Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

A Roda do poder

marcoscalss
O ex-presidente da Assembleia Legislativa, Marcos Cals (PSDB), que disputou e perdeu a Prefeitura de Fortaleza em 2012, votou domingo em seção do Clube Náutico.
Por ali circulou, mas sem assédio da turma da mídia. Nem de populares. Marcos Cals dedica-se ao setor empresarial, no momento.
Mas quem conhece seu potencial de votos, aposta que um dia ele retornará ao ringue eleitoral.
(Foto – Paulo MOska)

Guido Mantega – Compromissos da área econômica serão mantidos nos próximos quatro anos

guidomantega

“O ministro da Fazenda, Guido Mantega, confirmou, há pouco, o compromisso de fortalecer os fundamentos da economia brasileira nos próximos quatro anos. Segundo ele, permanecem os compromissos de manter a inflação sob controle e a geração de empregos, com o mercado em expansão.

“É claro que, para manter os empregos, temos de manter os estímulos aos investimentos e fortalecer as empresas brasileiras, com a expansão do mercado de capitais. Temos que manter o sistema financeiro sólido, porque é ele que financia a expansão da economia e do consumo”, afirmou o ministro, em entrevista coletiva.

De acordo com o ministro, o Brasil tem um grande desafio para conseguir retomar o desenvolvimento ante a crise internacional. “Isso só será possível se houver grande mobilização com trabalhadores e empresários, junto com o governo, para entramos com o novo ciclo da economia brasileira”, disse ele.

Mantega mostrou-se satisfeito com com a vitória da presidenta Dilma Rousseff sobre o candidato do PSDB, Aécio Neves, no segundo turno da eleição presidencial. “Estou feliz com o resultado das eleições. Isso prova que a população está aprovando a política econômica”,afirmou. Ele reconheceu que as eleições provocam volatilidade, mas ressaltou que fatores externos têm influência. “Houve forte queda das commodities [produtos básicos com cotação internacional], e que a Bolsa de Valores foi afetada, mas, com o fim das eleições, esse cenário passa a amainar”, afirmou.

Durante as eleições, os pessimistas ficam mais pessimistas e os otimistas, mais otimistas, observou o ministro. “O Datafolha [instituto de pesquisas] verificou que os brasileiros estão ficando mais otimistas com a ecocomia. Além disso, teve a CNI [Confederação Nacional da Indústria], mostrando a melhora da expectativa do consumidor. A indústria de transformação também avançou, e isso mostra que a confiança tende a voltar. E, mais importante, a confiança do investidor externo voltou a melhorar. Portanto, os investidores externos, que olham para o médio e longo prazos, estão mais confiantes, poque eles estão colocando o dinheiro deles no Brasil. A economia voltou a crescer, e tudo indica que continuará a crescer no terceiro e quarto trimestres”, afirmou.

Perguntado sobre nomes para compor a equipe no segundo mandato de Dilma, Mantega respondeu que essa pergunta tem que ser feita à presidenta. “Estou apresentando as políticas que devem ser adotadas, e é o que importa. Mencionei os passos que devem ser dados, mas não me cabe falar sobre os nomes”, enfatizou. Reeleita ontem (26) para mais um mandato de quatro anos, Dilma anunciou, durante a campanha eleitoral, que, se fosse vitoriosa, faria um governo novo, com uma equipe nova.”

(Agência Brasil)

Camilo promete trabalhar para “unir o Ceará”. Segurança será seu primeiro grande desafio

camilosant

“Vou trabalhar para unir o Ceará!”, disse, nesta segunda-feira, o governador eleito Camilo Santana (PT), durante entrevista ao programa Debates do POVO, da Rádio O POVO/CBN. Esse foi seu primeiro compromisso divulgado logo após derrotar, nas urnas do segundo turno do pleito estadual, nesse domingo, o então candidato Eunício Oliveira (PMDB). A diferença do petista para o peemedebista foi pouco mais de seis pontos percentuais.

Camilo prometeu também que vai priorizar a segurança pública, uma das áreas que sofreram maiores críticas durante a campanha eleitoral. Ele disse que, durante conversas com o eleitorado, recebeu queixas e adiantou que, até dezembro, vai se dedicar a ouvir a toda a sociedade em busca de medidas que atendam aos clamores da população.

Capitão Wagner e hierarquia

O governador eleito disse que, nessa ausculta, terá conversa com o oficialato, com policiais e com entidades como a OAB, Defensoria Pública, Ministério Público Estadual, Poder Judiciário e as universidades. Indagado se, nesse leque de conversas, incluiria o Capitão Wagner, deputado estadual eleito pelo PR e principal opositor da segurança na gestão cidista, reiterou que está disposto a ouvir a todos, observando, no entanto, que o respeito à hierarquia da Polícia Militar não pode ser esquecido.

Elogios a Servilho

Ele aproveitou para elogiar o atual secretário da Segurança Pública, Servilho Paiva, que, com programa que implantou em Pernambuco, quando titular da pasta, vem colhendo os primeiros bons resultados no Estado.  Camilo foi lembrado de que encontrará uma PM dividida, no que  prometeu dedicar “muita energia” para esse segmento.

Secretariado sem interferências

Perguntado se já teria um perfil do seu secretariado e que o governador Cid Gomes (Pros) poderia interferir na formação de sua equipe, fez questão de dizer: “Não assumi compromisso com ninguém, a não ser com o povo do Ceará”. Prometeu que fará “um novo Governo”, embora em campanha tenha apregoado que vai aprimorar o que está dando certo e melhorar o que precisa.

Cobrar Dilma

Prometeu também dedicação ao setor da educação e anunciou que, no plano da saúde, vai procurar demais governadores do Nordeste para junto à presidente reeleita Dilma Rousseff, cobrar reajuste da tabela do SUS. “Vou cobrar de Dilma”, deixou claro. Dilma obteve mais de 77% de votos no Estado. Embasando sua preocupação, ele informou que, para cada R$ 1,00, o Ceará vem gastando R$ 5,00 para bancar a nova estrutura de saúde implantada pelo Governo que consta de dois hospitais regionais (Norte e Sul), 26 UPAs – sendo 6 em Fortaleza; 19 Policlínicas e Centros de Especialidades Odontológicas (CEOs). Prometeu ampliar essa oferta e ampliar o SAMU, além de construir mais dois hospitais: um na Região Metropolitana de Fortaleza e outro no Vale do Jaguaribe.

Conversa com Tasso

Lembrado de que precisará, para conquistar verbas em Brasília, do apoio da bancada federal cearense e de senadores como Tasso Jereissati, eleito pelo PSDB – ele derrotou Mauro Filho (Pros), da chapa do petista, não hesitou:’Vou conversar co todos os parlamentares eleitos. Reiterou que seu compromisso é com o Ceará. Disse estar preparado para lutar por mais obras estruturantes como refinaria de petróleo, Transnordestina – que teve ordem de serviço assinada no Cariri na última semana, mais verbas para o Cinturão das Águas pelo qual entrará a água da Transposição do São Francisco.

STF suspende julgamento sobre indenização para concursados aprovados por via judicial

Um pedido de vista suspendeu no Supremo Tribunal Federal o julgamento que discute se os candidatos aprovados em concurso público por meio de decisões judiciais têm direito a indenização por danos materiais pela demora na nomeação.

O recurso que trata do assunto começou a ser analisado pelos ministros na quinta-feira (23/10). No Supremo, até agora, a questão está empatada em dois votos a dois.

O processo foi suspenso por um pedido de vista do ministro Teori Zavaski.

(Valor Econômico)

Dilma cartará alto com nomeações para o STF

gilmarmendes

“A reeleição de Dilma Rousseff possibilitará à presidente nomear seis ministros para a composição do Supremo Tribunal Federal até 2018.

Isso significa que, no final do próximo mandato petista, dos 11 magistrados da corte, só Gilmar Mendes, indicado pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, não terá sido escolhido por um governo do PT.”

(Folha de S.Paulo)

UFCA tem projeto aprovado pelo CNPq

“O projeto de Desenvolvimento e Implantação de Metodologias de Incubação a partir da Incubadora Tecnológica de Empreendimentos Populares e Solidários (ITEPS), da Universidade Federal do Cariri (UFCA), está realizando, desde agosto, capacitações com os comerciantes da Feira Agroecológica da Associação Cristã de Base (ACB). A cada 15 dias, os responsáveis pelo projeto reúnem-se com os feirantes.

O grupo atua no apoio e desenvolvimento de empreendimentos de economia solidária na região do Cariri cearense. As reuniões funcionam com dinâmicas para ouvir os principais apontamentos dos feirantes. A partir desta conversa, foram sugeridas várias propostas para melhorar o desenvolvimento e organização da feira. Atualmente, além da feira da ACB, o projeto auxilia na capacitação da Feira de Economia Solidária de Barbalha e a Feira dos Agricultores Orgânicos de Juazeiro do Norte.

Os objetivos principais do projeto são criar uma rede de feiras agroecológicas na região do Cariri; fomentar a autogestão e a economia solidária nos empreendimentos. O projeto prevê a criação de seminários integrativos e participativos entre os feirantes.”

(Site da UFCA)

Vitória de Camilo é o reconhecimento do Governo Cid Gomes, diz Hélio Leitão

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=UBDyBn-IAAA&index=5&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

A vitória de Camilo Santana (PT) foi o reconhecimento, por parte do povo, dos avanços do Governo Cid Gomes (Pros). Avalia o advogado Hélio Leitão, assessor para Assuntos Internacionais do Palácio da Abolição.

Hélio Leitão diz esperar agora que o governador eleito prossiga com os projetos estruturantes e busque corrigir o que precisa melhorar.  Citou, por exemplo, a área da segurança pública.

Hélio Leitão afirma ainda estar convicto de que Camilo Santana terá o apoio da presidente reeleita Dilma Rousseff, para tocar seus projetos, observando que a petista, no Ceará, obteve 76,75% de votos.

Construção civil – Nível de emprego cresceu 0,28%

“O nível de emprego na construção civil cresceu 0,28% na comparação com o mês anterior. As contratações com carteira assinada chegaram a cerca de 10 mil. Os dados são de pesquisa elaborada pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (SindusCon-SP) em parceria com a Fundação Getulio Vargas (FGV). Com isso, ao final de setembro o número de trabalhadores do setor somava 3,528 milhões.

Na comparação com o mesmo mês do ano anterior, quando o setor empregava 3,571 milhões, a pesquisa indica queda de 1,22%. Entre janeiro e setembro de 2014, o índice apresentou alta de 0,41%, com a criação de 14,5 mil vagas. Entre as cinco regiões do país, apenas o Centro-Oeste apresentou resultado negativo no período.

Segundo o presidente do SindusCon-SP, José Romeu Ferraz Neto, “a queda do nível de emprego na construção, na comparação com setembro de 2013, deveu-se principalmente à menor atividade do segmento imobiliário, em consequência da desaceleração da atividade econômica como um todo”.

(Agência Brasil)

Jornalista critica Nordeste por ter dado vitória à presidente Dilma Rousseff

95 11

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=vSDMfbQHdXs[/youtube]

O jornalista Diogo Mainardi bateu duro no Nordeste porque a região deu maioria que assegurou a reeleição da presidente Dilma Rousseff. Foi durante o programa Manhattan Connection, da Globo News, nesse domingo, em clima de avaliação das eleições.

Mainardi lamenta que a região continue retrógada, observando que sempre foi governista, bovino, atrasado, pouco construída e com grande dificuldade para se modernizar na linguagem.

O Novo Governo Dilma e seus grandes velhos desafios

Com o título “O eleitor manda um recado”, eis artigo do jornalista Plínio Bortolotti, que pode ser conferido no O POVO desta segunda-feira. Ele cita os grandes desafios do novo Governo de Dilma Rousseff. Confira:

O eleitor brasileiro deu mais um mandato ao PT, e à sua candidata, porém mandou um recado muito claro ao partido: não está muito satisfeito com o que está vendo. Agora, Dilma Rousseff vai ter de provar que mereceu os votos recebidos. A presidente reeleita reconheceu – a tecla em que batia o seu adversário, Aécio Neves – que as contas públicas precisam de ajuste, pois o governo tem despesas muito acima do que arrecada. Nem ela e nem ele disseram claramente como fariam para acertar as contas. Aécio deu indicações ao “nomear” Armínio Fraga como seu ministro da Fazenda – a receita dele é conhecida: um golpe para aumentar os juros, restrição de crédito e outras medidas que atingiriam o setor de serviço e, por consequência, aumentariam o desemprego.

Dilma disse que faria o necessário para manter a estabilidade da moeda e a inflação baixa, porém, sem aumentar os juros, sustentando o nível de emprego e mantendo os programas sociais. Acontece que muitos economistas afirmam ser improvável cumprir essa tarefa sem nenhum tipo de ônus. O problema é que, do mesmo modo que os eleitores recusaram o sacrifício insinuado por Aécio, irão agora cobrar cobrar a fatura de Dilma, com a sua fiança de que não tomaria medidas “impopulares”.

Assim parece que duas opções se põem à frente do governo: a) aprofunda as mudanças sociais, e para isso terá de incomodar setores mais bem posicionados na pirâmide social – uma reforma tributária que alivie a carga de impostos dos mais pobres e aumente a dos mais ricos, por exemplo; b) caminha mais para a direita adotando algumas propostas “neoliberais”. (Poderia também continuar fazendo mais do mesmo, mas a política atual chegou ao seu limite.) De qualquer modo, uma coisa é certa: é trabalho de enormes proporções. Frente a ele, ganhar a eleição foi tarefa fácil.

* Plínio Bortolotti, jornalista do O POVO.

Arcebispo de Fortaleza torce, meio cético, por mais transparência e combate à corrupção

61 1

[youtube]http://youtu.be/-dhq7YdPl5c?list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

O arcebispo de Fortaleza, dom José Antônio de Aparecido Tose, avaliou, nesta segunda-feira, o resultados nas urnas no País e no Ceará.

Sobre a reeleição de Dilma, preferiu afirmar que tudo está na expectativa. Particularmente, disse esperar maior transparência e menos corrupção na máquina pública e um olhar maior olhar para os necessitados.

Também recomendou ao governador eleito que olhe para os necessitados, invista em infraestrutura e invista em mais habitação e em segurança pública.

Anvisa suspende publicidade de loção hidrante corporal

“Resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicada hoje (27) no Diário Oficial da União suspende, em todo o território nacional, todas as publicidades do produto loção hidratante corporal Glukderm Plus que possuírem indicação de uso para o tratamento da psoríase.

De acordo com o texto, foi comprovada a divulgação irregular do produto por meio do endereço eletrônico www.glukdermsp.com.br. Segundo a Anvisa, estão sendo atribuídas à loção hidratante alegações terapêuticas para o tratamento da psoríase, em desacordo com o registro concedido pela agência.

O responsável pelo produto, Marcos Guedes, informou à Agência Brasil que a eficiência do hidratante no tratamento da psoríase foi comprovada por testes. “Não existe propaganda mentirosa. Testes clínicos comprovam melhora no tratamento”, disse.”

(Agência Brasil)

Tributarista: Crescimento da economia e combate à insegurança são desafios do novo Governo

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=mapRlY-EhvQ&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

O tributarista Hugo de Brito Machado, um dos mais requisitados no País para conferências, reclama do cenário econômico do Brasil no momento. Ele não poupa ao setor tributário, que tem carga muitopesada.

Hugo de Brito vê essa questão como um dos fatores que fazem a economia brasileira não crescer. Para o tributarista, o próximo Governo terá, de imediato, dois desafios: voltar a crescer a economia e combater a insegurança.

Mercado financeira mantém em 0,27% expectativa de crescimento da economia neste ano

“O mercado financeiro manteve inalteradas as projeções de inflação e de crescimento da economia na semana que antecedeu as eleições. O boletim semanal Focus, divulgado hoje pelo Banco Central, informa que analistas e investidores mantiveram em 0,27% a expectativa de crescimento da economia para 2014.

Já a estimativa de inflação para este ano é 6,45%, pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), segundo a mesma publicação. Os preços administrados, regulados pelo governo, deverão ser reajustados no patamar de 5,15% no período.

Não houve alteração também para as projeções de câmbio: o dólar deverá atingir o valor de R$ 2,40; a taxa básica de juros (Selic) deverá chegar a 11% no final de 2014. A dívida líquida do setor público, no entanto, está estimada com uma leve piora, passando de 35,10% para 35,25% do Produto Interno Bruto (PIB), soma de todas as riquezas produzidas no país.

No setor externo, a situação continua delicada: o deficit em conta corrente, o indicador que mede o desequilíbrio das contas externas, deverá sburi de US$ 81 bilhões para US$ 81,5 bilhões. O saldo da balança comercial deberá cair de US$ 2,29 bilhões para US$ 2,10 bilhões. Os investimentos estrangeiros diretos (IED) estimados deverão permanecer em US$ 60 bilhões. A produção industrial, que já estava com previsão negativa, deverá ficar em -2,24 no final de 2014.”

(Agência Brasil)

Fale com a Ouvidoria

Comunidade do Luxou festejará 80 anos do Padre Eduardo

As Comunidades Eclesiais de Base da Praia do Futuro comemorarão, na próxima quarta-feira, os 80 anos do missionário redentorista irlandês Eamonn Gowing, o conhecido “Padre Eduardo”. O evento ocorrerá no salão das CEBs, na própria comunidade, a partir das 19 horas.

Há muitos anos, ele mora na Favela do Luxou, numa casinha sem o mínimo conforto, dando assistência espiritual a mais de 20 pequenas comunidades católicas organizadas em rede e coordenando projetos sociais. Entre esse, uma fábrica de fogões solares a partir de caixas de papelão e papel alumínio, financiado por um empresário inglês.

Padre Eduardo também defende espaço habitacional para a populações carentes dessa área de Fortaleza. Ele, aliás, tem como único veículo uma velha motocicleta.

Índice de Confiança de Serviços subiu em outubro, mas setor ainda vive expectativas

“O Índice de Confiança de Serviços teve a primeira alta no ano em outubro, puxado pela melhora das expectativas das empresas em relação ao futuro. O indicador, divulgado hoje (27) pelo Instituto Brasileiro de Economia, da Fundação Getulio Vargas, subiu 1,2% na comparação com setembro.

O consultor da FGV Silvio Sales avaliou que, apesar da alta, o quadro geral de indicadores mostra percepção desfavorável do setor, que teve o segundo pior resultado desde março de 2009. “Se, por um lado, as expectativas melhoraram um pouco em outubro de forma disseminada, por outro, a visão das empresas sobre o presente continua piorando”, informou.

O Índice de Expectativas teve alta de 4,4% em outubro, depois de ter registrado uma queda de 1% em setembro. Esse avanço ocorreu em sete dos 12 segmentos pesquisados, e, segundo a FGV, deve-se tanto na percepção sobre a tendência dos negócios, que subiu 4,4%, quando na demanda prevista, que aumentou 4,3%.

A pesquisa também constatou que mais empresas esperam cenário melhor para os serviços no país, já que saltou de 32,8% para 36% a parcela das otimistas e caiu de 12,6% para 10,5% a das pessimistas. Também aumentou o número de empresas que esperam crescimento da demanda, de 31,1% para 32,5%.”

(Agência Brasil)

Tasso embarca para férias na Europa

foto tasso entrevista

O senador eleito Tasso Jereissati (PSDB) embarcou, no começo da madrugada desta segunda-feira, para a Europa, onde passará uma semana de férias. Ele priorizou permanência na Itália, mas deve esticar giro por outros pontos do continente europeu com a família.

O tucano cearense era o coordenador na Região Nordeste da campanha de Aécio Neves, que perdeu a disputa presidencial para Dilma Rousseff por uma diferença de 3,2 pontos percentuais.

No Ceará, ele fez dobradinha com o senador Eunício Oliveira, candidato peemedebista derrotado ao Governo por Camilo Santana (PT). A diferença ficou em 6,7 pontos percentuais.

O verdadeiro milagreiro da campanha de reeleição de Dilma Rousseff

santanaaa

A presidente Dilma Rousseff  tende, neste segundo mandato, a ficar menos devedora do PT e de Lula. Devedora, se tivesse que ser, seria de João Santana, um vitorioso incontestável desta eleição. Santana soube desconstruir adversários – como ninguém, aliás, mas também soube construir.

Num país com a economia estagnada, com indicadores preocupantes para 2015 e com a crise energética batendo às portas, Santana conseguiu um milagre. De acordo com o Datafolha de quarta-feira passada, o otimismo do brasileiro com a economia voltou aos índices de 2007.

Esse, sim, é o santo milagreiro da campanha petista.

(Coluna Radar, da Veja Online)