Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Trecho da BR-222 deve receber licença ambiental do Ibama

A obra de duplicação de um trecho de 23,6 km de extensão da BR-222, compreendido entre os entrocamentos da BR-020 (Anel Rodoviário de Fortaleza) e a CE-422 (Porto do Pecém), deverá receber licença de instalação do Ibama.

Segundo o superintendente estadual do órgão, Herbert Lobo, o Núcleo de Licenciamento Ambiental (NLA) do Ibama no Estado aprovou o projeto de renovação da licença ambiental apresentado pelo Dnit.

A manifestação favorável da superintendência local segue agora para Diretoria de Licenciamento do Ibama em Brasília, para posterior assinatura e liberação por parte da cúpula do Instituto.

(Foto – Arquivo)

Em vigor novas regras para cancelamento de contrato com planos de saúde

As novas regras para cancelamento de contrato do plano de saúde a pedido do beneficiário começam a valer hoje (10). Segundo a Agência Nacional de Saúde (ANS), as normas se aplicam aos contratos firmados após 1º de janeiro de 1999 ou adaptados à Lei nº 9.656 de 1998.

A Resolução Normativa nº 412, da ANS, prevê o cancelamento imediato do contrato a partir do momento em que a operadora ou administradora tome conhecimento do pedido. Determina ainda que o cancelamento deve ser imediato também para quem está em dívida com o plano de saúde. Nesse caso, mensalidades e demais despesas vencidas continuam sob responsabilidade do consumidor.

A resolução da ANS estabelece as regras de cancelamento de acordo com o tipo de plano, seja individual, coletivo empresarial ou coletivo por adesão. Além disso, define responsabilidades das partes envolvidas, obriga as operadoras a emitirem comprovante de ciência do pedido de cancelamento e determina os prazos para entrega dos comprovantes. Tal comprovante deverá informar eventuais cobranças de serviços pela operadora ou administradora de benefícios.

A ANS elaborou um material com perguntas e respostas para orientar o beneficiário sobre os canais para pedir o cancelamento, de acordo com o plano contratado.

A intenção com as medidas é dar maior “clareza, segurança e previsibilidade” ao consumidor nos cancelamentos dos planos, de acordo com a ANS.

A partir das novas regras, a saída do beneficiário titular do plano individual ou familiar não encerra o contrato, podendo os dependentes manterem as mesmas condições contratuais. No caso da exclusão do beneficiário titular do contrato coletivo empresarial ou por adesão, serão seguidas regras específicas de resolução normativa da ANS quanto à exclusão ou não dos dependentes.

O pedido de cancelamento dos contratos individuais ou familiares não retira do beneficiário a obrigação de pagar multa rescisória, quando prevista em contrato.

As operadoras que deixarem de cumprir as normas determinadas na resolução estarão sujeitas ao pagamento de multa no valor de R$ 30 mil, de acordo com a ANS.

(Agência Brasil)

Iprede arrecadará alimentos numa parceria com o Sana 2017

O IPREDE- Instituto da Primeira Infância – renovou sua parceria com o Sana, evento de cultura pop e oriental, que acontece nos dias 14,15 e 16 de julho próximo, no Centro de Eventos.

Com a chamada entrada social, os fãs do Sana que não possuem comprovação de vínculo estudantil ou carteirinha de estudante, pagarão o valor da meia-entrada com a entrega de um quilo de alimento não perecível.

Os alimentos arrecadados serão destinados ao IPREDE, que atua desde 1986 como um centro de referência na prevenção da desnutrição infantil.

Mais de 500 profissionais da mídia acompanharão o depoimento de Lula

Um total de 550 profissionais de imprensa (jornalistas e técnicos).

Eis a tropa de mídia que foi cadastrada para acessar os arredores da Justiça Federal de Curitiba (PR), nesta quarta-feira de depoimento do ex-presidente Lula ao juiz federal Sérgio Mora. A informação é da Polícia Militar.

Lula encontra-se num hotel no centro de Curitiba, aguardando para se deslocar até a sede da Justiça Federal. O seu depoimento está previsto para as 14 horas.

Onda de violência cresceu em abril no Ceará. Homicídios em Fortaleza aumentaram 86,7%

O Ceará apresentou em abril aumento de 37,6% no número de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) – homicídios, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte – em relação ao mesmo período de 2016. No último mês, houve aumento em todas as regiões, incluindo Fortaleza, cujo número de CVLIs subiu 86,7%. Os dados foram divulgados na manhã desta quarta-feira, 10, em coletiva para a imprensa na sede da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

Camilo Santana afirmou que o aumento não se deve só à mudança de secretário, mas também a um “movimento nacional em relação às facções” à reação a ocupação da Polícia. A Região Metropolitana, única que registrava queda em março, apresentou aumento de 16,4%. Os aumentos no Interior Norte e Interior Sul foram de 34,6% e 11,3%.

Foram registrados 377 CVLIs no Ceará, em abril deste ano, contra 274 no mesmo período do ano passado. A Capital cearense, que já puxava o índice do Estado para cima, teve 140 homicídios em abril. Já no ano passado, foram registrados 75 crimes desse tipo em Fortaleza.

Em seguida, as maiores quantidades desses crimes em abril foram anotadas no Interior Sul (89) e na Região Metropoliana (78). No Interior Norte, foram registrados 70 CVLIs.

CVLIs – ABRIL 2016

Fortaleza (75)

Região Metropolitana (67)

Interior Norte (52)

Interior Sul (80)

Ceará (274)

CVLIs – ABRIL 2017

Fortaleza (140)

Região Metropolitana (78)

Interior Norte (70)

Interior Sul (89)

Ceará (377)

Em relação ao acumulado do ano, houve aumento de CVLIs apenas em Fortaleza (41,6%) e Interior Norte (8,1%). No entanto, o índice do Estado foi 11,8% negativo, com a quantidade de CVLIs passando de 1.210 para 1.353 neste ano.

CVLIs – Janeiro a abril de 2016

Fortaleza (358)

Região Metropolitana (325)

Interior Norte (211)

Interior Sul (316)

Ceará (1.210)

CVLIs – Janeiro a abril de 2017

Fortaleza (507)

Região Metropolitana (303)

Interior Norte (228)

Interior Sul (315)

Ceará (1.353)

(O POVO Online – Repórter Luana Severo)

A briga entre o juiz e o político

216 2

Com o título “A briga entre o juiz e o político”, eis artigo do jornalista Guálter George, editor de Conjuntura do O POVO. Ele aborda a espetacularização que a grande mídia faz em torno do depoimento de lula para o juiz Sérgio Moro. Confira:

É trágico para um País que se pretenda sob uma ordem institucional normalizada que um simples depoimento à justiça seja transformado num espetáculo com as proporções que alcançou o evento de Curitiba, programado para hoje. Há várias culpados pela situação, inclusive a imprensa ao espetacularizar acriticamente cada lance novo da operação Lava Jato, mas a busca de identificação de um responsável principal indicará na sua base fundamental o comportamento errático do condutor do processo, o juiz Sergio Moro.

Sua transformação em anti-Lula, como demonstraram as várias abordagens jornalísticas dos últimos dias, é um sinal mais do que evidente de distorção na postura que o magistrado paranaense passou a adotar a partir de um certo momento. Aquele personagem inicial discreto e de muita ação, de repente se transformou. Redime um pouco a falha jornalística de todos nós o fato de também nas ruas a percepção predominante apontar o magistrado federal como, na verdade, adversário do líder petista, o que fragiliza muito sua condição de julgador. Deveria, pelo menos, se fossem normais os dias que estamos vivenciando.

Moro expôs-se mais do que deveria diante de sua importância para o momento histórico, apresentou nos últimos meses e anos uma agenda social além do recomendado, foi às redes sociais para manifestações inoportunas como a do último final de semana, enfim, tem errado a mão e ajudado, com isso, a pôr mais lenha na fogueira.

Lula, que não é ingênuo, aproveitou-se da situação para levar a disputa do meio jurídico, onde parece irremediavelmente derrotado, para o campo político, que conhece como poucos e onde tem chances reais de vencer Moro. Mesmo que condenado e preso.

*Guálter George,
Editor de Conjuntura do O POVO.

O prefeito Roberto Cláudio agora só pensa naquilo…

Com 21 mortes em investigação só em Fortaleza, o mosquito Aedes aegypti não sai da cabeça do prefeito Roberto Cláudio (PDT).

Ele lançou campanha educativa, mobilizou a máquina municipal e deu a ordem: combater o mosquito que, além de transmitir a chikungunya, passa também para o pobre cidadão a dengue e a Zika, virou prioridade número um da gestão, no momento.

(Foto – Mauri Melo)

PDT vai ao STF para incluir Temer nas investigações da Lava Jato

Lupi e André ajuizaram a ação, nessa terça-feira.

O PDT ajuizou no Supremo Tribunal Federal , por meio do seu presidente nacional, Carlos Lupi, e sdo eu vice, deputado federal André Figueiredo, uma Ação Direta de Inconstitucionalidade contra a interpretação dada à Constituição Federal, pela Procuradoria Geral da República, que livrou o presidente Michel Temer de responder inquérito nas investigações da Operação Lava-Jato. Temer é citado 43 vezes nas delações premiadas. Em despacho recente, o procurador Rodrigo Janot argumentou que na vigência do mandato do presidente da República, a Constituição proibiria a instauração de inquérito para investigar infrações penais comuns estranhas ao exercício de suas funções.

A interpretação de Rodrigo Janot contraria a jurisprudência do Supremo que já decidiu no passado que a imunidade processual prevista no § 4o do artigo 86 da Constituição não inclui os inquéritos, considerados atos pré-processuais para apuração de infrações penais comuns, ainda que não ostentem relação com o mandato presidencial. Em dois precedentes envolvendo o então presidente Fernando Collor de Mello, o Tribunal foi muito claro ao reconhecer a legitimidade da investigação policial ou da investigação criminal promovida pelo Ministério Público contra o presidente da República.

O PDT alega na ação que vedar a instauração de inquérito contra Michel Temer é norma de flagrante inconstitucionalidade, também sob o prisma da igualdade. “Impedir o exercício da atividade investigatória é efetivamente absolver e tornar impune um entre os demais cidadãos”, explicou André Figueiredo. Ainda segundo o deputado, é somente com a adoção de providências investigatórias que será possível preservar eventuais elementos de provas indispensáveis à comprovação de crimes, sem relação com o mandato presidencial, inclusive anteriores, mas que só poderão ser processados no futuro.

Dilma foi ao encontro de Lula em Curitiba

A ex-presidente Dilma Rousseff recepcionou Lula, nesta manhã de quarta-feira, no Aeroporto Internacional Afonso Pena, em Curitiba. Eles conversaram rapidamente e foram para um hotel no Centro, onde Lula aguardará o depoimento. Ele vai depor à 14 horas perante o juiz federal Sérgio Moro.

Dilma deixou o aeroporto sem qualquer tipo de aceno para um grupo de militantes do PT.

Curitiba está com esquema de segurança reforçada no entorno do prédio da Justiça federal. Há uma passeata de simpatizantes de Lula cruzando pontos centrais da capital paranaense.

Apoiadores de Lula fazem passeata em Curitiba

A Central de Operações da Secretaria de Trânsito de Curitiba (PR) informa que uma passeata com apoiadores do ex-presidente Lula está trancando o trânsito na região da Rodoferroviária. O bloqueio segue nos dois sentidos da Avenida Presidente Affonso Camargo.

Lula já está em Curitiba e deverá depor por volta da 14 horas. Há forte esquema de segurança no entorno do prédio da Justiça Federal.

(Com Gazeta do POVO)

Conselho da Cidade discute alternativas para a Feira da José Avelino

233 1

Acontecendo, nesta manhã de quarta-feira, no Paço Municipal, encontro do Conselho da Cidade. O organismo, que congrega representantes do setor público e privado, discute soluções para o caso da Feira da José Avelino.

O prefeito Roberto Cláudio (PDT) reitera que a feira ali só permanecerá até domingo, pois, depois, virão obras de requalificação da área.

O superintendente do Instituto de Planejamento de Fortaleza (Iplanfor), Eudoro Santana, expõe o que o Programa Fortaleza 2040 planeja para o Centro e o trecho da Rua José Avelino, que é histórico.

Agora há pouco, o prefeito Roberto Cláudio garantiu: “Nenhum pequeno ficará desabrigado ou desacolhido pela Prefeitura”. Mas ele fez questão de lembrar que todos precisarão se formalizar com alvará e trabalhar de segunda a sexta.

Prejuízos

Prejuízos da Feira da José Avelino, que foram apresentados pela área oficial no encontro:

– insegurança para feirantes e consumidores
– evasão fiscal
– ocupação irregular de calçadas
– degradação do pavimento de relevância histórica (calçamento tombado)
– sem rota de fuga, sem sinalização de emergência
– trânsito fica desordenado
– geração de lixo
– estimula o trabalho infantil
– ligação clandestina de energia elétrica

(Foto – Divulgação)

Lula já está em Curitiba

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) chegou a Curitiba, nesta quarta-feira (10), para depor ao juiz Sergio Moro em audiência da Operação Lava Jato. Ele viajou à capital paranaense em voo fretado e pouso no Aeroporto Internacional Afonso Pena.

O depoimento de Lula está programado para as 14 horas, na sede da Justiça Federal, com entorno com segurança reforçada.

(Foto – Portal Uol)

Câmara Municipal aprova projeto que requalifica as feiras-livres

197 3

Um projeto de lei do vereador Acrísio Sena (PT) com o objetivo de requalificar as feiras-livres de Fortaleza foi aprovado pela Câmara Municipal . Pelo texto, esse tipo de comércio deve ser respeitado e, ao mesmo tempo, disposto de forma organizada para reguardar o direito de ir e vir das pessoas.

Acrísio Sena adianta que também iniciará uma campanha de divulgação do projeto em todas as feiras-livres da cidade. “As feiras são parte um uma cultura milenar da humanidade. Nossa capital tem hoje 66 feiras, em vários bairros. Estes eventos são importantes espaços de sociabilidade e de atividade econômica, algumas se caracterizando como referências históricas e culturais”, explica.

Segundo o projeto, os espaços públicos onde as feiras são montadas devem ser sinalizados e interditados pelo órgão competente; as barracas devem ser padronizadas e divididas em setores de acordo com o tipo de produto comercializado (frutas, verduras, cereais, peixe, carne, queijo, grãos, doces, temperos, ervas medicinais, utensílios domésticos etc.); e os feirantes devem usar fardamento adequado.

Ainda segundo o projeto, caberá à Prefeitura dotar as feiras com equipamentos de higiene e de abastecimento de água e energia, bem como dos sistemas necessários para distribuição, utilização e medição de consumo, além de instalações sanitárias móveis.

Em Curitiba, segurança reforçada para o depoimento de Lula

Tropa da Policia Militar já está no entorno do prédio da Justiça Federal, em Curitiba (PR). O objetivo é garantir a segurança nesta quarta-feira em que o ex-presidente Lula prestará depoimento ao juiz federal Sérgio Mora.

Policiais de vários batalhões de Curitiba estão no entorno, inclusive equipes do Bope com o caveirão, o carro blindado da corporação.

(Com Gazeta do POVO)

Nova direção do PP do Ceará busca legitimar-se junto à cúpula nacional

O presidente estadual eleito do Partido Progressista do Ceará, Antônio Albuquerque, será recebido, nesta quarta-feira, em Brasília, pelo presidente nacional da legenda, o deputado federal Cyro Nogueira (PI).

Acompanhado de parlamentares do PP, como Macedão, que virou vice da cúpula eleita no fim de semana, Albuquerque tentará demover articulação que o deputado federal Adail Carneiro vem fazendo junto à cúpula nacional contra sua escolha.

Segundo Albuquerque, o caso não parou no tapetão, mas ele considera “absurdo” que Adail, de forma isolada e antidemocrática, questione a nova direção que foi eleita pela maioria esmagadora das bases, contando ainda com apoio da bancada estadual e dos deputados federais Macedâo e Paulo Henrique (são três parlamentares).

(Foto – Divulgação)

Ministério da Cultura pode restaurar Estação João Felipe e recuperar Açude do Cedro

Danilo mostra a Freire situação do Cedro.

O deputado federal Danilo Forte (PSB) deixou com o ministro da Cultura, Roberto Freire, dois pleitos durante audiência, nesta semana, em Brasília: a restauração do prédio da Estação João Felipe (Centro de Fortaleza) e a recuperação de toda a estrutura do Açude do Cedro, em Quixadá. As demandas são de iniciativa do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), no Ceará, cuja titular é Geovana Cartaxo, indicada pelo parlamentar.

“São obras com grande importância histórica e cultural para o povo cearense. Estamos estudando a melhor forma para introduzir a recuperação dessas estruturas nos projetos do Ministério da Cultura. No caso da estação ferroviária, por exemplo, foi levantada a possibilidade de utilização da Lei Rouanet”, afirma Danilo Forte.

O parlamentar apresentou ao ministro Roberto Freire o projeto de restauro da estação encaminhado pela superintendente regional do Iphan, Geovana Cartaxo. Orçado em R$13 milhões, o projeto conta com um museu do trem, auditório, café, estacionamento, biblioteca, administração e sede da Superintendência do Iphan no Ceará.

Também  em discussão a recuperação e manutenção da estrutura do Açude do Cedro. Conhecido como a primeira grande obra hídrica do Brasil, o açude teve ordem de construção dada por D. Pedro II diante do impacto provocado pela seca entre os anos de 1877 e 1879. Atualmente, o Açude do Cedro é candidato a receber o título de Patrimônio Mundial da Unesco.

(Foto – Divulgação)

Servidores do SINE/IDT pedem apoio dos deputados estaduais contra o “desmonte” do órgão

A Comissão dos Servidores do SINE/IDT está divulgando carta que enviou para deputados estaduais, onde denuncia o “desmonte” do órgão por pate do governo estadual. Eis a carta:

CARTA ABERTA AO PARLAMENTO CEARENSE
SOBRE O ESTADO ATUAL DE DESMONTE DO SINE/IDT

Senhores (as) deputados (as)

No início dos trabalhos legislativos deste ano, uma comissão de servidores do SINE/IDT, acompanhada pela Federação dos Trabalhadores no Comércio e Serviços do Estado do Ceará (FETRACE), entidade sindical que os representa, percorreu seus gabinetes pedindo apoio à luta contra o esvaziamento e desmonte do órgão promovido pelo governo do Estado, na forma de cortes sistemáticos dos recursos destinados ao seu funcionamento, seguidos da diminuição progressiva da prestação de serviços à população, com fechamento de Postos de Atendimento, redução de metas, suspensão de atividades e demissão de trabalhadores.

Resumidamente, tivemos em 2017: 1º) a suspensão da Pesquisa de Emprego e Desemprego (PED) na Região Metropolitana de Fortaleza, feita mensalmente pelo órgão, interrompendo a série histórica de produção de dados sobre o mercado de trabalho, iniciada em 1984; 2º) a geração de débitos trabalhistas devido ao descumprimento da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) de 2016; ou seja, neste mês de maio, completa-se um ano de desrespeito ao sagrado direito trabalhista de reajuste anual dos salários dos trabalhadores para recomposição do seu poder de compra; 3º) o fechamento da Unidade de Atendimento de Aquiraz; 4º) a retenção de parte dos recursos contratados no período de 2014 a 2016, acumulando dívida da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS) para com o SINE/IDT de, aproximadamente, R$ 5 milhões, referentes a valores contratados e não repassados, apesar de os serviços terem sido prestados integralmente.

Diante dessa realidade e do reconhecimento da sociedade da relevância das ações do Programa SINE, que no mês de junho completará 40 (quarenta) anos de execução no Ceará, os membros desta Augusta Casa firmaram posição, por meio do manifesto parlamentar “EM DEFESA DAS POLÍTICAS PÚBLICAS DO TRABALHO E DO FORTALECIMENTO DO SINE/IDT”, assinado por 32 (trinta e dois) deputados (as), que foi entregue ao secretário da Casa Civil do Estado, em 23 de março, juntamente com um manifesto sindical igualmente contrário ao desmonte do SINE/IDT, subscrito por 440 entidades sindicais do estado (cinco Centrais Sindicais, uma Confederação Nacional, sete Federações Estaduais e 427 sindicatos). Essa problemática foi objeto de pronunciamentos e apartes em Plenário e da realização de uma Audiência Pública da Comissão do Trabalho, Administração e Serviço Público, em 6 de abril, que aprovou dez encaminhamentos ainda pendentes de efetivação. Ademais, a luta em defesa do SINE/IDT foi pautada na Câmara Federal e na Câmara Municipal de Fortaleza, no Conselho Estadual do Trabalho (CET-CE), com aprovação de Moção de Apoio, além de ocupar espaços importantes na pauta da mídia local, ainda que desde janeiro estejamos sem divulgação dos índices de desemprego na RMF.

Não obstante essa ampla e representativa mobilização política e de vários esforços de negociação empreendidos, A ÚNICA CONQUISTA OBTIDA ATÉ AQUI FOI A REDUÇÃO DO CORTE ORÇAMENTÁRIO, em 2017 (de 15,0% para 8,5%), que não evitou a redução de serviços à população, o fechamento de mais uma Unidade de Atendimento, a demissão de 48 profissionais de carreira e a paralisação dos projetos “Criando Oportunidades” e “Juventude Empreendedora”, no âmbito da qualificação profissional. Sobre estes últimos destaque-se que esta área, tal como a da pesquisa, também foi esvaziada, mutilando o Sistema Público de Emprego no Ceará, que, por quatro décadas, executava regularmente ações nessas áreas, integradas às de intermediação de mão de obra e seguro-desemprego, todas estratégicas para o modelo estrutural e de funcionamento desse sistema que era referência para o país.

Para completar esse quadro absurdo de uma trajetória errática e de descompasso das políticas do trabalho no Ceará, a frota de veículos que dá suporte às ações do SINE/IDT no estado (sobretudo para visita às empresas, captação de vagas, monitoramento e combate às fraudes na habilitação ao seguro-desemprego) está paralisada há mais de um mês. Motivo? O abastecimento de combustível foi suspenso devido a atrasos nos pagamentos aos fornecedores deste insumo prejudicando sobremodo o atendimento à população desempregada.

Em face ao exposto, os trabalhadores do SINE/IDT estão de volta à essa Casa, que sempre acolheu com atenção e respeito as suas demandas e as do povo cearense, para mostrar o descaso ora dado à política pública do trabalho no estado, na esperança de que a voz altiva do parlamento cearense ecoe mais uma vez e faça com que o governador Camilo Santana enfim compreenda que a SITUAÇÃO DO SINE/IDT NÃO FOI RESOLVIDA e encaminhe uma solução rápida e adequada aos problemas ainda pendentes, caso contrário, o órgão desaparecerá em poucos anos, com prejuízos irreparáveis para as clientelas que demandam os seus serviços.

Uma instituição reconhecida como parceira estratégica do desenvolvimento do nosso estado não pode ser tratada dessa forma. O SINE/IDT merece respeito.

Fortaleza, 9 de maio de 2017

Comissão de Mobilização dos Trabalhadores em Defesa do SINE/IDT
Federação dos Trabalhadores no Comércio e Serviços do Estado do Ceará.

Rui Falcão: “República de Curitiba, não! Aqui é uma monarquia absolutista”

 

Os atos políticos de apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva já começaram em Curitiba e não faltaram críticas à Operação Lava Jato. Em evento interno do PT realizado na noite desta terça-feira (9), o presidente nacional do partido, Rui Falcão, criticou o juiz federal Sergio Moro, acusando-o de ser parcial na condução dos processos.

“Juiz não tem adversário e nem apoiador”, declarou Falcão, em referência ao vídeo publicado por Moro no último sábado (6), em que o magistrado pede para seus apoiadores não irem às ruas de Curitiba nesta quarta-feira (10), dia em que Lula prestará depoimento sobre o caso do triplex do Guarujá (SP). No vídeo, Moro diz que “tudo que se quer evitar nessa data é alguma espécie de confusão e conflito” e que alguém “se machuque”.

Apesar dessa justificativa, Falcão manteve a postura de ataque. “Ele tira a toga para assumir um lado. E não é o nosso lado”. Dessa forma, o que presidente nacional do PT defende é que Moro não tem condições de estar à frente dos julgamentos relacionados à Lava Jato. “É um julgamento viciado, com cartas marcadas”, defende.

Falando para uma plateia de petistas, Falcão fez ainda uma provocação, afirmando que as pessoas têm que parar de chamar a cidade de República de Curitiba, expressão criada pelo próprio Lula. “Tem que chamar de Monarquia de Curitiba, porque é uma monarquia – e absolutista ainda. República somos nós, a população que luta”, diz.

Outro ponto defendido pelo presidente nacional do PT foi a libertação dos demais membros do partido que seguem presos na cidade em decorrência da operação. “Nós ainda temos companheiros que precisam ser soltos porque foram presos injustamente. É o princípio da imposição de um estado de exceção, em que você é culpado até que se prove o contrário.” Rui Falcão aproveitou o momento ainda para saudar o ex-ministro José Dirceu, solto por decisão do Supremo Tribunal Federal na semana passada.

Mais críticas à Lava Jato

Quem também aproveitou o evento às vésperas do encontro entre Lula e Moro para fazer críticas à Lava Jato foi o senador Lindbergh Farias (PT-RJ). Com um tom bastante agressivo, ele acusou a operação de trabalhar para o que chamou de “golpe” e inviabilizar uma possível candidatura de Lula nas próximas eleições. “Eleição em 2018 sem Lula é fraude”, declarou. Para ele, o momento é de mudança de estratégia para o PT. “Precisamos mudar de estratégia. Não é mais paz e amor, como em 2003. Agora é uma militância aguerrida e pronta para a luta”.

Já a senadora paranaense Gleisi Hoffman foi um pouco mais amena, destacando que o objetivo do partido não é o confronto, mas defender a democracia e o ex-presidente. “Não somos contra a Lava Jato, mas ela não pode ter lado. Não pode servir para criminalizar a política e politizar o Judiciário brasileiro.”

Eunício embarca para os EUA nesta quinta-feira

O presidente do Congresso Nacional, senador Eunício Oliveira (PMDB), mal pisou em Brasília, depois de passar uma temporada no estaleiro em São Paulo, e já está de malas prontas novamente.

Segundo a Veja Online, ele embarcará, nesta quinta-feira à noite, rumo a Miami (EUA) para companhar a formatura de uma de suas filhas, que acabou de concluir o curso de arquitetura.

Eunício Oliveira só retornará na segunda-feira.