Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Eunício diz que hospitais não funcionam por falta de profissionais

Ao ser abordado por Aílton Lopes sobre o tema da Saúde, Eunício Oliveira diz que os hospitais não funcionam por falta de profissionais. Afirma que propaganda do governo na televisão parece que fala de outros países. Aílton afirma que somente agora que Eunício percebeu o caos na Saúde. Eunício lembra que é o autor da Emenda do Orçamento Impositivo, que destina R$ 8 bilhões para a saúde pública. Lembra que foi escolhido como um dos parlamentares mais atuantes do Brasil.

Eunício e Camilo voltam ao tema dos banheiros

Eunício Oliveira questiona números da violência no Estado, incluindo Fortaleza, uma das cidades mais violentas do mundo. Camilo alega que a violência é uma epidemia nacional e tem a droga como principal causa. Diz que combate se dá com investimento na educação. Eunício afirma que Camilo quer colocá-lo como covarde. Informou que Camilo tentou censurar seu programa, mas não conseguiu porque não há mentira. Camilo volta a dizer que denúncia é covarde.

Camilo diz que valoriza professor porque é professor

Camilo Santana diz que, caso eleito, irá dialogar e valorizar com os professores. Candidato destaca que vice também é professora (Izolda Cela). Relata avanços na educação do Estado no atual governo. Eliane Novais diz que Camilo e Izolda se vangloriam de avanços, mas esquecem dos professores. Quer saber do Plano de Cargos e Carreiras da categoria.

Aílton Lopes lamenta falta de investimentos na Educação

eleições 2014 debate tv diário 0928 aílton lopes

Ao lembrar as cenas de violência da Polícia Militar contra professores, Aílton Lopes diz que Ceará é o quarto no país a ter mais professores temporários, ao invés de contratados. Eliane Novais diz que sentiu vergonha das cenas de violência contra professores na Assembleia Legislativa, com respaldo da base aliada do governador Cid Gomes. Aílton lembra que Izolda Cela, vice de Camilo, não se pronunciou sobre a violência contra os professores.

Eliane diz que governo está enganando eleitor para eleger Camilo

eleições 2014 debate tv diário 0928 eliane novais

Ao falar sobre infraestrutura, Eliane Novais diz que o governo Cid Gomes pensa em obras faraônicas e diz que mente sobre o Cinturão das Águas, quando afirma que obra está com 45%, quando na realidade está com 10%. Camilo destaca obras no setor da energia. Eliane diz que governo que vencer eleição com grandes mentiras.

Eunício Oliveira lamenta falta de ações emergenciais contra a seca

eleições 2014 debate tv diário 0928 eunício oliveira

O candidato Eunício Oliveira lamenta que o atual governo perfurou apenas 10% dos poços emergenciais que o Ceará precisa. Assegura que, como governador, irá perfurar três mil poços. Afirma que a transposição das águas do São Francisco e o Cinturão das Águas não são obras emergenciais.

Aílton Lopes diz que somente agora Eunício Oliveira perceber o problema da seca, após romper com Cid Gomes. Eunício afirma que o secretário indicado pelo PMDB não tinha autonomia.

Começa o debate da TV Diário

200 1

eleições 2014 debate tv diário 0928 edson silva

Teve início agora há pouco o debate da TV Diário com os candidatos ao governo do Ceará. Na apresentação, o candidato Eunício Oliveira (PMDB) ressaltou o combate ao desperdício. Eliane Novais (PSB) criticou as pesquisas eleitorais. Camilo Santana (PT) destacou a necessidade do continuísmo. Aílton Lopes (Psol) criticou o sistema e lamentou a desmotivação do eleitorado com as promessas políticas.

Pesquisa mostra que mulheres são sub-representadas e estigmatizadas no cinema

Mulheres em postos de comando, ocupando cargos como a Presidência da República ou ganhando prêmios pelo desempenho acadêmico podem até ser mais comuns nos dias atuais. No entanto, ainda não é essa a representação feita sobre as mulheres no cinema, segundo a publicação Preconceito de Gênero sem Fronteiras: Uma Pesquisa sobre Personagens Femininos em Filmes Populares em 11 Países, feita pelo Geena Davis Institute on Gender in Media, a Organização das Nações Unidas (ONU) Mulheres e a Fundação Rockefeller.

A pesquisa destaca que, embora as mulheres sejam metade da população do mundo, dos 5.799 personagens falantes ou nomeados na tela, 30,9% são do sexo feminino. No caso dos filmes de ação ou aventura, essa participação é ainda menor: elas são 23% dos personagens com falas. Já em relação aos protagonistas, apenas 23,3% das tramas tinham uma menina ou uma mulher no papel principal.

O estudo, que analisou produções exibidas entre janeiro de 2010 e maio de 2013 na Austrália, China, França, Alemanha, Índia, Rússia, Coreia do Sul, no Reino Unido, Japão e Brasil – considerados os territórios mais rentáveis para a indústria cinematográfica – constatou ainda que a sexualização “é o padrão para personagens femininos em todo o mundo”. O estudo mostra que a chance de uma pessoa do sexo feminino aparecer com roupas sensuais ou nua é duas vezes maior que a do sexo masculino.

Além disso, adolescentes estão propensas a serem apresentadas como jovens adultas e é comum que as mulheres sejam representadas como magras e atraentes. Enquanto os homens magros são 15,7% do total analisado, a participação de mulheres magras chega a 38,5%.

No caso do Brasil, a pesquisa destaca que a participação das mulheres nos filmes fica em 37,1% – percentual maior que a média mundial. No entanto, o país ganha quando o assunto é a sexualização das mulheres e também na caracterização delas como magras.

“Casal 20” do Ironman confirma presença em Fortaleza

foto ironman Timothy O'Donnell e Mirinda Carfrae

Ele é o vencedor do Ironman Brasil Florianópolis 2013 e segundo colocado em Brasília. Ela é bicampeã do Mundial de Ironman (2010 e 2013), e do Ironman 70.3 Brasília deste ano. Juntos, o norte-americano Timothy O’Donnell e a australiana Mirinda Carfrae formam o casal mais vencedor em provas de Ironman.

A dupla confirmou presença na prova que será disputada no dia 9 de novembro, em Fortaleza, na estreia da capital cearense nesse tipo de competição.

O Ironman Brasil Fortaleza é organizado pela Latin Sports e realizado pela Associação Brasileira Esportiva Social e Cultural Endurance (ABEE). Conta com o patrocínio da Mizuno e apoio do Governo do Estado do Ceará, Prefeitura Municipal de Fortaleza, Oakley, Gatorade, Federação de Triathlon do Estado do Ceará (FETRIECE), Aqua Sphere, Dafonte, Indaiá, Unimed Fortaleza, Servis Segurança, Marina Park Hotel e TriSport.

Papa diz que abrigos de idosos devem ser casas e não prisões

Durante discurso para cerca de 40 mil idosos na Praça de São Pedro, no Vaticano, o papa Francisco disse neste domingo (28) que nem todos os avôs e avós têm uma família pronta para os acolherem e, nesse caso, os abrigos e institutos para idosos são bem-vindos, desde que sejam “realmente casas e não ‘prisões’”. “Não podem existir centros onde os anciãos vivam esquecidos e escondidos”, afirmou.

O papa também ressaltou que os lares precisam ser realmente para os idosos e não para os interesses de alguém. “As residências devem ser pulmões da humanidade em um país, bairro ou em uma paróquia. Devem ser santuários de humanidade onde quem é velho e débil é cuidado como um irmão mais velho”, acrescentou.

Segundo Francisco, um povo que não cuida dos seus idosos, dos seus avós, e os maltratam, é um povo sem futuro, pois perde a memória e vive separado das próprias raízes. “Uma das coisas mais bonitas em uma família é poder acariciar uma criança e deixar-se acariciar pelo avô ou pela avó”, disse.

(Agência Brasil)

Indecisos usam debate na TV para escolher candidato, avalia Cid Gomes

Da Coluna Fábio Campos, no O POVO deste domingo (28):

Na reta final da campanha, o governador Cid Gomes (Pros) avalia que os debates na TV terão peso decisivo na disputa pelo Governo do Ceará. Não é à toa. Segundo a última pesquisa O POVO/Datafolha, na consulta estimulada, nada mais, nada menos do que 13% dos eleitores se declararam indecisos.

Na pesquisa espontânea do mesmo instituto, o índice de “não sabe” alcançou impressionantes 44%. É bom lembrar que a pesquisa espontânea reproduz a ação do eleitor diante da urna, que não tem uma lista de candidatos.

No Ibope, o índice de indecisos é de oito pontos percentuais na pesquisa estimulada. Ou seja, o candidato que conseguir atrair a maioria dos votos indecisos pode vencer a acirrada eleição para o Governo do Ceará.

Nesta segunda-feira (29), o governador entra de licença para se dedicar totalmente à campanha.

Após nova rodada de negociação, bancários mantêm greve a partir de terça-feira

Após uma nova rodada de negociações entre a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf) e a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), os bancários decidiram manter a greve prevista para começar na terça-feira (30).

Na reunião desse sábado (27), os bancos elevaram o índice de reajuste de 7% para 7,35% para os salários, e de 7,5% para 8% para os pisos, segundo a Contraf.

“O Comando Nacional dos Bancários considerou a nova proposta insuficiente não somente do ponto de vista econômico, mas também porque ignora completamente as demais reivindicações da pauta de reivindicações da categoria”, informou a categoria, por meio de nota.

Os trabalhadores pedem reajuste salarial de 12,5% e piso salarial de R$ 2.979,25, entre outras reivindicações, como fim das metas, consideradas abusivas, combate ao assédio moral e isonomia de direitos para afastados por motivo de saúde.

(Agência Brasil)

Torcida do Vozão em festa: alvinegra é eleita Miss Brasil

foto miss ceará melissa gurgel

A estudante de Design de Moda e torcedora do Ceará Sporting, Melissa Gurgel, 20, foi eleita Miss Brasil, na madrugada deste domingo (28), no Centro de Eventos, em Fortaleza. Modelo há cinco anos, a torcedora alvinegra de 1,69 metro de altura e 57 quilos agora disputa o título de Miss Universo, a ser realizado no fim do ano, nos Estados Unidos.

Melissa Gurgel representou o Estado do Ceará, após vencer o concurso, em agosto, como representante do município de Maracanaú. A paulista Fernanda Leme ficou na segunda colocação do Miss Brasil, seguida pela potiguar Deise Benício.

O sucesso da guerra total petista

135 3

Da Coluna Fábio Campos, no O POVO deste domingo (28):

O formato da agressiva campanha de Dilma Rousseff (PT) contra Marina Silva (PSB) está dando resultados para a presidente. O fato veio estampado na pesquisa Datafolha divulgada na noite da sexta-feira (26). A diferença que era de sete pontos percentuais na pesquisa anterior saltou agora para significativos 13 pontos. Alerta para a oposição: caso consiga manter esse ritmo de crescimento e sugue mais votos de Marina, é possível que Dilma vença a disputa no primeiro turno.

O massacre do tempo de TV (11 minutos contra somente dois de Marina) e a melhora do desempenho de candidatos petistas ao Governo, como Minas Gerais e Rio Grande do Sul, entre outros fatores, ajudam a explicar o quadro exposto pelo Datafolha. No Ceará, estado onde praticamente não há campanha para a candidata do PSB, o último Ibope já antecipava o crescimento de Dilma sobre Marina. Aqui, a petista aumentou a diferença e cravou uma placar de 61% a 19%.

Por ironia do destino, a campanha de Aécio Neves acabou se transformando em uma via para ajudar a derrubar Marina e favorecer Dilma. Nas últimas três semanas, o tucano centrou fogo na candidata do PSB. Aécio esperava conquistar as simpatias dos eleitores “anti-Dilma”, mas a estratégia não funcionou. O tucano praticamente não cresceu. Apenas estancou sua sangria, mantendo-se em um patamar idêntico ao que marcou o início da campanha.

Os números do Datafolha apontam que a principal alteração no quadro da disputa presidencial se deu no Nordeste. Em apenas uma semana, a presidente Dilma ganhou seis pontos na região. Marina Silva perdeu 9%. Ou seja, a “guerra total” desferida pelo PT contra a candidata do PSB se encaixou sobremaneira na região mais pobre do País.

As últimas pesquisas já apresentavam uma tendência de crescimento de Dilma e declínio de Marina. Então, para quem se acostumou a ler pesquisas eleitorais, não é uma surpresa o resultado de agora. O principal problema de Marina já é bastante conhecido: não há estrutura de campanha e nem tempo no horário eleitoral capaz de se contrapor à sórdida campanha de desmoralização da candidata.

À oposição cabe agora, faltando apenas uma semana para a eleição, saber conduzir a campanha para tentar barrar a linha de crescimento de Dilma. Um crescimento de mais cinco pontos percentuais da petista, que alcançaria os 45% de intenção de voto, definirá a reeleição da presidente já no primeiro turno. Em tempo: o Ibope sai a campo neste domingo e segunda-feira para uma nova rodada de pesquisa nacional. A divulgação será na noite de terça-feira.

Prefeitura quer que empresas de ônibus custeiem gratuidade para deficientes

Um projeto de lei da Prefeitura de Fortaleza, assinado pelo prefeito Roberto Cláudio, prevê que o custeio da gratuidade para deficientes no sistema de transporte público seja feito pelas empresas que operam o serviço. O texto, que chegou à Câmara Municipal na última quarta-feira, impede que haja repasse do custo das gratuidades para as tarifas.

Em contrapartida, as empresas de ônibus e vans ficam isentas da taxa de vistoria. Mas o próprio texto alega que a arrecadação com a taxa, paga pelas concessionárias, está sendo inferior aos custos da gratuidade. É essa uma das justificativas para o projeto.

A arrecadação anual da taxa que as concessionárias pagam na vistoria dos seus ônibus é de R$ 6,69 milhões, enquanto o custo dos deficientes fica em R$ 7,62 milhões, gerando um déficit de R$ 935 mil por ano, segundo dados da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor).

O documento ainda justifica a aplicabilidade das duas medidas porque além da taxa de vistoria não custear a gratuidade, diz, o repasse dessa arrecadação é um processo moroso. “De modo que há atrasos no pagamento da gratuidade”.

O órgão ainda afirma que essa arrecadação tende a diminuir, visto que há tendência da Prefeitura pela aquisição de veículos maiores para atender mais usuários e diminuir a circulação de veículos, além do “número crescente” de beneficiários com gratuidade.

Segundo Antônio Ferreira, presidente da Etufor, são cerca de 3,54 milhões de usuários com gratuidades por ano e a aprovação do projeto de lei não prejudicará a qualidade dos ônibus para os passageiros.

“Não haverá nenhuma transferência de responsabilidade ou prejuízo para o sistema, visto que hoje não há subsídios quando a receita da taxa de vistoria não cobre o custo da gratuidade da pessoa com deficiência”, afirma o presidente.

“Além disso, as concessionárias / permissionárias homologadas no processo de licitação de 2012 tinham conhecimento de que o custeio da gratuidade das pessoas com deficiência era o limite do valor arrecadado pela taxa de vistoria”, explica Ferreira.

(O POVO)

Liminares: o Judiciário sairá fortalecido

Há aproximadamente três anos, o O POVO vem acompanhando, com algumas reportagens exclusivas, o caso que ficou conhecido como “venda de liminares”, que pôs sob investigação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) alguns desembargadores do Tribunal de Justiça do Ceará (TJ-CE), que, em possível conluio com advogados, teriam se utilizado de plantões judiciários para conceder liminares, propiciando, indevidamente, a soltura de criminosos de alta periculosidade, como sequestradores e traficantes de droga. Desde a semana passada, uma equipe do CNJ está em Fortaleza colhendo depoimentos e fazendo outras diligências para apurar o caso.

O opróbrio que recaiu sobre o Judiciário cearense tem uma contrapartida elogiável: a iniciativa da investigação partiu do próprio Tribunal de Justiça, isto é, de seu presidente Gerardo Brígido, que não capitulou a praga do corporativismo e pôs os interesses da instituição e da sociedade acima de qualquer outra consideração restrita. É de se imaginar os problemas que isso lhe causou e a pressão que teve de suportar para manter-se firme no propósito que se impôs.

O processo agora está próximo de seu desfecho e, ao que tudo indica, irá provar as irregularidades, pois a situação atual nos plantões já difere do que ocorria alguns meses atrás, quando dezenas de liminares eram concedidas de modo suspeito. Comprovadas as anomalias, afastando-se e punindo-se os culpados, em suma, feita a limpeza, o Judiciário sairá fortalecido.

Esse caso é exemplar, na medida em que contraria o senso comum, que prefere condenar algumas instituições com generalizações imprecisas e perigosas, do tipo que nega qualquer nobreza à atividade política, ou vê o Judiciário como um lócus do corporativismo, com funcionários voltados apenas para os seus próprios interesses. Nessa circunstância, infelizmente, quem faltou foi a cidadania, pois não se manifestou devidamente a sociedade organizada para acompanhar o caso mais de perto ou hipotecando apoio decidido à iniciativa asséptica que partiu de dentro do Judiciário.

Quando todos os cidadãos alcançarem a plena consciência de que a crítica é saudável, porém inócua, se não vier acompanhada da participação ativa na vida das instituições, alcançaremos uma democracia mais sólida e uma sociedade melhor.

(O POVO / Editorial)