Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Receita libera nesta segunda-feira o penúltimo lote do Imposto de Renda

O dinheiro do penúltimo lote regular de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física 2014 será depositado nesta segunda-feira (17) na rede bancária. De acordo com a Receita Federal, estão na lista 2.146.926 contribuintes, totalizando mais de R$ 2,3 bilhões. No lote, foram incluídos também contribuintes liberados da malha fina das declarações entregues entre os anos 2008 e 2013.

Dos quase R$ 2,4 bilhões totais, R$ 84.723.702 referem-se aos contribuintes atendidos pelo Estatuto do Idoso e contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave.

Pelas normas da Receita, a restituição fica disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate no prazo, deverá requerê-la pela internet, usando o Formulário Eletrônico – Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da DIRPF.

Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá contatar pessoalmente qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 4004-0001, nas capitais e 0800-729-0001 nas demais localidades. O número 0800-729-0088 é disponibilizado especialmente para pessoas com deficiência auditiva. Nesse contato, o contribuinte pede o agendamento do crédito em conta-corrente ou em poupança, em seu nome, em qualquer banco.

(Agência Brasil)

Nordestinos repudiam preconceito

65 1

Em artigo no O POVO deste domingo, o psicanalista Valton de Miranda Leitão compara o preconceito contra nordestinos nas redes sociais a fatos da história. Confira:

As redes sociais no Brasil estão repletas de mensagens odientas e preconceituosas contra negros, pobres, homossexuais, mas agora principalmente após a decisão da eleição presidencial, contra nordestinos.

Essa prática irracional não é nova no mundo e sempre foi alimentada pelo mais virulento ódio e não poucas vezes descambou para estúpida crueldade. Nessas circunstâncias existem dois movimentos que caminham paralelos alimentando a virulência. O primeiro é uma divisão na personalidade e o segundo é uma cisão dentro do grupo social ou coletividade. Na primeira situação o objeto do ódio é o diferente e na segunda é o grupo considerado inimigo, o alvo da destrutividade. A origem disso é a divisão maniqueísta entre bem e mal, feio e belo, limpo e sujo, superior e inferior, vermelho e azul. Tal dispositivo foi bem expresso por Bush na época da destruição das torres gêmeas, quando disse que os EUA representavam o bem e que iria destruir o eixo do mal. Isso é a repetição de um processo que a história registra através dos tempos, desde quando as raças humanas surgiram, apresentando diferentes colorações de pele.

A Idade Média e a Renascença foram marcadas pela mais brutal repressão, tanto na inquisição que matou mais de cinco milhões de mulheres consideradas bruxas, quanto na luta entre católicos e protestantes, que resultou no sangrento massacre de São Bartolomeu, em Paris, no ano de 1572. O processo político sempre teve uma dimensão teológica, servindo de nutriente para alimentar o ódio entre grupos ou nações rivais. O inimigo é categoria onipresente em todas as formas de funcionamento político, seja entre nações ou no interior de uma mesma nação.

O holocausto judeu na Alemanha nazista é o exemplo mais abrangente na modernidade desse tipo de ira narcísica que resultou na demonização daquele povo. O judeu foi naquela época considerado por eminentes antropólogos da ideologia nazi, como tendo estrutura cerebral lombrosiana e o nariz caracteristicamente torto, evidenciando sua degeneração corporal e mental. Freud chamou esse antagonismo de uma raça contra outra, ou de uma parte de uma sociedade contra a outra de narcisismo da pequena diferença, por exemplo, quando o alemão do sul despreza o alemão do norte, ou o espanhol despreza o português.

O carioca-paulista Euclídes da Cunha escreveu Os Sertões, e pontuou o fato de que na cruenta luta que levou ao massacre de Canudos, ser o sertanejo, sobretudo um forte, que enfrenta a adversidade, vencendo a inclemência da terrível canícula. Contraditoriamente, Euclídes tinha forte preconceito contra o movimento liderado pelo Conselheiro e na época, somente Machado de Assis veio em defesa daqueles miseráveis oprimidos.

O escritor húngaro, Sandor Marai escreveu sobre o tema no livro “O Veredito”, no qual mostra a incrível capacidade de estrategista do sertanejo nordestino. Além disso, muitos autores têm demonstrado que o Nordeste é uma espécie de celeiro, exportador de talentos para o Brasil e para o mundo. Não gosto de tais contraposições, mas a harmonia é alcançada na contradição.

Dilma: investigação da Petrobras mudará para sempre o país

52 3

foto dilma austrália

A presidente Dilma Rousseff disse que as investigações sobre o escândalo envolvendo a Petrobras mudará, de forma definitiva, as relações entre sociedade, Estado e empresas no Brasil. Segundo ela, este não é o primeiro escândalo do tipo no país, mas o primeiro a ser investigado, o que mudará “para sempre” o país no que se refere ao combate à impunidade, até porque, ressaltou, há possibilidades de que a origem do atual escândalo seja justamente os escândalos anteriores que não foram investigados.

As declarações foram feitas na madrugada deste domingo (16), na Austrália, após a presidente ter participado da Sessão Plenária da Cúpula do G20. “A grande diferença dessa questão é o fato dela estar colocada à luz do sol, porque esse não é, de fato, e eu tenho certeza disso, o primeiro escândalo. Agora, ele é o primeiro escândalo investigado, o que é diferente. Isso eu acho que mudará para sempre as relações entre a sociedade brasileira, o Estado brasileiro e as empresas privadas”, disse.

Dilma Rousseff destacou o fato de, pela primeira vez em sua história, o Brasil trata de forma “absolutamente aberta” um caso dessa dimensão. “Há aí uma diferença substantiva, e eu acho que isso pode de fato mudar o país para sempre, no sentido que vai se acabar com a impunidade. Esta é, para mim, a característica principal dessa investigação. É mostrar que ela não é algo engavetável”, ressaltou.

(Agência Brasil)

Camilo sugere continuidade

62 1

Da Coluna Fábio Campos, no O POVO deste domingo (16):

A equipe de transição apresentada pelo governador eleito Camilo Santana (PT) sugere continuidade. O outro momento para identificar o perfil de Camilo virá com a nomeação da equipe de secretários. Caso nomeie um dos irmãos Ferreira Gomes ou o pai, Eudoro, saberemos que Camilo topa colocar no Governo gente que o mundo político se acostumou a chamar de “indemissível”.

Outro ponto: se indicar para a pasta de obras, Fazenda e Comunicação (a parte que cuida das verbas) pessoas que não sejam da sua estrita cota pessoal, é sinal de que será um governador politicamente fraco. Já a Casa Civil só terá o peso que o governador quiser que tenha. Se for uma pasta que vai coordenar as outras, ela se enquadra no perfil das três citadas.

Depósitos de terceiros em contas de presidiários poderão ser proibidos

A Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado aprovou o projeto que impede depósitos de terceiros nas contas correntes usadas para o pagamento de detentos trabalhadores ou benefícios previdenciários dos condenados (PL 7192/14).

A intenção da proposta, de autoria do deputado Enio Bacci (PDT-RS), é evitar frequentes golpes feitos por celular das cadeias quando o condenado simula o sequestro de uma pessoa da família e cobra “resgate” a ser depositado em uma conta.

O relator da proposta, deputado Otavio Leite (PSDB-RJ), recomendou a aprovação da medida. “Não vemos motivo para que o apenado deva movimentar uma conta bancária da mesma forma que qualquer outro cidadão. Essa conta bancária é para depósito das quantias referentes ao seu trabalho e os benefícios previdenciários.”

Otavio Leite reconhece que a medida não impede que o criminoso consiga outra conta para seguir extorquindo as  pessoas, “mas isso não ocorrerá na conta aberta em função da execução de sua pena para receber seu salário e os benefícios previdenciários”.

(Agência Câmara Notícias)

Investigações agora atingem os corruptores

47 3

Da Coluna Valdemar Menezes, no O POVO deste domingo (16):

Este fim de semana foi sacudido pelo desencadeamento da 7ª etapa da Operação Lava Jato. Desta vez, foram detidos altos executivos das principais empreiteiras do País, envolvidos pela delação premiada do ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa, e do doleiro Alberto Youssef.

Graças a uma lei sancionada pela presidente Dilma Rousseff, no fim de 2013, foi possível, agora, investigar não só os corruptos, mas, também, os corruptores. Inclusive, com penalidades que atingirão suas empresas.

A expectativa no Palácio do Planalto, segundo publicado pela Folha de S. Paulo, sexta feira, no seu portal, é que a operação atinja o “coração dos financiadores de campanha.” Ou seja, do principal fator de distorção das eleições – o financiamento empresarial de eleições – que já estaria com os dias contados pela proibição já votada pela maioria do plenário do STF. É hora de fortalecer a democracia.

Idade para a aposentadoria compulsória

É fato amplamente conhecido que a expectativa de vida vem aumentando cada vez mais no Brasil. Em 1960, a perspectiva de vida de um brasileiro ao nascer era de 54,6 anos; atualmente, essa idade passou a 73,9 anos. Ou seja, em média, os bebês que nascem hoje viverão 19 anos a mais em comparação com os nascidos nos anos 60 do século passado. O alargamento da esperança de vida mudou também o conceito de velhice; hoje não se considera mais “velho” – como era no passado – uma pessoa com 60 anos de idade, que se mantém ainda saudável e ativa.

Estaria assim, de acordo com o avanço na expectativa de vida, a proposta de emenda constitucional 457/2005, que visa a aumentar a idade de aposentadoria compulsória dos servidores públicos de 70 para 75 anos – a chamada “PEC da Bengala” -, que tendo sido aprovada no Senado em 2005, tramita agora na Câmara dos Deputados.

O problema é que o tema voltou à baila carregado de conotação política, pois, com as regras atuais, a presidente Dilma Rousseff nomeará, no seu segundo mandato, cinco novos ministros para substituir os que se aposentarão no período. Existe ainda a vaga aberta com a aposentadoria antecipada (a pedido) de Joaquim Barbosa. Assim sendo, até o fim de seu governo, em 2018, a presidente Dilma terá nomeado mais seis ministros do Supremo.

Segundo o jornal Folha de S. Paulo (1º/11/2014), Gilmar Mendes, ministro do STF, vem conversando com líderes do Congresso para fazer andar a tramitação da PEC, temendo uma suposta “corte bolivariana”, ainda que ministros indicados pelo PT, venham votando contra os possíveis interesses do partido, como foi no caso da condenação dos réus do “mensalão”.

O projeto de estender a idade para a aposentadoria compulsória para servidores públicos pode ser uma boa ideia, apesar da oposição de entidades de classe dos magistrados. Porém, para evitar qualquer mal entendido ou sugestão de casuísmo, poder-se-ia estabelecer que a regra valeria somente para os juízes nomeados depois de sua aprovação – mantendo o direito constitucional de a presidente fazer as nomeações -, e afastando qualquer suspeita de que o objetivo da norma seria beneficiar algumas pessoas, especificamente.

(O POVO / Editorial)

“Petrobras não pode parar, mesmo que alguma irregularidade seja constatada”, diz ministro

O ministro da Justiça José Eduardo Cardozo disse que a Petrobras “não pode e não vai parar”, apesar do escândalo de corrupção que envolve a empresa. “Se por um lado as investigações têm que prosseguir, de outro lado, a Petrobras não pode parar”, ressaltou o ministro.

Ele ressaltou que conversará com a presidente da empresa, Graça Foster, para que “se tenha clareza” sobre a forma como o governo atuará com relação aos contratos firmados entre a Petrobras e as demais empresas envolvidas na investigação de corrupção. “A Petrobras não parará, continuará atuando e a lei será respeitada. A melhor defesa que precisamos fazer da Petrobras, que é uma empresa vital para o país, é investigar os fatos, apurar as ocorrências e punir pessoas”.

Sobre os contratos investigados na Petrobras, Cardozo disse que eles “serão analisados caso a caso para ver que medidas serão tomadas”. Acrescentou, ainda, que “a Petrobras não pode parar mesmo que alguma irregularidade seja constatada em qualquer contrato”. Segundo o ministro “tudo será analisado cuidadosamente”, acrescentou o ministro.

Eduardo Cardozo disse que informou a presidente Dilma Rousseff, que está na Austrália, sobre a operação. “Passei os dados à presidente Dilma. Ela está ciente das investigações. No momento em que pude ter acesso, por força do sigilo, aos dados, eu repassei a ela e ela transmitiu o que estou dizendo: peça à Polícia Federal que prossiga com firmeza na apuração das irregularidades e que proceda com lisura e imparcialidade nas investigações e zele para que tudo seja esclarecido’”, esclareceu.

Cardozo ressaltou que a Polícia Federal está cumprindo o seu papel e que o governo não aceitará, em qualquer momento, “insinuações de que se criaram obstáculos” para a investigação.

(Agência Brasil)

Avaí, Santa e Boa perdem e Ceará volta ao G4 com vitória sobre o Vasco

Em um fim de semana em que tudo deu certo para o Ceará, o time alvinegro voltou ao G4 da Série B do Campeonato Brasileiro, e agora só depende de seus próprios resultados para garantir participação na Série A de 2015.

A série de bons resultados teve início na sexta-feira (14), quando o América Mineiro goleou o Avaí, por 3 a 0. Na tarde desse sábado (15), o Ceará fez a sua parte ao vencer o Vasco, 2 a 0, na Arena Castelão. À noite, a equipe cearense confirmou a quarta colocação no G4, diante das derrotas do Santa Cruz (1 a 2 para o Bragantino) e Boa Esporte (0 a 3 para o Sampaio Correa).

O Ceará agora disputa a vaga com o Boa Esporte, Atlético Goianiense, Avaí, América Mineiro e Santa Cruz. O Vasco ainda não garantiu classificação à Série A, mas se mantém afastado da disputa com seis pontos de vantagem para o quinto colocado, a três rodadas para o final da competição. A equipe carioca enfrenta o já rebaixado para a Série C, Vila Nova, na terça-feira (18), no Rio de Janeiro, quando poderá assegurar a classificação.

O Ceará terá pela frente as equipes do ABC (terça-feira, 18, em Natal), a rebaixada Portuguesa (sábado, 22, na Arena Castelão) e Luverdense (dia 29, em Lucas do Rio Verde, no Mato Groso). Dos cinco concorrentes do Ceará, somente o Santa Cruz possui confronto direto com o Avaí e com o Atlético Goianiense.

UFC recebe inscrições esta semana para professor substituto em Fortaleza e Sobral

Estão abertas nesta semana (de terça-feira [18] a quinta-feira [20]), as inscrições para seleção pública de professor substituto nos campi da Universidade Federal do Ceará (UFC) em Fortaleza e Sobral. No Interior, estão disponíveis duas vagas no Curso de Odontologia, sendo uma para o setor de estudo “Dentística / Cardiologia / Clínica Integrada” e outra para o setor de estudo “Odontopediatria / Laboratório de Ortodontia”. A carga horária de trabalho é de 40 horas semanais e a remuneração é de R$ 4.699,21 mensais. Os candidatos devem possuir título de doutor.

Posteriormente, da quarta-feira (19) a sexta-feira (21), estarão abertas as inscrições para professor substituto do Centro de Ciências, no Campus do Pici Prof. Prisco Bezerra, em Fortaleza. São ofertadas quatro vagas no Departamento de Matemática, para o setor de estudo “Cálculo Diferencial e Integral”.

Já no Departamento de Computação, são ofertadas duas vagas para o setor de estudo “Fundamentos de Programação”. E no Departamento de Física é ofertada uma vaga para o setor de estudo “Física Geral / Ótica”. A carga horária de trabalho é de 40 horas semanais para as vagas dos departamentos de Matemática e de Computação e de 20 horas semanais para a vaga do Departamento de Física. A remuneração para as vagas dos três departamentos é de R$ R$ 4.699,21 mensais. Os candidatos também devem possuir título de doutor.

(UFC)

Menos da metade dos latino-americanos faz atividade física

Estudo feito em nove países americanos mostra que a prática de atividade física é hábito de poucos latino-americanos. Segundo o levantamento, enquanto no Canadá e nos Estados Unidos 68% da população se exercitam duas ou mais vezes por semana e apenas 14% não praticam nenhuma atividade, nos países da América Latina são 41% os que se exercitam e 31% não fazem nenhuma atividade.

O levantamento Percepção e Realidade – Um Estudo sobre a Obesidade nas Américas foi organizado pela WIN Américas, em nove países do continente americano – Argentina, Brasil, Canadá, Colômbia, Equador, Estados Unidos, México, Panamá e Peru – que representam 90% da população da região. No Brasil, a pesquisa foi feita pelo Conecta, plataforma web do Ibope Inteligência.

Segundo a pesquisa,  as mulheres têm uma percepção mais crítica de sua saúde do que os homens: 67% delas se declaram saudáveis, percentual que sobe para 72% entre os homens. Eles, entretanto, têm mais dificuldades para enfrentar os problemas relacionados ao sobrepeso. Pelo menos 40% dos homens declaram estar acima do peso, porém, de acordo com seu Índice de Massa Corporal (IMC), 52% têm sobrepeso de fato. Entre as mulheres as percepções se invertem: 46% dizem estar com sobrepeso mas o cálculo do IMC mostra que, na realidade, 43% delas estão acima do peso.

(Agência Brasil)

Para Dilma, Cid tem carta branca e pode escolher ministério

53 4

dilcococ

Da Coluna Esplanada, no UOL deste sábado (15), pelo jornalista Leandro Mazzini:

O governador do Ceará, Cid Gomes (PROS), está em alta cota com a presidente Dilma. Ela o recebeu na última terça-feira (4) e ofereceu a Cid o Ministério da Educação. Ou a pasta que ele escolher.

O movimento político de Dilma tem motivações puramente eleitorais. Cid, um ex-aliado do saudoso Eduardo Campos, derrotou Eunício Oliveira (PMDB), antes favorito ao governo, e emplacou Camilo Santana (PT).

Entregou ao PT um dos principais colégios eleitorais do Nordeste. E Dilma também deseja conquistar a bancada do recém-nascido PROS, que paquerou a oposição.

O PROS tem uma bancada tímida no Congresso, embora possa ter votos decisivos em votações para o Planalto. Serão 15 deputados e um senador a partir de 2015.

O partido nasceu da articulação do deputado Givaldo Carimbão (AL), ex-PSB, com as bênçãos dos irmãos Cid e Ciro Gomes, que o fortaleceram no Ceará e outros Estados do Nordeste.

Com o potencial eleitoral do PROS e o domínio do Ceará, os irmãos saíram lucrando. Se Cid não quiser ministério, a opção pode ficar para o irmão Ciro Gomes, que já foi ministro de Lula e colega de Dilma na Esplanada.

Quem saiu perdendo no PT, mesmo com a vitória de Camilo, foi a ex-prefeita de Fortaleza Luizianne Lins. De grupo interno rival, ela ficou praticamente neutra.

Cearense ganha prêmio internacional em visualização de dados

O pesquisador Cláudio Silva, ex-aluno da Universidade Federal do Ceará (UFC), foi o vencedor da Visualization Technical Achievement Award 2014, uma das mais importantes premiações mundiais na área de visualização de dados, oferecido pelo Institute of Eletrical and Eletronical Engineer’s (IEEE), em Paris.

O prêmio é um reconhecimento pelos avanços que suas pesquisas provocaram na área de computação geométrica para visualização e no desenvolvimento do sistema de exploração de dados VisTrails. A ideia de visualização de dados está em franca expansão, principalmente com a popularização do conceito de Big Data.

Cearense, Cláudio Silva formou-se em Matemática pela UFC, em 1990, e fez doutorado pela Universidade Estadual de Nova York em Stony Brook, nos Estados Unidos, em 1996. Atualmente, é professor de Engenharia e Ciência da Computação da Escola Politécnica de Engenharia de Nova York e um dos líderes do Centro para Ciência Urbana e Progresso (CUSP, na sigla em inglês) de Nova York. É coautor de mais de 200 artigos científicos e 11 patentes nos Estados Unidos.

O trabalho de Silva tem a colaboração de outra pesquisadora também formada pela UFC: Juliana Freire, graduada em Ciências da Computação em 1991 e, atualmente, professora de Ciências da Computação da Politécnica de NY. Juliana ganhou reconhecimento pelo desenvolvimento de uma ferramenta de busca para a chamada Deep Web, a Internet profunda. O sistema chegou a ser matéria do jornal The New York Times.

Cláudio Silva mantém intensa colaboração com a UFC. Pelo menos uma vez por ano, visita os departamentos de Matemática e Computação da Universidade, trabalhando em parceria com os respectivos programas de pós-graduação e grupos de pesquisa das áreas. A colaboração se dá na forma de apoio a alunos em doutorados-sanduíche e em projetos de pesquisa na área de computação gráfica e visualização de dados. Recentemente, Silva foi coautor de artigos com os professores da UFC, Emanuele Santos (Computação) e Esdras Soares (Matemática).

(UFC)

Executivo relata “clube” de empreiteiras para ganhar obras da Petrobras

Um dos executivos que aceitaram fazer o acordo de delação premiada com os investigadores da Operação Lava Jato, da Polícia Federal, confessou que havia um “clube” de empreiteiras para ganhar as licitações da Petrobras. Em depoimento à Polícia Federal e ao Ministério Pùblico Federal (MPF), Augusto Ribeiro de Mendonça Neto, diretor da Toyo Setal, disse que pagou de R$ 50 e 60 milhões em propina ao ex-diretor de Serviços da Petrobras Renato Duque, um dos presos nessa sexta-feira (14) pela PF, na sétima fase da operação.

De acordo com denúncia apresentada pelo Ministério Público ao juiz Sérgio Moro, responsável pela investigação, as empreiteiras envolvidas no esquema participavam de um cartel para distribuir entre si os contratos com órgãos públicos, principalmente oriundos da Petrobras. Segundo os procuradores, parte dos desvios de recursos públicos era repassada a partidos políticos por meio do doleiro Alberto Youssef.

No depoimento de delação, Mendonça Neto ressaltou que havia entendimento prévio entre Duque, então diretor de Serviços da Petrobras, de que os contratos que fossem resultantes do clube “deveriam ter contribuições àquele [o clube]”. O diretor também disse que negociou diretamente com Renato Duque e “acertou pagar a quantia de R$ 50 e 60 milhões, o que foi feito entre 2008 a 2011”.

Em nota, Alexandre Lopes, advogado do ex-diretor da Petrobras disse que a prisão “é injustificada e desproporcional”, pois ele não reponde a uma ação penal. De acordo com Lopes, ele se colocou a disposição da Justiça para colaborar com as investigações.

(Agência Brasil)

Prefeitura deverá assumir a administração do mercado São Sebastião

foto mssebastião lixeiras internas 141114

O Sindfrutas deverá administrar o mercado São Sebastião somente até o final deste ano, pois o contrato se expirou no começo deste mês. Todo o quadro funcional contratado pelo sindicato para trabalhar nas dependências do mercado já se encontra de aviso prévio. A administração passará a ser feita pela própria Prefeitura.

Entre os permissionários, a expectativa é que o São Sebastião receba melhorias e que possa ser incluído no turismo gastronômico como a melhor panelada servida em Fortaleza, além da venda de frutas e verduras frescas.

Outro problema que incomoda os permissionários é a questão das lixeiras. Enquanto duas grandes lixeiras na entrada principal dão as “boas-vindas” à clientela do mercado, outras contaminam frutas no interior de um dos galpões.

Para os permissionários, as lixeiras poderiam ficar afastadas das lojas, enquanto no interior dos galpões cada boxe seria responsável pelo lixo que produz.

Caixa suspende saques e cartões de débito na noite deste sábado

A Caixa Econômica Federal informa que alguns canais de atendimento do banco ficarão indisponíveis entre as 23 horas deste sábado (15) e às 7 horas deste domingo (16), horário de Brasília, para uma atualização tecnológica.  O objetivo, segundo o banco, é melhorar a qualidade e disponibilidade dos serviços aos clientes.

Durante o período estarão indisponíveis os seguintes serviços: cartões de débito, autoatendimento, Banco 24 Horas, Internet Banking e Banking Móvel.

No último dia 6, os sistemas informatizados da Caixa ficaram fora do ar. As agências não conseguiram atender os clientes e tiveram que abrir uma hora mais cedo no dia seguinte para suprir o atendimento. As lotéricas e os postos de autoatendimento também ficaram indisponíveis.

(Agência Brasil)

Guerra às drogas. Qual guerra?

104 6

Em artigo no O POVO deste sábado (15), o médico, antropólogo e professor universitário, Antonio Mourão Cavalcante, sugere mais atenção à juventude para o combate ao tráfico de drogas. Confira:

A droga continua sendo a manchete da imprensa. Jovens mortos no bairro tal. Carregamento apreendido acolá. Cracolândias espalhadas pelo país. Estamos em plena crise. E – atenção! – não costumo ser alarmista nesse assunto. Quem se propõe estudioso no assunto, os fatos evidenciam uma dominação completa do tráfico. Eles estão ganhando a parada. Tem uma organização e gerência muito mais ousada e eficaz do que qualquer instância que se meta contra: governo, instituições policiais, sociedade organizada etc. Eles passam por cima. Não respeitam. Afrontam. Insultam.

Uma postura, não muito rara, é desconhecer o problema. Desconversar sobre o assunto. Já viram alguns homens públicos falando que vão tomar providências enérgicas de combate às drogas? Que vão aumentar o poder de fogo das polícias etc. E, não acontece nada?… Não é raro. É o mais frequente. Gostaria de voltar a questões elementares. Primeiro, a droga não tem propaganda explícita, estimulando o uso. (Salvo alguns retardados que ainda são a favor da liberação da maconha!). Usar drogas é uma decisão “voluntária” de quem procura. De quem utiliza. A droga é uma substância inerte. Não mexe com ninguém. Salvo quem vai atrás de adquirir.

O jovem é o mais vulnerável. Por que? Sentimento de aventura e risco. Força do grupo ao qual pertence. Amizades. Vontade de viver experiências novas, inusitadas… Por vezes as contradições e pressões em sua própria vida, no ambiente familiar, escolar ou social. Enfim, uma potencialidade existencial totalmente desperdiçada por um cotidiano ridículo e pouco sedutor. Vida sem amor e sem rumo. A droga complementa. Ela tenta preencher lacunas, vazios existenciais… Mas, o preço às vezes é muito caro. Não apenas ao bolso. Mas, à própria vida. Entretanto, ninguém usa drogas para morrer ou para ser morto. Isso é acidente. Lamentavelmente, muito frequente. A cocaína e seus derivados – sobretudo o crack – são de uma resolutividade muito contundente. Logo causa dependência e destrói o jovem por dentro.

Por estas rápidas reflexões fica muito claro – óbvio mesmo! – que o grande lance não é apenas estar prendendo traficante ou desmantelando as redes do negócio. Dando tiros em favelas ou militarizando o problema. Haveríamos de dar mais atenção, cuidado, zelo aos nossos jovens. Com tantos desafios em nossa sociedade é profundamente lastimável que estejamos perdendo a essência: nossa juventude, nossos próprios filhos!…