Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

PGR reitera posição contra inquérito do STF sobre fake news

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, voltou a se manifestar nessa sexta-feira (3) contra o inquérito aberto pelo Supremo Tribunal Federal (STF) para apurar notícias falsas (fake news) e ofensas que tenham a Corte como alvo.

Em nova manifestação enviada ao Supremo, Dodge reiterou que a investigação é inconstitucional. O parecer foi enviado ao STF para basear o pedido da Rede para suspender a investigação. O relator do caso é o ministro Edson Fachin.

De acordo com a procuradora, o inquérito viola os princípios constitucionais da separação de Poderes e do juiz natural, além do sistema penal acusatório.

“Os órgãos do Poder Público, quando investigam, processam ou julgam, não estão exonerados do dever de respeitar os estritos limites da lei e da Constituição, por mais graves que sejam os fatos cuja prática tenha motivado a instauração do procedimento estatal”, disse.

Inquérito sobre notícias falsas

O caso envolvendo críticas sobre a Corte começou em março. Ao anunciar a abertura do inquérito, no dia 14 de março, Toffoli referiu-se à veiculação de “notícias falsas (fake news)” que atingem a honorabilidade e a segurança do STF, de seus membros e parentes. Segundo ele, a decisão pela abertura está amparada no regimento interno da Corte.

Em seguida, o ministro Alexandre de Moraes, que foi nomeado por Toffoli como relator do inquérito, determinou a retirada de reportagens da revista Crusoé e do site O Antagonista que citavam o presidente da Corte, Dias Toffoli.

Moraes autorizou a Polícia Federal a realizar buscas e apreensões contra quatro pessoas, entre elas, o candidato ao governo do Distrito Federal nas últimas eleições, o general de Exército Paulo Chagas (PRP).

Posteriormente, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, arquivou o inquérito, mas Moraes rejeitou a medida.

Apesar de a procuradora entender que o arquivamento é um procedimento próprio da PGR e irrecusável, Moraes tomou a manifestação como uma solicitação e entendeu que a medida precisa ser homologada pelo STF.

(Agência Brasil)

Bolsonaro cancela viagem a Nova York

146 1

O presidente Jair Bolsonaro cancelou a ida a Nova York, nos Estados Unidos, onde participaria de evento em que seria homenageado como “Personalidade do Ano de 2019”. A homenagem foi proposta pela Câmara de Comércio Brasil-EUA. A viagem estava prevista para este mês. Com a decisão, o presidente também cancelou agenda em Miami.

Em nota, o porta-voz da Presidência da República, Otávio Rêgo Barros, diz que Bolsonaro agradece a homenagem proposta. “Entretanto, em face da resistência e dos ataques deliberados do prefeito de Nova York [Bill de Blasio] e da pressão de grupos de interesses sobre as instituições que organizam, patrocinam e acolhem em suas instalações o evento anualmente, ficou caracterizada a ideologização da atividade”, destaca o porta-voz.

(Agência Brasil)

Heitor cobra repasse aos hospitaos credenciados pelo Estado

O deputado estadual Heitor Férrer cobrou nesta sexta-feira (3) o repasse por parte do Governo do Estado aos hospitais credenciados ao Instituto de Saúde dos Servidores do Estado do Ceará (ISSEC)

Segundo o documento expedido pela Associação dos Hospitais, o repasse não é feito desde o fim do ano passado e os médicos não recebem salários desde outubro último.

Produtor rural que quer isenção de ICMS na conta de energia deve se cadastrar até 31 de maio

A Secretaria da Fazenda prorrogou, até o dia 31 de maio, o prazo para que o produtor rural compareça a uma unidade de atendimento da concessionária Enel Distribuição Ceará e comprove que exerce atividade de agricultura, pecuária ou aquicultura. A medida é necessária para que o Imposto de Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) não incida sobre a fatura de energia elétrica.

O adiamento atende a um pleito da Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado do Ceará (Fetraece) e da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Ceará (Faec). A prorrogação do prazo considerou a baixa adesão de produtores rurais.

A Enel informou que, dos 550 mil clientes da classe rural que a empresa possui, apenas 27% haviam se cadastrado até a última terça-feira, data em que terminou o prazo, de acordo com o Decreto n◦ 32.847, publicado em 31 de outubro de 2018.

A norma determinou um prazo de 60 dias, a contar da data da publicação, para que a Enel encaminhasse aos consumidores da classe rural um formulário para a confirmação de dados cadastrais. Logo após, começou a contar um prazo de 120 dias para que o cliente comprovasse sua condição de produtor rural e efetuasse o cadastramento.

Outra medida: consumidores da classe rural, pertencentes à subclasse residencial rural, com média de consumo abaixo de 140 KW nos últimos 12 meses, não precisarão mais realizar o cadastro. As novas medidas alinhadas durante o encontro constarão em um novo decreto, a ser publicado em breve. Quem não realizar o cadastramento será tributado pelo ICMS, podendo arcar com contas pelo menos 37% mais caras”.

SERVIÇO

*Documentação necessária:
· Formulário, devidamente preenchido e assinado;
· Registro ou cadastro do titular da unidade consumidora junto a secretarias, institutos, federações e sindicatos listados no formulário;
· Pessoa física: apresentar também um documento oficial com foto e o CPF;
· Pessoa jurídica: apresentar também o cartão de CNPJ atualizado e o contrato, Estatuto Social e demais aditivos.

*Onde entregar os documentos:
. Lojas de atendimento da Enel.

(Foto – Divulgação)

Cláudia Raia é uma das atrações do 12º Encontro de Mulheres Pague Menos

No 12º Encontro de Mulheres Pague Menos, que ocorrerá de 16 a 19 de maio, no Centro de Eventos, entre as atrações confirmadas está a atriz Cláudia Raia.

Ela vai falar e se apresentar no dia 18, depois do comentarista de boas práticas de saúde da Rede CBN, Márcio Atalla, e antes do show da cantora Fafá de Belém.

Cláudia Raia, a dama dos musicais brasileiros, além de estar fazendo sucesso na novela global das 7h30min, “Verão 90”, integra o júri do quadro “Show dos Famosos”, do Domingão do Faustão.

(Foto – Reprodução de TV)

Prefeito Roberto Cláudio lança neste sábado a sétima edição do Academia do Enem

O prefeito Roberto Cláudio (PDT) vai abrir neste sábado, a partir das 12 horas, no Ginásio Paulo Sarasate, o programa Academia Enem 2019. A ação também marcará o lançamento do Projeto Juventude Sem Fronteiras 2019. O Programa, que chega à sétima edição este ano e já beneficiou mais de 70 mil pessoas, visa auxiliar os estudantes, prioritariamente da rede pública, no ingresso ao ensino superior, por intermédio de aulas preparatórias para o Enem.

Nesta edição, o Academia Enem contará com 30 encontros, que acontecerão sempre aos fins de semana. O programa ofertará ainda dois simulados, que tem o intuito familiarizar os jovens com o modelo da prova do Enem e preparar ainda mais os alunos para o certame.

Dentro da programação, haverá a apresentação musical do Bloco Café Preto, seguida por uma palestra sobre “Técnica de Estudo e Aprendizagem” e uma aula sobre redação no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Já no domingo (05/05), acontecerão aulas de Geografia, Química e História.

Todos os anos, os estudantes recebem fardamento, lanche, material didático e vale-transporte. O curso é gratuito e basta que o jovem que realizou inscrição, por meio do formulário eletrônico, esteja cursando ou tenha concluído o ensino médio.

Sem Fronteiras

Em 2018, a Prefeitura selecionou 100 alunos do programa Academia Enem (AE) para um intercâmbio de oito semanas, com todas as despesas pagas e uma ajuda de custo, na Inglaterra (Liverpool e Manchester) e na Espanha (Salamanca e Valência). Foram ofertadas o dobro de vagas (100 só para 2017) por edição do programa Academia Enem, adianta a assessoria de imprensa da Prefeitura de Fortaleza.

(Foto – Divulgação)

400 anos é muito pouco?

Com o título “400 anos é muito tempo?”, eis artigo de Gabriela Yamaguchi, diretora de engajamento do WWF Brasil, que está no O POVO desta sexta-feira. Ela aborda campanha contra o lixo plástico. Confira: 

Vamos parar uns minutinhos para pensar… no tempo. Costumamos correr tanto no dia a dia em busca de praticidade e rapidez. Só que nessa correria a gente acaba fazendo escolhas que nos prejudicam. Por muito tempo.

Quanto você demora para tomar um suco no copo descartável? E usar cotonetes? E aquela sacola para levar as compras até em casa? Assim que acabamos de usá-los, eles podem virar a poluição que vai existir no nosso planeta por 400 anos.

O vazamento de plástico polui os rios e os mares, prejudica os ecossistemas onde vivemos e assim coloca em risco toda a vida no planeta. A produção plástica anual chegou a 396 milhões de toneladas em 2016, o que corresponde a 53 quilos por pessoa no planeta – e três de cada quatro quilos já virou poluição. No estudo publicado em março pela rede WWF (Fundo Mundial para a Natureza), “Solucionar a poluição plástica: transparência e responsabilização”, com base em dados do Banco Mundial, somos o quarto país que mais produz lixo plástico no mundo.

No Brasil, de 11,3 milhões de toneladas de lixo plástico produzidas, apenas 145 mil toneladas (1,28%) foram efetivamente recicladas, ou seja, reprocessadas na cadeia de produção. O destino de 7,7 milhões de toneladas de plástico são os aterros sanitários. Outros 2,4 milhões de toneladas são descartados de forma irregular. E um milhão de toneladas não são recolhidas pelos sistemas de coleta.

O plástico gerou avanços na sociedade. Mas o seu uso descartável está falido e precisa urgentemente ser mudado. Não basta coletar e reciclar. Precisamos também reduzir e substituir o plástico que consumimos.

A solução está nas mãos de todos os atores da cadeia de valor do plástico, incluindo produtores, setores intermediários de transformação, varejo, usuários finais, agentes de coleta e gerenciamento de resíduos sólidos, governos nacionais e subnacionais.

Por isso, a rede WWF está com uma petição para combater a poluição plástica nos oceanos que será levada aos líderes mundiais na Assembleia Geral das Nações Unidas, em setembro. Precisamos avançar com urgência na criação de um acordo global de responsabilização, incluindo compromissos claros, leis nacionais robustas e dispositivos comerciais que incentivem essa mudança.

Porque no caminho da solução, juntos, não temos tempo a perder.

*Gabriela Yamaguchi,

Diretora de engajamento do WWF Brasil.

Tudo pronto para o VIII O POVO Noivas. Agora é dizer… “Sim!”

Vem aí o VIII O POVO Noivas.

Acontecerá, das 14 às 22 horas, no período de 14 a 16 deste mês de maio, no Shopping RioMar Papicu.

No programa, palestras, apresentações musicais, desfiles e sorteios e mais de 30 expositores entre serviços e produtos para as celebrações de casamento.

SERVIÇO

*Entrada é gratuita e as inscrições podem ser feitas pela página especial.opovo.com.br/noivas onde também é possível conferir a programação completa.

Semana Nacional de Conciliação Trabalhista – TRT do Ceará já recebe pedidos de audiência

O Tribunal Regional do Trabalho do Ceará está recebendo pedidos de audiências para a Semana Nacional da Conciliação Trabalhista, que acontecerá de 27 a 31 deste mês de maio. O objetivo do evento, segundo a assessoria de imprensa do TRT do Estado, é realizar um mutirão para proporcionar, por meio de solução amigável, maior celeridade ao encerramento de conflitos trabalhistas, buscando alcançar o maior número possível de acordos.

Para agendar as audiências de conciliação, advogados, trabalhadores e empregadores podem procurar o Centro de Conciliação do TRT/CE (Cejusc) através do e-mail cejusc@trt7.jus.br e pelos telefones (85) 3388-9424 ou 3388-9430. Pelo site do Tribunal também é possível realizar petições. Processos em qualquer fase podem entrar na pauta de audiências.

São previstos mais de 300 processos para o período. As audiências serão realizadas no ed. Des. Manoel Arízio de Castro, no Fórum Autran Nunes, Centro de Fortaleza.

Promovida pelo Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT), em parceria com os TRTs de todo o Brasil, a edição de 2019 da Semana Nacional da Conciliação Trabalhista tem como slogan “Menos Conflitos. Mais Soluções: com a conciliação o saldo é sempre positivo”. A temática da campanha de divulgação conta com numerais e símbolos de operações matemáticas que visam mostrar, de forma objetiva, os resultados positivos que a Semana da Conciliação Trabalhista tem alcançado desde 2015.

Este é o quinto ano do evento. Nas quatro primeiras edições, foram contabilizados mais de 700 mil atendimentos, cerca de 102 mil acordos consolidados e uma movimentação de recursos superior a R$ 2 bilhões.

O coordenador da Comissão Nacional de Promoção à Conciliação da Justiça do Trabalho e vice-presidente do CSJT e do Tribunal Superior do Trabalho, ministro Renato de Lacerda Paiva, destaca as vantagens da conciliação. “A Justiça do Trabalho sempre teve em sua essência, desde a CLT de 1943, essa natureza mediadora. A solução amigável dos conflitos trabalhistas é a forma mais rápida, vantajosa e moderna para a solução dos litígios”, acredita.

Na última edição da Semana Nacional da Conciliação Trabalhista, ocorrida entre 21 e 25 de maio de 2018, a Justiça do Trabalho do Ceará realizou mais de 600 acordos e arrecadou mais de R$ 10 milhões. Ao todo, foram atendidas 3.800 pessoas nos cinco dias do evento. Os bancos foram responsáveis pelo maior número de processos na pauta de audiências. Só a Caixa Econômica Federal tentou acordos em mais de 50 processos.

CEO do Instituto Empresariar falará sobre Empresas Familiares

O Instituto Empresariar vai lançar, na próxima segunda-feira, 6, o “Minuto da Empresa Familiar”. Trata-se de inserção que já está indo ao ar diariamente na Rádio O POVO/CBN, entre 8 e 9 horas, com reprise às 19 horas. O lançamento ocorrer no Espaço O POVO de Cultura e Arte, a partir das 19 horas, ocasião em que o CEO do Instituto Empresariar, Cícero Rocha, falará sobre o futuro das empresas familiares, os riscos e a oportunidades.

O quadro “Minuto da Empresa Familiar”, que iniciou sua veiculação no mês de março em Fortaleza e na região do Cariri através da Rádio CBN, ganhou seu espaço no Spotify com o podcast “Minuto da Empresa Familiar”, com publicação todas as quartas-feiras.

“Por mais que trabalhar em familiar seja uma oportunidade de reduzir custos e ter colaboradores mais comprometidos com os resultados, existem alguns riscos iminentes nessa situação, tanto é que são poucas as empresas que sobrevivem a sucessão. Vamos falar sobre essas questões, mas também sobre as oportunidades que muitas vezes passam desapercebidas nessas empresas. É valido ressaltar que, por meio do conhecimento e com otimização de recursos, as famílias se tornam mais felizes e empresas mais prosperas”, ressalta o CEO do Instituto Empresariar.

Instituto Empresariar

O Instituto Empresariar é referência nacional na profissionalização de empresas familiares. Fundado há mais de 15 anos, é fruto de um projeto que vem se desenhando e se consolidando com a disponibilização de serviços de alto padrão de qualidade para empresas familiares, fundamentados na filosofia de integrar o conhecimento científico. O Instituto desenvolveu o método BFB – Balanced Family Business, exclusivamente voltado para empresas familiares, inspirados nas grandes escolas de gestão do mundo.

(Foto – Divulgação)

Avianca demite 20 funcionários em Guarulhos

A Avianca Brasil, em processo de recuperação judicial, demitiu hoje 20 funcionários que trabalhavam no Aeroporto Internacional de Guarulhos, nos setores de check-in, despacho de voos e terminal de cargas, informou o Sindicato dos Aeroviários de Guarulhos. Ontem (2), já haviam sido dispensados pelo menos 47 trabalhadores.

Segundo o presidente do sindicato, Rodrigo Maciel, até dezembro a empresa empregava 304 funcionários no terminal de Guarulhos, número que passou para 234 em 29 de abril, quando a Avianca parou de operar. “Ontem começaram as demissões entre esses 234 que haviam sobrado. O que sabemos é que 154 permaneceriam para atender passageiros com voos comprados”.

Maciel disse que os funcionários demitidos estão sem previsão para receber as verbas rescisórias, e aqueles que ainda permanecem notam irregularidades no pagamento de benefícios, como vale alimentação e vale transporte. “Está um caos. Os funcionários estão dizendo que não trabalharão, caso não recebam”.

Avianca

Por meio de nota, sem confirmar ou citar números, a Avianca informou que, cumprindo as etapas de seu plano de recuperação judicial, e devido à diminuição de sua frota e operação, está em processo de redução do número de funcionários em todo o país.

A Avianca disse ainda que continua trabalhando para minimizar o impacto causado pelos cancelamentos dos voos e para garantir o melhor atendimento aos seus clientes. “A empresa agradece a contribuição, dedicação e profissionalismo de todos os colaboradores que estão deixando a companhia, fundamentais no suporte aos passageiros nos últimos meses”.

(Agência Brasil)

No Ceará

Em Fortaleza e Juazeiro do Norte, houve também demissões. Mas alguns funcionários ainda operam no boxe da empresa nos aeroportos, resolvendo pendências de passageiros. A empresa não divulgou número de demitidos no Ceará.

Um resgate em dose dupla das histórias em quadrinhos no Ceará

Serão lançados neste sábado, 4, às 16 horas, no Centro Dragão do Mar, os livros “Antologia HQ: quadrinhos para sala de aula” e “História das Histórias em Quadrinhos no Ceará”.

As publicações trazem um verdadeiro levantamento do que se tem feito na área dos quadrinhos no Estado e são da responsabilidade de Edições Demócrito Rocha.

O trabalho de organização coube ao escritor Raymundo Netto, da EDR. O Apoio veio da Prefeitura de Fortaleza.

Beto Studart recebe nesta sexta-feira a Medalha Ivens Dias Branco

Camilo Santana e Beto Studart.

Em sua fala nesta sexta-feira, às 19 horas, no Palácio da Abolição, após receber a Medalha Ivens Dias Branco das mãos do governador Camilo Santana (PT), o presidente da Federação das Indústrias do Estado (Fiec), Beto Studart, baterá na mesma tecla, em discurso: o País só sai da crise se a Reforma da Previdência for aprovada.

Instituída em setembro de 2016, através do Decreto 32.037, a condecoração escolhe o homenageado por meio de votação realizada entre os integrantes das câmaras setoriais representantes dos mais diversos setores produtivos cearenses. As câmaras estão instauradas no âmbito da Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece).

Em 2017, a medalha foi destinada ao empresário José Dias de Macêdo.

(Foto – Divulgação)

Inteligência artificial e o emprego

Com o título “Inteligência artificial e o emprego”, eis artigo de Edilberto Pontes, presidente do Tribunal de Contas do Ceará. Sobre o mote, diz ele no texto: “É uma questão em aberto e que vai necessitar um considerável esforço da sociedade e dos governos para que o desfecho seja positivo.” Confira:

Um dos debates mais intrigantes do momento é sobre o futuro do emprego. O uso intensivo da tecnologia da informação, da inteligência artificial e das máquinas que aprendem vai implicar o fim do emprego formal? São sombrias as perspectivas? A maior parte das pessoas vai precisar de transferências governamentais para sobreviver?

É uma questão em aberto e que vai necessitar um considerável esforço da sociedade e dos governos para que o desfecho seja positivo. Deixar ao sabor das forças de mercado, sem nenhuma intervenção governamental, não parece definitivamente o melhor caminho. É que as empresas buscam maximizar o lucro e para tanto vão dar preferência a modelos que reduzam os custos, sem maiores preocupações com a perda dos postos de trabalho. Relevante, portanto, o papel do setor público: embora não deva obviamente impedir o progresso tecnológico, há de assegurar que esse progresso seja inclusivo, implicando a geração de empregos de alta qualidade, com bons salários.

Em um excelente artigo (Where do good jobs come from? Project Syndicate, 26/04/19), Daron Acemoglu defende que o governo invista em educação e em tecnologias de base, a exemplo do ocorreu com a internet, cuja criação e desenvolvimento deveu-se majoritariamente a esforços governamentais. Além disso, deve criar um sistema de proteção para os trabalhadores e um sistema tributário que, entre outras funções, observe o seu papel redistributivo. O autor exemplifica com as ações governamentais do pós-guerra, em que diversos países implementaram medidas nessa direção com muito sucesso.

Pensar de forma ideológica costuma atrapalhar a adoção de boas políticas públicas. Muitos liberais vão argumentar com a resposta pronta de que o governo deve interferir o mínimo possível no atual cenário econômico. Em vez de ideologia, observar o que funciona e o que não funciona costuma ser muito mais útil. Gerar empregos de qualidade no mundo da inteligência artificial e da robótica é um grande desafio, exigindo respostas pragmáticas e efetivas.

*Edilberto Pontes,

Presidente do Tribunal de Contas do Ceará.

Amsterdã vai proibir veículos a gasolina e diesel a partir de 2030

Carros e motos movidos a gasolina e diesel serão proibidos em Amsterdã a partir de 2030, anunciou o Conselho Municipal da capital holandesa nessa quinta-feira (2). Segundo as autoridades locais, trata-se de um esforço para despoluir o ar da cidade.

“A poluição costuma ser um assassino silencioso e é um dos maiores riscos à saúde em Amsterdã”, disse a conselheira de trânsito da cidade, Sharon Dijksma.

Apesar do uso generalizado de bicicletas na Holanda, o nível de poluição do ar fica acima do permitido pelas normas europeias em muitas áreas do país, principalmente devido ao tráfego pesado em Amsterdã e na cidade portuária de Roterdã.

O Ministério da Saúde da Holanda alertou que os níveis atuais de dióxido de nitrogênio e de material particulado podem levar a doenças respiratórias, e que a exposição crônica pode reduzir a expectativa de vida em mais de um ano.

O governo da cidade de Amsterdã comunicou que pretende substituir todos os motores a gasolina e diesel por alternativas livres de emissões, como carros elétricos e a hidrogênio, até o fim da próxima década.

A medida começará a ser implementada em 2020, com o banimento de carros a diesel produzidos antes de 2005. A proibição será gradualmente expandida.

O governo local informou que pretende oferecer subsídios e permissões de estacionamento para estimular os cidadãos a trocarem seus carros por veículos mais limpos.

A associação da indústria automotiva holandesa criticou os planos e afirmou que pessoas pobres, “que não têm dinheiro para um carro elétrico”, serão excluídas da cidade.

Amsterdã segue uma tendência internacional. Madri já anunciou que vai restringir o acesso à cidade de veículos a diesel e gasolina fabricados antes de 2000. Roma pretende fechar o centro da cidade para veículos a diesel a partir de 2024.

(Agência Brasil com Deutsche Welle, agência pública da Alemanha)

Voo Fortaleza-Juazeiro do Norte custará R$ 650,00

227 1

Essa é do Blog do Jocélio Leal: uma reação à coluna que ele escreveu no O POVO, nesta sexta-feira, e que foi replicada neste Blog:

A partir do próximo dia 13, haverá voos às segundas, quartas e sextas-feiras. Fortaleza-Juazeiro do Norte, às 9 horas, saindo do aeroporto velho (terminal antigo). Já o caminho de volta (JDO-FOR) será às 18 horas.

São 18 poltronas. Cada perna custaria R$ 950,00, mas na manhã desta sexta-feira (3), a agência Roteiros, responsável pelo fretamento, decidiu baixar para R$ 650,00.

O diretor da agência Roteiros, de Juazeiro do Norte, Alverlan Lima, disse ao Blog: “O custo do bilhete de um voo fretado é naturalmente maior do que em um voo regular”.

O equipamento utilizado é um Embraer Bandeirante.

(Foto – Divulgação)

Nome da confiança de Mariana Lobo entra na disputa pelo cargo de defensora-pública geral do Estado

A defensora pública Elizabeth Chagas deixou o cargo de secretaria executiva da Defensoria Pública Geral do Estado (DPGE). Vai se candidatar ao cargo de defensora-pública geral do Estado, tendo o apoio da atual titular dessa posição, Mariana Lobo, com mandato se encerrando em novembro.

Elizabeth Chagas submeterá seu nome aos 314 colegas que compõem o colégio eleitoral.

Elizabeth Chagas é paraibana e mora no Ceará desde 2006. No interior, trabalhou em Várzea Alegre, Crato e Maranguape. Em Fortaleza, já atuou no Juizado da Mulher e no Núcleo de Enfrentamento à Violência contra a Mulher (Nudem), desenvolvendo ações educativas contra a violência junto às mulheres da periferia e de acampamentos rurais e adolescentes de escolas públicas.

Dedicou cinco anos à Associação dos Defensores Públicos do Estado do Ceará (ADEPEC) participando inicialmente da Comissão de Mobilização e depois assumindo a Diretoria Jurídica e de Prerrogativas, sempre pautando uma atuação coletiva, ativa e presente em cada luta e conquista.

DETALHE – Além de Elizabeth Chagas, estão no páreo Sandra Sá e Rubens Lima. O pleito, de lista tríplice, ocorre em outubro próximo.

(Foto – Divulgação)

Campanha incentiva adoção de crianças e adolescentes no Ceará

338 1

A casa de acolhimento de crianças Casa de Jeremias acaba de lançar uma campanha para incentivar adoção de crianças e adolescentes no Ceará. A veiculação ocorrerá durante todo este mês de maio, que é o Mês da Adoção.

A campanha utiliza vários veículos, entre os quais busdoor, outdoor, rádio, jornais, sites, blogs e televisão.

Com foco no engajamento popular, a campanha vai abordar uma questão delicada e uma solução eficaz: como a burocracia do sistema dificulta uma conclusão ágil do processo adotivo e como o cidadão pode transformar essa realidade.

Em 2019, até o dia 25 de abril, foram efetivadas 18 adoções em Fortaleza. Em 2018, o município de Fortaleza efetivou 51 adoções. Atualmente, existem no Ceará 726 pretendentes à adoção listados no Cadastro Nacional de Adoção (CNA) para 267 crianças disponíveis.

Em todo o país são 45.956, para 9.560 crianças e adolescentes aguardando na fila.