Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Cid recebe o MEC sob aplausos de cearenses

159 2

oneliiaaa

O ex-governador Cid Gomes (Pros) recebeu, nesta manhã de sexta-feira, o cargo de ministro da Educação das mãos de Henrique Paim. Cid disse, em discurso, que “a educação será a prioridade das prioridades”, ou seja, confirmou que a presidente Dilma Rousseff anunciou, quando de sua posse, o Brasil terá como meta avançar na educação.

Cid ganhou abraços, em ato concorrido, do governador Camilo Santana, que estava com a primeira dama, Onélia…

familaia

… e também de outro grupo de cearenses que ali estava, tendo à frente o ex-vice-governador Domingos Filho, hoje conselheiro do TCM. Na foto, a prefeita de Tauá, Patrícia Aguiar, o filho, deputado federal Domingos Neto, Cid Gomes e Camilo.

São 33 autoridades cearenses, entre elas o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, prestigiando a solenidade. 

(Fotos – Facebook de Camilo e Facebook de Domingos Neto)

Centro de Turismo em clima de boas vendas

turisttaa

O Centro de Turismo (antiga Emcetur) está experimentando bom movimento de vendas. Vários grupos de turistas estão circulando pelo equipamento, fazendo com que os permissionários voltem a apostar em boa temporada nestas férias.

De acordo com permissionários, a expectativa agora é de que o novo secretário estadual do Turismo, Arialdo Pinho, que é do ramo, possa elabora um plano de divulgação para o equipamento.

Em 2015, desejo um céu azul. E você?

Com o título “Compromissos de Ano Novo”, eis o primeiro artigo 2015 do jornalista e sociólogo Demétrio Andrade. Em clima de crônica, com um  bom toque de sensibilidade e esperança. Confira:

Neste 2015, não prometerei o que não poderei cumprir. Farei o possível, quando possível for, e o infinito me será lembrado somente pela multiplicação interminável de formigas na cozinha. Desejo que o mar permaneça em ondas e que a praia finalmente ensine aos diletantes como é simples e difícil equilibrar grãos de areia em forma qualquer que caiba gente, água, sal, coqueiro e vendedor de picolé.

Em 2015, desejo um céu azul. Que chova, mas fique azul. Que chore, mas fique azul. Só pra que eu – que nem gosto assim tanto de azul – note, às vezes, em momentos quando me perder de mim mesmo, que é bonito tê-lo – o azul – sempre e sobre. Que a perenidade do azul fortaleça nosso caminhar como manto de oração (principalmente às segundas-feiras).

Em 2015, que haja trabalho para viver. Que haja trabalho para comer. Que haja trabalho para vestir. Que haja trabalho para construir. Que haja trabalho para compartilhar. E que seja bastante para que eu me lembre como é importante o descanso, o ócio, o sono, a música, um copo de whisky e jogar conversa fora.

Eu desejo que meus amigos e minha família sejam muito felizes em 2015. Mas, principalmente, que eu prossiga chamando-os de meus e minha. Assim, do jeito que são, nem mais, nem meio mais. Que perturbem meu juízo como música alta de madrugada, vizinho usando furadeira, menino quebrando a casa e alarme de carro renitente: pro bem ou pro mal, que eu saiba retribuir a alegria das suas presenças.

Eu me comprometo a amar em 2015. E que seja um amor maior, como o de pai pra filho, que é o amor maior que conheço, além de Deus. Que este amor me venha porque estarei disposto a enxergá-lo mesmo naqueles dias quando eu pisar em merda de cachorro logo pela manhã. Que eu aprenda a rir mais e agradecer o pão nosso de cada dia como um milagre.

Eu desejo que os dias passem e que eles sejam para mim mais serenos só porque tentarei aprender a olhar pra cara do tempo, a decifrar seu riso de zombaria dos meus cabelos mais brancos ao me debruçar na varanda. Assumo o compromisso de perceber a beleza das coisas que são – ao nascer, crescer e morrer – no próximo e nos demais anos. Deste jeito, com a paz entre as mãos, que eu consiga partilhar felicidade.

Demétrio Andrade
Jornalista e sociólogo
demetriofarias@gmail.com

Camilo Santana dá a senha pró-reeleição de Roberto Cláudio

189 2

rc_e_camilo

Prefeito RC fez panfletagem pró-Camilo na ultima campanha.

Ao receber o cargo de Cid Gomes (Pros), nessa quinta-feira, em ato no Palácio da Abolição, o petista Camilo Santana tratou Ciro Gomes (Pros) de “meu mestre”. Também  agradeceu o irmão do ex-governador pelo apoio dado na última campanha.

Camilo também agradeceu todos os prefeitos presentes ao ato, mas fez um destaque…”especialmente a Roberto Cláudio (Pros)” … a quem chamou de “meu amigo”.

A leitura política feita, no caso, foi a de que Camilo abençoa a reeleição de Roberto Cláudio, o que já começou a ser alvo de oposição por parte do grupo político da ex-prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins. Para ela, respaldar novo mandato de RC seria um suicídio político.

Agronegócio espera bom diálogo com Osmar Baquit

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=BcodQ0FNjjM[/youtube]

O agronegócio espera um bom diálogo com o deputado estadual Osmar Baquit, o titular da Secretaria da Pesca e Aquicultura que, com mudança a ser aprovads pela Assembleia Legislativa em feveiro, passará a responder também pela Agricultura.

O ex-presidente da Câmara Setorial do Agronegócio e presidente do Instituto Frutal, Euvaldo Bringel, está otimista e aposta.

Sobre o agronegócio e o fechamento de resultados em 2014, informa Euvaldo que virão positivos. O temor mesmo é uma ameaça de seca prolongada neste ano, o que afetaria em cheio a produção irrigada do segmento já em clima de retenção de águas.

Ano começa com alta de energia e passgem de ônibus

“A economia brasileira não conquistou os resultados esperados ao longo de 2014. A combinação entre inflação alta e crescimento baixo deve continuar assombrando o governo durante 2015, e os reflexos do enfraquecimento econômico do País já atingem o bolso do consumidor.

Segundo economistas, a inflação oficial, medida pelo IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), pode ser de 1% já no mês de janeiro. Caso confirmado, o resultado fará o índice romper a barreira de 7% em 12 meses, valor 0,5% maior que o teto da meta do governo.

A alta é prevista pela volta do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) sobre veículos, de 3% para 7% e da Cide (Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico) sobre a gasolina, além do reajuste das passagens de ônibus e da energia elétrica.”

(R7.com)

Réveillon de Fortaleza – Um mar de alegria

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=0k476rDzHqE&feature=youtu.be[/youtube]

O Réveillon de Fortaleza foi um sucesso. Mais de um milhão de pessoas transformaram o Aterro da Praia de Iracema num mar de alegria, movida por 14 atrações. Entre elas, Daniela Mercury e a dupla Bruno e Marrone.

O prefeito Roberto Cláudio (Pros) ganhou parabéns de muitos turistas que deixaram a cidade nas últimas horas, pelo Aeroporto Internacional Pinto Martins. O clima foi de alegria e paz.

A festa consolida-se como uma das maiores do País.

Camilo Santana ganha apoio de Adauto Bezerra

adautobezerra

O ex-governador Adauto Bezerra prestigiou a transmissão de cargo de Cid Gomes (Pros) para Camilo Santana (PT), o primeiro governador oriundo da Região do Cariri pós-ditadura. Adauto governou o Ceará no período de 1975 a 1978.

Adauto desejou boa sorte a Camilo que, na vitória contra o peemedebista Eunício Oliveira, fez a diferença dos votos com o Cariri.

Mesmo afastado da política partidária, Adauto é nome de influência no Estado.  E com grande peso entre seus irmãos caririenses.

Caso AirAsia – Sobe para 15 número de corpos retirados do mar

“As autoridades indonésias elevaram hoje (2) para 16 o número de corpos retirados do mar durante as operações de busca pelo avião da AirAsia, que desapareceu no domingo (28), com 162 pessoas a bordo, no Mar de Java.

Segundo a Agência Nacional de Busca e Resgate da Indonésia, os serviços de emergência transportaram oito corpos para Surabaia, na Ilha de Java, onde foi montado o centro de operações, que concentra a maioria dos parentes das vítimas, enquanto outros dois estão na Ilha de Bornéu e seis em barcos.

Ao menos 30 barcos e 17 aviões dos Estados Unidos, da Austrália, de Cingapura, da Malásia e da China participam nas buscas pelas caixas-pretas do avião da AirAsia, sob condições meteorológicas relativamente boas, com ondas entre 2,5 metros e 3 metros.”

(Agência Lusa)

Futuro titular da pasta estadual do Meio Ambiente, Artur Bruno conversa com João Alfredo

O deputado federal Artur Bruno (PT), que será o futuro secretário estadual do Meio Ambiente, já adotou medida preventiva antes de assumir a pasta, a ser criada com aval da Assembleia Legislativa, a partir de fevereiro.
Bruno, acomodado na gestão de Camilo Santana (PT) por não ter logrado êxito na disputa por uma vaga de deputado estadual no último pleito, andou conversando com o vereador João Alfredo (PSOL), conhecido por posturas duras quando o mote é defesa do meio ambiente.
O petista expôs para João Alfredo como vai ser seu trabalho à frente da futura pasta, deixando claro que buscará sempre o diálogo franco e aberto. 
DETALHE – Artur Bruno e João Alfredo são amigos e fazem política desde os tempos em que começaram em grupos de jovens da Igreja Católica.

Anvisa definirá neste mês se reclassifica substância da maconha como medicamento

“A discussão sobre a reclassificação do canabidiol será retomada, na primeira quinzena deste mês, pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), durante reunião da diretoria colegiada. Atualmente, o canabidiol integra a lista de substâncias proscritas (proibidas) no Brasil. O canabidiol é uma substância, presente na folha da maconha (Cannabis sativa), que é usada para tratamento de doenças neurológicas, câncer, mal de Parkinson, entre outras.

Em audiência pública na Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados, em novembro de 2014, o presidente substituto da Anvisa, Ivo Bucaresky, explicou esse trâmite. “Por ser um derivado da cannabis, o canadibiol estava incluso na Lista E, que é a lista de plantas que podem originar substâncias entorpecentes e psicotrópicas, e na Lista F, que são susbtâncias de uso proscrito no Brasil, de entorpecentes e psicotrópicos”. Caso seja reclassificado, ele vai para a “Lista C1, que é uma lista de [remédios] controlados que envolve uma série de medicamentos”. Segundo o Bucaresky, a reclassificação facilitará a importação da substância por pessoas jurídicas e para pesquisas científicas.

No ano passado, a agência simplificou os trâmites necessários para a importação de produtos à base de canabidiol por pessoa física e para uso próprio.”

(Agência Brasil)

Novo titular da Seinfra e uma ponte a ser atreassada

173 1

andrefaco

O engenheiro André Facó assumirá, a partir das 9 horas desta manhã de sexta-feira, o comando da Secretaria da Infraestrutura do Estado. Ele receberá o cargo das mãos de Adahil Fontenele, em ato no auditório da pasta (Cambeba).

André Facó terá um desafio já definido pela frente: tirar do papel a polêmica Ponte Estaiada, que cruzará o Cocó e que virou alvo de críticas por parte dos ambientalistas.

Novo titular da Segurança Pública avisa: Capitão Wagner merece respeito

213 4

dedlciteisdiera

“Em gesto que demonstra expectativa de maior diálogo entre cúpula da Segurança e corpo da Polícia Militar, o recém-empossado secretário da área, Delci Teixeira, avisa: o deputado estadual Capitão Wagner (PR) “não é inimigo” de sua gestão e será “bem-vindo” para dialogar e trazer propostas para a área.

“Independente de ele (Wagner) ser de oposição, temos de respeitá-lo. Primeiro porque é um capitão da PM, então deve conhecer segurança pública. Segundo porque teve uma votação expressiva, então é aprovado pela sociedade”, disse Delci ao O POVO.

Nos últimos anos, tem sido intensa a troca de ataques e acusações entre Wagner e o grupo do ex-governador Cid Gomes (Pros) no Estado. O deputado, que apoiou Eunício Oliveira (PMDB) na eleição, chegou a ser chamado de “chefe de milícia” por Ciro Gomes.

“Não sou político, nunca vou ser. Sou técnico. Se ele tiver algo a somar, a agregar, será bem vindo”, disse Delci.

(O POVO)

Dilma Rousseff adota postura de estadista ao apostar em educação neste segundo mandato

123 5

Com o título “A prioridade de Dilma e o papel de Cid Gomes”, eis o Editorial do O POVO desta sexta-feira. Destaca que, ao definir educação como prioridade, Dilma adota postura de estadista, apostando ainda que o ex-governador Cid Gomes (Pros) tem condições e competência para tocar esse barco. Confira:

Com o lema “Brasil, pátria educadora”, a presidente Dilma Rousseff apontou durante a solenidade de posse para o seu segundo mandato, a área da educação como prioridade das prioridades. Além de pontuar o combate à corrupção e garantir o avanço das conquistas sociais alcançadas nos três governos petistas, a presidente sugeriu a democratização do conhecimento como uma das metas a serem alcançadas. Para tanto, serão destinados volumes mais expressivos de recursos oriundos dos royalties do petróleo. Ainda como parte dos objetivos propostos, a intenção é expandir o acesso às creches, garantindo o cumprimento da meta de universalizar até 2016, o acesso de todas as crianças de 4 a 5 anos à pré-escola. A presidente fez referência também aos avanços no Pronatec (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego), no Ciências sem Fronteiras e na educação em tempo integral.

A definição da educação como prioridade das prioridades no segundo mandato da presidente deve ser vista como opção das mais acertadas. O país vem conseguindo tirar milhões de pessoas da linha de pobreza, mas sem o padrão de educação necessário para enfrentar os novos tempos do conhecimento, esse esforço se perde pelo meio do caminho. Felizmente o estágio em que se encontra o ensino superior no Brasil já nos permite pensar em outro patamar nesse campo. O mesmo, porém, não pode ser dito em relação ao ensino nos níveis fundamental e médio. Ao alçar a área da educação a esse patamar de importância em seu governo, a presidente demonstra visão de estadista, sem dúvida.

Ao mesmo tempo em que a presidente define a educação como prioridade, é preciso que seja ressaltado o papel que o ministro Cid Gomes passará a ter no novo governo. Caberá a ele a execução dessa tarefa e a presidente, ao convidá-lo para exercer essa função, sabe de sua competência e aonde pode chegar. Além disso, o cargo era antes ocupado por um petista, o que deixa o ex-governador do Ceará em situação mais confortável perante o Planalto. Cid Gomes, nesse sentido, tem diante de si, a tarefa mais importante de sua trajetória como homem público.

Cid Gomes assumirá MEC com perspectivas de novo futuro político

NACIONAL

O ex-governador Cid Gomes (Pros) assumirá, a partir das 11 horas desta sexta-feira, em Brasília, o cargo de ministro da Educação. O clima será festivo, pois ele contará com a presença de boa caravana formada por cearenses. Entre aplausos, o governador Camilo Santana, a vice-governadora Izolda Cela, o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, o deputado federal José Guimarães e vários ex-assessores de sua gestão.

Cid Gomes vai assumir priorizando três compromissos de campanha da presidenta Dilma com a educação. Segundo ele, a valorização dos professores, a ampliação da oferta de vagas em creches e no ensino integral, além da reforma do ensino médio devem ser o foco a partir de agora. “Todas as prioridades que eu coloquei são compromissos da presidenta Dilma, especialmente essas três. Ela traduziu tudo isso que ela chama de melhorar a qualidade do ensino público”, disse o ministro.

“Na primeira semana, vamos ter que decidir e divulgar o piso nacional do magistério. Na segunda semana tem o resultado do Exame Nacional do Ensino Médio [Enem], na terceira semana abre a primeira etapa do Sistema de Seleção Unificada [Sisu]. Então tem uma agenda aí que tem que correr”, disse.

DETALHE – Bom lembrar que, em seu discurso de posse, Dilma divulgou o slogan de sua nova gestão: Brasil, Pátria educadora”. Ou seja, Cid começa em alta. Com direito a voos altos no futuro? Dependerá de sua postura.

Detento aparece morto na CCPPL II

“O detento Francisco Flávio Ferreira do Nascimento, de 32 anos, morreu nesta quinta-feira, 1º de janeiro, dentro da Casa de Privação Provisória de Liberdade II (CPPL II), em Itaitinga. Ele respondia provisoriamente pelos artigos 155 e 157, correspondentes a roubo e furto mediante a grave ameaça de violência a pessoa.

De acordo com a Secretaria de Justiça e Cidadania do Ceará (Sejus), ele foi levado por agentes penitenciários para a enfermaria com vários ferimentos pelo corpo após o período de visitas, mas morreu a caminho do hospital.
A Divisão de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) está no local e deverá abrir inquérito para apuração dos responsáveis. A Perícia Forense fará o laudo cadavérico para detectar a causa da morte.”
(POVO Online)

Opositores prometem estar vigilantes sobre ações do novo governo dilmista

juliodel

“Um dos poucos parlamentares da oposição presentes à posse da presidenta Dilma Rousseff, o deputado federal Júlio Delgado (PSB – MG) afirmou que “os partidos independentes estarão mais fortes, mais organizados e mais vigilantes”, no segundo mandato da petista.

Candidato do PSB à presidência da Câmara dos Deputados, nas eleições de fevereiro próximo, Delgado disse que a presença na posse “demonstra claramente que a relação vai ser de altivez do Parlamento com relação ao Executivo”.

Ele disse que os partidos acompanharão com atenção o que vai ser feito no início do novo governo, e citou que os deputados podem apoiar medidas como a reforma trabalhista, a exemplo das mudanças no seguro-desemprego que já foram anunciadas.

“Esses primeiros dados da reforma trabalhista e previdenciária correspondem ao que nós dissemos na campanha, foi negado e agora está sendo implementado. Era o reconhecimento da necessidade de fazer as reformas, e a gente espera que outras venham”, acrescentou. Ele elencou as reformas política, tributária e do Estado, com vistas a um novo pacto federativo, como prioritárias para a agenda de discussões no Congresso Nacional.

O líder do PPS na Câmara, deputado Rubens Bueno (PR) afirmou, em nota, que a oposição se manterá unida, incisiva e organizada na fiscalização do segundo mandato da presidenta Dilma. “Não fosse a ação dos partidos de oposição, a degradação ética, moral e administrativa do governo teria atingido o seu limite”, disse.

Segundo Bueno, a oposição “vai agir para que a presidenta Dilma governe menos com medidas provisórias e debata mais com o Congresso as grandes questões nacionais, como as mudanças na economia e o combate mais efetivo à corrupção no Estado brasileiro”.

(Agência Brasil)