Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Roberto Cláudio lidera na pesquisa espontânea

rc-wagner-e-luizianne

Com o título “Disputa pelo segundo turno”, eis tópico da Coluna Política, do O POVO desta terça-feira, assinada pelo jornalista Érico Firmo.

O melhor resultado para Roberto Cláudio (PDT) nem é na pesquisa estimulada Datafolha/O POVO, na qual tem sete pontos percentuais de vantagem sobre Capitão Wagner (PR). A melhor notícia é na espontânea, na qual tem percentual igual ao da soma de todos os outros nomes citados. Tem 17% das intenções de voto. Luizianne (PT) tem 6% e Wagner, 5%. Maior parcela de eleitores do atual prefeito já tem voto definido. Têm o nome do candidato na ponta da língua. Há uma campanha inteira pela frente e muita coisa pode mudar. Mas, a considerar que a pesquisa tenha captado o real sentimento do eleitor, é bastante improvável que Roberto Cláudio não esteja no segundo turno. Quem seria o adversário mais provável?

Capitão Wagner tem algumas vantagens nessa briga. E não é o percentual de votos ligeiramente acima do de Luizianne na pesquisa estimulada. Tecnicamente, eles estão empatados. Talvez a maior vantagem de Wagner seja o tempo no horário eleitoral. É maior entre todos os candidatos, inclusive que o do atual prefeito. Vinte segundos a mais que Roberto Cláudio pode não parecer grande coisa. Não era quando havia 30 minutos de horário eleitoral para prefeito. Com 10 minutos divididos entre todos, 20 segundos podem fazer diferença. A vantagem dele sobre RC é igual ao tempo de João Alfredo (Psol) e Francisco Gonzaga (PSTU) somados.

Mas, pelo panorama da pesquisa, a mira de Wagner não é tanto em Roberto Cláudio. Salvo mudança de rumos — que é possível e para a qual há bastante tempo, ressalte-se — ele precisa se comparar a Luizianne e, mais remotamente, Heitor Férrer. E aí é um massacre em tempo de rádio e TV. São dois minutos a mais, bem mais que o dobro. E, em relação a Heitor, Wagner tem o triplo do tempo. Em tese, sua condição é bastante favorável.

Apesar da desvantagem teórica, Luizianne merece ser observada. Está na briga, com todo desgaste de oito anos de gestão, da crise do PT, da falta de alianças, da falta de adesão do governador, que pertence ao seu partido. É boa de palanque e tem apoio do cabo eleitoral que mais agrega voto — Luiz Inácio Lula da Silva (PT). São armas das quais precisará para enfrentar as muitas desvantagens.

TRE distribui as urnas eletrônicas no Interior

“O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará inicia a distribuição das urnas eleitorais armazenadas nos depósitos de Limoeiro do Norte, Itapipoca, Juazeiro do Norte, Sobral e Ibiapina para as zonas eleitorais dos municípios do interior.

Veja os roteiros estabelecidos pelo TRE-CE

*Origem: Limoeiro do Norte

– Saída neste dia 23 de agosto para Tabuleiro do Norte, Alto Santo, Iracema, Pereiro, Jaguaribe, Orós, Icó, Cedro, Várzea Alegre, Lavras da Mangabeira, Ipaumirim e Aurora;

– Saída no dia 30 de agosto – Jaguaretama, Solonópole, Senador Pompeu, Pedra Branca e Banabuiú

*Origem: Itapipoca

– Saída no dia 23 de agosto – Uruburetama, São Luís do Curu e Itapajé;

– Saída no dia 24 de agosto – Itarema, Acaraú, Bela Cruz, Santana do Acaraú, Amontada, Granja, Camocim, Chaval e Coreaú

*Origem: Juazeiro do Norte

– Saída no dia 26 de agosto – Crato, Barbalha, Jardim e Caririaçu;

– Saída no dia 27 de agosto – Nova Olinda, Assaré, Araripe, Campos Sales, Aiuaba, Saboeiro, Missão Velha, Brejo Santo, Jati, Milagres, Mauriti e Barro

*Origem: Sobral

– Saída no dia 27 de agosto – Massapê, Cariré e Reriutaba, Santa Quitéria, Monsenhor Tabosa, Tamboril, Nova Russas e Ipueiras;

– Saída no dia 29 de agosto – Mucambo, Tianguá, Viçosa do Ceará e Ubajara

*Origem: Ibiapina

– Saída no dia 31 de agosto – São Benedito, Guaraciaba do Norte, Ipu, Crateús, Novo Oriente e Independência

Além das urnas, o TRE também está distribuindo para os cartórios eleitorais outros materiais, como paletes de plástico, bobinas de papel e caixas para mesários.

Nessa segunda-feira (22), saiu também um carregamento do Centro de Armazenamento de Urnas de Fortaleza para os municípios de São Gonçalo do Amarante, Paracuru, Paraipaba, Trairi, Pentecoste, Eusébio, Beberibe, Aracati, Jaguaruana, Russas e Morada Nova, levando urnas eletrônicos e materiais de eleição. Para as zonas eleitorais de Uruburetama, Itapipoca, Cascavel e Limoeiro do Norte partiu ainda de Fortaleza um carregamento de caixas com material para os mesários.

DETALHE – Em Fortaleza, as urnas eletrônicas são distribuídas do depósito da capital diretamente para os locais de votação às vésperas das eleições.”

(Site do TRE/CE)

Eleições em Maracanaú – Julinho César visita o Timbó

julinhooo

Em Maracanaú, o deputado estadual e candidato a prefeito de Maracanaú pelo PDT, Julinho César, visita os bairros em clima de caminhada com militantes. O Conjunto Timbó foi visitado por ele, que se comprometeu a implantar políticas públicas voltadas para a juventude.

“Precisamos criar condições para o primeiro emprego. A Prefeitura pode e deve firmar convênios com instituições de ensino e ofertar cursos profissionalizantes”, avisou o candidato.

(Foto – Divulgação)

Ufa! Trecho da avenida José Jatahy será liberado

avenidd

Finalmente, a Prefeitura de Fortaleza libera, a partir desta terça-feira, mais um trecho da avenida José Jatahy (entre as avenidas Jovita Feitosa e Bezerra de Menezes).

Foi herança da gestão da petista Luizianne Lins bastante cobrada por moradores da área, através deste Blog.

Ciclovia, nova sinalização, arborização e iluminação, além de quatro faixas para veículos, estão entre as mudanças. O segundo trecho, de 400 metros (entre a Jovita Feitosa e o viaduto da rua Padre Cícero), está previsto para ser entregue em setembro.

MPE pede indeferimento da candidatura de Rommel Feijó em Barbalha

rommel feijo

O Ministério Público Eleitoral, por meio do promotor eleitoral Francisco das Chagas da Silva,  pediu o indeferimento do registro da candidatura do ex-deputado federal Rommel Feijó (PSDB) à Prefeitura de Barbalha (Região do Cariri).

A decisão acompanha o relatório do Superior Tribunal de Justiça (STJ), em Brasília, que há menos de 10 dias decidiu pelo trancamento da ação liminar impetrada pela defesa do ex-prefeito, na qual pedia ao STJ a suspensão do julgamento no Tribunal Regional Federal (TRF-5), em Recife.

Ano passado, o TRF-5 confirmou a sentença da Justiça Federal do Ceará, que condenou Rommel a 7 anos e 6 meses de prisão por desvio de recursos públicos do Ministério da Saúde, no caso da “Máfia dos Sanguessugas”. Na mesma decisão, Rommel teve cassado os direitos políticos por cinco anos.
O ex-prefeito tem a partir de agora sete dias para apresentar a defesa e tentar se colocar como candidato.

Supremo

Os advogados do ex-prefeito já estão em Brasília. Eles entraram com recurso junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) na tentativa de derrubar o trancamento da ação no STJ e assim tornar Rommel elegível. A expectativa é de que a decisão saia nos próximos dias.

(Com Blog do FlavioPintoNews)

CUT/CE faz ato no aeroporto contra o golpe

215 2

protesto

A Central Única dos Trabalhadores realizou, na madrugada desta terça-feira, no Aeroporto Internacional Pinto Martins, um ato contra o projeto de lei 241, que congela salário do funcionalismo e contra o “golpe”.

O objetivo do ato tentar pressionar parlamentares federais, mas, no horário em que o grupo esteve no terminal de passageiros, nenhum deputado embarcou. A maioria já havia deixado a Capital cearense no fim de semana e na segunda-feira à noite.

Cerca de 20 manifestantes ainda distribuíram, entre passageiros, panfletos expondo as causas do protesto. O presidente da CUT/CE, Will Pereira, puxou o protesto.

A partir de sexta-feira, começa, no Senado, o processo de impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff. Os sindicalistas prometem reforçar a luta contra o golpe principalmente em Brasília.

(Foto – Paulo  MOska)

MP investiga suspeita de fraudes no Fórum Clóvis Beviláqua

foto plácido rios promotor

Da Coluna Vertical, do O POVO desta terça-feira:

O procurador-geral de Justiça, Plácido Rios, reestruturou neste mês de agosto, através do Provimento nº 059/2016, o Núcleo de Investigação Criminal (Nuinc) do Ministério Público do Estado. E já neste primeiro mês de atuação, o núcleo investiga um caso de crime contra a administração pública ocorrido no Fórum Clóvis Beviláqua.

Na semana passada, foram cumpridos mandados de busca e apreensão, resultando na coleta de vários documentos que servirão para apurar esse possível crime.

A investigação envolve um servidor do Fórum Clóvis Beviláqua e uma pessoa não vinculada à instituição, segundo o MP, que não divulga dados do caso, porque corre sob segredo de Justiça.

As investigações contam com o apoio do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco), também do MP estadual.

Líderes partidários tentam antecipar votação de processo contra Cunha

Líderes partidários da Rede Sustentabilidade, do PSOL, PT, PCdoB, PDT, PPS e PSB apresentaram nessa segunda-feira (22) requerimento ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), para antecipar para esta terça-feira (23) a votação em plenário do processo de cassação do deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). A votação está marcada para o dia 12 de setembro.

Autor do requerimento, o líder da Rede, deputado Alessando Molon (RJ), disse que a data definida por Maia para a votação é “perigosa” por ser uma segunda-feira – quando o quórum na Câmara é baixo – e pela proximidade com as eleições municipais.

“Quanto mais o tempo passa, mais a população esquece o caso”, argumentou Molon na tribuna do plenário.

Segundo o parlamentar, nessas condições a votação pode favorecer Cunha. “Nossa luta é para antecipar a votação, evitando quórum esvaziado e que ele se livre da cassação”, disse Molon. Para a cassação, são necessários votos favoráveis de pelo menos 257 deputados, metade mais um dos 513 da Casa.

(Agência Brasil)

Senado diz à OEA que processo de impeachment respeitou Constituição

O advogado-geral do Senado, Alberto Cascais, encaminhou na noite dessa segunda-feira (22) o ofício em resposta aos questionamentos da Organização dos Estados Americanos (OEA) a respeito do processo de impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff, cujo julgamento começa na quinta-feira (25).

O documento é uma resposta ao pedido de informações feito pela OEA ao Senado após ser provocada por parlamentares do PT sob a alegação de que o processo em curso no Brasil é um golpe institucional.

Na resposta à OEA, Cascais relata passo a passo todos os procedimentos adotados no processo desde que o Senado recebeu o processo depois que a Câmara aprovou a admissibilidade das denúncias contra Dilma.

O documento dá detalhes sobre a formação da comissão especial que cuidou da instrução processual, a legislação observada e o rito foi obedecido, conforme orientação do Supremo Tribunal Federal.

Mais cedo, o presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), também encaminhou ofício semelhante à OEA, por intermédio do Itamaraty, com relato sobre toda a fase de admissibilidade da denúncia na Câmara.

(Agência Brasil)

Eleições em Fortaleza – A influência de padrinhos “nada mágicos”

“Antes exposto sob holofotes na hora de alavancar candidaturas, o apoio de “padrinhos” pode ir de trunfo para motivo de constrangimento na eleição deste ano em Fortaleza. Dados da pesquisa O POVO/Datafolha mostram que, na disputa pelo Paço Municipal, a ajuda de figurões da política local ou nacional mais atrapalha do que ajuda os candidatos.

O desencanto pode gerar estratégia inusitada, com postulantes escondendo seus apoiadores ou tentando revelar nomes por trás dos adversários para denegri-los. Pesquisa sugere cuidado no uso de figuras como Camilo Santana (PT), Cid Gomes (PDT), Tasso Jereissati (PSDB), Michel Temer (PMDB) ou o ex-presidente Lula (PT).

Para quem está na disputa, o efeito negativo pode ser maior se recorrer ao presidente em exercício Michel Temer, com 84% dos ouvidos pela sondagem dizendo que não votariam em candidato indicado pelo peemedebista.

Coligado ao PMDB, Capitão Wagner (PR) tem evitado uso da imagem de Temer na campanha. Páginas contrárias à sua candidatura nas redes sociais, no entanto, têm abusado da associação para atacá-lo.

O ex-presidente Lula continua sendo nome mais influente na hora de conquistar o fortalezense, com 30% dizendo que votariam em candidato defendido por ele. Na Capital, o apoio do líder petista sempre foi dos mais cobiçados, com vários candidatos disputando sua adesão.

Em 2012, no entanto, o mesmo índice era maior: 49%. A rejeição a um afilhado de Lula, por outro lado, aumentou, passando de 32% no último pleito para 54% neste ano. Mesmo com a perspectiva negativa, apoio do ex-presidente ainda deve ser explorado por Luizianne Lins (PT).

Tasso lidera no Ceará

Mesmo com a sombra de Temer na campanha, Capitão Wagner conta com o líder mais popular entre seus aliados no Estado. Segundo a pesquisa, 23% dos eleitores disseram que votariam em candidato apoiado pelo senador Tasso Jereissati (PSDB).

O índice é maior que o do ex-governador Cid Gomes (PDT), 18%, e do governador Camilo Santana (PT), 15%. O apoio deles é explorado por Roberto Cláudio (PDT), com o petista participando de atos de campanha do prefeito.

Influencia-de-apoios

Para o cientista político Felipe Albuquerque, pesquisador da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj), o impacto negativo é consequência do descrédito tanto de instituições tradicionais quanto dos políticos.

“As crises econômica e política passam ao cidadão o sinal de que políticos que estão aí são incapazes de resolver os grandes problemas”, afirma.

“A hiperexposição da Lava Jato tomou conta do imaginário. O político pode ser até honesto, mas, se for de partido tradicional, sofrerá consequências”, diz. Ele destaca caso de 1989, quando crise institucional acabou prejudicando Ulysses Guimarães e beneficiando seu rival, Fernando Collor de Mello.

(O POVO – Repórter Carlos Mazza)

Henrique Meirelles vai à Câmara nesta quarta-feira debater limite de gastos públicos

Meirelles

“O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, participa na quarta-feira (24), às 9h30m, da primeira audiência pública da comissão especial da Câmara que analisa a proposta de emenda à Constituição (PEC 241/16) que limita por 20 anos os gastos públicos federais. Hoje (22), a comissão aprovou requerimentos para convidar cinco ministros para os debates sobre a PEC. O único que já tem data marcada para comparecer à comissão é Meirelles.

De acordo com o presidente da comissão, deputado Danilo Forte (PSB-CE), o ministro Henrique Meirelles já se colocou à disposição e vai atender ao convite da comissão. “Essa comissão vai receber o ministro da Fazenda, que é um homem de diálogo, na próxima quarta-feira”, disse fortes.

Além de Meirelles, deverão comparecer à comissão os ministros Ricardo Barros (Saúde), Mendonça Filho (Educação), Dyogo Oliveira (Planejamento) e Osmar Terra (Desenvolvimento Social e Agrário). Todos os requerimentos aprovados hoje são de convites aos ministros do governo interino de Michel Temer.

Também serão convidados para participar de audiências públicas a ministra Cármen Lúcia (do Supremo Tribunal Federal) e o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, além de professores, economistas e especialistas da área e representantes da sociedade civil, entre eles o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Cláudio Lamachia.

Durante a reunião, o relator da comissão, deputado Darcísio Perondi (PMDB-RS), apresentou o plano de trabalho, que prevê a realização de audiências públicas dentro do prazo regimental. Ele reafirmou que pretende apresentar seu parecer para discussão e votaçaão na comissão em meados de setembro. A ideia é que a PEC seja aprovada pela Câmara, em dois turnos, no mês de outubro. Em seguida, vai à apreciação do Senado.

A PEC limita os gastos públicos por 20 anos e prevê o crescimento dos gastos públicos, em um ano, ao índice de inflação do ano anterior. Ela objetiva equilibrar as contas do governo. A proposta atinge os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário.

Na reunião de hoje foram eleitos como 1º, 2º e 3º vice-presidentes os deputados Sílvio Torres (PSDB-SP), Altineu Côrtes (PMDB-RJ) e Victor Mendes (PSD-MA), respectivamente.”

(Agência Brasil)

TV Cidade fará debate com seis candidatos à Prefeitura de Fortaleza

eleco

A TV Cidade vai realizar nesta quarta-feira, a partir das 13 horas, um debate com os candidatos a prefeito de Fortaleza.

Estarão no confronto seis candidatos, exceção de João Alfredo (PSOL e Gonzaga (PSTU), pois os partidos dos dois atinge a cota mínima de representação de nove parlamentares no Congresso.

No formato, os candidatos farão pergunta para candidato. Vai até as 14h45min, com mediação do jornalista da casa, Alexandre Medeiros.

Câmara adia votação de destaques da renegociação da dívida dos Estados

“Com receio de não garantir um bom quorum, o governo mudou o foco e deixou a votação dos destaques ao projeto de renegociação da dívida dos estados e do Distrito Federal para amanhã (23). A informação foi repassada hoje (22) pelo líder do governo na Câmara dos Deputados, André Moura (PSC-SE), após reunião do colégio e líderes. No lugar dos destaques serão votadas três medidas provisórias (MPs) que estão perto de perder a validade.

Inicialmente, a votação dos destaques ao projeto, que alonga a dívida dos estados por 20 anos, estava prevista para a noite desta segunda-feira. O presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), chegou a confirmar a votação dos destaques após almoçar com o presidente interino, Michel Temer, e líderes da base aliada. Segundo Moura, a votação dos destaques ficará para amanhã, após a sessão do Congresso Nacional para votar destaques a vetos presidenciais e a proposta de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2017.

“Nós propusemos pela liderança do governo mudar a votação e foi aceito por todos os líderes para que pudéssemos votar três medidas provisórias que têm prazo de validade muito próximo para expirar”, disse Moura. “Outro acordo é que o presidente Rodrigo Maia vai chamar uma sessão da Câmara para que possamos apreciar os três destaques que ainda restam da renegociação das dívidas dos estados. Amanhã vamos ter um quorum elevado, qualificado para apreciação desses destaques que restam”.

(Agência Brasil)

TRE cassa mandato de vereadores de São Gonçalo do Amarante e Mombaça

“O Tribunal Regional Eleitoral, em sessão nesta segunda-feira, 22/8, presidida pelo desembargador Abelardo Benevides Moraes, cassou o mandato dos vereadores Valério Marques Sá, de Mombaça, e Francisco Magno Martins de Brito, de São Gonçalo do Amarante, ambos por infidelidade partidária.

A relatora nas duas representações (nº 297-11 e nº 311-92), desembargadora Nailde Pinheiro Nogueira, afirmou “não restar comprovada nos autos a grave discriminação política pessoal apta a justificar a desfiliação partidária do filiado”. Os demais juízes da Corte do TRE, em decisão unânime, acompanharam o voto da relatora.

O vereador Valério Marques Sá foi eleito em 2012 pela Coligação “Por Amor à Mombaça” (PRB/PP/PR/PSB/PSDB). Em 1º de outubro de 2015, desfiliou-se do PR, alegando discriminação política pessoal. Já o vereador Francisco Magno Martins de Brito, de São Gonçalo do Amarante, foi eleito em 2012 pela Coligação PPS/DEM/PV. Em 9 de outubro de 2015, desfiliou-se do DEM.

Em seu voto, nas duas Representações, a relatora acostou-se “ao entendimento firmado pelo Tribunal Superior Eleitoral, bem como por esta Corte e demais regionais citados, no tocante a distinção existente entre a vaga decorrente de vacância normal e vacância excepcional. Devendo a vaga decorrente de perda de mandato eletivo por infidelidade partidária ser preenchida pelo suplente do partido político ao qual pertencia o Representado”, qual seja o Partido Republicano (PR), em Mombaça, e o Partido Democratas (DEM), em São Gonçalo do Amarante.”

(Site do TRE/CE)

Ibope/TV Verdes Mares – Roberto Cláudio lidera; Capitão Wagner e Luizianne empatam tecnicamente

284 1

roberto-claudio-prefeito

A primeira pesquisa Ibope/TV Verdes Mares sobre o desempenho dos candidatos a prefeito de Fortaleza foi divulgada, nesta noite de segunda-feira. Confira:

Roberto Cláudio (PDT) – 29%

Capitão Wagner (PR) – 21%

Luizianne Lins (PT) – 18%

Heitor Férrer (PSB) – 9%

Ronaldo Martins (PRB) – 4%

João Alfredo (PSol)- 2%

Tin Gomes  (PHS) – 1%

Gonzaga (PSTU) – 1%

Brancos/Nulos – 10%

Não quiseram responder – 5%

*Confira o índice de Rejeição

Luizianne Lins – 44%

Roberto Cláudio – 35%

Tin Gomes – 25%

Gonzaga – 24%

João Alfredo – 23%

Capitão Wagner – 20%

Ronaldo Martins – 18%

Heitor Férrer – 17%

Votaria em todos – 1%

Não sabe – 8%

*Pesquisa Espontânea

Roberto Cláudio – 21%

Capitão Wagner – 9%

Luizianne Lins – 8%

Heitor Férrer – 3%

João Alfredo e Ronaldo Martins têm, cada um – 1%.

Tin Gomes e Gonzaga somam 1%.

Brancos e nulos – 19%.

Declararam não saber em quem votar – 37%

DETALHE – A pesquisa entrevistou  805 eleitores no período de quinta a domingo.

DETALHE 2 – A margem de erro é de três pontos percentuais pra mais ou pra cima.

Sarcozy diz na França: Eu vou voltar!

“O ex-presidente francês Nicolas Sarkozy anunciou que concorrerá às eleições de 2017 pela centro-direita, na tentativa de voltar ao Palácio do Eliseu. “Decidi me candidatar às eleições presidenciais de 2017. A França exige que se dê de tudo. Sinto que tenho forças para combater essa batalha, em um momento tão atormentado da nossa história”, disse Sarkozy, em seu novo livro, “Tout pour la France”, que será lançado na próxima quarta-feira (24).

Há dias, especulava-se que Sarkozy anunciaria sua candidatura, já que pessoas próximas ao ex-presidente haviam comentado em entrevistas que o apoiariam no pleito. Em 2012, Sarkozy também concorreu à Presidência, mas foi derrotado pelo atual mandatário, François Hollande, do Partido Socialista, com 51,63% dos votos.

Para ser candidato, Sarkozy, 61 anos, precisa antes vencer as primárias da direita francesa, dos Les Républicains, marcadas para novembro, nas quais enfrentará o ex-primeiro-ministro Alain Juppé. Além disso, precisa se livrar de processos judicais relacionados aos financiamentos de sua campanha de 2012. Ele deve se apresentar com ideias contrárias às políticas imigratórias, em um momento em que a França é um dos principais alvos de terrorismo. Sarkozy governou o país de 2007 a 2012.”

(Agência Lusa)