Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Pesquisa FGV – Confiança do consumidor sobe 3,5 pontos em maio

“O Índice de Confiança do Consumidor (ICC) avançou 3,5 pontos de abril para maio, ao passar de 64,4 para 67,9 pontos. De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da Fundação Getulio Vargas (FGV) divulgados hoje (24), pela primeira vez desde dezembro de 2013, o consumidor não está pessimista em relação à evolução da economia nos meses seguintes. O resultado de maio do ICC reverte o resultado negativo de 2,7 pontos de abril para março. Em relação a fevereiro, a queda foi de 1,4 ponto.

“Embora a alta do ICC somente compense a queda dos dois meses anteriores, houve expressiva melhora das expectativas em maio e, pela primeira vez desde dezembro de 2013, o consumidor não está pessimista em relação à evolução da economia nos meses seguintes”, explicou a coordenadora da Sondagem do Consumidor, a economista da FGV Viviane Seda Bittencourt.

Na avaliação da economista, os números foram influenciados pelo processo de afastamento da presidenta Dilma Rousseff. “[O aumento deve-se] ao desfecho da primeira fase do processo de impeachment, que alterou positivamente o humor de uma parcela dos consumidores, talvez em função da percepção de redução das incertezas.”

O resultado do mês tem como destaque a melhora das perspectivas em relação aos meses seguintes, com o Índice de Expectativas (IE), que avançou 5,3 pontos de abril para maio – maior alta desde outubro de 2011, quanto o índice subiu 6,2 pontos. Com a alta, o IE atingiu 71,1 pontos, o maior desde junho de 2015 (73,1). O Índice da Situação Atual (ISA) teve resultado positivo, apesar de menor: 0,8 ponto, atingindo 65,5 pontos.

Segundo a FGV, entre os quesitos que integram o ICC, a maior contribuição para a alta no mês foi dada pelo indicador que mede o otimismo com relação à economia nos meses seguintes, que subiu 14,4 pontos ao passar de 86 para 100,4 pontos, o melhor resultado desde dezembro de 2013 (100,4). A parcela de consumidores projetando melhora avançou de 20% para 29,9%; enquanto a dos que preveem piora recuou de 35,2% para 24,4%.

Momento presente

Em relação ao momento presente, o Índice de Confiança do consumidor mostra alta de 2,7 pontos em maio no indicador que mede o grau de satisfação dos consumidores em relação à situação financeira da família.

Segundo a FGV, o resultado reflete certa acomodação após o indicador ter recuado nos dois meses anteriores e atingido o mínimo histórico em abril, ao descer a 56,9 pontos.”

(Agência Brasil)

 

Rebeliões nos Presídios – Líder do PMDB cobra explicações e presença de secretários

politica

O caso das rebeliões, com mortes, registradas no sistema prisional cearense foi um dos motes de discursos da oposição, nesta terça-feira, na Assembleia Legislativa.

O líder do PMDB na Casa, Audic Mota (PMDB), apresentou requerimento, em regime de urgência, cobrando a presença dos secretários Hélio Leitão (Justiça) e Delci Teixeira (Segurança Pública e Defesa Social), Delci Teixeira.

“Queremos explicações sobre essas rebeliões no sistema penitenciário. Queremos os dois secretários no plenário e nas Comissões da Assembleia para que possamos discutir soluções sobre a situação de insegurança das penitenciárias”, explica Mota.

DETALHE – As rebeliões deixaram 15 mortes confirmadas pelo Batalhão de Choque e a fuga de dezenas de detentos.

 

Camilo cumprirá agenda amena na área da segurança

cavv

O governador Camilo Santana (PT) cumprirá agenda na área da segurança pública, mas, dessa vez, bem amena e longe do imbróglio que prevaleceu no fim de semana no sistema prisional cearense.

Às 16 horas, ele vai assinar, durante ato no Palácio da Abolição, o termo de compromisso com a Prefeitura de Fortaleza e o Grupo M. Dias Branco para a construção da nova sede do Batalhão de Choque da Polícia Militar.

Depois, participará da solenidade de comemoração dos 181 anos da Polícia Militar, com promoção de 55 PMs e seis bombeiros militares. Também no Abolição.

Ludmila vai à Polícia após sofrer ataques racistas na internet

ludmillajpg_610x340

A cantora funkeira Ludmila foi a Delegacia de Repressão aos Crimes na Internet, na Cidade da Polícia, zona norte do Rio, nessa segunda-feira, dar queixa contra um homem que lhe fez ataques racistas numa rede social.

Segundo o empresário da artista, não é a primeira vez que ela recebe ofensas raciais pela internet e por isso, a assessoria da cantora já fez um levantamento sobre o homem que fez os ataques.

Em sua conta pessoal, no Instagram, Ludmilla postou uma foto que mostra os comentários feitos contra ela. Um dos usuários a chamou de ‘macaca’ e disse odiar a cantora.

Não é o primeiro caso de agressões racistas contra artistas. Recentemente, as atrizes Tais Araújo e Cris Viana também já denunciaram casos do gênero, bem como a jornalista Maria Júlia Coutinho (Maju).

(Foto – Reprodução do Instagram da cantora)

Coca-Cola interrompe produção na Venezuela por falta de açúcar

cocccaa

“A empresa que produz a Coca-Cola na Venezuela informou que se esgotaram os estoques de açúcar refinado para uso industrial e que interrompeu temporariamente a produção de refrigerantes que contêm esse ingrediente.

“A falta de açúcar implica a interrupção temporária das linhas de bebidas elaboradas com esta matéria-prima. Se mantém em operação as linhas de produtos sem açúcar, tais como água e coca-cola light”, diz um comunicado da empresa.

Na mesma nota, a empresa diz que foi informada de que está prevista, “no curto prazo”, a recuperação dos estoques de açúcar no país.

A empresa mexicana Coca-Cola Femsa está na Venezuela desde 2003, quando comprou a produtora de bebidas Panamerican Beverages Inc (Panamco) e tem ainda presença em outros países da região como a Argentina, Colômbia, Costa Rica, Guatemala, o México, Brasil e Panamá.”

(Agência Lusa)

Dia dos Namorados – Comércio reforça flerte com a clientela

freitas cordeiro
O presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas (FCDL), Freitas Cordeiro, é contra a volta da CPMF. “O brasileiro não aguenta mais pagar tanto imposto!”, diz.

Para ele, o governo deve e precisa fazer seu dever de casa, que é enxugar a máquina e, principalmente, não vacilar nesse objetivo.

Freitas lamenta que o governo Temer tenha recuado no caso da transformação do Ministério da Cultura em secretaria, por pressão dos artistas.

Sobre o cenário do varejo, é otimista. Por caus da expectativa das festas juninas e do Dia dos Namorados.

Embora a taxa de inadimplência do comércio de Fortaleza esteja hoje em 7%, segundo a Fecomércio, ele arrisca incremento. “Dá pra gente ter um incremento de até 4% nas vendas”.

Más consequências da greve ilegal

Com o título “Más consequências da greve ilegal”, eis o título do Editorial do O POVO desta terça-feira. Aborda o absurdo da carnificina registrada no  fim de semana no sistema prisional cearense  e a greve dos agentes penitenciários. Confira:

A greve dos agentes penitenciários do Ceará, declarada ilegal pela Justiça antes mesmo do seu início, criou as condições para que ocorresse uma série de graves distúrbios e rebeliões em várias unidades prisionais do Estado. No fim das contas, pelo menos 14 detentos foram mortos, além de danos nas estruturas físicas das penitenciárias.

A paralisação da categoria foi decidida na última quinta-feira, após assembleia realizada entre agentes e representantes do Sindicato dos Agentes e Servidores do Sistema Penitenciário do Estado do Ceará (Sindasp-CE). No dia seguinte, a greve foi declarada ilegal. Mesmo assim, foi mantida com o argumento de que o comando de greve não havia recebido a notificação da Justiça.

A greve é direito da categoria, mas é evidente que paralisações em um setor tão delicado devem se cercar de todos os cuidados. O comando dos grevistas deveria ter suspendido a greve logo após a decisão judicial que a considerou ilegal. Além disso, iniciar paralisação de agentes penitenciários à meia-noite de sexta-feira, véspera de dia das visitas, permite que a sociedade suspeite de maus intuitos.

As consequências eram previsíveis. O sistema carcerário do Ceará, assim como em todo o País, é repleto de falhas. As estruturas são ruins e persiste a superpopulação carcerária. Proibir a visita aos detentos é como acender o curto pavio que sai de um grande barril de pólvora. Deu no que deu.

É importante que a sociedade atente para as possíveis ações políticas em torno da greve, que ganhou natureza radical. Se realmente há políticos interessados em movimentos desse tipo, eles cometem erro crasso. Os eleitores, em sua maioria, não costumam referendar manipulações, principalmente em um setor tão importante como é a segurança pública.

Da mesma forma, é preciso que a sociedade volte suas atenções para a assembleia geral unificada, que reúne policiais militares, civis, bombeiros e os agentes penitenciários, marcada para o próximo sábado. Na pauta, aumento para as categorias em um momento no qual o setor público está financeiramente estrangulado. A greve será a pior das decisões possíveis.

Reajuste dos servidores – decisão sai até 10 de junho, diz secretário

446 26

maurofilho

O secretário da Fazenda, Mauro Filho, anunciou, nesta terça-feira, que o reajuste dos servidores públicos estaduais continua aguardando a avaliação do cenário fiscal do Estado. Ele informou que o governador Camilo Santana e o secretário do Planejamento, Hugo Figueiredo, com sua assessoria, vão se reunir até 10 de junho com representantes dos servidores para avaliar cenários da receita.

Mauro Filho não quis falar se virá ou não reajuste, destacando, no entanto, que o Ceará, ao lado do Pará, tem honrado em dia seus compromissos salariais com a categoria. Ele informou que, na próxima segunda-feira, vai à Assembleia Legislativa apresentar o balanço fiscal do Estado relativo ao primeiro quadrimestre, como manda a Lei de Responsabilidade Fiscal.

O secretário, indagado sobre reajuste, preferiu dar alguns números: a arrecadação, no primeiro quadrimestre, em termos de receita própria aumentou 7%; a receita transferida (FPE) registrou menos 4% e, quando se soma a receita própria mais receita transferida, o Estado aumentou sua receita somente em 3,35 e,  nesse mesmo período, a folha aumentou 6%.

“Portanto, devemos ter cautela no exame dessa questão, até porque o Ceará foi o único estado do Brasil que deu reajuste salarial todo ano para o servidor. Sou servidor da UFC e passei três anos, por exemplo, sem ter nenhum reajuste. Essa coisa tem que ser avaliada”.

Mauro Filho reiterou que a decisão sobre reajuste só virá “após análise da receita que vai entrar no dia 30, quando se poderá ter um quadro da arrecadação, e também até o dia 10 de junho.”

O secretário deu a informações antes de seguir para Brasília, onde participa do anuncio das novas medidas econômicas a serem anunciadas pelo ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, dentro do objetivo de equilibrar as contas públicas.

Ele adiantou que o ato terá a presença de todos os secretários de Fazenda, no que haverá ocasião para cobrar um tratamento diferenciado da União em se tratando de rolagem de dívida estadual. O secretário assegura que o Ceará está financeiramente bem com a União e gostaria de ter mesmo tratamento – parcelamentos e amortizações, que a União sinaliza para estados devedores.

Sistema prisional: a grade enferrujou

266 1

foto camilo santana governador

Da Coluna Vertical, no O POVO desta terça-feira (24):

O mês de maio pode fechar como o de pior desgaste para o governo estadual em se tratando de sistema prisional. Como se não bastassem as constantes fugas de adolescentes dos centros socioeducativos, da competência da STDS, todos assistimos atônitos, nesse fim de semana, a uma carnificina registrada nos presídios, após decretação da greve dos agentes penitenciários que, atendidos em seus pleitos, retomaram as atividades depois de cerca de 17 horas de paralisação. Aqui, da competência da Sejus.

O governo criou um gabinete de crise e pediu apoio da Força Nacional de Segurança. Só que o rastro deixado nos dois setores é traumático para a população e para a imagem de uma gestão que diz investir na proposta de um Pacto por um Ceará Pacífico.

Algo deu errado, o que motivou várias reuniões do governador Camilo Santana com responsáveis por esse cenário absurdo.

O Ministério Público promete, com comissão formada, apurar tudo, mas a sociedade espera que todas as medidas anunciadas nesse cenário não virem lenitivo para tal situação.

Coincidência ou não, o clima se agravou depois que o governo prometeu fazer valer a lei que barra o sinal de celulares nos presídios.

Operação Lava Jato – PF realiza 30ª fase

A Polícia Federal realiza, desde a madrugada desta terça-feira (24), mais uma fase da Operação Lava Jato. Nessa 30ª etapa, são cumpridos dois mandados de prisão preventiva, 28 de busca e apreensão e 9 de condução coercitiva, que é quando a pessoa é levada para prestar depoimento. A ação foi batizada de “Operação Vício”.

De acordo com a PF, as investigações estão inseridas diretamente no já revelado esquema de corrupção e lavagem de ativos decorrentes de contratos firmados com a Petrobras. Trata-se da apreciação de vários contratos e correspondentes repasses de valores não devidos ocorridos entre empresas contratantes da Petrobras e funcionários da estatal e agentes públicos e políticos.

Nessa investigação, três grupos de empresas são investigados por terem se utilizado de operadores e de contratos fictícios de prestação de serviços para repassar, notadamente, à Diretoria de Serviços e Engenharia e Diretoria de Abastecimento da Petrobras.

Moradores do Pici reclamam da falta de sinalização, após asfaltamento

Moradores do bairro Pici, nas proximidades do campo do Fortaleza Esporte Clube, reclamam da falta de sinalização horizontal na rua Rio Grande do Sul e vias no entorno, após todas receberem recapeamento asfáltico.

Segundo os moradores, colisões e atropelamentos estão ocorrendo na área.

De acordo ainda com os moradores, pedidos foram feitos à AMC para que a sinalização horizontal seja refeita.

‘Revelação destes diálogos é a autópsia do golpe’, diz José Guimarães

foto guimarães deputado 151202

“A revelação destes diálogos é a autópsia do golpe. Fica evidenciado que este comando do PMDB articulou, patrocinou e engendrou o maior golpe na história da democracia brasileira. Agora, com a farsa do golpe estampada o que a sociedade vai fazer? O que o Supremo vai fazer? E o Senado, o que vai fazer”?

A declaração é do líder da minoria na Câmara Federal, deputado José Guimarães (PT-CE), nessa segunda-feira (23), sobre os diálogos entre o então senador Romero Jucá (PMDB-RR) e o ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, em março último, divulgados pela Folha de S.Paulo. “É um fato muito grave e evidencia para o país o que estava por trás de todo o processo ilegal de impedimento da presidente Dilma”, comentou.

Guimarães cobrou que a apuração do diálogo do senador Romero Jucá seja tão rápida como no caso do senador cassado Delcídio Amaral. “Foi feito tudo com o Delcídio, então é preciso que seja feito tudo também com o senador Romero Jucá. (…) Vimos a rapidez com as que as coisas se conformaram no episódio de Delcídio, então, é preciso também a mesma rapidez no caso do Jucá, é um senador também”, disse.

Defesa de Jucá pede à PGR acesso ao conteúdo de conversas

foto romero jucá senador

A defesa do ministro licenciado do Planejamento, Romero Jucá, pediu nessa segunda-feira (23) à Procuradoria-Geral da República (PGR) acesso ao conteúdo das conversas gravadas entre ele e Sérgio Machado, ex-diretor da Transpetro, empresa subsidiária da Petrobras. No documento, os advogados também solicitaram à procuradoria informações sobre a existência de alguma investigação sobre o caso.

Segundo reportagem publicada pelo jornal Folha de S.Paulo, em conversa com Machado, Jucá sugere um “pacto” para tentar barrar a Operação Lava Jato. De acordo com o jornal, Machado afirma estar preocupado por acreditar que ele seria alvo do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, devido à relação dele com a cúpula do PMDB. Machado já foi citado por delatores da Lava Jato.

Mais cedo, Jucá decidiu se licenciar da pasta para aguardar uma manifestação da PGR sobre o caso. A exoneração do ministro deverá ser publicada nesta terça-feira (24) no Diário Oficial da União, ato que permitirá o retorno do ministro à atividade parlamentar no Senado, onde foi eleito pelo estado de Roraima.

Ao anunciar seu afastamento do ministério, Jucá afirmou que pretende voltar ao Senado para fazer “o enfrentamento” e evitar “babaquices” e manipulações da oposição, como o PT.

“Sou o presidente do PMDB, sou um dos construtores desse novo governo e não quero, de forma nenhuma, deixar que qualquer manipulação mal intencionada possa comprometer o governo. Portanto, enquanto o Ministério Público não se manifestar, aguardo fora do ministério o posicionamento. Se ele se manifestar que não há crime, que é o que acho, caberá ao presidente Michel Temer me reconvidar ou não”, concluiu Jucá.

(Agência Brasil)

ADUFC promoverá exibição de documentário sobre ex-presas políticas

“Vou contar para meus filhos”, da cineasta Tuca Siqueira, relata a história de ex-presas políticas na Colônia Penal Feminina do Bom Pastor, no Recife, no período de 1969 a 1979, e o reencontro após 40 anos. Esse documentário será exibido às 19 horas desta quarta-feira, na sede da ADUFC/Sindicato (Campus do Benfica).

Realizado pelo Movimento Tortura Nunca Mais de Pernambuco, o documentário é resultado de uma parceria com o Projeto Marcas da Memória, da Comissão da Anistia do Ministério da Justiça.

O evento contará com a participação da assessora da Comissão da Verdade do Estado de Pernambuco e uma das idealizadoras do filme, Lília Gondim. Após a exibição, será realizado um debate.

Rede Ceará de Pessoas Vivendo com HIV/AIDS denuncia falta de medicamento

A Rede Ceará de Pessoas Vivendo com HIV Aids (RNP+CE) divulga mais uma carta à população. Denuncia especificamente a falta de um medicamento do coquetel dos soropositivos. Confira:

CARTA ABERTA

A RNP+Ceará – Rede Nacional de Pessoas Vivendo com HIV/Aids vem a público informar, denunciar e exigir do Ministério da Saúde do Ceará que tomem providencias urgentes em relação ao desabastecimento de Anteretrovirais no Estado, especificamente o medicamento DARUNAVIR, usado para pacientes soropositivos em situação de resgate Diferente de se trocar a medicação por resistência, neste caso JÁ NÃO HÁ MAIS OPÇÃO.

De acordo com Informações passada pelo Coordenadoria de Assistência Farmacêutica do Estado (COASF) foi enviado documento ao Departamento Nacional de HIV/Aids do MS em 11/05/2016 e já reclamava que, desde inicio de abril, o ministério da Saúde não abastece o Almoxarifado da COASF com esse medicamento. Já alertava da reclamação por parte dos farmacêuticos, médicos e pacientes das UDM. Em resposta aos questionamentos da RNP+Ceará, a direção do Departamento de HIV/Aids do MS, na mesma data de 11/05/2016 ás 18h40min, informou:

“O Ceará começou o mês de Maio com um estoque de Darunavir de 9.600 comprimidos e tem um consumo mensal de 10.500 comprimidos. Hoje estamos no dia 11 de Maio, portanto, menos da metade do mês se passou. Na semana que vem o Estado estará recebendo mais 34.800 comprimidos. Assim não falta agora, e não faltará no mês de Maio este medicamento para seu Estado”

Infelizmente, dez dias após a declaração do Departamento de Aids, este medicamento continua em falta no nosso estado, o que consideramos primeiro: uma agressão à PESSOA VIVENDO COM HIV – ao artigo 196 da Constituição Brasileira que diz que saúde é um direito do cidadão e dever do estado, seguido pela Lei nº 9.313 de 13 de novembro de 1996, que diz em seu Art. 1º: Os portadores do HIV (vírus da imunodeficiência adquirida) receberão, gratuitamente, do Sistema Único de Saúde, toda a medicação necessária ao seu tratamento. Seguido ainda, pela Lei 12.984 de 2 de Junho de 2014, que em seu Art. VI Constitui Crime Punível Recusar ou retardar atendimento de saúde.

A RNP+Ceará, em nome das 1.500 PVHA atendidas mensalmente – destas, 237 presente na nossa reunião mensal na tarde de quinta-feira – 19/05/2016, sendo 192 membros cadastradas que assinaram, deliberou por esta CARTA ABERTA que, nesde momento, coloca dúvida e CONTESTA as metas 90,90,90 considerando principalmente as 143 Pessoas em uso dessa medicação só no Hospital São José, referencia em HIV do Estado
Por fim, Informamos oficialmente, através desta CARTA, à sociedade cearense e aos demais estados o que ocorre neste momento com as pessoas vivendo com HIV e doentes de Aids usuários do SUS, em situação de abandono por falta de responsabilidade do Departamento de Aids do Ministério da Saúde, ou que seja, do Estado do Ceará. Considerando que estes, como é de costume, JOGAM um para o OUTRO a sua responsabilidade. Pedimos o apoio da Frente Parlamentar da Câmara Municipal de Fortaleza, Frente Parlamentar Nacional na Câmara de Deputados, CESAU-Conselho Estadual de Saúde do Ceará, Conselho Municipal de Fortaleza, Comissão de Saúde e Direitos Humanos da Assembléia Legislativa, CNS, Promotoria de Saúde Pública do Estado, Ministério Público Estadual e Federal e ao Movimento de Luta Contra a Aids no Brasil.

VIVER COM AIDS NÃO É POSSÍVEL SEM MEDICAÇÃO!

RNP+CEARÁ, Rede nacional de Pessoas que vive com HIV/Aids.

Maio Amarelo – Sest/Senat promoverá açõe no Terminal João Thomé

O Sest/Senat Fortaleza vai realizar mais uma edição da campanha Maio Amarelo 2016 na próxima quarta-feira, véspera do feriado de Corpus Christi. A ação ocorrerá no Terminal Rodoviário Engenheiro João Thomé, em parceria com a Expresso Guanabara.

Dentre as ações realizadas pelo Sest Senat ligadas ao Maio Amarelo, está o II Comandos de Saúde nas Rodovias, em parceria com a Polícia Rodoviária Federal

O Maio Amarelo é um movimento composto por diversas ações voltadas para a segurança no trânsito e tem como objetivo conscientizar os profissionais dos transportes em relação ao respeito e segurança do pedestre. Isso, através do incentivo e educação dos motoristas com foco na redução do número de envolvidos em atropelamentos.

Quer fazer estágio no Ministério Público Estadual?

O Ministério Público do Ceará, por meio do Núcleo Gestor de Estágio (NUGE), está com inscrições abertas para processo seletivo de formação de cadastro de reserva de estagiários na área de Direito para as unidades da Capital e do Interior.

Para se inscrever no certame, o aluno precisa estar matriculado em uma das 36 Instituições de Ensino Superior (IESs) conveniadas com o MPCE e estar matriculado em qualquer semestre letivo, mas, no ato da convocação, será necessário atestar o cumprimento de 40% dos créditos escolares.

No ato da inscrição, o candidato que optar ser lotado em uma das Unidades Regionais no interior deve informar a unidade onde pretende fazer a prova (Juazeiro do Norte, Iguatu, Quixadá, Russas, Maracanaú, Caucaia, Sobral, Tianguá ou Crateús) e, em caso de convocação, será lotado em qualquer comarca pertencente à referida regional.

Os estagiários terão direito a uma bolsa no valor de R$ 880,00, além do auxílio-transporte de R$ 121,00, e terão que cumprir uma carga horária semanal de 20 horas. A prova será realizada na data provável de 19 de junho de 2016, em local a ser indicado no edital de convocação. Os candidatos serão avaliados por meio de prova escrita objetiva, contendo 50 questões de múltipla escolha, com quatro alternativas cada.

SERVIÇO

*As inscrições deverão ser feitas na página do NUGE até as 23h59min do dia 5 de junho.

  • Mais informações devem ser obtidas junto ao NUGE pelo telefone 3452-3762.