Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Presidente da CNBB condena ataques mútuos entre candidatos à Presidência da República

65 1

raimundod

O presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Cardeal Raymundo Damasceno, também arcebispo de Aparecida (SP), condenou ontem os ataques mútuos entre os candidatos à Presidência da República, Aécio Neves (PSDB) e Dilma Rousseff (PT) durante a campanha eleitoral. Para o religioso, os eleitores “ficam defraudados” quando os candidatos partem para ataques pessoas em detrimento da discussão de propostas.

“É lamentável, porque eu sempre disse aos candidatos que o importante não é o resultado nas urnas, mas a contribuição que dariam para aperfeiçoar nossa democracia, ajudar o cidadão a se tornar mais participante e discutir propostas para o país. Mas muitas vezes a campanha descamba para outro rumo”, disse o cardeal em entrevista à imprensa na sede da CNBB, em Brasília.

(Com Agências)

Campanha pelo “Não Vote” vai à Praça do Ferreira

100 1

rosadafonseca

Nesta sexta-feira, a partir das 16 horas, na Praça do Ferreira, o Movimento Crítica Radical fará o ato “Não Vote!”. Hora de pedir ao eleitorado que anule seu voto como forma de protestar contra o modelo político e, em especial, contra o sistema Capitalista.

Segundo Jorge Paiva, membro do grupo, neste ano a campanha pelo não voto teve uma qualidade diferente pela abrangência da abstenção no pleito e pelos votos de protesto. Já a ex-vereadora Rosa da Fonseca, também do Crítica Radical, afirma que os votos brancos e nulos são considerados protestos parciais, pois as pessoas ainda estão participando do processo eleitoral. Por isso, a movimentação do grupo é pelo não voto, o não comparecimento ao processo eleitoral.

Eleitores que não comparecem às urnas, seja por opção, seja por impossibilidades outras, precisam justificar a ausência, segundo a Justiça Eleitoral. 

Time do Macaé é recepcionado por grupo de torcedores do….Ceará

72 1

Cena curiosa no Aeroporto Internacional Pinto Martins, nessa noite de quinta-feira: o time do Macaé (RJ) desembarcou para jogo do “mata-mata” contra o Fortaleza e foi recepcionado por um grupo de torcedores do Ceará.

A equipe do Macaé enfrentará o “Leão do Pici” neste sábado, na Arena Castelão. Quem vencer, ascenderá para a Série B, do Brasileirão. Na primeira partida, em Macaé, deu empate sem gols.

 

Termina nesta sexta-feira o horário eleitoral gratuito

“A dois dias do segundo turno das eleições, termina nesta sexta-feira (24) a propaganda eleitoral gratuita veiculada no rádio e na televisão. Também é a data limite para a divulgação paga de propaganda eleitoral na imprensa escrita e para a realização de debates. Nesse último caso, a transmissão não deve ultrapassar a meia-noite. É nesta sexta-feira o último dia para que os presidentes das mesas comuniquem à Justiça Eleitoral que não receberam o material destinado à votação de domingo (26).

Carro de alto-falante ou amplificadores de som para divulgação de propaganda está permitido até sábado (25), véspera da votação, entre as 8h e as 22h. A distribuição de material gráfico, a realização de caminhadas, passeatas e carreatas, além da divulgação de jingles ou mensagens dos candidatos podem ser feitas também até as 22h.

No segundo turno das eleições, neste domingo (26), cerca de 143 milhões de eleitores estão aptos a votar para presidente da República e governadores de 13 estados e do Distrito Federal. Apesar do horário de verão nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, a votação será feita das 8h às 17h, obedecendo o horário local.”

(Agência Brasil)

MP ajuíza ação contra três vereadores de Sobral por improbidade administrativa

“O Ministério Público do Estado do Ceará ajuizou uma Ação Civil Pública (ACP) em desfavor dos vereadores da Câmara Municipal de Sobral, Valfredo Linhares Ribeiro, José Crisóstomo Barroso Ibiapina e José Itamar Ribeiro da Silva, além do assessor parlamentar William Ramos Tavares. Eles são acusados de improbidade administrativa. A ação foi protocolada pelo promotor de Justiça Francisco Roberto Caldas, do Núcleo de Tutela Coletiva de Sobral.

A ACP decorre de um inquérito civil público instaurado em maio deste ano para apurar denúncias feitas pelo ex-vereador Francisco Ismerino Vasconcelos Mendes. De acordo com as investigações, os referidos parlamentares e o assessor estariam envolvidos com a simulação de cursos de capacitação para vereadores e servidores da Câmara fora dos limites do Município para que houvesse o pagamento de diárias.

O MPCE constatou que o esquema, existente na atual gestão, seria comandado por José Crisóstomo Barroso Ibiapina, mais conhecido como “Zezão”. As investigações mostraram ainda que, quando os cursos ocorriam, eram realizados pelo próprio parlamentar, que é o proprietário das empresas realizadoras dos eventos. Ele recebia diárias do Poder Legislativo para essas atividades, mesmo sendo o realizador dos cursos/seminários e o recebedor dos valores arrecadados para a prestação dos serviços. Pelos motivos expostos, o MPCE pede ainda que os três vereadores e o assessor sejam afastados dos respectivos cargos por um período de 180 dias.”

(Site do MP-CE)

Youssef avisa que ficará calado e pede que depoimento à CPMI seja cancelado

O escritório de advocacia que representa o doleiro Alberto Youssef enviou ofício nessa quinta-feira (23) ao presidente da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) da Petrobras, senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), pedindo o cancelamento da reunião do colegiado agendada para ouvir o depoimento de Youssef na próxima quarta-feira (29).

Os advogados que assinam o pedido alegam que seu cliente já decidiu que usará o direito de permanecer calado caso tenha de depor na CPMI. Eles informam que Youssef tem, além do direito constitucional de não se incriminar, a obrigação do silêncio, pois está colaborando voluntariamente com as investigações da Justiça por meio de delação premiada.

De acordo com os advogados, essa lei dá a Youssef o direito de ter seu nome, qualificação e imagem preservados e de não ser fotografado nem filmado. Segundo os advogados, em depoimento à CPMI, esses direitos “poderiam ser vilipendiados, a exemplo do que ocorreu com o senhor Paulo Roberto Costa”.

Depoimento mantido

Nenhuma decisão sobre esse ofício foi divulgada pelo senador Vital do Rêgo ou pela CPMI e o depoimento continua agendado para a próxima quarta-feira, a partir das 14h30min.

(Agência Câmara Notícias)

Procurador Eleitoral diz que sistema político brasileiro tem viés corrupto

O procurador-geral Eleitoral, Rodrigo Janot, afirmou nessa quinta-feira (23) que o atual sistema político brasileiro tem viés corrupto e precisa ser reformado. As declarações foram feitas durante sessão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Janot elogiou a decisão homologando acordo entre as coligações dos candidatos à Presidência da República Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB). Por meio desse acordo, as equipes jurídicas comprometeram-se a não fazer ataques pessoais no horário eleitoral no rádio e TV. Em troca, os ministros arquivaram todas as representações protocoladas.

Conforme o procurador, com a decisão, o TSE deu o primeiro passo para reformar o sistema político-eleitoral brasileiro. “Em conversas com segmentos da sociedade brasileira, parece existir, a essa altura, consenso sobre a necessidade de reforma. É um sistema político arcaico, vencido e com viés corrupto”, salientou.

Presidente do TSE, o ministro Dias Toffoli reafirmou que a medida foi possível porque os candidatos e as coligações entenderam a necessidade de mudar o tom da campanha no horário eleitoral. “Agradeci a eles pelo ato, que realmente é histórico para a Justiça Eleitoral e para disputa. Os ataques estavam indo para um nível que não era o melhor para o estado democrático de direito“, comentou.

Semana passada, o plenário do tribunal decidiu que as campanhas políticas deveriam ser “programáticas e propositivas” e não baseadas em ataques entre candidatos.

(Agência Brasil)

Termina debate da TV Verdes Mares

eleições 2014 2t debate vm final

Nas considerações finais, Camilo ressaltou que durante quatro meses percorreu 160 municípios. Disse que fez uma campanha propositiva e limpa. Assegurou que permanecerá com o que está funcionando bem e irá melhorar o que precisa. Destacou que conta com os apoios de Cid Gomes, Dilma e Lula.

Eunício afirmou que montou plano de governo, conversando com as pessoas e que campanha trouxe um novo tempo no Ceará. Disse que manterá o que está bom, mas terá coragem para mudar o que precisa. Destacou experiência como parlamentar e como ministro de Lula.

Debate sobre eleições nas redes sociais abala amizades

O intenso uso das redes sociais para expressar apoio político nestas eleições e o acirramento das tensões devido à proximidade do segundo turno, marcado para o próximo domingo (26), têm afetado amizades e relações familiares.

Pesquisa Datafolha divulgada nessa quarta-feira (22) mostrou aumento no índice de pessoas que disseram ter interesse nas eleições. Dos 4.355 entrevistados, 50% responderam que têm interesse no pleito. No fim de agosto, essa porcentagem era 39%. Esse crescimento também influencia no aumento da circulação de vídeos, textos e até mesmo ofensas nas redes sociais.

Uma usuária do Twitter resumiu a situação em um post que lhe rendeu mais de 17 mil curtidas: “Gente, quem perdeu família ou amigos por causa dessa eleição vamos combinar de passar o Natal juntos”.

Para o sociólogo e pesquisador da Universidade de Brasília (UnB) Marcello Barra, a proporção a que chegaram as discussão nas redes sociais nestas eleições é algo inédito. “No grau que assume é realmente uma coisa que aparentemente é inedita e tem correlação imediata com a disputa [eleitoral], uma disputa muito acirrada.”

Ele explica que as redes apresentam um grau de politização muito mais avançado diante de outros meios de comunicação, como a televisão ou o rádio. “Permitem não só a expressão de vários assuntos que vão além da política, como a política é tratada muito intensamente, discutida numa base diária. Isso é muito relevante para a democracia”, destaca.

O mestre em direito pela UnB e ciberativista Paulo Rená também considera a discussão nas redes positiva, mas alerta para o discurso de ódio e para os crimes cometidos pelos usuários que, muitas vezes, saem ilesos a comentários racistas ou de preconceito regional.

(Agência Brasil)

Livro de Estrigas será lançado no próximo sábado

foto livro 141023

O Mini Museu Firmeza foi o local escolhido pelo artista Nilo Firmeza, o “Estrigas”, para o lançamento do livro e documentário “NicEstrigas – Arte e Afeto”. Morto no último dia 2, aos 95 anos, Estrigas terá respeitado o seu desejo. No próximo sábado, às 10 horas, a publicação, organizada pelo amigo, artista plástico e poeta Bené Fonteles, será lançada sob a sombra das mangueiras do Sítio no Mondubim, que no último dia 9 recebeu as cinzas do artista. O evento é aberto ao público.

O projeto foi iniciado em 2012, como uma homenagem ao casal que teve papel definitivo nas artes plásticas cearenses. Mesmo após o falecimento de Nice, em abril de 2013, a produção da exposição, do livro e documentário teve continuidade com a colaboração direta de Estrigas.

Em 180 páginas, NicEstrigas – Arte e Afeto tem mais detalhes da cronologia dos dois artistas, que dedicaram quase 60 anos de vida juntos a receber as pessoas no sítio no Mondubim, onde moravam e fundaram em 1969 o Mini Museu Firmeza. Ali, eles apresentavam aos visitantes o desenvolvimento do processo das artes visuais no Ceará, da pré-história ao contemporâneo.

Dilma abre seis pontos de vantagem sobre Aécio, segundo Datafolha

A candidata à reeleição Dilma Rousseff (PT) abriu seis pontos de vantagem sobre o adversário Aécio Neves (PSDB), segundo pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira (23). Pela primeira vez, a presidente aparece à frente do tucano no segundo turno da disputa, de acordo com os levantamentos do instituto.

Dilma tem 53% das intenções de votos válidos contra 47% de Aécio. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Em votos totais, segundo o Datafolha, Dilma chega a 48% e Aécio alcança 42%. Brancos e Nulos somam 5%. Outros 5% disseram não saber em que votar.

Nas quatro pesquisas anteriores do instituto, os números mostravam empate técnico. Nas duas primeiras Aécio esteve à frente, com 51%, contra 49% de Dilma. Nas duas últimas, Dilma esteve à frente, com 52% a 48%, mas dentro da margem de erro.

(O POVO Online)