Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Torcida alvinegra viaja para apoiar o time

135 3

grupoo

Nas últimas horas, é grande o número de torcedores alvinegros embarcando pelo Aeroporto Internacional Pinto Martins na rota de Salvador (BA).

A palavra é uma só: torcer pelo time do Ceará e procurar arrancar, no mínimo, um empate com o Bahia no primeiro jogo decisivo da Copa Nordeste. A partida será realizada nesta noite de quarta-feira,  no Estádio da Fonte Nova.

Um grupo de permissionários do Mercado Central, por exemplo, e alguns outros alvinegros sem qualquer ligação com as chamadas “torcidas organizadas”, viajou confiante no “Vovô”.

Cleiton Santos, comerciante, disse que pelo menos 1.200 torcedores alvinegros comparecerão ao jogo. Ele informou que outros grupos já seguiram de ônibus para a capital baiana.

(Foto – Paulo MOska)

Ypê confirma fábrica no Ceará

ferruciofeitosa

Ferruccio Feitosa é o titular da Adece.

Nem tudo é crise. Representantes da Química Amparo Ltda, dona da marca Ypê, estiveram na Agência de Desenvolvimento Econômico do Ceará (Adece) e não só confirmaram que vão investir no Ceará com uma nova fábrica como apresentaram o andamento do projeto. Em junho, começa a terraplenagem de área de 40 mil m² localizada no município de Pacajus (50 km de Fortaleza), na BR-116, altura do Km 44.

O local abrigará não somente uma fábrica de produtos líquidos, mas também um centro de distribuição e uma fábrica de sabão em pó. Com previsão de dois anos de construção, o parque industrial da Ypê espera dar início às atividades em agosto de 2016.

Segundo o diretor técnico da Ypê, Marcelo Luquiari, com aporte total de R$ 150 milhões, a unidade fabril terá capacidade de produzir, até o ano de 2026, aproximadamente 15 milhões de caixas por ano. O volume abastecerá as regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. A Ypê é uma das maiores referências em produtos de limpeza do País.

O vereador, a cassação e o tribunal midiático

92 2

Com o título “A Onde É que reside o direito à presunção de inocência?”, eis artigo do advogado Leandro Vasques. Ele expõe o caso do seu cliente, o vereador A Onde É, que tem pedido de cassação proposta na Câmara Municipal de Fortaleza por atos como, por exemplo, ficar com parte do salário de assessores, segundo o Ministério Público. Vasques vê nessa história “um linchamento moral prévio”, respaldado por “tribunal midiático”. Confira:

Quando uma sociedade se vê reiterada e açoitada pela corrupção e inaptidão de quem deveria velar pelo interesse público, o nível de indignação atinge patamares elevados. É o drama que se observa no Brasil atualmente. Nesse contexto, em que os holofotes voltam-se para listas de investigados e acusações, o advogado criminal surge como figura imprescindível à preservação dos valores democráticos. A advocacia é uma das profissões mais incompreendidas na sociedade, principalmente quando se trata de causas impopulares. Não é incomum o ritual de se destruir a reputação dos suspeitos, encarcerando-os primeiro para depois proceder à investigação. Pronto. O picadeiro foi armado. Agora é disseminar interpretações e apostar: “uma mentira repetida mil vezes transforma-se numa verdade”.

Acerca do caso do vereador “Aonde É”, pauta jornalística desde setembro de 2014, ao “tribunal midiático” importa apenas dizer, por exemplo, que o parlamentar adquiriu imóveis de luxo; mas pouco interessa se esses apartamentos foram comprados via empréstimos. Tão pouco importa esclarecer que o vereador não conseguiu suportar o ônus das parcelas seguintes, tendo sido obrigado a realizar “distrato”. Cassemos, pois, o “Aonde É”, assim, dar-se-á uma satisfação à sociedade.

Pouco importa se, no futuro, ele for absolvido ou o STF decretar a nulidade da investigação. Como advogado criminal com 20 anos de atuação testemunho dezenas de casos em que pessoas sofreram linchamento moral prévio. Existem determinados casos midiáticos em que se rasgam biografias sem cerimônia. “A justiça passa a ser feita em praça pública, fora da mediação da regra e de um espaço adequado à discussão”, dizia Antoine Garapon. Assim, sem se descurar da liberdade de imprensa, valor inescusável de toda e qualquer sociedade democrática, Joaquim Falcão, jornalista, disse: “hoje, alguns jornais, ao divulgarem a denúncia alheia, acusam sem apurar. Processam sem ouvir. Colocam o réu, sem defesa, na prisão da opinião pública. Enfim, condenam sem julgar”.

Exatamente neste cenário é que a figura do advogado se faz indispensável. Só quem esteve com a espada de dâmocles sobre a cabeça compreende a importância e a imprescindibilidade de um advogado combativo e incansável em sua defesa. Se um dia, caro leitor, você precisar de um advogado, certamente quererá o mais preparado e aguerrido, de modo que faça valer o seu direito à liberdade, por mais que as outras pessoas o julguem imerecido.

Leandro Vasques

leandrovasques@leandrovasques.com.br

Advogado criminal.

Eleitores de Araripe voltam às urnas em maio

“Eleitores do município de Araripe, localizado a 526,8 km de Fortaleza (Cariri) voltarão às urnas no próximo dia 17 de maio para eleger o novo prefeito e o vice. Isso porque no mês de março, o prefeito e o vice-prefeito, José Humberto Germano Correia e Guilherme Lopes de Alencar, respectivamente, eleitos em 2012, foram cassados pelo Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE). Os gestores foram condenados por abuso de poder político após contratar servidores públicos, em caráter temporário, no período vetado por lei.

O prefeito cassado havia sido eleito com diferença de apenas 45 votos. O candidato derrotado no pleito, o petista Giovane Guedes, homologou sua candidatura na convenção do partido para disputar novamente a eleição.

“Estivemos muito próximos de vencer, disputamos com um grupo politico bem superior ao nosso, mais forte. A expectativa é de vitória, estamos com a maioria na Câmara”, disse o candidato do PT.

O ex-presidente da Câmara Municipal e atual prefeito interino, Damião Alencar (PSD), é candidato à prefeitura. Alencar havia deixado o grupo político do prefeito cassado, mas voltou a fazer oposição ao PT e PR pouco antes de assumir candidatura. Segundo ele, houve “divergências políticas” com o grupo do petista de Giovane.

Segundo Guedes, o grupo político formado pelo PSD, PCdoB e Pros é próximo à direção do PT estadual, razão pela qual o PT municipal fez campanha para Eunício Oliveira em 2014 na eleição para governador.”

(IO POVO)

Dilma sanciona Orçamento de 2015

A presidente Dilma Rousseff sancionou na noite dessa segunda-feira (20) o Orçamento Geral da União de 2015, confirmou o Palácio do Planalto. A lei só será publicada no Diário Oficial da União nesta quarta-feira (22), quando será possível saber se pontos incluídos pelo Congresso Nacional, como a ampliação do Fundo Partidário, foram mantidos ou vetados.

Agora, o governo tem 30 dias para definir o contingenciamento (bloqueio) de verbas para o resto do ano. Até lá, vale o decreto que limita os gastos discricionários (não obrigatórios) entre janeiro e abril aos montantes gastos nos mesmos meses de 2013.

Os cortes são necessários para que o setor público alcance a meta de superávit primário – poupança para pagar os juros da dívida pública – de 1,2% do Produto Interno Bruto (PIB, soma das riquezas produzidas no país) em 2015.

Com a sanção do Orçamento, o governo poderá executar investimentos, como obras públicas e compras de equipamentos, com verba do ano corrente. Desde o início de 2015, todos os investimentos vinham sendo feitos por meio de restos a pagar – verbas empenhadas (autorizadas) em anos anteriores.

A sanção do Orçamento ocorre com quase cinco meses de atraso. Tradicionalmente, a lei orçamentária é aprovada pelo Congresso Nacional no fim do ano anterior e sancionada nos últimos dias de dezembro. O Orçamento de 2015 só foi aprovado pelo Congresso Nacional em março. O prazo para a sanção do texto acabava nessa segunda-feira.

(Agência Brasil)

Brasil lidera ranking de mortes de ativistas que lutam por terra e meio ambiente

Relatório divulgado nesta segunda-feira (20) pela organização não governamental (ONG) britânica Global Witness indica que o Brasil lidera a lista de países com  maior número de ativistas que defendem o meio ambiente e o direito à terra assassinados em 2014. A publicação reúne informações de 17 países.

De acordo com o relatório, em 2014 foram mortos no Brasil 29 ativistas. Deste total, quatro são indígenas. A maioria dos assassinatos estaria relacionada a conflito por posse de terra. A Colômbia aparece como o segundo país com maior número de mortes de ativistas (25 assassinatos), sendo mais da metade indígenas. Em seguida estão Filipinas (15), Honduras (12) e Peru (9).

De acordo com o relatório “Quantos Mais?”, da Global Witness, em 2014, foram registradas 116 mortes de ativistas nos 17 países pesquisados. O número representa um aumento de 20% em relação ao registrado pela ONG em relatório divulgado em 2013. A maior parte dos assassinatos ocorreu na América Central e América do Sul (88). A segunda região mais afetada foi o Sudeste Asiático. Além das mortes, a publicação relata que os ativistas enfrentam riscos como a violência física e restrição à liberdade.

(Agência Brasil)

Mudança de parada de ônibus gera protesto na Maraponga

foto opovo 150420 manifestação ônibus

Populares da comunidade Conjunto Vitória, no bairro Maraponga, realizaram uma manifestação na avenida Perimetral, formando uma barreira queimando pneus e colchões, no fim da tarde desta segunda-feira (20).

O protesto provocou congestionamento, uma equipe dos Bombeiros foi acionada para apagar as chamas e uma viatura da Autarquia Municipal de Trânsito (AMC) foi até o local para normalizar o fluxo de veículos. A pista foi liberada por volta das 19h40min.

Segundo os moradores do bairro, a manifestação é uma resposta às mudanças de paradas de ônibus realizadas pela Prefeitura no entorno da comunidade. O ponto de ônibus que ficava em frente a uma fábrica de óleo teria sido deslocado para próximo do balão do Mondubim, o que estaria prejudicando os moradores por conta da distância.

(O POVO Online)

‘Espaço Estação’ reúne 50 mil títulos no antigo Metrofor

90 1

Em nota enviada ao Blog, o secretário da Cultura do Estado, Guilherme Sampaio, comenta do projeto “Espaço Estação”, em resposta ao coordenador do Projeto Confraria de Leitura, João Teles de Aguiar. Confira:

Caro professor João Teles de Aguiar,

Cumprimentando-o cordialmente e enaltecendo sua preocupação, esclareço que o “Espaço Estação”, que abrigará provisoriamente parte do acervo da Biblioteca Pública do Estado do Ceará, está sendo cuidadosamente organizado para receber bem e de forma organizada, não só o acervo, mas os cidadãos, que terão à disposição os mesmos serviços de consulta que havia no prédio original. 50 mil títulos estarão ao alcance do público no “Espaço Estação” e os demais livros do acervo da Biblioteca poderão ser consultados mediante solicitação.

Na impossibilidade de manter o prédio aberto durante a reforma geral da Biblioteca (que conta com investimento de R$ 9 milhões do Governo do Estado, por meio da Secretaria da Cultura) e de maneira a garantir o acesso da sociedade aos livros durante as obras, utilizaremos o prédio onde funcionou o Metrofor até dezembro último, agora batizado “Espaço Estação”. Apesar de não ser a estrutura definitiva, asseguro-lhe que a Secretaria da Cultura do Estado do Ceará está cuidando desse assunto com a responsabilidade e o critério devidos, sem improvisos.

Convido-o a conhecer o novo espaço, a partir desta quinta-feira, e a colaborar conosco para aprimorá-lo cada vez mais.

Atenciosamente,

Guilherme Sampaio 

Secretário da Cultura do Estado do Ceará

Dez dias antes do fim do prazo, mais da metade dos contribuintes não declarou IR

A dez dias do fim do prazo de entrega do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF), mais da metade dos contribuintes ainda não acertou as contas com o Fisco. Até as 17h desta segunda-feira (20), 13.361.041 declarações foram encaminhadas à Receita Federal. O número representa 48,6% do total dos 27,5 milhões de declarações que a Receita espera receber até 30 de abril, último dia de entrega. Nos últimos três dias, cerca de 1,1 milhão de contribuintes enviaram o documento

Este ano, as pessoas físicas com certificação digital podem fazer a declaração pré-preenchida na página da Receita na internet, na área do e-CAC. Isso também poderá ser feito por um representante do contribuinte que tenha certificação digital e procuração eletrônica registrada no órgão.

Quanto antes o contribuinte entregar a declaração, com os dados corretos, à Receita, mais cedo receberá o valor correspondente à restituição. Têm prioridade no recebimento pessoas com mais de 60 anos de idade, contribuintes com deficiência física ou mental e os que têm doença grave. A multa por atraso de entrega é estipulada em 1% ao mês-calendário até 20%. O valor mínimo é R$ 165,74.

(Agência Brasil)

FAB inscreve para 21 profissões

64 2

A Força Aérea Brasileira está com quatro editais de concursos abertos para 75 vagas. Atende a 21 profissões de nível superior. As inscrições podem ser feitas até as 15 horas do dia 5 de maio, no endereço eletrônico do Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica (Ciaar).

Para participar dos exames de admissão de Dentistas, Engenheiros e Farmacêuticos, os candidatos não podem completar 36 anos até o dia 31 de dezembro de 2016. Já os profissionais que participarem do exame de admissão para o Estágio de Adaptação de Oficiais de Apoio deverão ter no máximo 32 anos em 31 de dezembro de 2016. A taxa cobrada é de R$ 120,00;

O processo seletivo é composto de provas escritas (língua portuguesa, conhecimentos especializados e redação), inspeção de saúde, exame de aptidão psicológica, teste de avaliação do condicionamento físico, prova prático-oral (somente para dentistas e farmacêuticos) e validação documental.

As provas escritas ocorrerão no dia 14 de junho de 2015 nas seguintes cidades: Belém (PA), Recife (PE), Salvador (BA), Natal (RN), Fortaleza (CE), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), São Paulo (SP), Campo Grande (MS), Porto Alegre (RS), Curitiba (PR), Brasília (DF) e Manaus (AM). O aluno nomeado primeiro-tenente receberá um salário inicial bruto de R$ 8.877,60.

(Com site da FAB)

TRT do Ceará condena Vicunha Têxtil

“A 3ª turma do Tribunal Regional do Trabalho do Ceará condenou a empresa Vicunha Textil a contabilizar como horas trabalhadas o tempo gasto por um empregado para vestir o uniforme e para se alimentar. O funcionário relatou que gastava em média 40 minutos diários para realizar as duas atividades e que esse tempo não era considerado pela empresa como expediente trabalhado. Relatos de testemunhas afirmaram que existem três turnos de trabalho na Vicunha Textil e que, em todos os turnos, o transporte de funcionários chega meia hora antes do início da jornada de trabalho e sai de 15 a 20 minutos depois.

Seguindo determinações da empresa, os funcionários realizam a troca de uniforme e colocam o equipamento de proteção individual (EPI) antes de bater o ponto na chegada e depois, na saída. Além disso, uma testemunha relatou que o tempo para tomar café da manhã e lanches também não é remunerado.

“Analisando a questão à luz das normas de direito do trabalho e o contexto fático-probatório dos autos, impõe-se reconhecer que o gasto pelo empregado para trocar o uniforme ou para o consumo da alimentação no estabelecimento da empresa constitui tempo à disposição do empregador e, portanto, deve ser remunerado como trabalho extraordinário”, explica a desembargadora-relatora Maria José Girão.

A magistrada citou entendimento do Tribunal Superior do Trabalho segundo o qual, independentemente da atividade desenvolvida pelo empregado, há um limite máximo de 10 minutos diários no registro do ponto. Caso seja ultrapassado esse limite, será considerada como extra a totalidade do tempo que exceder a jornada normal. Com a decisão, os desembargadores condenaram a empresa a pagar os 40 minutos excedentes a título de horas extras por dia de trabalho, acrescidos de 50%, e reflexo sobre férias, 13º salário, FGTS e multa de 40%. A decisão confirma sentença da primeira vara do trabalho de Maracanaú e ainda cabe recurso.”

(Site do TRT/CE)

Sistema OCB e FAEC promovem encontro dom ramo do transporte em Fortaleza

flavisaboya

Flávio Saboya preside a FAEC.

O Sistema OCB-SESCOOP/Ceará, em parceria com a Federação da Agricultura e Pecuária do Estado (FAEC), Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR-CE) e o Sebrae, traz a Fortaleza o jornalista e publicitário José Luiz Tejon Megido, Ele dará palestra na próxima sexta-feira durante o I Encontro Nacional do Ramo Transporte.

O tema do encontro, aberto aos cooperativistas e parceiros do Sistema OCB/SESCOOP-CE, é “Estratégia e Mudança-Empreendedorismo Coletivo”. na quinta-feira, segundo a organização, haverá um programação específica para os presidentes de cooperativas do ramo Transporte.

O conferencista

José Luiz Tejon Megido é Doutor em Ciências da Educação; Mestre em Arte e Cultura pela Universidade Mackenzie; Coordenador do Núcleo de Estudos de Agronegócio da ESPM de São Paulo; Coordenador acadêmico na FGV INCOMPANY; Professor convidado de diversas universidades brasileiras e do exterior. É especialista em Agribusiness pela Harvard Business School, de Boston (USA); em Marketing pela Pace University de Nova Iorque (USA); em “New Mídia” pelo MIT, Boston (USA), e Liderança pela INSEAD, Fontainebleau (França).

SERVIÇO

* Para mais informações – (85) 3535.3655 ou (85) 3535.3656.

Fortaleza é sede da II Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa

idososs

O Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa (CMDPI) e a Coordenadoria do Idoso da Secretaria de Cidadania e Direitos Humanos (SCDH) realizarão a II Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa. O evento acontece quinta e sexta-feira, das 8 às 17 horas, na Universidade do Parlamento Cearense (Assembleia Legislativa).

A Conferência Municipal segue calendário do Governo Federal estabelecido pela Política Municipal de Atendimento à Pessoa Idosa. É considerado a instância máxima de deliberação e tem atribuição de avaliar a situação das politicas públicas e propor diretrizes para o seu aperfeiçoamento.

Durante a Conferência Municipal a discussão será voltada para educação da sociedade civil sobre o envelhecimento individual e social, inclusão, mobilidade e acessibilidade, saúde humanizada, moradias adaptadas, esporte e lazer.

Jesualdo Farias divulga carta após oficializar renúncia do cargo de reitor da UFC

jesualdofarias

Confira a mensagem de despedidas do professor Jesualdo Farias que, nesta segunda-feira, oficializou renúncia do cargo de reitor da Universidade Federal do Ceará para assumir como titular da Secretaria de educação Superior do MEC:

Convidado para assumir a Secretaria de Educação Superior do Ministério da Educação, deixo hoje o honroso cargo de Reitor da Universidade Federal do Ceará.

Acompanhado de valorosa equipe administrativa e sob o amparo de uma nova visão da universidade pública por parte do Governo Federal, reuni os meios para fazer avançar uma agenda de realizações que levou a UFC a expandir-se cada vez mais, estendendo o ensino superior de qualidade a todas as regiões do Estado. A Universidade cresceu qualitativamente, renovou-se em sua estrutura física e aprofundou seu compromisso com a sociedade, resultando em continuado fortalecimento da credibilidade, simpatia e respeito que angariou do povo cearense.

Entrego a UFC à competência e ao compromisso institucional do professor Henry de Holanda Campos, que, na condição de Vice-Reitor, sempre partilhou comigo as responsabilidades da gestão acadêmica. Com sua presença, está garantida a continuidade do projeto transformador ora em curso. Guardo a certeza de que ele saberá honrar o legado dos reitores que nos precederam e que ajudaram a edificar uma das maiores e mais prestigiosas universidades públicas brasileiras.

Ao despedir-me, transmito o agradecimento aos colegas docentes e técnico-administrativos e aos estudantes, externando profundo reconhecimento à equipe que caminhou a meu lado nesses últimos anos, seja na Administração Superior, seja nas unidades acadêmicas.

Pelo apoio jamais negado, agradeço aos governos Federal e Estadual, bem como à bancada cearense no Congresso Nacional. Foi o somatório de todas essas forças que me permite apresentar um balanço positivo da atual gestão e que retempera meu ânimo para seguir trabalhando para ampliar, aprimorar e democratizar a educação superior em nosso País.

Fortaleza, 20 de abril de 2015

*Profº Jesualdo Pereira Farias. 

Justiça promoverá audiências em abrigos de Maracanaú

O juiz Augusto Cézar de Luna Cordeiro Silva, titular da 2ª Vara Cível de Maracanaú, realizará, a partir das 9 horas desta quarta-feira, audiências concentradas em abrigos do município. O objetivo é reintegrar as crianças e adolescentes acolhidos às famílias biológicas. 

Os abrigos que receberão as audiências são “Instituto Professor Elias Cavalcante de Andrade”, “Domiciliar” e “Casa Família Maria Mãe de Ternura”. O trabalho se estenderá até quinta-feira. De acordo com o magistrado responsável pela área da Infância e Juventude da Comarca, o intuito é também identificar casos em que a reintegração não é possível e acompanhar a situação dos abrigos.

A iniciativa será realizada em parceria com a equipe multidisciplinar da Prefeitura, Conselho Tutelar, representantes das secretarias de Saúde, Assistência Social, Educação, Trabalho/Emprego e Habitação de Maracanaú, e servidores da 2ª Vara Cível.

(Com Site do TJ/CE)

Cartas ao Povo Brasileiro – Truque de trapaceiros

97 1

Com om título “A ‘Carta ao Povo Brasileiro’ e a ‘Carta do Povo Brasileiro”, eis artigo do professor Uribam Xavier, do Departamento de Ciências Sociais da UFC. Ele analisa cartas ao povo brasileiro divulgadas por Lula, ao chegar ao poder, e a que foi divulgada no último dia 15 por movimentos que organizaram atos contra o Governo. Uribam não poupa: define as duas como “um truque de trapaceiros”. Confira;  

A carta ao povo brasileiro, escrita por Lula, antes da sua chegada ao poder, e a carta do povo brasileiro, divulgada em 15 de abril de 2015, em Brasília, pelos movimentos que organizaram as manifestações do dia 15 de março e 12 de abril têm algo em comum: um truque de trapaceiros. A Carta ao Povo Brasileiro, assinada por Lula, não se dirigia ao povo brasileiro, mas aos banqueiros e rentistas. Era uma carta compromisso com o setor financeiro onde Lula assumia que não faria mudança nas regras do jogo. E o resultado de não ter aproveitado os dois primeiros mandatos para fazer mudanças estruturais é o quadro de fragilidade econômica que nos encontramos hoje, o total esvaziamento de parte dos movimentos sociais que gravitavam em torno do PT e a esquisitice em que se transformou o próprio PT. Portanto, a Carta ao povo brasileiro era um truque de Lula para chegar ao poder tendo o setor financeiro e os setores do mercado como aliados.

A “Carta do Povo Brasileiro” é mais esdrúxula, primeiro porque não é uma carta do povo brasileiro, pois tem como signatários 26 movimentos, mas não é esse o seu principal problema. Seu problema é que ela esconde que , em última instância, tem por objetivo promover um golpe branco contra o regime representativo. Um sistema que já vem cambaleando por não representar os verdadeiros anseios da população.

Um sistema onde a política foi privatizada e o sistema representativo enfrenta uma das suas mais profundas crises. Além disso, mesmo com o clima vergonhoso de corrupção que assola o país, suas instituições, a maior parte dos envolvidos na corrupção, sejam políticos, partidos ou empresas, têm afinidade com a única e verdadeira proposta defendida na “Carta do Povo Brasileiro”: o pedido de impeachment contra a presidenta Dilma. Trata-se de uma tentativa de repetir o modelo de golpe institucional ocorridos em Honduras [28.02.2009] e no Paraguai [22.06.2012].

O encontro entre os partidos conservadores e os representantes das organizações que promoveram as mobilizações pelo golpe institucional, eles não trataram de nenhuma outra proposta apresentada na “Carta do Povo Brasileiro”, só trataram do pedido de impeachment. Isso não diz muito das verdadeiras intenções dos organizadores desses movimentos?

As mobilizações de ruas, tanto do dia 15 de março quanto do dia 12 de abril, movimentaram um conjunto de pessoas indignadas com a corrupção e com a situação econômica do país; pessoas que têm motivos justos para protestar, mas a maioria delas nem de longe desconfia de que estão sendo manipuladas por movimentos conservadores, fascistas, patrocinados por interesses financeiros internacionais e ideológicos, como o Instituto Vom Mises, que defende uma sociedade de mercado, sem política social, sem democracia e que, durante as mobilizações, distribuíam cartazes ideológicos para pessoas ingênuas carregarem, mesmo sem saber a profundidade do conteúdo; cartazes que condenavam Marx, Florestan Fernandes e Paulo Freire, e outros que pediam menos Marx e mais Von Mises [economista liberal conservador da chamada Escola Austríaca]. E é na onda do descontentamento real, da despolitização e dos interesses dos meios de comunicações, que os signatários da “Carta do Povo Brasileiro” se escondem com seus truques de trapaceiros.

Se é um movimento contra a corrupção, porque não criticar os membros do Congresso Nacional citados na operação Lava Jato, como os atuais presidentes do Congresso e do Senado Federal? Se o movimento é contra a corrupção, porque procurar exatamente parlamentares e partidos envolvidos em esquema de corrupção como aliados para derrubar o governo Dilma? Bem, como todos sabem, sou crítico e opositor do PT e do governo Dilma, mas acho que o caminho para resolver a parada não é por meio de truques, trapaças e manipulação de pessoas para atingir interesses que não se fazem transparentes.

* Uribam Xavier, 

Professor do Departamento de Ciências Sociais da UFC.