Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Profissionais cooperados do Hospital Mental de Messejana farão ato de protesto

Profissionais da enfermagem da Coosaúde, que prestam serviços no Hospital Mental de Messejana, farão uma manifestação nesta terça-feira, das 7 às 9 horas, em frente ao hospital. Hora de cobrar do Governo do Estado pagamentos em atraso. Os profissionais ainda não receberam os pagamentos referentes ao meses de novembro e dezembro de 2015.

Na quarta-feira, os cooperados à Coosaúde que também prestam serviços nas unidades de saúde do Estado em Fortaleza, prometem reforçar a luta com manifestação, a partir das 8 horas, em frente à sede da Secretaria da Saúde do Estado, na Praia de Iracema.

No último dia 20 de janeiro, cooperados à Coosaúde realizaram protesto em frente à Procuradora Regional do Trabalho, PRT, para cobrar um posicionamento do Ministério Público do Trabalho sobre os constantes atrasos nos pagamentos dos cooperados. Além dos atrasos, o Sindsaúde denunciou à PRT o desrespeito aos direitos desses trabalhadores, que não tem folga semanal remunerada, férias nem adicional de insalubridade/periculosidade.

Ceará receberá do governo federal resíduos de verbas da área educacional

162 3

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) alerta aos gestores municipais de nove Estados sobre dois importantes repasses financeiros da área de educação. Esses valores são referentes ao resíduo para integralização da complementação da União ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) de 2015 e à primeira parcela da complementação da União ao Fundo deste ano.

Os valores a serem repassados deverão ser depositados nas contas municipais até 29 de janeiro e disponíveis para o acesso na primeira semana do mês de fevereiro/2016, atendendo à Lei do Fundeb em vigor.

Nove Estados e seus Municípios são os beneficiários desses repasses: Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco e Piauí.

(Com Agências)

Rio São Francisco volta a subir com boas chuvas

168 2
65ddb8375d4bbaad6d03886cb4e974c9
Com elevados volumes de chuva de até 200 milímetros registrados nos últimos dias na metade centro-sul de Minas Gerais, incluindo a região da Serra da Canastra, o nível do rio São Francisco voltou a subir em vários municípios mineiros nos últimos dias.
Segundo informações do professor e meteorologista da UNIVASF, Mário Miranda, a vazão do Rio São Francisco vai mais do que dobrar nos próximos 35 dias. A grande notícia é que a vazão do rio em Minas Gerais é de mais de 3500 m3/segundo, enquanto na Bahia está passando 1500 m3/segundo.
Isso é resultado das fortes chuvas que estão ocorrendo na bacia do Rio São Francisco. Portanto, o volume de água que vai entrar na região de Sobradinho vai dobrar em relação à que passa hoje, que é de 1440 m3/segundo.
(Com Agências)

Boas chuvas nos Inhamuns

98 1

chuvaaa

Em Fortaleza, a chuva obriga motoristas a adotarem cautela no trânsito.

Choveu, até as 7 horas da manhã nesta segunda-feira no Ceará, em 63 municípios. Informa o boletim da Funceme. Confira as 10 maiores chuvas: 

Pindoretama (Posto: Pindoretama) : 97.0 mm

Tauá (Posto: Caiçara) : 89.0 mm

Mombaça (Posto: Boa Vista) : 88.2 mm

Icapuí (Posto: Peixe Gordo) : 85.7 mm

Graça (Posto: Graca) : 75.0 mm

São Gonçalo Do Amarante (Posto: Croata) : 73.0 mm

Fortaleza (Posto: Messejana) : 72.6 mm

Pacatuba (Posto: Escola Prof Luiza Teodoro) : 72.4 mm

Ocara (Posto: Ocara) : 68.0 mm

Maracanaú (Posto: Maracanau) : 67.0 mm

(Foto – Paulo MOsKa)

44% dos programas federais ficaram sem verbas em 2015

A dificuldade do governo federal para equacionar o descompasso entre o aumento crescente de gastos obrigatórios e a queda na arrecadação de tributos resultou num profundo corte de investimentos no ano passado. A execução orçamentária de alguns programas (ou obras) ficou intocada em 2015. Uma parte só não ficou parada por causa dos restos a pagar de anos anteriores. Outros projetos não tiveram pagamento nem de restos a pagar, nem referente ao orçamento do ano.

Levantamento feito pela ONG Contas Abertas, a pedido do Estado, mostra que, de um total de 2.229 programas que tiveram dotação inicial aprovada, 980 não tiveram nenhum desembolso referente ao orçamento de 2015 – ou seja, 44% dos programas não tiveram execução no ano passado. Em 2014, esse porcentual foi de 36%.

Os ministérios afirmam que alguns projetos não tiveram desembolso referente ao orçamento de 2015 porque ainda não foram licitados ou não tiveram as obras iniciadas.

(Site Contas Abertas)

PSB do Ceará define calendário para apresentar pré-candidaturas

danilofortee

O PSB Ceará iniciará,  a partir da quarta-feira, uma série de encontros e eventos previstos para o primeiro semestre deste ano. Haverá, no roteiro, encontros em Caucaia, Pacajus, Fortim, Barbalha e Fortaleza para apresentar pré-candidaturas.

A executiva estadual do partido promove, no momento, visitas às tradicionais feiras populares da Capital, onde quer prestar contas dos mandatos na Câmara Federal e na Assembleia Legislativa.

“Nosso partido trabalha a construção de um novo momento. Em pouco tempo, já conseguimos formalizar 132 comissões provisórias em diversas cidades cearenses. Depois dessa programação, vamos pensando no segundo semestre, quando apresentaremos aos cidadãos nossas candidaturas”, informou par ao Blog o presidente estadual do partido, deputado federal Danilo Forte.

José Guimarães anuncia: Governo vai insistir na recriação da CPMF

94 6

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=iSPJOry4mU0[/youtube]

O Governo Dilma Rousseff vai insistir, quando da abertura dos trabalhos do Congresso, na recriação da CPMF. Anunciou, nesta segunda-feira, o líder do Governo Dilma na Câmara, José Nobre Guimarães (PT). “Quem ganha R$ 1 mil, por exemplo, vai pagar R$ 3,80. Não é nem o preço de um cafezinho”, acentuou o petista.

O parlamentar afirmou que é fundamental que quem ganha mais, pague mais e ajude o País em seu processo de recuperação financeira. Guimarães assegurou que a população de baixa renda não sofrerá com a Nova CPMF, que incidirá sobre os ricos, destacando que o imposto atenderá também aos interesses dos Estados e dos Municípios.

Além da CPMF, o líder do Governo na Câmara revelou que há outras duas prioridades: a aprovação da Desvinculação de Receitas da União (DRU) e o projeto do imposto sobre ganhos de capitais.

Fies abre inscrições nesta terça-feira

Começam nesta terça-feira (26) as inscrições para o processo seletivo do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) do primeiro semestre deste ano. As inscrições serão feitas exclusivamente pela internet, no site do Fies, até a sexta-feira (29).

O Fies financia cursos superiores não gratuitos com avaliação positiva. O Ministério da Educação (MEC) ainda não divulgou o número de financiamentos disponíveis para esta edição.

Pode se inscrever no processo seletivo do Fies o estudante que tenha participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a partir de 2010, e obtido pelo menos 450 pontos na média das provas. O candidato não pode ter tirado 0 na redação do Enem. Além disso, precisa ter renda familiar mensal bruta per capita de até 2,5 salários mínimos (R$ 2.200).

O interessado em obter o financiamento poderá se inscrever em um único curso e turno entre aqueles com vagas ofertadas. Durante o período de inscrição, ele poderá alterar sua opção de vaga, bem como fazer o cancelamento. Os estudantes serão classificados de acordo com as notas no Enem na edição em que tiver obtido a maior média.

(Agência Brasil)

Prefeitura apresenta calendário deste ano dos sorteios do programa Minha Casa, Minha Vida

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Habitacional (Habitafor), realiza nesta segunda-feira (25), a partir das 14 horas, coletiva de imprensa sobre o programa “Minha Casa, Minha Vida”, para tratar de investimentos na construção de moradias no município de Fortaleza.

Entre os assuntos a serem abordados está a convocação dos sorteados no dia 4 de dezembro, em evento na Câmara Municipal, e que ainda não compareceram à sede da Habitafor, além dos sorteios que ocorrerão em 2016. A Prefeitura deve sortear mais de cinco mil unidades habitacionais ainda este ano.

(Prefeitura de Fortaleza)

Ata do Copom sai quinta-feira e deve explicar manutenção da Selic em 14,25%

A ata da última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), que será divulgada na próxima quinta-feira (28), será uma das mais aguardadas pelo mercado, depois da polêmica com a decisão do colegiado de manutenção da taxa básica de juros, a Selic, em 14,25% ao ano.

O documento trará as explicações do presidente, Alexandre Tombini, e de diretores do Banco Central (BC) para a decisão, tomada na última quarta-feira (20).

A polêmica surgiu às vésperas do anúncio da decisão do Copom, quando Tombini divulgou comentário sobre a revisão de projeções do Fundo Monetário Internacional (FMI) para a economia brasileira. Na terça-feira (19), primeiro dia de reunião do Copom, Tombini disse, em nota, que as revisões foram significativas e seriam consideradas na decisão do Copom.

O FMI aumentou a projeção de queda da economia brasileira neste ano de 1% para 3,5%. Para 2017, a expectativa é de estabilidade, com a estimativa de crescimento zero do Produto Interno Bruto (PIB, soma de todos os bens e serviços produzidos no país), contra a expectativa de crescimento de 2,3%, divulgada em outubro do ano passado.

(Agência Brasil)

Fortaleza/Lisboa poderá ganhar um segundo voo

Da Coluna Fábio campos, no O POVO deste domingo (24):

O governador Camilo Santana e o prefeito Roberto Cláudio se reuniram na tarde da última sexta-feira com o empresário Humberto Pedrosa, o português que compôs a aliança com a Azul para comprar o controle da companhia de aviação TAP.

Oficialmente, foi uma visita de cortesia do controlador da empresa de aviação portuguesa. Porém, o maior interesse do Ceará é na possível motivação da TAP em montar um “hub” em Fortaleza.

Segundo uma fonte, Pedrosa foi “sentir o perfil” do governador e do prefeito diante de possíveis futuros interesses em investir no Ceará. “Hub”, nem tanto, mas Pedrosa assegurou que a TAP avança nos estudos para lançar um segundo voo entre Fortaleza e Lisboa. É coisa para 2017.

Trabalhadores devem se preparar para a aposentadoria, defendem especialistas

Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostraram que 23,5 milhões de brasileiros são idosos, pessoas com mais de 60 anos. O número representa mais do que o dobro do registrado em 1991, quando esse universo somava 10,7 milhões de pessoas. Na comparação com 2009, os números levantados em 2011 revelou um aumento de 7,6% de brasileiros nessa faixa etária, ou seja, mais 1,8 milhão de pessoas.

Apesar desse cenário, que tem invertido a pirâmide social brasileira, Wadson Gama, psicólogo social e presidente do Conselho Regional de Psicologia de Goiás, disse que ainda há preconceito e resistência das pessoas em envelhecer e se aposentar. “Velhice em um sistema capitalista faz com que as pessoas se sintam excluídas. Você vive 24 horas vivenciando o trabalho mesmo quando está fora do trabalho e quando sai da vida ativa, se o indivíduo não se preparar para isso, vai se sentir preso nessas palavras e pode chegar à depressão, alcoolismo e suicídio. A vida fica sem sentido para ele”, disse.

O psicólogo, que também é entusiasta de programas de preparação promovidos pelas empresas, orienta as pessoas a descobrir, o mais cedo possível, desejos, talentos e capacidades dentro de projetos viáveis para a nova fase. “É preciso identificar o que realmente é o desejo e o que está na sua governabilidade. Às vezes o indivíduo que tem vivência na fazenda e aposenta e quer ter essa vivência do passado já não consegue mais fazer as mesmas coisas. Tem que observar o que pode realmente fazer e reinventar uma outra história para ter qualidade de vida e um envelhecimento saudável”, alertou.

Psicóloga, Eliene Curado, que hoje trabalha como analista de recursos humanos na Câmara dos Deputados, em Brasília, explica que, em muitos casos, as pessoas ficam perdidas nessa fase.

“Temos ainda pessoas que todas as relações que mantêm são fruto das relações de trabalho, todos os seus interesses estão relacionados ao trabalho e quando este trabalho não existe mais, ela tem dificuldade de se inserir”, disse.

(Agência Brasil)

Farmacêuticos homenageiam José Arnon pela defesa da categoria

foto josé arnon homenagem

O Conselho Regional de Farmácia, secção Ceará, homenageou o deputado federal José Arnon (PTB), com o mérito Personalidade 2015, pela luta do parlamentar em defesa da Lei 13.021, que transformou a farmácia em estabelecimento de saúde e obriga a presença de um farmacêutico em todo o horário de funcionamento.

No ano passado, a Medida Provisória 653 tentou no Congresso Nacional a inviabilização a aplicação da lei.

Apesar de suspensão de novos concursos, candidatos têm opções de vagas este ano

Com a suspensão de autorizações para concursos em 2016, medida integrante do ajuste fiscal do governo federal, os interessados em uma vaga no serviço público ficaram com menos opções para conquistar o sonho da estabilidade profissional. Mas ainda há oportunidades de tentar obter a aprovação. Os processos seletivos federais que já haviam sido autorizados em 2015 são uma delas. No momento, há dois com inscrições abertas e um com edital previsto para o primeiro semestre.

Juntas, as três seleções federais totalizam 1.970 vagas. Até 28 de janeiro, estão abertas as inscrições para 600 vagas de nível médio e superior no Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Com prazo mais folgado, até 22 de fevereiro, outra oportunidade são as 950 vagas também de nível médio e superior do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Por fim, a Fundação Nacional do Índio (Funai) foi autorizada a realizar processo seletivo a fim de preencher 220 vagas.

Ainda como alternativa estão as seleções de órgãos e entidades que não dependem da autorização do governo federal. O Ministério do Planejamento informou que autoriza concursos para ministérios, autarquias e fundações. As seleções do Judiciário, estados, municípios e empresas públicas, por exemplo, não são reguladas pela pasta. Segundo Alexandre Crispi, diretor-presidente do grupo de preparação para concursos e vestibulares Alub, há boas chances entre essas opções em 2016.

“Temos previstos concursos dos Correios, do Banco do Brasil e da Caixa Econômica [enquadram-se na categoria empresas públicas, não afetadas pela suspensão]”, destaca. De acordo com ele, anualmente são ofertadas no país cerca de 120 mil vagas em concursos, entre seleções federais, estaduais e municipais. Este ano, com a suspensão das seleções federais, Crispi estima que o número caia para 90 mil vagas. Ele admite que a redução espantou alguns alunos, causando queda de 15% a 20% no número de matrículas. No entanto, segundo ele, a debandada foi de estudantes com menos conhecimento e hábito em relação à dinâmica dos concursos públicos.

(Agência Brasil)

Chamem o prático

Em artigo no O POVO deste domingo (24), o médico Cleto Pontes aponta para uma tragédia sócio-política no Brasil, diante da paixão mórbida dos petistas pelo capital. Confira:

“Nas peles da cebola”, livro autobiográfico do prêmio Nobel de Literatura Günter Grass, o escritor alemão faz relatos intrigantes em torno da Segunda Grande Guerra. Nazista quando jovem, tornou-se social-democrata e não marxista, naturalmente. Pois é, na vida cometemos erros, sobretudo na juventude. Votei no Lula na primeira eleição, embora me considere social-democrata no sentido alemão da palavra. Estava até satisfeito com o FHC, mas eu ainda queria mudanças para melhor.

Lula, perdoem-me os adeptos, é um maquiavélico nato político do sertão. Hitler, que mal comparemos, foi um homem monstro que fez grandes mudanças no seu país, como a modernização do parque industrial, mas derrapou feio na alienação pelo poder, escolha do povo judeu como bode expiatório e culto à “raça” ariana. Brasileiro somos todos, precisamos de mais tolerância e diálogo. Hegel dizia que a história se repete e os fatos infelizmente confirmam que de forma piorada.

Os petistas odeiam os capitalistas, mas têm demonstrado paixão mórbida pelo capital. Na televisão, Lula declarou em campanha que, ao sair da sua terra natal, de Pernambuco para São Paulo, ele parecia um sabiá com pernas finas e bucho grande cheio de verme. Usou da sua condição de nordestino para ganhar a simpatia da população mais carente. Cantou como um sabiá para comover o povo e conseguiu. Tantos planos e enganação, queremos voltar a um lugar para ouvir cantar a sabiá da canção de Chico e que não seja em vão a expiação pela qual o brasileiro de uma forma geral passa.

A almejada e propalada diminuição da desigualdade socioeconômica dos discursos políticos não é utopia. Requer lealdade, educação e cultura. A escola do vizinho Maduro não poderá ser a nossa, sem escrúpulos e que usa e abusa da ignorância do povo para fazer demagogia e se manter no poder. Ele se diz exemplo ao ponto de fazer do palácio um galinheiro com 50 galinhas, ovo à vontade e frango para o abate e assim estimular a auto sustentabilidade do povo. Que Dilma negue a doutrina, iniciada no governo Lula, pois estamos na casa do sem número de crises. O País está desgovernado, esquizofrênico com toques de psicopatia, doente.

Pestes abundam no poder. Corrupção é a maior de todas. Zika tem sido uma tragédia. Belo e saudável, Leonardo da Vinci já no seu tempo sabia se proteger das pestes e epidemias, mosquitos e tal. Adoeceu pela primeira vez aos 61 anos quando foi literalmente dar jeito no esgoto do Vaticano. Lá contraiu a malária e, desde então, perdeu a saúde. A multiplicidade de crises, a sistematizada na saúde, faz corrermos o mesmo risco do pintor, apesar do avanço da ciência e do desenvolvimento tecnológico. No esgoto, vamos adoecer todos. Hoje além de dengue, a zika atinge drasticamente a saúde das crianças nordestinas acometidas da microcefalia. Tragédia.

O País vive um pesadelo tal, de que nem Chico Buarque escapou, haja vista a agressão de jovens desrespeitosos contra o ícone da MPB nas ruas de Sampa. As referências, precisamos de referências sãs, menos polarização e amadurecimento para colocarmos a nau no prumo de um cais previsível e mais seguro.