Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Cearense ganha homenagem de universidade israelense

pedrro

Diretores do Bengis Center de Inovação e Alta Tecnologia da “Ben-Gurion University”(Israel) homenagearam, nesta semana, na sede do Banco do Nordeste, o professor Pedro Sisnando.

O ex-secretário da Agricultura (Era Tasso Jereissati) ganhou loas pelas contribuições “técnicas e acadêmicas” prestadas aos projetos de cooperação dessa universidade no Ceará e no Nordeste.

Pedro Sisnando é representante honorário da Ben-Gurion no Brasil.

(Foto – Divulgação)

A Chacina de Messejana completa 1 ano

Onze mortos. Execuções sumárias — uma das vítimas, de 17 anos, foi morta com sete tiros pelo corpo. Outros seis baleados sobreviveram — um deles, também adolescente, foi atingido oito vezes e escapou. Uma tragédia transcorrida em menos de quatro horas naquela madrugada de 12 de novembro de 2015, num itinerário de matança por quatro bairros (Curió, Alagadiço Novo, Lagoa Redonda e Barroso). Quase 300 dias de uma investigação sigilosa, feita pela Controladoria Geral de Disciplina (CGD), até que 44 policiais militares fossem presos preventivamente e denunciados pelos crimes. Autos processuais que, por enquanto, somam 16 volumes e mais de 5 mil páginas.

Diante da Justiça, 33 testemunhas de acusação acionadas; outras 186 convocadas pela defesa. Todas ainda a serem ouvidas. Para a defesa dos réus, 64 advogados. Três juízes, numa condução bastante reservada, atuam conjuntamente no processo. A estimativa é que, até o fim do primeiro semestre de 2017, o interrogatório dos réus ainda esteja em andamento.

Só os números não são suficientes para contar a história da Chacina da Grande Messejana, que amanhã completa um ano. Cada dia fez uma diferença para o caso. Mas a narrativa traçada a partir dos algarismos ajuda a entender a complexidade investigativa e jurídica do caso, que por envolver tantos réus e tantas vítimas, se tornou a maior chacina já registrada em Fortaleza.

O POVO apurou que pelo menos cinco audiências serão agendadas para a oitiva das 186 testemunhas de defesa — podendo começar ainda este ano. Porém, pelo Código de Processo Penal, elas devem ocorrer somente após a fala das testemunhas de acusação. Das 33 pessoas acionadas pelo Ministério Público do Ceará (MPCE) para reforçar a culpa aos PMs, já foram ouvidos seis sobreviventes. Nas descrições dos executores, nos depoimentos já colhidos pelos juízes: todos os matadores cobriam o rosto com balaclavas.

chacina-de-messejana

*Leia a íntegra da reportagem de Cláudio Ribeiro e Tiago Paiva aqui.

MTST faz protesto em São Paulo contra a PEC do Teto

Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST) fazem manifestação em diversos pontos da capital paulista e em rodovias do estado. Eles protestam contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 55/2016 que limita os gastos públicos nos próximos 20 anos à correção da inflação do ano anterior, a chamada PEC do Teto.

Manifestantes bloqueiam a Avenida João Dias, na zona sul, onde um grupo ateou fogo a pneus e entulho. O Corpo de Bombeiros foi acionado. Nas rodovias, a Via Anchieta, que liga a capital ao litoral, está bloqueada pelos manifestantes na altura do quilômetro 23, no sentido São Paulo. O tráfego está lento na chegada a São Paulo, entre os quilômetros 25 e 23. Os bombeiros também atuam no local, apagando o fogo em pneus.

Na Via Dutra, que liga a capital paulista ao Rio de Janeiro, a pista expressa está interditada no sentido São Paulo, próximo a Guarulhos. A interdição ocorre na altura do quilômetro 206 até o 210. Na Rodovia Anhaguera, na cidade de Sumaré, moradores da ocupação Vila Soma fazem o protesto na pista sentido interior. Segundo a concessionária da rodovia, o tráfego está congestionado apesar de as faixas estarem liberadas.

(Agência Brasil)

Morre Leonardo Cohen, o autor de Hallelujah

[embedyt] http://www.youtube.com/watch?v=YrLk4vdY28Q[/embedyt]

Morreu nesta sexta-feira (11), aos 82 anos, o músico e poeta Leonard Cohen, segundo informou a gravadora Sony Music Canadá em uma publicação em seu Facebook. A causa da morte não foi informada.

“Com profunda dor, nós informamos que o lendário poeta, escritor e artista Leonard Cohen faleceu. Nós perdemos um dos mais venerados e prolíficos visionários da música. Um memorial ocorrerá em Los Angeles em uma data posterior. A família pede privacidade durante esse período de luto”, postou a gravadora.

Nascido em Westmount, Quebec, Canadá, em 21 de setembro de 1934, Cohen havia lançado seu último álbum You Want it Darker no dia 21 de outubro deste ano. Considerado um dos maiores artistas do século 20, o canadense aprendeu a tocar guitarra ainda jovem e formou o grupo de música folk Buckskin Boys.

No entanto, sua carreira começou com a literatura. Lançou o romance The Favorite Game (1963), o livro de poesias Flowers for Hitler, de 1964, e mais um romance Beautiful Losers (1966). Porém, o pouco sucesso das obras à época fez com que ele fosse para Nova York, onde conheceu a cantora Judy Collins.

Com músicas no disco da artista, ele estreou no mundo musical em 1967, com a obra-prima Songs of Leonard Cohen – com os clássicos Suzanne e So long, Marianne. Cohen inspirou uma geração de talentosos músicos, incluindo Bob Dylan, e continuou a compilar prêmios e sucessos.

Um das maiores canções de sua carreira é Hallelujah, do álbum Various Positions, de 1985, que é reproduzida em diferentes versões até os dias atuais.

Entre os anos de 1990 e 1996, Cohen ficou afastado da música, mas voltou após descobrir que havia sido roubado financeiramente por seu agente Kelley Lynch.

(Agência Brasil)

Justiça Federal promove debate sobre “Corrupção”

Com o tema “Corrupção”, a Justiça Federal no Ceará promoverá, a partir das 9h30min desta sexta-feira, no auditório do seu prédio-sede, no Centro de Fortaleza, o quinto e último encontro do ciclo de debates “Ética, Política e Improbidade”.

Entre os palestrantes, está o presidente do Tribunal Regional Eleitoral no Ceará, desembargador Abelardo Benevides, e o presidente e o vice do Tribunal de Contas do Estado do Ceará (TCE-CE), Edilberto Pontes e Rholden Botelho.

O editor-executivo do Núcleo de Conjuntura do O POVO, Guálter George, também estará entre os palestrantes, para falar de corrupção e mídia. Além dele, o professor e sociólogo André Haguette falará sobre o assunto no âmbito da sociedade civil.

O Procurador da República Alessander Sales falará sobre a proposta das “Dez medidas contra a corrupção”, propostas pelo Ministério Público Federal, atualmente discutidas no Congresso Nacional.

Bruno Leonardo Câmara Carrá, juiz federal diretor do foro, explica que essa é uma iniciativa inédita do órgão. “O ciclo aproveitou o ano das eleições para fazer um debate amplo e franco sobre a ética na política. A gente está chamando todo mundo, a ideia é favorecer o debate”, afirma.

 

Governador entrega mais um presídio

governador-do-ceara-camilo-santana-48196

O governador Camilo Santana vai entregar, às 15 horas desta sexta-feira, o Centro de Execução Penal e Integração Social Vasco Damasceno Weyne (Cepis), em Itaitinga (Região Metropolitana de Fortaleza).

Com mais de 13 mil m2 de área construída, a nova unidade tem capacidade para 1.016 internos e é a maior unidade prisional do Estado, segundo o secretário da Justiça e Cidadania do Estado, Hélio Leitão, que estará também no ato.

 

Temer nega irregularidade em cheque de R$ 1 milhão para campanha de 2014

cunha-temer

O presidente Michel Temer disse que não houve irregularidade no cheque de R$ 1 milhão repassado à campanha para vice-presidência em 2014.

“Trata-se de cheque nominal do PMDB repassado para a campanha do então vice-presidente Michel Temer, datado de 10 de junho de 2014. Basta ler o cheque. Não houve qualquer irregularidade na campanha do então vice-presidente Michel Temer”, disse o porta-voz da Presidência, Alexandre Parola.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) analisa ação movida pelo PSDB que pede a cassação da chapa Dilma-Temer por suposto uso de poder político e econômico na campanha de 2014. De acordo com o tribunal, a defesa da ex-presidenta Dilma Rousseff apresentou o cheque, da construtora Andrade Gutierrez, como evidência de que o dinheiro, supostamente vinculado a contratos envolvendo a empreiteira, teria ingressado na campanha por meio do PMDB, e não pelo PT.

Sobre notícia divulgada pela imprensa da contratação de uma gráfica, cujo dono é cliente do escritório de advocacia do ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, por cerca de R$ 2 milhões durante a campanha, o porta-voz disse que o ministro já informou que não houve irregularidade na contratação da empresa e que as contas foram apresentadas ao TSE, e que o valor foi repassado no momento em que Padilha era deputado federal e membro da coordenação nacional do PMDB na eleição presidencial.

(Agência Brasil/Foto – Arquivo)

Começa nesta sexta-feira a campanha Papai Noel dos Correios

Os Correios iniciam nesta sexta-feira (11) a campanha Papai Noel dos Correios de 2016. Realizada há 27 anos, a campanha tem o objetivo de responder às cartas das crianças que escrevem ao Papai Noel e atender aos pedidos de presentes daquelas que estão em situação de vulnerabilidade social.

“É a campanha mais bacana dentro da empresa. As cartas ficam à disposição para a pessoa adotar e proporcionar um Natal diferente àqueles que estão pedindo para serem lembrados. Às vezes, é a única oportunidades para as crianças ganharem um presente no fim do ano”, disse o presidente dos Correios, Guilherme Campos.

O lançamento oficial da campanha será na sede histórica da empresa, em São Paulo. A ação vai até o dia 16 de dezembro e as informações estarão disponíveis no blog dos Correios.

Em 2015, mais de 830 mil cartas foram recebidas pela empresa, cerca de 570 mil selecionadas e 460 mil adotadas.

Em todo o Brasil, as cartas enviadas pelas crianças são lidas e selecionadas pelos funcionários dos Correios. As que atenderem aos critérios da campanha são disponibilizadas para adoção na casa do Papai Noel ou em outras unidades. Os Correios não entregam cartas para adoção diretamente à população, em suas residências, elas ficam disponíveis apenas nos locais indicados pela empresa.

Os presentes destinados a cada carta adotada são encaminhados para que posteriormente os Correios façam a entrega. Não é permitida a entrega direta do presente e, para assegurar o cumprimento desse critério, o endereço da criança não é informado ao padrinho.

Entre os requisitos, as cartas devem ser manuscritas, remetidas por crianças e conter, preferencialmente, pedidos de brinquedos, material escolar e roupas. Desde 2010, os Correios estabeleceram parcerias com escolas públicas, creches e abrigos que atendem a crianças em situação de vulnerabilidade social. O objetivo é auxiliar no desenvolvimento da habilidade de redação e de endereçar a carta.

(Agência Brasil)

Brasil dá show e ganha da Argentina: 3 X 0

philippe-coutinho-marca-para-o-brasil-contra-a-argentina-1478823676030_615x300

Um espetáculo canarinho. Nesta quinta-feira (10), num Mineirão pulsante, o Brasil fez 3 a 0 sobre a Argentina com direito a “olé” pela 11ª rodada das Eliminatórias da Copa da Rússia. Philippe Coutinho, com golaço, Neymar e Paulinho definiram a vitória da seleção brasileira, que segue na liderança da competição, com 24 pontos.

No retorno da seleção brasileira ao palco do maior vexame de sua história, 7 a 1 para a Alemanha, foi a Argentina que viu fantasma. Com a derrota, a seleção albiceleste permanece com 16 pontos, na sexta posição das Eliminatórias, fora até mesmo da zona de repescagem para a Rússia.

O clássico no Mineirão também ficou marcado, além do show de bola, pela bela festa da torcida mineira, que não parou de provocar Messi e Maradona em cantos.

(Com Portal Uol)

Ibope – 72% aprovam a reforma do ensino médio e 58% são a favor da PEC do Teto de Gastos

Pesquisa do Ibope encomendada pelo Ministério da Educação (MEC) aponta que 72% dos brasileiros são a favor de uma reforma no ensino médio. Em agosto, o governo federal editou a Medida Provisória 746 que prevê um novo modelo para o ensino médio e está em tramitação no Congresso Nacional. De acordo com a pesquisa, 24% são contra a reforma, 3% não sabem e 1% não respondeu.

A pergunta feita pelo Ibope foi: “O senhor é a favor ou contra a reformulação do ensino médio que, em linhas gerais, propõe ampliação do número de escolas de ensino médio em tempo integral, permite que o aluno escolha entre o ensino regular e o profissionalizante, define as matérias que são obrigatórias, entre outras ações?”

De acordo a pesquisa, a maior aprovação foi registrada entre os entrevistados com 55 anos ou mais (78%) e a maior rejeição entre aqueles com 16 a 24 anos (35%). O Ibope ouviu 1,2 mil pessoas entre os dias 30 de outubro e 6 de novembro. A margem de erro é de 3 pontos percentuais.

O instituto fez perguntas também sobre as alterações previstas pela medida para o ensino médio. Em relação à ampliação do número de escolas com tempo integral, 85% responderam que são a favor e 14% disseram ser contra.

Sobre a ampliação da jornada do ensino médio para 1,4 mil horas, o que garantiria o tempo integral, 56% são favoráveis, 39% contrários, 4% não sabem e 2% não responderam. A maior porcentagem de reprovação estão entre os entrevistados com ensino fundamental completo (46%), seguido pelos jovens de 16 a 24 anos (44%).

Sobre as escolas terem liberdade para organizar as áreas de conhecimento, competências e habilidades, 77% são a favor, 19% são contra, 3% não sabem e 1% não respondeu.

Sobre a permissão para que os estudantes escolham as matérias que desejam cursar e possam optar pelo ensino técnico, 70% são a favor, 28% contra, 2% não sabem e 1% não respondeu. Também neste item, a maior rejeição (na avaliação por idade) é entre aqueles com 16 a 24 anos, 33%. Neste grupo, 66% aprovam.

Para a maioria dos entrevistados ouvidos pelo Ibope, a educação no Brasil está regular (37%), ruim (20%) ou péssima (34%). Apenas 1% avaliou o ensino brasileiro como ótimo e 8% como bom. Todos os entrevistados responderam a questão.

A reforma do ensino médio é criticada por estudantes que participam das ocupações de escolas no país. Os alunos argumentam que a reforma deve ser debatida amplamente antes de ser implantada por MP. O governo argumenta que a proposta vai acelerar a reformulação da etapa de ensino que concentra mais reprovações e abandono de estudantes.

PEC do Teto

A pesquisa também ouviu os entrevistados sobre a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 55, conhecida como PEC do Teto de Gastos. O Ibope perguntou: “A PEC 241 ou PEC do Teto de Gastos é uma iniciativa que tem como objetivo limitar as despesas do governo federal. O senhor aprova ou desaprova essa iniciativa?”.

De acordo com o levantamento, 59% responderam que aprovam a PEC, 35% desaprovam, 4% não sabem e 2% não responderam.

A PEC determina que, nos próximos 20 anos, o governo federal só poderá gastar o mesmo valor do ano anterior corrigido pela inflação. A proposta foi aprovada ontem (9) pela Comissão de Constituição e Justiça do Senado e segue para o plenário da Casa. O texto aprovado pelos senadores prevê a possibilidade de revisão da regra a partir do décimo ano em que estiver em vigor. A proposta já foi aprovada em dois turnos na Câmara dos Deputados.

A aprovação é maior entre os homens (64%) e menor entre as mulheres (54%). O maior índice de aprovação está entre os entrevistados de 25 a 34 anos, 63%. Entre aqueles com 16 a 24 anos e 35 a 44 anos, a aprovação cai para 55%.

No grupo dos entrevistados com ensino fundamental, 60% aprovam a PEC. No grupo com ensino superior completo, o percentual de aprovação chega a 56% e 40% rejeitam.

A maior parte dos entrevistados (61%) avalia que o descontrole das contas públicas contribui muito para a crise econômica atual no Brasil. Outros 20% avaliam que o descontrole contribui pouco; 15% acham que não contribui; 2% não sabem; e 1% não respondeu.

(Agência Brasil)

TRE do Ceará abre treinamento de servidores para o recadastramento biométrico

O Tribunal Regional Eleitoral iniciou, na manhã desta quinta-feira, na sala de treinamento, a capacitação dos servidores que farão atendimento biométrico dos eleitores, a partir da reabertura do Cadastro Eleitoral, no próximo dia 21.

A primeira parte do treinamento ficou a cargo da Corregedoria Regional Eleitoral. A secretária da CRE, Águeda Gurgel, revisou a legislação pertinente e repassou entre outros temas, orientações sobre metas, documentação exigida, atendimento e tratamento de coincidências.

Os servidores vão ver também o sistema de agendamento, a atuação do pessoal de apoio e a montagem da estrutura física, com a Coordenadoria de Administração do Cadastro Eleitoral (COACE). Já a Seção de Produção vai expor a teoria e a prática do atendimento no sistema ELO.

Participam da capacitação 86 servidores – 60 de zonas eleitorais do interior do estado e 26 das zonas da capital – divididos em três turmas, nos dias 10, 11, 16, 17 e 18 de novembro, em horário integral, das 8 às 12 horas e das 13 às 18 horas.

Recadastramento 

O TRE prepara a reabertura do Cadastro Eleitoral para o próximo dia 21 de novembro com a disponibilização de kits biométricos em praticamente todos os municípios do Estado do Ceará. Por enquanto, o cadastramento será ordinário – não obrigatório. Mas o eleitor que comparecer aos cartórios eleitorais para fazer o título já será submetido à identificação biométrica.

Dos 184 municípios cearenses, apenas Beberibe, Quixeramobim, Pereiro, Massapê e Senador Sá não farão, no momento, a identificação biométrica dos eleitores, por conta da falta de espaço físico para a instalação dos kits nesses cartórios. O TRE-CE, no entanto, já está tomando providências no sentido de viabilizar, em breve, o recadastramento dos eleitores desses municípios.

(Com Site do TRE/CE)

 

José Pimentel integra comissão que analisará salários acima do teto constitucional

foto josé pimentel senador
O senador José Pimentel (PT) integra a Comissão Especial do Extrateto formada para examinar o pagamento de salários acima do teto permitido pela Constituição, de R$ 33.763 por mês, a servidores públicos, os chamados supersalários. A Comissão terá prazo de 20 dias para fazer uma análise na folha de pagamentos dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, além de estudar propostas legislativas que possam ser aprovadas pelo Congresso para evitar os vencimentos superiores ao teto.

A comissão foi instalada nesta quinta-feira (10) pelo presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). O colegiado será presidido pelo senador Otto Alencar (PSD-BA), a vice-presidência caberá ao senador Antonio Anastasia (PSDB-MG) e a relatoria ficará com a senadora Kátia Abreu (PMDB-TO).

A relatora afirmou que vai conversar com a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, e com o presidente da República, Michel Temer, sobre o assunto. “Não é uma caça às bruxas. Não existe dinheiro do governo, existe dinheiro da população. Essa é uma grande lacuna no país que carece de regulamentação e que permite várias exorbitâncias e distorções”, disse Kátia Abreu.

Segundo Kátia Abreu, a comissão deverá propor medidas como a desvinculação do subsídio dos ministros de tribunais superiores para evitar o que chamou de “efeito cascata”, sobretudo no orçamento dos estados. A regulamentação de benefícios como auxílio-moradia e outras indenizações também deverá ser analisada para que esses valores sejam incluídos no abate-teto. O senador José Pimentel já havia se manifestado sobre o auxilio-moradia na reunião da Comissão de Constituição e Justiça, dia 9/11. Segundo ele, “quem tem moradia, não pode ter auxílio-moradia”, numa referência direta às distorções mantidas pelo Poder Judiciário.

No discurso de instalação da comissão, Renan Calheiros considerou ser inadmissível a manutenção do que chamou de ‘supersalários’ num momento de profunda crise econômica. “É inadmissível que, por falta de vigilância, existam agentes públicos que estejam ganhando mais de R$ 100 mil e até R$ 200 mil em salários nas estatais e em outras esferas públicas. Não é admissível, não é sensato. Não é justo com a saúde, não é justo com a educação, não é justo com a segurança pública”, afirmou Renan.

(Agência Senado)

Um Falcão que adora Sardinha

sardinha

O músico Tarcísio Sardinha, dos mais requisitados por artistas locais e de outros Estados, embarca, nas próximas horas, para São Paulo.

Ele vai se juntar ao grupo de músicos que acompanhará o cantor Falcão num show marcado para este sábado, no Teatro UMC, no bairro Santa Leopoldina, na capital paulista.

Falcão fez questão de convocar o amigo, aproveitando para comemorar a agenda lotada de shows, resultado do sucesso do filme “O Shaolin do Sertão”, do cineasta Halder Gomes. No filme, Falcão é o “monge” que prepara Shaolin para as lutas marciais.

Messejana terá prestação de serviços neste sábado

A Faculdade Metropolitana da Grande Fortaleza (Fametro) promoverá, a partir das 9 horas deste sábado (12), na Praça Matriz de Messejana, a terceira edição do “Fametro na Praça”. A ação leva saúde, orientação jurídica e profissional à comunidade. Dentre as atividades oferecidas estão verificação de pressão arterial, teste de glicemia, spa das mãos, maquiagem, ginástica laboral, jump, avaliação física, orientação sobre carreira, dentre outros serviços. A programação é gratuita.

“Com esta programação nossa ideia é integrar a população à faculdade, oferecendo serviços de saúde, além de fazer da praça um espaço de lazer e convivência”, explica a diretora-geral da Fametro, Christianne Melo.

Quem organiza a ação é o Núcleo de Extensão e Responsabilidade Social da faculdade, com o apoio de alunos e professores dos cursos de Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Psicologia, Nutrição, Gastronomia,Estética e Cosmética, Direito, Educação Física, Recursos Humanos, Engenharia de Produção, Arquitetura, Sistema de Informação, Ciências Contábeis e Serviço Social.

Ufa! Finalmente é aprovado o Plano de Cargos, Carreiras e Salários do pessoal da Funceme

489 2

money-under-umbrella

Finalmente, os servidores da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) ganharam um guarda-chuva oficial em matéria de reconhecimento. A Assembleia Legislativa aprovou, nesta quinta-feira, 10, o Plano de Cargos, Carreiras e Salários desse órgão. A luta vinha desde a gestão do ex-governador Cid Gomes.

O novo PCCS veio para redefinir a “carreira dos servidores, através da previsão de regras próprias e novas de promoção e progressão, incentivando o aprimoramento profissional”, diz o texto do Projeto de Lei n° 105/16.

Bom destacar que, por várias vezes, este Blog bateu e cobrou essa providência por parte dos governantes. Um servidor com doutorado na Funceme não percebia nem R$ 4 mil e o órgão, nos últimos anos, vinha perdendo profissionais por causa dos vencimentos baixos.

Pontos para Camilo Santana.

Correios anunciam plano de demissão voluntária

O presidente dos Correios, Guilherme Campos, informou hoje (10) que vai apresentar aos funcionários, nos próximos dias, um plano de demissão incentivada (PDI) para evitar que o caixa da empresa chegue a zero no próximo ano. Segundo ele, a empresa aguarda a aprovação do plano pelo Ministério do Planejamento para a liberação de um empréstimo do Banco do Brasil, no valor de R$ 750 milhões, que vai ser usado para iniciar as demissões.

“Não é novidade para ninguém a situação bem grave que a empresa passa”, disse Campos, explicando que, em 2015, os Correios fecharam o ano com prejuízo de R$ 2,1 bilhões e que a previsão, para 2016, é de prejuízo de quase R$ 2 bilhões. Ele ressaltou que houve queda de receita, mas que isso não representou gasto financeiro, porque a empresa ainda tem recursos em caixa. “Mas o caixa vai apertar a partir do ano que vem, caso as mudanças não sejam aprovadas”, afirmou.

O plano de demissão incentivada dos Correios é voltado para funcionários com mais de 55 anos, aposentados ou com tempo de serviço para requerer a aposentadoria. A empresa tem pouco mais de 117 mil funcionários e em torno de 13 a 14 mil estariam elegíveis para o assinar o termo.

Apesar do custo total de R$ 1,5 bilhão a R$ 2 bilhões para o PDI, que deve ser pago em até dois anos, a estimativa de economia com a folha de pagamento dos Correios é entre R$ 850 milhões e R$ 1 bilhão por ano, nos próximos 10 anos. Segundo Campos, a folha de pagamento consome dois terços do orçamento da empresa.

Termos de adesão

Para aderir ao PDI, o funcionário que pedir demissão receberá as verbas rescisórias referentes a férias e 13º salário e entrará normalmente com pedido de aposentadoria no Postalis. Campos não comentou os problemas financeiros que também afetam o fundo de pensão dos funcionários dos Correios, mas disse que haverá impacto na instituição com o plano e que não há previsão de quanto deverá ser o ajuste no Postalis.

O benefício para quem aderir ao PDI será a indenização a ser paga pela empresa. O valor seria calculado em função da média salarial dos últimos cinco anos e do tempo de serviço do funcionário na empresa, no máximo de 35 anos; esse montante seria pago mensalmente, parcelado em dez anos.

“Se tivéssemos caixa, poderia ser pago no período mais curto”, disse o presidente dos Correios, explicando que, caso não haja uma boa adesão ao PDI, “medidas mais duras terão que ser tomadas”. A expectativa da empresa é que de 6 mil a 8 mil funcionários devem aderir ao plano, que ficará aberto até abril de 2017.

Não há previsão de concurso para substituição dos funcionários que aderirem ao plano de demissão. Segundo o presidente dos Correios, o impacto será maior em setores administrativos e deverá ser compensado com realocação de funcionários, automatização de processos e tecnologia da informação.

(Agência Brasil)