Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Fantástico levanta suspeita dos produtos orgânicos vendidos no Mercado dos Pinhões

383 4

foto feira 160201 mercado dos pinhões

Matéria apresentada pelo programa Fantástico, da Rede Globo, na noite desse domingo (31), mostrou como o consumidor pode ser enganado na compra de produtos orgânicos. Ao percorrer algumas feiras pelo país, o Fantástico chegou à feira do Mercado dos Pinhões, no Centro de Fortaleza, que há cerca de 20 anos ocorre às terças-feiras, das 6 horas às 13 horas.

Ao constatar que o pimentão não se tratava de um produto orgânico, por meio de teste em laboratório, o programa colocou sob suspeita demais produtos comercializados no local. Para o coordenador da feira, Wagner Pedrosa, o consumidor fica na palavra do produtor. A reportagem também constatou que metade dos produtores no Mercado dos Pinhões não possui registro junto ao Ministério da Agricultura.

Os produtos da feira do Mercado dos Pinhões são de origem dos municípios cearenses de Cascavel, Guaraciaba do Norte, Mulungu, Redenção e Pacatuba.

MEC divulga nesta segunda-feira resultado do Fies

“O Ministério da Educação (MEC) divulga hoje (1º) na internet o resultado do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Os estudantes classificados com base no número de vagas do curso serão pré–selecionados em chamada única. Os demais, não pré–selecionados, serão automaticamente incluídos em lista de espera, também nesta segunda-feira.

O estudante pode consultar o resultado dos candidatos pré-selecionados na chamada regular e a lista de espera no site do Fies. O resultado também estará disponível na instituição em que o candidato fez a inscrição. Os pré-selecionados terão de amanhã (2) a sábado (6) para concluir a inscrição no Sistema Informatizado do Fies (SisFies).

A pré-seleção dos estudantes assegura apenas a expectativa de direito às vagas. A contratação do financiamento dependerá da conclusão da inscrição no SisFies e do cumprimento das demais regras e procedimentos do programa. Cabe aos estudantes consultar os resultados e o cumprir os prazos estabelecidos.

Segundo o último balanço do MEC, no último dia de inscrição (29), até as 12h, mais de 476 mil haviam se inscrito no processo seletivo.

Lista de espera

As vagas não ocupadas pelos pré-selecionados serão liberadas aos participantes da lista de espera. Esses estudantes devem acompanhar a eventual pré-seleção na página do Fies. Esses candidatos devem, entre 7 e 18 de março, acessar a página do programa e informar se estão matriculados na instituição, no curso e turno em que se inscreveram. Após esse período, o estudante que não informar a situação de matrícula terá sua inscrição cancelada no processo seletivo do Fies referente ao primeiro semestre de 2016.

O Fies oferece financiamento de cursos em instituições privadas de ensino a uma taxa efetiva de juros de 6,5% ao ano. O percentual de financiamento é definido de acordo com o comprometimento da renda familiar mensal bruta per capita do estudante. Atualmente, mais de 2,1 milhões de estudantes participam do programa.

Neste semestre, o Fies oferece 250.279 vagas em 1.337 instituições de educação superior. Puderam participar do processo seletivo aqueles que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010 e obtiveram pelo menos 450 pontos na média das provas e nota acima de 0 na redação. O candidato precisa ter também renda familiar mensal bruta per capita de até 2,5 salários mínimos.”

(Agência Brasil)

Eleição de líderes de partidos movimentará retomada dos trabalhos no Congresso

“A retomada dos trabalhos legislativos a partir desta terça-feira (2) deverá ser marcada pelas reuniões e conversas internas entre as bancadas dos 27 partidos políticos que têm representação no Congresso Nacional. A maior parte deles escolherá seus líderes após o carnaval, quando o ano legislativo começará de fato.

A definição das lideranças partidárias terá grande relevância para o quadro político do ano que se inicia. Cabe aos líderes, por exemplo, indicar os membros que irão compor a comissão especial que analisará o pedido de impeachment da presidenta Dilma Rousseff. Não só por isso a definição de quem comandará cada bancada interessa ao governo. Os líderes também orientam como os deputados votarão os diversos projetos de interesse do Planalto que estarão na pauta da Câmara e do Senado.

Maiores bancadas

Plenário da Câmara dos Deputados durante debate do requerimento de retirada de pauta do projeto de lei da terceirização (PL 4330/04), apresentado pelo PSD (Wilson Dias/Agência Brasil)
A maior parte dos partidos escolherá seus líderes após o carnaval, quando o ano legislativo começará de fatoWilson Dias/Agência Brasil

Nas maiores bancadas as negociações já começaram. Os deputados do PMDB negociaram durante o recesso as regras e candidaturas para sua liderança. Ao fim, está decidido que os candidatos poderão se registrar até o dia 3 e a eleição ocorrerá dia 17. Até o momento estão postas as candidaturas do atual líder, Leonardo Picciani (PMDB-RJ), e de Hugo Mota (PMDB-PB). O deputado Leonardo Quintão (MG), que havia se lançado para a disputa, desistiu de concorrer e declarou apoio a Picciani.

No Senado, a escolha para a liderança peemedebista está associada às negociações para a eleição da presidência da Casa, que ficará novamente com o PMDB por ter a maior bancada, e do comando da Executiva Nacional do partido. A tendência, no entanto, é que o novo líder seja escolhido por consenso, após as negociações.

O PT também começou as negociações para a definição de seu líder nas duas Casas. No Senado, entretanto, a disputa ainda não tem definição e a escolha de um nome para assumir a presidência da Comissão de Assuntos Econômicos da Casa está sendo tratada com mais urgência, porque o partido perdeu o posto desde que o senador Delcídio do Amaral (PT-MS) foi preso. O que se sabe até o momento é que o atual líder petista, Humberto Costa (PE), não quer ser reconduzido ao cargo porque vai se dedicar às eleições municipais em Pernambuco.

Na Câmara, três nomes estão na disputa para liderar a bancada: Afonso Florence (BA), Paulo Pimental (RS) e Reginaldo Lopes (MG). A escolha pode ocorrer na próxima quarta-feira (3), quando a bancada se reunirá para tratar do assunto.

Na oposição, o PSDB da Câmara escolheu Antônio Imbassahy (BA) para substituir Carlos Sampaio (SP). No Senado, o partido reconduziu o atual líder, Cássio Cunha Lima (PB). O DEM no Senado seguiu a mesma linha e reconduziu Ronaldo Caiado (GO) ao cargo. Na Câmara, o partido deverá optar pelo deputado Pauderney Avelino (AM) para substituir Mendonça Filho (PE). O deputado Rubens Bueno (PR), atual líder do PPS, deverá continuar no cargo.

Trocas partidárias

Congresso Nacional, na Esplanada dos Ministérios, iluminado de verde e amarela para a Copa do Mundo (Valter Campanato/Agência Brasil)
As trocas de partido feitas pelos parlamentares  também será significativa para definir os rumos políticos em 2016Arquivo Agência Brasil

A escolha dos líderes partidários não é a única movimentação política relevante na retomada dos trabalhos legislativos. As trocas de partido feitas pelos parlamentares entre o fim do ano passado e o início deste ano também será significativa para definir os rumos políticos em 2016.

No Senado, três mudaram de legenda – Álvaro Dias, que deixou o PSDB e foi para o PV; Ricardo Ferraço, que saiu do PMDB e deve se filiar ao PSDB; e Randolfe Rodrigues, que deixou o PSOL e foi para a Rede. Além deles, estão previstas mudanças também para o senador Blairo Maggi, que já anunciou sua mudança do PR para o PMDB; Reguffe, que deve deixar o PDT e ir para a Rede; e Cristovam Buarque, que negocia sua saída do PDT para o PPS.

Na Câmara as mudanças também foram intensas. O recém criado Partido da Mulher Brasileira (PMB) tem 21 deputados vindos de diversas legendas. A Rede Suatentabilidade, que foi oficializada em setembro e é associada ao nome da ex-presidenciável Marina Silva, alcançou menos adesões do que era esperado. Apenas cinco deputados e um senador, até o momento, migraram para a nova legenda.

De setembro para cá, 37 deputados mudaram de partido, a maior parte deles foi para o novo PMB. Só o PT perdeu três deputados para a legenda e mais um para a Rede. O PV, que tinha oito deputados, também perdeu três para o PMB. O PTB perdeu dois para o PMB e um para o PMDB. O Solidariedade também perdeu três deputados: um foi para o PSDB, um para o PSB e outro para o PMB.”

(Agência Brasil)

Queremos Deus reúne 13 mil no estádio Presidente Vargas

foto queremos Deus 160131

A chuva fina que caiu no meio da tarde e no início da noite desse domingo (31) não afastou os cerca de 13 mil fiéis católicos (segundo os organizadores) que assistiram à 27ª edição do Queremos Deus. Este ano, o evento promovido pela Arquidiocese de Fortaleza no estádio Presidente Vargas (PV) contou com a apresentação do sanfoneiro Waldonys, do cantor de forró católico Naldo José e dos padres Antonio Furtado e Anderson Marçal.

A missa de encerramento do Queremos Deus foi celebrada pelo arcebispo de Fortaleza, dom José Antônio Aparecido Tosi. Para o líder católico, o evento é um grande testemunho de fé. “Creio ser um momento de profissão de fé, mas também um momento muito grande de uma consciência e dessa presença de Deus, que é amor e misericórdia”, exaltou.

O tema do encontro em 2016 foi “Jesus, o rosto da misericórdia”, com o lema “Felizes os misericordiosos porque alcançarão a Misericórdia”, em referência a um versículo do evangelho de Mateus.

De acordo com o padre Anderson Marçal, a escolha da temática se deu em sintonia com a decisão do papa Francisco de decretar 2016 o “Ano Santo” ou “Ano Jubilar da Misericórdia”. “Nós precisamos aprender o que significa a misericórdia e eventos dessa proporção, trabalhando esse tema, acontecem para que saibamos viver, verdadeiramente, a misericórdia de Deus”, destacou.

Com a presença de muitas comunidades católicas da Região Metropolitana de Fortaleza, o Queremos Deus reuniu muitas famílias. Esse foi o caso da família de Carla Alexandre, 18, e Júlio César dos Santos, 19. “Nós viemos pedir coisas boas na vida da gente, mas principalmente agradecer”, ressaltou o casal.

(O POVO)

Congresso Nacional começa ano com 11 CPIs

“A Câmara dos Deputados e o Senado Federal devem começar 2016 com, pelo menos, 11 Comissões Parlamentares de Inquérito (CPIs). No Senado, quatro já estão em funcionamento e duas aguardam instalação. A partir de fevereiro, as CPIs das Próteses, do HSBC, do Futebol e do Assassinato de Jovens retomarão os seus trabalhos, enquanto a dos Fundos de Pensão e a das Barragens poderão iniciar as atividades. Há ainda, pronto para ser lido no plenário da Casa, o requerimento para a criação da CPI do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que já existe na Câmara e investiga supostas irregularidades em empréstimos do banco, concedidos a empresas investigadas na Operação Lava Jato.

Ao contrário do Senado, onde não há limite para a instalação de CPIs, o regimento interno da Câmara dos Deputados só permite cinco comissões funcionando simultaneamente na Casa. Por isso, além da CPI do BNDES, devem continuar os trabalhos as CPIs do Crimes Cibernéticos, a de Maus-Tratos de Animais, Fundos de Pensão e também a da Funai e Incra. Outros três novos pedidos para criação de CPIs já estão prontos aguardando leitura em plenário para avançar a medida que outras forem encerradas: a do Conselho Administrativos de Recursos Fiscais (Carf), a da Fifa/Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e a da Concessão de Seguro Dpvat.

A CPI do BNDES realiza audiência pública para ouvir o ex-presidente do BNDES Demian Fiocca (Marcelo Camargo/Agência Brasil)
A CPI do BNDES, na Câmara, ouviu ex-presidentes do banco em 2015Marcelo Camargo/Agência Brasil

Pouco resultado

Para o analista político e diretor do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap), Antônio Augusto de Queiroz, o fortalecimento de instituições brasileiras como Ministério Público e a Polícia Federal, que passaram da condição de instituições de governo para a de instituições de Estado, com agentes independentes para o cumprimento pleno das competências atribuídas a eles por lei e pela Constituição, esvaziaram as CPIs, que acabaram por perder o protagonismo.

“Não há como uma CPI competir com uma estrutura como a da Polícia Federal e do Ministério Público, que têm instrumentos e pessoas altamente especializadas para fazer investigação. Hoje, o papel da CPI tem menos esse caráter policialesco e mais o de propor mudanças nos marcos regulatórios para impedir que práticas consideradas ilegais, de desvio de conduta, não se repitam no futuro. Se alguém acha que vai criar uma CPI e produzir resultados no sentido de mandar gente para a cadeia, está enganado porque quem melhor faz isso é o Ministério Público, que tem essa atribuição”, disse.

Segundo o analista, o fato de o Supremo Tribunal Federal (STF) ter passado a conceder habeas corpus permitindo que os convocados ou convidados pudessem ficar calados durante o depoimento também retirou, em grande parte, o apelo que os parlamentares tinham para promover o embate político nesses espaços. “É por isso que se passou a dizer que muitas CPIs terminaram em pizza, seja porque não prenderam, nem expuseram muitos depoentes, seja porque indiciaram menos pessoas”, avaliou.

Foi o que aconteceu, por exemplo, na CPI do Carf do Senado, em 2015, criada para investigar fraudes no órgão, ligado ao Ministério da Fazenda, e que é responsável por julgar os recursos administrativos de autuações contra empresas e pessoas físicas, por sonegação fiscal e previdenciária. Após quase sete meses de trabalho, e sem conseguir avançar nas investigações, a comissão pediu o indiciamento de 28 pessoas: ex-conselheiros, ex-auditores ficais e empresários por crimes como sonegação fiscal e corrupção ativa. Todas elas já são alvo da Operação Zelotes, da Polícia Federal e do Ministério Público Federal, que investiga alguns conselheiros suspeitos de suspender julgamentos e alterar votos em favor de determinadas empresas, em troca de pagamento de propina.

À época do encerramento da CPI em dezembro, os senadores disseram que a grande contribuição foi elaborar propostas para aperfeiçoar as instituições financeiras e o Sistema Tributário Nacional. As sugestões foram anexadas ao relatório. Uma delas foi a Proposta de Emenda à Constituição (PEC 112/15) que propõe disciplinar o contencioso administrativo fiscal no âmbito da União, dos estados, do Distrito Federal e dos municípios. Outra proposta é a que recomenda mudanças na legislação para aperfeiçoar o funcionamento do Carf e evitar que se repitam casos de corrupção no órgão.”

(Agência Brasil)

Mais de 10 mil crianças migrantes desapareceram na Europa em dezembro

Mais de 10 mil crianças migrantes não acompanhadas desapareceram na Europa entre 18 e 24 de dezembro passado, estima a Europol, agência de polícia europeia, que teme que muitas delas sejam exploradas, inclusive sexualmente, pelo crime organizado.

De acordo com Brian Donald, diretor da Europol citado pelo The Observer, os números divulgados referem-se a crianças de quem se perdeu a movimentação após o registro pelas autoridades europeias. Cerca de metade delas desapareceu na Itália.

Das 10 mil desaparecidas, nem todas “serão exploradas para fins criminais”, afirmou. Algumas dessas crianças migrantes teriam se reunido com integrantes de sua família, “só que não sabemos onde estão, o que fazem ou com quem”, acrescentou.

Cerca de 1 milhão de migrantes – 27% crianças – chegaram à Europa no ano passado, na pior crise migratória na região desde a 2ª Guerra Mundial, estima a Europol. “Nem todas elas estão sozinhas, mas acreditamos que uma parte” entre na Europa sem companhia, explicou.

De acordo com Brian Donald, há uma “infraestrutura criminal” pan-europeia sofisticada, que tem como alvo os migrantes com fins diversos.

(Agência Brasil)

PSB quer resgatar esperança da juventude na política

foto psb 160131 juventude

O Partido Socialista Brasileiro do Ceará (PSB-CE) promoveu, nesse sábado (30), o Encontro Estadual da Juventude Socialista. O evento ocorreu em Pacajus e contou com a presença do presidente estadual do partido, deputado federal Danilo Forte, e do presidente do PSB-Fortaleza, Heitor Férrer. Jovens de diversos municípios do Estado debateram o papel da juventude na política, quando foram recepcionados pelo vereador Paulo Pontes e pelo ex-prefeito Fan Cunha.

“É preciso ter esperança nos nossos jovens. Nossa bandeira acredita que o Brasil tem muitas riquezas e caminha para crescer – diferente da realidade vivida atualmente na economia –, e os jovens serão protagonistas deste crescimento“, comentou Danilo Forte. Para ele “mesmo que as novas gerações tenham perdido o descrédito com a política, é preciso trabalhar neles o sentimento de construção de alternativa para o Brasil”.

Falando ao público presente, Heitor conclamou a juventude do partido para retomar a esperança. “Os jovens de Pacajus, de Fortaleza, do Ceará e do Brasil querem algo novo. Totalmente diferente do que está aí. É natural que a juventude queira ação ao invés de discursos sem resultado algum. No PSB temos a preocupação de retomar essa esperança”, defendeu o parlamentar.

(Site do PSB-CE)

Ceará deveria olhar modelo de segurança pública de São Paulo

159 1

Da Coluna Fábio Campos, no O POVO deste domingo (31):

Não é de bom tom o Governo do Ceará se mobilizar para questionar os dados da ONG mexicana cujo relatório coloca Fortaleza entre as mais violentas do mundo. É simplesmente uma perda de tempo.

Sob qualquer aspecto e seja qual for a metodologia adotada para montar o índice de homicídios, Fortaleza (pelo menos até 2015) estará sempre entre as cidades mais violentas do mundo. Não é de hoje. Desde 2012 que é assim. Aqui se mata a rodo e sob qualquer pretexto. O noticiário nem consegue mais dar conta dos casos.

O melhor que o Governo faz é seguir adiante e aprofundar a sua política que vem obtendo resultado. É aconselhável também olhar para o modelo de São Paulo, o único com resultados exemplares no Brasil.

Vara da Infância estabelece novas regras para crianças no Carnaval

Para garantir a segurança de crianças e adolescentes que participam ou assistem aos desfiles das escolas de samba na Marques de Sapucaí, no Rio de Janeiro, a 1ª Vara da Infância, da Juventude e do Idoso da capital editou novas regras que devem ser observadas por pais e responsáveis e pelas agremiações.

O juiz Pedro Henrique Alves, titular da 1ª Vara da Infância, disse que foi estabelecida idade mínima para os desfiles. “Só podem participar dos desfiles adultos crianças a partir de 8 anos e, na bateria e carros alegóricos, a partir dos 12 anos”. Para as crianças que vão assistir aos desfiles adultos, a classificação etária será 5 anos e elas deverão estar acompanhadas dos pais. Nos desfiles mirins, a entrada está liberada. “Não há limite (de idade), até porque o carnaval é para as crianças”, ressaltou o magistrado.

As crianças deverão estar identificadas com crachá, ou preferencialmente, com pulseiras. Isso se aplica a crianças e adolescentes até 14 anos incompletos, disse. Nos carros alegóricos, é proibida a condução e permanência de menores de 10 anos.

Para o juiz, o mais importante é que os pais mantenham a vigilância constante e identifiquem seus filhos. No caso de crianças perdidas, elas devem ser encaminhadas para o Juizado, cuja equipe está preparada e treinada para receber o menor e fazer o devido encaminhamento.

(Agência Brasil)

Câmara Municipal de Fortaleza iniciará os trabalhos de 2016 nesta segunda-feira

salmito e roberto cláudio

Salmito e Roberto Cláudio.

A Câmara Municipal de Fortaleza realiza nesta segunda-feira (1º) a abertura dos trabalhos do primeiro período legislativo de 2016. A solenidade inicia-se na Praça da Cidadania, a partir das 9 horas, com o hasteamento das bandeiras de Fortaleza, do Ceará e do Brasil, ao som do Hino Nacional entoado pela Banda da 10ª Região Militar.

A abertura dos trabalhos continua no Plenário Fausto Arruda, onde o presidente da Casa, Salmito Filho (PDT), fará a instalação da 4ª Sessão Legislativa da 17ª Legislatura. Na ocasião, o presidente recepcionará os demais 42 parlamentares e discursará sobre as expectativas do Parlamento para 2016. A solenidade contará com a presença do prefeito Roberto Cláudio, que também será convidado a utilizar a tribuna da Casa para transmitir a mensagem do Poder Executivo.

SERVIÇO

A solenidade será transmitida pela TV Fortaleza (Canal 6 da Multiplay, Canal 61.4 TV Digital) e pela Rádio Fortaleza (FM, 106,1), além de contar com a cobertura completa da Agência CMFor de Notícias.

(Site da Câmara Municipal/Foto – Arquivo)

Os caminhos são tortuosos

75 1

Da Coluna Fábio Campos, no O POVO deste domingo (31):

Novas enxadadas. Multiplicam-se as minhocas. O apartamento de Lula é de Lula. O sítio de Lula é de Lula. Não? É fácil provar o contrário. Certo? Quanto ao apartamento, um cidadão que desiste da compra de um imóvel apresenta o destrato. Simples assim. Quanto ao sítio, não é tão simples. É provável que haja lá um laranjal, mas a área é conhecida nos arredores e por todos que convivem com Lula como o “sítio de Lula”. Comerciantes locais, políticos e amigos relatam que a família do ex-presidente frequenta o sítio quase semanalmente.

O ex-presidente Lula é um milionário. De abril de 2011 até maio de 2015, a LILS, empresa de palestras de Lula, apurou 27 milhões de reais. Tudo por conta das palestras do ex-presidente contratadas, em boa parte, pelas empreiteiras envolvidas na Lava Jato. Ou seja, Lula tem dinheiro mais que suficiente para ter um triplex em Guarujá e para ter um sítio de 17 hectares em Atibaia. Então, qual é o problema?

Pois é. As coisas ali não são tão simples. Os caminhos são tortuosos. É dono, mas não é dono. Não tem documento. O imóvel está no nome de outros. As reformas foram feitas por empresas incertas. Não há documentos claros. Não há recibos, comprovantes de pagamentos ou contratos. É um emaranhado. Proposital, claro.

Na sexta-feira, duas bombas caíram sobre Lula. Primeiro, a manchete da Folha de S.Paulo. A reportagem concluiu que a Odebrecht bancou a reforma do sítio. A suspeita é de que a cozinha do lugar foi montada por obra e graça da OAS, a mesma que providenciou a reforma do triplex que Lula diz não ser dele. Há testemunhas com diversos relatos em ambos os casos.

A segunda bomba veio com a decisão do Ministério Público de São Paulo de convocar Lula e sua esposa para depor na investigação que trata do triplex de Guarujá. Aquele cujo dono é incerto. Não é mais um depoimento como colaborador. Lula vai responder (ou não) às perguntas na condição de investigado.

Quem acompanha com rigor de jornalista os desdobramentos da sucessão de escândalos no Brasil, sabe: não há nenhum indicativo de que o tsunami de escândalos e fatos novos vá parar. Vem mais. É como o trem do Alan Neto na TV O POVO: não para, não para, não para…

As primeiras delações premiadas, ainda em 2014, já sugeriam o que estava por vir. O PT com Lula presidente não conseguiu varrer o mensalão para debaixo do tapete. Era óbvio que, com Dilma presidente, não conseguiria varrer o petrolão. Pelo contrário. Os escândalos jorraram. Continuam a jorrar.

Será que ainda há inocentes (e outros nem tanto) úteis disponíveis para acreditar na balela que busca explicar tudo como uma reação-da-elite-mancomunada-com a-imprensa-golpista-que-não-suporta-ver-pobre-pegar-avião? Se houver, é melhor que passem à condição de inocentes inúteis.

Correios abrem edital para oferecer serviço de telefonia celular

Os Correios abriram concorrência para empresas interessadas no projeto de exploração do serviço de telefonia móvel por meio de rede virtual. A estatal escolherá uma operadora de celular como seu representante. A empresa selecionada oferecerá o serviço com chip da marca Correios.

Após a abertura das propostas, que devem ser apresentadas até o dia 17 de março, todas as empresas poderão fazer novos lances. Os Correios avaliarão as propostas considerando o somatório do maior valor de remuneração dos chips pré-pagos e do maior percentual de comissão pela venda de recargas realizadas. O valor mínimo previsto para a operação pretendida é de R$ 282 milhões, para um período de cinco anos.

Nessa operação, os Correios usarão a infraestrutura de telecomunicações da operadora selecionada. Para concorrer, a operadora deve estar presente em pelo menos 50% dos municípios brasileiros.

(Agência Brasil)

Para ser candidato a presidente Ciro terá de ser apresentado como ‘novidade’

65 2

foto ciro imagem

Da Coluna Menu Político, no O POVO deste domingo (31), pelo jornalista Plínio Bortolotti:

Em artigo que publiquei na editoria de Opinião, “O PSDB e o balanço do navio” (21/1/2016), argumentei que os tucanos foram incompetentes para aproveitar a grande oportunidade que se abriu para um partido de oposição ao governo.

A impressão que se generalizou – em política importa pouco se verdadeira ou não – é que o PSDB foi caudatário do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB), este que se enrolou em uma teia de malfeitos e mentiras da qual nem um Houdini conseguirá desembaraçá-lo.

Porém, no mesmo artigo escrevi um PS. afirmando que tampouco a presidente Dilma Rousseff poderá se aproveitar da inépcia oposicionista, pois ela mesma vive situação delicada, para usar um ajetivo generoso.

Tendo invertido as promessas de campanha, sofrendo críticas de seu próprio partido e das fileiras sindicais – sempre simpáticas aos governos petistas – e com uma base instável no Congresso, Dilma sofre precocemente da “síndrome do pato manco”.

Essa é uma expressão americana que caracteriza um presidente em fim de mandato, que não consegue mais implementar política nenhuma, mas tem de seguir manquitolando. O problema é que a síndrome atacou uma Dilma recém reeleita, portanto, ela vai ter de se arrastar por longo tempo, caso não consiga realizar uma improvável revolução nos modos e fundamentos de seu governo.

Quando Dilma completar seu mandato, o PT terá ficado 16 anos no poder, o que, convenhamos, é muito coisa: mais do que qualquer outro partido conseguiu na história do Brasil, excluindo-se o período em que o “partido militar” assumiu o poder. Mas é claro que o petismo vai querer mais. O problema é que se o PT apresentar um candidato de suas hostes, terá de ficar explicando todos os casos de corrupção em que o partido se meteu, correndo o risco de sofrer uma derrota acachapante.

(E aqui também vale a máxima da “impressão” que fica: pouco vai adiantar o argumento de que foi – na visão petista – o partido que mais combateu a corrupção, que aparelhou e deu liberdade à Polícia Federal, etc. O sentimento predominante é que o PT se “lambuzou”, como reconheceu o ministro da Casa Civil, Jaques Vagner.)

Então, como o PT fará para se manter, pelo menos nas abas do poder? Talvez por interposta pessoa.

E é esse terreno que o PDT vem arando freneticamente, mas com cuidado, nos últimos meses: o primeiro grande lance foi a filiação dos Ferreira Gomes, com os irmãos Cid e Ciro ganhando protagonismo imediato.

Vejam outros sinais. A reunião do diretório nacional do PDT “fechou questão” em dois assuntos de máximo interesse do PT: os trabalhistas vão se posicionar – em bloco – contra o impeachment de Dilma Rousseff e, de quebra, vão trabalhar pelo afastamento de Eduardo Cunha (PMDB) da Presidência da Câmara. Pouco antes, o presidente do PDT, Carlos Lupi, havia declarado que está circulando com desenvoltura entre dirigentes petistas para oferecer a candidatura de Ciro Gomes como alternativa a um candidato do PT.

“A receptividade é boa”, disse Lupi. Sinal que o negócio já está em nível de noivado, e não se chega a esse ponto sem que o pai da noiva (Lula) dê o aval para tais intimidades.

Claro que há percalços pelo caminho: 1) Ciro – que já passou por mais de meia dúzia de partidos e foi candidato a presidente duas vezes – terá de ser reciclado como uma “novidade” na política. 2) Será preciso grande esforço para fazer a maioria do PT aceitar uma candidatura de fora de seus quadros.

Tirulipa apresenta novo show neste domingo no Cineteatro São Luiz

foto humor tirulipa

O humorista cearense Tirulipa se apresenta neste domingo (31), a partir das 18 horas, no Cineteatro São Luiz, na Praça do Ferreira, no Centro, com o show “Enchendo seu Saco de Risada”. No espetáculo, Tirulipa realiza imitações de Luan Santana (como Tantan Santana), Tiririca (homenagem ao pai, incluindo imitação do deputado), Naldo (como o MC Caldo), Maria Chuteira, MC Kaa e uma sátira do musical infantil Froze.

Os ingressos podem ser adquiridos na bilheteria do Cineteatro, ao preço de R$ 60 (meia R$ 30). O show terá duração de 1h30min, com classificação a partir de 12 anos.

Dilma vai promover campanha na TV e nas escolas para combater o Aedes aegypti

Após dar início a uma campanha de mobilizações contra o mosquito Aedes aegypti, que transmite os vírus da dengue, chikungunya e Zika, a presidente Dilma Rousseff fará um apelo nas próximas semanas a diferentes atores da sociedade civil no combate ao inseto. O objetivo é sensibilizar lideranças para que se envolvam no que a presidenta tem chamado de “guerra” para eliminar todos os focos do mosquito.

O governo está preocupado com o aumento do número de casos de microcefalia, malformação no cérebro de recém-nascidos, e que tem relação com o vírus Zika. Na quarta-feira (27), foram confirmados o nascimento de 270 crianças com microcefalia no país, e a existência de mais de 3.400 casos suspeitos. Na última semana, teve início um calendário de limpeza de órgãos públicos, que terão periodicamente o Dia da Faxina, para eliminar criadouros do mosquito. Além disso, 220 mil militares vão visitar casas e orientar moradores em 356 cidades no próximo dia 13.

O Palácio do Planalto acredita que a principal estratégia é conscientizar a população, e que se as pessoas não colaborarem, o trabalho do governo vai ficar ainda mais difícil. Apesar de a presidente ter dito, na sexta-feira (29), que “não pode faltar dinheiro” e que “não haverá contingenciamento” de recursos para o combate “que é uma questão de saúde pública”, a avaliação interna é de que as verbas para a publicidade não são suficientes para passar a mensagem de combate ao mosquito, já que tem alcance limitado.

A intenção é que a presidente Dilma converse com representantes de igrejas, líderes de comunidades e empresários e peça auxílio no combate ao mosquito, além de continuar o contato com governadores e prefeitos. Segundo a presidenta, a mobilização servirá para “evidenciar” que todos têm de participar: “do soldado, passando pelo cientista, da pessoa que limpa uma rua, à dona de casa”.

(Agência Brasil)

Jazz & Blues – Músicos cearenses homenageiam John Coltrane no domingo de Carnaval

foto jazz 160131

No Festival Jazz & Blues deste ano, em Guaramiranga, a 110 quilômetros de Fortaleza, o saxofonista norte-americano John Coltrane, uma das lendas do jazz, será homenageado por músicos cearenses no domingo de Carnaval, dia 7, a partir das 17h30min, com entrada franca.

Marcio Resende, Thiago Almeida, Iury Batista e David Krebs estarão reproduzindo as músicas do disco “Giant Steps”, de 1960. A gravação é um marco de uma das várias revoluções empreendidas no jazz.

“A partir do repertório do disco, executado na íntegra, e de toda vivência com o trabalho do John Coltrane, vamos explorar as diversas possibilidades sonoras que o disco traz. É um dos álbuns mais desafiadores e, também por isso, mais instigantes da história do jazz”, comentou Resende.