Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Candidatos respondem a perguntas de estudantes

A candidata do PT à Prefeitura de Fortaleza respondeu que o aparelhamento da Guarda Municipal e a ocupação dos espaços públicos combatem a insegurança.

O candidato do PHS à Prefeitura de Fortaleza, Tin Gomes, responde sobre gratuidade para estudantes no transporte público e disse que não há como prometer a gratuidade. Afirmou que, quem prometer, está enganando a população.

O candidato do PDT à Prefeitura de Fortaleza, Roberto Cláudio responde sobre empreendedorismo e diz que a meta é tornar Fortaleza cada vez mais atrativa.

O candidato do PSB à Prefeitura de Fortaleza, Heitor Férrer, responde sobre programa de moradia e ressalta proposta de seu plano de governo.

O candidato do PRB à Prefeitura de Fortaleza, Ronaldo Martins, responde sobre qualidade na educação pública e sugere melhoria por meio da internet gratuita.

O candidato do PR à Prefeitura de Fortaleza, Capitão Wagner, responde sobre saúde e critica gastos da atual gestão.

 

Danilo Forte acredita que Heitor vá para o 2º turno

[embedyt] http://www.youtube.com/watch?v=yxVC192BXdE[/embedyt]

O deputado federal Danilo Forte (PSB) foi chamado a Brasília para reunião de líderes da base do governo na Câmara com o presidente Michel Temer.A reunião ocorrerá nesta noite de terça-feira.

Danilo Forte é o presidente da comissão especial do Novo Regime Fiscal, que analisa a PEC do teto de gastos públicos. Na quarta-feira, pela manhã, haverá café com Temer e os presidentes da Câmara e do Senado.

Mas o parlamentar conversou com o Blog sobre a disputa em Fortaleza, onde o candidato Heitor Férrer, do PSB, perdeu espaços junto ao eleitorado, segundo as últimas pesquisas.

Danilo aproveitou para denunciar excesso de gastos na campanha e reiterou confiança de que Heitor cresça na reta final e vá para o segundo turno.

Construção Civil – Custo sobe 0,37% em setembro

“O Índice Nacional de Custo da Construção registrou taxa de variação de 0,37% em setembro, resultado acima do verificado no mês anterior, de 0,26%, de acordo com o Instituto Brasileiro de Economia, da Fundação Getulio Vargas.

Materiais, equipamentos e serviços acusaram variação de 0,16%. No mês anterior, a taxa havia sido de 0,26%. Dos quatro subgrupos, três apresentaram acréscimo em suas taxas, destacando-se material para acabamento, que passou de -0,25% para 0,1%.

O índice referente à mão de obra teve variação de 0,55%. No mês anterior, a taxa foi de 0,26%. A variação ocorreu devido à primeira parcela dos reajustes salariais de Brasília e ao início da captação da segunda parcela do reajuste salarial de São Paulo, praticado em janeiro.

O Índice de Confiança da Construção (ICST) subiu 2,1 pontos em setembro, atingindo 74,6 pontos, o maior nível desde junho de 2015. Esta é a terceira alta consecutiva, apesar de o indicador continuar em níveis muito baixos em termos históricos. Essa alta tem relação com a melhora das perspectivas no curto prazo.”

(Agência Brasil)

Petroleiros entram em greve a partir de quinta-feira

84 1

“O Sindicato dos Petroleiros do Estado do Rio de Janeiro (Sindipetro-RJ) anunciou, em nota oficial em sua página na internet, que a categoria deflagrará greve por tempo indeterminado a partir da meia noite da próxima quinta-feira (29).

Segundo o sindicato, as assembleias realizadas pela entidade votaram pela rejeição da contraproposta apresentada pela empresa para a renovação do Acordo Coletivo de Trabalho para os próximos dois anos (ACT/ 2015-2017), apresentada pela Petrobras em reunião realizada no último dia 16.

O movimento do petroleiros também manteve o viés político que vem sendo adotado desde que a estatal anunciou o processo de desmobilização de ativos em curso e que prevê, no novo Plano de Negócios e Gestão 2017-2021, a venda de ativos da companhia no valor total de US$ 19,5 bilhões, volume superior aos US$ 15,1 bilhões previsto no plano anterior.

“O conjunto das assembleias também votou por ampla maioria contra o processo de desmonte do sistema Petrobras, conforme indicado em seu mais recente Plano de Negócios apresentado no último dia 20 de setembro”, diz a nota.

A decisão da empresa se sustenta, no entanto, na necessidade de melhorar a capacidade de investimento da estatal sem a necessidade de fazer novas captações de recursos no mercado e, consequentemente, alavancar ainda mais a empresa, excessivamente endividada.

No novo Plano de Negócios e Gestão, divulgado na semana passada, a Petrobras também anunciou a retirada “integral” da estatal dos setores de produção de biocombustíveis, distribuição de GLP (gás de cozinha), produção de fertilizante e das participações da companhia na petroquímica para, segundo a empresa, “preservar competências tecnológicas em áreas com maior potencial de desenvolvimento”.

Contraproposta

No entendimento dos petroleiros a proposta da empresa para a data base da categoria agora em setembro, “é extremamente rebaixada, com reajuste zero no salário básico e 4,97% na RMNR (com a inflação oficial chegando a 11,27%)”.

A proposta apresentada pelo Sindipetro-RJ à companhia, propõe reajuste da tabela salarial (Salário Básico) dos seus empregados, conforme a tabela vigente em agosto de 2016 (que corresponde ao maior índice de inflação acumulado calculado pelo ICV/DIEESE, IPCA), correspondente ao período de 1º de setembro de 2015 a 31 de agosto de 2016, acrescido da Produtividade e Ganho Real de 10%.”

(Agência Brasil)

Rede Master promove debate sobre Poder Global

magvnolli

Demétrio Magnoli, jornalista, sociólogo e especialista em política internacional, fará palestra sobre o tema “Reconfigurações do Poder Global – Vivemos uma nova guerra fria?” A realização é da Rede Master de Ensino.

A palestra ocorrerá nesta quinta-feira, a partir das 19 horas, na sede do Colégio Master (Bezerra de Menezes) e faz parte de um ciclo que o estabelecimento realiza ao longo do ano.

Perfil do palestrante

Demétrio Magnoli, Doutor em Geografia Humana pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH-USP) , é integrante do Grupo de Análises de Conjuntura Internacional (GACINT) do Instituto de Relações Internacionais (IRI-USP) da referida universidade. Autor e coautor de diversas obras, também é colunista dos periódicos O Estado de S. Paulo e O Globo, é comentarista de política internacional do “Jornal das Dez” da Globo News. Foi colunista da revista “Época” e da Folha de S. Paulo (até setembro de 2006 ). Também foi colunista da Rádio BandNews FM e comentarista do Jornal da TV Cultura. Desde 1993, é diretor editorial do boletim “Mundo: Geografia e Política Internacional”.

SERVIÇO

*Colégio Master Bezerra – Avenida Bezerra de Menezes, 1802 – Bairro São Gerardo

*Entrada franca (com vagas limitadas)

*Mais Informações – 40111212.

 

 

Capitão Wagner é candidato de discurso monotemático, diz Alexandre Pereira

153 3

[embedyt] http://www.youtube.com/watch?v=jhqJJj0m-hc[/embedyt]

O presidente regional do,PPS, Alexandre Pereira, afirmou, nesta terça-feira, que a tendência, pelas pesquisas eleitorais, é o prefeito Roberto Cláudio (PD) ir para o segundo turno com o capitão Wagner, postulante do PR.

Pereira disse que, baseado por essa perspectiva, o prefeito tem amplas chances de sair vitorioso porque, no segundo turno, o eleitor age mais pela razão do que pela emoção.

Alexandre Pereira não dispensou uma crítica ao Capitão Wagner: continua fazendo um discurso monotemático, ou seja, só abordando segurança pública.

DETALHE – Alexandre Pereira é também o coordenador das Parcerias Público-Privadas da Prefeitura de Fortaleza.

Capitão Wagner reforçou presença na periferia

capitt

O candidato a prefeito de Fortaleza pelo PR, Capitão Wagner, fez caminhada, nessa noite de segunda-feira, em três bairros: Planalto Ayrton Senna, Bom Jardim e Conjunto Ceará.

“Quero ser o melhor prefeito que Fortaleza já viu. A prioridade será cuidar de todas as pessoas, sem beneficiar classe social”, prometeu, em conversa com moradores, o candidato.

Capitão Wagner estará nesta terça-feira no Siqueira, Serrinha e fará minicarreata nos bairros Henrique Jorge, Bonsucesso e João XXIII.

(Foto – Divulgação)

Capitão Wagern vai ganhar no 1º turno, afirma o deputado federal Cabo Sabino

[embedyt] http://www.youtube.com/watch?v=VyyPP95cn38[/embedyt]

O deputado federal Cabo Sabino (PR) afirmou, nesta terça-feira, não ter dúvidas: quando as urnas do próximo domingo forem abertas, quem vai ganhar no primeiro turno é o Capitão Wagner (PR).

Cabo Sabino garante que as pesquisas que estão sendo divulgadas, distorcem a realidade.

“Estão fazendo com o Capitão o que fizeram com o então candidato Heitor Férrer, na última eleição”, afirma o parlamentar. Ele diz estranhar que não houve divulgação de pesquisa relacionada a um segundo turno.

Na eleição municipal de 2012, Heitor aparecia, pelas pesquisas, em quarto lugar. Após a apuração, ele ocupava o terceiro lugar.

TSE – Eleitor só pode ser preso em flagrante

“A partir de hoje (27), eleitores não podem ser presos ou detidos, salvo em flagrante ou para cumprimento de sentença criminal. A regra está prevista no Código Eleitoral, que entrou em vigor em 1965 e serve para garantir a liberdade do voto. No próximo domingo (2), mais de 144 milhões de eleitores vão às urnas para eleger vereadores e prefeitos. A regra vale até 48 horas após o encerramento do pleito.

Na prática, mandados de prisão não devem ser cumpridos pela Polícia Federal, principalmente na Operação Lava Jato, até a semana que vem, para evitar nulidades nos processos criminais. A regra foi inserida na legislação eleitoral em 1932, com o objetivo de anular a influência dos coronéis da época, que tentavam intimidar o eleitorado. Atualmente, juristas questionam a impossibilidade das prisões, mas a questão nunca foi levada ao Supremo Tribunal Federal (STF).

A proibição está no Artigo 236, do Código Eleitoral, e o texto diz: “Nenhuma autoridade poderá, desde 5 (cinco) dias antes e até 48 (quarenta e oito) horas depois do encerramento da eleição, prender ou deter qualquer eleitor, salvo em flagrante delito ou em virtude de sentença criminal condenatória por crime inafiançável, ou, ainda, por desrespeito a salvo-conduto.”

(Agência Brasil)

Dia Nacional da Doação de Órgãos é lembrado no Ceará

Esta terça-feira (27) marca o Dia Nacional da Doação de Órgãos. Por conta disso, o Governo do Ceará mandou iluminar em verde a fachada do Palácio da Abolição. A cor verde também ilumina o Hospital Geral de Fortaleza (HGF).

Anualmente, no mês de setembro, acontece a Campanha Nacional de Doação de Órgãos, em apoio à Lei Nº 15.463, de 18 de junho de 2014, que instituiu o mês da doação de órgãos, denominado Setembro Verde.

Curso

Como parte das atividades do Setembro Verde, a Central de Transplantes da Secretaria da Saúde do Estado realizará, nesta quarta-feira, o IV Curso de Coordenadores Educacionais de Transplantes, das 8 às 17 horas, no Hotel Plaza Praia Suítes (Praia de Iracema).

O objetivo é sensibilizar lideranças da sociedade civil e estudantes com conhecimentos básicos para atuação como multiplicadores do tema da doação de órgãos e tecidos para fins de transplantes. O curso terá a participação de 70 representantes de associações de pacientes e de transplantados, como também de estudantes universitários do Grupo de Pesquisa em Transplante da Universidade Estadual do Ceará (UECE), da Liga Acadêmica de Enfermagem em Transplante da Universidade Federal do Ceará (LAET/UFC) e do Programa Bolsa de Incentivo à Educação na Rede SESA (Proensino SESA).

Na Região do Cariri, a Universidade Regional do Cariri (Urca), por meio do curso de Enfermagem, em parceria com a Organização de Procura de Órgãos-Cariri (OPO), realizará nesta terça-feira, a mesa-redonda “Assistência, Ensino e Pesquisa na Captação e Transplante de Órgãos e Tecidos”, no auditório do Geopark Araripe, às 18 horas.

Plano Collor – Professores da UFC vão receber R$ 95 milhões

UFC(1)

Cerca de 750 professores da Universidade Federal do Ceará (UFC) vão receber R$ 95 milhões referentes ao reajuste de 84,32% do chamado Plano Collor. A ordem pagamento do precatório foi assinada pelo vice-presidente do Tribunal Regional do Trabalho do Ceará, desembargador Jefferson Quesado Júnior, nessa segunda-feira (26), e põe fim a uma disputa trabalhista que durou 26 anos.

O acordo de procedimento foi intermediado pelo Núcleo de Conciliação do TRT/CE no último dia da Semana Nacional da Execução Trabalhista, sexta-feira (23), junto a representantes da Associação dos Docentes da Universidade Federal do Ceará.

“Esse processo já foi testado e retestado. Agora é um grande momento para os servidores da Universidade, que deram sua contribuição à cultura e à educação do Ceará e que a muito tempo esperavam esses valores”, disse Inocêncio Uchôa, um dos advogados que atuaram no processo. O profissional também registrou seu agradecimento à administração do TRT/CE e, em especial, ao Setor de Precatórios pelo trabalho desenvolvido para a solução do caso.

A ação trabalhista teve início em 1990, quando os professores da UFC pediam a correção de 84,32% sobre seus vencimentos, referentes à reposição do Plano Collor. O percentual foi implantado nos salários dos servidores em 1996 e desde de então a União vinha interpondo diversos recursos para cancelar o pagamento.

Após tramitar por todas as instâncias da Justiça do Trabalho e chegar ao Supremo Tribunal Federal, o processo chega a seu final, encerrando uma polêmica que durou aproximadamente 26 anos. “É uma vitória também da Justiça do Trabalho que conseguiu desempenhar muito bem o seu papel, entregando o que é devido a esses trabalhadores”, afirma o desembargador Jefferson Quesado Júnior.

Ciro é condenado a pagar R$ 30 mil a Temer

ciro-e-mechel-550x300

O ex-ministro Ciro Gomes, pré-candidato a presidente da República pelo pDT em 2018, foi condenado a pagar R$ 30 mil ao Presidente Michel Temer por danos morais. A sentença saiu nessa segunda-feira, informa a Coluna Radar, da Veja Online.

Em julho deste ano, seu irmão Cid Gomes (PDT) também foi condenado a pagar R$ 50 mil por danos morais ao presidente.

Nos dois casos, o Presidente foi defendido pelo advogado Gustavo Rocha, hoje chefe da Subsecretaria de Assuntos Jurídicos da Casa Civil.

Ciro chamou Temer de “chefe de quadrilha do PMDB” em uma série de entrevistas que deu em seu giro político pelo País durante este ano.

Candidatos à presidência dos EUA discutem questões raciais em debate

foto-debate-eua-160926

O debate entre o candidato republicano à presidência dos Estados Unidos, Donald Trump, e a democrata, Hillary Clinton, na noite dessa segunda-feira (26), teve como um de seus temas a questão racial. Ela defendeu controle de armas e um trabalho conjunto com a polícia. Já o bilionário afirmou que os negros e latinos no país vivem “no inferno”.

“Precisamos trazer a lei e a ordem de volta”, afirmou Trump, destacando que imigrantes ilegais formaram gangues violentas em várias cidades como Chicago. “Eles têm armas e atiram em nós”, disse ele. Já Hillary acusou o republicano de trabalhar para o lobby da indústria de armas.

Trump elogiou ainda a política de tolerância zero do prefeito de Nova York, Rudolph Giuliani, destacando que ocorreu redução de crimes na cidade. Hillary mencionou que Trump foi processado há alguns anos por racismo em suas empresas. Trump afirmou que o caso foi resolvido judicialmente sem precisar admitir culpa.

(Agência Estado)

BNDES diz que financiamentos investigados na Lava Jato estão sendo revistos

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) divulgou uma nota, na noite dessa segunda-feira (26), informando que os financiamentos contratados pelo BNDES com Angola, e que estão sob investigação na Operação Lava Jato, estão em fase final de revisão e que o banco estuda a definição de novos critérios e procedimentos para futuras operações.  A instituição também disse que está colaborando com o Tribunal de Contas da União (TCU).

Segundo a nota, as operações feitas com Angola “derivam de diversos protocolos que os dois países têm celebrado desde a década de 1990”. Os protocolos envolvem o apoio às exportações para projetos em diversos setores, como a construção de rodovias, obras de saneamento, abastecimento de água, geração e distribuição de energia elétrica e habitação, além de exportação de equipamentos para corpo de bombeiros.

A nota é uma resposta à citação do banco nas investigações divulgadas pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Federal (MPF). Segundo o MPF e a PF, o ex-ministro da Fazenda no governo Luiz Inácio Lula da Silva, Antonio Palocci, e a Odebrecht teriam negociado ampliação de linha de crédito junto ao BNDES para Angola, país com o qual a empresa mantinha relações comerciais.

O banco informou que os financiamentos contratados pelo BNDES para exportações de bens e serviços de engenharia e construção feitas pela Odebrecht para a África atingiram US$ 3,3 bilhões entre 2007 e 2016. O banco esclarece que o total das operações contratadas pela instituição para projetos de infraestrutura na África alcançou US$ 4,7 bilhões.  Os US$ 4,7 bilhões estão incluídos nos financiamentos a exportações de bens e serviços de engenharia e construção concedidos pelo banco no período de 2007 e 2016, que totalizam US$ 13,9 bilhões. Os desembolsos para os financiamentos de exportação somaram U$ 9,3 bilhões. Segundo a nota, todas as operações de financiamentos contratados pelo BNDES estão disponíveis no site do banco.

(Agência Brasil)

Justiça manda DF fornecer remédio derivado da maconha a paciente

“A Justiça determinou que o governo do Distrito Federal forneça um medicamento feito de canabidiol, substância derivada da maconha, a um cidadão que sofre de epilepsia e atraso do desenvolvimento psicomotor. O remédio não tem registro no Brasil e foi receitado ao paciente por seu médico. Sem condições para comprá-lo, o cidadão recorreu ao Judiciário para garantir o tratamento, estimado em R$ 10,4 mil.

Extraído da Cannabis sativa, o canabidiol, conhecido como CBD, vem sendo usado no tratamento de convulsões provocadas por diversas enfermidades, entre elas a epilepsia.

Na decisão, o juiz Jansen Fialho de Almeida, da 3ª Vara da Fazenda Pública, entendeu que cabe ao Estado dar condições para que o direito constitucional à saúde seja respeitado. Segundo o juiz, os laudos apresentados pelo cidadão mostram que ele deve receber o medicamento para garantir o tratamento contra a doença.

“O direito à saúde encontra-se classificado dentre o rol dos direitos fundamentais do cidadão, inerentes à própria existência humana, cuja relevância levou o constituinte a alçá-lo em sede constitucional, como forma de prestação positiva do Estado”, justificou o juiz.

No processo, o governo do Distrito Federal alegou que não poderia fornecer o canabidiol porque o medicamento não é registrado no Brasil e não há fundamento jurídico para sua distribuição. Além disso, a defesa do GDF sustentou que segue protocolos e normas técnicas sobre o fornecimento de remédios para a população.

Anvisa

No começo deste ano, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) reclassificou o canabidiol como medicamento de uso controlado e não mais como substância proibida. A agência também regulamentou a prescrição médica e a importação, por pessoa física, de medicamentos e produtos com canabidiol e tetrahidrocannabinol (THC) em sua formulação, desde que exclusivamente para uso próprio e para tratamento de saúde.

Em 2014, o Conselho Federal de Medicina (CFM) também aprovou a prescrição da substância para tratamento de epilepsias de crianças e de adolescentes, no caso de insuficiência de tratamentos convencionais.”

(Agência Brasil)