Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Ronaldo Martins é confrontado por Tin Gomes e Capitão Wagner sobre fim das Regionais

Para o candidato Ronaldo Martins, as Regionais servem para cabides de empregos e promete enxugar a máquina pública para “cuidar mais das pessoas”. Diz que irá reduzir o número de secretarias em 12.

Capitão Wagner reconhece a necessidade da redução de gastos, mas diz que Regionais prestam serviços à população. Tin Gomes lamenta a falta de conhecimento de Ronaldo Martins.

Roberto Cláudio ganha direito de resposta contra acusação de Luizianne

eleições 2016 fortaleza nordestv 07 tin gomes

O terceiro e penúltimo bloco do debate da NordesTV começa com o direito de resposta de Roberto Cláudio contra acusação de Luizianne de ações na educação.

Roberto Cláudio falou do uso dos recursos do Fundef, além de destacar avanços na qualidade de ensino na educação fundamental.

Luizianne reclamou e também pediu direito de resposta, apesar de não ter sido citada. A emissora está avaliando.

Roberto Cláudio e Tin Gomes seguem com debate sobre educação.

Capitão Wagner diz que Guarda Municipal armada irá combater violência

eleições 2016 fortaleza nordestv 06 capitão wagner

Tin Gomes e Capitão Wagner debateram sobre segurança pública. Tin disse que Capitão usa discurso ostensivo, quando o papel é do Estado, além de achar um risco a Guarda Municipal usar arma letal.

Capitão afirma que atribuir segurança ao Estado é discurso fácil e que armamento é necessário, senão as policiais Civil e Militar também seriam desarmadas.

Luizianne usa debate com outros candidatos para “caçar” Roberto Cláudio

eleições 2016 fortaleza nordestv 05 heitor

A ex-prefeita Luizianne Lins, assim como usou o debate com Ronaldo Martins para cobrar passagem mais reduzida de Roberto Cláudio, usou no segundo bloco o debate com Heitor Férrer, sobre segurança, para cobrar mais atenção de Roberto Cláudio para a Guarda Municipal. Disse que, quando prefeita, comprou fardamento e instalou a Guarda em prédio próprio.

Heitor fala de ações voltadas para a juventude para a redução da violência.

Roberto Cláudio diz que Capitão comete equívocos sobre conhecimento das ações da Prefeitura

eleições 2016 fortaleza nordestv 04 RC

Na abertura do segundo bloco, Capitão Wagner cobra promessas de saneamento básico por parte do Roberto Cláudio. Prefeito lamenta que Capitão confunde saneamento básico com esgotamento. Diz que está trabalhando para 100% da balneabilidade. Capitão diz que Roberto Cláudio quer resolver todos os problemas de Fortaleza aos 45 minutos do segundo tempo.

Capitão diz que Roberto Cláudio prometeu entregar Policlínicas e não entregou. Roberto Cláudio pede para que Capitão cobre um melhor levantamento de sua assessoria e cita inaugurações.

Luizianne é “ignorada” pelos candidatos

eleições 2016 fortaleza nordestv 02 luizianne

A ex-prefeita Luizianne Lins “sobrou” para o candidato Ronaldo Martins, após Roberto Cláudio debater com Heitor Férrer, que depois debateu com Ronaldo Martins.

Ronaldo Martins perguntou a ex-prefeita sobre Uber. A ex-prefeita falou sobre suas ações no transporte público e somente depois disse que não se pode confrontar Uber com taxistas. Ronaldo disse que não se pode perseguir trabalhadores. Luizianne insiste em cobrar Roberto Cláudio, sobre o preço da passagem, ao aproveitar o debate com Ronaldo Martins. Depois, Luizianne debateu com Tin Gomes sobre educação. Luizianne critica fechamento de bibliotecas e que fardamento estaria pela metade.

Antes, Ronaldo Martins debateu com Heitor sobre a saúde e disse que a população pede “socorro”. Já Heitor e Roberto Cláudio falaram sobre espaços públicos, principalmente a ocupação de praças por parte da população.

É encerrado o primeiro bloco.

Começa o debate da NordesTV

eleições 2016 fortaleza nordestv 01

Começou há pouco o debate da NordesTV com seis candidatos à Prefeitura de Fortaleza, de acordo com as regras da representatividade na Câmara Federal.

Participam do debate os candidatos Roberto Cláudio (PDT), Capitão Wagner (PR), Luizianne Lins (PT), Heitor Férrer (PSB), Ronaldo Martins (PRB) e Tin Gomes (PHS). João Alfredo (Psol) e Francisco Gonzaga (PSTU) não foram convidados.

Tin Gomes e Capitão Wagner discutem segurança.

Capitão Wagner e Roberto Cláudio discutem gastos com a coleta de lixo. Capitão reclama dos altos gastos, enquanto Roberto Cláudio aponta equívoco do conhecimento do Capitão sobre licitação do Estado e do Município.

ONS descarta falta de energia no Nordeste, apesar do clima de estiagem

“O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) informou hoje (1º), em reunião do Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE), que não há risco de faltar energia no Nordeste, mesmo com os baixos níveis de armazenamento na Bacia do Rio São Francisco, problema causado pela falta de chuvas na região. Segundo o ONS, as demais alternativas oferecidas pelo Sistema Interligado Nacional garantem o suprimento de energia na região.

Mesmo assim, o comitê informou que a Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf) já pediu a redução do volume de água que sai da Usina Hidrelétrica de Sobradinho, na Bahia, em direção ao rio.

O pedido para reduzir a vazão dos atuais 800 metros cúbicos por segundo (m³/s) para 700 m³/s foi feito à Agência Nacional de Águas (ANA) e ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais e Renováveis (Ibama), que estão avaliando a questão. O Ministério de Minas e Energia também encaminhou o tema análise na Casa Civil “dado seu caráter interministerial”. A redução é necessária para que o volume de água na barragem não chegue a 0, o que prejudicaria a geração de energia na região. No entanto, a redução pode prejudicar a captação de água para a população, além de outras questões como a irrigação e a navegabilidade do rio.

“Apesar de não haver riscos para o abastecimento energético, o setor elétrico vem utilizando seu arcabouço técnico sobre a hidrologia para sugerir aos órgãos competentes ações de gestão dos recursos hídricos armazenados nas usinas hidrelétricas, devido ao impacto que a situação pode causar no abastecimento de água”, explicou o CMSE, em nota, após reunião realizada em Brasília. Atualmente, o reservatório de Sobradinho está em 14,6% de sua capacidade máxima de armazenamento, mas a expectativa do ONS é que o nível chegue a 4,5% no fim de novembro.

Durante a reunião, o Ministério de Minas e Energia apresentou os resultados da operação do sistema elétrico durante os Jogos Olímpicos Rio 2016. “As medidas operativas e de segurança no fornecimento de energia foram exitosas, não havendo ocorrência no sistema elétrico que afetasse as competições e o fornecimento de energia às instalações olímpicas”, diz a nota do comitê. A Empresa de Pesquisa Energética (EPE) apresentou a expectativa de crescimento do consumo total de eletricidade para o período entre 2016 e 2020, que está estimada em 4% ao ano.”

(Agência Brasil)

Eunício vai reforçar postura de cabo eleitoral em várias campanhas do PMDB e aliados

[embedyt] http://www.youtube.com/watch?v=7ro4-VmLKAE[/embedyt]

O líder do PMDB no Senado, Eunício Oliveira, entrou na campanha dos candidatos do seu partido e aliados por meio de depoimentos via redes sociais. Ele gravou o primeiro depoimento para o candidato Dr. Ildsser, em Lavras da Mangabeira.

Esse tipo de estratégia de Eunício Oliveira deve se repetir em outras campanhas, segundo sua assessoria.

A ordem é aproveitar a força política obtida por Eunício, a partir da chegada ao poder de Michel Temer.

Ufa! Hospital Regional de Quixermaobim deve entrar em funcionamento no próximo dia 20

hsoptialreggf
O governador Camilo Santana (PT) e o prefeito de Quixeramobim, Cirilo Pimenta, se encontraram, nessa quarta-feira, no Palácio da Abolição, e decidiram: o Hospital Regional do Sertão Central (HRSC) vai entrar em operação no próximo dia 20. A unidade foi inaugurada há um ano e oito meses e não entrou na ativa por problemas de custeio.
O equipamento foi concluído ainda na gestão do ex-governador Cid Gomes em dezembro de 2014, mas nunca foi aberto efetivamente para o atendimento da população.
A gestão de Camilo Santana vinha tentando apoio federal para garantir a manutenção da unidade, que deve custar R$ 100 milhões por ano. A ideia era que os recursos federais garantissem 50% dos custos. A previsão de abertura da unidade foi constantemente adiada pelo Governo do Estado desde a inauguração do equipamento. A última proposta era da unidade funcionar no primeiro trimestre deste ano, o que não se confirmou.
Construído com investimento de R$ 87,7 milhões, o Hospital Regional do Sertão Central tem capacidade para atender mais de 400 pessoas por dia, de vinte cidades da região. Tem perfil para realizar operações de alta complexidade e possui nove salas de cirurgia, 209 leitos de internação geral e 60 leitos de UTI.
O POVO Online entrou em contato com o assessoria de comunicação do Governo do Estado para saber como se dará o financiamento da unidade e quais serviços serão oferecidos a partir do dia 20. Os questionamentos foram enviados por email e, até a publicação desta matéria, não foram respondidos.
(O POVO Online)

PSDB, DEM e PPS entram no STF contra manutenção dos direitos políticos de Dilma Rousseff

cassiocunha

“O líder do PSDB no Senado, Cássio Cunha Lima (PB), anunciou hoje (1º) que o partido voltou atrás e decidiu ingressar com um mandado de segurança coletivo no Supremo Tribunal Federal contra a divisão da votação do impeachment da presidenta afastada Dilma Rousseff ontem (31). O instrumento jurídico será assinado também pelo DEM e pelo PPS e deve ser apresentado amanhã (2).

Ontem, os senadores dividiram a votação do julgamento de Dilma em duas partes. Na primeira, condenaram a presidenta por crime de responsabilidade à perda do mandato. Na segunda, rejeitaram a sanção de perda da função pública por oito anos, permitindo que Dilma volte a atuar no setor público, inclusive como gestora, se for o caso.

Para os senadores tucanos, a segunda decisão do Senado não poderia ter sido aprovada, uma vez que a sanção de perda da função pública faz parte da condenação no impeachment. No entanto, ontem, segundo Cunha Lima, o PSDB e o DEM tinham entendido que a vitória maior tinha sido conquistada com o afastamento definitivo de Dilma e tinham decidido não questionar a segunda votação no STF.

Resposta ao PT

Hoje, no entanto, os senadores mudaram de posição depois que o PT acionou a Suprema Corte questionando todo o julgamento e pedindo sua nulidade. Para Cunha Lima, se tornou necessário que o questionamento apenas à segunda parte da votação seja apresentado para que o Judiciário possa apreciar essa questão separadamente e não corra o risco de anular tudo.

“Ontem, no calor, na emoção, a sensação primeira que foi predominante no partido foi de termos uma postura de serenidade, não transformar uma vitória em uma derrota e dar uma contribuição para uma estabilidade maior no país. Mas, diante dessa ação do PT, acreditamos que seja o caminho correto entrar com a ação para que essa parte da decisão, que está equivocada, possa ser revista”, explicou o líder.

Relação com PMDB

O líder tucano também não escondeu o desconforto do PSDB com o protagonismo do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), no movimento para livrar Dilma da sanção de perda da função pública. Para ele, “ficou claro” que um acordo foi feito “às escondidas”, sem que os senadores tucanos tivessem conhecimento.

“O que aconteceu ontem é algo que nós vamos superar, mas não é algo que nos agrade. É óbvio que com maturidade, experiência e sobretudo com a gravidade da crise que o Brasil vive, nós não vamos colocar mais lenha na fogueira. Após a volta do senador Renan Calheiros da China, nós teremos uma conversa com ele. Não se faz política com bola nas costas, não se faz política com atitudes como a que aconteceu no julgamento do impeachment”, disse.

Na opinião de Cunha Lima, Renan desequilibrou o julgamento quando fez um encaminhamento inesperado a favor da ex-presidente na segunda votação. Para ele, o PSDB se expôs ao longo de toda a votação e foi surpreendido negativamente pelo PMDB.

“Nós não podemos atribuir ao governo esta ação, mas sim ao próprio presidente Renan Calheiros que encaminhou a votação. Ele esteve esse tempo todo distante do processo, numa posição de prudência, mas depois dos encaminhamentos já terem ocorrido, ele fez um terceiro encaminhamento. Inclusive, desequilibrando. Porque foram dois a favor, dois contra e aí veio o presidente Renan, que usou suas prerrogativas de presidente e encaminhou o voto. Ele pediu explicitamente o voto não. Mas não vamos fazer disso um cavalo de batalha, o Brasil está acima disso”, disse.

Cunha Lima espera que, ao voltar da China, o próprio presidente Michel Temer trate do assunto com seus colegas de partido e outros partidos da base. No início da noite, o senador PMDB, Romero Jucá (RO), informou que também vai subscrever o mandado de segurança.”

(Agência Brasil)

Tribunal de Justiça levará Mutirão do Pai Presente para escola pública neste sábado

adoçao

“A Escola Municipal Thomaz Pompeu Sobrinho, no bairro Itaperi, em Fortaleza, receberá neste sábado (3/09), das 9h às 13h, a equipe do Mutirão do Pai Presente. Funcionários da Corregedoria Geral da Justiça do Ceará atenderão mães, filhos e pais que comparecerem para solicitar o reconhecimento de paternidade. A força-tarefa contará também com a atuação dos estudantes de Direito da Faculdade Devry Fanor.

A solicitação da paternidade pode ser reivindicada por mães com filhos menores de idade, ou pelo próprio filho, caso seja maior de 18 anos. Se o pai quiser, pode reconhecer o filho de forma espontânea. Para isso, precisam comparecer durante o mutirão munidos de documentos necessários como RG, CPF e Certidão de Nascimento do filho.

Caso o pai tenha alguma dúvida em relação à paternidade, a equipe do Laboratório Central de Saúde Pública do Ceará (Lacen) estará na escola realizando os exames de DNA. Todo o procedimento é gratuito.

O projeto Pai Presente nas escolas públicas da Capital é coordenado pelo Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), por meio da Corregedoria Geral de Justiça, com apoio da Secretaria de Educação do Município de Fortaleza e da Faculdade Devry Fanor.”

(Site do TJ/CE)

Gilmar Mendes define como “algo bizarro” divisão do julgamento de Dilma Rousseff

gilmar

“O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Gilmar Mendes, classificou como algo “bizarro” a decisão tomada pelos senadores de votar em separado a cassação do mandato de Dilma Rousseff e a manutenção de seus direitos políticos.

“O que se fez lá foi um DVS (destaque para votação em separado) não em relação à proposição que estava sendo votada, se fez um DVS em relação à Constituição, o que é, no mínimo, para ser bastante delicado, bizarro”, afirmou Mendes, após sessão no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), do qual é presidente.

Ontem (31), o Senado aprovou o impeachment de Dilma, mas em votação subsequente manteve seus direitos políticos, permitindo assim que a ex-presidenta ocupe cargos públicos e possa concorrer em eleições.

Para Mendes, a tese de penas autônomas adotada pelos senadores, que separou a perda de direitos políticos, pode até vir a se justificar do ponto de vista político, mas “não passa na prova dos nove do jardim de infância do direito constitucional”.

“Se as penas são autônomas, o Senado poderia ter aplicado à ex-presidente Dilma Rousseff a inabilitação, mantendo-a no cargo”, afirmou ele.

Mendes descartou que o caso Collor possa ser considerado como precedente para o impeachment de Dilma. À época, o então presidente renunciou antes que sua cassação fosse votada, motivo pelo qual os senadores decidiram deliberar somente pela sua perda de direitos políticos. Em uma decisão dividida, o plenário do STF depois considerou que a votação em separado estava de acordo com a Constituição.

O caso atual, entretanto, seria diferente, para Mendes. “O próprio texto constitucional não deixa dúvida”, afirmou o ministro. “Se há um texto que parece transparente seguro é esse, e nunca houve dúvida em relação a essa questão, a não ser naquele caso Collor, por conta daquela peculiaridade. Tanto que o tribunal ficou dividido”, acrescentou ele.

Questionado sobre a possiblidade de Dilma vir a se candidatar em futuras eleições, Mendes respondeu que “isso será discutido oportunamente, se ela se apresentar como candidata, na Justiça Eleitoral”.

(Agência Brasil)

Azul inicia venda de passagem para Orlando a partir de R$ 2.599,00 ou 71 mil pontos

azulll

Tarifas a partir de dez parcelas de R$ 259,90* ou 71.000 pontos do TudoAzul** para ida e volta já estão disponíveis para a mais nova rota internacional da Azul Linhas Aéreas Brasileiras, que ligará Recife e Orlando a partir de 7 de dezembro. A operação – exclusiva da companhia entre o Nordeste e a Flórida – está confirmada para as quartas-feiras e aos domingos com o Airbus A330, o maior da frota da Azul e a cabine mais moderna, confortável e tecnológica do mercado brasileiro.

A principal vantagem da operação da Azul será a conectividade para todo o Nordeste, graças ao acréscimo de voos da companhia no Recife neste ano e a consequente ampliação de conexões entre os estados nordestinos.

“Estamos muito contentes com este novo passo rumo ao início da primeira operação internacional da Azul a partir do Nordeste brasileiro. Tivemos a aprovação do voo em tempo recorde e agora esperamos uma alta procura por estas operações, que surpreenderão os Clientes pelo desempenho impecável de nossas equipes de solo e ar, a alta qualidade de nossas aeronaves e um serviço de bordo reconhecido”, destaca Antonoaldo Neves, presidente da Azul.

As conexões para Orlando por meio do aeroporto do Recife estarão disponíveis para os viajantes que decolam de Salvador, Fortaleza, Natal, Aracaju, Maceió, São Luís, João Pessoa, Teresina, Belém, Petrolina e São Paulo (Campinas e Guarulhos). Os clientes que partem destas cidades chegarão aos Estados Unidos com apenas uma parada na capital pernambucana, em horários convenientes que garantirão as melhores ligações entre o Nordeste e os Estados Unidos.

Vaticano canoniza Madre Teresa de Calcutá no domingo

madreteresa

O Vaticano vai canonizar neste domingo (4) a beata Madre Teresa de Calcutá, depois de ter reconhecido, após vários anos de investigação, a “cura extraordinária”, em 2008, de um engenheiro brasileiro com múltiplos tumores no cérebro.

As cerimônias de canonização, decretada pelo papa Francisco a 15 de março, vão decorrer na praça de São Pedro, a partir das 10h30min (5:30 em Brasília), um dia antes do 19.º aniversário da morte de Teresa de Calcutá, fundadora da Ordem das Missionárias da Caridade.

A aprovação pelo Papa do segundo milagre encerrou o processo que levou à beatificação em 19 de outubro de 2003, durante o pontificado de João Paulo II, para quem Teresa de Calcutá era a “incansável benfeitora da humanidade”.

A canonização equivale ao reconhecimento oficial pela Igreja de que a pessoa está no paraíso, sendo necessário que, depois da morte, esteja na origem de dois milagres, um para a beatificação e o segundo para a canonização, sinais da proximidade com Deus.