Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Chico Lopes – Senado “cassou” o voto de 55 milhões de brasileiros

327 1

chico lopes

“Essa decisão do Senado de, mesmo sem que haja crime de responsabilidade, autorizar a abertura de processo contra a presidenta Dilma Rousseff, cassa 54 milhões de votos, transforma esses brasileiros em cidadãos de segunda categoria e confirma um golpe contra o Brasil e contra a democracia”, disse, nesta quinta-feira, o deputado federal Chico Lopes (PCdoB ao comentar o afastamento da presidente Dila Rousseff. Foram 55 votos a favor e 22 contra.

Para o parlamentar, o que se viu no Senado foi “um golpe em pleno ano de 2016, com a Constituição sendo ignorada”, complementou Lopes.

Ele afirmou ainda que “não há crime de responsabilidade” contra Dilma, reiterando que “o que foi feito tem nome: golpe!” Chico Lopes conclama a população a continuar denunciado essa situação política do País.

 

Presidente da OAB/CE: Que o povo veja “com bons olhos” a Era Temer

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=SAgJ2wtPDPo[/youtube]

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, regional do Ceará, Marcelo Mota, analisou para o Blog, nesta quinta-feira, a decisão do Senado, que acatou processo de impeachment contra a presidente Dilma, por 55 votos a favor e 22 contra.

Marcelo Mota apelou no sentido de que todos precisam ver com bons o peemedebista Michel Temer,  que, nos próximos 180 dias, estará à frente dos destinos do País.

O dirigente da OAB estadual espera que Temer faça o enxugamento da máquina. Marcelo Mota embarcou para Brasília, onde participará de reunião do Colégio de Presidentes da OAB que, bom lembrar, adotou postura em favor do impeachment de Dila Rousseff.

Humberto Costa – PT não vai incendiar o País

Fotos produzidas pelo Senado

“O senador Humberto Costa (PT-PE), que era líder do governo Dilma no Senado, afirmou logo após a aprovação da admissibilidade do processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff que o PT continuará a luta contra o afastamento definitivo da presidenta no Congresso Nacional, nas ruas com os movimentos sociais e também no Judiciário.

Costa voltou a criticar o processo de impeachment, dizendo que ele “nasceu viciado”, e que Dilma não cometeu crime de responsabilidade.

Apesar de a admissibilidade ter tido uma votação expressiva, com mais de dois terços dos senadores, Humberto Costa ainda acredita numa reviravolta. “Ao longo do julgamento do mérito, muitas coisas podem mudar”. Segundo ele, alguns senadores que voltaram pela admissibilidade disseram que ainda não estão convictos da prática de crime de responsabilidade da presidenta Dilma.”

Costa adiantou que o PT imediatamente já está na oposição, mas “sem incendiar o País”.

Rui Falcão apregoa em nota “Fora Temer!”

299 1

foto PT rui falcão facebook

“O presidente nacional do Partido dos Trabalhadores, Rui Falcão, disse hoje (12), em nota, que foi aberto caminho para a “imposição de um governo ilegítimo”. Ele se refere à aprovação do processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff, do PT, no Senado, no início da manhã, por 55 votos.

“Mais uma vez em nossa história, as elites pisoteiam o voto popular, abrindo caminho para a imposição de um governo ilegítimo”, destaca o documento publicado no site do partido.

Segundo ele, o partido trabalhará para o retorno de Dilma. Com a decisão do Senado, ela será afastada por 180 dias. “Não descansaremos um só minuto até que a presidenta de todos os brasileiros, sufragada em eleições livres e diretas, retorne ao comando do Estado, como é a vontade soberana e constitucional do povo brasileiro”, disse, ao acrescentar que o PT, ao lado dos demais integrantes da Frente Brasil Popular e da Frente Povo sem Medo, continuará mobilizado nas ruas.

Rui Falcão finaliza o texto com a frase: “Fora, Temer!”

Leia a nota na íntegra:

COMUNICADO AO POVO BRASILEIRO

A admissão do processo de impeachment da Presidenta Dilma Rousseff, aprovada pelo Senado Federal, é a continuidade do golpe contra a democracia e a Constituição. Mais uma vez em nossa história, as elites pisoteiam o voto popular, abrindo caminho para a imposição de um governo ilegítimo.

O país está sendo tomado de assalto pelos piores expoentes das oligarquias do poder, da mídia monopolizada e da plutocracia. Incapazes de vencer nas urnas, recorrem à farsa institucional para derrubar uma governante eleita pela maioria do povo brasileiro e que não cometeu qualquer crime.

O revés sofrido neste 11 de maio, perante as forças da infâmia, da traição e do golpismo, será respondido com redobrado ânimo de combate pela restauração constitucional e a absolvição da presidenta Dilma Rousseff, no julgamento de mérito que se realizará dentro de alguns meses.

O Partido dos Trabalhadores, ao lado dos demais integrantes da Frente Brasil Popular e da Frente Povo sem Medo, e em conjunto com todas as forças democráticas, continuará mobilizado nas ruas e instituições nacionais.

(Agência Brasil)

Temer já está com equipe montada e posse ocorrerá nesta quinta-feira

147 1
Discurso de Temer deve durar 10 minutos

Discurso de Temer deve durar 10 minutos

O vice-presidente Michel Temer (PMDB) confirmou, nesta quinta-feira, já estar com seu ministério fechado e que a posse da equipe ocorrerá nesta tarde. Enquanto o Senado votava a admissibilidade do processo de impeachment de Dilma, Temer fechava nomes no Palácio Jaburu.

O peemedebista chegou ao Palácio do Planalto, onde está localizado seu gabinete, depois que a presidente Dilma Rousseff deixou o local em direção ao Palácio da Alvorada, residência oficial da presidência.

Ao deixar o Planalto após discussões sobre a composição de sua equipe, Temer aparentou tranquilidade.

(Com Agências)

Diário Oficial da União traz exonerações dilmistas

O Diário Oficial da União já circula com a exoneração dos ministros da presidente Dilma Rousseff, após a decisão do Senado de afastá-la do cargo por 180 dias.

Apenas dois ministros permanecem: o do Esporte, Ricardo Leyser, para não atrapalhar a organização das Olimpíadas, e o presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, para evitar qualquer agitação no mercado financeiro.

diafriroro

Camilo lamenta saída de Dilma e já apregoa diálogo

CAMILO-SANTANA-1

O governador Camilo Santana (PT) usou seu Facebook, nesta quinta-feira, para se manifestar sobre a votação do Senado que afastou a presidente Dilma Rousseff. Confira:

O Brasil inteiro acompanhou a decisão do Senado Federal pelo afastamento, por até 180 dias, da presidenta Dilma Roussef. Durante todo esse processo de impeachment tenho procurado expressar minha posição, meus pensamentos de forma clara e sincera, até mesmo desapaixonada, sempre na busca da defesa intransigente da justiça, da democracia e do respeito ao Estado de Direito.

Nunca escondi minhas posições. Mesmo contrário a algumas medidas tomadas pelo governo, nunca tive dúvidas da idoneidade e dos bons propósitos da presidenta Dilma. E fiz isso pelo senso de justiça, e não apenas movido pelo sentimento de gratidão por um governo que muito fez pelas classes excluídas de nosso país, sobretudo do Nordeste sofrido, como nunca nenhum outro governo fez até hoje em nossa história.

E é com esse mesmo sentimento que escrevo hoje essas palavras. Continuarei defendendo a democracia. Continuarei lutando contra as desigualdades e as injustiças sociais. E permanecerei, acima de tudo, defendendo os interesses do nosso Ceará e de todos os cearenses.

Que Deus abençoe o nosso país e nos dê a sabedoria e a serenidade necessárias para superar este momento de instabilidade e incerteza. Continuarei amparado no diálogo e na busca de consensos para construirmos um Ceará justo, próspero e seguro.

E a saúde terceirizada?

191 2

Da Coluna Vertical, no O POVO desta quinta-feira (12):

O Ministério Público Estadual comemora não contar mais com terceirizados em cargos efetivos, ou seja, de servidores concursados. Isso só acontece nas áreas de serviços gerais e motoristas. Pois bem, vários servidores da Prefeitura de Fortaleza querem que a Instituição fiscalize e faça valer seu exemplo também nesse âmbito.

De acordo com o Portal da Transparência do Município, de 2014 até agora, a gestão repassou o equivalente a 351 milhões 515 mil 236 reais só para uma terceirizada: o Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar (ISGH).

Se o MP virar os olhos para o Estado, encontrará situação semelhante e essa mesma terceirizada à frente do setor da saúde.

Dilma não descerá a rampa do Palácio do Planalto

A presidente Dilma Rousseff decidiu que não descerá a rampa do Palácio do Planalto, diante do simbolismo de fim de governo. Ao lado do ex-presidente Lula, a presidente afastada nesta quinta-feira (12) deixará o Palácio pela porta da frente.

Dilma já definiu que fará um discurso à militância do PT, no momento em que for oficialmente notificada da decisão do Senado, por volta das 10 horas.

(com agências)

55 a 22 votos – Dilma é afastada

185 1

foto painel senado

A presidente Dilma Rousseff está oficialmente afastada da Presidência da República, por 180 dias, a partir desta quinta-feira (12), após aprovação no Senado da admissibilidade do processo de impeachment por 55 votos a favor e 22 contra.

Dilma é acusada de crime de responsabilidade fiscal, ou seja, por “pedaladas fiscais”.

Dilma deverá ser notificada da decisão ainda na manhã desta quinta-feira.

VAMOS NÓS – 55 votos sinalizam maioria para dois terços. Serão necessários 54 para o afastamento definitivo no julgamento final. Enquanto Dilma terá que articular a derrubada de alguns votos, Temer terá, por sua vez, que mostrar serviço nesses 180 dias. E nesta tarde ainda deve sair a equipe do presidente interino.

Cardozo diz que processo de impeachment é ‘vingança’ e Calheiros inicia votação do afastamento

Terminou há pouco o discurso de defesa da presidente Dilma Rousseff, por meio do advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo. Neste momento, o presidente do Senado, Renan Calheiros, inicia o processo de votação pelo afastamento ou não de Dilma.

Em seu discurso, Cardozo se disse indignado como ninguém no país reage ao impeachment da presidente, que se trata de uma vingança do presidente afastado da Câmara Federal, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

‘Aquele que está chegando pela porta dos fundos’, diz Pimentel sobre Temer

foto josé pimentel senador

O senador cearense José Pimentel (PT) tratou o vice-presidente Michel Temer como “aquele que está chegando pela porta dos fundos”. Em discurso na madrugada desta quinta-feira (12), o líder do PT no Congresso destacou conquistas sociais nos governos Lula e Dilma e criticou a intenção de Temer em fundir o Ministério do Desenvolvimento Agrário com o Ministério do Desenvolvimento Social, diante de “um revés para as políticas voltadas à solução de conflitos no campo”.

Temer mantém cautela mas confirma posse de ministros para esta quinta-feira

A última reunião do vice-presidente da República Michel Temer com aliados políticos antes da decisão no Senado que poderá afastar a presidente Dilma Rousseff terminou na madrugada desta quinta-feira (12). Na saída, Temer disse que vai aguardar a decisão do Senado, ao mesmo tempo em que disse ter a equipe ministerial “praticamente” toda formada.

“Vamos aguardar serenamente o resultado do Senado. Ainda temos algumas horas pela frente. Vamos aguardar esse período com a tranquilidade habitual. Amanhã [hoje] nós praticamente teremos toda a equipe. Amanhã, se as coisas acontecerem, eu vou simplesmente dar posse aos ministros”, disse o vice-presidente, ao explicar que não fará nenhum anúncio de medidas econômicas.

(Agência Brasil)

Tasso Jereissati – É “constrangedor” segundo processo de impeachment em 25 anos

tasso

“O senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) criticou a presidente Dilma Rousseff e o sistema político de ‘imperfeições graves’, durante discurso no plenário do Senado, na votação do processo de impeachment da petista, na noite desta quarta-feira, 12. O tucano lamentou a situação do País que, pela segunda vez em 24 anos, passa por um processo de afastamento de um presidente da República.

“É pela segunda vez que participo (de um processo de impeachment). Nos dois episódios há elementos em comum: o fracasso do modelo político. O modelo que se exariu está na raiz das diversas crises que nos atinge. Não deixa de ser constrangedor estarmos aqui pela segunda vez, em um quarto de século, para julgar um presidente da República”, disse Tasso.

Para Tasso, o Congresso precisa se empenhar em corrigir o atual modelo político para dar maior representatividade aos governantes. O senador acredita que, o sistema vigente, obriga “qualquer presidente da República” a formar um governo de coalizão para se manter no poder.

“Isso gera fragmentação, descontinuidade nas políticas públicas porque não existe integração aos diversos órgãos do governo”, criticou Tasso.”

(Com POVO Online)

  • Veja discurso de Tasso Jereissati aqui.

Salmito diz que ‘judicialização’ da política é ruim para a democracia

foto salmito 150106 cmfor

Para o presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Salmito Filho (PDT), um poder não deve interferir no outro, diante do dano à democracia. “A judicialização da política é muito ruim para a democracia. Quem transforma uma realidade para melhor não é o Poder Judiciário, mas a política”, afirmou o presidente do Legislativo de Fortaleza, nesta quarta-feira (11), ao apontar as últimas interferências a nível nacional do Judiciário no Poder Executivo. Salmito ressaltou ainda que a judicialização da política extrapola a apuração de crimes de corrupção por parte de políticos.

Sobre o futuro do país, em um eventual governo Temer, Salmito afirmou que o PDT manterá a sua política de um projeto para o Brasil de hoje e de amanhã e que os irmãos Ciro Gomes e Cid Gomes ultrapassaram a cultura de cargos, pois o próprio Ciro recusou convite para ministério no governo Dilma.

As declarações do presidente do Legislativo de Fortaleza foram feitas durante entrevista coletiva na entrega do Plano Fortaleza 2040, de iniciativa da Prefeitura de Fortaleza, por meio do Instituto de Planejamento de Fortaleza (Iplanfor).

“É um projeto para a cidade, uma política para além dos partidos, coligações e Governo, e que deverá ser institucionalizada como uma ferramenta de planejamento, tendo como exemplo o Plano Plurianual”, comentou Salmito, ao parabenizar o prefeito Roberto Cláudio e o presidente do Iplanfor, Eudoro Santana.

Ministros de governo Temer podem tomar posse amanhã, diz Jucá

O senador Romero Jucá (PMDB-RO) disse nesta quarta-feira (11) que os ministros do possível governo Temer poderão tomar posse na tarde desta quinta-feira (12). O anúncio da nova equipe, caso o Senado vote pelo afastamento de Dilma, ocorrerá logo após a presidente Dilma Rousseff receber a notificação e de Temer ser comunicado que assumiu a Presidência da República.

Segundo Jucá, Dilma deve ser notificada por volta de 10h ou 11h, a depender do final da votação desta quarta-feira. A expectativa é que Temer seja comunicado na sequência de que assumiu a presidência e o anúncio da equipe ministerial deve ocorrer logo em seguida.

O peemedebista não informou quantos ministros tomarão posse. Segundo ele, Temer já pretende ocupar amanhã o gabinete da Presidência da República, no Palácio do Planalto. “Não há vácuo no poder.”

(Agência Brasil)