Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

HIV/Aids – Mais de 112 mil brasileiros não sabem que estão infectados

Dados divulgados hoje (30) pelo Ministério da Saúde revelam que 827 mil pessoas vivem com HIV/aids no Brasil. Dessas, cerca de 112 mil não sabem que estão infectados.

Do total de pessoas soropositivas identificadas no país, 372 mil ainda não estão em tratamento, apesar de 260 mil delas já saberem que estão infectadas.

Transmissão de mãe para filho

De acordo com o boletim, a taxa de detecção da aids em menores de 5 anos caiu 36% nos últimos seis anos, passando de 3,9 casos para cada 100 mil habitantes em 2010 para uma taxa de 2,5 casos em 2015.

A taxa em crianças nessa faixa etária é usada como indicador para monitoramento da transmissão vertical do HIV (transmissão de mãe para filho durante a gestação ou no momento do parto).

Epidemia estabilizada

Segundo a pasta, a epidemia no Brasil está estabilizada, com taxa de detecção em torno de 19,1 casos para cada 100 mil habitantes. Ainda assim, o número representa cerca de 41,1 mil novos casos ao ano.

Queda na mortalidade

Os números mostram também uma queda de 42,3% na mortalidade provocada pelo HIV/aids no Brasil nos últimos 20 anos. A taxa caiu de 9,7 óbitos para cada 100 mil habitantes em 1995 para 5,6 óbitos em cada 100 mil habitantes em 2015.

Metas

A cobertura do diagnóstico de HIV/aids no país passou de 80% em 2012 para 87% em 2015, o equivalente a 715 mil pessoas. A meta é chegar a 90% até 2020.

Os maiores incrementos, de acordo com os dados, foram observados na meta relacionada ao tratamento, que passou de 44% em 2012 para 64% em 2015. O número representa 455 mil pessoas.

Na meta referente à redução da carga viral, o país passou de 75% em 2012 para 90% em 2015, o equivalente a 410 mil pessoas.

(Agência Brasil)

Sinduscon/CE é sede de evento de comissão técnica da Câmara Brasileira da Construção Civil

A Comissão de Meio Ambiente (CMA), da Câmara Brasileira da Construção Civil (CBIC) fará sua última reunião do ano, em Fortaleza.  Será nesta quinta e sexta-feira. A programação terá início às 12h30min, na sede do Sinduscon/CE, com apoio do Senai, e está pautada em iniciativas e ações de incentivo à sustentabilidade na construção civil.

A secretária de Urbanismo e Meio Ambiente da Prefeitura de Fortaleza, Águeda Muniz, fará a apresentação dos projetos desenvolvidos pela pasta relativos ao Licenciamento Ambiental Simplificado para a Construção Civil, o Selo Fator Verde e os Programas Estratégicos de Controle Ambiental (PCA) e Estadual de Florestas (PEF).

Após a apresentação da secretária, está previsto um debate com a participação do presidente do Conselho Jurídico da CBIC e vice-presidente da Área Imobiliária do Sinduscon-CE, José Carlos Gama, e do representante da Construtora C.Rolim, Alexandre Mourão.

Na sexta-feira, representantes da cadeia produtiva da Indústria da Construção farão uma visita técnica à Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP). Os integrantes da Comissão de Meio Ambiente da CBIC são representantes de entidades ligadas ao setor da indústria da construção em todo o Brasil.

 

Eunício espera apoio do PT para comandar o Senado

207 1

lula-com-eunicio1

A bancada do PT no Senado não consegue chegar a uma conclusão sobre a presidência do Senado. Ou seja, se apoia ou não o peemedebista Eunício Oliveira, candidato único por enquanto ao comando da Casa.

A turma só baterá o martelo depois de ouvir quem manda: Rui Falcão e, óbvio, o ex-presidente Lula.

(Coluna Radar, da Veja Online/Foto – Arquivo)

Carmen Lúcia : “Não se calará a Justiça!”

carmen-lucia

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, divulgou uma nota na tarde de hoje (30) em que lamenta a aprovação, pela Câmara dos Deputados, do crime de abuso de autoridade para juízes e procuradores.

A proposta foi aprovada durante a madrugada pelos deputados, como emenda às medidas de combate à corrupção, propostas pelo Ministério Público e aprovadas ontem com diversas alterações no plenário da Câmara.

“A presidente do Supremo Tribunal Federal e do Conselho Nacional de Justiça, ministra Cármen Lúcia, reafirma seu integral respeito ao princípio da separação dos poderes. Mas não pode deixar de lamentar que, em oportunidade de avanço legislativo para a defesa da ética pública, inclua-se, em proposta legislativa de iniciativa popular, texto que pode contrariar a independência do Poder Judiciário”, diz a nota.

Cármen Lúcia destacou que o estatuto constitucional da magistratura já prevê a responsabilização de juízes por seus atos e que a democracia depende de poderes fortes e independentes. Ela afirmou que o Judiciário “vem cumprindo seu papel” constitucional como guardião da Constituição e da democracia.

“Já se cassaram magistrados em tempos mais tristes. Pode-se tentar calar o juiz, mas nunca se conseguiu, nem se conseguirá, calar a Justiça”, destacou a ministra.

(Agência Brasil)

Começa a temporada de exoneração de correligionários de Domingos Filho no Governo

adagrii

Odilon Aguiar assumiu mandato e Augusto Júnior foi exonerado da Adagri.

O governador Camilo Santana (PT) assinou a exoneração do secretário da Agricultura e Pesca do Estado, Odilon Aguiar. O ato se arrastava há alguns dias, pois Odilon, que estava licenciado do mandato de deputado estadual, está contabilizado na votação pró-Sérgio Aguiar presidente da Assembleia Legislativa. Camilo trabalha em favor da recondução de Zezinho Albuquerque (PDT).

Em meio a essas discussões e rompimento político dos irmãos Ferreira Gomes com o conselheiro Domingos Filho, outra informação: começou a temporada de caça às bruxas, ou melhor, de exonerações dos correligionários do conselheiro do TCM.

 

Adagri

A primeira delas foi de Augusto Júnior, que respondia pela presidência da Agência de Defesa Agropecuária do Estado (Adagri).

Além de exonerações no âmbito do Estado, virão também exonerações na Prefeitura de Fortaleza onde Domingos Filho tem alguns correligionários. Entre as fatias, a Etufor e Regional V.

Ciro e Cid rompem com grupo de Domingos Filho

484 4

FORTALEZA, CEAR¡, BRASIL. 01/10/2013. POLITICA ADES√O DO GRUPO POLITICO CID GOMES AO PARTIDO PROS. PERSONAGENS. ZEZINHO ALBURQUERQUE CID GOMES, DOMINGOS FILHO .FOTO: KLEBER A. GON«ALVES / DIARIO DO NORDESTE, 28PO1702, 28/04/2014, POLITICA, KLEBER ALVES GONCALVES,

Marcada para esta quinta-feira, 1º, eleição para a presidência da Assembleia Legislativa já provocou sua primeira baixa na base aliada. Em meio à pesada disputa nos bastidores, foi confirmado nesta quarta-feira o rompimento político definitivo entre os grupos de Domingos Filho (PDT), conselheiro do TCM, e dos ex-governadores Cid e Ciro Gomes (PDT) no Estado.

Atualmente, o grupo dos Ferreira Gomes, que inclui o governador Camilo Santana (PT) e o prefeito Roberto Cláudio (PDT), apoiam reeleição de Zezinho Albuquerque (PDT). Segundo interlocutores, a ruptura ocorre por conta do apoio de Domingos à candidatura de Sérgio Aguiar (PDT) na disputa da Assembleia, que provocou intenso racha na base aliada.

O comportamento do conselheiro nos bastidores também teria incomodado aliados. Segundo uma fonte do Blog Política, Domingos teria utilizado sua influência no Tribunal de Contas para pressionar prefeitos e deputados em busca de apoios para Sérgio. Em troca, o conselheiro possuiria acordo com o atual presidente do TCM, Chico Aguiar, para assumir o comando da Corte.

Chico é pai de Sérgio Aguiar, que vem negando qualquer relação entre eleições no TCM e AL. A tese ajuda a explicar recente publicação do deputado Ivo Gomes (PDT), recém-eleito prefeito de Sobral, no Facebook: “Estou me preparando pra deixar a Assembleia Legislativa, depois de 14 anos. Saio triste porque saio no pior momento dela”, disse Ivo na noite desta terça-feira, 29.

“Interferência”

“Saio no momento em que magistrados pertencentes ao Tribunal de Contas dos Municípios – que têm por obrigação mínima a imparcialidade e a distância da política – interferem acintosamente na sucessão da Presidência da casa da qual ainda sou parte. Prefeitos honestos ameaçados, prefeitos picaretas sendo perdoados. Desde que a decisão agrade aos deputados q apoiam candidaturas de interesse”, disse Ivo, irmão de Cid e Ciro.

O Blog Política apurou que Camilo, Roberto Cláudio, Ciro e Cid já teriam conversado com domingos duas vezes ao longo das últimas semanas. Eles tentavam negociar saída de Sérgio da disputa e manutenção da aliança no Estado, mas não houve acordo. Nos bastidores, Domingos trabalha com tese de possível candidatura sua em disputa majoritária em 2018.

Aliança antiga

Grupos dos Ferreira Gomes e de Domingos Filho são aliados no Ceará desde 2007, início da gestão Cid. Ex-presidente da Assembleia, Domingos migrou do PMDB para as siglas do grupo dos irmãos Gomes e tem sido um dos principais fiadores de candidaturas do bloco. Em 2014, abriu mão de ser candidato ao governo do Estado e foi indicado ao TCM.

Esta é a maior baixa no arco de sustentação que governa o Estado desde saída de Eunício Oliveira (PMDB) da aliança em 2014. Em 2010, o grupo teve outra baixa ao romper com Tasso Jereissati (PSDB) na eleição ao Senado.

Na manhã desta quarta-feira, a Mesa Diretora da Assembleia está reunida para definir o rito de votação da Casa nesta quinta. No encontro, será definido, por exemplo, se a votação será aberta ou secreta, ou se o registro de votos será eletrônico ou por meio de cédulas de papel.

(Repórter Carlos Mazza)

Cuba de pesar e serenidade

205 5

Com o título “Com Havana ao telefone”, eis artigo do escritor e publicitário Ricardo Alcântara. Ele aborda a morte de Fidel Castro , a partir de um telefonema travado com amigo cubano. Confira:

Diante dos acontecimentos, telefonei para um amigo cubano que vive em Havana. Como a maioria de seu povo, deseja reformas que ampliem maior acesso ao consumo, mas não confia na índole dos norte-americanos – os ‘imperialistas”, como lhes ensinaram desde cedo nos bancos escolares. Ele, um poeta, me disse que “há muita tristeza espalhada pelo ar de Havana”, apesar da morte de Fidel ter sido aguardada por toda uma década.

Sempre muito brilhante, observou com ironia que “morrer devagar foi a última grande contribuição do Comandante aos cubanos”: os preparou, fê-los crer que a revolução é maior que seu mentor. De modo que o dia seguinte foi, na sua própria definição, “de pesar, mas também de serenidade”

Não há, contudo, muito otimismo na ilha: o bolivarianismo venezuelano, maior aliado do país no momento, naufraga a olhos vistos no exato instante em que, ao Norte, a ascensão do conservador Trump deita sombra espessa sobre a proveitosa distensão iniciada com Obama. “Además”, alertava-me, as reformas iniciais, conduzidas “com excessiva prudência” por Raúl Castro, não se mostram suficientes para dinamizar a economia, nem sequer inspirar o ânimo popular, o que já seria valioso num ambiente acometido de estagnação e, em alguns aspectos, franca decadência. Na sua confiável percepção, “o regime ganha tempo, apenas. Não parece, ele mesmo, convencido do rumo que toma”.
“Nós sabemos”, disse mais, “que precisamos ligar as máquinas” – uma metáfora para o ambiente de riscos em uma sociedade de mercado – “mas fomos doutrinados por 50 anos a não confiar nos bons sentimentos de quem tem muito dinheiro”. Comentei que convinha mesmo não abrir muito a guarda. Disse a ele que, no Brasil, a burguesia não é uma casta reconhecida por tradições muito generosas. “Você sabe”, eu disse, “a colonização foi um estupro. E eles continuam apreciando muito essa modalidade”.

Meu amigo sabe que não há saída, senão deixar que os norte-americanos retornem à ilha para fazer fortuna porque teriam as melhores vantagens competitivas, financeiras e geopolíticas, diante do resto do mundo quando “o prato vier à mesa”. Ele concordou, não sem ressalvas: “Mas, desta vez, isto não pode mais se dar à custa da nossa saúde e ao preço da ignorância dos nossos netos”. Sim, é este mesmo o desafio, mas quais são as garantias? – perguntei. Meu camarada ‘habanero’ emudeceu.

Ao fim da ligação, mostrou-se surpreso que um profissional liberal brasileiro como eu possa pagar confortavelmente uma ligação internacional de quinze minutos: “Eu teria que trabalhar todas as noites do próximo ano para honrar esta dívida”, disse. E não exagerou. Ainda deu tempo de me convidar para escrevermos a quatro mãos um livro em forma de diálogos como aquele, comentando tudo isso – ele sob codinome, ‘por supuesto’, pois vive, sim, numa ditadura. Gostar da ideia, até gostei, mas lhe fiz uma ponderação: “Seria uma farsa. Iríamos tentar a todo tempo ficar escondendo um do outro a angústia que tudo isso nos provoca”.

Melhor não. “Somos poetas, esse sadismo sociológico só nos maltrata”. Conversemos, apenas. Ele concordou e agradeceu o carinho do meu telefonema que muito houvera lhe surpreendido, já que não nos falávamos desde aquela noite quente de Abril em que varamos a madrugada no Malecón trocando confidências e jurando o imperialismo de muerte. Eu já quase desligava o telefone, quando meu amigo cubano cedeu à infeliz pergunta: “Y Lula, como está?”. Que mais poderia eu dizer: “La mierda de siempre!”, e desliguei.

*Ricardo Alcântara.

Escritor e publicitário.

Ministro admite: Exército pode assumir trecho da obra da transposição que beneficiará o Ceará

369 8

danipo

Danilo e o Chefe do Depto de Engenharia e Construção do Exército, General Oswaldo de Jesus Ferreira.

O ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, admitiu convocar o Exército para tocar o restante da obra da transposição das águas do rio São Francisco. Falta 10% do Eixo Norte, que beneficiará o estado do Ceará. Foi nesta manhã de quarta-feira, onde expõe sobre o projeto em audiência pública no Senado.

A informação é do deputado federal Danilo Forte (PSB), lembrando que desde agosto último havia proposto ao ministro esse tipo de alternativa para o empreendimento, hoje fundamental no que diz respeito à garantia do abastecimento do Ceará.

As reservas hídricas no Estado estão na faixa dos 5%, de acordo com a Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos do Estado (Cogerh).

De acordo com Danilo Forte, o Exército já admitiu que teria condições, com seu Batalhão de Engenharia, de concluir o trecho que falta da transposição no Eixo Norte num prazo de 90 dias.

(Foto – Divulgação

Mesa da Assembleia discute ritos da votação

roseno

A mesa diretora da Assembleia Legislativa está reunida, nesta manhã de quarta-feira, na presidência da Assembleia Legislativa. A ordem é tratar sobre o rito da votação desta quinta-feira para escolha do futuro presidente da Casa e, em consequência, da futura mesa diretora.

Dois candidatos estão na disputa pela presidência do legislativo estadual: o atual presidente, Zezinho Albuquerque (PDT) e o primeiro-secretário Sérgio Aguiar.

A votação deve ser secreta e no papel eletrônico? Poderá ser em cédula? Esses detalhes estão sendo discutidos, bem como uma tentativa de acordo. Sérgio Aguiar tem dito, no entanto, que não abre mão da disputa.

O Regimento da Casa diz que a votação é secreta e por meio do sistema eletrônico.
Considera-se eleita a chapa com maioria absoluta. Ou seja, com 24 votos ou mais.
Se não houver maioria absoluta, vai pra um segundo turno. Vence quem tiver maioria relativa.

Isso pode ocorrer porque alguns deputados podem faltar à votação. Além disso, há as abstenções. Uma já é certa: Renato Roseno (PSOL).

Índice de Confiança na Indústria teve leve melhora em novembro

O Índice de Confiança da Indústria subiu 0,4 ponto em novembro, atingindo 87 pontos. Na sondagem do mês anterior, o índice havia recuado 1,6 ponto. A pesquisa é feita pelo Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da Fundação Getulio Vargas.

Segundo a instituição, os ajustes de estoques e a diminuição do pessimismo em relação ao futuro contribuíram para a alta, apesar de a confiança continuar baixa em termos históricos. Neste mês, foi registrada alta em 8 de 19 segmentos pesquisados.

O estudo aponta melhoras discretas. O Índice da Situação Atual aumentou 0,2 ponto, atingindo 85,1 pontos. O destaque do grupo foi o indicador de nível de demanda, que avançou 3 pontos, somando 85,3 pontos, o maior nível desde janeiro de 2015.

O percentual de empresas que consideram o nível atual de demanda forte passou de 6% para 9% entre outubro e novembro, enquanto o das que o consideram fraco caiu de 38,7% para 35,5% do total.

O Índice de Expectativas cresceu 0,5 ponto, chegando a 88,9 pontos. Entre os itens que compõem o grupo, a previsão de produção para os três meses seguintes avançou 1,2 ponto, chegando a 93,8 pontos, o maior desde junho passado.

O Nível de Utilização da Capacidade Instalada na Indústria aumentou 0,3 ponto percentual entre outubro e novembro, somando 74%. Na métrica de médias móveis trimestrais, o indicador manteve-se estável em relação ao mês anterior, em 74,1%.

(Agência Brasil)

Campanha salarial dos servidores públicos municipais será debatida na Assembleia Legislativa

185 1

foto elmano deputado pt

A campanha salarial 2017 dos servidores municipais do Ceará vai ser debatida, a partir das 15 horas desta quarta-feira, durante audiência pública na Assembleia Legislativa. A iniciativa é do deputado Elmano Freitas (PT), adiantando que a atividade faz parte da “Jornada de Resistência”, uma ação promovida pela Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Ceará (FETAMCE) e que tem objetivo de fortalecer a luta contra a retirada de direitos dos trabalhadores, o que vem sendo promovido pelo governo federal.

Para Elmano Freitas, mesmo que o momento econômico seja delicado, é importante ouvir as reivindicações dos(as) trabalhadores(as) porque são eles os mais atingidos pelas mudanças que estão sendo promovidas no país. “Registramos ao longo dos últimos anos avanços importantes para os trabalhadores como os ganhos reais nos aumentos do salário mínimo, o respeito às leis trabalhistas, a evolução na luta pela valorização profissional e pela criação de planos de cargos e carreiras. É preciso pensar soluções para o país sem colocar em xeque essas conquistas, fruto de muito diálogo e luta dos servidores”, acentuou o petista.

Servidores de 156 municípios participam da Jornada de Resistência. Na programação, que mobiliza várias cidades, temas como a flexibilização das leis do trabalho, a entrega do Pré-Sal ao capital estrangeiro, o desmonte da previdência social estão sendo debatidos pelos participantes.

Diário Oficial da União traz lei que define Vaquejada e Rodeio como manifestações culturais

Saiu publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira a lei que reconhece a Vaquejada e o Rodeio – nº 13.364 como manifestação cultural e do patrimônio imaterial do País. Foi sancionada pelo presidente Michel Temer, que atendeu assim às entidades da área da vaquejada que temiam desemprego na área, e, em especial, na região Nordeste.

Com a sanção da lei, além da vaquejada passam também a ser considerados patrimônio cultural imaterial do Brasil o rodeio e as expressões culturais decorrentes dela – caso de montarias, provas de laço, apartação, bulldog, paleteadas, Team Penning e Work Penning, e provas como as de rédeas, dos Três Tambores e Queima do Alho.

Também se enquadram como patrimônio cultural imaterial os concursos de berrante, apresentações folclóricas e de músicas de raiz.

vaquejadas

 

Sucessão na AL – Sérgio Aguiar ganha mais um voto com efetivação de Leonardo Araújo

leonrood

Leonardo Araújo entre os deputados Roberto Mesquita (PV) e Ely Aguiar (PSDC).

“Estou muito satisfeito em retornar para esta Casa, agora com um mandato que nos assegura mais altivez. Com humildade, transparência e tranquilidade, quero deixar um legado de serviços prestados ao Estado do Ceará”, disse, agora há pouco, o advogado Leonardo Araújo, ao ser efetivado no mandato de deputado estadual.

Ele entrou no lugar de Carlomano Marques, que antecipou saída. Carlomano foi eleito prefeito de Pacatuba.

Leonardo chega para integrar a bancada do PMDB e, já nesta quinta-feira, votará em Sérgio Aguiar (PDT) para presidente da Assembleia Legislativa. Sérgio disputa com o atual presidente da Casa, o também pedetista Zezinho Albuquerque.

(Foto – Divulgação)

TCU premia Prefeitura de Fortaleza por bom desempenho na gestão

tccu

O Tribunal de Contas da União premiou a Prefeitura de Fortaleza como uma das cinco cidades brasileiras mais eficientes na gestão dos recursos públicos. A homenagem, que aconteceu nessa terça-feira, na sede do TCU, em Brasília, foi recebida pelo secretário de municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão, philiper Nottingham, em nome do prefeito Robeto Cláudio.

O Prêmio Mérito Brasil de Governança e Gestão Públicas foi instituído pelo TCU com o objetivo de incentivar uma mudança de cultura na aplicação de recursos públicos federais e motivar o aperfeiçoamento dos serviços prestados pelos entes públicos à sociedade brasileira.

 

Sucessão na AL – Sérgio Aguiar diz que se for derrotado, ainda continuará na base governista

sergio-aguiar

O deputado estadual Sérgio Aguiar (PDT), candidato a presidente da Assembleia Legislativa,  dizia ontem, estar confiante na vitória, mas ressalvou: caso saia derrotado da peleja, continuará na base governista.

“Sou da base do governo e continuarei apoiando o governo”, prometeu.

Ele enfrentará nesta quinta-feira Zezinho Albuquerque (PDT), candidato que tem o apoio do governador Camilo Santana e dos Ferreira Gomes.

(Foto – AL/CE)

 

Ator Stepan Nercessian presidirá a Funarte

styepaa
O ator Stepan Nercessian será o novo presidente da Fundação Nacional de Artes (Funarte). Ele aceitou convite do ministro da Cultura, Roberto Freire, entrará no lugar de Humberto Braga, que se tornou presidente da instituição em junho, convidado pelo ex-ministro Marcelo Calero.
Esse não é o primeiro cargo político do ator, que já foi vereador pelo Rio de Janeiro entre 2005 e 2010 e foi eleito para a Câmara dos Deputados para o mandato de 2011 a 2015. Sua carreira política começou nos anos 1980, quando era filiado ao PCB (Partido Comunista do Brasil), onde ficou até 1992, quando mudou para o PPS (Partido Popular Socialista), mesmo partido de Roberto Freire.
Em 2010, Stepan foi investigado pela Operação Monte Carlo, da Polícia Federal, por ter recebido R$ 175 mil do bicheiro Carlinhos Cachoeira, fato confirmado pelo deputado. O inquérito foi arquivado pelo Supremo Tribunal Federal por falta de provas.
 
Stepan é contratado da Rede Globo desde 1971 e já participou de mais de 40 novelas, entre elas Anos rebeldes(1992), Kubanacan (2003) e Cobras & Lagartos (2007). Mais recentemente, participou das séries Vai que cola, do Multishow, e Magnífica 70, da HBO.
(Com Agências)

Camilo cumpre agenda de reuniões internas nesta véspera de eleições na Assembleia Legislativa

foto camilo água

A Hora do Governo beber água.

O governador Camilo Santana (PT) passa toda esta quarta-feira em clima de reuniões internas, no Palácio da Abolição, segundo agenda divulgada por sua assessoria de imprensa. Ele terá reuniões com secretários, mas, principalmente, fará articulações de olho na disputa pelo comando da Assembleia Legislativa.

O pleito ocorrerá a partir das 11 horas desta quinta-feira e duas chapas estão brigando, nos bastidores, pelo voto dos colegas parlamentares. Camilo apoia Zezinho Albuquerque (PDT), atual presidente do legislativo estadual, e corre por fora Sérgio Aguiar, também pedetista e primeiro-secretário da Casa.

Por falar em disputa, o Diário Oficial do Estado ainda não trouxe a exoneração de Odilon Aguiar da pasta da Agricultura e Pesca. Ele deixou o cargo para retomar mandato e votar em Sérgio Aguiar.

Na Assembleia Legislativa, aguarda-se a efetivação de Leonardo Araújo (PMDB) no lugar de Carlomano Marques (PMDB), que, eleito prefeito de Pacatuba, antecipou sua renúncia do mandato. Leonardo é eleitor de Sérgio Aguiar.