No Brasil, de Belisario Franca
  • Quanto Tempo O Tempo Tem, de Adriana L. Dutra

Melhor Longa-Metragem Comédia

  • BR716, de Domingos Oliveira
  • É Fada!, de Cris D’Amato
  • Minha Mãe É Uma Peça 2, de César Rodrigues
  • O Roubo da Taça, de Caito Ortiz
  • O Shaolin do Sertão, de Halder Gomes

Melhor Direção

  • Afonso Poyart por Mais Forte Que O Mundo – A História De José Aldo
  • Anna Muylaert por Mãe Só Há Uma
  • David Schurmann por Pequeno Segredo
  • Gabriel Mascaro por Boi Neon
  • Kleber Mendonça Filho por Aquarius

Melhor Atriz

  • Adriana Esteves como Dilza por Mundo Cão
  • Andréia Horta como Elis por Elis
  • Glória Pires como Nise da Silveira Por Nise – O Coração Da Loucura
  • Julia Lemmertz como Heloisa por Pequeno Segredo
  • Sonia Braga como Clara Ppor Aquarius
  • Sophie Charlotte como Severina por Reza A Lenda

Melhor Ator

  • Caio Blat como Felipe por BR716
  • Cauã Reymond como Ara por Reza A Lenda
  • Chic Diaz como Gomez por Em Nome Da Lei
  • Domingos Montagner como Covro por Um Namorado Para Minha Mulher
  • Juliano Cazarré como Iremar por Boi Neon
  • Lázaro Ramos como Paulinho por Mundo Cão

Melhor Atriz Coadjuvante

  • Alice Braga como Sandra por Entre Idas E Vindas
  • Andréa Beltrão como Ana Lucia por Sob Pressão
  • Laura Cardoso como Yolanda por De Onde Eu Te Vejo
  • Maeve Jinkings como Ana Paula por Aquarius
  • Maeve Jinkings como Galega por Boi Neon
  • Sophie Charlotte como Gilda por BR716

Melhor Ator Coadjuvante

  • Caco Ciocler como César Camargo Mariano por Elis
  • Dan Stulbach como Marcos por Meu Amigo Hindu
  • Flavio Bauraqui como Octávio Ignácio por Nise – O Coração Da Loucura
  • Gustavo Machado como Ronaldo Bôscoli por Elis
  • Irandhir Santos como Roberval por Aquarius

Melhor Direção De Fotografia

  • Adrian Teijido por Elis
  • André Horta por Nise – O Coração Da Loucura
  • Diego Garcia por Boi Neon
  • Marcelo Corpanni por Reza A Lenda
  • Mauro Pinheiro Junior por Meu Amigo Hindu

Melhor Roteiro Original

  • Afonso Poyart e Marcelo Rubens Paiva por Mais Forte Que O Mundo – A História De José Aldo
  • Anna Muylaert por Mãe Só Há Uma
  • Domingos Oliveira por Br716
  • Gabriel Mascaro por Boi Neon
  • Kleber Mendonça Filho por Aquarius

Melhor Roteiro Adaptado

  • Fil Braz E Paulo Gustavo or Minha Mãe É Uma Peça 2
  • Hilton Lacerda e Ana Carolina Francisco por Big Jato
  • Lusa Silvestre E Julia Rezende por Um Namorado Para Minha Mulher
  • Neville D’almeida e Michel Melamed por A Frente Fria Que A Chuva Traz
  • Walter Lima Jr por Através Da Sombra

Melhor Direção De Arte

  • Clovis Bueno, Isabel Xavier e Caroline Schamall por Meu Amigo Hindu
  • Daniel Flaskman por Nise – O Coração Da Loucura
  • Frederico Pinto por Elis
  • Juliana Ribeiro por O Shaolin Do Sertão
  • Juliano Dornelles e Thales Junqueira por Aquarius

Melhor Figurino

  • Cássio Brasil por Reza A Lenda
  • Cris Kangussu por Nise – O Coração Da Loucura
  • Cristina Camargo por Elis
  • Flora Rebollo por Boi Neon
  • Luciana Buarque por O Shaolin Do Sertão

Melhor Maquiagem

  • Alex De Farias por Boi Neon
  • Anna Van Steen por Elis
  • Bruna Nogueira por Meu Amigo Hindu
  • Cristiano Pires por O Shaolin Do Sertão
  • Tayce Vale por Reza A Lenda

Melhores Efeitos Visuais

  • Binho Carvalho e José Francisco por Reza A Lenda
  • Eduardo Amodio por Aquarius
  • Guilherme Ramalho por Elis
  • Marcelo Siqueira por Pequeno Segredo
  • Mari Figueiredo por Mais Forte Que O Mundo – A História De José Aldo

Melhor Montagem Ficção

  • Eduardo Serrano por Aquarius
  • Fernando Epstein e Eduardo Serrano por Boi Neon
  • Gustavo Giani por Meu Amigo Hindu
  • Karen Harley por Big Jato
  • Tiago Feliciano por Elis

Melhor Montagem Documentário

  • Alexandre Lima por Curumim
  • Gabriel Medeiros por Geraldinos
  • Jordana Berg por Eu Sou Carlos Imperial
  • Renato Vallone por Cinema Novo
  • Yan Motta por Menino 23 – Infâncias Perdidas No Brasil

Melhor Som

  • Alfredo Guerra e Érico Paiva por O Shaolin Do Sertão
  • Fabian Oliver, Mauricio D’orey e Vicent Sinceretti por Boi Neon
  • Gabriela Cunha, Daniel Turini, Fernando Henna e Paulo Gama por Sinfonia Da Necrópole
  • Jorge Rezende, Alessandro Laroca, Armando Torres Jr. e Eduardo Virmond Lima por Elis
  • Nicolas Hallet E Ricardo Cutz por Aquarius
  • Paulo Ricardo Nunes, Miriam Biderman, Ricardo Reis e Paulo Gama por Reza a Lenda

Melhor Trilha Sonora Original

  • Alceu Valença por A Luneta Do Tempo
  • Antonio Pinto por Pequeno Segredo
  • Dj Dolores por Big Jato
  • Jaques Morelenbaum por Nise – O Coração Da Loucura
  • Otavio De Moraes por Elis

Melhor Trilha Sonora

  • Alexandre Guerra por O Vendedor De Sonhos
  • Bernardo Uzeda por Mate-Me Por Favor
  • Domingos Oliveira por Br716
  • Mateus Alves por Aquarius
  • Mauricio Tagliari por Mundo Cão

Melhor Longa-Metragem Estrangeiro

  • A Chegada – De Denis Villeneuve
  • A Garota Dinamarques – De Tom Hooper.
  • Animais Noturnos– De Tom Ford
  • Elle– De Por Paul Verhoeven
  • O Filho De Saul– De László Nemes
  • Spotlight – Segredos Revelados – De Tom Mccarthy

Melhor Curta-Metragem Animação

  • Cartas, de David Mussel
  • O Caminho dos Gigantes, de Alois Di Leo
  • O Projeto Do Meu Pai, de Rosaria Maria
  • Quando ds Dias Eram Eternos, de Marcus Vinicius Vasconcelos
  • Tango, de Francisco Gusso e Pedro Giongo
  • Vento, de Betânia Furtado
  • Vida de Boneco, de Flávio Gomes

Melhor Curta-Metragem Documentário

  • A Morte do Cinema, de Evandro De Freitas
  • Abissal, de Arthur Leite
  • Aqueles Anos de Dezembro, de Felipe Arrojo Poroger
  • Buscando Helena, de Ana Amélia Macedo e Roberto Berliner
  • Índios No Poder, de Rodrigo Arajeju
  • Orquestra Invisível Let’s Dance, de Alice Riff

Melhor Curta-Metragem Ficção

  • A Moça Que Dançou Com o Diabo, de João Paulo Miranda Maria
  • Constelações, de Maurílio Martins
  • E O Galo Cantou, de Daniel Calil
  • Não Me Prometa Nada, de Eva Randpolph
  • O Melhor Som Do Mundo, de Pedro Paulo De Andrade

Tem voto popular também no GPCB: a votação será aberta no dia 1º de agosto, a partir de quando o público vai poder eleger seus preferidos através do site da Academia Brasileira de Cinema nas categorias “Melhor Longa-metragem Ficção”, “Melhor Longa-metragem Documental” e “Melhor Longa-metragem Estrangeiro”.

*Confira mais sobre Grande Prêmio do Cinema Brasileiro

Fiec agradece aos senadores Tasso e Eunício pelo apoio à Reforma Trabalhista

277 1

Os jornais locais de Fortaleza, desta sexta-feira, estampam uma página paga pela Federação das Indústrias do Ceará (Fiec). A entidade destaca a participação de dois dos três senadores cearenses na aprovação da reforma trabalhista.

Lembra que foi um momento histórico para o País essa aprovação, destacando que Tasso Jereissati (PSDB) e Eunício Oliveira (PMDB) confirmaram “as suas trajetórias de homens públicos comprometidos com o desenvolvimento”.

E conclui: ‘” eles, o agradecimento da indústria cearense.”

DETALHE – Fora dessa festa da Fiec ficou o senador José Pimentel, do PT.