Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Agentes da Alegria realiza campanha de doação de brinquedos no São Miguel

agentes

O grupo de visitas beneficentes Agentes da Alegria está realizando uma campanha para doação de brinquedos novos e usados para crianças da Comunidade São Miguel, em Fortaleza.

A ação, intitulada “Ajude um brinquedo a encontrar uma criança”, vai até o dia 7 de outubro, poucos dias antes do Dia das Crianças, e também aceita a doação de livros infantis.

Saiba mais

O Agentes da Alegria é um grupo sem fins lucrativos que realiza diversas ações beneficentes durante o ano em orfanatos, escolas públicas e hospitais ao longo do ano, principalmente em datas comemorativas.

O grupo visita a ala infantil do Hospital Albert Sabin a cada quinze dias nos domingos para levar alegria às crianças, além de também visitarem idosos em asilos, promovendo a integração e a felicidade entre eles.

SERVIÇO

Contato: (85) 99844-5508
https://www.facebook.com/agentesdaalegrias2/

Candidatos a agente penitenciário pedem prorrogação do concurso

foto-agentes-penitenciarios-160918

“Não podemos aceitar que o Governo envie mensagem à Assembleia Legislativa com proposta de trazer agentes penitenciários de outros estados. Temos jovens que foram habilitados e preparados para tal serviço”, disse nesse sábado (17), o presidente do Sindicato dos Agentes e Servidores do Sistema Penitenciário do Estado do Ceará (Sindasp/CE), Valdemiro Barbosa, ao lembrar que o Estado investiu R$ 13 milhões de reais na habilitação de 11 mil participantes.

“Vamos fazer um comunicado oficial solicitando uma audiência pública com o Governo. Temos que mostrar que existe uma saída para o Sistema Penitenciário no Ceará”, completou Barbosa, durante encontro seminário da Prainha, na Praia de Iracema. Barbosa admitiu a possibilidade do ingresso na Justiça para a prorrogação do último concurso para candidatos a agente penitenciário.

“Todos podem acionar a justiça independe de outras ações. Vamos entrar com um processo coletivo exigindo que o Estado respeite a prorrogação do concurso”, reforçou o advogado Maurício Tauchmann, lembrando que a vigência tem prazo estabelecido até fevereiro de 2017. O processo aconteceu em 2011 e foi homologado em 2013.

Professor sugere medidas mais drásticas para enfrentar seca no Ceará

O estado do Ceará tem hoje cerca de 10% da capacidade total de 18 bilhões de metros cúbicos de água. Para garantir o fornecimento de água à população até a próxima quadra chuvosa (período de fevereiro a maio, em que são esperadas chuvas mais densas no estado), os órgãos responsáveis pela gestão dos recursos hídricos determinaram medidas restritivas tanto para a população quanto para o comércio e a indústria.

Segundo o presidente da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos do Ceará (Cogerh), João Lúcio Farias de Oliveira, nas propriedades rurais que trabalham com sistemas de irrigação, houve corte de mais de 70% na oferta de água, que é suficiente apenas para manter culturas permanentes, como banana e goiaba. As indústrias têm meta de restrição de 20% do consumo e são estimuladas a reutilizar a água. Para os moradores da região metropolitana de Fortaleza, existe também a tarifa de contingência de 20% na conta.

O físico Alexandre Araújo Costa, PhD em Ciências Atmosféricas, diz, porém que são necessárias medidas mais drásticas para evitar o colapso hídrico na região metropolitana e no estado. Entre as  medidas sugeridas estão a interrupção do fornecimento de água para as usinas termelétricas que funcionam no Complexo Industrial e Portuário do Pecém, no município de São Gonçalo do Amarante, a 65 quilômetros de Fortaleza, e a redução da vazão de água para a recém-inaugurada Companhia Siderúrgica do Pecém, também localizada no complexo.

Segundo Costa, somente o desligamento das quatro térmicas economizaria 800 litros de água por segundo. Quando do lançamento do Plano de Segurança Hídrica de Fortaleza e Região Metropolitana, o governador Camilo Santana citou como possibilidade a “decisão drástica” de interromper o fornecimento de água para as termelétricas Pecém I e II, as maiores do complexo, que geram, juntas, 1.080 megawatts de energia para o Sistema Interligado Nacional.

“As medidas para preservar os estoques hídricos são insuficientes. Vamos entrar em 2017 contando com a sorte, pois a política de governo atual nos coloca sob elevado risco”, afirma o físico. Ele considera “factível” desligar as térmicas e negociar o adiamento do início das operações da siderúrgica.

(Agência Brasil)

Há algo de podre na lei

88 4

Em artigo no O POVO deste domingo, o psicanalista Valton de Miranda Leão avalia o inconsciente paranoico de indivíduos que acreditam ser os “donos da lei”. Confira:

O título acima se encontra em um texto escrito pelo filósofo Walter Benjamin após ler “As Memórias de Daniel Paul Schreber”, que Freud imortalizou ao examinar seu conteúdo da perspectiva psicanalítica, estudando o mais exemplar delírio paranoico registrado autobiograficamente.

O juiz Schreber tinha notável cultura, sendo leitor voraz dos clássicos, pianista e poliglota. Nasceu em Leipzig, em julho de 1842 e morreu em 1911, deixando o legado do delírio paranoico que serve de modelo para a compreensão de todas as formas de paranoia, como também depois do estudo freudiano, suscitou a curiosidade investigativa de pensadores em todo o mundo.

A minha curiosidade sobre Schreber ultrapassa muito a formação psicanalítica, pois sempre pensei o delírio do juiz de Dresden como fundamentalmente ancorado na política e no poder, sendo o delírio instrumento para a realização da esperança de transformar o povo alemão “degenerado” num corpo social purificado. A sua convicção delirante de combatente contra a corrupção do mundo estava organizada, como toda alucinação paranoica, dentro de um sistema no qual uma Nova Ordem seria estabelecida.

Meu entendimento se fortaleceu quando li o ensaio de Elias Canetti sobre a paranoia de Schreber, compreendendo que a ideia alucinada do juiz tinha na convicção de purificação do mundo, o centro sobre o qual todos os corruptos deveriam ser banidos da face da Terra.

A complexidade do processo delirante no qual se misturam milagres de toda espécie e a restauração de uma ordem degradada onde o judeu era a manifestação mais visível da decomposição mental, orgânica e social é de difícil exame em espaço tão exíguo. A questão sexual colocada nas “Memórias” é secundária e instrumento para alcançar o objetivo grandioso de geração da raça pura.

O delírio de Schreber é uma doença do poder, mostrando que o inconsciente organiza-se como funcionamento político e paranoico, atingindo níveis extremos em indivíduos como Hitler, Stalin e principalmente em juízes que se acreditam “donos da lei”.

O caldo de cultura do nazismo já vinha se constituindo com a música de Wagner, a mitologia de Odin, a filosofia de Heidegger, sendo o delírio schreberiano a notável antecipação do delírio hitleriano. Era o fim de um mundo e o começo de um novo tempo, no qual o Super-homem estava equiparado ao próprio Deus.

Quando afirmei que a paranoia é o combustível da política, há quase 20 anos, não pensara que a história me daria razão com os Trumps, os Le Pen e os Bolsonaros e agora com o surgimento de um juiz que se acredita sujeito e objeto histórico no Brasil, que pretende combater a corrupção inerente ao mercado do capital, empunhando uma ética às avessas, um direito sem justiça e uma lei apodrecida.

O espetáculo midiático do promotor D D, acusando Lula “sem provas, mas com convicção”, mostra a ousadia da ditadura comissionada que rompe a Democracia em nome da Lei.

Papa diz que corrupção vicia e gera pobreza, exploração e sofrimento

papa francisco

Em reflexão feita neste domingo (18) no Angelus, o papa Francisco comparou a corrupção às drogas, dizendo que quem a pratica pensa que pode parar a qualquer momento, mas na verdade não pode.

“A corrupção vicia e gera pobreza, exploração e sofrimento. Quando, ao contrário, procuramos seguir a lógica evangélica da integridade, da pureza nas intenções e nos comportamentos, da fraternidade, nos transformamos em artesãos de justiça e abrimos horizontes de esperança para a humanidade“, disse o papa, a milhares de fiéis na Praça São Pedro, no Vaticano.

Francisco disse que o percurso da vida comporta uma escolha entre duas estradas opostas, a da honestidade e o da desonestidade. “Não se pode oscilar entre uma e outra, porque se movem sobre lógicas diferentes e contrastantes. É importante decidir qual direção tomar e, a seguir, escolhida aquela justa, caminhar com impulso e determinação, confiando na graça do Senhor e no apoio de seu Espírito”.

Segundo o papa, a mundanidade é manifestada com comportamentos de corrupção, de engano, de opressão, e constitui a estrada mais errante, a estrada do pecado, mesmo se é aquela mais cômoda de ser percorrida. “O espírito do Evangelho, ao contrário, requer um estilo de vida sério e compromissado, marcado pela honestidade, pelo respeito aos outros e pelo senso de dever”, afirmou.

(Agência Brasil)

Roberto Cláudio tem domingo de adesivaço

eleicoes-2016-fortaleza-pdt-0918-rc-adesivagem

O prefeito Roberto Cláudio, candidato à reeleição pelo PDT, dedica este domingo (18) para a adesivagem de veículos que circulam pelas avenidas Castelo Branco (Leste-Oeste) e Dioguinho.

No Grande Pirambu, o adesivaço ocorreu no cruzamento com a avenida Dr. Theberge, que teve início às 9 horas.

Neste momento, o adesivaço ocorre nas proximidades da Praça da Paz (antiga Praça 31 de Março), na Praia do Futuro.

Enquanto adesiva veículos, Roberto Cláudio ouve sugestões e mensagens de apoio de motoristas e pedestres que passam pelo local.

(Foto: Divulgação)

Projeto quer tornar hediondo o assassinato de jornalistas

Em nome da liberdade de expressão e da segurança no exercício da profissão, um projeto para tornar o assassinato de jornalistas como hediondo, de autoria do senador licenciado Acir Gurgacz (PDT-RO), aguarda análise na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ).

“Eu entendo que, se nós aprovarmos esse projeto, estaremos reforçando essa liberdade de expressão, garantindo aos repórteres para que eles tenham tranquilidade de fazer as suas reportagens, informando a população. A legislação como está hoje não protege o repórter”, comentou o senador.

O crime hediondo é aquele que revolta e que causa aversão à sociedade, como homicídio por extermínio, lesão corporal dolosa, latrocínio, extorsão mediante sequestro, estupro e favorecimento da prostituição ou outra forma de exploração sexual de criança ou adolescente ou de vulnerável.

(com a Rádio Senado)

Bomba explode em Nova York e deixa 29 feridos; prefeito descarta terrorismo

Uma bomba de fabricação caseira explodiu na noite desse sábado (17) à noite, no bairro Chelsea, em Nova York  deixando pelo menos 29 pessoas feridas.  A explosão ocorreu às 20h30, na Rua 23, entre a Avenida das Américas e a Sétima Avenida. Mais tarde, a polícia descobriu que havia outra bomba, na Rua 27, em área próxima. A segunda bomba não explodiu.

A polícia bloqueou a passagem de pedestres e de veículos no local. Uma parte do serviço de metrô foi interrompida. O prefeito de Nova York, Bill de Blasio, disse que a explosão foi “um ato intencional”, mas descartou a possibilidade de terrorismo.  A explosão quebrou janelas de um edifício próximo, de cinco andares, provocando o lançamento de estilhaços na rua, e danificou carros. Para reforçar a segurança, integrantes da polícia e do Corpo de Bombeiro vasculharam latas de lixo situadas na área, para checar se havia outras bombas.

Mesmo descartando a possibilidade de ato terrorista, Bill de Blasio observou que as investigações estão apenas começando. “Seja qual for a causa, os nova-iorquinos não vão ser intimidados”, disse o prefeito. Ele informou que os feridos tiveram “lesões significativas”, mas ressaltou que nenhum corre risco de morte. De acordo com Bill de Blasio, muitas pessoas se feridas ao ser atingidas pelos estilhaços não só da bomba, mas também dos vidros de prédios quebrados por causa da explosão.

Em Washington, a Casa Branca emitiu um breve comunicado sobre o assunto. Segundo o comunicado, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, foi informado sobre a situação em Nova York, cuja causa permanecia sob investigação. “O presidente está sendo atualizado à medida que surjam novas informações”, diz o comunicado.

(Agência Brasil)

João Alfredo e uma “caroninha” de São Francisco

eleicoes-2016-fortaleza-0918-psol-joao-alfredo

O candidato do Psol à Prefeitura de Fortaleza, João Alfredo, aproveitou a concentração da 30ª Motorromaria ao Santuário de São Francisco das Chagas, em Canindé, na manhã deste domingo (18), na Avenida Mister Hull, para pedir votos.

Na distribuição dos “santinhos” com suas propostas para Fortaleza, João quer mesmo é uma ajuda do santinho Francisco.

(Foto: Divulgação)

O que o prefeito pode fazer na segurança?

152 5

Da Coluna Fábio Campos, no O POVO deste domingo (18):

Costumo denominar de “gigolô da violência” o político que se aproveita das tragédias dos cidadãos para conquistar audiência, popularidade e voto. É claro que quanto pior os índices de violência mais eles têm a ganhar. O problema maior é quando o tema da violência e da insegurança ganha tanto relevo em campanhas eleitorais para definir o futuro administrativo de Fortaleza.

O que não se diz com a devida clareza é que, no formato da institucionalidade em vigor no Brasil, as prefeituras isoladamente têm um papel bastante limitado no combate à violência. No entanto, vende-se um peixe muito maior do que o que pode ser realmente fisgado.

Porém, muitas das experiências exitosas na área de segurança pública reservam para o poder municipal ações auxiliares que, sim, cumprem um papel importante no combate à violência. São ações complementares muito mais de cunho administrativo do que policialesco. Mais adiante, trato de alguns exemplos.

Numa cidade com óbvios limites orçamentários é de bom tom que se pesem, com a devida responsabilidade, o real valor de propostas como, por exemplo, aumentar de forma exacerbada e irracional o efetivo de guardas municipais visando cumprir muitas das tarefas que originalmente cabem aos policiais militares.

Por pesar com a devida responsabilidade devemos considerar a seguinte indagação: a cidade deve aumentar o orçamento para bancar salários e equipamentos de um grande efetivo da Guarda civil ou deve, por exemplo, reservar esse dinheiro a mais para melhorar a qualidade do ensino nas escolas de ensino fundamental da cidade?

São questões prementes que não podem deixar de ser respondidas e sempre com a matemática financeira na ponta do lápis com a finalidade de responder quanto custa e de onde virá o dinheiro para bancar a proposta. Gerir é trabalhar com recursos sempre muito limitados e com difíceis escolhas de prioridades. Desconsiderar isso é ultrapassar a fronteira entre a responsabilidade e a demagogia.

Qualquer política de segurança que se preze deve levar em conta as responsabilidades dos prefeitos com suas tarefas auxiliares. Tarefas que precisam estar inseridas nos planos e projetos que necessariamente devem ter o Governo do Estado como coordenador. Hoje, não há sentido em pensar política de segurança de Fortaleza sem considerar sua Região Metropolitana.

Que tarefas estão nas mãos do prefeito? Uma delas é clássica: as restrições de horário da venda de bebidas alcoólicas nas áreas com maiores índices de criminalidade. Cabe ao município estabelecer essa regra (já há lei aprovada nesse sentido) e fazer com que seja cumprida.

Sabe-se que boa parte dos crimes, incluindo homicídios, ocorre em determinadas horas da madrugada nas imediações de bares e festas. Para que se tenha uma ideia mais clara, pesquisa feita IML paulista ainda em 2005 constatou que das 2.007 vítimas de homicídio em SP naquele ano, 863 tinham consumido álcool. Ou seja, mais de 40% dos assassinatos possuem relação com o consumo de álcool. Isso sem considerar, brigas e violência doméstica.

Ceará completa nove jogos sem vencer e se afasta do G4

foto-ceara-serie-b-160917-londrina-1x1

Após três jogos sem marcar gol, o Ceará abriu o placar contra o Londrina, nesse sábado (17), no Estádio do Café, no início do segundo tempo, mas cedeu o empate ao time da casa, cinco minutos depois. Com o resultado, a equipe cearense completou nove partidas sem vitória e agora ocupa a oitava posição na tabela de classificação da Série B do Campeonato Brasileiro. Felipe Menezes marcou para o Vozão, enquanto Germano, de pênalti, empatou.

Na terça-feira (20), o Ceará recebe o Luverdense, no Castelão, na abertura da 27ª rodada, e, se vencer, retorna temporariamente ao G4, quando terá que torcer por um empate entre CRB x Bahia, além de tropeços de Avaí, Londrina e Brasil de Pelotas no complemento da rodada.

Campeão de fugas no Ceará volta novamente para a cadeia; até quando?

90 2

Com seis fugas já empreendidas, além de algumas tentativas, o assaltante Cícero Alves Pereira, o Teinha, está de volta à cadeia, após ser preso na companhia de dois adolescentes, na tarde desse sábado (17), em Acopiara, no Centro Sul Cearense, a 345 quilômetros de Fortaleza. Segundo a Polícia, os três praticavam assaltos contra moradores do bairro Colchetes. Os adolescentes, ambos com 16 anos, foram apreendidos.

De acordo com dados da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), Cícero Alves é um dos fugitivos do Instituto Presídio Professor Olavo Oliveira II, em Itaitinga, na Região Metropolitana de Fortaleza, na fuga em massa ocorrida há cerca de três meses. Nos últimos três anos, segundo a Polícia, o assaltante fugiu outras cinco vezes da prisão, em uma média de uma fuga a cada seis meses.

Ainda nesse sábado, em Jaguaruana, na região do Baixo Jaguaribe, a 183 quilômetros de Fortaleza, dois presos foram encontrados mortos na Cadeia Pública, com sinais de estrangulamento.  A Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado (Sejus) ainda apura o caso e deverá se pronunciar durante a semana.

Crise faz número de transplantes de órgãos cair em 2016, diz ministério

O crescimento no número de transplantes perdeu fôlego com a crise econômica e deve crescer em ritmo menor que o número de doadores. A projeção do Ministério da Saúde para este ano é de que o transplante de órgãos sólidos caia de 7.772 para 7.550 em relação ao ano passado. Esta é a primeira queda desde 2005. Os dados foram apresentados nesse sábado (17) no lançamento nacional de Doação de Órgãos na Casa Brasil, no Rio de Janeiro. A campanha brasileira coincide com a da campanha mundial de doação de sangue.

A coordenadora do Sistema Nacional de Transplante, Rosana Rios Nothem, explicou que, apesar da diminuição desse tipo de transplantes, o crescimento segue sustentável. A projeção do Ministério da Saúde para este ano é 24.182 transplantes, 600 a mais que em 2015. Em 2014, foram 23.227.

“Em um contexto de crise é perfeitamente esperado, os estados estão passando por dificuldades, qualquer modalidade assistencial acaba sofrendo algum revés. E o transplante é uma modalidade assistencial cara, de difícil absorção tecnológica”, disse.

Cerca de 42.523 mil pessoas aguardavam na fila para transplante até 30 de junho deste ano. No ano passado havia 41.236 pessoas na lista de espera.

“Provavelmente os transplantes que demandam tecnologias mais avançadas estão tendo mais dificuldade de serem feitos. Leitos foram fechados em alguns estados e os hospitais de ponta acabaram mais demandados. A capacidade instalada talvez não tenha se conseguido manter por conta dessa situação mais crítica de desabastecimento dos hospitais”, disse.

(Agência Brasil)

Projeto defende trabalho de menor junto a pais

Está em análise na Câmara dos Deputados proposta altera a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) (Decreto-Lei nº 5.452/43) para permitir que o menor de idade trabalhe no mesmo local de seus pais, desde que não seja em atividades perigosas ou insalubres.

A iniciativa está prevista no Projeto de Lei 4865/16, do deputado Diego Andrade (PSD-MG). Segundo ele, “o ingresso no mercado de trabalho ao lado de seus pais será altamente benéfico para formação da criança”.

“A sociedade precisa oferecer meios de trabalho para esses jovens, uma vez que, os contratos de menor aprendiz encarecem muito o custo para as empresas e inibem a contratação”, acrescentou o deputado.

Hoje, a lei proíbe qualquer trabalho a menores de 16 anos, exceto na condição de aprendiz, a partir dos 14 anos.

Ainda assim, o trabalho do menor de idade não poderá ser realizado em locais prejudiciais à sua formação, ao seu desenvolvimento físico, psíquico, moral e social e em horários e locais que inviabilizem a frequência à escola.

(Agência Câmara Notícias)

Comando Central dos EUA diz que ataque que matou 80 soldados sírios foi acidente

O Comando Central dos Estados Unidos divulgou comunicado admitindo ter atingido posições do Exército sírio perto de Deir ez-Zor, mas afirmou que não tinha a intenção de alvejar os militares sírios, em violação do acordo de cessar-fogo. O alvo da coalizão seriam os terroristas do Daesh (Estado Islâmico).

As autoridades militares dos Estados Unidos reconheceram a responsabilidade pelo bombardeio contraposições do Exército sírio neste sábado (17) – ataque que matou 80 soldados e abriu caminho para uma grande ofensiva do Daesh contra as forças do governo Bashar al-Assad. Elas, no entanto, alegaram que o alvo pretendido eram os jihadistas.

O ataque foi realizado por dois caças F-16 e dois aviões de ataque A-10, que entraram no espaço aéreo sírio através da fronteira com o Iraque, sem a autorização do governo do presidente Assad.

O Ministério da Defesa russo imediatamente criticou os Estados Unidos pelo ataque letal. Segundo o órgão, o Daesh aproveitou a situação para se engajar em uma grande ofensiva contra as posições bombardeadas do regime de Assad.

(Agência Brasil)

“Fora Temer” mobiliza lideranças políticas em Sobral

sobral-fora-temer

Uma manifestação “Fora Temer” ocorreu na manhã deste sábado (17), em Sobral, na Região Norte do Estado, com a participação de lideranças políticas da região.

Entre as lideranças estavam o ex-ministro e ex-governador Ciro Gomes, o deputado federal Chico Lopes, o prefeito Clodoveu Arruda, o deputado federal Leônidas Cristino, e o presidente do PCdoB no Ceará, Luis Carlos Paes.

Moradores de General Tibúrcio cobram resgate do mercado público

mercado-gal-tiburcio

Moradores do distrito de General Tibúrcio, em Viçosa do Ceará, na Ibiapaba, a 348 quilômetros de Fortaleza, cobram da Prefeitura o resgate do mercado Francisco Carneiro Mapurunga, construído em 1948.

Segundo Edílson Mapurunga, neto do coronel Chico Mapurunga, o mercado era ponto de encontro de políticos, nos meados dos anos 1970, quando o próprio governador Virgílio Távora era frequentador do local.

A força política na região tinha à frente Francisco Carneiro Mapurunga, o coronel Chico Mapurunga, que cedeu o nome ao mercado.

Atualmente, o local histórico para a região se encontra em ruínas.