Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Fiec promove debate sobre redução de custo na área de energia

Os empresários do setor industrial do Ceará discutirão mecanismos para redução de custos na área de energia. O encontro ocorrerá quin ta-´feira,  a partir das 8 horas, no auditório do quinto andar da sede da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec).

Na ocasião, será proferida palestra pelo especialista Alan Zelazo, sócio-diretor da Focus Energia e que também atuou na EDP Energia. A palestra integra o Fórum de Competitividade Industrial do Programa para Desenvolvimento da Indústria.

A energia, segundo os empresários, representa,​ em algumas atividades, um dos mais importantes fatores de custo de produção, o que implica diretamente na competitividade das organizações.

SERVIÇO

*As inscrições,​​ gratuitas,​ podem ser efetuadas pelo formulário: ​​https://goo.gl/JtM0sH
Informações pelo e-mail foruns@sfiec.org.br

Defensores Públicos farão corpo a corpo na Assembleia em defesa do orçamento integral

sandrassa

Com o mote “O Ceará Sem Defesa”, a Associação dos Defensores Públicos do Estado (Adpec) inicia, nesta terça-feira, uma campanha com o objetivo de chamar a atenção da sociedade e dos poderes Executivo e Legislativo para a necessidade de incremento no orçamento da Defensoria Pública do Estado.

A presidente da Adpec, Sandra Sá, explica que, de cada R$ 100,00 investidos nos órgãos autônomos do Sistema de Justiça, apenas R$ 8,85 vão para a Instituição, o que exige aumentar o orçamento para garantir expansão da defensoria em todo o Estado. Na proposta do orlamento que o governador Camilo Santana enviou para a Assembleia, a DPCE tem sua proposta reduzida em R$ 83 milhões (era de R$ 193 milhões).

“Enquanto tiver essa desigualdade orçamentária, não podemos falar em acesso universal à Justiça”, acentua Sandra, justificando que em 73% dos municípios do Ceará não existem defensores públicos titulares.

A campanha, assinada pela Loa Publicidade, inclui outdoors, spots em rádio, veiculação de VTs no interior do Estado, material de divulgação nas mídias sociais, folders, panfletos, bottons, banners e faixas.

(Foto – Divulgação)

Entidades dos professores fará mobilização em Brasília

A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) vai promove, nesta quarta-feira, em Brasília, a “Mobilização Geral em Defesa da Valorização da Escola Pública e de Seus Profissionais”. Para isso, convoca seus filiados. No Ceará, a articulação ficou por conta do Sindicato Apeoc.

Representantes dos sindicatos de educação de todo o País entregarão na data aos deputados federais e senadores os projetos de Nacionalização da Carreira, Piso Unificado e Royalties para garantir Valorização dos Profissionais da Educação e da Escola Pública.

Na mesma quarta-feira, o Sindicato Apeoc realizará o “Café da Manhã para Valorização da Escola Pública e de Seus Profissionais”, na Assembleia Legislativa, a partir das 8 horas. O sindicato reivindicará dos parlamentares estaduais apoio para a luta da categoria.

Energia Solar – Empresas cearenses podem ser minigeradoras e reduzir gastos da conta da luz

energiaaa
Tâmara Cidade, representante de Hélio Energias, e Dale Vander Would, presidente do grupo.

Em tempos de reorganização financeira, muitas empresas procuram soluções seguras sobre como reduzir gastos em suas unidades. Muitas, durante o processo, acabam se deparando com a dúvida: “como conseguir diminuir as contas no fim do mês, mantendo o mesmo nível de produção?”. Uma das soluções, não só financeira, mas ambiental, é a implantação de sistemas de energias renováveis. Em pleno crescimento no país, está o setor da energia solar (147,7% em 2015, ante 2014, de acordo com a Câmara de Comercialização de Energia ​Solar).

Nesse cenário, chega a Hélio Energias Renováveis, uma empresa fundada por grupo cearense. Com foco em empresas e indústrias, a ideia é reduzir custos para o setor, inclusive no momento da instalação, por meio de um sistema de contrato de aluguel sem custo inicial para o cliente.

​O primeiro parque gerador de energia da empresa será inaugurada no próximo dia 18, às 10 horas, no Centro de Distribuição da rede de Farmácias Pague Menos, em Fortaleza. Com capacidade de gerar até 150kw, o equivalente para abastecer aproximadamente 145 residências por mês, o sistema poderá produzir até 19.200kwh/mês, evitando a emissão de 230 toneladas de CO2 na atmosfera.

O sistema usa 588 placas fotovoltaicas, ocupando 988m2, instaladas no telhado do Centro de Distribuição, estrategicamente dispostas para receber maior incidência solar ao longo do dia, aproveitando assim a capacidade máxima de produção do sistema. A energia produzida nas placas são enviadas para sete inversores instalados no prédio, que por sua vez enviam para o medidor bi-direcional, que irá equilibrar a entrada de energia produzida pela minigeradora e a energia do sistema elétrico.

Sobre a Helio Energias Renováveis

A Helio Projetos em Energia Renovável Ltda. ou Helio Energias Renováveis, é uma provedora de projetos solares com foco no desenvolvimento e financiamento de longo prazo para clientes comerciais e industriais. A abordagem de Helio é a instalação de sistemas de energia de alta qualidade, de acordo com padrões internacionais de engenharia, realizando o projeto de forma simples, fácil e acessível para seus clientes. Atualmente, a Hélio atende clientes comerciais e industriais em todos os estados do Brasil, com ênfase particular na sua sede em Fortaleza, Ceará.

Sobre as Farmácias Pague Menos

As Farmácias Pague Menos (www.paguemenos.com.br)são a primeira rede varejista presente nos 26 estados da Federação e no Distrito Federal. Mantêm um crescimento médio anual (CAGR) de 20% nos últimos dez anos, um dos maiores índices de crescimento contínuos do Brasil.
SERVIÇO

*Centro de Distribuição da Pague Menos – Rua Rua Francisco Cordeiro, 300 – Jacarecanga.

CNJ – Magistrado receber por palestra é ilegal

A Constituição e a Loman (Lei Orgânica da Magistratura Nacional) vedam aos magistrados o exercício de qualquer outro cargo, salvo o do magistério.

Assim, o conselheiro e ouvidor do Conselho Nacional de Justiça, Fabiano Silveira, determinou que uma comissão permanente do órgão promova “estudos aprofundados” sobre os casos de magistrados que recebem dinheiro para ministrar palestras.

A reportagem da Folha de S.Paulo cita que quatro ministros do Tribunal Superior do Trabalho receberam pagamentos do Bradesco por palestras desde 2013, mas não se declaram impedidos de julgar casos que têm o banco como parte.

Memória – Humberto Teixeira ganhará Ordem do Mérito Cultural

humbrtoteixeira

O centenário de Humberto Teixeira, celebrado em 2015, ganhou um novo marco nesta quinta-feira, Dia Nacional da Cultura. O compositor cearense que foi parceira de Luiz Gonzaga, o “Rei do Baião”, está entre os agraciados com a Ordem do Mérito Cultural.

Esta é a principal comenda do Governo Federal para o setor artístico e cultural e a indicação de Humberto Teixeira para o processo foi apresentada em maio último pelo deputado federal Chico Lopes (PCdoB) e pelo ex-senador Inácio Arruda (PCdoB).

A solenidade de entrega da Ordem, in memoriam, acontecerá nesta segunda-feira, às 20 horas, no Palácio do Planalto, com a participação da presidenta Dilma Rousseff, do ministro da Cultura, Juca Ferreira, e da filha do compositor, Denise Dumont.

Petroleiros em greve realizarão ato em Fortaleza

belem

Grupo da Fazenda Belém, em Icapuí, aderiu á paralisação.

Nesta terça-feira, às 10 horas, na Praça do Ferreira, os petroleiros realizarão um ato marcando o décimo dia de paralisação da categoria. Com eles, estarão representantes de diversos movimentos sociais. O objetivo é a defesa da greve e da Petrobras.

A categoria afirma que a greve não é por questão salarial, mas em defesa da Petrobras, sob ameaça de um processo de privatização.

DETALHE – Nesta segunda-feira, os trabalhadores do campo terrestre Fazenda Belém, situado no município de Aracati (Litoral Leste) aderiram ao movimento grevista nacional.

DETALHE 2 – Em Paracuru, a contingência formada por supervisores e engenheiros retomou poços em Xaréu. Produção atinge máxima de 54% de Óleo e Gás. O Sindipetro diz que a estatal utiliza-se de “horas extras ilegais e regimes de sobrejornada abusivas para manter a produção”.

(Foto – Comando de Greve)

Servidores municipais e estaduais buscam percentual do reajuste salarial para 2016

O Fórum Unificado dos Servidores e Empregados Públicos Municipais (Sindifort) fará encontro, às 9 horas desta terça-feira, na sede do sindicato. Hora de debater o índice que a categoria reivindicará de reajuste para 2016. Isso, com técnicos do Dieese. 

Já os servidores estaduais, através da Mesa de Negociação com o Governo, aguardam a chegada do secretário do Planejamento e Gestão, Hugo Figueiredo, da Europa. O titular da Seplag trata ali de um doutorado e só deve retornar no dia 20, quando vai receber grupo de servidores. O mote é o mesmo: a pedida do reajuste salarial 2016, aproveitando a tramitação da mensagem orçamentária.

Diário Oficial da União traz lei de combate ao bullying

“A presidenta Dilma Rousseff sancionou a lei que institui o programa de combate ao bullying. O texto publicado na edição de hoje (9) do Diário Oficial da União prevê que as escolas, clubes e agremiações recreativas desenvolvam medidas de conscientização, prevenção e combate ao bullying. A lei entra em vigor em 90 dias.

Como parte do programa devem ser realizadas campanhas educativas, além de orientação e assistência psicológica, social e jurídica às vítimas e aos agressores.

A lei estabelece que os objetivos propostos pelo programa poderão ser usado para fundamentar ações do Ministério da Educação, das secretarias estaduais e municipais de educação e também de outros órgãos aos quais a matéria diz respeito. Entre os objetivos do programa está a capacitação de docentes e equipes pedagógicas para a implementação das ações de discussão, prevenção, orientação e solução do problema.

De acordo com o texto da lei, a punição aos agressores deve ser evitada, tanto quanto possível, “privilegiando mecanismos e instrumentos alternativos que promovam a efetiva responsabilização e a mudança de comportamento hostil”.

O texto caracteriza o bullying como todo ato de “violência física ou psicológica, intencional e repetitivo, que ocorre sem motivação evidente, praticado por indivíduo ou grupo, contra uma ou mais pessoas, com o objetivo de intimidá-la ou agredi-la, causando dor e angústia à vítima em uma relação de desequilíbrio de poder entre as partes envolvidas”.

Os entes federados poderão firmar convênios e estabelecer parcerias para implementar e executar os objetivos e diretrizes do programa.”

(Agência Brasil)

Índice de Confiança do Comércio caiu 26,5% em outubro

queda-vendas-comercio

“O Índice de Confiança do Empresário do Comércio (Icec), medido pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), teve queda de 26,5% em outubro deste ano, na comparação com o mesmo período do ano passado. Essa é a 27ª queda consecutiva do indicador nesse tipo de comparação.

Na comparação com setembro deste ano, houve um recuo de 3%, marcando a quarta queda consecutiva do indicador na comparação mensal.

O recuo anual de 26,5% foi provocado principalmente pelas avaliações dos empresários do comércio em relação ao momento atual. A avaliação das condições atuais caiu 48,2%, com piora nas opiniões sobre a economia (-65,8%), no comércio (-47%) e na própria empresa (-38,3%).

As expectativas em relação ao futuro caíram 16%, devido a recuos nas pontuações das expectativas em relação à economia (-22,6%), do comércio (-15,5%) e da empresa (-11%).

Em relação aos investimentos, a confiança em outubro deste ano estava 24,6% menor do que em outubro de 2014, com quedas na intenção de contratação de funcionários (-30,8%), nos investimentos na empresa (-33,7%) e nos estoques (-5,8%).”

(Agência Brasil)

Polícia Judiciária e Defensoria Pública – Falta política de valorização para essas Instituições

Com o título “Causas concorrentes da Impunidade”, eis artigo do professor e advogado Irapuan Diniz de Aguiar. Ele bate na tecla de que a Polícia Judiciária, no caso a Civil, e a Defensoria Pública precisam ser prestigiadas com expansão dos recursos humanos e materiais. Falta política de valorização para esses segmentos, segundo Aguiar. Confira:

A impunidade é, indubitavelmente, uma das causas mais diretamente ligadas à problemática da criminalidade e violência. A lei, por sua vez, constitui-se no instrumento mais poderoso de que dispõe o Estado democrático para regular as relações entre seus cidadãos e, por meio dela, coibir os excessos praticados. Quando a legislação se apresenta disforme ou arcaica, torna-se fonte de abusos e arbitrariedades traduzindo a certeza, hoje tão forte, da impunidade.

Neste cenário há, na atualidade, um esforço do Poder Judiciário em se modernizar e se adequar aos novos tempos, consciente de que a Justiça, além de rápida, tem que estar próxima do povo. Os Juizados Especiais e a introdução de mecanismos tecnológicos de acesso são uma tentativa nessa direção. Há, contudo, a necessidade do Poder Executivo vir a se somar a esse esforço. Infelizmente, vê-se um completo alheamento da Polícia Judiciária e da Defensoria Pública no processo, à falta de estrutura material e humana que lhes permitam dar respostas rápidas às demandas da comunidade.

Com efeito, a despeito da Polícia Judiciária e da Defensoria Pública, serem instituições públicas da maior relevância para a promoção de uma boa Justiça, eis que essenciais à função jurisdicional do Estado, inexistem políticas governamentais de valorização dos profissionais que integram seus quadros.

O fato é mais grave em relação à Polícia Civil. Alçada ao patamar constitucional há sido, desde então, relegada a plano inferior na estrutura estatal. Por mais paradoxal que pareça, à medida que o crime sofisticou-se e que a sociedade evoluiu cultural, técnica e educacionalmente, a instituição policial regrediu. A capacitação de seus quadros em áreas específicas nos cursos promovidos pela AESP, tais como técnica de interrogatório, prática cartorária, criminalística, criminologia, legislação processual penal, organização e administração policiais, ainda são muito tímidas.

O Delegado de Polícia, a quem cabe a direção do órgão e a presidência dos inquéritos policiais, é discriminado em relação aos integrantes das demais carreiras jurídicas estaduais, no caso os Procuradores do Estado e os Defensores Públicos. Cumpre lembrar que a elucidação das mais diversas modalidades delituosas, pressupõe a existência, não apenas de uma instituição alicerçada numa base técnico-científica, mas especialmente numa política de pessoal que prestigie aqueles que compõem esta importante e complexa área da administração.

De resto, é procurar estreitar, cada vez mais, as ações dos órgãos envolvidos na cadeia institucional de realização da justiça, cujos procedimentos se iniciam com o inquérito policial, passando pela denúncia do MP e o julgamento dos feitos pela Justiça, sem esquecer a assistência, sempre presente, da advocacia estatal. Não basta, por conseguinte, a modernização do Judiciário se a ela não se seguir à modernização e instrumentalização dos organismos que lhe dão suporte.

Eunício Oliveira rebate Ciro e diz não ser mais sócio de empresa terceirizada da Petrobras

87 1

foto eunício

Do líder do PMDB no Senado, Eunício Oliveira, recebemos resposta dele às acusações de Ciro Gomes. Numa entrevista, nesta segunda-feira, para o Blog, o ex-ministro informou que vai processá-lo por tê-lo comparado a “batedor de carteira”, no que também disparou novos ataques ao peemedebista, questionando participação dele em empresa terceirizada a serviço da Petrobras. Eunício rebateu assim:

Caro Eliomar de Lima,

1º Processo contra o senhor Ciro Gomes, eu tenho mais de 40. Acabei, inclusive, de ganhar três pelas agressões sofridas durante a campanha e via Facebook;

2º Em 1997, saí da empresa a que ele se refere, em 2010. Vendi todas as ações. Portanto, é mais uma das calúnias que ele faz não apenas contra mim, mas contra todos os seres humanos que não são seus seguidores;

3º Ele não respondeu o que eu falei na Rádio O POVO e ignora a entrevista, vindo com velhas, repetidas e levianas acusações contra mim. Ele já responde, inclusive, na Justiça por isso.

* Eunício Oliveira.

DETALHE – Na entrevista à Rádio O POVO/CBN, Eunício questionou Ciro sobre crédito para a CSN que, depois, o recebeu como diretor. Também citou caso de carta distribuída por ex-diretor do BNB pedindo apoio para campanha e que teria o aval de Ciro Gomes.

Vai faltar água no Papicu, Dunas, Cidade 2000, Praia do Futuro, São Pedro e Santa Teresinha

Essa informação é do site da Cagece:

Para atender às necessidades das obras de implantação do túnel da avenida Engenheiro Santana Júnior sob a avenida Padre Antônio Tomás, de responsabilidade da Prefeitura de Fortaleza, a Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) realiza amanhã (10), a partir das 7 horas, serviço de remanejamento de um trecho da adutora de abastecimento de água localizada na avenida Padre Antônio Tomás.

Para realização do serviço, será necessário suspender o abastecimento de água em alguns bairros da área leste da cidade até às 22h desta terça-feira. Serão afetados com a suspensão do abastecimento os bairros Praia do Futuro, Dunas, Papicu, Cidade 2000, São Pedro e Morro Santa Teresinha.

A Cagece orienta aos cidadãos que reservem água para os afazeres domésticos, antes que a paralisação aconteça. Durante a execução do serviço, a orientação é que a água seja consumida com moderação, privilegiando o consumo humano e as atividades essenciais.

O abastecimento da água voltará ao normal, gradativamente, após a finalização do serviço, chegando primeiramente nas áreas mais centrais até alcançar o completo equilíbrio do sistema, que poderá ocorrer em até 48 horas após o término do serviço.

Qualquer solicitação ou reclamação, a Cagece disponibiliza atendimento 24 horas por dia, através do telefone 0800.275.0195. Além disso, através do aplicativo da Cagece (gratuito, disponível para IOS e Android), qualquer cidadão pode acionar a empresa de forma imediata, pelo celular.

SERVIÇO

*Outras informações também podem ser obtidas através do site www.cagece.com.br.

Natal de Luz terá show do cantor Fábio Júnior

148 1

193597_36 (1)

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Fortaleza lançará nesta terça-feira, durante café a manhã, em sua sede, o XIX Natal de Luz. Na ocasião, Severino Ramalho, presidente da entidade, apresentará para a imprensa e convidados, toda a programação da festa.

A abertura oficial ocorrerá no próximo dia 27, às 17 horas, na Praça do Ferreira, com a chegada do Papai Noel.

O tradicional Coral Infantil iniciará na data a agenda de apresentações. O encerramento da programação terá show do cantor Fábio Júnior no dia 27 de dezembro.

Um Papa contra a Cúria Retrógada

42 3

Com o título “Papa Francisco contra-ataca”, eis o Editorial do O POVO desta segunda-feira. Todo apoio ao religioso nessa sua luta por uma Igreja, de fato, para os pobres. Confira:

Os fieis que compareceram à Praça de São Pedro, no Vaticano para receber a bênção do Ângelus ouviram do papa Francisco a promessa de continuar as reformas na Igreja e a determinação de enfrentar o novo escândalo de vazamento de documentos financeiros secretos que expuseram a vida de esbanjamento de altos quadros da Cúria Romana. Dois livros com as novas revelações demonstram o quanto é difícil a batalha enfrentada pelo pontífice para imprimir sua linha na Igreja.

O papa mostrou-se indignado nos últimos dias, desde que as novas revelações vieram à tona, pois entendia que já havia deixado claro aos prelados resistentes às mudanças, que estas vieram para valer. Talvez, a idade avançada do pontífice tenha levado alguns a suporem que empurrando as coisas com a barriga seria possível protelar as reformas, tempo suficiente para a vinda de um papa mais palatável. Mas, isso parece fazer com que Francisco se empenhe ainda mais em levar adiante as mudanças. Certamente, apesar do sofrimento interior ele não pretende renunciar, como fez Bento XVI, depois de ter as forças exauridas no empenho de mudar uma burocracia modorrenta e que se agarra a privilégios.

Para o papa Francisco, é intolerável que enquanto ele denuncia as mazelas de uma sociedade ocidental hedonista, que só dá relevo ao prestígio, ao poder e ao dinheiro, no próprio coração da Igreja existam segmentos que insistem em continuar de mãos dadas com esse sistema. Ademais, ele tem feito um esforço enorme para reaproximar a Igreja do mundo dos explorados e do mundo do trabalho e toda essa articulação é posta em xeque quando os próprios responsáveis pelo sistema financeiro do Vaticano têm se portado como dirigentes de qualquer instituição financeira mundana, fazendo aplicações duvidosas, inclusive, criminosas – como a lavagem de dinheiro – para grupos cujas atividades são incompatíveis com os princípios cristãos.

O desgosto do papa é com o fato de que ele já vinha tomando iniciativas de moralização, desde que assumiu a cadeira papal, e agora descobre que houve vazamentos passando a impressão de que as coisas não têm mudado, quando na verdade sua luta apenas começou e sua determinação é leva-la até o fim.

O novo capítulo que se abre, ao contrário do pretendido pelos críticos das mudanças, fará, com toda probabilidade, que elas avancem com uma velocidade ainda maior.

Prefeito de Quixeramobim enfrenta crises na saúde e no abastecimento de água

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=7zqmnRmGqdk[/youtube]

O prefeito de Quixeramobim, Cirilo Pimenta (PDT), seguiu para Brasília nesta segunda-feira em busca de recursos para manter as atividades do Hospital Municipal Pontes Neto.

Cirilo diz que a Prefeitura gasta R$ 2 milhões e atende ali oito mil pessoas por mês, enquanto o Governo do Estado só garantiu R$ 200 mil, justificando não ter mais recursos.

Sobre a situação de abastecimento d’água de Quixeramobim, o prefeito Cirilo Pimenta informou que luta pela construção de uma adutora de engate rápido.

Benefícios da AGU causam ciumeira na PF e Receita Federal

“A Receita e a Polícia Federal estão incomodadas com o tratamento dado pelo governo Dilma Rousseff à Advocacia-Geral da União (AGU).

O Ministério do Planejamento anunciou recentemente uma série de benefícios para a AGU apelidado pelos outros órgãos de “pacote de bondades do ministro Adams”.

Os advogados da União vão receber 3 mil reais de participação nos honorários advocatícios e redução de jornada de trabalho para advocacia privada.

A PF e os auditores e fiscais da Receita se sentem desprestigiadas no governo.”

(Coluna Radar, da Veja Online)

Dois cearenses integram comissão que atualizará a legislação esportva do País

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=XvvIGq5HA2E[/youtube]

O senado criou uma comissão especial formada por juristas para atualizar toda a legislação na área esportiva do País. A comissão, instalada na semana passada, em brasília, terá 180 dias para apresentar um anteprojeto.

Dois cearenses integram essa comissão de juristas: o advogado Álvaro Melo Filo, que dá consultoria para clubes e entidades esportivas no País e no exterior, e o presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), Caio Rocha.

Nesta segunda-feira, o presidente do STJD, Caio Rocha, conversou com o Blog sobre o trabalho dessa comissão. Ele não quis falar sobre a onda de denúncias envolvendo a CBF, o que gerou uma CPI.

Inflação neste ano pode fechar em 9,9%, projetam instituições financeiras

“As Instituições financeiras consultadas pelo Banco Central (BC) esperam que a inflação, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), chegue a 9,99%, este ano. Na semana passada a previsão era 9,91%. Esse foi o oitavo ajuste seguido na estimativa. Para 2016, a projeção sobe por 14 semanas consecutivas. De acordo com o boletim Focus, divulgado hoje (9), a estimativa passou de 6,29% para 6,47%, no próximo ano.

A projeção para o próximo ano está chegando perto do teto da meta 6,5%. O centro da meta de inflação é 4,5%. Na última quinta-feira (5), o diretor de Política Econômica do BC, Altamir Lopes, admitiu que a inflação só deve ficar em 4,5% em 2017. Lopes disse que o BC adotará as medidas necessárias para levar a inflação o mais próximo possível da meta, em 2016, e chegar a 4,5%, em 2017. O diretor também disse que não vê a possibilidade de rompimento do limite superior da meta, 6,5%, em 2016.

Anteriormente, o BC esperava chegar ao centro da meta de inflação no próximo ano. Na última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), responsável por definir a taxa básica de juros, a Selic, a expectativa mudou para 2017. Na ata da última reunião do Copom, o BC diz que as indefinições e alterações significativas na meta fiscal mudam as expectativas para a inflação e criam uma percepção negativa sobre o ambiente econômico.

Para tentar levar a inflação ao centro da meta em 2016, o Copom elevou a taxa básica de juros, a Selic, por sete vezes consecutivas. Na reunião de setembro e de outubro, o Copom optou por manter a Selic em 14,25% ao ano.

A expectativa das instituições financeiras é que o Copom mantenha a Selic em 14,25% ao ano, na última reunião de 2015, marcada para os dias 24 e 25 deste mês. Para o final de 2016, a expectativa para a Selic passou de 13% para 13,25% ao ano.”

(Agência Brasil)