Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Taxistas de Fortaleza se mobilizam contra o Uber

87 1

Táxis

O Sindicato dos Taxistas de Fortaleza está convocando, via redes sociais, a categoria para uma assembleia geral nesta segunda-feira (2), a partir das 17 horas, na sede da entidade. O assunto é um: discutir ações contra a chegada do aplicativo Uber.

“Vamos fazer uma assembleia para decidir como vai ser o movimento contra o Uber”, avisa Vicente de Paula Oliveira, presidente do Sinditaxi.

As perdas dos taxista com a chegada do Uber já são sentidas pela categoria. Uma corrida, por exemplo, de Fortaleza para o Porto das Duns, que saia por R$ 150,00, caiu para R$ 70,00. Uma corrida do bairro Parquelândia para a Praia do Futuro, que custava R$ 70,00, caiu para R$ 35,00.

Na Câmara Municipal, o vereador petista Ronivalo Maia deu entrada numa  lei para regulamentar o serviço Uber. Já o prefeito Roberto Cláudio deve tratar do assunto nesta semana.

Acrísio convoca reunião para discutir poluição da Praia do Futuro

foto acrísio sena cmfor

A manchete do O POVO da última quinta-feira estampando que 100% da Praia do Futuro está poluída e, portanto, imprópria para banho, movimentou a Câmara Municipal.

O vereador Acrísio Sena (PT) convocou reunião de emergência para discutir a questão nesta segunda-feira, às 15 horas, na Sala das Comissões da Casa. Serão convidados representantes da SEUMA, SEMACE, CAGECE, REGIONAL II, SPU e da Associação dos Empresários das Barracas da Praia do Futuro.

“Não é possível que uma cidade como a nossa, que respira turismo, tenha pouco mais de dois quilômetros de balneabilidade de um total de 34 quilômetros de orla”, lamentou Acrísio sena. Para ele, esse tipo de quadro “compromete a imagem de Fortaleza em todo o país e temos obrigação de resolver este problema com o máximo de urgência, sob pena de comprometer a saúde da população e toda a cadeia de investimentos do trade turístico”.

Dilma Rousseff vai anunciar o reajuste do Bolsa Família e da tabela do Imposto de Renda

foto dilma video 160415

“A presidenta Dilma Rousseff deve anunciar hoje (1º) reajustes no benefício do programa Bolsa Família e na tabela do Imposto de Renda Pessoa Física. As medidas devem ser anunciadas em evento do Dia do Trabalho, no Vale do Anhangabaú, em São Paulo, promovido pela Central Única dos Trabalhadores (CUT).

Segundo a CUT, está confirmada a presença do ministro do Trabalho e Previdência Social, Miguel Rossetto, e do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no ato, que reunirá mais de 60 entidades que formam as frentes Brasil Popular e Povo sem Medo. As centrais sindicais realizam o ato “em defesa da democracia, contra o golpe e contra a retirada de direitos.”

Bolsa Família

A ministra do Desenvolvimento Social, Tereza Campello, dará entrevista coletiva às 15h, no Palácio do Planalto, para detalhar a correção dos benefícios do programa.

Para este ano, o Bolsa Família tem R$ 28,11 bilhões. O montante é superior aos R$ 26,41 bilhões gastos em 2015. Durante as discussões do Orçamento deste ano, a Comissão Mista de Orçamento tentou cortar R$ 10 bilhões do Bolsa Família, alegando que o atendimento aos atuais beneficiários não seria prejudicado, mas o governo negociou para reverter a proposta.

Atos do 1º de Maio

Manifestantes ligados ao Movimento Revolucionário dos Trabalhadores (MRT) fazem nesta manhã um protesto em frente ao Theatro Municipal, no centro de São Paulo. Com bandeiras do movimento, eles protestam contra a aprovação do pedido de abertura de processo deimpeachment da presidenta da República Dilma Rousseff, que eles chamam de golpe, e contra o ajuste fiscal. O número de manifestantes não foi divulgado pela Polícia Militar. O ato transcorre de forma pacífica.

Segundo militantes do movimento, os manifestantes devem se juntar mais tarde ao ato promovido pela CUT no Vale do Anhangabaú. Neste ano, o lema do evento é Brasil: Democracia + Direitos.”

(Agência Brasil)

Copa Arena – E para quem duvidava que Roberto Cláudio e Camilo jogam no mesmo time…

foto rc e camilo areninha 160430

O prefeito Roberto Cláudio (PDT) e o governador Camilo Santana (PT) participaram, na noite desse sábado (30), no bairro Quintino Cunha, da abertura da Copa Arena Fortaleza da Juventude, que reunirá 32 equipes de 17 bairros da cidade.

Mais do que a participação formal, Roberto Cláudio e Camilo Santana entraram em campo e protagonizaram a partida de abertura, ao lado de servidores municipais e estaduais, além de ex-atletas, como Marquinhos Capivara, que incentiva crianças da periferia ao esporte.

Para o prefeito, as Areninhas têm transformado cenários de falta de oportunidade para os jovens de alguns bairros em prática de esporte, de lazer, de entretenimento e de promoção da paz. “Já são sete Areninhas e serão 21 até outubro deste ano”, assegura o prefeito.

“Quero agradecer especialmente o apoio firme e forte do governador Camilo Santana, que teve a sensibilidade de perceber a oportunidade que as Areninhas dão para a organização dessa competição. Eu e o Camilo entramos em campo e sentimos a emoção de jogar numa Areninha acompanhado de craques do futebol cearense do passado. Foi muito bacana”, completou.

DETALHE – Roberto Cláudio, bom lembrar, foi da equipe de futsal do seu colégio.

Indústria perde espaço na economia de 22 estados e do DF em três anos, diz CNI

foto indústria índices 160501

A perda de competitividade, provocada por problemas como falta de infraestrutura, burocracia e baixa produtividade, está trazendo consequências drásticas para um dos principais setores da economia brasileira. O peso da indústria no Produto Interno Bruto (PIB) de 22 estados e do Distrito Federal diminuiu de 2010 a 2013. No mesmo período, o peso da indústria no PIB nacional caiu 2,5 pontos percentuais, de 27,4% para 24,9%.

A queda na participação econômica em quase todas as unidades da Federação consta do estudo Perfil da Indústria nos Estados, elaborado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). Ao comparar o valor produzido pela indústria local com a soma de todos os bens e serviços produzidos em cada estado e no DF, o levantamento comprovou a redução da importância do setor.

O maior recuo ocorreu na Bahia, onde a participação da indústria na economia do estado caiu 6,6 pontos percentuais, de 27,1% em 2010 para 20,5% em 2013. Em seguida, vêm Amazonas, com retração de 5,7 pontos (de 42,7% para 37%) e Tocantins, com queda de 4,3 pontos (de 21% para 16,7%).

Responsável pelo maior parque industrial do país, São Paulo está em quarto lugar, com retração de 4,2 pontos percentuais, de 27,1% para 22,9%. A perda de espaço refletiu-se na queda da participação do estado na composição nacional da produção industrial. Em 2010, São Paulo concentrava 32,1% de todos os produtos industrializados fabricados no país. A proporção caiu para 28,6% em 2013.

(Agência Brasil)

Pesquisa aponta – Eventual governo de Michel Temer é ruim para a maioria dos entrevistados

foto michel temer

A avaliação negativa de Michel Temer aumentou de 61% para 62% em comparação à pesquisa Vox Populi anterior, feita entre os dias 9 e 12 de abril. O aumento está dentro da margem de erro da pesquisa, que é de 2,2%. O percentual dos que consideram que o impeachment não é a melhor solução para o país aumentou de 58% para 66%, também em relação à pesquisa anterior.

Para 32% dos entrevistados, o Brasil vai piorar se Michel Temer assumir a presidência, 29% acreditam que o desemprego vai aumentar, 34% acreditam em piora nos programas sociais e 32% creem que haverá perda nos direitos trabalhistas.

Em relação ao desemprego, programas sociais e direitos trabalhistas, 33% acreditam que nada vai mudar se ocorrer o impeachment de Dilma, 36% acham que nada vai mudar em relação ao desemprego e aos programas sociais e 35% em relação aos direitos trabalhistas

Os que acreditam em melhora em um eventual governo Temer são 29% em relação a desemprego, 19% no caso dos programas sociais e 21% nos direitos dos trabalhadores.

A pesquisa foi encomendada pela CUT para avaliar como está sendo conduzido o processo de pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff no Congresso. A pesquisa foi feita entre os dias 27 e 28 de abril e foram entrevistadas 1.523 pessoas em 97 municípios de todos os estados e do Distrito Federal, à exceção de Roraima.

(Agência Brasil)

Direitos dos trabalhadores nunca estiveram em situação tão ameaçadora

48 4

Da Coluna Valdemar Menezes, no O POVO deste domingo (1º):

Este domingo é 1º de Maio, a referência maior da luta dos trabalhadores por seus direitos. Infelizmente, desde a ditadura, não se tinha um Dia do Trabalho em situação tão ameaçadora aos direitos dos trabalhadores como a data de hoje. Novamente, desde 64, um governo ilegítimo está prestes a desencadear um programa de arrocho que se constituiria em verdadeira guilhotina nos direitos dos assalariados, aposentados, pensionistas, estudantes das instituições públicas de ensino, usuários da saúde pública, servidores públicos e os segmentos mais desprotegidos da sociedade. Pior até do que aconteceu nessas áreas após o golpe de 1964. O clima é de apreensão, conforme vai se revelando o plano sinistro (Ponte Para o Futuro) que está sendo preparado pelo eventual governo Temer. Isso só conseguiria ser feito, no Brasil, por um governo de usurpadores, não ungido pelo voto popular.

Embora os brasileiros tenham razão de indignar-se com a corrupção, esse não é o motivo real da crise, segundo entendem analistas externos. Se fosse isso, Eduardo Cunha – o que mais reúne denúncias de corrupção contra si – não seria tão protegido pelos grupos influentes. Apesar de ser réu no STF, há muito tempo, a Corte mantém-se inerte diante dele, e seus processos caminham a passo de tartaruga. O sistema blindou Cunha, encarregando-o de fazer o “trabalho sujo” do golpe (um impeachment sem crime de responsabilidade) e, por isso, fecha os olhos, convenientemente, a seus malfeitos. O próprio Michel Temer, apesar de delatado na Lava Jato, foi escolhido para assumir o governo. Grande parte dos deputados e senadores que julgaram e julgarão Dilma, estão encalacrados nas denúncias de propina, enquanto a presidente não tem nenhuma acusação de improbidade.

Agora, o País está ameaçado de entrar numa convulsão social de consequências imprevisíveis, com a grande maioria da população não aceitando Temer como presidente, segundo as pesquisas de opinião. E aí?

Vox Populi: 33% acham senadores melhores preparados para julgar impeachment

63 2

Pesquisa do Instituto Vox Populi aponta que 33% dos brasileiros consideram que os senadores são mais bem preparados do que os deputados para avaliar o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. De acordo com a pesquisa, 25% acham que senadores são tão preparados quanto deputados, 22% acham que nenhum dos dois grupos está preparado, 7% acham os senadores menos preparados e 14% não quiseram opinar.

Uma comissão do Senado está analisando a admissibilidade da abertura do processo de impeachment na Casa. O processo precisa ser votado na comissão e no Plenário do Senado antes de ser aberto e Dilma ser notificada e afastada do cargo por 180 dias para sua defesa.

A pesquisa foi encomendada pela CUT para avaliar como está sendo conduzido o processo de pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff no Congresso. A pesquisa foi feita entre os dias 27 e 28 de abril e foram entrevistadas 1.523 pessoas em 97 municípios de todos os estados e do Distrito Federal, à exceção de Roraima.

A grande maioria dos entrevistados (70%) acredita que o Senado vai aprovar o impeachment. Apenas 20% acreditam em um resultado positivo para Dilma.

Para 61% dos entrevistados, a melhor alternativa para o Brasil no caso de um impeachment da presidente é a realização de eleições diretas este ano. Para 21%, o melhor seria Dilma permanecer no cargo, 11% acham que é melhor Temer assumir e 7% não souberam responder.

A pesquisa também avaliou o desempenho dos deputados na sessão do dia 17 abril, quando foi aprovada a admissibilidade do processo de impeachment da presidente. Segundo o Vox Populi, 56% reprovaram o comportamento dos deputados, considerando-o ruim ou péssimo.  Apenas 15% consideraram bom ou ótimo.

(Agência Brasil)

Prazo para fazer simulado do Enem é prorrogado até a noite deste domingo

Estudantes do ensino médio ganharam mais tempo para fazer o simulado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) pela internet, no portal Hora do Enem. O Ministério da Educação decidiu prorrogar o prazo de acesso, que terminaria às 20h desse sábado (30), até as 20h deste domingo (1º).

O teste está disponível para os 2,2 milhões de estudantes do último ano do ensino médio. O resultado e o gabarito serão divulgados ao final do exame.

Segundo o ministério, o prazo de acesso foi prorrogado porque houve relato de estudantes que tiveram dificuldade de acesso. O ministério acrescentou que vai apurar o que causou as dificuldades de acesso.

O aluno tem quatro horas para fazer o exame, que tem 80 itens, com a mesma metodologia de elaboração de questões do Enem. O conteúdo é composto principalmente por assuntos vistos nas escolas até abril.

Na hora de se cadastrar, o estudante informa o seu objetivo ao fazer o Enem e a plataforma já disponibiliza um plano de estudos para que ele alcance aquela meta. O resultado do simulado mostrará como está o desempenho do aluno em relação ao curso que pretende fazer.

Este é o primeiro simulado online do Enem. Pelo menos mais três serão feitos até a data do exame, nos dias 25 de junho, 13 de agosto e 8 e 9 de outubro. Os últimos exames serão no mesmo formato do Enem e terão dois dias de duração, mas não haverá simulado da redação.

O Enem de 2016 será nos dias 5 e 6 de novembro e as inscrições estarão abertas de 9 a 20 de maio.

(Agência Brasil)

Frente Parlamentar pela Internet Livre e sem Limites será lançada na quarta-feira

A Frente Parlamentar pela Internet Livre e Sem Limites será lançada formalmente na quarta-feira (4). A frente conta com 211 deputados e é coordenada pelo deputado JHC (PSB-AL). A frente já vem atuando na prática. “A Frente Parlamentar foi criada devido às posturas anticoncorrenciais das operadoras de telefonia de alterar o modelo de cobrança da banda larga fixa e, no caso da banda larga móvel, em alterar unilateralmente os contratos, além de suspender os serviços de internet quando chegado ao fim a franquia contratada, o que ofende dispositivos legais”, afirma JHC.

Segundo ele, a frente pretende criar um espaço de discussão com os dirigentes das operadoras, sindicatos de telefonia, agências reguladoras, órgãos de proteção aos consumidores, conselho de defesa econômica e conselho federal da Ordem dos Advogados, “para resguardar os direitos dos consumidores, bem como as garantias assinaladas na Constituição Federal e no Marco Civil da Internet (Lei 12.965/14), entre outras”.

“A ideia é que essa atuação conjunta possa buscar o fortalecimento da livre concorrência, das legislações e o aprimoramento dos serviços de banda larga móvel e fixa”, acrescenta o parlamentar.

O objetivo é conseguir “um serviço com infraestrutura sólida e a prevalência dos interesses dos consumidores, garantindo a estes a estabilidade, segurança e funcionalidade da rede de internet, bem como a transparência e a qualidade da prestação dos serviços”.

(Agência Câmara Notícias)

Senado – Conselho de Comunicação debate liberdade de imprensa

O Conselho de Comunicação Social se reúne na segunda-feira (2) para debater a liberdade de imprensa. Estão convidados para o encontro dois representantes da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco): a coordenadora de Comunicação e Publicações, Ana Lúcia Guimarães, e o coordenador de Comunicação e Informação, Adauto Soares.

Em 1993, por iniciativa da Organização das Nações Unidas (ONU), o dia 3 de maio foi declarado o Dia Mundial da Liberdade de Imprensa. A data celebra o direito de todos os profissionais da mídia de investigar e publicar informações de forma livre. Tem também o objetivo de defender o direito ao acesso à informação e alertar as autoridades sobre perseguições contra os jornalistas em seu exercício profissional.

Na mesma reunião, haverá a apresentação de uma série de relatórios. O primeiro trata dos efeitos da crise econômica sobre o setor da comunicação social. Também serão apresentados relatórios sobre processos de concessão de serviços de radiodifusão e sobre repetidoras de televisão.

Ainda está prevista a apresentação do relatório que trata do projeto que amplia os poderes de investigação sobre crimes na internet (PLS 730/2015). O projeto permite que um delegado de polícia ou um promotor de Justiça requisitem informações a provedor de internet, em caso de suspeita de crime na rede mundial de computadores.

(Agência Senado)

Chico Lopes faz contatos em Sobral em defesa de Dilma e pela democracia

chicoco

O deputado federal Chico Lopes (PCdoB) participa, neste sábado, de atividades em Sobral (Zona Norte). Ele dialoga com a população e distribui o informativo do mandato, visitando o Beco do Cotovelo, tradicional ponto de concentração popular. 
Na noite desta sexta-feira, Chico Lopes ministrou palestra para estudantes e professores da Universidade Vale do Acaraú (UVA), sobre o projeto de lei de sua autoria que amplia o acesso dos professores a mestrado e doutorado, garantindo uma política nacional de acesso à pós-graduação.
becoco
Chico no Beco do Cotovelo.
Além de passar os informes do mandato, nas áreas de educação, defesa do consumidor e direitos do trabalhador, Chico Lopes dialoga com os sobralenses sobre a luta contra o golpe e pela permanência da democracia em nosso País, ressaltando ainda a necessidade de tirar Eduardo Cunha da presidência da Câmara dos Deputado.
(Fotos – Divulgação)

Prefeitura de Fortaleza lança site para prestação de contas na Saúde

foto saúde fortaleza

Crescimento em mais de 45% no número de consultas médicas. Investimento de 27% em saúde, o maior da história do município, quando a lei exige 15%. Construção do IJF 2. Trinta e três pessoas fiscalizando o atendimento nos postos de saúde. Contratação de 337 médicos.

Esses são alguns dados do site Saúde+Fortaleza (www.saudefortaleza.net), da Prefeitura de Fortaleza, a mais nova ferramenta eletrônica de prestação de contas na área da Saúde.

Para o prefeito Roberto Cláudio (PDT), a população possui o direito ao conhecimento do atendimento oferecido pela Prefeitura, além de poder avaliar os investimentos no setor.

Com certeza, bom meio para divulgação em tempos de reeleição.

Papa pede às forças de segurança que promovam a reconciliação e a paz

foto papa francisco

O papa Francisco apelou neste sábado (30) às forças militares e de segurança para que ajudem a construir uma sociedade baseada “na verdade e na justiça” e as encorajou a “ser elementos de reconciliação e semeadores de paz”.

“As forças da ordem, militares e polícias, têm por missão garantir um ambiente seguro para que cada cidadão possa viver em um ambiente de paz e segurança”, disse o pontífice na audiência jubilar, no Vaticano, dedicada às forças da ordem.

Por essa razão, acrescentou, as forças de segurança não têm só por missão ajudar a solucionar conflitos, mas também contribuir para a “construção da uma ordem baseada na verdade, na justiça, no amor e na liberdade”.

Participaram da audiência centenas de representantes das Forças Armadas e de segurança de vários países, como a Argentina, Bolívia, Colômbia, o Equador, a Espanha, Guatemala, o Peru, México e a República Dominicana.

(Agência Brasil)

Ipea aponta perda de 40% dos investimentos líquidos no ano passado

O Indicador Ipea de FBCF (Formação Bruta do Capital Fixo) mostra que os investimentos continuaram a cair nos dois primeiros meses deste ano – na comparação da média de janeiro e fevereiro de 2016 com o último trimestre de 2015. Para os pesquisadores, isso indica que a queda no ano pode ser ainda maior.

O novo coordenador do Grupo de Estudos de Conjuntura (Gecon) da Diretoria de Estudos e Políticas Macroeconômicas (Dimac) do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), no Rio, José Ronaldo de Castro Souza Jr., esclarece que “essa redução da FBCF, aliada ao contínuo aumento dos gastos com depreciação, fez com que os investimentos líquidos sofressem uma perda de 40% no ano passado”.

O resultado disso é a redução acentuada da taxa de crescimento do estoque de capital, que, em conjunto com a desaceleração do crescimento da oferta de mão de obra e da piora da produtividade geral da economia, vem reduzindo a taxa de crescimento do produto potencial para valores abaixo de 1% a.a.

Os dados positivos, por sua vez, vêm das contas externas, com a redução consistente do déficit em conta corrente. O déficit em conta corrente do Balanço de Pagamentos foi beneficiado também pela redução do déficit de serviços, especialmente, por causa da redução dos gastos com viagens internacionais.

Para o pesquisador, a maior preocupação atual é justamente quanto à sustentabilidade das contas públicas no longo prazo. “Devido às rápidas mudanças da dinâmica demográfica pelas quais o país está passando, a dinâmica dos gastos previdenciários, tanto no regime geral quanto nos regimes próprios dos servidores públicos, é particularmente preocupante”, afirma.

Segundo o documento, a superação do atual quadro recessivo, dificilmente, será simples ou rápida. “Uma agenda mínima nessa direção inclui o restabelecimento das condições para o equilíbrio fiscal no médio prazo (de alguns anos a uma década), a retomada da capacidade do executivo federal de aprovar medidas de política econômica no Congresso Nacional e a mitigação do atual quadro recessivo”, diz ele.

Nesse contexto, o coordenador considera importante evitar que os investimentos públicos – que já caíram 35% em 2015 – venham a sofrer novas quedas neste ano e que se redobrem os esforços de atração de investimentos privados em concessões públicas.

(Ipea)