Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

PT do Ceará quer Dilma e Lula no palanque de Camilo

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=qyWqvUq2SJs[/youtube]

O ex-presidente regional do PT e membro da coordenação da campanha de Dilma e Camilo Santana para governador, Joaquim Cartaxo, avisa: o partido vai brigar para que a presidente e Lula venham ao Ceará.

A ordem é que Dilma e Lula subam no palanque de Camilo Santana, dentro da avaliação de que se vive agora uma nova eleição. Joaquim Cartaxo encontra-se em Brasília em reunião com a coordenação nacional da campanha dilmista

Celulares de cinco estados terão mais um dígito em novembro; Ceará no próximo ano

“Falta menos de um mês para que os telefones celulares de cinco estados tenham mais um número. A implementação do nono dígito nos telefones móveis dos estados do Amapá (DDD 96), Amazonas (DDDs 92 e 97), Maranhão (DDDs 98 e 99), Pará (DDDs 91, 93 e 94) e de Roraima (DDD 95) começa no dia 2 de novembro.

Com a mudança, o dígito 9 será acrescentado à esquerda dos atuais números. No momento da discagem, o nono dígito deverá ser acrescentado por todos os usuários de telefone fixo e móvel que liguem para telefones celulares desses estados, independentemente do local de origem da chamada.

A medida já foi implementada no Espírito Santo, Rio de Janeiro e em São Paulo e tem como objetivo ampliar os recursos de numeração para o Serviço Móvel Pessoal. No ano que vem, o nono dígito será implementado nos estados de Minas Gerais, da Bahia, de Sergipe, Alagoas, Pernambuco, da Paraíba, do Rio Grande do Norte, Ceará e Piauí. Nos outros estados, a medida só será adotada em 2016.”

(Agência Brasil)

Sindicato da PF no Ceará declara apoio a Aécio e Eunício

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=G3-v96aagAM&index=3&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

O presidente do Sindicato dos Agentes Federais no Ceará e vice-presidente da Força Sindical no Estado, Carlos Façanha, declarou apoio ao candidato a presidente Aécio Neves (PSDB) e ao postulante ao Governo pelo PMDB, Eunício Oliveira.

O sindicalista deu a informação, antes de seguir, na madrugada desta terça-feira, para Brasília. O objetivo é fazer lobby junto aos congressistas pela aprovação da MP-650, que reestrutura a carreira na Polícia Federal.

Carlos Façana explica que a categoria está há sete anos sem aumento salarial e que o governo federal não sinaliza para uma PF forte, como a sociedade espera.

Dilma e Lula no Ceará?

122 3

Da Coluna Vertical, no O POVO desta terça-feira (7):

Com o respaldo de quem ajudou a garantir 68,29% de votos para Dilma Rousseff no Ceará – terceira melhor colocação dela no País, o governador Cid Gomes (Pros), que mudou de partido e bancou Camilo Santana como candidato à sua sucessão, vai cobrar a conta neste segundo turno. Ele quer Dilma no palanque do petista nesta campanha.

Cid está convicto de que dificilmente o postulante ao Governo pelo PMDB, Eunício Oliveira, conseguirá ter Dilma em seu palanque, porque ajudou na vitória de um dos mais ferrenhos adversários do petismo nacional: Tasso Jereissati, agora senador pelo PSDB.

No primeiro turno, havia um acordo de que nem Dilma ou Lula viriam trabalhar na campanha de um dos aliados. Para Joaquim Cartaxo, membro da coordenação nacional e estadual da campanha pró-Dilma, o quadro mudou. “A eleição agora é outra e queremos Dilma e Lula no Ceará”, disse o ex-dirigente estadual do PT. Ontem, em Brasília, ele já levou esse recado para a coordenação nacional dilmista.

PPS deverá oficializar apoio a Aécio nesta terça-feira

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=zaqyH3ZZvEs&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

O presidente do PPS no Ceará, Alexandre Pereira, seguiu, na madrugada desta terça-feira, para Brasília, onde participará de reunião do partido. O objetivo é definir apoio no segundo turno da eleição presidencial.

Para o dirigente do PP cearense, a candidatura Dilma Rousseff é retrocesso. e o partido, que marchou com Marina Silva (PSB) no primeiro turno, deve optar por Aécio Neves (PSDB).

TRE realiza audiência pública para definição do Horário Eleitoral no 2º turno

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará realizará, a partir das 10 horas desta terça-feira, na Sala de Sessões (Rua Jaime Benévolo, 21, Centro), audiência pública para definição do Horário Eleitoral no rádio e na televisão, no segundo turno das eleições no Estado. O coordenador do Juizado Auxiliar da Propaganda, juiz Carlos Henrique Oliveira, convoca os representantes legais dos partidos e coligações da eleição majoritária do próximo dia 26 de outubro, as emissoras de rádio e televisão, bem como a ACERT (Associação Cearense de Emissoras de Rádio e Televisão) para deliberar sobre os seguintes assuntos:

1. Início e distribuição do tempo do Horário Eleitoral Gratuito, através do sistema informatizado do TSE;

2. Elaboração e aprovação do Plano de Mídia para a propaganda eleitoral através de inserções.

Bancários do Ceará terminam greve e retomam atividades nesta terça-feira

Os funcionários das agências bancárias privadas, do Banco do Brasil e da Caixa Econômica decidiram terminar a greve na noite dessa segunda-feira (6), após sete dias de paralisação, e retomam as atividades nesta terça-feira (7). O grupo aceitou as propostas da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban). Apenas os bancários do Banco do Nordeste (BNB) vão continuar o movimento.

As principais reivindicações dos funcionários foram sobre o reajuste salarial de 12,5% e a valorização do piso para R$ 2.979,25, valor equivalente ao salário mínimo calculado pelo Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese). Conforme o presidente do Sindicato dos Bancários do Ceará, Carlos Eduardo Bezerra, a luta da classe visa melhorias, além do salário.

“Queremos mais empregados para diminuir a sobrecarga e melhorar as condições de trabalho, combater o assédio moral e retomar as propostas de segurança”, disse Carlos Eduardo.

(O POVO Online)

Mauro Filho diz que pesquisa ruim desestimula militância

eleições 2014 pros mauro

O deputado estadual Mauro Filho (Pros), que disputou eleição ao Senado, disse na tarde desta segunda-feira (6) que os erros das pesquisas eleitorais precisam ser avaliados. Mauro Filho reclamou que as pesquisas apontaram um percentual de 21% de intenção de voto a seu favor, enquanto as urnas registraram 39,4%.

“Diferenças de dois, três ou quatro pontos para mais ou para menos acontecem. Mas você ter uma diferença de 21% para 40% é realmente um fato a ser melhor avaliado”, reclamou o deputado, que afirmou que as pesquisas podem desestimular a militância, quando desfavoráveis.

“Você tem de analisar quem é o candidato, quais são as propostas e o que elas representam para o futuro do Estado e do Brasil. Mas, muitas vezes, elas (pesquisas) desestimulam a militância, seus aliados ficam mais preocupados e isso acaba tendo um impacto no desempenho de todo o processo eleitoral”, lamentou.

Mauro Filho agradeceu ao eleitorado a votação recebida (cerca de 1,6 milhão de votos), ao destacar que o seu percentual foi significativo para o processo eleitoral.

Bancários de São Paulo decidem pelo fim da greve

Os bancários de São Paulo decidiram nesta segunda-feira (6) acabar com a greve iniciada no último dia 30. A decisão, tomada em assembleia, vale para capital, Osasco e 15 municípios da região. A categoria aceitou a proposta dos bancos de reajuste nos salários de 8,5% (aumento real de 2,02%) e de 9% nos pisos (aumento real de 2,5%).

Segundo o Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região, no acumulado dos últimos 11 anos, os bancários obtiveram 20,7% de ganho real nos salários e 42,1% nos pisos. “Fizemos uma greve forte durante sete dias, que mobilizou os trabalhadores e fez com que os bancos mudassem sua posição. Conquistamos reajuste de 8,5% e piso de 9%”, disse a presidenta do sindicato Juvandia Moreira.

Segundo os bancários, ficou acordado que a Participação nos Lucros e Resultados (PLR) passará a ser o resultado de 90% do salário somado ao valor fixo de R$ 1.838, que em 2013 era R$ 1.640. A regra determina que devem ser distribuídos, no mínimo, 5% do lucro líquido da instituição. O vale-refeição passará a ser R$ 26 por dia (reajuste de 12% em relação a 2013).

(Agência Brasil)

Eliane diz que enfrentamento foi “extremamente difícil e desigual”

elianenovais

Em nota enviada ao Blog, a deputada estadual Eliane Novais agradece a votação recebida e ressalta que sua candidatura ao Governo do Estado teve como objetivo apresentar propostas para a construção de um Ceará mais justo e igualitário. Confira:

Quero agradecer o apoio e as manifestações de carinho que recebi ao longo desses meses de campanha. Propus-me a ser candidata ao Governo do Estado do Ceará para cumprir uma missão do meu partido: a de apresentar ao povo cearense uma alternativa em meio à polarização que marcou esse processo eleitoral. Acredito que cumprimos muito bem esse papel, fazendo uma campanha limpa, com propostas concretas, enfrentando duas candidaturas poderosas, com superestruturas. Um enfrentamento extremamente difícil e desigual.

A nossa campanha foi livre, independente, a serviço exclusivamente do povo cearense. Porque foi dessa forma que sempre me comportei em toda a minha vida pública, como servidora, como vereadora de Fortaleza, como deputada estadual.

Aprendi muito com esse processo eleitoral. A nossa luta por um Ceará justo, solidário e com igualdade de oportunidades não terminou no dia 5 de outubro. Sinto-me motivada a seguir em frente, na defesa de uma nova forma de fazer política e na construção de Ceará melhor para todos.

Muito obrigada! Um forte abraço a todos os cearenses.

VAMOS NÓS – Eliane viaja nesta terça-feira (7) a Brasília, onde participará de reuniões com a direção nacional do PSB para avaliar os resultados do primeiro turno das eleições e decidir quais os rumos da legenda no segundo turno, tanto no Ceará quanto nacionalmente. A socialista reforça que qualquer decisão de apoio no segundo turno passa pela posição a ser tomada pelo PSB nacional.

Poupança registra em setembro menor captação líquida em nove anos

O Banco Central (BC) informou nesta segunda-feira (6) que os brasileiros depositaram R$ 1,37 bilhão a mais do que retiraram da caderneta de poupança em setembro. O resultado representa a menor entrada líquida de recursos para meses de setembro desde 2005, quando os saques haviam superado os depósitos em R$ 708 milhões.

O volume dos rendimentos creditados nas contas dos investidores alcançou R$ 3,57 bilhões. O saldo total passou de R$ 638,47 bilhões, em agosto, para R$ 643,41 bilhões, em setembro.

No mês passado, os depósitos na caderneta de poupança somaram R$ 145,09 bilhões, enquanto os saques totalizaram R$ 143,72 bilhões. Nos nove primeiros meses de 2014, a captação líquida – diferença entre depósitos e retiradas – correspondeu a R$ 15,53 bilhões, valor 68,2% inferior aos R$ 48,94 bilhões registrados de janeiro a setembro do ano passado. A captação líquida foi a menor para o período desde 2011, quando o ingresso líquido tinha somado R$ 9,5 bilhões.

O principal responsável pela diminuição do interesse pela poupança foi a manutenção da taxa Selic (juros básicos da economia) em 11% ao ano. De acordo com a Associação Nacional dos Executivos de Finanças (Anefac), os juros altos tornaram, em alguns casos, os investimentos em fundos de renda fixa mais atraentes que a poupança.

Desde abril, o Comitê de Política Monetária do BC (Copom) mantém a Selic em 11% ao ano. No entanto, nos últimos 15 meses, os juros básicos foram reajustados em 3,75 pontos percentuais, para encarecer o crédito e segurar a inflação.

As taxas mais altas aumentaram o rendimento da poupança desde o fim de agosto do ano passado. Pela regra, se a Selic estiver abaixo de 8,5% ao ano, o rendimento será equivalente a 70% da taxa básica de juros, mais a Taxa Referencial (TR). Acima desse nível, a caderneta rende 0,5% ao mês, mais a TR.

Apesar da melhoria no rendimento da poupança, os fundos de renda fixa passaram a render mais na maioria dos casos. Por lei, a poupança é isenta de Imposto de Renda e de taxas de administração. Mesmo assim, de acordo com a Anefac, os fundos tornaram-se mais vantajosos, principalmente em aplicações superiores a seis meses.

(Agência Brasil)

Câmara terá 25 ex-deputados de volta; Moroni e Leônidas na lista

leonidascristinoo

Entre os 223 deputados que entram na conta de renovação da Câmara, 25 na verdade já exerceram mandatos antes da atual legislatura e estão voltando a ocupar vagas na Casa. Entre eles estão oito ex-deputados que foram derrotados na disputa de outros cargos nas eleições de 2010 e agora retornam.

Celso Russomanno (PRB-SP), Pompeo de Mattos (PDT-RS) e Alberto Fraga (DEM-DF) concorreram ao governo de seus estados. José Carlos Aleluia (DEM-BA) e Ricardo Barros (PP-PR) concorreram a uma vaga no Senado, assim como Heraclito Fortes (PSB-PI), ex-senador que não se reelegeu em 2010. Patrus Ananias (PT-MG) foi candidato a vice-governador na chapa de Hélio Costa (PMDB), e Indio da Costa (PSD-RJ) foi candidato a vice-presidente na chapa de José Serra (PSDB).

Dois ex-prefeitos voltam a ser deputados: Leonidas Cristino (Pros-CE), de Sobral (CE); e Odelmo Leão (PP-MG), de Uberlândia (MG). Moroni Torgan (DEM-CE) perdeu a eleição para prefeito de Fortaleza (CE) em 2012 e saiu temporariamente da política para se dedicar a sua igreja, mas retorna agora.

(Agência Câmara Notícias)

Participação de mulheres na política encolhe nestas eleições

67 1

Mais uma vez, a participação das mulheres nas eleições ficou aquém das expectativas de grupos feministas e dos que brigam por espaço igual para elas e os homens na política. Divulgado o resultado das urnas, ao fazer as contas, é possível perceber que a presença das mulheres diminuiu tanto no Legislativo quanto no Executivo estadual.

Na Câmara dos Deputados, atualmente 46 mulheres exercem mandato. Em 2010, foram eleitas 52 deputadas, mas seis não estão em exercício por motivos diversos, como licença ou renúncia para assumir outros cargos públicos. Desta vez, porém, o número encolheu e apenas 46 mulheres vão assumir na próxima legislatura. Ainda não é possível saber se, no decorrer dos próximos quatro anos, outras entrarão na Câmara como suplentes de deputados que venham a se licenciar.

No Senado, a situação foi um pouco melhor. Atualmente, a Casa tem dez senadoras, de um total de 81. No ano que vem, termina o mandato de quatro delas, mas duas se reelegeram: Kátia Abreu (PMDB-TO) e Maria do Carmo (DEM-SE). Ivonete Dantas (PMDB-RN) e Ana Rita (PT-ES), que assumiram como suplentes, perdem a vaga. Ivonete era suplente de Rosalba Ciarlini, atual governadora do estado. Ana Rita assumiu a cadeira no Senado na vaga de Renato Casagrande, quando este se elegeu governador em 2010.

Nesse domingo (5), três mulheres conquistaram mandato de senadoras: Rose de Freitas (PMDB-ES), Simone Tebet (PMDB-MS) e Fátima (PT-RN). Rose de Freitas, que exerce atualmente o quinto mandato de deputada federal, é a primeira senadora eleita no Espírito Santo. Com isso, o Senado passará a ter 11 mulheres a partir de fevereiro do ano que vem.

Nos governos estaduais, a participação feminina encolheu. Em 2010, duas mulheres foram eleitas governadoras: Roseana Sarney, do PMDB, no Maranhão, e Rosalba Ciarlini, do DEM, no Rio Grande do Norte. Na votação de domingo, nenhuma candidata conseguiu se eleger no primeiro turno e apenas uma, Suely Campos, do PP de Roraima, passou para o segundo turno, No dia 26, ela enfrentará Chico Rodrigues, do PSB.

Os números estão longe de alcançar a cota de pelo menos 30% de candidaturas de mulheres a cargos eletivos. Além de não conseguirem se eleger em número significativo, as que conseguem raramente ficam entre as mais votadas.

(Agência Brasil)

Assembleia Legislativa retomará atividades entre o riso e o choro

A Assembleia Legislativa deve retomar nesta terça-feira sua rotina de sessões. O clima será de alegria para os reeleitos e, claro, muita tristeza para quem não logrou êxito nas urnas.

Muitos novatos chegarão à Casa, o que atinge em especial o PT. O partido, que contava com seis deputados, caiu para dois.

Assim mesmo uma bancada de novatos: Elmano de Freitas, que disputou e perdeu a Prefeitura de Fortaleza; e Moisés Braz, que preside a Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Ceará (Fetraece).

Ex-presidente da FIEC em clima de sorriso dobrado

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=AJ4mNeTJhrU[/youtube]

O ex-presidente da Federação das Indústrias do Ceará, Roberto Macedo, comemorou, nesta segunda-feira, a passagem do tucano Aécio Neves para o segundo turno da disputa presidencial.

Ele aproveitou para destacar também que estava feliz porque o empresário Carlos Matos, que foi diretor do Instituto de Desenvolvimento Industrial (INDI), em sua gestão à frente da federação, conquistou mandato de deputado estadual pelo PSDB.

Eleitor que não votou tem até 4 de dezembro para se justificar

“Os eleitores que não compareceram e não justificaram seu voto, no primeiro turno das eleições gerais de ontem (5), poderão apresentar a justificativa até dezembro deste ano. De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o eleitor tem até 60 dias apresentar as razões pela qual não votou, em cada turno, até 4 de dezembro no primeiro turno. As pessoas aptas a votar que não compareceram às suas seções nas eleições de 2014, também podem optar por pagar multa, de R$ 3,51, bastando se dirigir a um cartório eleitoral portando o título de eleitor.

Segundo o TSE, mesmo não tendo votado e nem justificado em primeiro turno, o eleitor não fica impedido de votar no segundo turno. Caso ele não participe e não apresente justificativa, terá mais 60 dias para explicar-se à Justiça.

Sem comprovar que votou, ou cumpriu com suas obrigações eleitorais, o eleitor fica impedido de exercer alguns direitos como: inscrever-se em concurso público; ser empossado em cargo público; obter carteira de identidade ou passaporte; renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial; obter empréstimos em bancos oficiais; e participar de concorrência pública ou administrativa. Os servidores públicos têm seus vencimentos suspensos até regularizarem a situação, na Justiça Eleitoral.

Quem não votar em três eleições consecutivas – considerando cada turno uma eleição – terá sua inscrição eleitoral cancelada. Os eleitores que estiverem no exterior, no dia do pleito, e forem cadastrados para votar no país onde se encontram, terão até 30 dias, contados de seu retorno ao Brasil, para se justificar em um cartório eleitoral.”

(Agência Brasil)

Rede de Sustentabilidade no Ceará vai tucanar?

120 9

ricardoalca

Do publicitário e escritor Ricardo Alcântara, membro da Rede de Sustentabilidade no Ceará, em seu Facebook:

Da série CHANTAGEM IDEOLÓGICA

A hipocrisia petista não tem limites. No primeiro turno, a campanha petista mentiu e difamou Marina Silva no limite do ridículo, qualificando-a, inclusive, como “neoliberal” e até “nova direita”.

Agora, já começam a dizer que “Marina não deve se aliar à direita”.
Ué, não é mais na direita o lugar dela?!

UFC promoverá a VI Feira das Profissões

A Universidade Federal do Ceará realizará, de quarta a sexta-feira, a VI Feira das Profissões, com o objetivo de promover a aproximação do estudante do ensino médio com a Universidade. No Campus do Pici, foram montados 62 estandes, onde os visitantes poderão conhecer e tirar dúvidas acerca dos cursos presenciais da Instituição.

Outros setores da UFC estão presentes na Feira, entre eles a Residência Universitária, a Secretaria de Acessibilidade e a Rádio Universitária. O evento é organizado todos os anos, desde 2009, pela Pró-Reitoria de Graduação da UFC (Prograd).

As visitas podem ser realizadas pela manhã (das 8 às 12 horas) e à tarde (das 14 às 18 horas). No segundo dia, quinta-feira, funcionará também no turno da noite (das 18h30min às 20 horas), possibilitando a participação dos estudantes de escolas profissionalizantes do Estado.

SERVIÇO

As inscrições para escolas visitantes permanecem abertas no site da Prograd: www.prograd.ufc.br.

(Site da UFC)