Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

PMDB do Ceará inicia nesta sexta-feira inserções no rádio e na TV

eunicios

O PMDB cearense iniciará, a partir das 19 horas desta sexta-feira, sua propaganda partidária na TV e no rádio. Um dos destaques será o seu presidente regional, o senador Eunício Oliveira, que deverá puxar o slogan da atração “PMDB: a verdade é sempre a melhor escolha”.

Além de Eunício Oliveira, que falará sobre sua atuação como líder do partido no Senado  – com farpas na gestão estadual, apareceram nessas inserções os deputados estaduais e federais, vereadores, o vice-prefeito de Fortaleza, Gaudencio Lucena, e outras lideranças do partido no Estado. O programa apregoará um Ceará “mais justo e com mais oportunidades.”

 

PT e PMDB disputam indicação da Companhia Docas do Ceará

121 3

Da Coluna Vertical, no O POVO desta sexta-feira (8):

Quem disse que a queda de braço entre o PT e o PMDB por cargos federais parou no Banco do Nordeste pode tirar o correligionário da fila.

As duas legendas brigam agora pelo controle da Companhia Docas do Ceará. Os petistas apresentaram o nome do ex-deputado estadual e ex-prefeito de Quixadá, Ilário Marques, para o cargo, enquanto o PMDB quer emplacar César Pinheiro, ex-secretário de Recursos Hídricos do Estado (Era Cid Gomes) e correligionário do senador Eunício Oliveira.

O PT já controlou o órgão por meio da deputada estadual Rachel Marques, mulher de Ilário, e o PMDB sempre ocupou ali diretorias. Mas, diante da conquista do BNB, a fome no PMDB aumentou, assim como também o poder de barganha política em Brasília à base de um Governo Dilma fragilizado.

Resta saber se o Planalto jogará mesmo a boia apetitosa para o PMDB ou se deixará o PT morrer nessa praia.

Câmara conclui votação e aprova MP que dificulta acesso ao seguro-desemprego

O Plenário da Câmara dos Deputados concluiu na noite dessa quinta-feira (7) a votação da Medida Provisória 665/14, que muda as regras de concessão do seguro-desemprego, do abono salarial e do seguro-defeso para o pescador profissional artesanal. A MP faz parte do pacote de ajuste fiscal do governo e será votada ainda pelo Senado.

O texto aprovado é o relatório da comissão mista, de autoria do senador Paulo Rocha (PT-PA). Nessa quinta-feira, foram rejeitados todos os destaques e emendas apresentados.

A MP muda a quantidade de meses trabalhados antes da demissão que o trabalhador terá de comprovar para solicitar o seguro-desemprego. Pelo texto aprovado, na primeira solicitação, o trabalhador precisará comprovar o recebimento de salários em, pelo menos, 12 meses nos 18 meses anteriores à data da dispensa.

No segundo pedido, deverá comprovar o recebimento de 9 salários nos 12 meses anteriores. A partir da terceira solicitação, a regra continua igual à atual: comprovar o recebimento nos seis meses anteriores à demissão.

A versão original da MP previa 18 salários em 24 meses no primeiro pedido e 12 salários em 16 meses no segundo requerimento.

Outra novidade em relação à regra atual é a proibição de usar esses mesmos períodos de salário recebido nos próximos pedidos, o que dificulta o recebimento do benefício em intervalos menores.

As novas regras para o seguro-desemprego valem a partir da publicação da futura lei. Entretanto, o texto não disciplina aqueles concedidos entre a vigência da MP (28 de fevereiro) e da futura lei.

Após a votação da MP, o líder do governo, deputado José Guimarães (PT-CE), repetiu o gesto da noite de quarta-feira (6) e agradeceu à base aliada pela aprovação do texto como veio da comissão mista. Ele agradeceu inclusive a deputados da oposição que votaram contra a indicação de seus partidos e “a favor do País”, segundo Guimarães. “Não retiramos, não atacamos os direitos dos trabalhadores, mas aperfeiçoamos.”

Já o líder do DEM, deputado Mendonça Filho (PE), citou o aumento da taxa de desemprego para criticar a MP. “É uma medida correta tirar direitos dos desempregados neste momento em que o Brasil está ampliando o número de desempregados?”, questionou.

A taxa de desemprego subiu nos três primeiros meses deste ano e chegou a 7,9%, segundo dados divulgados nesta quinta-feira (7) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O percentual equivale a 7.934 milhões de pessoas.

(Agência Câmara Notícias)

CFM aponta defasagem em tabela do SUS e governo alega mudança de sistema

138 1

Levantamento feito pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) aponta que mais de 1.500 dos cerca de 4 mil procedimentos hospitalares incluídos na Tabela SUS estão defasados. Segundo os cálculos do CFM, há perdas de mais de 400%, considerando o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) dos últimos seis anos. O Ministério da Saúde defende que o sistema de financiamento público mudou e que a tabela não é mais a principal forma de pagamento.

A pesquisa foi feita com base em dados do Ministério da Saúde do período de 2008 a 2014, para avaliar perdas. O CFM analisou valores pagos pelo governo a estabelecimentos conveniados e filantrópicos que atendem pacientes pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Um exemplo de defasagem citado pela entidade é a do parto normal, procedimento que tem sido incentivado pelo governo. Segundo a pesquisa, em 2008, as unidades hospitalares receberam cerca de R$ 472 a cada Autorização de Internação Hospitalar aprovada para o procedimento. Em 2014, o valor passou para R$ 550. Caso o reajuste levasse em conta o IPCA, o preço seria quase 60% maior. Uma das maiores defasagens apontadas pela tabela feita pelo CFM é a do valor pago por cirurgias de fraturas no tórax. Segundo o levantamento, o preço está 434% menor do que estaria se tivesse sido corrigido pelo índice.

O Ministério da Saúde diz que corrigiu os valores pagos pelos cerca de mil procedimentos da tabela, mas que estes não são mais o foco do financiamento. Segundo o ministério, o modelo que está sendo implantado mais fortemente há cerca de dez anos prioriza a qualidade do serviço e não a quantidade, como ocorre com o pagamento por procedimento.

(Agência Brasil)

‘A Onde É’ renuncia mandato na Câmara Municipal

104 1

foto renúncia aondeé

O ex-entregador de pizza Antônio Farias de Souza, o A Onde É (PTC), renunciou nesta quinta-feira (7) ao mandato de vereador de Fortaleza. O vereador teria seu mandato votado em cassação, após a Comissão de Ética apresentar parecer favorável à quebra de decoro parlamentar.

O ex-vereador era acusado de apropriação de salários de assessores.

PM e ex-PM de São Paulo são presos pela chacina de oito torcedores corintianos

Um policial militar e um ex-PM foram presos nesta quinta-feira (7), acusados pela polícia da chacina ocorrida em 18 de abril, na sede da torcida organizada do Corinthians Pavilhão 9, na qual oito homens foram assassinados a tiros.

Há suspeita de que o terceiro envolvido nos assassinatos também seja um policial, segundo o secretário de Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP), Alexandre Moraes. O motivo do crime seria uma dívida de drogas: uma das vítimas, Fábio Neves Domingos, devia dinheiro ao ex-policial, chamado apenas de Rodnei, e que foi expulso da corporação justamente por ser traficante, informou Moraes. O nome do policial não foi divulgado, mas apenas que pertence ao 33º batalhão da PM, em Carapicuíba.

Luis Fernando Teixeira, titular da Delegacia de Homicídios Múltiplos do DHPP, disse que uma testemunha presencial reconheceu, por fotografia, os dois acusados de invadir a sede da torcida organizada para cometer os crimes, o que foi decisivo para a investigação.

Os novos indícios que levaram aos nomes dos dois presos surgiram em 27 de abril. “Com esses reconhecimentos, nós juntamos com outros indícios e, a partir daí, foi requerida nesta semana a decretação de duas prisões e os mandados de busca e apreensão”, disse Teixeira.

O secretário informou ainda que “essa pessoa, se comprovado que praticou esse crime, não é um policial militar, é um bandido de farda”. Questionado sobre a sua negativa de envolvimento de policiais na chacina, em entrevista coletiva no dia 24 de abril, Teixeira explicou que, na época, “não havia nenhum indício de participação de policial militar”. Porém, completou: “Se no curso da investigação, eu soubesse, também não diria”.

(Agência Brasil)

Ministro da Fazenda garante: Brasil não corre risco de recessão semelhante aos países europeus

68 1

“O corte de gastos públicos posto em prática neste ano não corre o risco de aprofundar a recessão econômica e criar um quadro semelhante ao das economias europeias, disse hoje (7) o ministro da Fazenda, Joaquim Levy. Em seminário no Tribunal de Contas da União (TCU), ele disse que as realidades econômicas são diferentes e reiterou que o Brasil voltará a crescer depois de atingir o equilíbrio fiscal.

Segundo o ministro, a Europa atravessa escassez de demanda, ao contrário do Brasil, que antes do ajuste fiscal enfrentava uma inflação decorrente de economia superaquecida. “A Europa é completamente diferente do Brasil. Lá, não tem inflação. Já mostra diferença. Aqui, tínhamos excesso de demanda, não escassez de demanda”, explicou o ministro no evento, que discute os 15 anos da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

O ministro respondeu a uma pergunta sobre a possibilidade de o ajuste fiscal aprofundar a recessão da economia. Em diversos países europeus, os governos têm tido dificuldades de ajustar as contas públicas, porque o corte de gastos públicos reduz a atividade econômica. Com a queda na arrecadação decorrente da menor produção e do menor consumo, os países têm maior dificuldade para equilibrar as contas públicas.

Para Levy, as razões que levaram ao baixo crescimento na Europa não se resumem ao corte de gastos públicos, mas a problemas estruturais, como a estagnação do mercado de trabalho. “Na Europa, existem outras razões por que a economia não tem crescido. Eles precisam fazer mudanças estruturais que vão além do fiscal. No caso do Brasil, são necessárias medidas difíceis, indispensáveis, mas a economia vai reagir positivamente”, destacou.

Apesar de considerar o ajuste fiscal a principal medida necessária, no momento, para a economia brasileira, o ministro defendeu outras reformas, como o realinhamento de preços administrados (como combustíveis e energia) e a retomada do programa de concessões. Para ele, a correção de rumos na política econômica fará o país voltar a crescer, porque trará clareza para os empresários ampliarem os investimentos e criarem empregos.”

(Agência Brasil)

Prefeitura de Granja distribuirá 3.500 cistenas de polietileno

unnamed

Nesta quinta-feira, a Prefeitura de Granja iniciou o processo de distribuição e montagem das primeiras cisternas de polietileno com capacidade de 16 mil litros. O prefeito Romeu Aldigueri (Pros) acompanhou o trabalhos, ao lado do secretário municipal do Desenvolvimento Agrário, Pedro Bodega, e dos técnicos da empresa DIEFRA Engenharia, responsável pela montagem do equipamento.

As cisternas foram liberadas pelo Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS). ”Estes investimentos são importantes para amenizar os efeitos da seca, principalmente para quem mora na zona rural, porém, mesmo em tempo de chuva, não podemos parar, pois estamos em um semiárido, onde a água é escassa e não sabemos o dia de amanhã”.

A Comunidade da Vila Dr. Privat está sendo a primeira a ser beneficiada com as novas cisternas. Ao todo, 3.500 famílias serão atendidas.

(Foto – Divulgação)

CPI da Petrobras aprova convocação de três ex-deputados

brasil-camara-deputado-andre-vargas-20140407-15-460x258

“A CPI da Petrobras aprovou nesta quinta-feira a convocação dos ex-deputados Luiz Argôlo (SD-BA), André Vargas (ex-PT-SP) e Pedro Correa (PP-PE). Os três estão presos em Curitiba e serão ouvidos no início da semana que vem, quando os integrantes da comissão estiverem na capital paranaense para ouvir esses e outros envolvidos com o esquema.

Também foram aprovados requerimentos de convocação do empresário Carlos Habib Chater, acusado de lavagem de dinheiro, e do delegado de Polícia Federal Gerson Machado, que participa das investigações.

Também nesta quinta, o deputado Paulo Pereira da Silva (SD-SP) defendeu a aprovação de um requerimento convocando o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, para apurar um possível vazamento de informações por meio de empresas de comunicação que foram contratadas pelo MP e têm como sócio o chefe da comunicação do próprio Ministério Público. PT, PPS e PSOL se pronunciaram de antemão contra o requerimento. “Isso é um constrangimento ilegal”, disse a deputada Eliziane Gama (PPS-MA). O pedido de convocação pode ser votado na próxima semana.

(Veja Online)

Sejus forma cabeleireiros dentro de presídio

helioleitao

A Secretaria da Justiça e Cidadania do Ceará, em parceria com o Senac e o Sebrae, está oferecendo curso de cabeleireiro para internos do IPPOO II.

Todas as 20 vagas foram preenchidas e, segundo o titular da Sejus, Hélio Leitão, o interesse é grande, até porque garante uma boa profissão.

De acordo com a Sejus, é o primeiro curso do tipo. Mas virão outros.

Quer conhecer o clipe da música “Dança de Negros – Batuque”, de Alberto Nepomuceno?

flaviopaiva

O jornalista e escritor Flávio Paiva convoca: nesta sexta-feira, às 19h30min, na Livraria Cultura (em Fortaleza), tem novidade de sua lavra. Confira:

1. LANÇAMENTO DO CLIPE da música “Dança de Negros – Batuque”, de Alberto Nepomuceno, com letra de Fanta Konatê, André Magalhães e Flávio Paiva, filmado em Acarape, com a Banda Dona Zefinha e a cantora Fanta Konatê.

2. FALA ILUSTRADA “Esse Alberto Nepomuceno era mesmo um invocado!”, com Flávio Paiva e participação especial de Orlângelo Leal, da Banda Dona Zefinha.

3. Este evento faz parte da sequência aos lançamentos do novo livro-CD “Invocado – um jeito brasileiro de ser musical”, de Flávio Paiva (Armazém da Cultura).

CURIOSIDADES SOBRE O CLIPE:

POR QUE UM CLIPE EM ROÇA DE MANDIOCA? Procuramos elementos comuns de aproximação cultural entre o nordeste brasileiro e as paragens africanas ocidentais; entre a Banda Dona Zefinha e a cantora Fanta Konatê. Com a contribuição do Sr. Alexandre, de Acarape, descobrimos a roça do Jonato, em Garapa II, que, além de uma bela plantação de mandioca, é ornamentada por pés de cajueiro, produzindo uma certa associação às savanas da Guiné.

O CAMINHO. A primeira parte da letra que fizemos para “Dança de Negros – Batuque”, de Alberto Nepomuceno, é uma citação da canção “SILÁ”, que significa “Caminho”: Nhe uala iane Bá / Baiâmba / Ah iân silá ne telenimbe, que que dizer “Eu vou por aqui ou eu vou por ali? Este caminho aqui é o certo”.

A NATUREZA na relação com a cultura, expressa no cultivo de mandioca, pelo viés da agricultura familiar; cenário comum na Guiné e no Brasil, na África Ocidental e na América do Sul.

AGRICULTURA FAMILIAR. O oeste africano é o principal produtor de mandioca do mundo. O Brasil está em segundo lugar. Este é um produto essencialmente da agricultura familiar

AREIA PARA DANÇAR. Uma preocupação na escolha das locações foi encontrar um pequeno banco de areia para a Fanta Konatê dançar, enquanto o Orlângelo Leal conduziria a narrativa em caminhada pelos matos.

O DONO DA ROÇA. O agricultor Jonato, nos cedeu gentilmente a sua roça de mandioca para a gravação do clipe. No final, a dona Franci ainda fez merenda para todo mundo.

O TRECHO DA LETRA EM MALINKÊ – uma das principais línguas do tronco Mandinga – é uma homenagem à etnia da cantora Fanta Konatê e à sua aldeia Sangbaralá, situada na região do Hamaná, nas savanas da Guiné, banhadas pelo rio Níger (Djolibá):

Aluban kili maloma Ne di maloba tamá kauá lukó
(Se me chamam para ir cultivar o arroz, eu vou voando até lá)
Aluban kili tia ma Ne di ntiá ba tamá kauá lukó
(Se me chamam para ir cultivar o amendoim eu vou voando até lá)
Aluban kili kende ma Ne di nkende ba tamá kauá lukó
(Se me chamam para ir cultivar o kendê (cereal), eu vou voando até lá)
Djembe ah Kassa* Djembe Nhe wá le lá
(Djembê, ah Djembê do Kassá, eu vou até aí)
(*) Kassá é o plantio ao som dos tambores.

Adail Carneiro cobra retomada das obras do terminal do Aeroporto e do Anel Viário

adaillcc

A Comissão de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados aprovou dois requerimentos de Adail Carneiro (PHS) solicitando audiência pública para discutir as obras de ampliação do Aeroporto Internacional Pinto Martins e as intervenções no Anel Viário, nos trechos referentes às BR-222, BR-116, CE-085, CE-065 e CE-040.

O parlamentar quer respostas sobre prazos dessas obras: a retomada da ampliação do terminal do aeroporto tem consórcio escolhido, mas ainda em processo burocrático; a do Anel Viário, em clima de letargia.

 

Heitor Férrer quer saber: O que anda fazendo a Secretaria de Relações Institucionais?

86 1

daniloserpa

Tomou doril?!

O deputado estadual Heitor Férrer (PDT) deu entrada, nesta tarde de quinta-feira, num requerimento solicitando um relatório circunstanciado das atividades desenvolvidas pela Secretaria de Relações Institucionais do Ceará, desde a sua criação até a presente data. A pasta é uma das novidades criadas na gestão do governador Camilo Santana (PT), dentro de uma reforma administrativa, e tem como titular o ex-chefe de gabinete cidista, Danilo Serpa.

A medida foi tomada após críticas da base do governo na Assembleia à atuação do secretário Danilo Serpa, titular da pasta, durante a votação da mensagem de pedido de dotação orçamentária para o órgão e para a Secretaria de Políticas sobre Drogas. A votação levantou o questionamento entre os deputados sobre a importância dessa secretaria.

 

Líder do Governo comemora aprovação das promoções dos militares por unanimidade

evandroleitao

Por unanimidade, a Assembleia Legislativa aprovou, nesta tarde de quinta-feira, a mensagem governamental que define as promoções dos policiais e bombeiros militares do Estado. O líder do Governo na Casa, Evandro Leitão (PDT), também relator da matéria, comemorou a aprovação e definiu que foi importante avanço para a categoria.

O texto original recebeu 15 emendas dos deputados estaduais. As alterações propostas pelos parlamentares foram aprovadas de forma consensual, em negociação com o governador Camilo Santana.

Evandro Leitão é autor de sete das 15 emendas aprovadas. “Conseguimos contemplar praticamente todos os níveis da carreira militar. Esse projeto garante avanços jamais experimentados antes pela Polícia Militar e pelo Corpo de Bombeiros”, comemora. Quando for sancionada e publicada pelo governador, a lei promoverá a ascensão de carreira de quase nove mil militares até dezembro de 2015.  

Cesta básica fica mais cara em 17 das 18 capitais pesquisadas pelo Dieese

59 1

A cesta básica ficou mais cara em abril em 17 das 18 cidades pesquisadas pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). As maiores altas foram registradas em Campo Grande (6,05%), no Rio de Janeiro (4,51%), em Natal (3,98%) e em João Pessoa (3,98%). Apenas Manaus (-1,73%) apresentou retração no custo da cesta.

Nos últimos 12 meses – de maio de 2014 a abril deste ano –, todas as cidades acumularam altas no preço. Aracaju (18,3%), Salvador (14,60%), Goiânia (11,74%) e João Pessoa (11,01%) tiveram as maiores elevações. Os menores aumentos ocorreram em Belo Horizonte (1,71%) e Porto Alegre (2,67%).

Os paulistanos continuam pagando o maior valor do país por itens básicos de consumo: R$ 387,05. Em seguida, estão Vitória (R$ 376,46) e o Rio de Janeiro (R$ 374,85). As capitais com registros de cestas com menores valores médios são Aracaju (R$ 281,61), João Pessoa (R$ 299,90) e Natal (R$ 300,73).

Com base na Constituição, que determina que o salário mínimo deve suprir despesas com alimentação, moradia, saúde, educação, vestuário, higiene, transporte, lazer e Previdência, o Dieese calcula que o mínimo ideal, em abril, deveria ser R$ 3.251,61. O valor corresponde a 4,13 vezes o mínimo oficial (R$ 788).

Em março, o salário mínimo necessário correspondeu a R$ 3.186,92. Em abril do ano passado, o valor necessário para atender às despesas de uma família era R$ 3.019,07 ou 4,17 vezes o mínimo em vigor à época (R$ 724). Esses cálculos consideram o valor da cesta mais cara (de São Paulo) para uma família de quatro pessoas.

(Agência Brasil)

Auxílio-moradia de magistrado equivale a aluguel de luxo na Beira-Mar

86 2

ceará

O auxílio-moradia dos juízes estaduais, federais, da Justiça do Trabalho e Militar equivale hoje a um aluguel de luxo na Beira-Mar. O valor do benefício é de R$ 4,3 mil.

Os servidores do Tribunal de Justiça do Ceará difundem esse mote, em luta por vantagens salariais.

E vem a pergunta: Como fica a consciência de um magistrado que, mesmo morando em Fortaleza e ganhando bem, ainda recebe o auxílio-moradia?

APCDEC comemora 65 anos de fundação

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=rObpihEg54E[/youtube]

A Associação dos Profissionais da Crônica Desportiva do Ceará (APCDEC)O vai comemorar 65 anos no próximo sábado. No programa, que oicupará espaços no Complexo Piamarta, torneio de futebol, feijoada e atividades culturais.

O presidente da APCDEC, Edilson Alves, em conversa com o Blog, deu detalhes da festa e se disse satisfeito pela adesão dos profissionais do setor à entidade.