Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Fortaleza joga de igual com São Paulo, mas perde por 1 a 0

Com um primeiro tempo superior em campo, o Fortaleza não conseguiu aproveitar as melhores oportunidades de ataque, diante do São Paulo, na noite deste domingo no Castelão, pelo complemento da quarta rodada do Brasileirão, e acabou derrotado pelo time paulista, por 1 a 0, com gol de Hernanes, aos 32 minutos da segunda etapa.

Com o resultado, o Fortaleza se manteve na 16ª colocação, uma posição acima da zona do rebaixamento. Dos quatro times que o Leão enfrentou até o momento, todos estão nas seis primeiras colocações na tabela de classificação.

O Fortaleza volta a campo no próximo domingo (19), em Chapecó, diante do Chapecoense.

(Foto: Reprodução)

Ferrão vence o Náutico em Recife e mantém a liderança na Série C

Com um gol de Jeferson, aos 14 minutos do segundo tempo, o Ferroviário surpreendeu o Náutico, na noite deste domingo (12), no estádio dos Aflitos, e manteve a liderança do Grupo A da Série C do campeonato Brasileiro. A derrota por 1 a 0 tirou a equipe pernambucana da zona de classificação.

Com possibilidade de chegar à vice-liderança, o Náutico entrou em campo sem criatividade e não foi ameaça à defesa da equipe cearense. Já o Ferroviário, que jogou a primeira etapa na defensiva, saiu para o jogo no segundo tempo, marcou o gol e voltou a recuar.

O Ferrão volta a campo na segunda-feira (20), diante do Globo/RN, na capital cearense.

(Foto: Arquivo)

Brasil é campeão mundial do revezamento 4×100 no Japão

A seleção brasileira masculina de atletismo 4×100 m, formada por Rodrigo Nascimento, Jorge Vides, Derick Souza e Paulo André de Oliveira, venceu a final do mundial da categoria, com o tempo de 38.05, a melhor marca do mundo este ano.

O resultado histórico ocorreu neste domingo (12) no Estádio Internacional de Yokohama, no Japão. Os brasileiros superaram os Estados Unidos, com Michael Rodgers, Justin Gatlin, Isiah Young e Noah Lyles, por 2 centésimos de segundo (38.07). A Grã-Bretanha ficou em terceiro, com 38.15.

Os velocistas brasileiros, que são treinados por Felipe de Siqueira da Silva, fizeram todas as passagens de bastão sem erro, peermitindo a Paulo André fechar a prova na primeira colocação, assegurando a histórica vitória.

Com o resultado, o Brasil volta a figurar entre as grandes equipes. Os quartetos nacionais têm três medalhas olímpicas: prata em Sydney 2000, bronze em Atlanta 1996 e bronze em Pequim e duas em Mundiais: prata em Paris 2003 e bronze em Sevilha 1999.

O Estádio Internacional de Yohohama, em 2002, foi palco também de outra grande vitória do esporte brasileiro. Foi lá que a seleção brasileira de futebol conquistou o pentacampeonato mundial de futebol.

(Agência Brasil)

Rede diz que aproximação com Roberto Cláudio facilitará questões ecológicas

281 2

Em artigo enviado ao Blog, o secretário de Organização Estadual da Rede Sustentabilidade do Ceará, Aécio Holanda, critica o ex-filiado Ricardo Alcântara e ressalta o retorno ao partido de Toinha Rocha, que possui trajetória política em defesa da causa animal. Confira:

A Rede de Sustentabilidade no Ceará, recebe novamente Toinha Rocha nas suas fileiras com muita satisfação. Toinha tem uma trajetória política intimamente ligada às nossas lutas, principalmente a defesa da causa animal. A Rede Ceará, com nossa nova direção, está se organizando com foco em fazer o maior número possível de vereadores nos municípios do Ceará.

Quanto às alianças, a Rede se coloca ao lado do campo progressista e tenta ser protagonista de uma aproximação de partidos não alinhados à oposição petista, no caso, Cidadania, PSB, PV e PDT. Aqui em Fortaleza, na eleição passada, no segundo turno, votamos em Roberto Claudio. E temos muitas pautas em comum, sobretudo às questões de mobilidade urbana, os ecopontos, o projeto Carroceiro Legal, que em parceria com o Banco Palmas gera renda aos catadores e estabelece um visão ambiental sustentável, através da limpeza da cidade, e principalmente os projetos de proteção animal, coordenados por Toinha Rocha.

Nossa aproximação – que o retorno de Toinha nos proporciona naturalmente – com o governo Roberto Claudio, também facilitará nossa luta em defesa do Rio Ceará e se dará através de uma pauta positiva deixando claro as bandeiras da Rede.

Quanto à afirmação maledicente de Ricardo Alcântara, queríamos afirmar que não  concordamos com qualquer ação que agrida o meio ambiente. Seja na Serra da Meruoca ou nos prédios que são construídos dentro do Parque Ecológico do Cocó, como é o caso do apartamento onde o mesmo mora.

Aécio Holanda

Secretário de Organização Estadual da Rede Sustentabilidade do Ceará

Série D – Atlético Cearense goleia Altos e dispara na liderança do Grupo 5

Na disputa pela liderança do Grupo 5 da Série D do Campeonato Brasileiro, o Atlético Cearense surpreendeu o Altos do Piauí, na tarde deste domingo (12), no estádio municipal Felipe Raulino, no centro-norte piauiense, a 38 quilômetros de Teresina, ao golear o time da casa por 4 a 1.

Já no primeiro tempo, a equipe cearense já vencia por 2 a 0, gols de Rômulo (32 minutos) e Denilson (aos 42 minutos, em cobrança de falta). Na segunda etapa, logo aos 7 minutos, o Altos diminuiu com Tiaguinha, após falha do goleiro.

O Atlético voltou a marcar, aos 21 minutos, novamente com Rômulo, e fechou o placar, aos 41 minutos, com Olavio.

No outro jogo do grupo, o Central de Caruaru goleou em casa o Maranhão, por 3 a 0, e assumiu a vice-liderança. Na estreia, a equipe pernambucana perdeu para o Atlético, em Fortaleza, por 1 a 0.

O Atlético volta a campo, no sábado (18), diante do Maranhão. No domingo (19), o Central recebe o Altos do Piauí.

Pelo Grupo 4, o outro representante cearense, O Floresta, saiu da zona de classificação, após a vitória do Santa Cruz de Natal sobre o Bragantino, por 1 a 0, no Pará, na tarde deste domingo. Nesse sábado (11), o Floresta empatou em casa com o Ríver, em 0 a 0.

(Foto: Reprodução)

Bolsonaro diz que governo vai corrigir tabela do Imposto de Renda; Sérgio Moro no STF

277 1

O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (12) que o governo vai fazer a correção na tabela do Imposto de Renda Pessoa Física para o ano que vem. Em entrevista à Rádio Bandeirantes, Bolsonaro afirmou que orientou o ministro da Economia, Paulo Guedes, que a tabela do IR deve ser corrigida “no mínimo” com a inflação. O governo também estuda aumentar os limites de deduções.

“Hoje em dia, o Imposto de Renda é redutor de renda. Falei para o Paulo Guedes que, no mínimo, este ano temos que corrigir de acordo com a inflação a tabela para o ano que vem. E, se for possível, ampliar o limite de desconto com educação, saúde. Isso é orientação que eu dei para ele [Guedes]. Espero que ele cumpra, que orientação não é ordem. Mas, pelo menos, corrigir o Imposto de Renda pela inflação, isso, com toda a certeza, vai sair”, afirmou Bolsonaro.

A defasagem na tabela do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) chega a 95,46%, divulgou o Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Sindifisco Nacional) em janeiro. O levantamento foi feito com base na diferença entre a inflação oficial pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) acumulada de 1996 a 2018 e as correções da tabela no mesmo período.

Desde 2015, a tabela do Imposto de Renda não sofre alterações. De 1996 a 2014, a tabela foi corrigida em 109,63%. O IPCA acumulado, no entanto, está em 309,74%. De acordo com o Sindifisco Nacional, a falta de correção na tabela prejudica principalmente os contribuintes de menor renda, que estariam na faixa de isenção, mas são tributados em 7,5% por causa da defasagem.

Sergio Moro no STF

Na entrevista, Bolsonaro também disse que pretende indicar o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, para a próxima vaga que for aberta no Supremo Tribunal Federal (STF). Segundo o presidente, Moro tem “qualificação” para ser ministro da Corte Suprema.

“Eu fiz um compromisso com ele [Moro] porque ele abriu mão de 22 anos de magistratura. Eu falei: ‘a primeira vaga que tiver lá, está à sua disposição’. Obviamente, ele teria que passar por uma sabatina no Senado. Eu sei que não lhe falta competência para ser aprovado lá. Mas uma sabatina técnico-política, tá certo? Então vou honrar esse compromisso com ele e, caso ele queira ir para lá, será um grande aliado, não do governo, mas dos interesses do nosso Brasil dentro do Supremo Tribunal Federal”, afirmou.

Durante o mandato de quatro anos, Bolsonaro poderá fazer duas indicações ao Supremo. A próxima vaga será aberta em 2020, quando o ministro Celso de Mello completará 75 anos e deve ser aposentado compulsoriamente. No ano seguinte, será a vez do ministro Marco Aurélio deixar a Corte.

(Agência Brasil)

Fortaleza x São Paulo terá um vencedor, apontam apostadores online

Quase dois anos após deixar o São Paulo, quando durante 25 anos defendeu o gol tricolor, além de passagem pelo comando técnico da equipe paulista, o treinador do Fortaleza, Rogério Ceni, reencontra o ex-clube na noite deste domingo (12), no Castelão, no encerramento da quarta rodada do Brasileirão.

O reencontro é um dos assuntos mais comentados nesta rodada, principalmente depois que torcedores são-paulinos foram ao treino do Fortaleza para cumprimentar Ceni.

Homenagens à parte, tanto Rogério Ceni quanto o treinador Cuca (São Paulo) garantem que buscarão a vitória.

A determinação dos dois treinadores vai ao encontro dos apostadores online, que não acreditam em empate, resultado com o menor percentual de prognóstico, com 28.9% de chances. O São Paulo aparece com pequena vantagem na preferência dos apostadores com 37.3%, diante de 33.7% de chances de vitória do Fortaleza.

(Foto: Arquivo)

Antes de investir é preciso uma análise econômica e financeira

Em artigo sobre economia, o consultor financeiro Fabiano Mapurunga, Mestre em Administração com ênfase em Finanças e MBA em Gestão Financeira e Controladoria, aponta a importância de se analisar qualquer tentativa de investimento, antes mesmo de iniciar, como forma de reduzir o risco de insucesso. Confira:

Muitas pessoas ficam propensas a investir em algo quando a oportunidade surge, mas poucas param para procurar entender se ela é realmente boa. Ou seja, se condiz com suas expectativas.

Porém verifico que, muitos não fazem essa análise, por não saberem como, e por não terem as ferramentas adequadas para medir essa sua possível ação. Por isso, resolvi hoje, conversar um pouco sobre a Análise de Viabilidade Econômica e Financeira, e assim dar um apoio aos que estão com oportunidades de alocar seus recursos, mas que estão precisando de mais certeza na sua decisão.

A Análise de Viabilidade Econômica e Financeira, objetiva fazer a medição e o entendimento sobre ser viável ou não, um determinado investimento. Ela se propõe a fazer uma comparação sobre, os possíveis retornos que poderão ser obtidos com as oportunidades de investimentos, e assim indicar a melhor alternativa.

Para se executar uma análise de viabilidade econômica e financeira, se faz necessário estabelecer e seguir algumas etapas, sendo essas:

1 – FAZER UMA PROJEÇÃO DE RECEITAS

Projetar receita é, na verdade, procurar identificar a capacidade que o investimento possui de gerar dinheiro ao investidor. Para tanto, vamos precisar estabelecer algumas premissas:

· Conhecer bem o mercado, a fim de se evitar que sejam projetados números impossíveis de serem atingidos;

· Evite projetar pela capacidade total de geração de receitas, seja mais precavido e priorize ser realista em seus números, conte com 50% ou menos;

· Projete sempre crescimento para receitas, custos, despesas e investimentos. Vale observar que não se manterão constantes.

2 – VAMOS PROJETAR OS CUSTOS, AS DESPEAS E OS INVESTIMENTOS

A projeção de custos, despesas e investimentos, também deve obedecer a alguns preceitos básicos para a correta avaliação. O principal deles, é aceitar a existência de custos, despesas e investimentos que possam justificar as receitas projetadas.

Vamos usar o exemplo de uma indústria, para projetarmos suas vendas precisamos avaliar a sua capacidade de produção. Assim, se precisa avaliar a necessidade de se investir em maquinário, além dos custos e despesas concernentes a essa atividade.

Importante se ater ao fato de ter que projetar uma certa participação no mercado, que seja condizente com o faturamento projetado. Sendo assim, é preciso mensurar os gastos com marketing e propaganda. Não vamos esquecer de projetar o reinvestimento. Não podemos avaliar que teremos apenas o investimento inicial. A empresa irá necessitando de injeções de investimento, na medida que seu crescimento vai tomando corpo.

3 – PROJETEMOS AGORA O FLUXO DE CAIXA

De uma forma simplificada, vamos entender o fluxo de caixa como a entrada e saída de dinheiro da empresa em um determinado período de tempo. Tem fundamental importância para a gestão financeira de qualquer negócio. Ele é encontrado, pela diferença entre as receitas e as despesas. Vamos ver agora, de uma maneira gráfica, como fica o nosso fluxo de caixa para os exemplos de projeções de receitas e de despesas, demonstrados anteriormente.

4 – VAMOS ANALISAR ALGUNS INDICADORES

Agora que já temos as projeções de receitas, de despesas e de fluxo de caixa, vamos fazer uma análise de indicadores para entender o comportamento.

Para objetivarmos mais o nosso entendimento, vamos tratar apenas de três tipos de indicadores:

A. VPL – Valor Presente Líquido

B. TIR – Taxa Interna de Retorno

C. Payback

PONTO DE ATENÇÃO: TAXA MÍNIMA DE ATRATIVIDADE – TMA

Para termos mais propriedade ao falarmos dos indicadores, vamos entender um pouco sobre a Taxa Mínima de Atratividade – TMA, que nada mais é, do que o retorno mínimo esperado para um investimento. Para a determinação da TMA precisamos levar em consideração a fonte de capital do investimento (próprio ou de terceiros), além da margem de lucro esperada com o investimento.

Não se tem uma média geral de TMA, esta varia conforme a empresa, podendo ser apurada de inúmeras maneiras. Como exemplo, aqui no Brasil costumamos usar como base TMA a taxa Selic, taxa referência de juros da nossa economia, pois a mesma tem interferência tanto na captação de recursos, quanto nas aplicações financeiras.

A. VPL – Valor Presente Líquido

Tal indicador analisa os fluxos de caixa esperados para uma empresa, os trazendo para uma mesma data. Sendo assim, todos os fluxos de caixa são descontados a uma TMA até a data do vencimento. Somamos então esses fluxos, e subtraímos de seu total os investimentos.

Os valores de referência são os seguintes:

– VPL com valor POSITIVO: o projeto tem capacidade de gerar lucro;

– VPL com valor NULO (Zero): o projeto se pagará ao longo dos anos, mas não terá geração de lucro.

– VPL NEGATIVO: o projeto não irá gerar lucro, mas sim prejuízo.

B. TIR – Taxa Interna de Retorno

Este indicador demonstra a rentabilidade de um projeto. É expressa em percentual, de acordo com a periodicidade dos fluxos de caixa. Exemplo: caso os fluxos de caixa sejam mensais, então a TIR também será mensal. Pois isso dizemos que a mesma é uma medida relativa. Ao substituirmos pela TMA no cálculo do VPL, o mesmo torna-se zero.

Para o cálculo da TIR, precisamos ter à disposição a TMA do investimento, para que façamos a comparação entre taxas. Ao se fazer a comparação, podemos ter três cenários:

a) TIR > TMA: o projeto paga o investimento e ainda gera lucro.

b) TIR = TMA: o projeto paga o investimento mas não gera lucro.

c) TIR < TMA: o projeto não paga o investimento, gerando prejuízo.

C. Payback

Tal indicador mede o tempo que o projeto gerará recursos para pagar o investimento.

Vamos ver agora duas forma de se calcular o Payback:

I. Payback Tradicional: também chamado de payback simples, pois não leva em consideração o dinheiro no tempo. Vejamos um exemplo: caso se tenha investido R$ 200.000,00 em um negócio que gera retornos mensais de R$ 20.000,00, o Payback será de 10 meses.

II. Payback Descontado: utilizamos a TMA para descontar os fluxos de caixa e os nivelarmos com a mesma data do investimento inicial.

ANÁLISE DE VIABILIDADE ECONÔMICA E FINANCEIRA DOS EXEMPLOS ANTERIORES

Tomando como base nossos exemplos anteriores, vamos averiguar os resultados de cada um dos métodos de análises de viabilidade que citamos.

Na tabela abaixo trazemos o fluxo de caixa do projeto e o seu saldo acumulado, utilizado para cálculo do payback.

Veremos que o saldo acumulado soma os fluxos ao investimento inicial. Quando o saldo ficar positivo teremos o payback. O saldo acumulado utiliza a TMA. Para o nosso exemplo tomemos a TMA a 3% a.m.

Vejamos agora a análise: Para uma TMA de 3% a.m., o VPL está positivo e a TIR foi superior à TMA.

Conclusão: Projeto viável.

Com essas informações espero ter lhes demonstrado a importância de se analisar qualquer tentativa de investimento, com muito esmero, antes mesmo de o iniciar, para se procurar dirimir ao máximo, o risco de insucesso.

Fabiano Mapurunga

Consultor em Finanças e Negócios. Mestre em Administração com ênfase em Finanças. MBA em Gestão de Negócios. MBA em Gestão Financeira e Controladoria. Professor Universitário

Mamães recebem orientação sobre salário maternidade

Mamães em Fortaleza receberam nesse sábado (11), na praça Murilo Borges, no Centro, informações sobre direitos do salário maternidade, além de alterações promovidas pela Medida Provisória 871/2019, que estabece prazos para o requerimento de benefícios com a maternidade.

A promoção foi da Comissão de Direito Previdenciário e do Núcleo de Pesquisa em Trabalho e Seguridade Social (Nuseg). Segundo o presidente do Nuseg, Thiago Albuquerque, ” se as mãmaes não buscarem em até 180 dias o requerimento do benefício nas agências do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), o auxílio não poderá mais ser postulado, conforme dispõe a MP 871/19″.

(Foto: Divulgação)

Da inocente arminha ao perigoso decreto

Da Coluna Guálter George, no O POVO deste domingo (12):

É o esforço de atender compromissos assumidos em campanha, sim, que levou o presidente Jair Bolsonaro na semana passada à assinatura de um decreto que estabelece uma espécie de liberou geral em termos da compra e do porte de armas no Brasil. Portanto, quem votou nele e agora se queixa da situação está jogando para plateia ou se insere naquele grupo que apoiou o então candidato acreditando que ele não seria capaz de fazer aquilo que prometia em palanque, especialmente nos pontos mais agressivos da parte bélica de seu discurso. Gente “ingênua”, com todas as aspas que esta qualificação exige no caso. A única coisa que ninguém pode dizer é que não sabia que poderia acontecer o que está se materializando a cada ocasião em que Bolsonaro aciona a simpática caneta Bic que carrega consigo para apor sua assinatura em algum papel timbrado.

No mundo político local, quem mais chama atenção nesse aspecto, do silêncio, é o senador Luis Eduardo Girão, do Podemos. Um pacifista convicto, um inimigo das armas, um defensor da vida em qualquer perspectiva, ao ponto de ter ganho notoriedade pública, antes mesmo de obter o mandato eletivo que hoje exerce, como líder de organizado e articulado movimento que se vinculava a grandes ações contra o aborto e pelo desarmamento, falando-se apenas das duas faixas nas quais assumiu maior protagonismo. Um propagador notório e entusiasmado da paz e da não violência que opta por se manter distante do debate, abrindo mão de um papel que a posição que hoje ocupa lhe garante. Em alguns aspectos, até exige.

Senador da República, com uma tribuna à disposição para fazer sua defesa enfática da distância das armas como a melhor estratégia de combate à violência que grassa entre nós, Girão nada disse até agora. De público, pelo menos. Enquanto a oposição se manifesta contra e vai à justiça, nomes importantes da bancada evangélica (base importante de apoio ao governo Bolsonaro) já disseram que não apoiam e se movimentam para desfazer a ação, especialistas apontam todas as inconveniências do caminho que se tenta adotar, o cearense Luis Eduardo Girão, com todo o envolvimento que tem com o tema, histórico, permanece silente.

Na última sexta-feira, dia em que Brasília esvazia e a tribuna do Senado costuma ficar à disposição dos poucos parlamentares que permanecem na cidade e na Casa, o representante cearense do Podemos foi ao espaço e o ocupou por longo tempo. A discussão sobre o tal decreto já no mundo com grande destaque, com as assessorias jurídicas das duas Casas do Congresso apontando sérios problemas técnicos, ministra da STF dando cinco dias para o governo explicar a história, tudo isso acontecendo e Girão lá, firme e indignado nos seus ataques ao…Supremo Tribunal Federal. Até cabem as críticas dele, centradas na escandalosa licitação para compra de lagostas, vinhos e uísques para as recepções que acontecerem na mais alta Corte do País, mas, naquele dia? Naquele momento?

O debate do decreto das armas, que está na ordem do dia da política, pede que todas as vozes aptas a contribuir se envolvam nele com toda a disposição e a força de que dispuserem. O ativista Luis Eduardo Girão teria razões para estar decepcionado com o senador Luis Eduardo Girão, fossem eles duas pessoas diferentes, caso o visse calado diante do que está acontecendo. Especialmente por saber que ele teria muito a contribuir, até pelo estilo pessoal, na construção de uma discussão mais serena, coisa muito difícil no Brasil de hoje e quase impossível diante da temática específica. A coluna até buscou a assessoria de Girão para saber de sua opinião e de sua movimentação (caso exista) no sentido de marcar posicionamento no debate. Até o momento em que este texto caminha para o ponto final, sem resposta.

Comissão debate na terça-feira a alta taxas de juros cobrada pelos bancos

205 1

A Comissão de Finanças e Tributação promove audiência pública, na terça-feira (14), para debater a cobrança de altas taxas de juros e tarifas pelos bancos. O autor do pedido de audiência é o deputado Luis Miranda (DEM-DF).

Ele critica, em especial, os juros do cartão de crédito rotativo e do cheque especial que chegam a valores em torno de 300% ao ano. “A recomendação de economistas é que os clientes bancários não usem essas modalidades, ou que, se necessário, as utilizem por um período de tempo muito limitado”, alertou.

Miranda quer esclarecer o porquê das altas taxas praticadas e ressalta a necessidade de o Legislativo propor soluções para o problema. “O alto patamar das taxas de juros cobradas pelos bancos inibem o consumo e também os investimentos na economia brasileira”, destacou.

(Agência Câmara Notícias)

Mamães do Jardim América ganham festa de agradecimento

Para o vereador de Fortaleza e médico Dr. Eron Moreira (PP), o Dia das Mães é uma data de agradecimento, não somente de lembrança e comemoração.

“É uma forma de também homenagear as mamães que não estão mais neste plano, pois a oração de agradecimento é uma só, para os filhos que têm a oportunidade de estar com suas mães e também para aqueles que só podem carregá-las agora no coração, como é o meu caso”, comentou Dr. Eron.

Ele participou de evento ao Dia das Mães, na praça Delmiro Gouveia, no bairro Jardim América. “É muita felicidade podermos ver a juventude participando desse momento de confraternização e celebração em uma época de distanciamento pela violência e pelo mau uso das redes sociais”, comentou.

(Fotos: Divulgação)

Endividamento e desemprego

214 1

Editorial do O POVO deste domingo (12) aponta que o endividamento das famílias no Brasil é resultado da falta de educação financeira, além. claro, do desemprego. Confira:

Às altas taxas de desemprego vem juntar-se, talvez como consequência, outro problema a afligir os brasileiros. Como divulgou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no trimestre fechado em fevereiro, o índice de desocupação ficou em 12,4%, acima dos 11,6% registrados no período encerrado em novembro. A taxa de subutilização da força de trabalho ficou em 24,6%, somando 27,9 milhões de pessoas nessa situação precária, pico de uma série histórica iniciada em 2012.

Já a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor, da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo mostra uma outra face dos tempos difíceis pelos quais o País vem passando. Em março, o percentual de famílias endividadas alcançou 62,4%, aumento de 1,2 ponto percentual, se comparado a março do ano passado, sendo também o maior patamar, desde setembro de 2015. Na comparação mais próxima, é a terceira alta mensal consecutiva de taxa de endividamento.

No quesito mais específico, de dívidas ou contas em atraso, também houve oscilação, passando de 23,1%, em fevereiro, para 23,4% em março. Em contrapartida aconteceu pequena redução, de 25,2% para 23,4% no percentual de famílias inadimplentes, comparando com março de 2018. Outro dado importante é que o percentual de famílias que declararam não ter condições de pagar suas contas em atraso e que, portanto, continuariam inadimplentes, aumentou de 9,2% em fevereiro para 9,4% em março deste ano. O uso do cartão de crédito foi apontado como o principal problema por 78% das famílias endividadas, seguido por carnês (14,4%) e financiamento de carro (10%).

Uma parte do endividamento pode-se atribuir à falta de educação financeira, que atinge boa parte da população brasileira, inclusive porque não é disciplina ministrada nas escolas – pelo menos na maioria -, nem mesmo como tema transdisciplinar.

Por outro lado, há de se admitir que a maior dificuldade mesmo é a falta de empregos, o que só poderá ser superado com o crescimento econômico, o que deveria ser a principal preocupação das autoridades brasileiras.

Somente Reriutaba apresenta bom volume de chuva neste domingo

Apesar das nuvens que cobrem quase todo o Ceará, somente o município de Reriutaba, no Noroeste do Estado, a 290 quilômetros de Fortaleza, registrou uma boa chuva, nas últimas 24 horas, segundo dados da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). Mesmo assim, a chuva não passou dos 23 milímetros.

A precipitação, de acordo ainda com a Funceme, é bem maior que as chuvas em outros quatro municípios cearenses: Paramoti, com 4.5 milímetros; Russas, com 3 milímetros; Camocim, com 2 milímetros; e Limoeiro do Norte, com apenas 1.6 milímetro.

Em Fortaleza, uma pequena chuva ocorreu na tarde desse sábado (11), nas proximidades da lagoa de Messejana. A precipitação, com menos de 30 segundos de média intensidade, sequer serviu para registro.

O calor deverá predominar em Fortaleza, na tarde deste domingo (12), e também nesta segunda-feira (13), com máxima de 33°C.

(Foto: Arquivo)

Juan Guaidó busca ajuda do Pentágono para resolver crise na Venezuela

O autoproclamado presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, pediu ontem (11/05) que seu representante diplomático nos Estados Unidos, Carlos Vecchio, se reúna com o Comando Sul – setor do Departamento de Defesa dos EUA responsável pela América Latina –, para uma possível cooperação para resolver a crise venezuelana.

Guaidó discursou para dezenas de pessoas em uma praça da zona leste de Caracas e reiterou que mantém com governos aliados, liderados pelos Estados Unidos, “todas as opções” sobre a mesa na busca de uma solução para seu país e que inclua a saída de Nicolás Maduro do poder. O líder oposicionista, que preside a Assembleia Nacional (Parlamento) da Venezuela, explicou que com a reunião também pretende “conseguir a pressão necessária” para acabar com a Revolução Bolivariana, no poder desde 1999.

“O tempo todo falei de cooperação (porque) a intervenção na Venezuela já existe”, disse, ao denunciar a suposta participação de cubanos na Força Armada Nacional Bolivariana (FANB) e a presença da guerrilha colombiana Exército de Libertação Nacional (ELN) no país.

As declarações de Guaidó são feitas 48 horas depois de o chefe do Comando Sul dos Estados Unidos, Craig Faller, publicar uma mensagem no Twitter oferecendo ajuda ao opositor venezuelano.

“Quando Guaidó e o governo legítimo da Venezuela convidarem, vamos falar sobre o nosso apoio aos líderes da FANB para que tomem a decisão certa, que respeitem os venezuelanos primeiro, e seja restaurada a ordem constitucional. Estamos prontos”, afirmou o oficial do Pentágono.

O presidente do Parlamento venezuelano, reconhecido como chefe de governo por mais de 50 países, disse na quinta-feira que o seu país já passou da “linha vermelha” para pedir cooperação militar estrangeira, mas destacou que o mecanismo depende dos países que decidam prestar assistência nesse quesito.

Venezuelanos no Brasil

Após a reabertura da fronteira com o Brasil, centenas de cidadãos venezuelanos entraram na cidade de Pacaraima, em Roraima, para comprar remédios e mantimentos ou mesmo para solicitar refúgio, informaram neste sábado fontes oficiais brasileiras. Só na sexta-feira, a Operação Acolhida registrou a entrada de 893 venezuelanos no Brasil.

Desde o início da crise migratória na Venezuela, as Forças Armadas, que comandam a operação, mantêm um posto de recepção e identificação na fronteira, onde os venezuelanos que chegam passam por uma triagem, recebem assistência médica, são vacinados e podem solicitar refúgio ou residência temporária ao governo brasileiro.

(Agência Brasil)

Camilo Santana e Roberto Cláudio enviam mensagem ao Dia das Mães

Por meio das redes sociais, o governador Camilo Santana e o prefeito Roberto Cláudio enviaram mensagens às mães cearenses. Camilo Santana destacou que as mães são trabalhadoras, guerreiras, mas também amorosas.

Já o prefeito de Fortaleza ressaltou que “é muito importante que a gente reconheça o papel de vocês (mamães), sempre”.

O governador e o prefeito reconheceram ainda a importância em suas vidas de suas mães e de suas respectivas esposas.

(Fotos: Reprodução)

Morre o ator e comediante Lúcio Mauro

O ator e comediante Lúcio Mauro (92) morreu no fim da noite desse sábado (11), no Rio de Janeiro. A informação foi dada por seu filho, o também ator Lúcio Mauro Filho. Ele estava internado na Clínica São Vicente, na Zona Sul do Rio, havia cerca de dois meses, com problemas respiratórios. A informação é do Portal G1.

Não há ainda informações sobre velório e sepultamento do ator.

Em março, Lúcio Mauro completou 92 anos, e seu filho, Lúcio Mauro Filho, compartilhou uma foto para festejar a data. Na imagem, Lúcio Mauro aparece com filhos, a nora, Cíntia Oliveira, e os netos, Liz, Bento e Luiza.

Lúcio de Barros Barbalho, mais conhecido como Lúcio Mauro, nasceu em Belém do Pará, no dia 14 de março de 1927. Estreou na Globo em 1966.

O ator integrou o elenco de alguns dos principais programas de humor da emissora, como “Chico City” (1973), “Os Trapalhões” (1989) e “Escolinha do Professor Raimundo” (1990).

(Foto – Instagram)

Ganhador dos R$ 289,4 milhões da Mega-Sena fez aposta online

198 1

Uma aposta acertou sozinha os seis números da Mega-Sena, em sorteio realizado na noite desse sábado (11), em São Paulo, e receberá o prêmio de R$ 289,4 milhões. A Caixa Econômica Federal não divulgou o município da aposta ganhadora, pois foi realizada pela internet.

Os números sorteados foram: 2324263842 e 49.

Já o prêmio acumulado da Quina foi ganho por uma aposta do município de Avelino Lopes, no Piauí, que receberá a quantia de R$ 3,2 milhões. Os números sorteados foram: 04 – 07 – 13 – 20 e 40.