Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Operação Lava Jato – PF quer quebra de sigilo bancário e fiscal de deputado cearense

Aníbal Gomes. deputado estadual. (Foto: Carlos Gibaja/Divulgação)

Investigadores da Operação Lava Jato encaminharam ao Supremo Teribujnhal Federal pedido de sigilo bancário em inquéritos dos quais são alvos o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB/AL), o senador Fernando Collor de Melo (PTB/AL), o ex-deputado João Pizzolatti (PP) e o deputado federal Aníbal Gomes (PMDB).

Esses nomes são  investigados por suposta participação no esquema de corrupção e pagamento de propina envolvendo a Petrobras.

O pedido foi encaminhado ao ministro Teori Zawascki, relator da Operação Lava Jato no Supremo. Os pedidos foram protocolados em segredo de justiça. Também há pedido para quebra do sigilo fiscal de Renan Calheiros e Aníbal Gomes.

* Com Estadão Conteúdo leia aqui.

AMB não quer PEC da Bengala estendida a desembargadores

“A Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) que a Emenda Constitucional 88/2015, conhecida como PEC da Bengala, não seja estendida para desembargadores. O pedido foi feito nessa quarta-feira. A medida foi tomada após decisões que ampliaram os efeitos da emenda, que aumentou de 70 para 75 anos a idade para a aposentadoria compulsória de ministros de tribunais superiores.

A ampliação da aposentadoria compulsória é uma das polêmicas provocadas com a promulgação da emenda, na semana passada. Além das liminares concedidas a juízes, na interpretação da AMB, o aumento da idade mínima para 75 anos está condicionado a uma nova sabatina pelo Senado, conforme prevê o Artigo 52 da Constituição Federal, até que uma lei complementar seja aprovada. Dessa forma, os ministros devem passar por mais uma sabatina, além da prevista para ingressar no cargo.

Para contestar a dupla sabatina, a AMB, a Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe) e a Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra) entraram com um pedido de liminar no Supremo Tribunal Federal (STF) para derrubar parte da emenda.”

(Agência Brasil)

Zico traz grupo de ex-flamenguistas para jogo beneficente em Sobral

zicococ

Liuciano Arruda posa ao lado de Zico.

O ex-jogador da Seleção Brasileira e do Flamengo, Zico, desembarcou, nesta madrugada de quinta-feira, no Aeroporto Internacional Pinto Martins. Com ele, outros ex-flamenguistas como Tita, Athirson, Cláudio Adão e Aldair. O grupo foi recebido pelo chefe de gabinete da Prefeitura de Sobral, Luciano Arruda, que os levou para esse município da Zona Norte.

Zico e o grupo farão jogo beneficente no Estádio do Junco, a partir das 20 horas desta quinta-feira, contra a seleção master cearense.

Antes, os ex-flamenguistas almoçarão com o prefeito Clodoveu Arruda, no Hotel Tulip Inn. Em seguida, o grupo visitará uma escola de tempo integral e, a partir das 16 horas, dará entrevista coletiva no Teatro São João.

Após o jogo, todos jantarã com o prefeito de Sobnral em um buffet da cidade.

DETALHE – As camisas que os ex-jogadores usarão nessa partida trazem as marcas da Lubnorte, distribuidora Texaco, e da Prefeitura de Sobral.

Camilo quer ajuda federal para saúde no Ceará

60 6

camilo1-400x300

Da Coluna Vertical, no O POVO desta quinta-feira (14):

O governador Camilo Santana (PT) quer apresentar à presidente Dilma Rousseff a radiografia da saúde do Ceará, hoje exposta nacionalmente e em clima de caos. O quadro é grave principalmente por falta de repasses federais. Mas Camilo, aliado e petista, não abrirá esse verbo.

O líder do Governo na Câmara, José Guimarães, ficou de marcar audiência com o Palácio do Planalto.

Fortaleza enfrenta mais um dia de muito calor

66 1

O calor deverá voltar a castigar Fortaleza, nesta quinta-feira (14), segundo a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). Nem a chuva que cai nesta manhã, servirá para aliviar os 32°C previstos para a tarde, quando o céu ficará com poucas nuvens, de acordo ainda com a Funceme.

Para esta sexta-feira (15), a previsão é que a temperatura caia 1°C, mas a falta de ventos aumenta a sensação térmica em Fortaleza.

Câmara derruba alteração no pagamento do auxílio-doença

Depois de perder a votação da emenda que derruba o fator previdenciário, o governo sofreu novo revés, na noite dessa quarta-feira (13), durante a votação dos destaques da Medida Provisória (MP) 664/14, que alterou as regras para a concessão da pensão por morte e do auxílio-doença.

E foi o ponto da MP que alterava a responsabilidade pelo pagamento do auxílio-doença que marcou o embate entre a base e a oposição. Por 229 votos favoráveis, 220 contrários e uma abstenção, os deputados excluíram do texto o trecho que determinava que as empresas seriam responsáveis pelo pagamento dos primeiros 30 dias do auxílio-doença.

Com a alteração, o governo pretendia economizar no pagamento do benefício, que passaria a ser arcado pelos empresários durante o período. Agora, continua valendo a regra atual pela qual a empresa é responsável pelo pagamento dos 15 primeiros dias de licença médica do trabalhador e o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), a partir do décimo sexto dia.

Após a aprovação do destaque que trata do pagamento do auxílio-doença, a sessão foi encerrada. Os demais destaques serão analisados em sessão extraordinária desta quinta-feira (14) .

(Agência Brasil)

Deola volta a ser ‘vilão’ e Fortaleza é eliminado da Copa do Brasil

foto fortaleza deola pênalti

Após falhar no segundo gol do Coritiba e não defender nenhuma das 11 cobranças de pênaltis da equipe paranaense, o goleiro Deola perdeu a última cobrança de pênaltis alternados (sequer chegou a ameaçar a defender alguma),  e eliminou o Fortaleza da Copa do Brasil, na noite dessa quarta-feira (13), no estádio Couto Pereira, em Curitiba. No tempo normal, a equipe cearense perdeu a partir da, por 2 a 1. Como o Fortaleza havia vencido o primeiro jogo, pelo mesmo placar, a decisão foi para a cobrança de pênaltis.

A falha do goleiro tricolor lembrou o gol que o Fortaleza sofreu contra o Sport, pelas quartas de final. Entre a falha da Copa do Nordeste e da Copa do Brasil, o goleiro também falhou na decisão do Campeonato Estadual, ao permitir a reação do Ceará, quando o Fortaleza vencia por 1 a 0.

Goleiro do Palmeiras, Deola perdeu espaço no time paulista, em 2014, após a goleada do Goiás, por 6 a 0, pelo Campeonato Brasileiro.

Câmara aprova emenda que derruba fator previdenciário

86 1

guimaraess

Por 232 a favor, 210 contra e 2 abstenções o plenário da Câmara aprovou na noite dessa quarta-feira (13) uma emenda que modifica o fator previdenciário. A emenda constava na Medida Provisória (MP) 664/14 cujo texto-base foi aprovado antes pelos deputados. O governo que comemorou a aprovação da MP 664, que alterou as regras da concessão da pensão por morte e auxílio-doença, não concordava com a emenda.

O líder do governo, José Guimarães (PT-CE), disse que, em quase duas horas de conversa, em um café da manhã com o vice-presidente da República, Michel Temer, chegou a afirmar que o governo conseguiu costurar um acordo que evitaria a votação da emenda, ocupou a tribuna para pedir que a base aliada votasse pela rejeição da emenda do deputado Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP).

Guimarães chegou a anunciar a intenção do governo debater as alterações no fator previdenciário no fórum criado pela presidenta Dilma Rousseff para tratar de questões trabalhistas. “A emenda não acaba com o fator previdenciário. E nós queremos enfrentar o problema”, disse.

Aprovado em 1999, durante o governo de ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, o fator previdenciário visa a postergar as aposentadorias dentro do Regime-Geral da Previdência. Pela regra do fator, o tempo mínimo de contribuição para aposentadoria é 35 anos para homens e 30 para mulheres, o valor da aposentadoria é reduzido para quem se aposenta por tempo de contribuição antes de atingir 65 anos, no caso de homens, ou 60 anos, de mulheres.

(Agência Brasil)

Governadores do Nordeste aprovam criação de Conselho de Tecnologia e Ciência do Nordeste

“O Nordeste é a solução para o Brasil. Essa foi a essência dos debates que aconteceram durante o 3º Encontro dos Governadores do Nordeste, que ocorreu, no Centro de Convenções da cidade de Natal (RN). O vice-governador Carlos Brandão, representando o governador Flávio Dino, e acompanhado do secretário de Estado de Fazenda, Marcellus Ribeiro, uniu-se a governadores e ministros para discutir pauta única de desenvolvimento para toda a região, além de reivindicarem melhorias para os seus estados.

O vice-governador Carlos Brandão, por exemplo, defendeu a criação do Conselho de Tecnologia e Ciência do Nordeste. A ideia foi anteriormente compartilhada entre o governador Flávio Dino e o ex-deputado Ariosto Holanda (PROS-CE). Na Carta Proposta do governo Flávio Dino, o Conselho se apresenta como ferramenta para assegurar mais celeridade aos investimentos em atividades que estimulem a produção e difusão de conhecimento, contribuir com as iniciativas tecnológicas e científicas de nossa região, o papel de analisar a distribuição dos fundos específicos para pesquisa e inovação, valorizar nossas demandas regionais, além de trabalhar o desenvolvimento social e econômico dos estados do Nordeste de maneira conjunta.

O pleito foi acolhido por unanimidade e será discutido entre os governadores do Nordeste, dia 20, em Brasília, com o ministro Aldo Rebelo.

Durante o Encontro, foram tratados assuntos centrais relativos ao ajuste fiscal, continuidade e ampliação de investimentos para a Região Nordeste, a unificação da alíquota do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) e questões referentes à previdência social.”

(Jornal Meio Norte)

TJ/CE e Sejus fecham convênio em favor da ressocialização de apenados

ahhhhfb bb

Hélio Leitão (Sejus), Iracema do vale (TJ/CE) e a vice Izolda Cela

“A presidente do Tribunal de Justiça, desembargadora Iracema Vale, e o secretário estadual de Justiça e Cidadania (Sejus), Hélio Leitão, assinaram, na tarde desta quarta-feira, convênio que viabiliza o projeto “Justiça de Portas Abertas”. A iniciativa consiste em ressocializar cumpridores de penas nos regimes aberto, semiaberto e em livramento condicional através da garantia de emprego. A vice-governadora do Ceará, Izolda Cela, também participou da reunião.

Atualmente, no Fórum Clóvis Beviláqua, dez apenados já trabalham nos setores de arquivo e digitalização. Com a assinatura do convênio, o TJCE fica responsável pela avaliação jurídica sobre o comportamento dos apenados e sobre a adequação do regime de cumprimento de pena; seleção, encaminhamento para o trabalho e recepção dos assistidos; e acompanhamento psicossocial e promoção de capacitações. Já a Sejus participa da seleção e custeia bolsas de emprego, alimentação e, em situações eventuais, capacitações.

“A assinatura desse convênio do Tribunal de Justiça com a Secretaria de Justiça e Cidadania é um momento de grande importância pois estamos preocupados com a ressocialização, com a reabilitação dos apenados, dando uma nova oportunidade na sociedade”, destacou a desembargadora Iracema Vale.

Para Izolda Cela, a iniciativa é de grande responsabilidade social e é fundamental na recuperação das pessoas que cumprem penas. “O nosso grande desafio hoje é expandir o projeto para agregar mais gente, mais forças, para que nós possamos tratar cada vez com mais dignidade as pessoas que se encontram na condição de cumpridor de pena”, disse.

De acordo com a juíza Luciana Teixeira, idealizadora do projeto juntamente com o juiz César Belmino, a ideia é que, até o fim deste ano, 50 deles estejam trabalhando no Poder Judiciário. Segundo a magistrada, por meio do “Justiça de Portas Abertas”, o Judiciário cearense espera servir de exemplo para as empresas da área privada, que já desenvolvem alguns trabalhos de ressocialização. “Nós queríamos dar o exemplo de receber essas pessoas na nossa própria casa, demonstrando, assim, não só a vontade de inseri-los no mercado de trabalho, mas mostrando que nós também estamos de portas abertas para recebê-los”, explicou a juíza.

“Esse esforço é uma iniciativa ousada e inovadora dos juízes e que contou com a sensibilidade e o apoio da presidente Iracema Vale. Nós entendemos que o projeto é fundamental para a redução dos índices de violência, fazendo com que aquele homem ou aquela mulher que passe pelo cárcere tenha uma alternativa de trabalho”, afirmou o secretário da Sejus, Hélio Leitão.”

(Site do TJ/CE)

Câmara aprova MP que altera regras para concessão de pensão por morte

“O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou hoje (13), por 277 votos a favor, 178 contra e uma abstenção, o texto base da Medida Provisória (MP) 664/14, que altera as regras para a concessão de pensão por morte, seguro defeso e auxílio doença. Os deputados devem iniciar agora a votação dos destaques. Os deputados aprovaram o texto do relator da MP na comissão mista do Congresso que analisou a medida, Carlos Zarattini (PT-SP), que modificou a medida originalmente encaminhada pelo governo.

Pelo texto aprovado, no caso da pensão por morte, a MP exige o tempo mínimo de dois anos de casamento ou união estável e pelo menos 18 meses de contribuição para que o cônjuge ou companheiro tenha direito ao benefício. Em seu relatório, Zarattini também alterou a proposta original que estabelecia uma cota familiar e dava direito a 50% da pensão para o cônjuge e mais 10% para cada dependente, até no máximo de cinco. No texto do relator, o pagamento da pensão voltou a deixar a pensão integral.

Em relação ao auxílio-doença, o texto mantém a obrigação de a empresa pagar ao seu empregado o salário durante os primeiros 30 dias de afastamento, o dobro do que previa a legislação anterior à MP. “Nós buscamos dar, por um lado, as garantias de que os trabalhadores não perderão seus benefícios e, ao mesmo tempo, garantir a sustentabilidade da Previdência Social”, disse Zarattini ao defender a aprovação da MP.

No começo da sessão, Cunha não admitiu a parte do parecer do relator que acrescentava o desconto de 8% do seguro-desemprego e do seguro-defeso para fins de consideração do tempo de recebimento do benefício para aposentadoria, por considerar matéria estranha ao tema original.

A sessão que aprovou a MP foi marcada pela presença na galeria do Plenário de manifestantes ligados à Força Sindical contrários à medida. Desde o final da manhã eles protestavam contra a medida provisória, por considerarem que ela retira direitos previdenciários. Com bandeiras e faixas, os manifestantes gritavam palavras de ordem cada vez que um integrante da base aliada se pronunciava a favor da matéria, principalmente a alteração que prevê o fim da vitaliciedade da pensão para as pessoas com menos de 44 anos.

Após o resultado da votação, alguns dos manifestantes gritaram palavras de ordem contra o governo e contra as alterações nas regras da pensão por morte. Alguns deles, chegaram a fazer um bundalelê. Após o episódio, por ondem do presidente da Câmara, Eduardo Cunha, as galeria foram esvaziadas.”

(Agência Brasil)

Luizianne Lins chama de “vergonhosa” situação da saúde na gestão do prefeito Roberto Cláudio

98 1

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=j07hPG5o4JU[/youtube]

A deputada federal Luizianne Lins (PT) ocupou a tribuna da Câmara, nesta quarta-feira, para criticar e qualificar como “vergonhosa” a situação de calamidade da saúde pública em Fortaleza. Ela bateu duro na gestão do prefeito Roberto Cláudio e lamentou que o IJF-Centro esteja em situação difícil, destacando que, na sua época, foi bem tratado.

Luizianne adiantou que o prefeito Roberto Cláudio usou como desculpa para a situação caótica na saúde falta de repasses do Ministério da Saúde.

Camilo Santana monta comitê para enfrentar a crise na área da saúde

“O governador Camilo Santana (PT) criará comitê para combate crise na saúde no Ceará. “Eu convoquei todos os diretores de hospitais para analisar os gargalos, as soluções. Eu vou criar um comitê, chamar os sindicatos médicos, chamar os responsáveis e discutir as saídas para a saúde pública no estado do Ceará”, afirmou o governador em coletiva de imprensa durante a Jornada Nacional de Saúde e Ambiente, realizada nesta quarta-feira, 13, em Fortaleza.

Ele diz, no entanto, que a situação não deve melhorar se não for injetado mais dinheiro na saúde pública do Ceará, que segundo ele, está com repasse de verbas defasado. “Há oito anos atrás, a cada R$ 1 real que o Ceará gastava, nós recebíamos R$ 1 real a nível federal. Hoje, a cada R$ 1 real que nós recebemos, nós gastamos R$ 4 reais. Antes mesmo de eu assumir (o governo do Estado), sempre tinha colocado que nós temos um subfinanciamento da saúde pública brasileira”, argumenta.

As edições do O POVO de hoje e ontem, mostram a crise na que vivem os grandes hospitais da Capital. No Instituto Dr. José Frota (IJF), principal hospital da rede pública de Fortaleza, pacientes são atendidos no chão. No Hospital Geral de Fortaleza (HGF), principal hospital da rede estadual de saúde, pacientes são atendidos nos corredores. Camilo justifica o cenário ruim alegando que nos primeiros quatro meses de governo, investiu R$ 50 milhões a mais do que o montante gasto em 2014.

Sobre uma polêmica licitação feita pelo HGF para contratar buffet para um encontro de médicos, no valor de R$ 57 mil, Santana diz que tão logo tomou conhecimento do fato, mandou cancelar o evento e o buffet. “Não se admite enquanto está faltando medicamento, se fazer buffet”, critica.”

(O POVO Online)

Médica cearense recorre à Justiça para estudar no Exterior

A médica cearense Kelly Roveran, da empresa pública federal EBSERH – Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, foi contemplada com uma bolsa de estudo para realizar seu doutorado no Canadá, dada pelo governo federal, por meio do CNPq. Porém, só conseguiu a liberação da empresa para cursar o doutorado após ajuizar reclamação na Justiça do Trabalho.

Isso porque a empresa pública federal não quis liberá-la para fazer o doutorado no Exterior com bolsa, mesmo que essa liberação (suspensão do contrato de trabalho) fosse sem ônus para a empresa. Decisão da 7ª Vara do Trabalho de Fortaleza garantiu sua liberação, com a suspensão do contrato de trabalho, sem ônus. A médica embarcou no último dia 6.

Os argumentos utilizados pelo advogado Eduardo Pragmácio Filho no caso foram o direito à formação profissional, a proteção à família, a função social do contrato e o interesse público. “Trata-se de um caso inédito e paradigmático: trata da aplicação dos direitos fundamentais (inespecíficos) nas relações privadas, previstos em nossa Constituição Federal”, afirma Pragmácio Filho.

(Com TRT-CE)

Ministério da Saúde avaliará se usará vacina contra a dengue, mas não define prazos

59 1

“Depois de reconhecer que nove estados brasileiros vivem uma epidemia de dengue, o Ministério da Saúde informou que está analisando pesquisas que buscam uma vacina contra a doença. O laboratório privado Sanofi Pasteur foi o primeiro do mundo a concluir estudos da vacina, que é analisada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para concessão de registro. Dois laboratórios públicos brasileiros desenvolvem o imunizante.

Segundo o secretário de Ciência e Tecnologia da pasta, Jarbas Barbosa, a Anvisa é a primeira agência reguladora a analisar o registro de uma vacina contra a dengue. “Eles pediram o registro em 31 de março. Foi o primeiro pedido no mundo. Como é um produto novo, a análise da Anvisa leva tempo porque não há precedente”, disse Barbosa, explicando que não há prazo para a conclusão da análise.

Na avaliação do secretário, caso o produto consiga o registro e possa ser vendido no mercado brasileiro, haverá uma avaliação técnica sobre se ele será incorporado ao Sistema Único de Saúde. “Tem que ser uma análise muito cuidadosa para haver segurança; que a vacina preencha os requisitos básicos de segurança e eficácia. Isso sendo atingido, vamos analisar o custo efetividade, o impacto epidemiológico, o impacto orçamentário”, explicou.

Uma característica desta vacina que desanima o Ministério da Saúde para possível incorporação na rede pública, é que a eficácia dela é considerada baixa, porque atinge pouco mais de 60% de imunização contra os quatro tipos de dengue. Além disso, ela é aplicada em três doses, com intervalo de um ano entre a primeira e a terceira. “Tem que pesar bem”, disse Barbosa. Em contrapartida, o laboratório diz que ela é capaz de diminuir em 95% os casos graves da doença, o que inclui o tipo hemorrágico.”

(Agência Brasil)

TJ do Ceará e Sejus firmam convênio em torno de projeto de ressocialização de apenados

odldla

Hélio Leitão, Iracema do Vale e Izolda Cela – cerimônia de assinatura no TJ/Ceará.

“A presidente do Tribunal de Justiça, desembargadora Iracema Vale, e o secretário estadual de Justiça e Cidadania (Sejus), Hélio Leitão, assinaram, na tarde desta quarta-feira, convênio que viabilizará o projeto “Justiça de Portas Abertas”. A iniciativa consiste em ressocializar cumpridores de penas nos regimes aberto, semiaberto e em livramento condicional através da garantia de emprego. A vice-governadora, Izolda Cela, também participou da reunião.

Atualmente, no Fórum Clóvis Beviláqua, dez apenados já trabalham nos setores de arquivo e digitalização. Com a assinatura do convênio, o TJCE fica responsável pela avaliação jurídica sobre o comportamento dos apenados e sobre a adequação do regime de cumprimento de pena; seleção, encaminhamento para o trabalho e recepção dos assistidos; e acompanhamento psicossocial e promoção de capacitações. Já a Sejus participa da seleção e custeia bolsas de emprego, alimentação e, em situações eventuais, capacitações.

“A assinatura desse convênio do Tribunal de Justiça com a Secretaria de Justiça e Cidadania é um momento de grande importância pois estamos preocupados com a ressocialização, com a reabilitação dos apenados, dando uma nova oportunidade na sociedade”, destacou a desembargadora Iracema Vale.

Para Izolda Cela, a iniciativa é de grande responsabilidade social e é fundamental na recuperação das pessoas que cumprem penas. “O nosso grande desafio hoje é expandir o projeto para agregar mais gente, mais forças, para que nós possamos tratar cada vez com mais dignidade as pessoas que se encontram na condição de cumpridor de pena”, disse.

De acordo com a juíza Luciana Teixeira, idealizadora do projeto juntamente com o juiz César Belmino, a ideia é que, até o fim deste ano, 50 deles estejam trabalhando no Poder Judiciário.Segundo a magistrada, por meio do “Justiça de Portas Abertas”, o Judiciário cearense espera servir de exemplo para as empresas da área privada, que já desenvolvem alguns trabalhos de ressocialização. “Nós queríamos dar o exemplo de receber essas pessoas na nossa própria casa, demonstrando, assim, não só a vontade de inseri-los no mercado de trabalho, mas mostrando que nós também estamos de portas abertas para recebê-los”, explicou a juíza.”

(Site do TJ-CE)

Nos 67 anos do arcebispo, a “bênção” de autoridades

unnamed (1)

O arcebispo de Fortaleza, dom José Antônio de Aparecido Tose, ganhou parabéns, nesta quarta-feira, não somente de fieis que, costumeiramente, frequentam a Igreja de Nossa Senhora da Conceição, que fica na área do Seminário da Prainha.

Por conta dos seus 67 anos, o ato de dedicação do novo altar do templo, que passou por reforma recente, recebeu abraços de várias autoridades.

Na lista, o prefeito Roberto Cláudio (Pros); a primeira-dama do Estado, Onélia Leite; a titular da Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública e Sistema Penitenciário (CGD), Socorro França; e os deputados estaduais Carlos Matos (PSDB) e Walter Cavalcante (PMDB), católicos praticantes.

(Foto – Cláudio Barata)

CPI da Petrobras – Presidentes do BC, BB e Coaf serão convocado a prestar esclarecimentos

“A CPI da Petrobras vai convocar o presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, o do Banco do Brasil, Alexandre Abreu, e o do Coaf, Antonio Gustavo Rodrigues, para ouvir explicações sobre a lei que regula remessas de dinheiro ao exterior.

O vice-presidente da CPI, Antônio Imbassahy (PSDB-BA), acusa a legislação atual de ter tantas brechas a ponto de permitir que o doleiro Alberto Youssef, para ficar no exemplo mais notório, mandasse um bilhão de reais a 24 países. As regras para envio de dinheiro ao exterior foram alteradas pela MP 281 em 2006.”

(Coluna Radar, da Veja Online)