Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Sabatina no Senado – Ricardo Janot diz que Justiça deve ser isonômica

“O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, está sendo sabatinado desde as 10h na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado. Candidato à recondução ao cargo para mais um mandato de dois anos, em sua exposição inicial, Janot avaliou que o Ministério Público brasileiro tem cumprindo a missão da qual o Parlamento lhe incumbiu em 2013, quando foi sabatinado pela primeira vez pelo Senado, e que o órgão tem submetido ao Poder Judiciário resultados dessas investigações à espera do devido processo legal.

“Há percalços, mas todos testemunhamos um amadurecimento das instituições democráticas nacionais, todos percebemos pouco a pouco a consolidação do compromisso republicano de igualdade e legalidade. O Brasil demonstra a seus cidadãos e às demais nações que a defesa do interesse público e a punição de transgressão à lei, sem distinção de qualquer natureza, são dois traços importantes do Estado de Direito”, disse.

Janot lembrou aos senadores que, quando foi sabatinado em 2013, ressaltou a importância da impessoalidade na atuação e lembrou que a Justiça deve ser isonômica. “Sua força deve se impor a fortes e fracos, ricos e pobres, sem acepção de pessoas. Tal mensagem, que a linguagem simples do povo traduz no ‘Pau que dá em Chico, dá em Francisco’, transmite à sociedade mensagem essencial de igualdade de republicanismo, de isenção de privilégios, de impessoalidade e, antes de tudo, de funcionamento regular do estado da Justiça, que deve ser isonômica e sua força deve se impor.”

Ao adiantar a resposta sobre o que o motiva a continuar no cargo, Janot destacou que não é por ego. “Esse desejo não se presta à satisfação do ego nem se deve à sofreguidão do poder, francamente não é isso que me move. Não é isso que me leva a submeter meu nome novamente ao Senado Federal. Venho aqui com a firme vontade de continuar a servir minha nação”.

Em tom de desabafo, o procurador-geral da República disse que poucas pessoas podem ter a real noção do impacto pessoal que os últimos dois anos trouxeram na vida dele e que a família dele sofre as penosas consequências dele estar no exercício do cargo de chefe do MPU.”

(Agência Brasil)

Agência Empresarial Dom Luís participa de encontro do BB em Florianópolis

grupcoeara

O Banco do Brasil promoverá, até sexta-feira, em Florianópolis (SC), o seu Encontro Força de Vendas. O evento congregará todos os gestores estaduais responsáveis pela captação de grandes clientes.

O BB do Ceará mandou um grupo para esse encontro, mais precisamente a equipe da Agência Empresarial do BB da Dom Luís. No grupo, Edilberto Pinto, Ismael Sidney, Renata Pacheco e Murilo Serpa.

* No grupo, ainda a gerente-geral Mônica Hackbart.

(Foto – Paulo MOska)

Menoridade penal é uma forma de inimputabilidade presumida

Com o título “Ainda a questão da menoridade penal”, eis artigo do professor e tributarista Hugo de Brito Machado, que pode ser conferido no O POVO desta quarta-feira. Ele faz uma crítica aos legisladores que tratam da PEC que trata do tema. Confira:

Voltamos a tratar deste assunto em face da recente aprovação, pela Câmara dos Deputados, da PEC segundo a qual a menoridade penal termina aos 16 anos. Mas é assim apenas em se tratando de crimes hediondos. Não em se tratando de outros crimes, ficando assim estabelecida uma distinção quanto à capacidade de discernimento da criatura humana, que nos parece inteiramente inadmissível.

A PEC em referência depende ainda de aprovação, em duas votações, no Senado Federal, e se a final aprovada terá introduzido em nosso ordenamento jurídico essa regra absurda, segundo a qual um ser humano, ao completar 16 anos, torna-se capaz de entender que um fato tipificado como crime hediondo é crime, mas ainda não tem capacidade de entender por que um crime, não qualificado como hediondo, também é crime. Essa capacidade o ser humano somente terá ao completar 18 anos.

Parece que os nossos legisladores, infelizmente, ainda não sabem qual é a razão de ser da menoridade penal. Não sabem que a menoridade penal nada mais é do que a presunção da falta de discernimento, ou capacidade para entender o caráter criminoso de um fato. Precisam ler os comentadores do Código Penal, pois, ao cuidar da imputabilidade, o Código Penal estabelece que “é isento de pena o agente que, por doença mental ou desenvolvimento mental incompleto ou retardado, era, ao tempo da ação ou da omissão, inteiramente incapaz de entender o caráter ilícito do fato ou de determinar-se de acordo com esse entendimento.” (art. 26). E ainda, que “a pena pode ser reduzida de um a dois terços, se o agente, em virtude de perturbação da saúde mental ou por desenvolvimento mental incompleto ou retardado, não era inteiramente capaz de entender o caráter ilícito do fato ou de determinar-se de acordo com esse entendimento” (art. 26, parágrafo único).

A rigor, quem conhece o assunto sabe que a menoridade penal nada mais é do que uma forma de inimputabilidade presumida. É uma presunção absoluta de inimputabilidade. Presume-se de forma absoluta que o ser humano, até uma certa idade, é incapaz de compreender o caráter criminoso de um fato, e por isto mesmo não deve ser punido, ou pode ter a penalidade diminuída.

Melhor seria a eliminação pura e simples de regras estabelecendo a menoridade penal. Tanto em nossa Constituição Federal como no Código Penal, a regra que estabelece a menoridade penal seria simplesmente revogada. A questão de ser ou não ser imputável o acusado é uma questão de fato, e como tal deve ser resolvida em cada caso. Uma vez posta, o juiz resolve. E se em face das circunstâncias do caso, o juiz tiver dúvida a respeito da imputabilidade do réu, nomeia uma comissão de especialistas para, depois de examinarem o réu e dizerem se este é ou não imputável, vale dizer se tem ou não tem capacidade de entender o caráter criminoso do fato de cuja prática está sendo acusado.

Hugo de Brito Machado

hbm@hugomachado.adv.br
Professor titular de Direito Tributário da UFC.

XXX Congresso Brasileiro da Indústria da Panificação homenageará dois cearenses

panificaçaõ

Panificadores Alex Martins e Aíla e Lauro Martins e Helena (filhos).

Uma caravana formada por 35 panificadores cearenses vai participar, até sábado, em Salvador (BA), do XXX Congresso Brasileiro da Indústria da Panificação. O evento discutirá o cenário atual da economia e as perspectivas do setor, além de ter acesso a novas tecnologias na área.

À frente da caravana cearense, seguiu Lauro Martins, presidente do Sindicato da Indústria da Panificação e Confeitaria do Estado.

O Congresso prestará uma homenagem a dois cearenses do ramo: Alexandre Pereira, ex-presidente da Associação Brasileira da Indústria da Panificação (Abip) e Ivens Dias Branco, controlador do Grupo M.Dias Branco, que viajou nesta quarta-feira, com o filho Cláudio Dias Branco.

Também seguiram para esse congresso o diretor técnico do Sebrae/CE, Alcy Porto, e o presidente da Associação Comercial do Ceará e membro do Conselho de Administração do Sebrae/CE, João Porto Guimarães, além de Ageu Joca e sua mulher, a jornalista Conceição Rodrigues.

(Foto – Paulo MOska)

Shopping Parangaba comemora boas vendas no primeiro semestre deste ano

28112013790207806

Fernando Cairo, Hamilton Lyra e Leonardo Franco 

O Shopping Parangaba está comemorando os resultados de vendas do primeiro semestre deste ano. Segundo o superintendente Leonardo Franco, o polo comercial contabilizou mais de sete milhões de pessoas no período e movimentou um total de R$ 230 milhões.

O Dia das Mães, segundo Franco, gerou o maior fluxo e maio foi um mês para ser comemorado, com 1,5 milhões de visitantes e o maior número de vendas.

Por falar nesse shopping, neste semestre 25 novas lojas foram abertas e até dezembro serão mais 10 unidades em funcionamento.

(Com POVO Economia/Foto – Balada In)

Decreto com restos a pagar de emendas aos Orçamentos 2013 e 2014 é publicado

danilofortee

Saiu publicado no Diário Oficial da União desta quarta-feira o Decreto 8507/15 que prorroga prazo dos restos a pagar referente às emendas aos Orçamentos de 2013 e 2014. O prazo venceria no próximo dia 31 e foi prorrogado para o dia 31 de outubro.

A informação da publicação de tal Decreto tinha sido sinalizada pelo vice-presidente da República Michel Temer num encontro com o parlamentar cearense acontecido no último dia 05. Com isso, todos os recursos destinados pelos parlamentares para aplicação nos municípios que ainda não foram liberados pelo governo federal têm até o final de outubro para buscar receber os valores e iniciar as obras.

O deputado federal Danilo Forte (PMDB) comemorou o ato. O parlamentar informou: “Com relação aos restos a pagar, ele (Temer) vai prorrogar por 60 dias o prazo lá da Caixa Econômica Federal. Vai prorrogar o saneamento dos projetos para resolver as pendências que tem as prefeituras com os projetos que se findavam agora no dia 31 de agosto. O que foi colocado é exatamente isso”.

SERVIÇO

*Para acessar a íntegra do Decreto Presidencial 8507 de 2015, clique aqui.

IBGE – Municípios brasileiros empregam 6,2 milhões de servidores públicos

“Cerca de 6,2 milhões de brasileiros, ou 3,2% da população, são servidores públicos municipais. Os dados são do estudo Perfil dos Estados e dos Municípios Brasileiros 2014 e foram divulgados hoje (26) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em 2001, a proporção de servidores municipais em relação à população era 2,2%.

A gerente da pesquisa Vânia Pacheco explicou que, se de uma forma geral, o número de servidores estaduais e municipais se mantém estável, houve mudanças em relação aos vínculos empregatícios: “O número de empregados no setor público municipal sem vínculo empregatício [não concursados e não permanentes] aumentou cerca de 39% nos últimos 15 anos”. Incluem-se na categoria pessoal sem vínculo empregatício, os autônomos, voluntários e cedidos por outra administração.

Os estatutários são maioria no serviço público municipal brasileiro, mas o número vem caindo. Em 1999, eram 65,4% do total de servidores e em 2014 esse percentual caiu para 61,1%. O Distrito Federal (82,4%) e os estados de Rondônia (77,5%), Amapá (72,2%), Paraná (74,3%) e Rio Grande do Sul (71,4%) apresentaram médias superiores – em pelo menos dez pontos percentuais – à média nacional. O Acre foi o estado com a menor média (22,6%), seguido de São Paulo (44,4%).

Os cargos comissionados passaram de 7,7% em 2004, quando começaram a ser estudados, para 8,4% dos empregados do serviço público em 2014. O estudo também identificou maior qualificação do funcionário municipal nos últimos anos. Em 2005, cerca de 23,8% do total tinha qualificação de nível superior ou pós graduação. Em 2014 o percentual subiu para 36,6%.”

(Agência Brasil)

Governo divulga primeiro lote de imóveis da União para venda

“O governo federal divulgou hoje (26) o primeiro lote de imóveis para venda, dentro da proposta de redução de despesas e racionalização de gastos da União. Portaria publicada no Diário Oficial da União traz a lista desses imóveis em várias estados, o valor e os endereços.

Na última segunda-feira (24), o ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, anunciou uma série de medidas , que incluem a redução do número de ministérios e a venda de imóveis da União, além da regularização de terrenos.

Os imóveis anunciados estão localizados nos estados do Amazonas, da Bahia, de Minas Gerais, Pernambuco, do Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e de São Paulo. O mais caro está avaliado em R$ 32 milhões e o mais barato em R$ 178 mil. O total das alienações indicadas no Diário Oficial ultrapassa R$ 94 milhões.

De acordo com a portaria, os imóveis serão alienados nas condições em que se encontram, sendo de responsabilidade do comprador quaisquer despesas necessárias à sua utilização.

As superintendências do Patrimônio da União nos estados deverão, no prazo máximo de 15 dias a partir da publicação desta portaria, abrir procedimento licitatório para a alienação do primeiro lote, a ser conduzido, em todas as etapas, por meio de Comissão de Licitação, com assistência direta da Comissão de Acompanhamento Nacional, de modo a assegurar o bom andamento dos trabalhos e a melhor oferta à União.

As informações relativas ao local, à data e ao horário para a realização dos certames, além de outras condições a serem estipuladas pelas superintendências designadas, constarão nos respectivos editais de Licitação que serão publicados no Diário Oficial da União.”

(Agência Brasil)

Ceará participa do 23º Congresso Brasileiro de Cirurgia Bucomaxilofacial

medicoos

Marcelo Ferraro, Rodrigo Teixeira e Alexandre Nogueira no grupo.

O Ceará participará com um grupo de 20 cirurgiões-dentistas e professores de Odontologia do XXIII Congresso Brasileiro de Cirurgia Bucomaxilofacial.

O encontro terá início nesta quarta-feira, em Salvador (BA), e discutirá avanços cirúrgicos e estéticos da área, além debater estudos científicos por meio de palestras, cursos e oficinas.

O congresso vai até sexta-feira.

Aumento do Piso Salarial – Secretário da Educação pede compreensão aos professores

Os professores estaduais reivindicam complementação do reajuste concedido pelo Estado, de 13%, retroativo a janeiro. A categoria vem pressionado e fazendo mobilizações em Fortaleza e no Interior.

Nesta quarta-feira, o secretário estadual da educação, Maurício Holanda, falou sobre o assunto e pediu a compreensão dos professores para o momento econômico, que é difícil.

Maurício Holanda deu essas declarações antes de embarcar para Brasília onde, durante esta quarta-feira, participará de audiência na Câmara sobre conectividade na escola.

Na visita que Dilma fará ao Ceará nesta sexta-feira, opositores prometem não dar folga

94 3

foto manifestação paulo angelim consultor imob

Um grupo de manifestantes promete acompanhar, nesta sexta-feira, a visita que a presidente Dilma Rousseff fará ao Ceará, mais precisamente aos municípios de Lavra da Mangabeira e Caucaia.

Em Fortaleza, segundo Paulo Angelim, do Instituto Democracia e Ética (IDE), Dilma será cobrada nessa sua visita. No roteiro dela, assinatura da ordem de serviço do lote 4 da Ferrovia Transnordestina, em Lavras da Mangabeira, e um projeto do Minha Casa, Minha Vida em Caucaia.

Será interessante conferir Dilma nesse evento em Lavras da Mangabeira que, além do líder do PMDB no Senado, Eunício Oliveira, e o líder do Governo na Câmara, José Guimarães, deve contar com o e-ministro Ciro Gomes. Ciro, como se sabe, é diretor da CSN responsável por esse empreendimento.

Sabatina no Senado – Collor X Janot

janott

Tem tudo para ser quente, muito quente, o embate entre o senador Fernando Collor e o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, na sabatina de hoje, a partir das 10 horas, no Senado. Ao menos é o que esperam – ou temem- senadores e o próprio Janot.

Alguns colegas de Collor o aconselharam a viajar e não participar da sabatina que deve reconduzir Janot ao cargo de procurador-geral. Receiam por sua impetuosidade. Alguns temem até que Collor possa entrar armado na sala da comissão onde estará Janot.

collorido

Diante da fúria de Collor, Janot chegou a se aconselhar com Renan Calheiros. Quis saber se deveria levar seguranças. Renan, de pronto, disse que não era uma boa ideia.

Ainda que Renan tenha botado panos quentes, o nervosismo não para de crescer entre os senadores.

(Coluna Radar, da Veja Online)

PSB nacional vai convidar Heitor Férrer para se filiar e disputar a Prefeitura de Fortaleza

99 7

heitor-ferrer

A Executiva nacional do PSB vai se reunir nesta quinta-feira, em Brasília. Vai formalizar convite ao deputado estadual Heitor Férrer para que ele se filie à legenda.

Na sexta-feira, ainda em Brasília, Heitor terá reunião com o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira. Os socialistas querem que o deputado ingresse e, automaticamente, já entre na condição de pré-candidato à Prefeitura de Fortaleza.

foto sérgio novais

A informação é do presidente do PSB de Fortaleza, Sérgio Novais, que vem articulando junto à direção nacional  a filiação de Heitor. O parlamentar deve dar adeus ao PDT com a chegada no partido do grupo dos Ferreira Gomes e do prefeito Roberto Cláudio (Pros).

Leônidas Cristino e prefeitos discutem pendências da BR-222 com ministro dos Transportes

Ministro_Leonidas_Cristino

Por iniciativa do deputado Leônidas Cristino (Pros), será realizada nesta quarta-feira (dia 26) às 15 horas, audiência com o ministro dos Transportes, Antonio Carlos Rodrigues, para tratar sobre projetos e obras pendentes ou não concluídas na BR-222, no Ceará. Participarão do encontro, a convite do parlamentar cearense, os prefeitos de municípios em área de influência desta rodovia federal. Na lista, Caucaia, Tianguá, que já seguiram nesta madrugada de quarta-feira para o encontro.

Também estarão presentes ao gabinete do ministro, em Brasília, na ocasião, os diretores gerais da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Jorge Luiz Macedo Bastos e do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Valter Casimiro Sobreira, com o superintendente do DNIT no Ceará, Diógenes José Tavares Linhares.

Na pauta do encontro serão discutidos a conclusão da construção da variante Frios, em Umirim; a conclusão do contorno na cidade de Umirim; a conclusão da construção do contorno de São Luís do Curu; a conclusão das variantes na travessia urbana da cidade de Tianguá; a duplicação do Anel Viário de Fortaleza; a duplicação do trecho da BR-020 – entrada do Porto do Pecém e a manutenção do trecho Fortaleza-divisa do Piauí.

Titular da CGD visita a Região do Cariri

socorrofrnaça

A Controladora-Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública e Sistema Penitenciário do Estado do Ceará (CGD), Socorro França, encontra-se, nesta quinta-feira, visitando a Célula Regional de Disciplina do Cariri (CERC), em Juazeiro do Norte (Região do Cariri). Quer reforçar a estrutura de atendimento da CGD, bem como estreitar laços com representantes dos órgãos e Instituições da região.

A reunião ocorrerá às 9 horas, no auditório da Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (CIOPS), e contará com a presença do Comando da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-CE), Ministério Público, entre outros Órgãos.

Ceará perde em duas décadas 97% do quadro de auditores do trabalho

Da Coluna Vertical, no O POVO desta quarta-feira (26):

O Estado do Ceará conta hoje com apenas 102 auditores do trabalho fiscalizando Capital, Região Metropolitana de Fortaleza e demais municípios. Denuncia o Sindicato dos Auditores Fiscais do Trabalho, regional do Ceará.

Segundo a entidade, há 20 anos atuavam na área 3.474 auditores. Nesse período, alguns optaram por concurso em outras repartições e a maioria foi aposentada. Consequência direta: há 1.506 empresas, só neste ano, denunciadas por desrespeito às leis trabalhistas, mas que ainda não foram fiscalizadas por falta de auditor. A categoria, em luta por melhores condições salariais, cobra concurso.

Para protestar, os auditores atendem aos trabalhadores, até sexta-feira, na calçada da sede da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE), no Centro. O prédio da SRTE, dizem eles, está sucateado.

Comissão do Senado aprova projeto sobre financiamento de campanhas

A Comissão Especial da Reforma Política no Senado aprovou na noite dessa terça-feira (25) um projeto de lei para regulamentar o financiamento privado de campanha. A proposta prevê um limite de doação por empresa de R$ 10 milhões, sendo que cada partido pode receber, no máximo, 25% da doação total da companhia. Assim, a doação máxima que um partido poderá receber de uma pessoa jurídica será de R$ 2,5 milhões.

A proposta foi motivo de polêmica na comissão, que tem vários parlamentares que defendem o financiamento público exclusivo de campanha ou o financiamento privado limitado às pessoas físicas. “Esse modelo de financiamento existente nas campanhas político-eleitoral. Todos nós sabemos que é ele que leva a influência do poder econômico para dentro do processo eleitoral. De um lado, causa a assimetria que torna essa disputa político-eleitoral cada vez mais desigual. E por outro lado, é fomentador dos grandes escândalos de corrupção eleitoral”, disse a senadora Fátima Bezerra (PT-RN).

Para o relator da comissão, senador Romero Jucá (PMDB-RR), o projeto, no entanto, tem o mérito de reduzir o impacto das doações das empresas sobre o curso das eleições. “Criou-se uma limitação muito grande para diminuir a influência [das empresas] nas campanhas eleitorais. É um instrumento importante porque vai democratizar a campanha”, afirmou o senador.

Ao fim dos debates, o projeto foi aprovado na comissão especial pela maioria dos senadores e segue agora para o plenário do Senado.

(Agência Brasil)