Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Engenheiros de pesca e biólogos elaboram diagnóstico sobre morte de peixes em Jaguaribara

Mais de 100 toneladas de peixes mortos foram encontradas nesse sábado, 9, no Açude Castanhão, em Jaguaribara. O fenômeno com a espécie tilápia começou a ser registrado na última quinta-feira, 7. Segundo a prefeitura, toda a produção da cultura foi perdida nas regiões do Curupati, Jaburu e proximidades da unidade do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs).

Segundo a secretária do Desenvolvimento Econômico, Turismo, Aquicultura e Pesca do município, Lívia Barreto, engenheiros de pesca e biólogos investigam o que levou à diminuição do oxigênio no açude, causando a morte dos peixes.

“O nível ideal é de 6 a 8 ml/L (de oxigênio) e ultimamente tem zerado”, relata. Para ela, a mudança rápida de temperatura em Jaguaribara e a concentração de matéria orgânica no açude em decorrência das chuvas foram fatores agravantes.

Durante todo o sábado, funcionários da prefeitura fizeram a retirada dos peixes do local, a fim de evitar contaminação.

Em nota, a prefeitura diz que atuará junto à Secretaria Estadual e “Ministério responsável pela Pesca” para oferecer suporte aos piscicultores da região.

Confira nota emitida pela Prefeitura de Jaguaribara na íntegra:

A Prefeitura Municipal de Jaguaribara se solidariza com os piscicultores do Curupati, Jaburu e proximidades do DNOCS que se depararam no ultimo dia 09 de fevereiro com a perda de toda sua produção de tilápias em mais um episódio de falta de oxigenação para os peixes por causas que já estão sendo apuradas.

Através das Secretarias Municipais de Aquicultura e Pesca e Infraestrutura, já foram retirados os peixes da água para evitar contaminação e atuaremos junto à Secretaria Estadual e Ministério responsável pela Pesca para oferecer suporte aos piscicultores que mais uma vez passam por esse problema.

O Poder Municipal tem realizado:

– Monitoramento sanitário das produções através de coleta de peixes sintomáticos para análises laboratoriais para identificação das causas e facilitar na prevenção de causas que possibilitem a perda da produção;

– Incentivo às práticas de controle sanitário através do uso de vacinas autógenas visando a prevenção de doenças;

– Monitoramento dos parâmetros (temperatura, oxigênio dissolvido e pH)

– Realizações de Palestras com temas importantes em parceria com empresas de rações.

Continuaremos dando o suporte necessário e buscando soluções para que notícias como essa não voltem a ser dadas em nosso município.

Atualização:

A produção que o Castanhão ja atingiu no seu auge foi de 1 milhão e meio de quilos de tilápia por mês, em 2017 produzimos 10% desse número, ou seja, 150 tonelada por mês, em.2018 produzimos em torno de 300 toneladas, sempre segurando a produção máxima para vender na semana Santa, quando o preço melhora.

Ainda não concluímos o levantamento da perda, mas já está perto de 50% do que tínhamos no açude, um número que chega à 150 mil quilos de peixe.

(O POVO)

Casa Amarela recebe nesta segunda-feira inscrições para Fotografia e Cinema de Animação

A Casa Amarela Eusélio Oliveira, equipamento da Universidade Federal do Ceará, abre nesta segunda-feira (10) as inscrições para as turmas do primeiro semestre dos cursos básicos de Fotografia e Cinema de Animação.

Para se inscrever, basta comparecer na secretaria da CAEO (Av. da Universidade, 2591), portando RG, CPF (originais e cópias), além de uma foto 3×4.

Os cursos têm uma taxa única de R$ 400, que devem ser depositados integralmente na conta informada durante a inscrição.

Cursos ofertados:

Cinema de Animação | 60 horas/aula | Aprox. 9 semanas | https://goo.gl/mTQBEw
Tarde: 2ª a 4ª, das 14h às 16h
Início das aulas: 01/04

Fotografia | 60 horas/aula | 9 semanas | https://goo.gl/C5naSn
Manhã: 3ª, 4ª e 5ª, das 10h às 12h.
Tarde: 3ª, 4ª e 5ª, das 14h às 16h.
Noite: 2ª, 4ª e 5ª, das 19h às 21h.
Início das aulas: 08/04 (noite) e 09/04 (manhã e tarde)

As inscrições para o Curso Básico de Cinema serão abertas no dia 18 de fevereiro.

(Casa Amarela / UFC)

Sem trégua contra o crime

360 4

Em artigo no O POVO deste domingo (10), o governador Camilo Santana diz que a determinação é não dar trégua ao crime, “que criminosos sejam tratados como criminosos”. Confira:

Desde que assumi a honrosa missão de governar o Ceará, em 2015, tenho dedicado todos os esforços para ajudar nosso Estado a superar os desafios e transformar, para melhor, a vida dos cearenses, sobretudo daqueles que mais precisam.

Foi assim que, mesmo em meio ao conturbado cenário nacional, conseguimos vários avanços nos últimos anos, inclusive tornando o Ceará modelo em áreas como a Educação, Gestão de Recursos Hídricos e Gestão Fiscal.

Somos, por quatro anos seguidos, o Estado que mais fez investimentos públicos no Brasil, proporcionalmente à nossa economia. Isso significa a construção de mais escolas, estradas, equipamentos de saúde, lazer e segurança para a população.

E uma das áreas mais sensíveis, cujos esforços nossos têm sido ainda maiores, é a segurança pública que, aliás, é hoje o maior desafio enfrentado por todos os estados brasileiros e pelo governo federal. O Brasil inteiro tem sofrido nos últimos anos com a proliferação de grupos criminosos, cada vez mais ousados e violentos, que atormentam as pessoas de bem.

Neste início do ano, após todo um período de planejamento e preparação, com a contratação de dez mil profissionais e muito investimento em equipamentos e inteligência, partimos para a mais arrojada ação contra o crime organizado, que atua dentro e fora dos presídios. A partir da criação da nova Secretaria de Administração Penitenciária, em parceria com a Secretaria de Segurança, demos início a uma série de medidas, duras e necessárias, para sufocar o crime e reorganizar o sistema penitenciário, reforçando a disciplina, cortando a comunicação, fechando cadeias vulneráveis, e isolando e transferindo para penitenciárias federais os principais chefes de grupos criminosos.

A reação a essas duras medidas foi a deflagração de uma série de ataques criminosos com o intuito de assustar a população e intimidar o Estado. Um grande erro. A resposta do Ceará a esses atos, que se assemelham a ações terroristas, foi reforçar ainda mais a nossa estrutura de segurança, com novas contratações de pessoal, criação de novas leis anticrime, além do importante reforço de tropas federais e estados parceiros. O resultado foi a prisão e punição de centenas de criminosos que buscaram atentar contra a sociedade.

Tenho acompanhado pessoalmente todas as ações de nossas forças de segurança desde o primeiro dia, e minha determinação tem sido de não dar trégua ao crime. Muito pelo contrário. Tenho insistido que criminosos sejam tratados como criminosos, com todo o rigor e dentro da lei, sem acordos ou regalias. E para isso, nossos profissionais de segurança contam com todo meu apoio e minha confiança.

Por outro lado, reforço que, nessa luta contra o crime organizado, que é um problema nacional, é imprescindível que o governo federal assuma a responsabilidade de coordenar as ações e apoiar os estados e municípios. Que cumpra seu papel constitucional de proteger nossas fronteiras e combater o tráfico de drogas e armas, que alimenta o crime organizado, que nasceu em SP e RJ, e se espalhou por todo o Brasil.

De nossa parte, aqui no Ceará, não toleramos jamais que criminosos imponham a sua lei contra o Estado e contra a população. Seremos cada vez mais firmes no combate ao crime e na nossa missão de defender as famílias cearenses.

Tenho absoluta convicção de que as dificuldades que o Ceará passou agora com esses ataques covardes, causando o sofrimento sobretudo da população mais pobre, não serão em vão. Esse combate implacável à criminalidade, imposto pelas nossas forças de segurança, com o importante apoio da Justiça, serão a garantia de que teremos um Estado mais seguro e ainda melhor de se viver.

O momento é, cada vez mais, da união de todas as forças em prol da população cearense. Questões políticas ou partidárias devem ser colocadas de lado, e deve prevalecer, sempre, o bem maior da população.

Os desafios são grandes, mas nossa determinação e coragem para vencer são muito maiores.

Camilo Santana

Governador do Ceará

EUA e Rússia disputam apoio na ONU a resoluções sobre a Venezuela

Os Estados Unidos (EUA) apresentaram ao Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) projeto de resolução sobre a Venezuela, em que pedem que o país sul-americano facilite o acesso de ajuda humanitária internacional e realize novas eleições presidenciais. Em resposta, a Rússia propôs outra resolução.

Na sexta-feira (8), Moscou propôs aos membros do conselho um “texto alternativo” ao apresentado por Washington, segundo diplomatas. A proposta russa expressaria preocupação com “tentativas de intervenção em questões que estão essencialmente sob jurisdição doméstica” e “ameaças de uso da força contra a integridade territorial e a independência política” da Venezuela.

O projeto apresentado pelos EUA, ao qual agências de notícias tiveram acesso nesse sábado (9), expressa “pleno apoio” do Conselho de Segurança à Assembleia Nacional Venezuelana, controlada pela oposição, definindo-a como a “única instituição democraticamente eleita no país”.

Manifestando “profunda preocupação com a violência e o uso excessivo da força por parte das forças de segurança venezuelanas contra manifestantes pacíficos não armados”, o texto pede também um processo político que conduza a eleições presidenciais “livres, justas e credíveis”.

O projeto ressalta a necessidade de evitar uma “deterioração adicional da situação humanitária” na Venezuela, assolada por grave crise econômica e política, e de facilitar a entrega de ajuda aos que necessitam.

Washington ainda não indicou uma data para que o texto seja votado. Fontes diplomáticas afirmam que a Rússia – que apoia o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, e acusa os EUA de apoiarem um golpe de Estado no país – utilizará seu direito de veto para barrar a resolução.

Para ser aprovada, uma resolução do Conselho de Segurança da ONU precisa de nove votos entre seus 15 membros e não pode ser vetada por nenhum dos cinco integrantes permanentes do grupo: Estados Unidos, Reino Unido, França, Rússia e China.

Moscou e Washington estão em lados opostos na atual disputa pelo poder na Venezuela. Enquanto os EUA declaram apoio ao presidente da Assembleia Nacional, Juan Guaidó, que se autoproclamou presidente interino em 23 de janeiro, a Rússia segue apoiando Maduro.

Além dos EUA, mais de 40 países já declararam apoio ao oposicionista Guaidó, entre eles Brasil, Alemanha e uma série de outras nações sul-americanas. Maduro ainda conta com o apoio não apenas de Moscou, mas também das Forças Armadas venezuelanas e da China, entre outros aliados.

(Agência Brasil)

Tasso deverá comandar comissão do Senado no processo da reforma da Previdência na Câmara

281 2

O senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) deverá ser indicado pelo presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), nesta semana, para comandar uma comissão de senadores que acompanhará o processo de tramitação da reforma da Previdência na Câmara dos Deputados.

“Não podemos apenas esperar que a Câmara termine o debate e só depois comecemos o nosso. O senador Tasso Jereissati é a pessoa ideal para nos ajudar nisso”, ressaltou Alcolumbre.

Tasso é defensor da reforma da Previdência, diante de um “déficit preocupante”.

(Foto: Arquivo)

Oito corpos de jogadores já foram liberados pelo IML para sepultamento

Oito corpos dos jovens jogadores do Flamengo já foram liberados pelo Instituto Médico-Legal (IML) do Rio e poderão ser sepultados. Segundo a instituição, dois corpos ainda não foram identificados.

O IML também informou que os corpos identificados já foram retirados pelas famílias. O enterro do goleiro Christian Esmerio está previsto para as 12h deste domingo (10), no Cemitério de Irajá, na zona norte do Rio.

Na página oficial do Flamengo na internet, o clube listou os nomes dos jogadores já identificados pelo IML: Arthur Vinicius de Barros Silva, Pablo Henrique da Silva Matos, Vitor Isaias Coelho da Silva, Bernardo Augusto Manzke Pisetta, Gedson Corgosinho Beltrão dos Santos, Athila de Souza Paixão, Christian Esmerio Candido e Rykelmo de Souza Viana.

(Agência Brasil)

 

Arismar do Espírito Santo faz show neste domingo na Praia de Iracema

129 1

O músico paulista Arismar do Espírito Santo se apresenta neste domingo (10), a partir das 20 horas, no Café Couture, na Praia de Iracema, com couvert artístico a R$ 15,00, que terá uma parte doada ao contrabaixista cearense Jerônimo Neto, atualmente em tratamento de saúde.

O show “Arismar – Guitarra no Xote, no Choro e no Samba” é oportunidade para o público curtir de perto toda a musicalidade de Arismar do Espírito Santo, tocando diversos instrumentos e recebendo convidados.

(Foto: Arquivo)

Aposta de São Paulo ganha R$ 8,7 milhões na Quina

Saiu para Barretos, a 421 quilômetros da capital paulista, o prêmio acumulado da Quina, sorteado na noite desse sábado (9), em São Paulo. O ganhador do prêmio de R$ 8,7 milhões acertou os números: 11 – 12 – 51 – 79 e 80.

Já a Mega-Sena voltou a acumular e o prêmio da quarta-feira (13) será de R$ 10 milhões, segundo estimativa da Caixa Econômica Federal.

Os números sorteados na noite desse sábado foram: 14 – 15 – 47 – 50 – 56 e 59.

Premiê espanhol diz que nunca acatará referendo na Catalunha

Sob pressão de oposicionistas, o primeiro-ministro da Espanha, Pedro Sánchez, disse nesse sábado (9) que nunca aceitará um referendo para votar a independência da Catalunha.

Partidos de direita convocaram manifestações para este domingo (10), depois que o governo do Partido Socialista espanhol concordou em instituir um comitê para discutir a autonomia para a região.

Depois de romper o diálogo com os separatistas catalães na tentativa de salvar o Orçamento de 2019 na Espanha, Sánchez disse que quem defende um referendo na Catalunha “precisa refletir” porque “a autodeterminação não é constitucional e nunca será aceita por nós”.

“Dentro da Constituição, tudo. Fora dela, nada”, destacou o primeiro-ministro num ato político do Partido Socialista no município de Baracaldo, na região do País Basco. Em 26 de maio, a Espanha promoverá eleições gerais.

(Agência Brasil)

Instragram proíbe publicação de imagens de autoflagelação

O Instagram anunciou que passará a ter mecanismos para restringir imagens que estimulem a autoflagelação e o suicídio. Imagens de pessoas se machucando, como atos de cortar partes de corpo, serão proibidas na rede social.

As medidas foram uma reação à morte de uma adolescente de 14 anos no Reino Unido, no mês passado. Após o suicídio, o caso gerou questionamentos sobre o papel do Instagram, pela presença no perfil da moça de conteúdos mostrando formas de autoflagelação e relacionados ao suicídio. O pai da jovem, em entrevista a veículos de mídia, responsabilizou diretamente a plataforma.

Além disso, outros conteúdos relacionados a essas práticas, inclusive textos, não serão disponibilizadas nas buscas. Essas mensagens, contudo, não serão removidas das redes sociais. O Instagram justificou que a publicação de mensagens nesse sentido pode ter um papel de expressão em pessoas que estejam convivendo com sofrimento e sentimentos como esses.

Antes, a plataforma já proibia conteúdos que promovessem essas práticas. Mas permitia mensagens relacionadas à admissão delas (como uma pessoa relatando um desejo ou uma tentativa), como forma de alertar amigos e familiares para reagir e prestar apoio.

Orientações de especialistas

Segundo o Facebook, empresa controladora do Instagram, as mudanças foram formuladas a partir do diálogo com especialistas no tema, de diferentes países. Eles teriam indicado o efeito negativo da circulação de imagens de práticas de autoflagelação, como cortes. Elas “podem ter um potencial de promover não intencionalmente a autoflagelação, mesmo quando são compartilhadas no contexto da admissão da prática ou no caminho para uma recuperação”, explicou o diretor global de Segurança do Facebook, Antigone Davis.

Ele acrescentou que a equipe das plataformas ainda avalia como tratar imagens de cicatrizes. Segundo o diretor, os especialistas consultados indicaram ainda polêmicas nos estudos acadêmicos sobre os efeitos desse tipo de imagem em pessoas suscetíveis a cometer algum ato relacionado à prática.

As duas redes sociais, completou Davis, continuarão fornecendo recursos para dar apoio em situações de sofrimento, como a disponibilização, de forma acessível., de “linhas de ajuda” a pessoas nas plataformas.

(Agência Brasil)

Educação midiática forma cidadão consciente, dizem especialistas

A Base Nacional Comum Curricular (BNCC) do ensino básico incluiu entre as competências que o aluno deve ter a leitura crítica da informação que recebe por jornais, revistas, internet e redes sociais. Especialistas avaliam que foi um avanço a inclusão da educação midiática na BNCC, pois a escola poderá dar instrumentos para que o estudante possa se tornar um consumidor e produtor de conteúdo responsável.

No fim de 2017, o Ministério da Educação homologou a Base Nacional Comum Curricular do ensino infantil e fundamental e, no fim do ano passado, aprovou a BNCC do ensino médio. O documento estabelece o mínimo que deve ser ensinado em todas as escolas do país, públicas e particulares.

A partir da base, os estados, as redes públicas de ensino e as escolas privadas deverão elaborar os currículos que serão de fato implementados nas salas de aula. Os novos currículos para o ensino básico estão em fase de elaboração pelos estados.

Habilidade

A base prevê, por exemplo, que o aluno do sexto ao nono ano do ensino fundamental desenvolva a habilidade de leitura e produção de textos jornalísticos em diferentes fontes, veículos e mídias, a autonomia e pensamento crítico para se situar em relação a interesses e posicionamentos diversos, além de saber diferenciar liberdade de expressão de discursos de ódio.

“A questão da confiabilidade da informação, da proliferação de fake news [notícias falsas], da manipulação de fatos e opiniões tem destaque e muitas das habilidades se relacionam com a comparação e análise de notícias em diferentes fontes e mídias, com análise de sites e serviços checadores de notícias […]”, diz um trecho do documento.

Para os estudantes do ensino médio, as habilidades preveem a ampliação do repertório de escolhas de fontes de informação e opinião, a comparação de informações sobre um fato em diferentes mídias, além do uso de procedimentos de checagem de fatos e fotos publicados para combater a proliferação de notícias falsas.

A base também recomenda que os alunos possam atuar de maneira ética e crítica na produção e compartilhamento de comentários, textos noticiosos e de opinião e memes nas redes sociais ou em outros ambientes digitais.

Desafios

A presidente do Instituto Palavra Aberta, Patrícia Blanco, afirma que foi um significativo ganho colocar o tema da educação para a mídia na BNCC, pois significa que o campo jornalístico-midiático terá que ser abordado pelas escolas em âmbito nacional. No entanto, ela destacou que há ainda um longo trabalho pela frente para que a prática seja efetivamente adotada nos currículos.

“Nunca foi tão necessário, nesse ambiente de tecnologia, educar para a mídia, para o consumo de informação. Se a criança e o adolescente desenvolvem senso crítico, a escola está contribuindo para a formação de cidadãos que podem exercer melhor sua liberdade de expressão”, diz Patrícia.

“Educação midiática tem o papel de antídoto às fake news: você percebe que tem algo estranho, vai pesquisar outra fonte, e não simplesmente compra uma informação como verdade absoluta e a repassa para a frente”, acrescenta a especialista.

Segundo ela, são três os desafios atuais para a iniciativa chegar às salas de aula: disseminar o conceito da educação midiática, divulgando sua importância, formar os professores para que eles possam abordar o tema, e desenvolver a produção de conteúdos e materiais relevantes para serem usados na escola.

Alfabetização

O representante do Comitê Internacional da Aliança Global para Parcerias em Alfabetização de Mídia e Informação da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) na América Latina e Caribe, Alexandre Sayad, lembra que o tema está incluído entre as competências a serem abordadas na disciplina de língua portuguesa.

“O professor de língua portuguesa vai ter que colocar na sua aula. Mas nada impede outra disciplina abordar o tema. A questão da mídia é presente na vida das pessoas. Há uma tendência na educação, em geral, de se descompartimentalizar as disciplinas”, diz Sayad.

Segundo ele, atualmente há poucas escolas no Brasil que tratam do assunto em sala de aula. “Identificar a fonte de notícia é uma habilidade necessária no mundo hoje. É pela alfabetização midiática que você consegue separar o joio do trigo na mídia”.

(Agência Brasil)

Dizer que todos podem trabalhar até 80 anos é desconhecer o Brasil

574 8

Da Coluna Política, no O POVO deste sábado (9), pelo jornalista Érico Firmo:

Nos próximos meses, Rodrigo Maia (DEM-RJ) será o principal agente da aprovação ou não da reforma da Previdência. Em entrevista à Globonews, na noite de quarta-feira, 7, Maia disse o seguinte: “Todo mundo consegue trabalhar hoje até 80, 75 anos”.

A frase de Maia é uma opinião. Mas, quando confronta dados objetivos, tem-se um problema. Pelo dado mais recente do IBGE, referente a 2017, sabe qual a expectativa de vida do brasileiro? De 76 anos. Quatro anos a menos que os 80 anos até os quais o presidente da Câmara dos Deputados acha que todo mundo pode trabalhar. Não disse que alguns podem trabalhar, nem mesmo que a maioria pode trabalhar. Disse “todo mundo”. Na média, a maioria dos brasileiros nem vive até lá. Isso é dado objetivo.

Trata-se, todavia, de uma média. Há gente que vive mais que isso, é óbvio. Porém, há os que vivem menos. A disparidade pode ser vista por sexo. A expectativa de vida dos homens é menor: 72,5 anos. Faltam, na média, dois anos e meio para atingir os 75 anos de piso, até os quais Maia acha que qualquer um pode trabalhar. As mulheres costumam viver mais. A expectativa de vida chegou a 79,6 anos. Ficam faltando alguns meses para alcançar os 80 anos até os quais Maia acha que qualquer um consegue trabalhar.

País desigual

O Brasil é muito grande, muito desigual e muito complexo. A Previdência precisa ser reformada sim, precisa de regras que considerem as transformações demográficas. Caso contrário, a economia quebra, há desemprego, inflação, recessão, o Estado não arrecada. Entre outros problemas, não há dinheiro nem para pagar essas aposentadorias, tampouco os funcionários em atividade. Com isso, os serviços públicos são afetados. Não é bom para ninguém. Há exemplos concretos disponíveis hoje mesmo.

Entretanto, essa reforma não pode ser feita de dentro dos gabinetes com ar-condicionado, olhando planilhas e desconsiderando o que há além dos relatórios atuariais. Se a intrincada realidade social do Brasil não for levada em conta, a reforma da Previdência poderá se mostrar uma tragédia social.

Como disse acima, a expectativa de vida do brasileiro é de 76 anos. Ressaltei se tratar de uma média. Em Santa Catarina, a expectativa de vida é de 79,4 anos. No Ceará, de 74,1 anos. No Maranhão, 70,9 anos. A diferença entre a maior e a menor é de oito anos e meio. Ou seja, a depender da região do Brasil, a perspectiva de vida de uma pessoa pode chegar a oito anos a mais ou a menos.

Isso sem considerar as disparidades dentro dos estados. Porque, se o Ceará tem expectativa de vida de 74,1 anos, a realidade de Fortaleza ou do Eusébio não é igual à de Salitre, Potengi ou Granja. As expectativas de vida não são iguais.

Se a reforma olhar o Brasil como uma coisa uniforme, se desconsiderar essas particularidades, provocará uma tragédia. Rodrigo Maia, ao dizer que “todo mundo consegue trabalhar hoje até 80, 75 anos”, fala de sua realidade Zona Sul do Rio de Janeiro. Fala dos círculos do Lago Sul de Brasília. Se você, leitor, considerar seu entorno, talvez ache a mesma coisa. A política pública precisa olhar além.

Maia ainda fez uma ressalva em seu “todo mundo”. “É claro que tem algumas categorias especiais, essas nós vamos tratar de outra forma”. São mais que categorias. São segmentos sociais inteiros. São os sertões, as periferias, as comunidades ribeirinhas da Amazônia. O Brasil é complexo e as simplificações podem se mostrar desastrosas.

A Previdência é a mais importante e eficaz política social do País. Ela evita ou atenua um terrível drama em potencial – a miséria entre idosos. Há municípios cuja economia é absolutamente dependente das aposentadorias.

A condução da reforma está nas mãos e em cabeças como a de Maia. Declarações como a destacada acima lança sérias dúvidas sobre o conhecimento e a capacidade para tocar algo que mexe tão fundo na vida da população.

Copa do Nordeste – Ceará vence Altos do Piauí e encerra terceira rodada com melhor campanha

Com gols de Samuel e Felipe, um em cada tempo de partida, o Ceará derrotou o Altos do Piauí, por 2 a 1, na tarde deste sábado (9), no Castelão, pelo complemento da terceira rodada da Copa do Nordeste, e reassumiu a liderança do Grupo B da competição, agora com a melhor campanha entre as 16 equipes. Náutico e Santa Cruz abrem nesta noite a quarta rodada.

O Vozão volta a campo no próximo sábado (16), em Salvador, contra o Vitória. Já o outro representante cearense na Copa do Nordeste, o Fortaleza, é o atual vice-líder do Grupo A e volta a jogar dia 24, no Castelão, diante do Bahia.

ESTADUAL

Na abertura da segunda rodada da segunda fase do Campeonato Cearense, Barbalha e Atlético não passaram de empate sem gols, no estádio Domingão. O resultado manteve as duas equipes fora da zona de classificação para a próxima fase.

(Foto: Reprodução)

Senado quer identificar o “82º senador”

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, encaminhou para o corregedor da Casa, senador Roberto Rocha (PSDB-MA), o requerimento de investigação da suposta fraude ocorrida durante a eleição para a Presidência do Senado no dia 2 de fevereiro. Durante o pleito, foram contadas 82 cédulas de votação sendo que a Casa é composta por 81 parlamentares.

— Que ele [corregedor] possa fazer a apuração necessária para esse episódio que aconteceu e que a gente possa dar uma resposta para a sociedade brasileira em relação a uma votação tão importante do Senado Federal — afirmou Davi.

O presidente detalhou que, no próprio dia da eleição, o senador Major Olímpio (PSL-SP) entregou um pedido para averiguação dos fatos. No dia 4, os senadores Fernando Bezerra (MDB-PE) e José Maranhão (MDB-PB) fizeram a mesma solicitação. A partir daí, Davi determinou que a polícia legislativa recolhesse as imagens feitas no Senado durante o escrutínio. O HD com a gravação foi encaminhado para o corregedor junto com o pedido de apuração.

Davi explicou que só não formalizou o requerimento antes porque estava inteiramente envolvido com as articulações para eleição dos demais integrantes da Mesa, realizada nesta semana. Não há prazo para o corregedor concluir a investigação, mas o presidente enfatizou que o Brasil espera celeridade e lembrou que o mandato de Roberto Rocha se encerra em junho deste ano.

(Agência Senado / Foto: Arquivo)

Prefeituras de municípios do Ceará atingidos por chuvas cancelam Carnaval e remanejam verbas

As prefeituras de Granja e Tianguá anunciaram o cancelamento das festividades carnavalescas em 2019. A decisão foi tomada por conta de transtornos causados pelo o alto volume de chuvas nos municípios.

A Prefeitura de Granja utilizou sua conta no Facebook para anunciar o cancelamento do evento “Carnaval de Todos”. De acordo com a publicação, as chuvas têm causado “pontos de alagamento diversos, gerando preocupação e necessidade de alerta permanente nas próximas semanas”.

Segundo a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), entre as 7 horas de quarta-feira, 6, até as 7 horas da quinta-feira, 7, a Cidade registrou 108 milímetros (mm) de precipitação, a maior do Estado naquele dia.

“As circunstâncias atuais recomendam prudência e austeridade nos gastos públicos, para que se priorize a realização de ações preventivas que minimizem situações de riscos e vulnerabilidade da população em todo o Município”, ressalta o comunicado.

Na publicação, o Executivo municipal disse que a festa já era realizada por seis anos consecutivos, gerando emprego e renda. O POVO Online tentou contato com a prefeitura de Granja, por meio do telefone disponível no site da instituição, por volta das 16h30min, mas não obteve sucesso.

Tianguá

Em Tianguá, a 333,5 quilômetros de Fortaleza, as festividades de Carnaval também foram canceladas. O Pré-Carnaval na Cidade, marcado para este fim de semana, não será mais realizado.

Regildo Aguiar, secretário da administração do Município, ressaltou que a decisão foi tomada porque o região foi “muito afetada” pela quadra chuvosa. Conforme o titular da pasta, as chuvas destruíram a malha viária da sede e dos distritos da Tianguá, além de deixar pessoas desabrigadas. “Tivemos prejuízos ainda incalculáveis”, concluiu.

Em vídeo divulgado na redes sociais é possível ver que o asfalto foi arrancado pela força da água. O muro de um cemitério da Cidade também foi derrubado. Além disso, algumas casas ficaram alagadas, conforme relatou o policial militar Evaldo Mendes.

Segundo a Funceme, entre as 7 horas da terça-feira e o mesmo horário da quarta-feira, 6, choveu 77,4 milímetros (mm) no Município – a maior precipitação registrada no Estado naquele dia.

Os recursos que seriam destinados ao Carnaval serão investidos em infra-estrutura e na construção de bueiros, calçamentos, asfaltos, passagens molhadas, dentre outras medidas emergenciais, conforme informou Regildo Aguiar. Ele diz que será feito a recuperação e manutenção de estradas dos distritos e dos prédios públicos, além da aquisição de duas novas ambulâncias.

(O POVO Online / Repórter Israel Gomes)

Sindifisco condena vazamento de dados sigilosos de ministro do STF

182 2

O Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Sindifisco Nacional) condenou o vazamento de informações sigilosas envolvendo procedimento fiscal que teria por alvo o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF). Segundo o Sindifisco, devem ser respeitados “os princípios e as normas constitucionais, que condicionam toda e qualquer fiscalização à observância de garantias fundamentais e ao respeito ao sigilo fiscal dos investigados, sejam eles quem forem”.

Em nota divulgada hoje (9), o Sindifisco diz esperar que a Receita Federal “apure o incidente e identifique os responsáveis pelo vazamento, que prejudica imensamente a imagem da instituição”. O sindicato porém manifestou apoio à investigação: “A despeito de ser a quebra de sigilo um ato condenável, o mesmo não se pode dizer do procedimento de fiscalização, que deve ser resguardado de quaisquer ingerências externas e respaldado de maneira firme pela instituição, como sempre tem sido em relação a outros cidadãos, independentemente da posição que ocupam”.

(Agência Brasil)

Barbalha leva jogos para o Domingão e revolta a torcida

Após estrear com derrota para o Fortaleza (3 a 1), na segunda fase do Campeonato Cearense de Futebol, o Barbalha causou esta semana outro desgosto à torcida: a equipe enfrenta o Atlético e o Ceará longe do Cariri.

É que o presidente do Barbalha, Geisilúcio Gonçalves, o Lúcio Cariri, solicitou à Federação Cearense a transferência do mando de campo para o estádio Domingão, em Horizonte, na Região Metropolitana de Fortaleza.

Ele alegou que os jogos no estádio Romeirão, em Juazeiro do Norte, estavam causando prejuízo ao clube. Também reclamou do Governo do Estado, que teria prometido entregar o estádio municipal Inaldão, até a estreia da equipe no Estadual, que ocorreu no dia 6 de janeiro passado. O estádio está com problemas no gramado.

A torcida rebate o presidente e afirma que os jogos contra o Atlético (neste sábado, 9) e Ceará (dia 24) dariam boa renda. O primeiro porque a equipe receberá hoje o troféu Sérgio Pinheiro, pela conquista da primeira fase e da vaga para a Copa do Brasil do próximo ano. O segundo porque a partida contra o Ceará é um confronto inédito no campeonato.

Melhor o time deixar o estádio Domingão com uma vitória neste sábado…

(Foto: Reprodução)