Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Um morto e dois policiais feridos em blitz na avenida do aeroporto

Um homem foi morto e dois policiais da Polícia Rodoviária Estadual (PRE) ficaram gravemente feridos na manhã desta sexta-feira (25), durante uma blitz na avenida Carlos Jereissati, que dá acesso ao Aeroporto Internacional Pinto Martins. Segundo a Polícia, um homem em uma moto reagiu a tiros a abordagem da blitz, quando acertou a boca e o abdômen de um sargento e de um soldado. O suspeito acabou morto na troca de tiros.

De acordo ainda com a Polícia, após acertar o sargento, o suspeito ainda tomou a arma do policial e continuou a efetuar disparos. O sargento e o soldado foram transferidos para o Instituto Doutor José Frota, no Centro.

Quatro mortos

Na madrugada desta sexta-feira, quatro pessoas foram mortas em uma chacina no bairro Colônia. Uma quinta vítima sobreviveu aos disparos. O caso será investigado pela Divisão de Homicídios, com apoio do 7º Distrito (Pirambu).

Para além de políticas e partidos

O ministro Gilmar Mendes disse que o Supremo Tribunal Federal (STF) foi “bolivariano” na decisão sobre o rito do impeachment. O termo remete a Simón Bolívar, o militar e maçom venezuelano, filho de aristocratas, que comandou a independência de Venezuela, Colômbia, Panamá, Peru, Equador e Bolívia. Mais especificamente, à apropriação feita por Hugo Chávez, que assim denominou o bloco de governantes latino-americanosde orientação de esquerda, com traços autoritários e se permitindo atropelar institucionalidades em nome dos seus objetivos.

Quando Gilmar Mendes chama o STF de bolivariano, parece se referir mais aos efeitos práticos para a atual conjuntura que à natureza da decisão da Corte. O STF decidiu, basicamente, que a escolha de uma comissão da Câmara não pode ocorrer por voto secreto e que cabe aos líderes indicar os componentes da comissão. E, mais importante, o STF decidiu – por maioria folgada – que o presidente só é afastado após o Senado acatar a denúncia.

Isso esvazia a Câmara, mas não é algo propriamente inusitado no mundo ocidental. Nos Estados Unidos, por exemplo, foi assim com Bill Clinton. Ele chegou a ter processo de impeachment aprovado na Câmara, mas rejeitado no Senado. Assim, nunca chegou a ser afastado do mandato. Claro que são constituições bem diferentes. Mas, o exemplo dos Estados Unidos demonstra que o entendimento do Supremo não é propriamente o que poderia ser tido como “bolivariano”.

Se coube a pecha de bolivariano ao STF é por sua decisão, teoricamente, beneficiar Dilma Rousseff – identificada com o bloco latino-americano de esquerda. Mas, isso não cabe na análise do julgamento. Um tribunal não deve decidir olhando a quem. Até porque, entre os votos vencidos, estiveram ministros tachados de petistas, casos de Dias Toffoli e Luiz Fachin.

No sentido do autoritarismo e do atropelo às regras, o que há de mais bolivariano no Brasil é Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Conservador, afinado ideológica e estrategicamente com grupos mais à direita ele é o mais bolivariano presidente da Câmara, ao menos nas últimas décadas.

Bolivariano, também nesse sentido, em relação ao Judiciário, foi o novo presidente da Argentina. Mauricio Macri. Recebido como contraponto a esses polêmicos modelos sul-americanos, em um dos primeiros atos, tentou nomear magistrados para a Suprema Corte do País por decreto. Queria, com isso, dar uma “pedalada” – para ficar no termo da moda – no Senado. Onde a oposição é maioria, eleita de forma tão legítima quanto foi Macri. Como bolivariano, no método e por essa acepção do termo, foi o Congresso paraguaio, no impeachment de Fernando Lugo, em 2012.

Tais métodos de atropelar instituições e tentar impor a própria vontade podem até ser características presentes em certos modelos ou regimes. Mas, de forma alguma são exclusivos. Não têm filiação partidária ou de ideologia. E o que se tenta fazer na Argentina mostra o perigo que é quando o próprio Judiciário é lançado nessa pendenga partidária miúda.

(O POVO/Coluna Política, por Érico Firmo)

Dois homens são detidos na Indonésia por plano de atentado no Ano-Novo

Dois homens, incluindo um indivíduo da minoria muçulmana uigur, foram detidos na Indonésia por estarem envolvidos em um plano para concluir um atentado em Jacarta no Ano- Novo, informou nesta sexta-feira (25) a polícia do país.

A polícia deteve um indonésio, chamado Arif Hodayatullah, perto da capital por conduzir um carro sem placa, e descobriu diversos livros com instruções para fazer bombas no interior do veículo.

Uma unidade antiterrorismo fez uma operação em Java, onde deteve um uigur, identificado como Alli, e apreendeu um colete para explosivos e materiais para produzir uma bomba.

“Descobrimos o plano [onde o ataque iria ser executado], mas só descobrimos um, precisamos continuar investigando”, disse o porta-voz da polícia, Anton Charliyan na noite dessa quinta-feira (24).

Na segunda-feira (21), a polícia em Java deteve cinco suspeitos de uma célula ligada ao grupo radical Estado Islâmico, e quatro de outra ligada à rede do Jemaah Islamiyah, à qual é atribuída a responsabilidade pela maioria dos ataques na Indonésia.

O país destacou mais de 150 mil militares e policiais para o período do Natal e Ano-Novo, além de reforçar a segurança nos aeroportos.

(Agência Brasil)

Walter Cantídeo e a Maternidade Escola receberão R$ 4 milhões para melhoria do ensino, pesquisa e atendimento

Os hospitais universitários no Ceará deverão receber do Ministério da Saúde quantia de R$ 4 milhões para o fortalecimento do ensino, pesquisa e atendimento de qualidade. O dinheiro será disponibilizado à Universidade Federal do Ceará para beneficiar o Hospital Universitário Walter Cantídeo e a Maternidade Escola Assis Chateaubriand. A portaria 2.146, que autoriza o repasse dos recursos, foi publicada na quarta-feira (23) no Diário Oficial da União e beneficia, com R$ 100 milhões, um total de 48 hospitais em 16 estados e no Distrito Federal.

A ação integra o Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (REHUF), desenvolvido e financiado em parceria com o Ministério da Educação. Os recursos, descentralizados por meio do Fundo Nacional de Saúde, deverão ser pagos em parcela única e irão reforçar o orçamento das instituições universitárias que comprovaram o cumprimento das metas de qualidade relacionadas a porte e perfil de atendimento, capacidade de gestão, desenvolvimento de pesquisa e ensino e integração ao SUS. Os hospitais universitários poderão realizar reformas e adquirir materiais médico-hospitalares, entre outras ações, conforme a necessidade e o planejamento da instituição.

De 2010 a 2014 o Ministério da Saúde destinou mais de R$ 2,3 bilhões aos hospitais universitários de todo o país. Somente neste ano já tinham sido repassados mais de R$ 111 milhões. Além dos recursos do REHUF para reestruturação e revitalização dos hospitais universitários, o Ministério da Saúde repassou, somente em 2015, R$ 1,4 bilhão de incentivo para esses estabelecimentos.

(Agência Saúde)

Governo conta com a recriação da CPMF, diz relator do Orçamento de 2016

74 4

A criação da CPMF é uma “necessidade política”, já que o governo precisa recuperar recursos perdidos com a queda na arrecadação nos últimos meses e promover novos investimentos. A afirmação é do relator do Orçamento de 2016, deputado Ricardo Barros (PP-PR), que tratou de assuntos relativos à tramitação da proposta orçamentária com o novo ministro da Fazenda, Nelson Barbosa.

Barros disse que o governo espera contar com o apoio de governadores e prefeitos para aprovar a proposta de recriação da CPMF, em tramitação na Câmara. O relator do Orçamento explicou que a contribuição precisa ser aprovada até maio, para que a cobrança do imposto possa ser feita a partir de setembro de 2016. A CPMF só pode ser cobrada 90 dias após a sua aprovação.

Em relação ao novo ministro da Fazenda, Barros salientou que Nelson Barbosa tem uma “visão desenvolvimentista, de quem acha que o pode conciliar o ajuste fiscal com a alavancagem da economia pelo próprio governo”, desde que haja recursos para tal.

(Agência Senado)

Servir a Deus

Diante do clima do Natal e do lema da Campanha da Fraternidade deste ano: “Eu vim para servir”, o jornalista Nicolau Araújo oferece aos leitores do Blog um de seus contos. Confira:

Há cerca de dois mil anos, um rico comerciante caminhava angustiado às margens do rio Jordão, em Jerusalém. Apesar de toda a sua riqueza, o homem carregava um sentimento de impotência, por não saber como poderia ajudar o seu povo. O comerciante queria se mostrar servo aos olhos de Deus.

Imaginou que, talvez, pudesse distribuir milhares de pães aos pobres. Mas logo percebeu que viria o outro dia, e, novamente, todos estariam com fome.

Pensou, então, em construir milhares de casas para abrigar todas as famílias pobres. Mas logo deduziu que a sua fortuna não seria suficiente para tamanha obra.

Quando a angústia já o atormentava na alma, o homem fora interrompido pela suave voz de uma criança:

– Tenho sede.

Tentando compreender de onde teria surgido tão bela criança, o homem permaneceu parado, apenas admirando a luz que irradiava em volta da criança.

– Tenho sede, insistiu a criança.

Como se despertasse de um pensamento profundo, o homem correu até o rio e trouxe água em suas mãos. Observando a água que escorria por entre os dedos do comerciante, a criança disse:

– A água que você agora me oferece, não é a mesma quantidade que você colheu para me oferecer, pois muito fora desperdiçado durante o seu percurso.

O homem então olhou para o chão e notou os restos de uma cabaça, e, de imediato, retornou ao rio. Observando alguns grãos de areia misturados com água da cabaça, a criança voltou a reclamar:

– A água que você agora me oferece, não é mais a água pura que você colheu para me oferecer, pois se misturou com as impurezas da cabaça.

O homem então voltou a se mostrar perturbado. Mas, antes que sua angústia aumentasse, a criança o confortou:

– Servir a Deus é manter o coração sempre forte e puro, para quando Ele estiver com sede da tua compaixão.

Comércio e Metrofor não funcionam neste Natal

66 1

Fortaleza amanheceu este Natal com o comércio de portas fechadas e o Metrofor sem operação. Supermercados e até os grandes centros atacadistas, como o Assaí e o Atacadão, também não funcionaram. Shoppings funcionam somente a parte de entretenimento e praça de alimentação, mesmo assim na condição de facultativo. Confira o que funciona nesta sexta-feira (25):

Shoppings

– Iguatemi – lojas e quiosques fechados. Lojas da praça de alimentação e lazer terão funcionamento facultativo entre 10 horas e 22 horas (Lojas Americanas e Extra estarão fechados).

– RioMar – lojas e quiosques fechados. Lojas da praça de alimentação terão funcionamento facultativo. Cinema e entretenimento estarão abertos normalmente.

– Parangaba – lojas e quiosques fechados. Lojas da praça de alimentação terão funcionamento facultativo. Cinema estará aberto normalmente e entretenimento funcionará entre 10 horas e 22 horas.

– Via Sul – lojas e quiosques fechados – alimentação aberto de 10 horas às 18 horas.

– North Shopping – lojas e quiosques fechados – alimentação aberto de 10 horas às 18 horas.

– North Shopping Jóquei – lojas e quiosques fechados – alimentação aberto de 10 horas às 18 horas.

– North Shopping Maracanaú – lojas e quiosques fechados – alimentação aberto de 10 horas às 18 horas.

– Aldeota – fechado, inclusive cinema e praça de alimentação.

– Benfica – lojas e quiosques fechados. Praça de alimentação e cinema abrem das 11h30min às 22 horas.

Comércio varejista: fechado; Supermercados: fechados; Bancos: fechados; Metrofor: sem operação.

Cagece

Funcionará em regime de plantão. Quem precisar de atendimento neste período deve entrar em contato com a companhia pela Central de Atendimento: 0800.275.0195 (a loja da Aldeota, que costuma atender aos sábados, não abrirá neste dia 26 de dezembro).

Coelce

Funcionará em regime de plantão. Quem precisar de atendimento neste período deve entrar em contato com a companhia pela Central de Atendimento: 0800.285.0196.

Missas

– Catedral Metropolitana de Fortaleza – celebração da Santa Missa às 10h, 12h, 18h30min e 20h.

– Igreja de São Pedro – celebração da Santa Missa às 8h e 17h.

– Igreja da Prainha – celebração da Santa Missa.

Papa Francisco apregoa na Missa do Galo simplicidade contra abundância do luxo

119 1

papa-missa-galo-alessandro-di-meo

“O Papa Francisco defendeu hoje (24), durante a Missa do Galo, que celebrou no Vaticano, a importância de um comportamento sóbrio e simples das pessoas que estão “vivendo em uma sociedade voltada para o consumo, prazeres, abundância e luxo.”

“Em uma sociedade frequentemente ébria de consumo e de prazeres, de abundância e de luxo, de aparência e de narcisismo, Deus chama-nos a ter um comportamento sóbrio, ou seja, simples, equilibrado, linear, capaz de entender e viver o que é importante”, disse o papa Francisco, na homilia feita hoje para milhares de fiéis de todo o mundo.

Durante a missa que marca o início dos ritos de Natal, Francisco também conclamou a todos a valorizarem a misericórdia, tema do Jubileu Extraordinário, que começou em 8 de dezembro e vai até 20 de novembro do próximo ano.

Na homilia, Francisco destacou que “em um mundo amiúde severo com o pecador e indulgente com o pecado, é necessário cultivar um forte sentido da justiça, da procura”, e também “pôr em prática a vontade de Deus”.

“Perante uma cultura da indiferença, que, com frequência, acaba por ser desapiedada, o nosso estilo de vida deve estar cheio de piedade, de empatia, de compaixão, de misericórdia, que retiramos a cada dia do poço da oração”, defendeu.

Segundo o papa, Jesus Cristo ensina aos fiéis católicos “o que é verdadeiramente importante” na vida, ou seja, “mostrar um comportamento simples e manifestar bondade e misericórdia com o próximo”.

(Agência Lusa)

Enem 2015 – Resultado sai dia 8 de janeiro

O resultado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2015 será disponibilizado no próximo dia 8 de janeiro. O anúncio foi feito na página do Ministério da Educação, no Facebook, nesta quinta-feira, 24. Na postagem, o MEC diz que “não poderia passar o Natal sem divulgar a data do resultado”, e deseja boas festas aos candidatos.

O Exame foi realizado nos dias 24 e 25 de outubro, e o gabarito oficial do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgado no dia 28 do mesmo mês.

Nesta edição do Enem, o tema da prova de redação, sempre alvo de muitas especulações, gerou grande repercussão ao abordar “A persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira”.

INSS anuncia dia 8 de janeiro índice de reajuste dos aposentados

Será anunciado no dia 8 de janeiro o índice de reajuste em 2016 para 10,1 milhões de beneficiários do INSS que recebem acima de R$ 788,00. Desde 2003, será a primeira vez que os aposentados terão reajuste maior do que 10%. Mas não haverá ganho real acima da inflação.

O reajuste do salário mínimo e dos segurados que ganham o piso do INSS leva em conta a inflação do ano anterior e o percentual do crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) de dois anos antes. Para os demais segurados, que ganham acima do piso, o INSS dará apenas o INPC.
O calendário de pagamento do INSS começa no dia 26 janeiro e termina no dia 6 de fevereiro. Recebem primeiro os segurados com valor igual a um salário mínimo e cartão de pagamento com final entre 1 e 5.

Embarcação cearense resgata oito pescadores perto da ilha de Fernando de Noronha

“A embarcação pesqueira cearense Rio Praça resgatou oito náufragos, que desembarcaram no Porto do Mucuripe, na noite desta quinta-feira, 24, em Fortaleza. O grupo foi resgatado perto da ilha de Fernando Noronha e foi trazido para a capital cearense, onde recebeu atendimento do Serviço de Atendimento Móvel Urgente (Samu). As causas do náufrago estão sendo apuradas.

Segundo o suboficial Rodrigues, da Capitania dos Portos, os homens resgatados estavam bastante debilitados e teriam naufragado há pelo menos três dias. “Eles foram levados para hospitais, mas ainda estamos fazendo um relatório com detalhes”, disse, em entrevista ao O POVO Online.

O grupo resgatado estava em uma embarcação de Natal, chamada de “Rei Artur”. “Eles foram encontrados ali perto de Fernando Noronha por essa embarcação cearense que os trouxe para cá. Deviam estar pescando e pegaram um tempo ruim, por enquanto as informações são superficiais”, disse Rodrigues.

Uma parte dos náufragos foi encaminhada ao Instituto Doutor José Frota (IJF), no Centrou, e o restante para a Unidade de Pronto Atendimento (Upa) da Praia do Futuro.”

(O POVO Online)

CMN reduz em R$ 400 milhões recursos do Programa de Sustentação do Investimento

O Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou nesta quinta-feira (24) uma resolução que altera as condições e reduz o volume de recursos disponíveis para financiamentos passíveis de subvenção econômica do Programa de Sustentação do Investimento (PSI) de R$ 19,5 bilhões para R$ 19,1 bilhões. Na decisão publicada depois de uma reunião extraordinária, ainda está previsto o remanejamento de recursos entre subprogramas do PSI, sem custos fiscais adicionais.

A alteração atendeu um pedido do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). “Como os valores de subvenção econômica pagos pela União variam de acordo com os subprogramas, foi necessária a redução do limite global de financiamento para que as subvenções não ultrapassem o montante anteriormente estabelecido, mantendo inalterados os custos fiscais do programa”, destacaram os conselheiros.

Segundo o CMN, a redução não vai impactar as contratações em andamento da Finep, responsável pelo fomento à ciência, tecnologia e inovação em empresas, universidades, institutos tecnológicos e outras instituições públicas ou privadas.

Os remanejamentos entre subprogramas do BNDES, por exemplo, ampliam de R$ 5 bilhões para R$ 5,185 bilhões os recursos de financiamento para a ônibus e caminhões destinados a micro e pequenas empresas. O mesmo segmento também teve incremento de R$ 50 milhões nas linhas para grandes empresas, passando de R$ 1,8 bilhão para R$ 1,85 bilhão.

Os financiamentos para inovação entre micro e pequenos empresários tiveram incremento de R$ 10 milhões, enquanto, para os grandes, houve queda de R$ 48 milhões nos recursos da linha de financiamento. Nos recursos para exportações de empresas de menor porte o valor foi mantido em R$ 30 milhões. Já para os grandes, houve decrescimento de R$ 150 milhões, passando de R$ 1,2 bilhão para R$ 1,05 bilhão.

(Agência Brasil)

Presidente nacional do PSTU apregoa eleições gerais

Com o título “Derrubar, nas ruas, todos eles!”, eis artigo do presidente nacional do PSTU, Zé Maria. Ele defende eleições gerais como solução para a crise do País. Confira:

Depois de atingir em cheio o PT, com a prisão do líder do governo no Senado, nos últimos dias a Operação Lava Jato chegou em grande estilo na cúpula do PMDB, ampliando a desmoralização do Congresso Nacional – instituição que é, hoje, claramente identificada pela população como um antro de corrupção. Não é por acaso que Eduardo Cunha, que já deveria estar na cadeia com seu mandato devidamente cassado, ainda é presidente da Câmara dos Deputados.

Em paralelo a essa situação, segue a novela do impeachment na Câmara dos Deputados. Enquanto o STF discutia a definição dos procedimentos, defensores do impeachment se engalfinhavam com os defensores da manutenção do governo Dilma, para ver quem governa o Brasil. Se segue Dilma, ou se ela é substituída pelo vice, Temer.

Enquanto isso, os trabalhadores e trabalhadoras de todo o país amargam o aumento vertiginoso das demissões (só nos últimos dias fecharam dois estaleiros no Rio de Janeiro), aumento dos preços e a inflação corroendo o valor dos salários, o caos na saúde, educação, transporte, corte de direitos, sem falar na violência contra as lutas sociais e o verdadeiro genocídio praticado pela polícia contra jovens pobres e negros na periferia dos grandes centros urbanos.

Esse é o resultado do ajuste fiscal, da política econômica e social que é aplicada pelo governo do PT, com o apoio do PMDB, PSDB e toda essa corja que controla o Congresso nacional. Eles brigam entre eles para ver quem vai governar, mas estão “juntos e misturados” na hora de atacar os direitos dos trabalhadores para defender o lucro dos bancos e das grandes empresas. Não é sem razão o imenso repúdio a todos eles que se pode enxergar em todos os lados, no país inteiro.

Nós não apoiamos o impeachment justamente por isso. Não vai mudar nada. Não vai resolver nenhum dos problemas que afligem a vida dos trabalhadores e do povo pobre. Quem prestou atenção no programa para o país que Temer apresentou recentemente viu que é continuidade de aprofundamento dos ataques que já sofremos hoje. O PSDB, de Aécio, já governou o Brasil e todos sabemos que só fez atacar direitos do povo e privatizar patrimônio público.

Se fica o governo Dilma, é este caos que estamos assistindo. Se troca ela por Temer, vai ficar tudo do mesmo jeito. Na briga entre esses dois setores, governo do PT de um lado, e a oposição do PSDB/PMDB de outro, os trabalhadores não devem apoiar nem um nem outro. Precisamos colocar para fora todos eles.

Tomar as ruas para derrubar todos eles: Dilma, Cunha, Temer, Aécio…

Nós não participaremos dos atos convocados pelos setores ligados ao PSDB, para apoiar o impeachment da presidenta Dilma. Tampouco iremos às manifestações convocadas pelos setores governistas para defender a permanência do governo que aí está. Aos trabalhadores não cabe apoiar um ou outro. Precisamos lutar contra os dois.

Precisamos sim, tomar as ruas, mas é para derrubar todos eles. Não podemos aceitar a continuidade do governo do PT, e tampouco adianta trocar Dilma por Temer. Se não há outra alternativa neste momento, então que se convoquem eleições gerais no país, para presidente, senador, deputado e governador. Eleições sem financiamento de empresas, com tempo de TV igual para todos os partidos e com revogabilidade dos mandatos. Sabemos que eleições não mudam, de verdade, o país, mas pelo menos dão ao povo o direito de trocar quem quiser.

Os trabalhadores precisam intensificar e unificar os processos de mobilização que temos hoje no país. Esse é o caminho para construir uma saída para a crise do país que sirva à nossa classe: um Governo Socialista dos Trabalhadores, sem patrões e sem corruptos, que se constitua a partir de conselhos populares escolhidos pela população e que, apoiado na luta da nossa classe, mude efetivamente o nosso país. Só assim a vida dos trabalhadores e do povo pobre vai mudar.

Uma oposição apoiando o governo? Um diálogo com o MTST e com o Psol

A novidade na convocação das manifestações para defender a permanência governo, contra o impeachment, é a adesão do MTST e da direção do Psol. Dizem que isso não é apoiar o governo, pois criticam o ajuste fiscal e sua política econômica. Guilherme Boulos (do MTST) chegou a declarar à Folha (em matéria publicada no portal UOL dias atrás), que quem afirmasse questão apoiando o governo estaria fazendo “malabarismo político”. Ora, essa afirmação sim, é uma expressão de malabarismo político.

Não tem sentido falar que estão contra um ajuste fiscal e uma política econômica porque ataca os trabalhadores e, ao mesmo tempo, defender a permanência do governo que aplica esse ajuste e essa política econômica. Defender a permanência do governo da presidenta Dilma é o mesmo que defender a continuidade do ajuste e da política econômica que ela aplica.

É preciso que os companheiros rompam com as alianças que estão construindo com esses setores governistas e venham construir, com a CSP-Conlutas e o Espaço de Unidade de Ação, uma frente de luta contra o governo Dilma e contra a oposição burguesa encabeçada pelo PSDB  e pelo PMDB. Vamos todos juntos exigir que a CUT e demais organizações governistas rompam com o governo para convocarmos juntos uma Greve Geral, que pare os ataques aos nossos direitos e as demissões.

Os companheiros precisam rever sua posição e sua localização política. Senão acabarão se tornando cúmplices dos ataques que este governo está e continuará promovendo contra a classe trabalhadora.

(Site Congresso em Foco)

Lúcio Alcântara destaca perdão do Papa ao Padre Cícero e lembra comitiva da reconciliação

IMG_6681

Em seu Blog, o ex-governador do Ceará, Lúcio Alcântara, comemora o perdão dado pelo Papa Francisco ao Padre Cícero. Lúcio lembra que integrou comitiva que foi ao Vaticano, em 2006, apelar pela reconciliação. Confira:

A reconciliação da Igreja Católica com a memória do Padre Cícero constitui fato relevante se considerarmos a importância daquele sacerdote para os cearenses e os nordestinos de modo geral.

Romarias regulares crescem de frequentadores a cada ano num fenômeno de religiosidade popular que a igreja oficial não poderia mais ignorar. Louve-se a ação do bispo D.Fernando Panico, da diocese do Crato, responsável pela coleta do material e elaboração de documento a cargo de teólogos e renomados pesquisadores.

Lembre-se que seus antecessores sequer iam ao Juazeiro numa posição extremada da hierarquia católica antagônica a qualquer forma de reconhecimento ao vigário punido pelo Vaticano no bojo de um processo de romanização da igreja.

Por tudo que o padre Cícero representa para o Ceará a convite de D. Fernando integrei a comitiva que em 2006 entregou à cúpula da igreja no Vaticano a documentação que subsidiava o pedido de sua reabilitação afinal deferida conforme comunicação oficial ora divulgada.

Oportuno que conflito tão antigo tenha tido desfecho feliz no Ano Jubilar da Misericórdia sob a égide do Papa Francisco.

Sabe quais são as piores faculdades do País, segundo ranking do MEC?

Graduates in Cap and Gown
“Na mais recente avaliação do Ministério da Educação (MEC) de 2.042 instituições de ensino superior no Brasil, 324 foram consideradas insatisfatórias. Grande parte são faculdades, 319, ao todo.
A Unitins, no Tocantins, é a única universidade da lista que também traz o Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Acre, duas instituições públicas de ensino. Três centros universitários – um público e dois privados – também foram mal avaliados.
Para ser “reprovada”, uma instituição precisa ficar abaixo da faixa 3 do IGC (Índice Geral de Cursos) que vai de 1 a 5 e é o indicador oficial de qualidade do ensino superior no país.”
* Clique AQUI para ver a lista completa no site da Revista Exame.

Sambista da Vila Isabel é assassinado no Rio

“O compositor Izainaldo Vieira Leonel, de 54 anos, um dos autores do samba-enredo de 2016 da Escola de Samba Unidos da Vila Isabel, foi assassinado na manhã de hoje (24), na porta de casa, na Rua Petrocochino, em Vila Isabel, na zona norte da cidade. A via é um dos acessos ao Morro dos Macacos, e os policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da comunidade foram procurados após os disparos, mas encontraram Izainaldo sem vida.

De acordo com nota da Polícia Civil, a Delegacia de Homicídios abriu inquérito para apurar as circunstâncias da morte. “A perícia do local foi realizada, e o corpo encaminhado ao IML [Instituto Médico-Legal]. Parentes do compositor e testemunhas do fato estão prestando depoimento. Agentes estão em diligências na busca de informações e imagens de câmeras de segurança que possam ajudar a identificar a autoria do crime”, informa a nota.

A escola de samba divulgou nota de pesar e está de luto pela morte do sambista, que é um dos maiores vitoriosos da história da Vila Isabel, com 13 samba-enredo escolhidos pela escola. “A dor é profunda, indescritível, e nos solidarizamos com a família. A lembrança que sempre teremos é a deste sorriso feliz e apaixonado, de parceiro de todas as horas, de um humilde e grandioso vencedor, de um grande homem, cuja vida toda foi talhada pelo amor à nossa Vila Isabel.”

O enredo da agremiação para o próximo ano homenageia o político Miguel Arraes, com o temaMemórias de Pai Arraia – Um sonho pernambucano, um legado brasileiro, desenvolvido pelo carnavalesco Alex de Souza. O samba-enredo foi composto por Martinho da Vila, André Diniz, Mart’nália e Arlindo Cruz, além de Leonel.”

(Agência Brasil)