Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Falta de chuva pode determinar bandeira vermelha até novembro, diz ONS

O diretor geral do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), Luiz Eduardo Barata, disse nessa quarta-feira (8) que, embora o nível de chuva no Brasil tenha melhorado no mês de agosto, os resultados baixos desde fevereiro não favorecem um bom desempenho para a geração de energia até o fim do período seco, no fim de novembro.

De acordo com Barata, essa condição pode determinar a manutenção da bandeira vermelha na tarifa de energia até novembro. Apesar de dizer que não gosta de comentar uma situação que pertence à seara da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), acrescentou que as previsões não são favoráveis.

“De fato já estamos agora basicamente no meio do período seco e os sinais que temos dos institutos de clima são de que não deve ter mudança nenhuma em relação ao que a gente tem. Devemos continuar com uma primavera seca”, observou, após palestra no evento Brazil Windpower 2018, no Rio de Janeiro. O encontro é organizado pela Associação Brasileira de Energia Eólica (ABEEólica), pelo Conselho Global de Energia Eólica (GWEC) e pelo Grupo CanalEnergia.

Barata acrescentou que ainda assim, conta com a chuva, agora, para reduzir o impacto no futuro. “Essa chuva não penetra e não se transforma em energia. A vantagem é que como ela umidifica o solo, quando chegarmos ao período úmido o solo não estará tão seco e, rapidamente, as chuvas do período úmido se transformam em vazão. Essa é a torcida que a gente tem”, relatou.

O diretor da Aneel Sandoval de Araújo Feitosa Neto afirmou que ainda não é possível assegurar que a bandeira vermelha vai seguir até o fim do período seco, em 30 de novembro. Ele informou que a definição da bandeira segue a metodologia elaborada em uma norma do órgão baseada em avaliação mensal dos reservatórios. Embora reconheça que o ONS tem condições de estimar, com mais antecedência, o tempo de permanência de uma cor para estipular a tarifa de energia, o diretor completou que a partir da análise da Aneel é que a cor da bandeira é determinada.

“Não posso precisar se até o fim do ano a bandeira ficará vermelha. O ONS acompanha e tem maiores informações para antecipar este fato. O que posso dizer é que a definição do patamar da bandeira é feita em norma da Aneel. Somente se verifica a cor da bandeira no momento em questão. Por exemplo, estamos no mês de agosto, a definição da bandeira foi em julho. Ao final de agosto se avaliarão as condições energéticas e se chegará a bandeira de setembro e assim sucessivamente”, afirmou, após participar de um painel no Brazil Windpower.

(Agência Brasil)

Aulas noturnas de direção em autoescolas deixarão de ser obrigatórias

As aulas práticas noturnas deixarão de ser obrigatórias nas autoescolas. A mudança é fruto de reunião entre o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e o Departamento Estadual de Trânsito do Rio de Janeiro (Detran-RJ) e ocorre levando em conta a violência urbana. A alteração deve ocorrer primeiro no Rio e depois se estender para o restante do País.

Com a nova medida, o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) sofrerá alteração no que se refere à aprendizagem nos Centros de Formação de Condutores (CFCs), que será até às 17 horas.

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran), órgão máximo normatizador no Brasil, define que no mínimo 20% das aulas práticas devam ser realizadas pela noite.

Após a reunião entre Denatran e Detran-RJ, porém, as atividades noturnas deverão torna-se facultativas em todo território nacional brevemente, cabendo ao aluno e a autoescola pela escolha da aula no período.

(O POVO Online/Foto – Arquivo)

Vozão deixa vitória escapar no final, mas avança para sair do Z4

Após estar vencendo até os 41 minutos do segundo tempo, o Ceará deixou escapar a terceira vitória seguida no Brasileirão, ao empatar com o Santos, em 1 a 1, na noite desta quarta-feira (8), no estádio Presidente Vargas lotado. Apesar do empate, o Vozão avançou mais uma posição para deixar a zona de rebaixamento, agora na 18ª posição na tabela de classificação, à frente do Atlético Paranaense e do Paraná Clube. O Vozão volta a campo no sábado (11), quando jogará novamente em casa, dessa vez diante do Atlético Paranaense.

Após um primeiro tempo em que o Ceará teve as melhores oportunidades de gol, o Vozão abriu o placar aos 33 minutos da segunda etapa, quando Arthur recebeu na área e tocou de primeira no canto esquerdo. O Santos empatou oito minutos depois, com Jean Mota, que escorou de peito uma bola na área.

(Foto: Reprodução)

Queixas de clientes de telecomunicações caem 15% no primeiro semestre

O número de reclamações registradas no primeiro semestre na Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) caiu 15,6% em relação ao mesmo período do ano passado. De acordo com os dados divulgados hoje (8) pela agência, de janeiro a junho deste ano foram recebidas 1,49 milhão de reclamações nos canais de atendimento. No ano passado, no mesmo período, foram 1,76 milhão de reclamações.

A telefonia móvel foi o serviço que mais recebeu queixas. Foram 701,5 mil reclamações no semestre, percentual de 46,9% do total. Em seguida, vem a telefonia fixa, que recebeu 22,5% do total de queixas, com 337,1 mil reclamações. Em terceiro, a banda larga fixa recebeu 246,7 mil reclamações, cerca de 16,5% e a TV por assinatura 194,8 mil queixas, aparece em quarto com 13% do total de reclamações

Segundo a agência, em seis meses, a TV por assinatura registrou queda de 20,4% nas reclamações em relação ao mesmo período de 2017; a telefonia móvel registrou uma redução de 17,5% nas queixas; a telefonia fixa registrou diminuição de 14,6% nas reclamações e a banda larga fixa registrou decréscimo de 8,7% das queixas.

Na telefonia móvel, a TIM foi a empresa que mais recebeu reclamações, com 280,1 mil queixas. Já na telefonia fixa, a Oi foi quem recebeu o maior número de reclamações, com 171,1 mil chamadas. Na TV por assinatura, a Net e a Sky receberam o mesmo número de reclamações, mais de 70 mil cada uma. Quanto à banda larga fixa, a Oi também aparece na frente, com 90 mil reclamações no semestre.

A Anatel recebe as reclamações pelos seguintes canais de atendimento: pelo telefone 1331, pelo Fale Conosco, pelo aplicativo Anatel Consumidor e presencialmente na Sala do Cidadão. As empresas têm o prazo de cinco dias úteis para dar resposta ao consumidor.

(Agência Brasil)

Hipercard deve pagar R$ 8 mil por danos morais causados a agricultor

A 4ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça do Ceará condenou o Hipercard Banco Múltiplo a pagar R$ 8 mil de indenização por ter inserido, indevidamente, nome de agricultor em lista restritiva de crédito. A determinação, proferida nessa terça-feira (7/08), teve a relatoria do desembargador Francisco Bezerra Cavalcante, informou a assessoria de imprensa do TJCE.

Na petição inicial, o consumidor alegou que, ao tentar fazer compra no município onde mora, no Interior do Estado, ficou sabendo que o nome dele estava no Sistema de Proteção ao Crédito (SPC). Ao ir à Câmara de Dirigentes Lojistas, recebeu a informação de que o débito era relativo ao Hipercard.

Ele afirmou não ter feito nenhum contrato com a referida empresa, além de ter sofrido abalo moral por ter sido visto como mau pagador na cidade. Por essa razão, ingressou na Justiça com ação de obrigação de fazer (retirada do nome do SPC) cumulada com pagamento de reparação moral.

Na contestação, o Hipercard defendeu que o cliente contratou serviço de cartão de crédito de forma regular, existindo pedido de renegociação de dívida feio por meio de telefone por dependente (cartão adicional) do agricultor. Também considerou a inexistência de danos morais.

Em junho de 2016, sentença da Vara Única da Comarca de Cedro declarou a inexistência do negócio jurídico (consequentemente a dívida), exclusão do nome do SPC e pagamento da reparação moral no valor de R$ 3 mil. As duas partes recorreram ao TJCE. A empresa, na apelação, sustentou que provou o vínculo contratual com o consumidor, não tendo a empresa cometido qualquer ato ilícito. Já o agricultor solicitou aumento do valor dos danos morais.

Ao julgar o processo (nº 0005568-97.2013.8.06.0000), a 4ª Câmara de Direito Privado fixou em R$ 8 mil a indenização. Segundo o relator, “observa-se mais um caso de cobrança indevida, demonstrando falha na prestação de serviços da instituição financeira, ao agir, o Banco réu, de forma negligente, ao permitir a celebração fraudulenta de contratos por terceiro em seu nome, sem adotar os deveres mínimos de cuidado e diligência contratual.”

Campelo Costa comemora 50 anos de sua primeira individual

588 4

“O desenho é a única linguagem que não necessita de tradução”.

Antônio Carlos Campelo Costa, o Campelo, desenhista e arquiteto, comemora 50 anos de sua primeira mostra individual com a exposição “Campelo Costa: traços de um percurso artístico”. Será a partir desta quinta-feira, 9 de agosto, e se estendendo até 6 de setembro, na Galeria Vestigium. A mostra tem a curadoria de Roberto Galvão e reúne 40 obras recentes do desenhista.

Campelo começou seus trabalhos como desenhista. Participou de três Salões Municipais de Abril, sendo agraciado com os prêmios de melhor desenhista de 1966, 1967, 1968. Formou-se em Arquitetura e Urbanismo em 1972, pela Universidade Federal do Ceará.

Nos anos de 1969 e 1971, foi premiado com trabalho em equipe na Bienal Internacional de São Paulo, na categoria de Arquitetura. Nas décadas de 1980 a 1990, realizou exposições individuais de desenhos, sendo premiado em 1997 no Salão Norman Rockwell, promovido pelo IBEU-CE. No mesmo ano, comemorou três décadas de participações em exposições com a mostra “Campelo Costa: Personalidade, Músicos, Eros, Arquitetura”.

O surgimento de seu trabalho na década de 60 impressionou e causou um grande impacto no universo intelectual das artes plásticas no Ceará, obtendo em três anos seguidos o primeiro prêmio de desenho do Salão de Abril (1966, 1967 e 1968). A exposição “Campelo Costa: traços de um percurso artístico” marca os 50 anos de sua primeira mostra individual, realizada em 1968.

Exposição

Na abertura, às 19 horas, será lançado também o catálogo da exposição, que apresenta a trajetória do artista, de sua capacidade inata de construir, desde menino, perfeitas perspectivas, intuitivamente, sem guardar a menor preocupação com os rigores técnicos. “O desenho investe, estrutura o projeto. Há nessa atitude o sentido de atirar‐se para frente. Nunca é arbitrário”, traduz Campelo no texto presente no catálogo.

São obras recentes do artista, divididas em três temas que Campelo Costa trabalha desde o início de sua carreira: Sertão, Festa e Paisagem. Segundo o curador, os desenhos de Campelo têm traços por vezes precisos, outras vezes nervosos, mas sempre na justa medida, corretos, como se de muito tempo já estivessem construídos em sua mente. “Parece que o seu espírito salta por sua mão”, diz Galvão.

SERVIÇO

*Galeria Vestigium – Rua Nogueira Acioli, 891, Centro, Fortaleza.

*Horário de visitação: de segunda a sexta, das 15 às 19 horas, e sábado, das 9 às 14 horas.

*Mais Informações: (85) 9.8180.7268. Acesso gratuito!

(Fotos – Divulgação)

Batalha de MCs ocupa espaços no Dragão do Mar

Uma vez a cada mês, a juventude da periferia de Fortaleza ocupa, com muito ritmo e poesia, o Espaço Patativa do Assaré do Centro Dragão do Mar. Reunidos em formato de círculo, os jovens chegam de diversas partes da Capital e RMF para travar um duelo onde a arma mais letal é a palavra. Trata-se da Batalha do Dragão, um espaço dedicado a rimas de improviso e muita criatividade, onde o MC que mais empolgar a plateia se consagra vencedor da disputa e garante uma vaga na Batalha dos Campeões, realizada ao final do ano, apenas com os vencedores das edições anteriores.

As batalhas são comandadas pelo veterano Erivan Produtos do Morro, rapper e produtor musical que há 10 anos mantém um estúdio especializado em gravar rap no Morro do Castelo Encantado, na Zona Leste de Fortaleza. Segundo Erivan “os duelos são uma forma eficiente de conscientizar a juventude sobre temas importantes para a sociedade, pois os jovens são obrigados a estudar se quiserem formular uma boa rima e vencer a disputa”, afirmou.

Para incentivar cada vez mais a participação dos MCs, a Batalha do Dragão oferece premiação para a primeira e segunda colocação. Entre os prêmios, destaca-se a gravação de músicas no estúdio mantido por Erivan, em sua casa, o Produtos do Morro Rec. “O objetivo é lançar uma coletânea de todas as músicas que gravamos pela Batalha do Dragão. Tem muito MC famoso que foi revelado nas rodas de rima”, completa. O evento também abre espaço para apresentações musicais. Nesta edição, o pocket show fica por conta do Fortal La Máfia, grupo de rap fundado no final de 2013, que foi atração no último Maloca Dragão.

Como funciona?

As batalhas são do tipo “conhecimento” e de dupla, onde os MCs devem rimar sobre temas sorteados na hora. A disputa se dá em 2 rounds, onde cada dupla participante tem 45 segundos para desenvolver sua ideia. Se houver empate, a batalha passa para o terceiro round. Os competidores são avaliados pelo público e vence o MC que mais empolgar a plateia.

Os interessados devem comparecer ao local do evento, no dia da competição, a partir das 18 horas. As inscrições seguem até às 18h30min e são gratuitas.

SERVIÇO

*Mais informações podem ser obtidas no Facebook de Erivan Produtos do Morro https://www.facebook.com/erivanprodutosdomorro/

(Com Assessoria de Impensa/Fotos – Divulgação)

Vem aí o VI Festival Costume Saudável

Fortaleza terá, entre os dias 24 e 26 deste mês de agosto, no estacionamento do Shopping RioMar Papicu, mais uma edição do Festival Costume Saudável, evento que reunirá profissionais e pessoas interessadas em levar uma vida melhor e muito mais além da alimentação e do “mundo fitness”.

Em sua sexta edição, o festival reunirá familiares e amigos para confraternizar, compartilhar, debater e se informar sobre assuntos como alimentação, restrições alimentares, maternidade, qualidade de vida, atividades físicas, meio ambiente e saúde. O Festival Costume Saudável oferecerá mais de 200 atividades entre aulas em academias, palestras, apresentações culturais, oficinas culinárias, dentre outras.

SERVIÇO

*As inscrições podem ser feitas pelo aplicativo Minha Cidade Saudável. O app já está disponível na App Store e Google Play.

*A participação nos três dias de Festival custa R$ 30 (R$ 15 meia entrada) e cada dia sai por R$ 20 (R$ 10 meia entrada), com pagamento via cartão de crédito. Na entrada do evento, o pagamento deve ser em dinheiro.

*Toda renda arrecadada com a venda dos ingressos será destinada ao Instituto do Câncer do Ceará e ao Instituto Povo do Mar (IPOM).

Fortaleza será sede do I Encontro Global de Bancos Solidários

135 2

Fortaleza será sede do I Encontro Global de Bancos Solidários. Vai acontecer no período de 4 a 6 de setembro próximo, no Centro de Eventos. O objetivo do encontro, uma iniciativa do Banco Palmas e da Rede Brasileira de Bancos Comunitários, é chamar para o debate o valor e a importância do papel dos bancos solidários como protagonistas das políticas de redução dos desequilíbrios econômicos e sociais.

A Fundação Demócrito Rocha apoia a iniciativa, que conta também com o respaldo institucional de: Ashoka, AVINA, CEPAL, MIT-Colab, Promujer e Prefeitura de Fortaleza.

Na Capital cearense, estarão participando desse encontro global 113 Bancos Comunitários do Brasil e vários Bancos Solidários de outros países, além de especialistas brasileiros e do Exterior com know how na elaboração de bancos comunitários, fundos, investimentos de pequeno, médio e grande porte.

Entre os conferencistas já confirmados estão Joaquim Melo, Maria Cavalcante, Ladislau Dawbor, Morgan Simon, Genauto Carvalho, Lilian Prado, João Souza, Katrin Kaeufer, Claudia Leitão, Juan Constain, Marisa Villa, Eddi Xavier Bermudez, Helena Singer, Gonzalo Mercado, Sandra Lobo e Leonora Mol.

Organizações, coletivos, entidades e fundações também já confirmaram presença no evento. Entre elas: Laboratório de Informática e Sociedade UFRG (LabIS-UFRJ), Rede Conhecimento Social, Incubadora Tecnológica de Economia Solidária (ITES-UFBA), FundeFir, Observatório de Fortaleza, FA.VELA, Prefeitura de Bogotá, La Colmena, Bronx Cooperative Development Initiative, PUC-SP, Candid Group, Organização Internacional do Trabalho (OIT), IBGE, IPEA, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), CERAI, FIARE, NEXUS Emilia Romagna, REFAS e os 113 Bancos Comunitários do Brasil.

SERVIÇO

*As inscrições para o encontro estão abertas e podem ser realizadas no link a seguir:

Dias Tofolli é eleito presidente do STF

279 1

O ministro do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, foi eleito hoje (8) pelo plenário para ocupar o cargo de presidente da Corte a partir do próximo mês. A votação foi feita de maneira simbólica porque Toffoli é o vice-presidente da Corte e já ocuparia o cargo, conforme o regimento interno do STF.

Toffoli entrará no cargo atualmente ocupado pela ministra Cármen Lúcia, que está há dois anos na presidência do STF e não pode continuar no posto. O novo vice-presidente será o ministro Luiz Fux. Eles tomarão posse no dia 13 de setembro, e o mandato é de dois anos.

Após a votação, Toffoli agradeceu aos colegas e disse que terá grandes desafios à frente do tribunal e do Judiciário brasileiro.

“A responsabilidade neste encargo é enorme, os desafios são gigantescos, mas, se por um lado, temos essa dificuldade, até pela gestão tranquila e firme que Vossa Excelência [ministra Cármen Lúcia] teve nestes dois anos tão difíceis pela nação brasileira, com tantas demandas chegando a este STF e ao Conselho Nacional de Justiça, por outro lado, é muito facilitado”, disse Toffoli.

Toffoli tem 50 anos e foi nomeado para o STF em 2009 pelo então presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Antes de chegar ao Supremo, o ministro foi advogado-geral da União e advogado de campanhas eleitorais do PT.

(Agência Brasil/Foto – STF)

Ceará registra até agora 2.758 homicídios em 2018

O Estado do Ceará apresentou o quarto mês seguido de redução dos homicídios. A redução foi de 20,3%, informou, nesta quarta-feira, o secretário da Segurança Pública e Defesa Social do Estado, André Costa.

Desta vez, a queda ocorreu em todas as regiões do Estado e, mais uma vez, a diminuição é puxada por Fortaleza, que apresentou número de homicídios em 29,3%.

Foram 378 homicídios no Ceará no mês passado. Nos sete primeiros meses do ano, 2.758 pessoas morreram assassinadas no Estado.

Homicídios no Ceará
Julho de 2018: 378
Julho de 2017: 474
Redução: 20,3%

Homicídios em Fortaleza
Julho de 2018: 130
Julho de 2017: 184
Redução: 29,3%

Homicídios na Região Metropolitana de Fortaleza
Julho de 2018: 104
Julho de 2017: 135
Redução: 23%

Homicídios no Interior Norte
Julho de 2018: 81
Julho de 2017: 90
Redução: 10%

Homicídios no Interior Sul
Julho de 2018: 63
Julho de 2017: 65
Redução: 3,1%

Com a quarta queda seguida, o Estado pela primeira vez tem menos homicídios que em 2017, na comparação entre os sete primeiros meses de cada ano. A redução ainda é discreta: 0,5%.

Homicídios no Ceará
Janeiro a julho de 2018: 2.758
Janeiro a julho de 2017: 2.773
Variação: -0,5%

Homicídios em Fortaleza
Janeiro a julho de 2018: 910
Janeiro a julho de 2017: 1.078
Variação: -15,6%

Homicídios na Região Metropolitana de Fortaleza
Janeiro a julho de 2018: 766
Janeiro a julho de 2017: 681
Variação: 12,5%

Homicídios no Interior Norte
Janeiro a julho de 2018: 586
Janeiro a julho de 2017: 470
Variação: +24,7%

Homicídios no Interior Sul
Janeiro a julho de 2018: 496
Janeiro a julho de 2017: 544
Variação: – 8,8%

(Com O POVO Online/Foto – Julio Caesar)

CUT mobiliza entidades para o Dia do Basta

A próxima sexta-feira, 10, será o “Dia do Basta”. Pelo menos é o que quer a Central Única dos Trabalhadores, com algumas entidades da esquerda. A ordem é promover manifestações em todo o País contra o Governo Temer e em favor da candidatura de Lula.

É o que informa a secretaria de Relações Institucionais da CUT nacional, a cearense Graça Costa, que seguiu nesta quarta-feira na rota de Brasília, onde as entidades preparam os protestos.

Caixa Cultural apresenta Mostra de Cinema Peruano

Rosa Chumbe” (2015) de Jonatan Relayze.

A Caixa Cultural Fortaleza fará nesta quinta-feira, 9, sessões extras de dois filmes da Mostra de Cinema Peruano que foi realizada de 31 de julho a 5 de agosto. “Rosa Chumbe’, de Jonatan Relayze, poderá ser visto às 16 horas, e “Bajo la influencia” (Sob a influência), da diretora Karina Cáceres, terá nova exibição às 18 horas.

A mostra integra o 28º Cine Ceará – Festival Ibero-Americano de Cinema, que, a cada edição, realiza uma mostra especial, como homenagem a um país da ibero-américa.

DETALHE – O 28º Cine Ceará acontece até o dia 11 de agosto, numa promoção da UFC, através da Casa Amarela Eusélio Oliveira, com apoio do Governo do Estado, por meio da Secretaria da Cultura. A Prefeitura de Fortaleza, através da Secultfor, também apoia.

SERVIÇO

*Caixa Cultural Fortaleza – Avenida Pessoa Anta, 287, Praia de Iracema.

*Ingressos: Gratuitos (distribuídos com 1h de antecedência, sujeitos à lotação do teatro)

*Mais Informações gerais  Caixa Cultural Fortaleza – (85) 3453-2770.

Inflação da construção civil ficou em 0,52% em julho

O Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi), calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), registrou inflação de 0,52% em julho deste ano, taxa inferior à observada no mês anterior (0,58%). O custo da construção acumula altas de 2,65% no ano e de 4,01% em 12 meses.

O custo nacional da construção ficou em R$ 1.095,09 por metro quadrado.

Os materiais de construção tiveram, em julho, a maior inflação do ano (0,88%) e passaram a custar R$ 563,69 por metro quadrado. Já a mão de obra ficou 0,13% mais cara em junho. O metro quadrado passou a custar R$ 531,40.

(Agência Brasil)

Câmara dos Deputados adia decisão sobre perda de mandato de Paulo Maluf

A Mesa Diretora da Câmara decidiu adiar para semana que vem a decisão sobre a situação do deputado afastado Paulo Maluf (PP-SP). Atualmente, o parlamentar cumpre prisão domiciliar em São Paulo por ter sido condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) pelo crime de lavagem de dinheiro.

Após reunião na manhã de hoje (8) na residência oficial da presidência da Câmara, o corregedor da Casa, deputado Evando Gussi (PV-SP), informou que houve um pedido de vista coletivo da Mesa Diretora que voltará a se reunir na próxima terça-feira (14).

“A intenção da Câmara dos Deputados é decidir isso o mais rápido possível. É um consenso com todos os membros da Mesa. A grande questão é que o caso tem uma complexidade jurídica assustadora”, disse Gussi.

Maluf cumpre pena de 7 anos e 9 meses de reclusão em casa, em São Paulo, após condenação por desvios em obras quando foi prefeito da capital paulista. Ele chegou a ser preso por três meses em regime fechado, em Brasília, mas teve o direito a regime domiciliar concedido pelo plenário do STF em maio.

No mês de maio, o parlamentar afastado foi novamente condenado, por unanimidade, pela Primeira Turma STF por falsidade ideológica com fins eleitorais devido a fraudes na prestação de contas de sua campanha eleitoral de 2010. A pena é de 2 anos e 9 meses de prisão em regime semiaberto, convertido para domiciliar.

(Agência Brasil/Foto – Nelson Antoine, da Folhapress)

Alimentos têm queda de preço e ajudam a segurar a inflação

Alimentos e bebidas tiveram queda de preços de 0,12% em julho. O grupo de despesas, que havia apresentado alta de preços de 2,03% no mês anterior, foi um dos principais responsáveis pelo recuo da taxa oficial de inflação, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de junho para julho. Segundo dados divulgados hoje (8) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o IPCA, que é considerado pelo governo federal a inflação oficial do país, recuou de 1,26% em junho para 0,33% em julho.

Entre os produtos com queda de preços, destacam-se a cebola (-33,5%), batata-inglesa (-28,14%), tomate (-27,65%), frutas (-5,55%) e carnes (-1,27%).

Apesar da queda média dos alimentos, a alimentação fora de casa passou a custar 0,72% em julho. “Isso se explica pelas férias, que aumentam a demanda por esse tipo de consumo, e pela Copa do Mundo, quando tradicionalmente as pessoas se reúnem fora de casa, em bares e restaurantes, pra assistir os jogos”, disse o gerente da pesquisa, Fernando Gonçalves.

Outros recuos

Outros grupos de despesa contribuíram para o recuo da inflação de junho para julho, que, segundo o IBGE, têm relação com uma acomodação dos preços depois da greve dos caminhoneiros no final de maio, que elevou os preços de vários produtos em junho. “Em agosto podemos ter um retrato melhor dos impactos da greve dos caminhoneiros, mas aparentemente os reflexos foram pontuais no mês de junho”, afirmou Gonçalves.

Outro grupo que teve deflação em julho foi vestuário (-0,6%), movimento provocado pelas quedas de preços nas roupas masculinas (-0,94%), nas femininas (-0,87%), nas infantis (-0,91%) e nos calçados (-0,44%).

Os transportes também colaboraram para o recuo. Apesar de continuarem registrando inflação em julho (0,49%), a taxa foi bem menor do que a observada em junho (1,58%). O mesmo aconteceu com habitação, cuja taxa de inflação recuou de 2,48% em junho para 1,54% no mês seguinte.

(Agência Brasil)