Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Fortaleza será sede do XX Encontro Nacional de Assessores de Imprensa

Já estão abertas as inscrições para o XX Encontro Nacional dos Jornalistas em Assessoria de Imprensa (ENJAI). O evento, uma realização da Federação Nacional de Jornalistas e do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Ceará (Sindjorce), ocorrerá de 1º a 3 de outubro, em Fortaleza, e terá como tema “A credibilidade da informação jornalística na era da comunicação digital”. O local ainda está em acerto.

O XX ENJAI traz à Capital cearense 18 renomados palestrantes, entre eles Wilson da Costa Bueno, Malu Oliveira, João José Forni, José Antônio Martinuzzo, Samuel Lima, Graça Caldas, Eduardo Ribeiro, Roberto Heloani, entre outros, para debater com um público de cerca de 300 jornalistas de todo o Brasil os principais assuntos de interesses do segmento de assessoria de imprensa no cenário atual.

Ao todo, serão quatro painéis, seis oficinas, três rodas de conversa e uma plenária, momento em que serão apresentadas as teses dos assessores de imprensa vinculados aos 31 sindicatos de jornalistas filiados à FENAJ.

SERVIÇO

Desconto para estudantes e jornalistas aposentados

A taxa de inscrição para observadores será de R$ 330,00. Já os estudantes de jornalismo e os jornalistas aposentados terão uma tarifa diferenciada de R$ 165,00. “O abatimento para estudantes e aposentados é um incentivo oferecido pelo Sindjorce e pela FENAJ para a participação dos futuros profissionais e dos jornalistas veteranos no maior fórum nacional de assessores de imprensa do país”, afirma a presidente do Sindjorce e 2ª tesoureira da FENAJ, Samira de Castro. A organização do XX ENJAI receberá as inscrições até o dia 1º de setembro.

O pagamento pode ser feito via depósito bancário, na conta corrente do Sindjorce na Caixa Econômica Federal, agência 1559, conta 868-8, ou diretamente na Tesouraria da entidade, em horário comercial. A ficha de inscrição deve ser solicitada pelo e-mail inscricoesenjai2015@gmail.com e devolvida preenchida para o endereço eletrônico do evento, com o comprovante do depósito do pagamento da inscrição anexado. O comprovante também pode ser enviado pelo fone/fax 85. 3272.2966.

SERVIÇO

* Valores das inscrições

Observadores: R$ 330,00(podendo pagar em três vezes no cheque)

Sindicalizado em dia – R$ 300,00 (podendo ser três de R$ 99,00, sendo um cheque  no dia, outro cheque para 1º de setembro e mais outro para 1º de outubro)

Inadimplentes e não sindicalizados – R$ 330,00 divididos em dois cheques, sendo um para o dia e outro para 1º de outubro.

Estudantes de jornalismo: R$ 165,00.

Jornalistas aposentados: R$ 165,00

* Número da conta para depósito

Caixa Econômica Federal
Agência 1559
Conta corrente 868 – 8

DETALHE – As inscrições também podem ser pagas na Tesouraria do Sindjorce (Rua Joaquim Sá, 545, Dionísio Torres).

MP/CE ajuíza ação de improbidade administrativa contra prefeito e secretário de Pacajus

O Ministério Público do Estado do Ceará, por intermédio do promotor de justiça Iuri Rocha Leitão, ingressou com uma Ação Civil Pública em desfavor do prefeito de Pacajus, Marcos Roberto Brito Paixão, e do secretário municipal da Casa Civil, Hebert dos Santos Lima. Eles são acusados de improbidade administrativa por não terem acatado uma recomendação enviada em abril pelo MPCE sobre despesas com festas em alusão à data de emancipação política da cidade, comemorada em 23 de maio. O Município, que se encontra em situação de calamidade financeira, promoveu uma semana de festejos, gastando cerca de R$ 192 mil com bandas forró, montagem de palco, iluminação, serviços de bufê e segurança, etc. A ação foi ajuizada nessa segunda-feira.

Entre outras coisas, a Prefeitura está inadimplente nos pagamentos de verbas alimentares dos servidores temporários e do salário de parte dos servidores municipais. Para o MPCE, a referida despesa com os festejos é incompatível com a atual situação financeira do Município e ofende os princípios constitucionais da administração pública, caracterizando ato de improbidade administrativa.

Por isso, o MPCE pede que os dois gestores sejam condenados conforme os ditames da Lei nº 8.429/92, que prevê perda função pública; suspensão dos direitos políticos de três a cinco anos; pagamento de multa civil de até cem vezes o valor da remuneração recebida pelo agente; e proibição de contratar com o poder público ou receber benefícios ou incentivos ficais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de três anos.”

(Site do MP/CE)

Leitor flagra postes com “proteção’ esquisita no Parque Manibura

pegaladraoa

De Luiz Wagner, leitor do Blog, recebemos o seguinte flagrante:

Prezado Eliomar de Lima,

Ao passar, nesta tarde de terça-feira, no cruzamento das ruas João Regino com Lourival Correia Pinheiro (Parque Manibura), me deparei com esta cena nada comum: os dois postes, que acredito são da responsabilidade da Coelce, estavam repletos de ‘pega ladrão’

Será que a Coelce tem conhecimento dessa situação?

Tasso quer presidente do TCU esclarecendo sobre “pedaladas fiscais” do governo

tassoosokje

O senador Tasso Jereissati (PSDB) cobro, nesta terça-feira, o comparecimento do presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), Arodo Cedraz, à Comissão de Assuntos Econômicos do Senado. A cobrança foi feita ao presidente da CAE, Delcídio do Amaral (PT/MS).

Tasso quer abrir um debate sobre as “manobras contábeis” executadas pelo Governo Dilma nos últimos anos e que ficaram conhecidas como “pedaladas fiscais”. Cedraz havia sido convidado em audiência pública no mês julho, mas recusou o convite avaliando que sua presença não seria apropriada. A CAE aprovou então sua convocação.

O tucano rebateu o argumento de Cedraz, observando que não cabe ao presidente do TCU definir qual o momento apropriado para atender a um convite do Legislativo, uma vez que o tribunal é um órgão auxiliar do Congresso. O senador solicitou, também, o comparecimento do procurador do Ministério Público junto ao TCU, Júlio Marcelo de Oliveira, e do auditor do tribunal Antonio Carlos d’Ávila, para que esclareçam a questão.

(Com Agência Senado)

Gorete Pereira crítica líderes governistas. Sobra para José Guimarães

81 1

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=Wvk8Ys6FMNw[/youtube]

A deputada federal Gorete Pereira (PR) disse, nesta terça-feira, que o Governo Dilma Rousseff tem tudo para superar a crise. Mas ela observa que há um outro dado que precisa ser avaliado pelo Planalto: o trabalho das lideranças no Congresso.

Segundo Gorete Pereira, o deputado federal José Guimarães, que é o líder do Governo na Câmara, por exemplo, não é fraco, mas não vem conseguindo convencer a base “até porque ele estrá cheio de atribuições”.

Para Gorete, o momento exige mesmo a articulação direta de Dilma Rousseff na articulaçao junto ao Congresso.

CPI do BNDES – Luciano Coutinho será ouvido na quinta-feira

“A presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, deve ser ouvido nesta quinta-feira (13) na comissão parlamentar de inquérito (CPI) criada para investigar denúncias de irregularidades em contratos de financiamento da instituição. A informação foi confirmada hoje (11) pelo relator da comissão, deputado José Rocha (PR-BA).

O convite a Coutinho, apresentado como uma das estratégias do plano de trabalho do relator, foi aprovado pelo colegiado por 19 votos a 1, para ue Coutinho explique denúncias sobre empréstimos investigados pela Operação Lava Jato, da Polícia Federal. Segundo os parlamentares, há suspeitas de que os recursos foram concedidos tanto a empresas de fachada quanto a empreiteiras investigadas na operação que apura irregularidades na Petrobras. Em ofício lido no início da reunião de hoje, Luciano Coutinho se antecipou e manifestou interesse em esclarecer qualquer dúvida da CPI.

Na apresentação do plano de trabalho, o relator José Rocha propôs que sejam ouvidos também o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro, e o engenheiro e economista Luiz Carlos Mendonça de Barros, que presidiu o BNDES de 1995 a 1998, durante o governo Fernando Henrique Cardoso.

Outros ex-presidentes do banco que o relator pretende convidar são Demian Fiocca (2006-2007), Guido Mantega (2004-2006), Carlos Lessa (2003-2004) e Eleazar de Carvalho (2002-2003), além do atual vice-presidente, Wagner Bittencourt, e de direitores como Roberto Zurli (Infraestrutura e Insumos Básicos), Luciene Machado (Internacional) e João Carlos Ferraz (Planejamento e Pesquisa).

Rocha informou que vai pedir cópia de documentos relativos às operações do BNDES no período investigado pela CPI e fará diligências para ouvir tomadores de crédito do banco, como dirigentes de empresas no Brasil e no exterior, e outras com dirigentes e empregados do próprio banco e de empresas de auditoria que avaliaram operações da instituição.

Integrantes da CPI também pretendem se debruçar sobre os empréstimos classificados de secretos, concedidos a países como Angola e Cuba. Proposta de acordo aprovada pelo colegiado definiu que as reuniões ocorram, preferencialmente, às terças-feiras (14h) e quintas-feiras (9h30).

Os requerimentos ainda incluem pedidos como os apresentados pelo deputado Raul Jungmann que defende a convocação do ex-presidente Luiz Inácio ‘Lula’ da Silva e do seu filho Fábio Luís Lula da Silva. Outros ex-presidentes do banco que o relator pretende convidar são Demian Fiocca (2006-2007), Guido Mantega (2004-2006), Carlos Lessa (2003-2004), Eleazar de Carvalho (2002-2003), além do atual vice-presidente, Wagner Bittencourt e de direitores como Roberto Zurli (Infraestrutura e Insumos Básicos), Luciene Machado (Internacional) e João Carlos Ferraz (Planejamento e Pesquisa).”

(Agência Brasil)

Conjunto Ceará ganha rua com nome da menina Alanis

454 2

plavaalanis1

“A avenida B, que passou a ser chamada de “Avenida Alanis Maria Laurindo de Oliveira”, recebe desde o último dia 3 de agosto placas com a nova nomenclatura, conforme a Secretaria Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma). A homenagem da via no Conjunto Ceará lembra a menina de 5 anos que foi estuprada e assassinada em 2010 por Antônio Carlos dos Santos Xavier, o ”Casim”.

Alanis foi raptada quando estava com os pais em uma igreja do Conjunto Ceará. Ela foi encontrada morta no dia seguinte, em um matagal no bairro Antônio Bezerra. Em agosto do mesmo ano, Casim foi condenado a 31 anos e oito meses de reclusão em regime fechado.

Segundo a Seuma, estão sendo instaladas cerca de 40 placas de identificação na avenida Alanis, dez delas em postes e outras 30 nas paredes. A mudança do nome da avenida foi decretada em março de 2014, em projeto indicado pelo vereador Eulogio Alves de Melo (PSC).

A defesa sustentou a tese de que Casim é um psicopata e, por isso, deveria ser internado num manicômio judicial. Mesmo assim, o júri foi unânime em condená-lo à prisão. Ele já havia sido condenado pelo estupro de outra criança de cinco anos, mas fugiu quando entrou em regime semiaberto.”

(POVO Online)

Governador parabeniza estudantes pelo bom desempenho no Enem 2014

camiloeoesioldo

“Para mim, foi uma surpresa estarmos junto com um chefe de Estado, pois todos que trabalham na escola, tanto alunos quanto professores, fazem um trabalho bem feito e dedicado. Por isso, ser escolhido e se destacado foi realmente gratificante, pois nós percebemos que nossos esforços estão valendo a pena e sendo reconhecidos. O fator mais importante para o destaque da nossa escola é o fator socioeconômico, pois essa característica aborda a inclusão e ascensão social dada por lá”, revelou Rute Cavalcante, de 16 anos, aluna destaque da Escola Estadual de Educação Profissional Padre João Bosco de Lima, de Mauriti, a 502 km da Capital.

A aluna e outros colegas e professores de cinco escolas da rede pública estadual foram recebidos pelo governador Camilo Santana, pela vice-governadora Izolda Cela e pelo ministro-chefe da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República Roberto Mangabeira Unger, no Palácio da Abolição, nesta terça-feira – Dia do Estudante. As escolas se destacaram nos resultados do Enem 2014 e também ganharam prêmios internacionais. 

“Esses resultados são frutos de um trabalho dedicado do Estado, professores, diretores das escolas, secretários municipais de educação, prefeitos, além dos pais. O Ceará tem se destacado a nível nacional, tanto quando iniciou o Programa de Alfabetização na Idade Certa (PAIC), como com as escolas de ensino profissional do Estado. Pode perceber que as melhores notas foram exatamente das escolas profissionalizantes de tempo integral e, desta forma, mostramos que este modelo é o que devemos persistir e ampliar. Não só no Ceará, mas em todo Brasil”, disse, no ato, Camilo,Santana.

De acordo com os resultados do ENEM 2014, divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anysio Teixeira (INEP), na classificação geral, a EEEP Adriano Nobre, localizada no município de Itapajé, foi a instituição pública mais bem colocada no Estado. Os dados envolvem 1.295.954 estudantes de todo o Brasil que fizeram o Enem.
Além dela, outras duas unidades de ensino se destacaram, ficando entre as 20 melhores do país nos quesitos matrícula superior a 90 alunos, indicador de permanência maior que 80% e indicador socioeconômico baixo. São as Escolas Padre João Bosco de Lima, de Mauriti, e Deputado Cesário Barreto Lima, de Sobral, que ocuparam a 1ª e 2ª posições, respectivamente. No caso do “indicador socioeconômico muito baixo”, o Ceará ficou novamente entre as melhores. É o caso da Escola de Ensino Fundamental e Médio de Irauçuba, que ficou com a 1ª colocação. Já duas alunas da escola de Bela Cruz, ganharam dois dos oito prêmios conquistados pelo Brasil na Feira Internacional de Ciências e Engenharia (Intel ISEF).

(Com Site do Governo)

Anfavea – Indústria automobilística contribui para retração da economia

“O presidente da Associação Nacional de Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Luiz Moan, reconheceu, nesta terça-feira (11), que a indústria automobilística contribui para puxar a economia brasileira para baixo. Com previsão de queda na produção de 18% neste ano, em relação a 2014, o setor passa por dificuldades em razão da retração no mercado interno e de redução nas exportações, por conta de perda de competitividade.

No que diz respeito ao mercado interno, Moan acredita haver uma crise de pessimismo. “Não vejo no mundo real um fundamento para uma queda de vendas desse tamanho. Há uma crise de confiança do consumidor brasileiro”, afirmou em audiência pública na Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio, sobre a queda na produção de veículos.

A audiência foi sugerida pelo deputado Luiz Lauro Filho (PSB-SP), preocupado com a queda do emprego no setor. “São férias coletivas, anúncios de demissão em massa, funcionários dispensados por telegrama. Não há nada que possa impactar mais a vida de um país do que o desemprego”, observou o parlamentar.

Dados do Ministério do Trabalho e Emprego indicam queda nos empregos em geral. Só em São Paulo, foram perdidos cerca de 36 mil postos nos últimos 12 meses, com base em junho deste ano. Luiz Moan manifestou preocupação com a manutenção dos empregos. Segundo ele, a indústria automotiva mantém 37 mil funcionários em férias coletivas, em licença remunerada ou em contrato de trabalho suspenso para evitar demissões.

No total, a indústria emprega diretamente cerca de 136 mil trabalhadores, número que sobe para 5 milhões se somadas a cadeia produtiva e de pós-venda.”

(Agência Câmara)

 

Casa Vermelha inaugura nova sede com debate sobre o Brasil

406 1

guhermeme

O espaço político-cultural Casa Vermelha (CV) vai inaugura sua nova sede, no bairro Benfica, às 18h30min desta quinta-feira. O ato será marcado com um debate intitulado Grupo Brasil: Uma Agenda da Esquerda Frente à Reação Conservadora.

Atuarão como debatedores o secretário de Ciência e Tecnologia e Ensino Superior do Estado e ex-senador Inácio Arruda (PC do B), o deputado estadual Elmano de Freitas (PT) e representantes das centrais sindicais e movimentos sociais. A coordenação será do vereador licenciado Guilherme Sampaio (PT), atual secretário estadual da Cultura.

Em seu novo endereço, a Casa Vermelha, que funcionava desde maio de 2013 na Aldeota, continuará com seus programas e projetos: o ‘Café com Ideias” – debates mensais aos sábados sobre temas conjunturais e de interesse da sociedade; o Agenda 13 – reuniões com grupos para discussão de temas específicos a segmentos; e a Biblioteca Popular da Casa Vermelha – espaço para livre troca de livros, com cerca de quatro mil títulos de todas as áreas do conhecimento e da literatura.

SERVIÇO

Casa Vermelha – Avenida da Universidade, 2197 (Benfica) .
Informações – 99731 9752

Émerson Maranhão vai expor na UFC a produção audiovisual do Grupo O POVO

photo

O jornalista Émerson Maranhão falará nesta terça-feira, às 18 horas, sobre o tema Produção Audiovisual do Grupo de Comunicação O POVO. Ele falará dentro da Semana GruppeTV – Transformação no Jornalismo Audiovisual, do Curso de Jornalismo da Universidade Federal do Ceará.

A exposição ocorrerá no auditório Rachel de Queiroz, do Centro de Humanidades, no Campus do Benfica. 

A Semana GruppeTV se encerrará nesta quarta-feira, com exibição do documentário “Defensorxs”, a partir das 15 horas, na Casa Amarela.

Vitor Valim diz que gostaria de ser prefeito de Fortaleza

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=1B3iwOSsqp8[/youtube]

O deputado federal Vitor Valim (PMDB) defendeu, nesta terça-feira, que haja união em torno do País e não em torno da presidente Dilma Rousseff.  “Se ela vier ao encontro da população, com certeza vai haver união”, diz o parlamentar.,

Ele lamenta a crítica de que quem questiona o governo seja chamado de golpista. Para Vitor Valim, agressões do gênero não ajudam.

O parlamentar voltou a manifestar o desejo de disputar a Prefeitura de Fortaleza. Chegou a dizer que tem, assim como qualquer fortalezense , o desejo de governar a capital cearense. Mas ele deixou claro que seu nome é colocado para uma frente de oposição à gestão do prefeito Roberto Cláudio (Pros).

Governo federal vai investir R$ 186 bilhões em geração e transmissão de energia

“Com o intuito de dar celeridade aos projetos de ampliação de geração e de transmissão de energia no país, o governo federal lançou hoje (11) o Programa de Investimento em Energia Elétrica (PIEE), que prevê a aplicação de R$ 186 bilhões entre agosto de 2015 e dezembro de 2018. Do total, R$116 bilhões serão investidos em obras de geração e R$ 70 bilhões em linhas de transmissão.

Ao ampliar a oferta de energia, o governo busca ampliar a competitividade do setor, de forma a reduzir o custo da energia no país. Com os novos projetos de geração de energia a serem contratados, serão investidos R$ 42 bilhões até 2018, e outros R$ 74 bilhões após 2018. Essas obras vão aumentar entre 25 mil megawatts (MW) e 31,5 mil MW a energia fornecida ao sistema.

Serão leiloados 37,6 mil quilômetros de linhas de transmissão, a um custo previsto de R$ 70 bilhões. Deste total, R$ 39 bilhões serão executados até 2018, e R$ 31 bilhões a partir de 2018.

Entre as obras planejadas, o ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, destacou a construção das hidrelétricas de Tapajós e Jatobá, ambas no Rio Tapajós. “Nosso objetivo é fazer esses leilões até o final deste ano”, disse Braga.

De acordo com o Ministério de Minas e Energia, entre 2001 e 2014 a geração elétrica cresceu 67%, passando de 80 mil MW para 134 mil MW. Em 2014, foram agregados mais 7,5 mil MW ao Sistema Interligado Nacional. Já na transmissão, o crescimento foi 80% no mesmo período, passando de 70 mil quilômetros de linhas para cerca de 125 mil, sendo que cerca de 9 mil quilômetros foram instalados no ano passado.

A energia eólica tem sido uma das prioridades do governo. Por meio do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) foram feitos financiamentos para 291 parques eólicos entre 2005 e 2014, agregando mais 7,5 mil MW na capacidade instalada do país. Com isso, a expectativa é que em 2023 as usinas eólicas sejam responsáveis por 11,4% da produção elétrica do país – o que representa uma potência instalada de 22,4 mil MW.”

(Agência Brasil)

Metrofor – Linha Sul ganhará sistema automatizado de sinalização e controle de trens

ivovvo

Lúcio Gomes fez reunião de trabalho com equipe do Metrofor.

O secretário das Cidades do Estado, Lúcio Gomes, realizou a primeira reunião de trabalho com a Companhia Cearense de Transportes Metropolitanos (Metfrofor). Foi nessa segunda-feira, quando ele foi recebido pelo presidente do Metrofor, Eduardo Hotz, e pela equipe de diretores da estatal. Na ocasião, Lúcio Gomes conheceu com detalhes o projeto de automatização da Linha Sul do Metrô de Fortaleza, cuja contratação foi realizada em julho.

A automatização consiste na implantação do Sistema de Sinalização e Controle de Trens, Tráfego e Energia, que será fornecido e implantado pela empresa MPE Engenharia e Serviços Ltda, ao valor global de 125,6 milhões, que são compostos por recursos do Governo do Estado (21,79%) e da União (78,21%). A ordem de serviço foi assinada no dia 17 de julho e o prazo de execução é de dois anos e meio.

O Sistema de Sinalização e Controle de Trens, Tráfego e Energia é o módulo que permitirá o alcance das capacidades máximas da Linha Sul do metrô de Fortaleza. Ele é composto por um conjunto de equipamentos e softwares capazes de monitorar e controlar automaticamente diversos parâmetros operacionais do metrô. Por isso, esse sistema permitirá o aumento do número de trens elétricos em operação, bem como o aumento da velocidade.

Em conjunto com outros módulos, o Sistema de Sinalização e Controle de Trens, Tráfego e Energia viabilizará a redução do tempo médio de espera por trens nas estações, que deve cair dos atuais 20 minutos, para até 6 minutos, quando a execução chegar à totalidade. Com isso, haverá uma ampliação significativa na capacidade de transporte de passageiros do metrô de Fortaleza. Além de Lúcio, Hotz e os diretores da Metrofor, participaram da reunião o secretário-adjunto da Secretaria das Cidades, Quintino Vieira, e o secretário executivo da pasta, Ronaldo Borges.

Dilma visitará canteiro de obras da Transnordestina, anuncia José Guimarães

dilamamemem

A presidente Dilma visitará o canteiro de obras da Ferrovia Transnordestina ainda neste mês. A informação é do líder do Governo na Câmara dos Deputados, José Guimarães (PT), adiantando que essa visita ocorrerá logo depois de sua passagem pela Bahia. A ordem é recuperar espaços de popularidade no Nordeste.

“A presidente quer dialogar com o País e mostrar que o Brasil tem governo e que estamos fazendo todo o esforço para retomada do crescimento da economia brasileira”, avisa José Guimarães.

A agenda presidencial para os próximos dias inclui ainda reuniões com sindicalistas no Palácio do Planalto. Nesta quarta-feira, Dilma participará do encerramento da V Marcha das Margaridas, que protestará contra o ajuste fiscal em Brasília, mas defenderá o mandato de Dilma, hoje alvo de questionamentos da oposição, que fomenta impeachment.

Dilma quer sair do atoleiro pegando nas mãos do Renan

Com o título “Um bote salva-vidas para Dilma”, eis artigo do jornalista Henrique Araújo, editor-adjunto de Conjuntura do O POVO, sobre a entrada do presidente do senado, Renan Calheiros (PMDB/AL), na tropa de salvação pró-Dilma e contra as pautas-bombas do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB/RJ). Confira:

Os sinais emitidos por Renan Calheiros são cristalinos. Ao afirmar que a votação das contas de Dilma e o impeachment da presidente não são prioridades no Congresso, o parlamentar afugenta os principais fantasmas que assombram o Planalto hoje. Some-se a isso a garantia de que a indicação de Rodrigo Janot para a chefia da PGR será apreciada de forma célere, com sabatina e votação transcorrendo no mesmo dia. Cheio de simbolismo, o gesto do peemedebista – um dos investigados na Lava Jato – é um bote salva-vidas atirado para uma presidente a menos de uma semana da terceira onda de manifestações.

É pegar ou largar. E Dilma vai agarrá-lo com pernas e braços. Desde o início da crise, pressagiada na eleição de Eduardo Cunha à presidência da Câmara, o pacotão de Renan é a melhor notícia para uma gestão engolfada em tempestade política e econômica, chantageada por opositores e aliados e ameaçada de deposição.

A “agenda Brasil” é, porém, mais que receita para a melhora gradual da saúde fiscal do país. É a derradeira chance de o governo sair do atoleiro.

É também passaporte para que Renan se afaste da sombra da Lava Jato.

* Henrique Araújo,

Editor-adjunto de Conjuntura do O POVO.

Tucano diz que entrada de Ciro Gomes na disputa presidencial enriquecerá o debate

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=ERPo65z5S6A[/youtube]

O deputado federal Raimundo Gomes de Matos (PSDB) classificou, nesta terça-feira, como um direito que tem o ex-ministro Ciro Gomes de querer disputar a presidência da República em 2016.

O tucano ressalva que a hora é de aguardar a definição do destino político que Ciro adotará, no que, segundo se comenta em Brasília, já se tem como certo o PDT como sua próxima legenda.

Raimundo Gomes de Matos  disse que, em hipótese alguma, o PSDB de Aécio Neves teme uma possível candidatura presidencial de Ciro. Para o parlamentar, uma entrada do ex-ministro contribuirá para enriquecer o debate sobre os problemas do País.

Uma mulher à frente do Governo do Ceará pela primeira vez

104 1

foto izolda

Pela primeira vez na história do Ceará, uma mulher assumirá o Governo do Estado. Na próxima sexta-feira, a vice-governadora Izolda Cela (Pros) ocupará o Palácio da Abolição por um período de sete dias.

Isso, porque o governador Camilo Santana (PT) viajará, no fim de semana, com destino aos Estados Unidos. Ali, cumprirá descanso com a família. Os gastos da viagem, avisa, serão por conta própria.