Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Enel ganha última licença ambiental para tocar obra de ampliação da rede de energia de Jeri

Os trabalhos já estão começando.

Saiu a licença do Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio) para as obras de revitalização e expansão da rede de energia elétrica da Vila de Jericoacoara (Litoral Oeste). Com isso, a Enel Distribuição pode tocar o serviço.

A informação é do diretor institucional do grupo, José Nunes, adiantando que as licenças municipal e da Semace já haviam sido liberadas. Agora é tocar a obra, orçada em R$ 32 milhões e que deve ficar pronta ainda no primeiro semestre de 2019.

De acordo com José Nunes, com o reforço do sistema de energia, Jeri poderá ampliara suas pousadas, receber novos hotéis e ter um comércio gerando mais emprego e renda.

(Foto – Enel)

Sucessão de falas radicais do clã Bolsonaro ajuda articulação pró-Haddad

A sucessão de falas radicais do clã Bolsonaro (PSL) deu tração à tentativa do PT de organizar uma frente a favor de Fernando Haddad (PT) na reta final da eleição. É o que informa a Coluna Painel, da Folha de S.Paulo desta terça-feira.

Depois de Eduardo Bolsonaro tecer comentários sobre o fechamento do STF, e Jair, o patriarca, insinuar perseguição a opositores em discurso na av. Paulista, ala do PSDB decidiu discutir a elaboração de um manifesto. Um aliado dos petistas resumiu: com seus rompantes, os Bolsonaro vão construir a aliança que Haddad não conseguiu.

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso participa das discussões sobre o documento em defesa do Estado Democrático de Direito. Haddad telefonou para ele nessa segunda-feira (22). O PT também previa um telefonema ao ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB).

Ministros do Supremo que já estavam estupefatos com a fala de Eduardo Bolsonaro também manifestaram incômodo com os termos do discurso de Jair Bolsonaro. “Até aqui, seguiram a regra do jogo. Se usarem o poder para perseguir adversários, usaremos mecanismos legais”, disse um integrante da corte.

Camilo Santana: “O próximo presidente, independente de quem seja, terá que exercitar o diálogo”

618 7

O governador Camilo Santana (PT) afirmou, nesta terça-feira, em entrevista à Rede CBN, que o próximo presidente, seja quem for, terá que exercitar o diálogo. “O Brasil não cabe mais viver com ódio ou intolerância!”, disse o chefe do executivo cearense, lembrando que, na sua primeira eleição, obteve 53% dos votos e agora chegou a quase 80% de sufrágios porque apostou no diálogo e no respeito aos adversários.

Camilo reiterou que votará em Haddad porque só consegue enxergar no petista condições para que se tenha um Brasil sem intolerância e em paz. Chegou a criticar, como fez o senador eleito Cid Gomes (PDT): O PT cometeu erros e era importante ter reconhecido que houve erros”.

Sobre Jair Bolsonaro, disse que chegou a ficar assustado com declaração do postulante do PSL avisando que não trataria bem governador que não fosse seu aliado.

“Aqui no Ceará sempre tratei todos os 184 prefeitos com respeito, liberando obras..” Camilo observou que o próximo presidente precisa e deve agir com diálogo e adotando postura institucional e republicana. “O próximo presidente tem que respeitar as urnas!”, acentuou.

(Foto – Fabio Lima)

Jovens infratores estão morrendo mais no Ceará?

Com o título “Jovens infratores: morrendo mais?”, eis o Editorial do O POVO desta terça-feira:

Os centros socioeducativos do Ceará, onde são internados adolescentes infratores estão tendo sua população reduzida. Eram 1.200 adolescentes internos em 2016 e 850 em 2017 (redução de 30%). O que houve? A situação social desse segmento melhorou? Ao contrário, o quadro social tem-se degradado cada vez mais. A realidade parece ser mais trágica: nesse intervalo de tempo cresceu o número de mortes de jovens. E elas aconteceram antes, durante ou entre aplicações de medidas socioeducativas.

Suspeita-se que seja a causa principal da queda do número de internos nos estabelecimentos onde estes são recolhidos, depois de retirados de circulação pelo sistema de Justiça.

Na verdade, não há acompanhamento sobre onde eles estão, o que fazem, para onde foram. Não há cruzamento de dados entre os órgãos públicos. Não há política de egressos. Apenas se sabe que entre 2016 e 2017, o número de sentenças arquivadas por motivo de morte passou de 39 para 114; o total de casos do programa de proteção aumentou de 10 para 152; o crescimento de adolescentes que abandonaram o cumprimento das medidas de Liberdade Assistida (LA) saltou de 245 para 538. Mas, o próprio juizado da 5ª Vara da Criança e do Adolescente, considera haver subnotificação de incidências, visto que não existe uma troca de dados entre os órgãos de segurança pública e o Poder Judiciário. Os números apresentados, na verdade têm como fonte as famílias, quando estas vão às audiências levando os filhos em Liberdade Assistida (LA). O que vem ocorrendo cada vez menos.

A causa está no fato de que os jovens têm receio de sair de seus territórios por causa das facções criminosas. O risco de morte é iminente, tanto antes de o adolescente cumprir alguma medida, ou durante ela e, principalmente, após. Cada uma dessas diferentes etapas fica sob responsabilidade de poderes também diferentes, sem que exista quase nenhum diálogo entre as instâncias responsáveis. A imensa maioria dos adolescentes em conflito com a lei que morreram estava em cumprimento de medidas de LA, após a internação. Lá dentro dos centros há a divisão de alas e dormitórios por facções e bairros, o que acentua o acirramento entre os internos e os confrontos mortais.

No entanto, segundo o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), a família e o poder público devem garantir proteção integral, incluindo a jovens que cometem atos infracionais. Quando eles saem dos centros não têm acompanhamento, nem um programa de egresso que se traduza em políticas públicas capazes de ajudar na ressocialização, com base na educação e no mercado de trabalho, para evitar a reincidência. É o mínimo que pedem as mães.

(Editorial do O POVO)

O discurso da vitória de Jair Bolsonaro

Se vencer mesmo a eleição no próximo domingo, conforme indicam as pesquisas, o candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, pretende fazer um discurso de conciliação na noite da vitória — como é de praxe.

Mas, em nenhum momento, vai citar o PT ou chamar seus dirigentes para conversar, informa o jornalista Lauro Jardim, colunista do O Globo.

(Foto – Reprodução de TV)

BNB eleva limite de empréstimos do Crediamigo

O Crediamigo, programa de microcrédito do Banco do Nordeste (BNB), elevou seu limite de crédito: passou de R$ 8 mil para R$ 15 mil. Segundo a assessoria de imprensa da Instituição, esse valor de empréstimo é voltado a investimentos, como compra de máquinas, construções e reformas.

De acordo com o superintendente de Microfinança e Agricultura Familiar do BNB, Alex Araújo, a ampliação visa dar maior poder de compra aos microempreendedores, de forma que possam realizar mais investimentos, em virtude da proximidade das vendas de final de ano.

O valor limite de R$ 15 mil passa a valer também para a modalidade de capital de giro solidário, crédito usado essencialmente para compra de mercadoria e insumos de produção.

O Crediamigo é uma oferta de crédito com prazo de pagamento de até 24 meses e inclui linhas com até seis meses de carência. Tem como foco pessoas que trabalham por contra própria, individualmente ou em grupos solidários.

(Foto – Reprodução do Youtube)

Ciro chega sexta-feira só para votar em Haddad?

243 1

Da Coluna Eliomar de Lima, no O POVO desta terça-feira (23):

O ex-ministro Ciro Gomes desembarcará em Fortaleza na sexta-feira (26), após curta temporada de descanso na Europa. Não se sabe ainda se terá recobrado o ânimo para se engajar nos últimos atos da campanha pró-Fernando Haddad, mas espera-se que tenha amenizado sua frustração com relação ao PT.

Ciro chegou a acreditar na hipótese de que poderia ser o candidato, no segundo turno, apoiado pelos petistas e tendo Fernando Haddad como vice, o que queria o governador Camilo Santana e até o ex-governador baiano Jaques Wagner (PT).

Mesmo distante da campanha, acabou deixando por aqui seu recado aos companheiros não só pela arribação aeroportuária, mas via seu irmão, Cid Gomes. Ou alguém está convicto de que o senador eleito falou cobrando mea culpa do petismo sem conversar antes com o mano mais velho?

Grupo de empresários que soma 32% do PIB nacional anuncia apoio a Jair Bolsonaro

Empresários das áreas química, automobilística, têxtil, de maquinário, construção civil, aço e siderurgia prestaram apoio, nessa segunda-feira (22), ao candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro. O grupo de dez empresários liderado pelo deputado federal Onix Lorenzoni (DEM-RS), apontado como possível futuro ministro da Casa Civil, assinou um manifesto em favor do presidenciável.

“Os setores industriais que representam 32% do PIB industrial e geram 30 milhões de empregos diretos e indiretos e R$ 250 bilhões em pagamento de impostos colocam-se a favor do diálogo com o candidato Jair Messias Bolsonaro (PSL) na Presidência da República para encontrar caminhos para a retomada do desenvolvimento da indústria, crescimento do país e geração de empregos”, diz o texto.

Em uma foto postada na conta de Bolsonaro no Twitter e na página dele no Facebook, o candidato agradece o apoio. Os empresários seguram a carta compromisso, firmada na casa do presidenciável, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.

“Hoje me reuni com muitos empresários de diversos setores do Brasil! Deixo o registro de uma destas produtivas reuniões. Vamos juntos livrar o Brasil das garras ideológicas da esquerda”, diz o texto postado nas redes sociais.

Participantes

Estiveram presentes no encontro os representantes Associação Brasileira da Indústria Química (Abiquim), da Associação Brasileira de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), da Associação de Comércio Exterior do Brasil (AEB), Associação Nacional de Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), da Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit), Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), do Instituto Aço Brasil e da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan).

Os executivos em destaque na foto, postado nas redes sociais, são Fernando Figueiredo (Abiquim), Marco Polo de Mello Lopes e Sergio Leite de Andrade (Aço Brasil), José Augusto de Castro (AEB), Sérgio Leite de Andrade (Usiminas/Aço Brasil), Cristiano Buarque Franco Neto (Firjan) e Fernando Pimentel (Abit).

O presidente executivo do Instituto Aço Brasil, Mello Lopes, elogiou o estado de saúde do candidato do PSL, que há 45 dias levou uma facada no abdômen. “Prazer em vê-lo com saúde”, disse Mello Lopes. Bolsonaro respondeu: “Passei maus momentos, mas eles se deram mal”.

(Com Agência Brasil)

Petrobras recupera R$ 3 bi após acordos de leniência e delações

A Petrobras informou que já passa de 3 bilhões de reais os valores obtidos com o ressarcimento de danos por meio de acordos de leniência e delações premiadas. Só em um dos acordos, com o grupo holandês SBM, a petrolífera receberá a devolução de 549 milhões de reais, além do abatimento de 179 milhões de dólares com pagamentos futuros devidos à companhia.

O acordo de leniência com a SBM foi assinado em julho com o Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU) e Advocacia-Geral da União (AGU).

Com o acordo, a SBM ficou apta a participar das licitações em curso e de contratações futuras. Nesse caso, a SBM terá de passar por todos os controles de conformidade a que estão submetidos os fornecedores da Petrobras.

A SBM Offshore, fornecedora de plataformas para exploração de petróleo, admitiu ter pago propina para conseguir contratos com a Petrobras. Além desse acordo com a SBM, a Petrobras já havia recuperado 2,5 bilhões de reais no âmbito da Operação Lava-Jato.

A Petrobras atua como coautora do Ministério Público Federal e da União em 16 ações de improbidade administrativa em andamento, além de ser assistente de acusação em 54 ações penais.

(Com Veja)

Ciro chega sexta-feira só para votar em Haddad?

151 1

O ex-ministro Ciro Gomes desembarcará em Fortaleza na próxima sexta-feira, após curta temporada de descanso na Europa. Não se sabe ainda se terá recobrado o ânimo para se engajar nos últimos atos da campanha pró-Fernando Haddad, mas espera-se que tenha amenizado sua frustração com relação ao PT.

Ciro chegou a acreditar na hipótese de que poderia ser o candidato, no segundo turno, apoiado pelos petistas e tendo Fernando Haddad como vice, o que queria o governador Camilo Santana e até o ex-governador baiano Jaques Wagner (PT).

Mesmo distante da campanha, acabou deixando por aqui seu recado aos companheiros não só pela arribação aeroportuária, mas via seu irmão, Cid Gomes.

Ou alguém está convicto de que o senador eleito falou cobrando mea culpa do petismo sem conversar antes com o mano mais velho?

(Foto – Facebook)

ZPE Ceará movimenta R$ 1 bilhão em placas de aço pelo sistema DU-E em 2018

A Declaração Única de Exportação (DU-E), nova sistemática apresentada pelo Portal Único de Comércio Exterior, instituída pela Portaria conjunta RFB / SECEX Nº 349, de 21 de março de 2017, consiste em um documento eletrônico que define o enquadramento da operação de exportação e subsidia o despacho aduaneiro de exportação. A DU-E compreende informações de natureza aduaneira, administrativa, comercial, financeira, fiscal e logística, que caracterizam a operação de exportação dos bens por ela amparados.

A ZPE Ceará, em parceria com a Receita Federal do Brasil, Companhia Siderúrgica do Pecém e Companhia de Desenvolvimento do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP S/A), através do ambiente de treinamento do Portal Único, iniciou este ano uma série de testes para analisar como seria o fluxo nesta nova sistemática entre os dois recintos alfandegados. Como fruto dessa parceria foram criadas cerca de 24 DU-Es do início de julho ao início de setembro, representando mais de 20 mil placas de aço (420 mil toneladas) nesse período, o equivalente a R$ 1 bilhão.

Segundo a Diretora Técnica da ZPE Ceará, Andréa Freitas, o novo processo de exportação, realizado por meio de Declaração Única de Exportação (DU-E), busca adequar o controle aduaneiro e administrativo ao processo logístico das exportações, de maneira a realiza-los de forma eficaz e segura, porém sem causar atrasos desnecessários ao fluxo das exportações. A Instrução Normativa nº 1.702, de 21 de março de 2017, disciplina o despacho aduaneiro de exportação processado por meio de Declaração Única de Exportação (DU-E).

Conforme o presidente da ZPE Ceará, com os dois meses de uso da nova sistemática, a qualidade da funcionalidade, tanto de trânsito quanto de estoque, foi verificada. “Esse novo cenário do Portal Único da RFB através da DU-E se adequa à realidade atual, que é justamente utilizar o máximo possível a tecnologia em prol do desenvolvimento. E a ZPE Ceará anda em sintonia com a inovação em busca de aperfeiçoar todos os trâmites que envolvam uma Zona de Processamento de Exportação no comércio exterior”, conclui.

Single Windows

Para o auditor-fiscal Edson Nogueira, que representou a Receita Federal no laboratório de testes, a DUE tem proporcionado ganhos sensíveis de eficiência. “A parceria estratégica criada por meio do laboratório contribuiu para a melhoria do ambiente de negócios e da competitividade do país, que é um dos objetivos estratégicos da RFB”, destaca.

Uma das vantagens do novo modelo é chamada “single windows”, ou guichê único, por meio do qual o contribuinte apresenta seus dados somente na DU-E e estes são encaminhados automaticamente para os diversos órgãos envolvidos no processo de exportação, eliminando a necessidade de apresentação da documentação para cada órgão.

(Governo do Ceará / Foto: Divulgação)

Temer pede que ministros passem informações para a transição de governo

O presidente Michel Temer disse, nessa segunda-feira (22), que a transição entre o seu governo e o próximo, será “muito tranquila”. Em reunião com alguns de seus principais ministros, no Palácio do Planalto, ele afirmou que várias áreas do governo já prepararam os dados para apresentarem ao governo eleito, que será conhecido no próximo domingo (28).

O presidente reiterou que o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha será o coordenador do processo e centralizará a transição. “Nós faremos uma transição muito tranquila. Essa transição já está sendo equacionada, muitos dados já foram formatados pelas várias áreas de governo. Mas eu pretendo centralizar esta transição na figura do chefe da casa civil, Eliseu Padilha”.

Além de Padilha, participaram da reunião o ministro da Fazenda, Eduardo Guardia; de Minas e Energia, Moreira Franco; de Direitos Humanos, Gustavo do Vale Rocha; da Secretaria-Geral da Presidência da República, Ronaldo Fonseca, e Carlos Marun, da Secretaria de Governo.

Temer determinou a todos os integrantes do seu governo repassem as informações de suas áreas para Padilha, para não prejudicar o novo governo. “Eu acho que se falarmos muito esparsamente pode ocorrer algum equívoco que será prejudicial para o novo governo. Peço para todos aqueles que aqui estão […] que ao dialogarem tragam o diálogo para o ministro-chefe da Casa Civil. Essa centralização que estou determinando é fundamental para que haja um diálogo muito produtivo entre quem chega e quem sai”.

Enquanto o novo presidente da República não é conhecido, o governo atual discute internamente a transição. A partir de amanhã (23) Padilha fará reuniões com os outros ministros para verificar a produção de dados para apresentar à equipe do novo governo.

O processo de transição não será conduzido no Palácio do Planalto. Ocorrerá no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), localizado a seis quilômetros da Praça dos Três Poderes.

(Agência Brasil)

Dia do Servidor Estadual terá ponto facultativo na próxima segunda-feira

242 1

O Governo do Ceará publicou no Diário Oficial do Estado, nesta segunda-feira, 22, decreto definindo ponto facultativo para todos os órgãos e entidades da Administração Pública Estadual na próxima segunda-feira, 29 de outubro (29/10). a data comemora o Dia do Servidor Público Estadual.

Originariamente, a data consagrada é o dia 28 de outubro, no caso o próximo domingo, mas o governador Camilo Santana (PT) decidiu adiar a data.

O decreto informa também que serão normalmente assegurados o fornecimento de água e dos serviços prestados pela Polícia Militar, Polícia Civil, Perícia Forense e pelo Corpo de Bombeiros Militar, o atendimento médico-hospitalar e de ambulatórios médicos especializados que atendem a pacientes com consultas médicas previamente agendadas, assim como o funcionamento do Sistema de Licitações pertencente à estrutura orgânica da Procuradoria-Geral do Estado, no que se refere aos procedimentos licitatórios designados para o dia 29 de outubro, dos equipamentos culturais do Estado do Ceará, da Central de Atendimento Telefônico da Ouvidoria localizada em Canindé (Central 155), dos postos do Hemoce, do serviço pré-hospitalar do Samu Ceará (Central 192) e dos serviços relacionados às campanhas de sanidade animal e vegetal executadas pela Adagri e pela Ematerce.

Globo ainda aguarda resposta de Bolsonaro para o debate

Apesar do candidato a presidente da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, já ter decido não participar dos debates presidenciais, a Rede Globo ainda não foi avisada oficialmente. A informação é da Coluna Radar, da Online.

Caso Bolsonaro confirme à emissora que não irá mesmo debater, uma possibilidade é fazer uma sabatina com Fernando Haddad.

A outra opção é não ter qualquer programação com os candidatos.

Câmara Municipal homenageia Rogério Ceni, mas técnico não aparece

936 22

A Câmara Municipal de Fortaleza preparou a maior festa para entregar, nesta noite de segunda-feira, a Medalha do Mérito Desportivo Ayrton Senna ao técnico do Fortaleza, Rogério Ceni, mas o moço não apareceu. Mandou o presidente do clube, Marcelo Paz, representá-lo e apresentar a desculpa de que estava muito concentrado com as estratégias e táticas do clube. O ato integrava o centenário do “Leão”.

Os vereadores que propuseram a homenagem – Acrísio Sena e Benigno Júnior, ficaram na saudade, bem como autoridades como o secretário de Esportes do Estado, Euler Barbosa, o secretário adjunto da Casa Civil, Quintino Vieira, representando o governador Camilo Santana, e o ex-jogador Celso Gavião, além de torcedores que foram prestigiar o técnico tricolor.

DETALHE – E se a homenagem fosse no Sul Maravilha ou da Globo, o técnico arranjaria algum tempinho em sua sobrecarregada agenda? – eis a indagação corrente entre convidados dessa sessão especial.

(Foto – CMFor)

Governo do Ceará fecha acordo para implantar fábrica que construirá turbinas eólicas

514 4

O governador Camilo Santana oficializou com a empresa multinacional Vestas, nesta segunda-feira, no Palácio da Abolição, a vinda de mais um empreendimento para gerar novas oportunidades de negócio no Estado. Agora é a construção de fábrica de turbinas eólicas.

A parceria foi selada por meio de um Memorando de Entendimento, assinado por Camilo Santana e pelo presidente do grupo privado, Rogério Zampronha. Pelo acordo, a Vestas fabricará em solo cearense a turbina V150-4.2 MW™, a mais moderna do mundo e que já é produzida em outros países, colocando o Ceará como pioneiro no fornecimento do produto no Brasil.

“Agradeço ao presidente da Vestas pela oportunidade de trazer mais esse investimento para o Ceará. A empresa traz a fabricação de turbinas, o que gerará mais empregos para os cearenses e crescimento para todo o Estado. Estamos muito felizes. Em nome de toda a equipe do Governo agradeço por acreditarem no Ceará,” disse o governador. O novo empreendimento deverá ser inaugurado no fim de 2019.

Também participaram do ato o secretário do Desenvolvimento Econômico, César Augusto Ribeiro, o secretário-chefe da Casa Civil, Nelson Martins, o secretário da Infraestrutura, Lucio Gomes, e o presidente da Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece), Eduardo Neves.

(Foto – Divulgação)

CNI quer permanência de ministério que pode ser extinto por Bolsonaro

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) divulgou nota hoje (22) defendendo a manutenção do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC). O presidente da entidade, Robson Braga de Andrade, lembrou que a pasta é importante para elaborar, executar e coordenar as políticas públicas para o setor industrial e monitorar seus impactos.

“A indústria não pode estar ligada a uma área que tem como prioridades o aumento de receitas e a redução de despesas. Os ministérios da Fazenda e do Planejamento desempenham papéis específicos. Quem vai defender as políticas industriais?”, disse em nota.

A manifestação da CNI vem com a possibilidade de incorporação das atribuições do MDIC pelo Ministério da Economia, criado em um eventual governo Jair Bolsonaro. De acordo com programa de governo do PSL, o Ministério da Economia incorporaria as atuais estruturas e atribuições dos ministérios da Fazenda, Planejamento, Indústria e Comércio e a Secretaria do Programa de Parcerias e Investimentos (PPI).

Para justificar a importância do MDIC na estrutura do Executivo, Andrade afirmou que o setor industrial contribui com R$ 1,2 trilhão para a economia brasileira e emprega 9,6 milhões de trabalhadores. Além disso, destacou Andrade, a indústria responde por 51% das exportações e 25% da arrecadação previdenciária.

“Para a indústria brasileira, o próximo governo tem o desafio de colocar o Brasil de volta no caminho do desenvolvimento econômico e social. Precisamos avançar nas reformas, garantir investimentos em infraestrutura e desburocratizar a economia de modo geral”, concluiu.

(Agência Brasil)

Associação Brasileira de Ouvidores – Diretoria do Ceará toma posse na próxima sexta-feira

A nova diretoria da Associação Brasileira de Ouvidores, regional do Ceará, tomará posse na próxima sexta-feira, 26. O ato ocorrerá a partir das 16 horas, no auditório da Reitoria da Universidade Federal do Ceará.

O advogado Irapuan Diniz Aguiar assumirá a presidência da entidade, ocasião em que serão empossados ainda membros do Conselho Fiscal e Deliberativo e da Comissão de Ética da ABO/CE. A eleição ocorreu na última sexta-feira.

Chapa “Ouvidoria Para Todos”

*Diretoria Executiva

Presidente – Irapuan Diniz de Aguiar – FGF
Vice-Presidente – Paulo Henrique Araújo Lima – STDS
Diretor da Secretaria Administrativa – Jean Lopes dos Santos – CGE
Diretor Tesoureiro – Germano Fábio Miranda Crisóstomo – PMC
Diretor de Comunicação Social – Geovana Cartaxo de Arruda – UFC
Diretor Jurídico – Maria Cristina Ferreira da Costa – ABO/CE

*Conselho Fiscal e Deliberativo

Membros Efetivos
José Valdo Silva – ABO/CE
Márcia Morais Ximenes Mendes – SEFAZ
Irani Rodrigues Loiola – SEDDUC
Virgílio Freire do Nascimento Filho – TCE
Marta Maria Marques Dantas – ABO/CE

Suplentes
Liduína Maria Benevides de Castro – Rede Municipal
Herbeny do Amaral Holanda – Rede Municipal
Rita Maria Pereira Lima – Rede Municipal

*Comissão de Ética

Vanja Fontenele Pontes – MP
Dayse Gadelha Lima Fuques – Rede Municipal
Adísia Sá – ABO/CE
Daniela Nogueira – O POVO
Sônia Maria C. Melo – Rede Municipal.

(Foto – Balada In)