Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Inflação volta a subir e acumulado em 12 meses chega a 9,32%

Dragao_da_inflacao

“A inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo – IPCA voltou a subir, fechando o mês de maio em 0,78%, resultado 0,17 ponto percentual superior ao de abril, que foi de 0,61%. Esta é a taxa mais elevada para os meses de maio desde 2008, quando atingiu 0,79%. Os dados relativos ao Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a inflação oficial do país, foram divulgados hoje (8), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Com a alta de maio, o IPCA passa a acumular variação de 4,05% nos primeiros cinco meses do ano, resultado, no entanto, inferior em 1,29 ponto percentual aos 5,34% de igual período em 2015.

O IPCA acumulado dos últimos doze meses (a taxa anualizada) ficou em 9,32%, ligeiramente acima dos 9,28% relativos aos doze meses imediatamente anteriores. Em maio de 2015, o IPCA fechou em 0,74%.

A principal contribuição para a alta de maio veio do grupo habitação, que subiu 1,79%, e colaborou com 0,27 ponto percentual para o IPCA do mês, tendo como principal contribuição para a aceleração do grupo a taxa de água e esgoto, com alta de 10,37%. Foi o item de maior contribuição individual no mês, com 0,15 ponto percentual.

Ainda no grupo habitação, outros itens importantes exerceram pressão no IPCA do mês: energia elétrica (2,28%), mão de obra para pequenos reparos (0,87%), artigos de limpeza (0,85%) e condomínio (0,79%). Energia elétrica, com alta de 2,28%, também exerceu pressão sobre o grupo habitação.”

(Agência Brasil)

O governador veste branco

212 1

camircc

O governador Camilo Santana (PT) entrou a semana só usando camisa branca. Ontem, na sede da Secretaria da Segurança Pública e defesa Social, quando divulgou redução de homicídios em maio último, repetiu a dose.

As camisas vermelhas do guarda-roupa de Camilo desbotaram? Eis a pergunta que muitos da cena política estão fazendo.

Principalmente depois que a ex-prefeita Luizianne Lins conseguiu sair como pré-candidata em Fortaleza contra desejos de Camilo pró-reeleição de Roberto Cláudio (PDT).

(Foto – Evilázio Bezerra)

Lava Jato não tem volta

Com o título “Instabilidade política e crise econômica”, eis o Editorial do O POVO desta quarta-feira. Confira:

Desde que Michel Temer assumiu a Presidência da República em 12 de maio, não houve dia em que a cúpula do Governo e próceres do PMDB não fossem alvo de constrangimentos, suspeitas e denúncias por causa de desdobramentos da Operação Lava Jato. Nada indica que será diferente até o fim das investigações. Afinal, o PMDB, partido que era presidido por Temer, foi um dos sócios principais, juntamente com o PT, do esquema de corrupção que assolou o País.

Há a clara percepção de que não há força política capaz de desviar os rumos da Lava Jato. Todas as tentativas nesse sentido fracassaram. Pior, seus autores entraram no radar da Operação. Alguns estão sendo ou já foram denunciados. Portanto, é possível dizer que as investigações vão prosseguir e, com certeza, provocarão mais instabilidades políticas. Seus alvos principais terão quase sempre ligações com a ex ou com o atual presidente da República.

Até aqui, o presidente Michel Temer não foi afetado de maneira grave pelas investigações da Lava Jato. Há citações do seu nome por parte de um ou dois delatores, mas nada que tenha levado a Procuradoria da República a abrir uma investigação específica ou a formular uma denúncia. Não deixa de ser este um fator de estabilidade do Governo.

É fato que a crise econômica, para ser superada mais rapidamente, exige alguma estabilidade política. É bom que o Governo Federal não conte com isso para dar sequência ao conjunto de medidas que visam inverter a histórica sequência de meses a fio de recessão. É por isso que o presidente em exercício agiu corretamente ao montar uma equipe econômica que parece ser imune aos desdobramentos da Lava Jato.

O Brasil ainda vai conviver durante meses com um delicado processo político e institucional enquanto, paralelamente, fará imensos esforços para sair da crise econômica. Não há outro cenário possível que não a convivência entre essas duas circunstâncias que, na prática, se opõem entre si. Uma faz carga contra a outra. É um quadro que exigirá imensa maturidade tanto da sociedade quanto das instituições.

Receita libera nesta quarta-feira consulta ao primeiro lote de restituições do IR 2016

“A consulta ao primeiro lote da restituição do Imposto de Renda 2016 será liberada nesta quarta-feira, a partir das 9 horas, pela Receita Federal. O pagamento será feito uma semana depois, no dia 15. Também serão liberadas novas informações sobre restituições de 2008 a 2015.

Nesse lote serão contemplados 1.612.930 contribuintes (1.598.549 para o IR 2016), que receberão um total de R$ 2,65 bilhões. Conforme determina a lei, os contribuintes foram escolhidos por dois critérios. São 1.499.168 idosos e 113.762 pessoas com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave.

A consulta pode ser feita na página da Receita na internet (http://idg.receita.fazenda.gov.br/) ou por meio do aplicativo para tablets e smartphones ou pelo telefone 146. Quem ainda não teve a restituição liberada também pode verificar se há alguma pendência, por meio do serviço e-CAC (https://cav.receita.fazenda.gov.br/eCAC/publico/login.aspx).”

(Com a Folhapress)

Shopping Benfica marcou presença olímpica

shopingg

Sob a liderança do empreendedor João Soares Neto, a equipe do Shopping Benfica e da Planos Técnicos do Brasil se reuniu, nessa noite de terça-feira, na rua São Paulo para saudar a passagem da Tocha Olímpica por Fortaleza.

Para João Soares, um momento único para Estado e o País e, por isso, digno
“de todo esforço para ser acompanhado de perto”.

(Foto – Divulgação)

Família Machado e uma devolução bilionária

181 1

sergio-machado

O ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, atolado no Petrolão com os três filhos, poderá devolver R$ 1 bilhão no acordo de delação premiada. É o que se comenta na Procuradoria Geral da República, em Brasília.

Bom lembrar que Machado fez delação, que envolveu figurões do seu partido, o PMDB, no escândalo da Lava Jato. Sarney, Renan Calheiros e Romero Jucá apareceram em conversas gravadas e, nas últimas horas, tiveram pedido de prisão feito pelo procurador-geral Rodrigo Janot.

 

Governo estuda fusão da Caixa com Banco do Brasil

642 1

caixa

“A equipe econômica está debatendo o futuro da Caixa Econômica Federal. Estão sendo retomados os estudos iniciados nos anos 90 para tornar a Caixa uma instituição menor e centrada no negócio imobiliário. Negócios como seguradora, cartões, crédito para empresas e o varejo seriam fundidos às operações do Banco do Brasil.

O objetivo seria acabar com a caixa-preta em que o banco se transformou, tirando dos governantes a tentação de usá-la como nos últimos anos. “É uma solução ousada, mas que de fato saiu da gaveta e está em discussão”, diz um executivo com conhecimento do assunto à revista Exame.

O Ministério da Fazenda e a cúpula da Caixa Econômica não comentam o assunto.”

(Revista Exame)

Turismo – Ceará espera atrair mais ‘hermanos’ em meio à crise no Brasil

Darlan-Teixeira-Leite

Da Coluna Vertical, no O POVO desta quarta-feira (8):

A taxa de ocupação da rede hoteleira cearense, no momento, bate nos 30 a 40 por cento, segundo o vice-presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (Abih), regional do Ceará, Darlan Leite. Ele credita essa situação à crise, que faz o brasileiro reduzir despesas com viagens.

Para julho, Darlan não anda nada otimista, mas há uma campanha de mídia sendo articulada pela Secretaria do Turismo com a Abih para aquecer o mercado não só com brasileiros, mas, também, com argentinos.

Nessa terça-feira (7), em São Paulo, a Setur fez reunião com a Gol e a agência CVC tratando dessa campanha e da possibilidade de mais uma frequência de Buenos Aires para a Capital cearense (atualmente opera uma aos sábados). Se isso tudo der certo, será gol de placa.

Meirelles: País só volta a crescer se Congresso aprovar medidas econômicas

A crise econômica decorre do desequilíbrio fiscal, não da situação política do país, disse na noite dessa terça-feira (7) o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles. Ele, no entanto, cobrou empenho do Congresso e declarou que a economia só voltará a crescer se os parlamentares aprovarem as medidas econômicas de interesse do governo.

“A crise econômica foi gerada pela crise fiscal e só será resolvida pela questão fiscal. Vamos prosseguir o nosso trabalho normalmente. Acredito que, se as medidas forem aprovadas no devido tempo, e acreditamos que serão pelo Congresso, certamente o Brasil voltará a crescer dentro do potencial que merece e que tem para crescer e voltar a gerar emprego”, disse o ministro.

Meirelles não se comprometeu com uma estimativa de quando a economia vai se recuperar. Disse apenas que o governo está trabalhando para que seja o mais rápido possível. Segundo ele, a arrecadação voltará a crescer somente depois que o Congresso aprovar o projeto que cria um teto para o crescimento dos gastos públicos, o que permitirá a retomada da confiança em relação à economia brasileira.

Em relação à renegociação da dívida dos estados, Meirelles disse que recebeu a proposta das unidades da Federação, mas que só fará uma contraproposta depois de se reunir com a equipe econômica e com os próprios governadores. “Prosseguiremos para a confecção da nossa proposta final aos estados. Não só equacionando a questão atual, mas também, visando a evitar que existam problemas futuros iguais a este, eliminar a recorrência desse tipo de situação”, acrescentou. O encontro entre o ministro e os governadores está previsto para esta quinta-feira (9).

O ministro fez as declarações ao sair de reunião com o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski. Segundo Meirelles, os dois conversaram sobre a nova meta de déficit fiscal de R$ 170,5 bilhões e não trataram do reajuste dos ministros do Supremo, tema que pode ser vetado pelo presidente interino Michel Temer.

(Agência Brasil)

Pros abrirá sexta-feira por Fortaleza ciclo de encontros regionais sobre eleições

odorico-1

O presidido regional do Pros,  deputado federal Odorico Monteiro, anunciou, nesta terça-feira, uma série de encontros regionais do partido. O objetivo é discutir a conjuntura política e social, nos três níveis de poder, bem como as eleições deste ano. A ideia é estabelecer um eixo programático do partido para todos os aliados.

O primeiro encontro acontecerá em Fortaleza, nesta sexta-feira, a partir das 17 horas, no Auditório Murilo Aguiar, da Assembléia Legislativa, com 77 pré-candidatos a vereador na Capital. Depois de Fortaleza, os encontros serão realizados no Interior. “A meta é chegarmos a todas as regionais, reunindo lideranças de mais de 150 municípios cearenses”, diz Odorico.

Confira o calendário das reuniões em municípios pólos:

-Dia 12 de junho, em Viçosa do Ceará, reunindo municípios da Ibiapaba
-Dia 18 de junho, em Reriutaba, reunindo municípios da região norte do estado
-Dia 19 de junho, em Itapipoca, reunindo municípios do litoral oeste e região norte do estado
-Dia 25 de junho, em Aracoiaba, reunindo municípios do Maciço de Baturité
-Dia 26 de junho, em Caucaia, reunindo municípios da região metropolitana
-Dia 02 de julho, em Cratéus, reunindo municípios do Sertão de Crateús e dos Inhamuns
-Dia 03 de julho, em Aurora, reunindo municípios do sul do estado
-Dia 09 de julho, em Quixadá, reunindo municípios do sertão central
-Dia 10 de julho, em Icapui,reunindo municípios do litoral leste

Conselho de Ética adia decisão sobre cassação de Cunha

147 1

A decisão do Conselho de Ética da Câmara dos Deputados sobre o pedido de cassação do mandato do deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) ganhou mais um capítulo nessa terça-feira (7), com novo adiamento da votação. A reunião estava prevista para esta quarta-feira (8), mas foi cancelada e remarcada pelo presidente do colegiado, José Carlos Araújo (PR-BA), para esta quinta-feira (9). No entanto, o próprio Araújo reconhece que o mais provável é que o conselho só volte a se reunir na terça-feira (14).

O reagendamento da reunião ocorreu em meio ao debate da votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 4/15, que prorroga até 2023 a Desvinculação de Receitas da União (DRU). Aprovada em primeiro turno na semana passada, o texto será votado em segundo turno nesta quarta-feira, após acordo negociado por líderes da base aliada.

Antes do acordo, no entanto, a oposição prometeu obstruir os trabalhos se não houvesse suspensão dos trabalhos no plenário para realização da reunião do Conselho de Ética, até então marcada para as 14h desta quarta-feira. Diante do impasse, Araújo decidiu cancelar o encontro do colegiado.

Segundo o parlamentar, o adiamento também dará mais prazo para que o relator do processo contra Cunha no Conselho, Marcos Rogério (DEM-RO), possa responder aos questionamentos do voto em separado apresentado pelo deputado João Carlos Bacelar (PR-BA), que propôs a suspensão do mandato por 90 dias e não a cassação. “O voto em separado acabou retomando matéria que eu já tinha enfrentado. Ele coloca uma situação que quase exige um novo voto”, disse Rogério.

Em nota, Eduardo Cunha diz que considera o adiamento da votação “mais uma manobra espúria” do presidente do Conselho de Ética para postergar a decisão sobre seu mandato.

(Agência Brasil)

Oficiais de Justiça terão que devolver mandados em aberto cumpridos até próximo dia 30

“O juiz Francisco Mauro Ferreira Liberato, coordenador da Coordenadoria de Cumprimento de Mandados Judiciais (Coman) de Fortaleza, determinou que os oficiais de justiça devem devolver devidamente cumpridos, improrrogavelmente, até o próximo dia 30, todos os mandados em aberto que foram distribuídos até 5 de junho deste ano, inclusive mandados gerados pelo módulo digital.

Em caso de descumprimento, deverá ser encaminhada ao juiz coordenador a relação nominal dos oficiais não cumpridores da determinação, para que sejam efetivados os devidos procedimentos administrativos disciplinares.

O magistrado levou em consideração a necessidade de dar celeridade ao cumprimento das ordens judiciais por parte dos oficiais de justiça, além do princípio da eficiência e o princípio da razoável duração do processo. A medida consta na Portaria nº 2/2016, publicada no Diário da Justiça dessa segunda-feira (06/06).”

(Site do TJ/CE)

UFC oferta 224 vagas para transferidos de outras instituições

“A Universidade Federal do Ceará divulgou edital para o processo de transferência de outras instituições de ensino superior (IES) referente ao semestre letivo 2016.2. Neste ano, a UFC passa a contar com dois processos seletivos para transferência de outras IES.

Conforme o Edital nº 11/2016 (http://goo.gl/IxKp3a), serão ofertadas 224 vagas, sendo 190 nos campi de Fortaleza, 12 em Quixadá e 22 em Sobral. As vagas são destinadas a matrículas no segundo semestre letivo de 2016. A quantidade de vagas por curso, sede e turno está especificada no edital.

As inscrições podem ser realizadas a partir de 13 de junho, exclusivamente através do site da Pró-Reitoria de Graduação (www.prograd.ufc.br), e serão admitidas até as 23h59min do dia 15 de junho, observado o horário de Fortaleza. Após o preenchimento do formulário de inscrição, o candidato deverá responder a um questionário socioeconômico para que sua solicitação de inscrição on-line seja efetivada.

Para concorrer às vagas, os candidatos devem ter comparecido a todas as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) em pelo menos uma das seguintes edições do Exame: 2013, 2014 ou 2015. Caso o candidato tenha participado de mais de uma dentre essas edições do ENEM, será considerada a edição na qual o candidato obteve maior nota final.

DETALHE – A admissão de graduados continua sendo anual, com edital previsto para ser publicado no fim de agosto.

DETALHE 2 – A divulgação do resultado final e das informações referentes à matrícula dos aprovados está prevista para 1º de julho.

SERVIÇO

*Mais informações, como normas para inscrição, critérios de seleção, lista de documentos necessários e procedimentos para matrícula, podem ser conferidas no Edital nº 11/2016: http://goo.gl/IxKp3a.

(Site da UFC)

Mensalão – Marcos Valério é condenado a ressarcir R$ 536 mil

marcos-valério

Marcos Valério, sócio da empresa de publicidade SMP&B, e o ex-presidente da Câmara, João Paulo Cunha, réus no caso do mensalão, foram condenados em improbidade administrativa pelo juiz Renato Borelli, da 20ª Vara do Distrito Federal.

Nesse caso, em específico, julgou-se a validade de contratos firmados entre a empresa de Valério e membros do Congresso. O na época deputado pelo PT, inclusive, teria recebido R$ 200 mil da agência. Marcos Valério foi condenado a um ressarcimento no valor de R$ 536 mil referente às comissões embolsadas pelos contratos ilegais.

João Paulo Cunha e o ex-diretor da Secretaria de Comunicação Social, Márcio Marques de Araújo, foram condenados ao ressarcimento de uma quantia mais expressiva. No total, deverão pagar quase R$11 mi pelos prejuízos causados por causa dos pagamentos indevidos.

Além disso, os três foram condenados a perdas de bens acrescidos ilicitamente ao patrimônio, perda da função pública e suspensão dos direitos políticos pelo prazo de 10 anos.

(Veja Onine)

Movimento do comércio registrou queda de 0,5% em maio

queda-vendas-comercio

“O movimento no comércio caiu 0,5% em todo o país em maio em relação a abril, segundo levantamento da Serasa Experian divulgado hoje (7). Em comparação com maio do ano passado, a queda foi de 8,3%. No acumulado dos primeiros cinco meses do ano, a retração foi de 8,7% em relação ao mesmo período de 2015.

A Serasa atribui a queda da atividade do varejo em maio à contínua elevação das taxas de desemprego e às restrições ao crédito. “O nível ainda deprimido do grau de confiança dos consumidores contribui também para manter contido o movimento dos consumidores nas lojas”, acrescenta a consultoria em nota.

O único setor do comércio que registrou alta em maio em comparação com abril foi o de combustíveis e lubrificantes, com elevação de 0,6% no nível de atividade. Os estabelecimentos classificados como supermercados, alimentos e bebidas tiveram recuo de 0,9%; os de móveis e eletroeletrônicos, de 1,3%; os de material de construção, de 0,8%; os de veículos e autopeças, de 0,7%; e os de calçados e vestuário, de 0,3%.

No acumulado de janeiro a maio, o ramo de combustíveis e lubrificantes também foi o único com resultado positivo, com elevação de 4,5% no movimento em relação aos primeiros cinco meses de 2015. O setor de supermercados, alimentos e bebidas registrou retração de 7,6% no movimento do período, o de móveis e eletroeletrônicos, queda de 14,3%; de materiais de construção, 5,8% e o de veículos e autopeças, 18,4%.”

(Agência Brasil)

Líder do PMDB e comitiva cearense pressionarão em Brasília por reforma do Aeroporto do Cariri

eleições 2014 2t pmdb eunício opovo

O líder do PMDB no Senado, Eunício Oliveira, leva comitiva cearense, nesta quarta-feira, às 11 horas, para uma audiência com o Ministro dos Transportes, Maurício Quintella. No grupo o prefeito de Juazeiro do Norte, Raimundo Macedo (PMDB), e os deputados federais Cabo Sabino (P) e Gorete Pereira (PR).

A ordem é cobrar uma reforma completa do Aeroporto Regional do Cariri, hoje em situação precária e ameaçado de sofrer mais redução de voos.

O setor produtivo e os segmento do chamado turismo religioso estão apreensivos e querem providências por parte da União.