Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Golpe é inútil – Dilma está emparedada entre a direita econômica e a política rastaquera

91 6

Com o título “PT cai, baixo clero sobe”, eis um artigo primoroso do médico Valton Miranda sobre a realidade política do País. Ele concentra sua análise no mundo de Dilma Rousseff, hoje “emparedada entre a direita econômica e a política rastaquera.” Confira:

O melancólico e evidente enfraquecimento do maior partido de esquerda da América Latina ocorre concomitantemente com a subida ao poder, no Congresso Nacional, da mais medíocre malta de políticos aninhados no PMDB, PSDB e PSB.

A presidente Dilma venceu a eleição de 2014, não pelos méritos do PT, mas pela confiança que inspirava à população emergente da pobreza e de parte do operariado que ascendeu à classe média, temerosos de perder as vantagens alcançadas no governo Lula.

O PT, desde 1980, conseguiu manter a unidade relativa, apesar das remidas lutas internas entre as facções que recortam o partido. Tais embates produziram ao longo dos anos, um clima paranoico na organização, enquanto a ascensão ao Poder fez surgir um flanco economicista, pragmático e perverso, capaz de praticar a corrupção como qualquer outro partido convencional e reacionário. O pragmatismo abandonou a mobilização social e permitiu o avanço da direita mais conservadora, estimulada pela grande imprensa sudestina, com o respaldo da fútil mentalidade da classe média.

O fenômeno da marginalidade aliada à religião sob a bandeira do moralismo é bastante frequente no mundo político. Max Weber já observara a espúria aliança entre o movimento carismático pentecostalista e o capitalismo, ungido por Deus para alcançar o lucro máximo.

Os presidentes eleitos, da Câmara e do Senado, são produto natural da desmoralização do PT e da demonização da política. O bombardeio midiático sobre a ala corrupta da esquerda, usando a Petrobras como mote com a finalidade nebulosa de levar à sua privatização, não hesitará em liquidar os quarenta anos de democracia que o povo brasileiro conseguiu desde o descobrimento.

Não estou sugerindo que todos os parlamentares do Congresso integram essa baixaria, tampouco que os dois presidentes congressuais comunguem da mesma religião, mas que o espírito que os anima é precisamente o mesmo, ou seja, favorecimentos e troca de interesses na articulação entre mercado e política. O paradoxo é precisamente que esse grupo se propõe combater as arrogâncias e perversões petistas.

A propósito do líder do baixo clero, diz o grande jornalista brasileiro Alberto Dines: “Führer (Hitler) típico, determinado, ídolo dos medíocres, aliado predileto dos pusilânimes. No mostruário de lideranças fornecido pela Revolução Francesa, situa-se entre Georges Danton, o demagogo audacioso e Joseph Fouché, o conspirador-manipulador, eterno sobrevivente, sacerdote capaz de fingir-se ateu para ganhar mais poder.” E ainda: “Quando operava na esfera estadual metia-se em constantes trapalhadas, chegou a sofrer um atentado e foi acusado de fazer negócios com famoso narcotraficante.”

O perfil do presidente da câmara se ajusta perfeitamente ao house of cards e o apoio que recebeu da direita congressual mostra a extensão da mesquinha representação animada por uma mídia hipócrita, perversa e inescrupulosa, na sua aliança fundamental com a elite econômica brasileira. O golpe é inútil: Dilma está emparedada entre a direita econômica e a política rastaquera.

Valton de Miranda Leitão

valtonmiranda@gmail.com

Psicanalista.

Dilma garante que Mercadante está prestigiado

“Em resposta a matérias veiculadas na imprensa, a Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República negou hoje (11), em nota oficial, o rumor de que a presidenta Dilma Rousseff tenha recebido do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a sugestão de mudança na chefia da Casa Civil, que tem como atual titular o ministro Aloizio Mercadante.

“O ministro Aloizio Mercadante tem total confiança da presidenta e seguirá cumprindo suas funções à frente da Casa Civil”, destaca a nota.

A coluna do jornal O Globo publicou na edição desta quarta-feira a informação de que o ex-presidente Lula teria aconselhado Dilma a fazer mudanças na Casa Civil e reorganizar o Planalto. A versão online da Folha de S. Paulo traz texto em que afirma que Dilma tem intenção de retirar Mercadante de missões na área de articulação política do governo sem ter, no entanto, o objetivo de retirá-lo do comando da pasta.

Mercadante assumiu a Casa Civil no início de fevereiro, em substituição a Gleisi Hoffmann que deixou a pasta para concorrer ao governo do Paraná nas eleições de outubro de 2014. Antes, ele comandava o Ministério da Educação.”

(Agência Brasil)

Semana da Conciliação – Justiça do Trabalho ainda agenda pedidos de audiências

O Tribunal Regional do Trabalho, no Ceará, ainda está recebendo pedidos de audiências para a Semana Nacional da Conciliação Trabalhista, que acontecerá de 16 a 20 deste mês. “Receberemos pedidos de audiência de conciliação mesmo durante os dias do evento”, informa a coordenadora das conciliações no TRT/CE, desembargadora Regina Gláucia Cavalcante. Segundo a magistrada, caso não haja tempo para agendar a audiência para o período da semana, as apartes serão notificadas para comparecer em outra data.

Os pedidos de conciliação podem ser realizados em todas as fases da ação trabalhista por uma das partes ou por advogados. As demandas serão encaminhadas ao Tribunal ou às varas do trabalho onde tramitam os processos, que analisarão a possibilidade de incluir o processo na pauta de audiências da Semana.

SERVIÇO

* Para agendar audiência, as partes ou seus advogados devem telefonar para o número 0800 280 1771, de segunda a sexta-feira, das 7h30min às 15 horas, ou preencher formulário disponível no site do TRT/CE.

AFBNB faz corpo a corpo político em Brasília

afbnbb

A diretoria da Associação dos Funcionários do BNB (AFBNB) está em Brasília cumprindo uma agenda institucional que inclui reunião com parlamentares, acompanhamento de projetos de lei de interesse dos trabalhadores e da Região Nordeste e diálogo com entidades da sociedade civil. Os diretores Alci Lacerda de Jesus e José Frota de Medeiros estão à frente dos contatos.

Entre as atividades dos diretores da entidade estão reunião com os relatores dos projetos de lei sobre reintegração dos demitidos e sobre a Isonomia de tratamento para os trabalhadores dos bancos federais. Eles tratam também sobre a realização, no segundo semestre deste ano, no Congresso Nacional, do seminário “Nordeste, sem ele não há solução para o Brasil”.

Há encontros ainda com setores em favor da formação de uma frente parlamentar pelo desenvolvimento regional na Câmara dos Deputados. Os diretores da AFBNB tiveram audiência com o deputado Júlio César (PSD-PI), cotado para ser o futuro coordenador da bancada nordestina na Câmara. Na oportunidade, a AFBNB apresentou suas propostas em favor do fortalecimento regional.

(Foto – AFBNB)

IBGE revisa taxa de crescimento da economia nos anos de 2001 a 2011

“O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) reviu a taxa de crescimento econômico do Brasil nos anos de 2001 a 2011, de acordo com a nova metodologia de cálculo do Produto Interno Bruto (PIB), que é a soma de todos os bens e serviços produzidos no país. Segundo o IBGE, a taxa de 2011 passou de 2,7% para 3,9%.

A taxa de 2010, conforme a metodologia antiga que era 7,5%, passou para 7,6%. Nos demais anos, as revisões foram as seguintes: 2001 (manteve-se em 1,3%), 2002 (passou de 2,7% para 3,1%), 2003 (de 1,1% para 1,2%), 2004 (manteve-se em 5,7%), 2005 (de 3,2% para 3,1%), 2006 (manteve-se em 4%), 2007 (de 6,1% para 6%), 2008 (de 5,2% para 5%) e 2009 (de -0,3% para -0,2%).

O IBGE divulgará a revisão dos anos de 2012 e 2013, assim como o desempenho do PIB em 2014, de acordo com a nova metodologia, no próximo dia 27.

As mudanças seguem as recomendações do Manual Internacional de Contas Nacionais (SNA 2008), da Comissão Europeia, do Fundo Monetário Internacional, da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico, da Organização das Nações Unidas e do Banco Mundial. Todos os países devem adotar as mudanças até o ano que vem.”

(Agência Brasil)

Fortaleza – Cidade com imagem em frangalhos

120 3

Com o título “Fortaleza inacabada”, eis artigo do professor e geógrafo José Borzacchiello, que pode ser conferido no O POVO desta quarta-feira. Ele aborda o quadro de desajuste no trânsito e as intermináveis obras da gestão do prefeito Roberto Cláudio. “É urgente agilidade oficial para alterar a imagem de cidade em frangalhos como está ficando Fortaleza”, acentua o articulista.Confira:

O fortalezense está à beira de ataque de nervos. Sinais luminosos sem manutenção num pisca-pisca interminável colocando em risco a travessia das vias, a condução de veículos e provocando congestionamentos e atrasos nos compromissos cotidianos. Fortaleza converteu-se em canteiro de obras inacabadas, onde multiplicam-se as quase ruínas urbanas, festival de desperdício do dinheiro público, pago às custas de sacrifício do contribuinte tão penalizado. O estado de abandono expõe requinte macabro, incompatível com a economia cambaleante do Ceará e do país.

Incluem-se dentre elas o Metrofor, o VLT Parangaba-Mucuripe, estação de passageiros do Mucuripe, Mercado de Peixe, ampliação do Aeroporto Pinto Martins, o interminável Anel Viário. As obras do Acquario no mesmo ritmo. É requinte maquiavélico constatar tantas sandices numa cidade carente de infra-estrutura, equipamentos e serviços. Face à insensatez de tanto desperdício, de destruição e reconstrução de equipamentos em bom estado de conservação, surge em meio a tudo isso ideias lúcidas, pautadas numa pedagogia cidadã em prol do interesse público. Um exemplo tem sido a constatação da não necessidade de destruição da Praça Portugal.

O impasse quanto à sua manutenção ou não era justificado em função dos problemas de circulação e mobilidade. O bom senso indica a possibilidade de razoável desempenho do tráfego com permanência da beleza cênica e do capital simbólico acumulados na requintada praça. Enquanto isso, a cidade se expande em direção à região metropolitana. Esse extenso cordão periférico acomoda ricos, incomoda pobres, estes, cada vez mais distantes de seus locais de trabalho, em verdadeiros guetos. Tudo o que se esperava como medida de vulto e impacto no processo de produção de uma cidade mais justa e democrática, era o Estatuto da Cidade, lei federal, n°10.257/2001, que regulamenta os artigos 182 e 183 da Constituição de 1988.

Com ele, as cidades brasileiras passariam a contar com instrumental técnico, político e jurídico, que possibilitasse a implementação do planejamento vinculado à gestão, no conceito de prática democrática participativa. Quando de sua assinatura, o Estatuto foi comemorado como grande conquista. Seu aparato jurídico seria capaz de frear o avanço especulativo sobre o uso do solo urbano e garantir melhor qualidade de vida. O que se vê com tantas obras paradas e o avanço da mancha urbanizada pela região metropolitana adentro é o oposto. A lei garante o pleno exercício da cidadania e o controle social. As benfeitorias ou as malfeitorias como as constatadas no rol das obras abandonadas incidem sobre os custos e qualidade do uso do solo à sua volta. É urgente agilidade oficial para alterar a imagem de cidade em frangalhos como está ficando Fortaleza.

José Borzacchiello da Silva

borza@secrel.com.br

Geógrafo e professor emérito da UFC.

Conselho Universitário da UFC aprova Plano de Cultura

jesualdo

Jesualdo Farias é o reitor.

O Conselho Universitário acaba de aprovar o Plano de Cultura da Universidade Federal do Ceará para o período de 2015.2 a 2017.1. O relator foi aprovado do processo foi o pró-reitor de Graduação, Custódio Almeida. Para a realização do plano, foi criada uma comissão que, por meio de chamada pública, convocou pessoas interessadas da comunidade universitária a apresentar sugestões.

Os encontros se deram em duas ocasiões, na Casa de José de Alencar. O ponto de partida para a elaboração do Plano de Cultura é a Portaria Interministerial nº 18, de 18 de dezembro de 2013, que instituiu o programa Mais Cultura nas Universidades, definindo sua finalidade, objetivos e diretrizes.

O Plano é resultado de um trabalho de diagnóstico da realidade da produção artística e cultural na Instituição somado às colaborações de diretrizes e prioridades feitas pela comunidade acadêmica, vislumbrando-se nesta primeira experiência a elaboração de um documento norteador com metas e ações voltadas à política cultural da UFC para os próximos dois anos, que atendam às necessidades de produção, difusão, fruição e reflexão sobre suas práticas artísticas e culturais.

Dono da operadora do sistema de semáforos de Fortaleza dará coletiva nesta quinta-feira

A diretoria da Novakoasin Equipamentos e Sistemas Ltda, empresa responsável pela implantação, operação e manutenção da rede de semáforos Inteligentes de Fortaleza (Scoot), de 2000 a 2015, dará entrevista coletiva nesta quinta-feira, a partir das 9 horas, no Hotel Othon Palace Fortaleza.

Para falar com a imprensa sobre panes registradas e denúncias de sabotagem estarão à disposição o presidente da empresa, Haim Hamaoui, e o diretor técnico, Valdir Roberto.

A Novakoasin vem reclamando falta de pagamentos, por parte do município, desde 2013. Já a Prefeitura informou que cancelou o contrato e que abriu nova licitação para a área.

MST fará manifestação pró-Petrobras

stedille

João Pedro Stédile, um dos fundadores do MST, confirmou que haverá manifestação a favor da Petrobras na próxima sexta-feira (13), em antecipação aos protestos contra o governo marcados para domingo (15). “Nós vamos sair [às ruas] antes. Vamos fazer protestos em favor da Petrobras e também pelas causas do nosso movimento”, disse Stédile, ao participar nessa terça-feira (10) do programa Espaço Público, da TV Brasil. “As ruas são democráticas. As ruas são a única forma de o povo se politizar. Eu não vejo problema em que a direita chame manifestações, desde que respeite as nossas”.

Stédile respondeu ainda a uma pergunta sobre declaração do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva por ocasião de outra manifestação pró-Petrobras, em fevereiro. Lula disse que queria “paz e democracia”, mas que também “sabia brigar”, sobretudo quando o Stédile colocasse “o exército dele” nas ruas. Segundo o líder do MST, o “exército” citado pelo ex-presidente não é no sentido bélico e sim da mobilização social que o MST poderia trazer.

“Eu estava lá naquele ato e disse ao Lula que estávamos sendo atacados pela burguesia e que tínhamos de defender a Petrobras nas ruas. Disse a ele: ‘você, Lula, é o líder popular que pode levar o povo às ruas’. E aí o Lula falou aquilo de ‘exército do Stédile’”.

O líder do MST defendeu também a reforma política. Para ele, o financiamento feito por empresas faz com que o candidato eleito não se comprometa com a população, e sim com quem financiou a campanha. A reforma política, para Stédile, é a melhor forma de combater a corrupção no país.”

(Agência Brasil)

Moradores do Grande Bom Jardim denunciam descaso municipal com a saúde

O Centro de Defesa da Vida Herbert de Souza (CDVHS)e a Rede de Desenvolvimento Sustentável do Grande Bom Jardim (DLIS) vão divulgar uma carta, onde denunciarão a precariedade dos serviços de saúde oferecidos pela Prefeitura de Fortaleza nessa área da cidade.

Nesta quinta-feira, às 14 horas, na sede do CDVHS, essa carta será divulgada em coletiva. Confira o documento enviado para o Blog por Marileide Luz, coordenadora do CDVHS e da Rede DLIS:

Saúde no Grande Bom Jardim: Descasom total

A Rede de Desenvolvimento Local Integrado e Sustentável do Grande Bom Jardim – Rede DLIS, através da Comissão de Monitoramento do Direito Saúde, e, cerca de 40 conselheiras e conselheiros dos 08 postos de saúde que atendem a população do Grande Bom Jardim, convocam a imprensa da cidade para uma DENÚNCIA COLETIVA, acerca do descaso geral com o direito à saúde na Região.

Segundo denúncia geral de conselheiros e conselheiras o funcionamento dos postos, enquanto lugar de garantia da saúde, deveria ser discutido em reuniões ordinárias dos conselhos. E, desde outubro de 2014, que não acontece nenhuma reunião em nenhum dos postos. Na falta de espaço para as discussões sobre o descaso geral, os conselheiros dos 08 postos se reunirão, em um encontrão geral, na quinta feira, dia 12/03, às 14 horas, no Centro de Defesa da Vida Herbert de Souza, Rua Fernando Augusto, n° 987 – Bom Jardim.

Além do funcionamento irregular dos conselhos, que tem por função monitorar o funcionamento dos postos de saúde, os conselheiros denunciam as seguintes situações comuns a todos os postos:

 Falta de insumos e equipamentos – em todos os 8 postos, os atendimentos ginecológicos e odontológicos estão suspensos por falta de materiais básicos como luvas, papel toalha, etc.

 Atendimento precarizado – Posto Dom Lustosa, na Granja Lisboa, sendo invadido pela lama quando chove

 Falta de Medicamentos de distribuição obrigatória – os 8 postos de saúde estão sem nenhum medicamento. Hipertensos, diabéticos, idosos e usuários mesmo com encaminhamento e receita médica estão sem acesso aos medicamentos (inclusive a insulina).

 Marcação de Consultas – não estão sendo realizadas marcação de consultas especializadas em nenhum dos 8 postos de saúde do GBJ.

 Gestão inadequada – uso de bens privados (carro) para suprir emergências e providências da função pública.

 Falta de transporte para deslocamento de profissionais para atendimento domiciliar para acamados e pessoas com dificuldade de locomoção.

 CAPS Bom Jardim não está realizando atendimento à população que demanda consultas.

Outra denúncia: Obras de Equipamentos de Saúde paradas.

Dentre todas as irregularidades existentes, destaque maior para o absurdo da paralisação da obra do Posto de Saúde na Comunidade do Parque Jerusalém, licitada no valor de R$ 1.666.066,60, com ordem de serviço assinada em agosto de 2013, com previsão de entrega à comunidade para 16 de fevereiro de 2014.

A obra encontra-se paralisada sem previsão de retomada da construção e conclusão desse equipamento. O posto de saúde do Parque São Vicente e do Siqueira (próximo ao residencial Miguel Arraes) estão na mesma situação, assim como a UPA do Bom Jardim, na Granja Lisboa. Todos estão paralisados, atrasados em relação ao prazo de conclusão da obra.

CENTRO DE DEFESA DA VIDA HERBERT DE SOUZA / REDE DLIS DO GRANDE BOM JARDIM

Agricultores acampam na sede da SDA

Cerca de 600 agricultores ligados ao Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), Levante Popular da Juventude (LPJ), MPP acamparam, por volta das 5 horas da manhã desta quarta-feira, na Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA). A ocupação faz parte da jornada nacional do MAB e da Via Campesina.

O secretário Dedé Teixeira informa para o Blog que vai receber uma comissão para ouvir as reivindicações. Ele abrirá audiência às 11 horas. “Estou fora da secretaria ainda, mas vou recebê-los. O importante é mantermos o diálogo”, adiantou o secretário

O grupo divulga a seguinte pauta de reivindicações:

1-Propomos ao governador Camilo Santana, a criação de uma política pública para atingidos por barragens/açudes e transposições d’água, para as populações historicamente atingidas e excluídas das suas origens em função dos empreendimentos.

2-Propomos ao governador Camilo Santana, a criação de um fundo com recursos estadual para fazer reparação e desenvolvimento das regiões que já foram atingidas por barragens e transposições no estado em 2015.

3-Proposta de diagnóstico, levantamento da realidade dos municípios e famílias atingidas. A situação é grave, existe um empobrecimento regional- econômico, social e cultural. O IPEA já tem a metodologia para realizar diagnóstico nas barragens. Já está fazendo na barragem de Sobradinho- BA

4-Medidas estruturantes para solucionar o problema no tocante a questão da seca e convivência com o semiáreido. Abastecimento d’água e produção de alimentos saldáveis para o povo Cearense.

5-Em defesa de um plano camponês nacional.

6-Em defesa da reforma agrária popular.

PGM abre estágio para alunos de Direito

A Procuradoria Geral do Município recebe, até o próximo dia 17, inscrições de estudantes de Direito interessados em estágio no órgão. A PGM oferece 50 vagas e, desse total, 45 serão reservadas para ampla concorrência e cinco para candidatos portadores de deficiência. A seleção objetiva também criar um cadastro de reserva para a função.

Os estudantes aprovados receberão bolsa-estágio no valor de R$ 904,00 (novecentos e quatro reais) para uma carga de 20 horas semanais, além de auxílio transporte.

O processo seletivo, com provas previstas para o dia 26 de abril, está a cargo do Instituto Municipal de Desenvolvimento de Recursos Humanos da Prefeitura de Fortaleza (Imparh).

SERVIÇO

* O edital da seleção e formulários de inscrição pode ser acessado nos sites da PGM, do Imparh ou no Portal da Prefeitura de Fortaleza.

* Informações também podem ser obtidas junto à Diretoria de Concursos e Seleções do Imparh, na Avenida João Pessoa, 5609, Damas. Telefone (85) 3433.2987.

PEC dos jornalistas na pauta da Câmara

Na pauta de votação da Câmara dos Deputados, nesta quarta-feira, a PEC que torna obrigatória a exigência do diploma de jornalista. A matéria será acompanhada por toda a categoria, que espera contar com o apoio amplo dos parlamentares.

A PEC já foi aprovadas pelo Senado e é vista pelos jornalistas como fundamental para garantir um jornalismo de qualidade para a sociedade.

Cid Gomes está internado e ida à Câmara foi cancelada

300 15

cidoog

O ministro da Educação, Cid Gomes, está internado no Hospital Sírio-Libanês, segundo informações de setores da imprensa sulista. Ele teria passado mal ontem à noite.

Com isso, a sua ida à Câmara dos Deputados para dar explicações sobre o porquê de ter chamado “uns 400, 300 parlamentares de “achacadores” – estava programada a sessão para esta tarde, foi cancelada.

Até agora, não saiu nenhum boletim médico sobre a situação de saúde do ministro.

* Com jornalista Sonia Racy.

Salmito Filho: Local para nova sede da Câmara Municipal será definido até abril

101 1

foto salmito cmfor 150310 com RC

O presidente da Câmara Municipal, Salmito Filho (Pros), prometeu, nessa terça-feira (10), que até abril o Legislativo decidirá o local no Centro de Fortaleza que receberá a nova sede do Parlamento e o custo financeiro da mudança.

Ao lado do prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (Pros), Salmito ressaltou o apoio dado pela Prefeitura e disse que finalizou em fevereiro a listagem de locais que podem receber o prédio no Centro.

Os três critérios de escolha do local, conforme o presidente, são a proximidade com uma praça, uma estação de metrô e uma via com espaço suficiente para a obra não prejudicar o patrimônio histórico. As avenidas cotadas são Tristão Gonçalves, Avenida do Imperador e Dom Manuel. As praças avaliadas são Praça José de Alencar, Praça da Estação e Praça do Ferreira.

A partir deste mês, o Legislativo inicia os cálculos do custo que terá a mudança. O objetivo, segundo Salmito, é economizar recursos públicos. O presidente espera contar com o apoio da Prefeitura ou do Governo do Estado para conseguir o novo espaço como forma de economia.

(O POVO / Foto – Genilson de Lima)

VAMOS NÓS – É prioridade mesmo gastar dinheiro com essa nova mudança da Câmara Municipal?

CGU divulga lista de empreiteiras que serão alvos de processo administrativo

Após analisar caso a caso das empresas suspensas pela Petrobras de fechar negócios com a estatal, a Controladoria Geral da União abrirá, nesta quarta-feira, processos administrativos contra empreiteiras.

A lista da CGU envolve a Alumni Engenharia, GDK, Promon Engenharia, Andrade Gutierrez, Fidens Engenharia, Sanko Sider, Odebrecht, Odebrecht Óleo e Gás, Odebrecht Ambiental e SOG Óleo e Gás, Engevix, Galvão Engenharia, Iesa, Mendes Junior, OAS e Queiroz Galvão.

(Com Veja Online)