Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Fundos Constitucionais aumentaram liberações em 15% no primeiro quadrimestre

Empreendedores e produtores das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste acessaram mais de R$ 10,5 bilhões no primeiro quadrimestre deste ano, via Fundos Constitucionais de Financiamento que atendem a esses territórios. O número representa um crescimento de 15,92% no volume de recursos captados no mesmo período em 2018. Os valores são administrados pelo Ministério do Desenvolvimento Regional e concedidos por meio do Banco da Amazônia, do Banco do Nordeste (BNB) e do Banco do Brasil, respectivamente.

A maior parte dos recursos, segundo a assessoria de comunicação da pasta, foi contratada no Nordeste, responsável pela captação de R$ 7,1 bilhões via Fundo Constitucional de Financiamento da região (FNE), entre janeiro e abril deste ano. O Rio Grande do Norte foi um dos destaques nesse período, ao aumentar o volume de financiamentos em 162%, alcançando um total de R$ 1,8 bilhão. Por sua vez, a Bahia aparece como o estado com o maior total de contratos, que somam mais de R$ 2,1 bilhões.

Os financiamentos para setores empresariais no Nordeste apresentaram aumento de 37,4%, alcançando mais de R$ 5,6 bilhões no período analisado. E os contratos que atenderam empreendimentos de pequeno e pequeno-médio porte foram os principais destaques, com avanços de 75,9% e 54% em seus volumes captados, respectivamente.

No Norte do País, registrou-se um acréscimo de 63,3% no montante contratado por empreendedores e produtores por meio do Fundo Constitucional de Financiamento da região (FNO). Se nos primeiros quatro meses de 2018 foram utilizados R$ 732,7 milhões, neste ano já foram contratados cerca de R$ 1,2 bilhão – com destaque para as movimentações no segmento empresarial, que cresceram 176%.

As atividades de médio (225%) e pequeno porte (119,1%) apresentaram as maiores variações positivas no período da análise. Amazonas (174,9%), Pará (100,6%) e Roraima (92,3%) foram as unidades federativas que registraram o maior aumento de captação de recursos do FNO.

Já o volume de recursos captados no âmbito do Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste (FCO) alcançou R$ 2,2 bilhões entre janeiro e abril deste ano. O valor apresenta ligeira variação negativa de 12,2% na comparação com o mesmo período em 2018, quando foram contratados R$ 2,5 bilhões. Isso porque a solicitação de crédito pelo setor rural registrou redução de 29,4%. Por outro lado, no entanto, os financiamentos empresariais saltaram 77,4%. As atividades de grande porte, por exemplo, captaram 85,2% mais dinheiro que no ano passado. O Distrito Federal foi o principal destaque da região, com elevação de 84,3% no total de financiamentos contratados.

Para o ministro Gustavo Canuto, os Fundos Constitucionais são instrumentos fundamentais para a redução das desigualdades regionais e o desenvolvimento do Norte, Nordeste e Centro-Oeste – territórios considerados prioritários pela Constituição Federal de 1998. “Essas três regiões, historicamente, tiveram um déficit de investimentos e os Fundos atuam para dar condições de igualdade para os desiguais. E os números provam que eles são uma ferramenta muito importante para apoiar o desenvolvimento produtivo e econômico”, destacou o ministro.

Governo do Ceará promove encontros regionais para elaboração do PPA 2020-2023

O Governo do Ceará vai promover, ao longo deste mês de junho, uma série de encontros regionais para elaboração do Plano Plurianual (PPA 2020-2023). Os trabalhos serão coordenados pela Secretaria do Planejamento e Gestão (Seplag). Técnicos do Governo irão a todas as macrorregiões de planejamento do Estado para ouvir os segmentos da sociedade, num amplo processo de participação popular.

A série de encontros tem início nesta primeira semana de junho e prosseguirá, com toda a programação, até o final do mês. Ao todo serão 14 encontros regionais, com a participação de representantes do Poder Público, dos colegiados territoriais e dos conselhos de direitos e de políticas públicas, bem como representantes da sociedade civil e dos setores produtivo e acadêmico.

Calendário de eventos

Na elaboração do PPA 2020-2023 vão ser observadas como premissas a gestão pública para resultados, a participação cidadã, a promoção do desenvolvimento territorial, a intersetorialidade e a sustentabilidade.

A partir do PPA são elaborados outros instrumentos de planejamento como a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e a Lei Orçamentária Anual (LOA).

Pelo fim da ditadura do asfalto

156 1

Como título “Logística: somos reféns do asfalto”, eis artigo de Ernesto Antunes, consultor do Sebrae. Ele defende o fim da ditadura do asfalto. Confira:

Como atuamos na área de Logística de Transportes, verificamos que a greve dos caminhoneiros que completa um ano, deixou um recado claro: O País é refém do modal rodoviário. Sobre quatro rodas se transportam 65% da riqueza nacional. Se os motoristas cruzam os braços, o Brasil para. O governo passado pagou para ver. A paralisação pôs o pé no freio no crescimento econômico e fez o Produto Interno Bruto desabar, a ponto de encerrar 2018 com avanço de minguado 1,1%, nada para um País com tantas demandas sociais.

Analisando friamente esse imbróglio, temos uma certeza: Mesmo que a equipe econômica encabeçada por Paulo Guedes encontre uma saída para a crise com a categoria, a resposta será temporária. O Brasil paga a fatura de opções erradas feitas no passado, que tornaram o País refém do modal rodoviário. À medida que a industrialização nacional avançava, o asfalto foi ganhando a preferência tanto nos transportes de passageiros quanto no de cargas. Outros modais de transportes seguram o caminho inverso.

Juscelino Kubitschek, na segunda metade do século passado, acelerou o processo. Deu enorme impulso à indústria automobilística e deixou em segundo ou terceiro plano o transporte de cabotagem e de ferrovias. Os militares que assumiram o poder em 1964, também contribuíram para reduzir a malha ferroviária. Resultado: subverteu-se a lógica. Caminhões que deveriam responder por distâncias de até 400 quilômetros, deixando para o trem trechos mais longos, terminam imperando sem concorrência nos 8,5 milhões de quilômetros quadrados do território nacional.

Conhecidos diagnósticos, impõe-se solução duradoura; libertar-se da ditadura do asfalto. Mas ninguém é ingênuo de imaginar que a resposta resultará de uma simples canetada do presidente, pois o lobby nos meios políticos ainda é muito grande para atender toda a cadeia produtiva desse modal. Esse tipo de atitude tem tornado o nosso País ineficiente quando o assunto é a logística de transportes, principalmente pelo custo elevado, não cumprimento dos prazos de entrega e pela própria ineficiência dos portos, quando se trata de exportação.

*Ernesto Antunes,

Consultor do Sebrae/CE e Federação das Indústrias do Ceará (Fiec).

(Foto – Divulgação)

Instituto de Cultura e Arte da UFC fará ocupação artística no Teatro São José

Grupo Casa Caiada está na programação.

Diversos grupos artísticos do Curso de Música da Universidade Federal do Ceará promoverão uma série de apresentações e concertos didáticos na Semana de Ocupação do Instituto de Cultura e Arte (ICA). A programação, de 7 a 9 próximos, ocupará espaços no Teatro São José (Centro) e será aberta ao público, com sessões gratuitas e ingressos vendidos a preços populares, informa a assessoria de imprensa da UFC.

Na sexta-feira (7), às 14 horas, haverá recital Alma lírica, do Núcleo de Experimentações Operísticas (NEOU), sob a direção da professora Maria Juliana Linhares, com canções de câmara, peças de oratórios, poemas sinfônicos e árias de ópera de diferentes períodos da história da música ocidental. Na sequência, às 15 horas, é a vez do concerto didático da Banda Sinfônica da UFC-Fortaleza, sob a regência do professor Filipe Ximenes, com um repertório de peças representativas da música popular brasileira e do regionalismo nordestino.

No sábado (8), às 17 horas, Latinidades e danças populares: contrastes e aproximações entre fronteiras é o concerto didático proposto pelo Grupo de Violoncelos da UFC, coordenado pela professora Dora Utermohl de Queiroz. Formado por oito violoncelistas, o grupo partilha com o público uma seleção de obras de compositores europeus e latino-americanos. A entrada é franca para o recital Alma lírica e os concertos didáticos.

Com sessões nos dias 7, 8 e 9 de junho, às 19 horas, o Grupo de Música Percussiva Acadêmicos da Casa Caiada estreia a temporada de Que caboclo são vocês?. O quarto espetáculo cênico-musical do Casa Caiada é inspirado em sons e ritmos de manifestações da cultura popular, como o caboclinho, o bumba-meu-boi e a capoeira. Criado em 2008, o grupo é atualmente dirigido pela professora Catherine Furtado e promove a formação artística e docente dos estudantes de Música através de práticas coletivas de percussão.

Os ingressos do espetáculo do grupo Casa Caiada custam R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia) e podem ser adquiridos na bilheteria do Teatro São José.

SERVIÇO

*Programação completa aqui.

*Teatro São José – Rua Rufino de Alencar, 299, Centro de Fortaleza.

(Foto – Divulgação)

 

Assembleia Legislativa debate crescimento do turismo de eventos em Fortaleza

A Assembleia Legislativa realizou, nesta tarde de segunda-feira, uma audiência pública que tratou sobre o crescimento do turismo de eventos em Fortaleza. O encontro ocorreu no Complexo das Comissões Técnicas por iniciativa do deputado Sérgio Aguiar (PDT). A audiência pública discutiu principalmente a “Pesquisa do Impacto do Turismo de Eventos na Economia do Ceará”.

O Ceará é um referencial com praias paradisíacas de águas cristalinas, comidas típicas e uma divertida vida noturna. Tudo chama a atenção do mundo. Há cinco anos o setor de turismo cearense era responsável por 5% de toda a riqueza produzida no Estado. Segundo o Ipece, daqui a 15 anos serão 25%.

Pesquisas

Em 2002, só em Fortaleza, foram realizados 102 eventos de turismo. Segundo a Secretaria Estadual do Turismo foram deixados R$ 49 milhões. Em 2015 foram realizados 560 eventos e os participantes deixaram R$ 368 milhões somente no turismo de eventos. Segundo Sérgio Aguiar, esses dados são “prova de que Fortaleza cresceu no setor de eventos turísticos”. Ele diz que este crescimento não foi por acaso e lembra que em 2012 o Governo do Estado do Ceará inaugurou o Centro de Eventos do Ceará.

As atividades turísticas no Ceará registraram de 2006 a 2017 um aumento de mais de 60% de demanda turística, segundo a Setur-Ceará. Sérgio Aguiar, que é vice-presidente da Comissão de Indústria, Comércio, Turismo e Serviço, disse que “o turismo se firma como um setor de crescente importância na economia estadual, contribuindo diretamente para a geração de emprego, renda”.

Na mais recente pesquisa, sob a responsabilidade, principalmente, Fecomércio, Unifor e Visite Ceará (Fortaleza Convention & Visitors Bureau), houve a constatação de que 94% dos turistas de eventos são brasileiros, enquanto 6% vêm de outros países. A pesquisa ainda descobriu que 60% dos turistas que visitam Fortaleza têm nível superior. E destes 18% têm especialização, 7% têm mestrado e 5% doutorado. Já 35% dos brasileiros que por aqui circulam vêm do Sudeste, com destaque para São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. Outros 27 por cento vêm do Nordeste, principalmente da Bahia e de Pernambuco.

(Foto – Divulgação)

Neymar é intimado a depor; assessoria jurídica da CBF tenta adiar

O atacante Neymar foi intimado, nesta manhã de segunda-feira, a depor na próxima sexta-feira. O jogador, que se encontra no CT da Seleção Brasileira, em Teresópolis, é investigado por supostos crimes virtuais cometidos no último domingo, quando ele publicou um vídeo com conversas e fotos íntimas da mulher que o acusa de estupro. A intimação foi entregue por policiais da Delegacia de Repressão a Crimes de Informática, informa o portal da Veja Online.

A assessoria jurídica da CBF, contratada para ajudar na defesa do jogador, está tentando adiar o depoimento para a próxima semana. O motivo é que Neymar estará em Porto Alegre na sexta-feira, concentrado para o amistoso da seleção brasileira contra Honduras, marcado para o próximo domingo.

No último sábado, uma mulher registrou um boletim de ocorrência, em São Paulo, acusando Neymar de estupro. O crime, segundo ela, foi cometido em Paris, para onde viajou a convite do próprio jogador, no mês passado. No B.O., ela afirmou que o atacante estava aparentemente embriagado e, após conversarem e trocarem carícias no hotel, o jogador se tornou agressivo e “mediante violência, praticou relação sexual contra a vontade da vítima”.

(Foto – Reprodução do Instgram)

Inflação pelo IPC-S cai para 0,22% em maio

A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) foi de 0,22% em maio. Segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV), a taxa é 0,41 ponto percentual menor que a registrada em abril (0,63%).

A queda foi provocada principalmente pelos alimentos, que caíram de uma inflação de 0,63% para uma deflação (queda de preços) de 0,37%, ou seja, uma queda de 1 ponto percentual.

Outros seis grupos de despesa tiveram redução na taxa, entre eles transportes (-0,5 ponto percentual, ao cair de 0,99% em abril para 0,49% em maio), vestuário (-0,62 ponto percentual, ao cair de 0,89% para 0,27%) e educação, leitura e recreação (-0,4 ponto percentual, ao passar de 0,5% para 0,1%).

Também tiveram diminuição saúde e cuidados pessoais (-0,22 ponto percentual, ao recuar de 0,84% para 0,62%), despesas diversas (-0,38 ponto percentual, ao passar de 0,61% para 0,23%) e comunicação (-0,3 ponto percentual, ao cair de 0,07% para -0,23%).

O único grupo de despesas com alta na taxa de abril para maio foi habitação. Avançou de 0,37% para 0,54%.

(Agência Brasil)

O Sebrae e a potência dos pequenos negócios

Com o título “A Potência dos pequenos negócios”, eis artigo de Joaquim Cartaxo, superintendente estadual do Sebrae e arquiteto. Ele destaca a força do micro e pequenos no mercado do País. Confira:

Mesmo com o dia a dia nacional tomado por sobressaltos, dificuldades, incertezas e confusão, os pequenos negócios continuam a ser fundamentais para a economia brasileira. Evidência disto estão nos resultados do último estudo do Sebrae, baseado nos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério da Economia. As micro e pequenas empresas (MPE) criaram 93,7 mil postos de trabalho formais, em abril deste ano, que significam 72,3% do total dos 129,6 mil empregos gerados no País neste mês. Quantidade quase três vezes maior ao criado pelas médias e grandes empresas.

Liderou esta geração de empregos das MPEs, no mês de abril, o setor de Serviços com mais de 55 mil vagas criadas. Depois, aparecem os pequenos negócios da Construção Civil (15.124), seguidos pelo Comércio (10.680), Indústria (6.091) e Agronegócio (5.845).

Se ampliarmos esta análise dos dados Caged para o período de janeiro a abril de 2019 constatamos que os pequenos negócios foram responsáveis pela criação de cerca de 300 mil novos postos de trabalho. Enquanto as médias e grandes empresas contribuíram com aproximadamente 20 mil novas vagas. Isto é menos de 7% da quantidade gerada pelas MPEs no quadrimestre.

Considerando apenas o estado do Ceará, verifica-se que, no mês de abril de 2019, as MPE’s cearenses produziram um saldo líquido de 2.040 novos empregos. Ao passo que as médias e grandes empresas contribuíram com apenas 76. Da mesma forma ocorrida no cenário nacional, a primazia pela geração de empregos nas MPE’s, em abril, pertenceu ao setor de Serviços (1.412).

Ponderando estes números no contexto econômico, a magnitude das micro e pequenas empresas na criação de empregos é nítida. Todavia, esta potência é desconsiderada nas políticas econômicas do País. Desde os anos 1950, nunca fez parte de qualquer estratégia nacional de desenvolvimento. Portanto, existe um débito imenso quanto à agenda dos pequenos negócios precisando de quitação. Saldá-lo significa mais emprego e renda, consequentemente, menos desigualdade social.

 

Independência promove o 11ª Prêmio Literário Jornalista Flávio Paiva

Há 11 anos consecutivos a cidade de Independência promove um prêmio literário com o nome Jornalista Flávio Paiva, este colunista do O POVO e natural desse município que fica a 308 km de Fortaleza. O objetivo é estimular o engajamento da juventude na reflexão sobre temas sociais relevantes. Nesta edição, o mote é “Jovens atuantes promovem transformações sociais”.

Neste ano, de acordo com a Prefeitura, houve um aumento de 57% de inscritos com relação ao ano anterior. Ou seja, 855 alunos, entre 13 e 17 anos, devidamente matriculados em escolas das redes públicas e privadas (da sede e dos distritos de Independência) estão se preparando para apresentar trabalhos em forma de crônica, conto, poesia ou literatura de cordel.

O evento de celebração da participação no 11º Prêmio Literário Flávio Paiva 2019 está marcado para o dia 24 de agosto, no largo da Estação Leitura (antiga estação de trem), sede da História Viva, entidade idealizada e conduzida por professores de Independência comprometidos com a educação.

(Foto – Arquivo)

Mais de 5 mil empresas caem na malha fina e devem R$ 1 bilhão

A Receita Federal identificou mais de R$ 1 bilhão em sonegação fiscal de empresas, entre março e maio deste ano. No período, foram autuadas 5.241 empresas em todo o país por irregularidades no Imposto de Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ) e na Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) do ano-calendário 2014.

O crédito tributário lançado, que inclui juros moratórios e multa de ofício de 75%, totalizou R$ 1.002.536.449,16. As irregularidades foram apuradas na Malha Fiscal Pessoa Jurídica.

A Receita Federal orienta as empresas com irregularidades no IRPJ e na CSLL dos anos-calendário seguintes a se autorregularizarem. Em junho de 2019, serão iniciadas as ações referentes ao ano-calendário 2015, com envio de cartas para mais de 14 mil empresas que apresentam inconsistências nos recolhimentos e declarações de IRPJ e CSLL de aproximadamente R$ 1,5 bilhão.

De acordo com o Fisco, o demonstrativo das inconsistências e as orientações para a autorregularização constarão na carta a ser enviada ao endereço cadastral constante do Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ) e na caixa postal dos contribuintes. A caixa postal pode ser acessada no site da Receita, no portal e-CAC.

Essa é mais uma etapa da série de ações do Projeto Malha Fiscal da Pessoa Jurídica da Receita Federal, que tem como objetivo identificar “inconsistências” no recolhimento de tributos por meio do cruzamento de informações eletrônicas, explicou o órgão.

(Agência Brasil)

Assembleia Legislativa vai debater brincadeiras perigosas difundidas pela internet

Deputados Queiroz Filho,Erika Amorim e Augusta Brito.

Nesta terça-eira, às 15 horas, a Comissão da Infância e Adolescência da Assembleia Legislativa vai promover a palestra ‘‘Semana Estadual de Prevenção das Brincadeiras Perigosas Disseminadas pela Internet’’. Os convidados a expor o tema são o fundador do Instituto DimiCuida, Demétrio Jereissati, e a psicóloga do instituto, Fabiana Vasconcelos. O encontro ocorrerá no Complexo de Comissões Técnicas da Casa, por iniciada da presidente da comissão, deputada Érika Amorim (PSD).

Segundo a parlamentar, práticas tidas como ‘inofensivas’ são divulgadas em canais do YouTube e redes sociais e podem levar adolescentes à morte. “É nosso dever sensibilizar o poder público a olhar com cuidado sobre os mecanismos de apoio aos pais que lutam contra a disseminação de jogos na internet”, alerta Érika Amorim.

Instituto DimiCuida

o Instituto DimiCuida nasceu após o filho de Demétrio Jereissati, de 16 anos, morrer depois de um jogo do desmaio – uma prática de não oxigenação estimulada por vídeos disseminados na internet. O instituto trabalha para preservar a vida de outros jovens, desenvolve pesquisas, estudos e mantém uma troca permanente de informações com outras entidades no mundo.

(Foto – ALCE)

Mais um ex-presidente da Fiec apela em favor da reforma da Previdência

98 1

O ex-presidente da Federação das Indústrias do Ceará, Fernando Cirino Gurgel, gravou vídeo convocando a população a se engajar na luta pela aprovação da proposta de reforma da Previdência do governo de Jair Bolsonaro.

O vídeo integra uma campanha institucional da Federação das Indústrias que, nos últimos dias, difunde a necessidade de se apoiar essa reforma como saída para que o Brasil volte ao crescimento econômico.

Beto Studart, atual presidente da Fiec, e Roberto Macedo, ex-presidente da entidade, já gravaram vídeos da campanha. Ambos, bom destacar, são também conselheiros da Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Planos de Saúde – Beneficiários podem fazer portabilidade

Entraram em vigor hoje (3) as novas regras para a portabilidade de planos de saúde, que incluem os beneficiários de contratos coletivos empresariais na possibilidade de troca de operadora, sem a necessidade de cumprir novo prazo de carência para utilizar os serviços médicos.

A determinação da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) está na Resolução Normativa 438, que foi publicada em dezembro pela agência reguladora. Outra mudança é a extinção da “janela” para a troca de plano, ou seja, um prazo determinado pela operadora para fazer a mudança.

A ANS também retirou a necessidade da cobertura entre os planos antigo e novo serem compatíveis para fazer a migração, abrindo a possibilidade para a contratação de coberturas mais amplas, mas mantendo a faixa de preço na maioria dos casos. Com isso, o consumidor só precisa cumprir a carência dos serviços a mais que o novo plano oferecer. O guia de compatibilidade de preços está disponível no site da agência.

Segundo o diretor de Normas e Habilitação dos Produtos da ANS, Rogério Scarabel, a concessão desse benefício para consumidores de planos empresariais era uma demanda importante na regulação do setor, já que a modalidade representa quase 70% do mercado. “A portabilidade de carências passa a ser um direito efetivo de todo consumidor de planos de saúde e vai ser mais representativa no mercado”.

Ele destaca que as novas regras são relevantes para quem se desliga da empresa, seja demitido ou aposentado, já que há normas sobre a permanência no plano, mediante a contribuição. Agora, o beneficiário poderá escolher outro produto e fazer a migração.

Foram mantidos na norma os prazos de permanência para fazer a portabilidade, com um mínimo de dois anos no plano de origem para solicitar a mudança pela primeira vez e de um ano para novas portabilidades. As exceções ocorrem no caso do beneficiário ter cumprido cobertura parcial temporária, com o prazo mínimo passando para três anos, e em caso de ampliação da cobertura, o prazo mínimo de permanência no plano de origem será de dois anos.

As principais informações foram reunidas em uma cartilha disponível no site da ANS.

(Agência Brasil)

Bolsonaro vai à Argentina dar uma forcinha na campanha pró-reeleição de Macri

O presidente Jair Bolsonaro fará sua primeira visita à Argentina.

Será na próxima quinta-feira 6, informa a assessoria de impensa do Palácio do Planalto, adinatando que, na agenda, ele vai se rfeunir com o presidente Mauricio Macri. os dois discutirão relações bilaterais e Mercosul.

A reunião vai acontecer às vésperas do início da campanha eleitoral na Argentina. Bolsonaro apoia a reeleição de Macri, que vem experimentando onda de impopularidade em razão do quadro econômico difícil do País.

Em Buenos, estão sendo organizados protestos contra Bolsonaro.

(Com Veja/Foto – Agência Brasil)

Qual reforma da Previdência é necessária? – indaga o senador Randolfe Rodrigues

Randolfe ao lado do amigo, o senador Cid Gomes (PT).

Com o título “Qual reforma da Previdência é necessária?”, eis artigo do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP). Para ele, a reforma salutar será aquela que atacar os privilégios. Confira:

Após ocupar o noticiário por quase cinco anos seguidos, a reforma da Previdência virou uma espécie de acordo tácito. Mas se já há algum consenso sobre a necessidade de mudar as regras, não há nenhum sobre como fazer isso: a proposta de Paulo Guedes está longe de ser o único receituário possível.

Quando há um déficit, é possível equacioná-lo elevando as receitas ou diminuindo as despesas, ou mesmo fazendo ambos simultaneamente. A forma de equilibrar as contas é, portanto, antes de tudo, uma escolha em que o governante expressa suas preferências e prioridades.

Uma reforma deve enfrentar os privilégios: políticos, o alto clero do funcionalismo, juízes e aqueles que se aposentam muito jovens devem ser chamados à responsabilidade. Em uma República, os tratamentos desiguais…

*Confira a íntegra do artigo no O POVO aqui.

(Foto – Divulgação)

Evaristo Nogueira e o fim de semana do futebl cearense – Entre o riso e o choro

O comentarista e narrador esportivo Evaristo Nogueira, o “Vavá Maravilha” do Timão da POVO/CBN, comemorou o fim de semana do futebol cearense com olhos voltado para clubes como o Ferroviário e o Atlético Cearense.

O Ferrim goleou em Natal o ABC (2X4), en quanto o Atlético ganhou a classificação antecipada.

Mas os clubes tidos como grandes, Ceará e Fortaleza, decepcionaram.

O alvinegro, em clima de festa pelos 105 anos de fundação, teve o bolo furado.

Prefeito vai à CDL apresentar balanço sobre obras de requalificação do Centro

202 1

O prefeito e o presidente da CDL Fortaleza.

O prefeito Roberto Cláudio (PDT), vai estar nesta segunda-feira, das 12  às 14 horas, na sede da Câmara de Dirigentes Lojistas de Fortaleza.

Em clima de reunião-almoço, o prefeito vai fazer um balanço das obras de requalificação que a gestão realiza no Centro e apresentará cronograma de novas intervenções.

Roberto Cláudio atende a um convite do presidente da CDL, Assis Cavalcante.

Semana do Meio Ambiente – Lagoa do Papicu vai passar por ação de limpeza

117 1

Por iniciativa do Grupo JCPM, cerca de 150 jovens e moradores da comunidade do entorno do bairro Papicu vão cumprir uma tarefa das mais salutares nesta Semana do Meio Ambiente: promover limpeza na Lagoa do Papicu. A ação ocorrerá nesta quarta-feira.

A ideia é que todos possam sentir-se responsáveis pela manutenção e preservação do espaço, ao participar de uma limpeza colaborativa.

Essa é a 5ª edição da ação que acontece anualmente na Semana do Meio Ambiente promovida pelo RioMar Papicu e ioMar Kennedy.

(Foto – O POVO)