Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Leonelzinho diz que juventude é salva com esporte e educação

152 2

eleições 2014 ptdob leonelzinho 0920

Para o candidato a deputado federal pelo PTdoB, Leonelzinho Alencar, a maior dupla de ataque contra o time das drogas é o esporte com a educação. Ao percorrer bairros como o Bom Jardim e a Grande Messejana, além dos municípios de Maracanaú, Maranguape, Caucaia e Canindé, Leonelzinho afirma ter visto jovens deixarem a violência por meio do esporte e, posteriormente, educação.

“Em Brasília, as minhas bandeiras serão o esporte e a educação, pois aprendi com o meu pai (coronel Leonel Alencar), que foi um campeão mundial no esporte e viabilizou o Colégio do Corpo de Bombeiros, que essas duas atividades formam o bom caráter”, comentou Leonelzinho.

A cachorrinha e o louco

127 1

Em artigo no O POVO deste sábado (20), o médico, antropólogo e professor universitário Antonio Mourão Cavalcante comenta da dificuldade de se ajudar pessoas com distúrbios que vagam pelas ruas de Fortaleza, por meio de órgãos públicos. Confira:

Uma cachorrinha da raça poodle, bem branquinha, limpinha, com fitinha na cabeça, apareceu solta, correndo na rua Vicente Leite, bairro Meireles, quase esquina com a Avenida Dom Luiz (a tal do binário!). Todo mundo se mobilizou para salvar a coitadinha. Meu Deus, de quem é essa bichicha? Olha, cuidado com os carros, se não, atropelam a coitadinha… Ah! Meu Deus, quanta aflição, diziam todos com preocupação e zelo.

Na rua Nunes Valente, esquina com a Pereira Filgueiras, bairro Meireles, um rapaz jovem, algo em torno de uns 30 anos, maltrapilho, cabelos encaracolados, pés descalços, perambula para lá e para cá. Camisa suja. Calção sujo e desbotado. Causa repugnância. Alguns até mudam de calçada, morrendo de medo. Ele não fala “coisa com coisa.” Não consegue nem dizer o seu nome. Nem sabe de onde veio. Solta um riso tímido, vago e sai. Não molesta ninguém – por enquanto – e, salvo um prato de comida que lhe oferecem, o resto é desprezo total… Vai apodrecer e ninguém vai se importar!…

Mas, fruto de uma “deturpada” formação, eu resolvi procurar o poder público, imaginando encontrar solução para o inditoso rapaz. Liguei para o Caps (Centro de Atenção Psicossocial) da Regional II (Tel.3105.2632). Depois de três chamadas sem êxito, um rapaz delicado e alegre, me explica: “olha, ele tem que vir aqui para ser atendido. Nós não temos equipe de busca.” Agradeci. O que ia fazer?

Ele dá a pista para procurar o Crass (confesso que não sei o que significam todas estas letras!). Pois. O Crass do Mucuripe – tel. 3452.7348 – explica que as situações de moradores de rua não são com eles! Eles atendem casos sociais. Mas, o que é mesmo um caso social?

O rapaz do Crass indica uma sigla que achei giro: Centro Pop (tel. 3105.1024). Igualmente, não sei o que significa. Mas, uma senhora delicada e alegre fez-me um verdadeiro inquérito. Quis saber de tudo! Prometeu que naquela tarde, não seria mais possível: a equipe de abordagem já tinha saído. Mas, amanhã… (Lembrei-me do “fiado só amanhã”). E, até hoje, três dias passados, nada foi feito.

O rapaz da Nunes Valente (vou batizá-lo assim!) continua dormindo ao relento. Abrindo um riso, coçando a cabeça, sem graça e sem o charme da cachorrinha poodle.

E ela? Voltou para dona. Bom mesmo é ter dono!…

Tasso sobe quatro pontos e chega a 58%; Mauro oscila um ponto e fica com 19%

225 1

eleições 2014 datafolha senado 0920

Tasso Jereissati (PSDB) subiu quatro pontos percentuais na disputa pelo Senado no Ceará e lidera com 58% das intenções de voto. Mauro Filho (Pros) oscilou um ponto para baixo e tem 19%. Com o resultado, que integra nova rodada da pesquisa O POVO/Datafolha, diferença entre eles passa de 34 para 39 pontos. Geovana Cartaxo (PSB) e Raquel Dias (PSTU), ambas com 2% no levantamento de 3 de setembro, oscilaram para 1%.

Levando em conta apenas votos válidos, quando se excluem da conta eleitores indecisos e votos brancos e nulos, Tasso tem 74% e Mauro 24%. Nesse cenário, forma oficial como são divulgados resultados da eleição, diferença entre eles é de 50 pontos. Raquel Dias alcançaria 2% e Geovana Cartaxo 1%. Essa é a primeira pesquisa Datafolha a divulgar os votos válidos. A pesquisa foi realizada em 18 e 19 de setembro e ouviu 1,2 mil eleitores. Os números de registro TSE são CE-00022/2014 e BR-00695/2014.

Em comparação com as outras duas pesquisas, única alteração fora da margem de erro – de três pontos para mais ou para menos – é a de Tasso, que foi de 54% para 58%. Eleitores que dizem votar em branco ou nulo oscilaram de 9% para 7%, e número de indecisos foi de 13 para 14 pontos.

Tasso lidera em todos os segmentos de sexo, idade, escolaridade e renda. O pior desempenho do tucano ocorre entre eleitores mais jovens, de 16 a 24 anos (52%). É justamente neste segmento que Mauro vai melhor, alcançando 28%.

Voto descasado

A pesquisa mostra também descasamento entre as eleições para Governo e Senado. Dos eleitores de Camilo Santana (PT), 44% votariam em Tasso para senador. Já o candidato de Camilo, Mauro Filho (Pros), recebe 39% dos votos de eleitores do petista.

Entre eleitores de Eunício Oliveira (PMDB), 83% pretendem votar em Tasso, enquanto 9% dizem votar em Mauro.

Metodologia da pesquisa

O Datafolha ouviu 1,2 mil eleitores entre 18 e 19 de setembro, em 47 municípios do Ceará. A margem de erro máxima é de três pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança considerado é de 95%. Isso significa que, em 100 pesquisas com a mesma metodologia, em 95 os resultados estariam dentro da margem de erro.

A seleção dos eleitores pesquisados é feita por sorteio aleatório. A pesquisa foi contratada pelos jornais O POVO e Folha de S.Paulo. Está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com os números CE-00022/2014 e BR-00695/2014.

(O POVO Online)

Pesquisa: Camilo ganha três pontos, Eunício fica estável e lidera

235 4

eleições 2014 datafolha 0920

A terceira rodada da pesquisa O POVO/Datafolha revela que Camilo Santana (PT) oscilou três pontos percentuais para cima, chegou a 34% e encurtou para sete pontos sua distância para Eunício Oliveira (PMDB) na disputa pelo governo do Ceará. O peemedebista se mantém estável na liderança, com 41% e sem qualquer oscilação depois de duas semanas. O crescimento de Camilo ocorreu tirando votos basicamente de Eliane Novais (PSB) e Ailton Lopes (Psol), que oscilaram negativamente um ponto cada e ficaram com 3% e 1%, respectivamente.

Com 51% dos votos válidos, Eunício poderia hoje ser eleito no 1º turno. Porém, como a pesquisa possui margem de erro de três pontos para mais ou para menos, ainda existe possibilidade de segundo turno no Estado. Essa é a primeira pesquisa Datafolha que traz projeção de votos válidos, forma oficial de divulgação do resultado das eleições e que exclui eleitores indecisos e votos brancos e nulos. Considerando a variação máxima da margem de erro, o peemedebista poderia oscilar entre 48% e 54%.

Segundo turno

A pesquisa simula ainda cenário de segundo turno entre Eunício e Camilo. Pela projeção, o peemedebista venceria com 45% das intenções de voto, contra 37% do petista. Já brancos e nulos somam sete pontos. 11% dos eleitores se declararam indecisos. Os dados acima integram a pesquisa estimulada, quando é apresentada ao eleitor uma lista com os nomes dos candidatos. Neste tipo de pesquisa, 8% dos entrevistados disseram ainda votar em branco ou nulo e outros 13% se afirmaram indecisos.

Já na pesquisa espontânea, quando o eleitor diz em quem pretende votar sem ver lista com nomes, Eunício cresce acima da margem de erro e passa de 19 para 25 pontos. Já Camilo oscila positivamente um ponto, alcançando 19%. Apesar de não disputar eleição, o governador Cid Gomes (Pros) foi outro nome a ser lembrado pelos eleitores, alcançando 1%.

Além de liderar as intenções de voto, Eunício Oliveira também aparece com a menor taxa de rejeição, que permanece estável em 17%. Nessa pesquisa, onde os eleitores dizem em qual candidato não votariam de jeito nenhum, Ailton Lopes e Eliane Novais lideram, com 30% cada. Camilo aparece com 21% de rejeição.

Reta final

Essa é a terceira pesquisa de uma série realizada pelo O POVO em parceria com o jornal Folha de S. Paulo. Ela ouviu 1,2 mil eleitores com em 47 municípios do Ceará, entre os dias 18 e 19 de setembro – uma semana após ciclo de sabatinas do O POVO com candidatos ao Governo.

O levantamento baliza a situação dos candidatos no início da reta final da disputa, com um mês de campanha em rádio e TV e pouco mais de duas semanas até a eleição. A pesquisa foi registrada no TSE sob os números CE-00022/2014 e BR-00695/2014.

(O POVO Online)

Camilo diz que projeto de interiorização de faculdades deve continuar

eleições 2014 pt 0919 aracati

Para o candidato do PT ao governo do Ceará, Camilo Santana, o projeto de interiorização de faculdades, ocorrido nos governos Dilma Rousseff e Cid Gomes, não deve parar.

“Antigamente só quem fazia curso superior era filho de rico. Agora as pessoas têm a oportunidade de uma vida melhor. Esse projeto tem que continuar”, comentou Camilo, durante comício na noite dessa sexta-feira (19), em Aracati, no Litoral Leste do Estado.

(Foto: divulgação)

Eunício e Tasso fazem maior atividade de campanha em Sobral

261 9

eleições 2014 pmdb 0919 sobral

Para alguns integrantes da coordenação da coligação “Ceará de Todos”, uma grata coincidência. Para outros componentes, uma resposta da própria cidade ao sentimento de mudança. Todos, no entanto, concordam que a noite dessa sexta-feira (19) foi o maior ato da campanha Eunício Oliveira (PMDB), ao governo do Ceará, e Tasso Jereissati (PSDB), ao Senado. Em comum, o município de Sobral, na Região Norte do Estado, berço político da família Ferreira Gomes e da vice na chapa adversária, Izolda Cela.

De acordo com a coordenação da campanha, cerca de 10 mil veículos participaram da carreata, entre carros, motos e bicicletas. Os dois candidatos conversaram com eleitores e ouviram críticas quanto ao funcionamento do serviço de saúde, da segurança e da fiscalização de trânsito. Todas as queixas foram registradas para constarem no Plano de Governo de Eunício e na pauta de prioridades de Tasso no Congresso Nacional.

(Foto: divulgação)

PMDB mais uma vez será o grande vencedor

Em artigo no O POVO deste sábado (20), o jornalista Luiz Henrique Campos avalia a postura do vice na chapa de Marina Silva, Beto Albuquerque, do tratamento que será dado ao PMDB, em caso de eleição da candidata do PSB. Confira:

Independente de quem venha a ganhar a eleição presidencial em outubro, PT, PSDB ou PSB/Rede, se alguém tinha dúvida de como seria a atuação do PMDB no próximo governo, esta foi dissipada pelo candidato a vice na chapa de Marina Silva, Beto Albuquerque. Com PT e PSDB já se sabe como será. Mas ao dizer que ninguém governa sem o PMDB, durante entrevista há alguns dias, Albuquerque joga por terra o voluntarismo da sua própria candidata, quando ela propõe expurgar dentro do cenário da nova política, figuras que a sociedade rejeitaria no Congresso Nacional.

Ora, a fala de Albuquerque, aliás, devíamos ouvi-lo mais para entender o que seria um possível governo Marina, é a mais transparente afirmação da impossibilidade de transformar o modelo vigente por meio do diálogo republicano. O PMDB, que não disputa a eleição presidencial com candidato próprio, continuará sendo governo sejam quem for o eleito, porque é a representação pura da sociedade brasileira, com seus erros e virtudes. A diferença em relação aos demais partidos, é que o PMDB não escamoteia sua posição, como PT, PSDB e agora PSB/Rede o fazem.

Partido com maior capilaridade no país, o PMDB não prega a purificação da política, muitos menos vive alardeando a ética em vão. Além disso, mais importante do que determinadas figuras de proa da agremiação, o que vale no PMDB é o método. Erra redondamente quem acha que tirando determinados caciques, modificará esse método. O PMDB assume que nasceu para ser governo e será governo de uma forma ou de outra, ao contrário de alguns partidos que hipocritamente tentam vender ao eleitor ideias que não se concretizarão. No caso do PSB, não custa lembrar que Eduardo Campos prometia, se eleito, despachar o PMDB para a oposição.

Se há restrições ao PMDB na opinião pública, é impossível negar que sem o partido, seja com os bons ou ruins, continuará sendo o grande fiel da balança no Congresso Nacional. Não se governa sem esse partido, e quem tentar confrontá-lo está fadado ao fracasso. Esse é o modelo político que nós temos, e não adianta PT, PSDB ou PSB/Rede quererem jogar para a plateia.

AMC testará tecnologias para gerenciamento de vagas

82 1

A Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e Cidadania (AMC) testará três tecnologias diferentes para gerenciamento das vagas de Zona Azul em Fortaleza, com uso de parquímetro eletrônico, sensores e SMS.

A partir do dia 30, parquímetros eletrônicos serão instalados na Aldeota, no quadrilátero com limites entre o binário e as avenidas Desembargador Moreira e Senador Virgílio Távora. Os motoristas deverão se dirigir ao equipamento e pagar pelo uso da Zona Azul com moedas ou smartcard.

Já na avenida Beira Mar, entre a Desembargador Moreira e a rua Júlio Ibiapina (continuação da Virgílio Távora), a cobrança ocorrerá por SMS. O condutor fará cadastro prévio por telefone e deve enviar torpedo registrando a chegada e a saída à vaga. O valor do estacionamento será debitado em cartão de crédito. Esse sistema começa a ser instalado em 15 de outubro.

A outra tecnologia será com sensores instalados embaixo das vagas da avenida Monsenhor Tabosa, entre a avenida Dom Manuel e a rua João Cordeiro. Usando aplicativo para celulares, os motoristas serão informados de estacionamentos disponíveis na via e realizarão a compra pelo aparelho. A instalação do serviço inicia em 30 de outubro.

Para fiscalizar os espaços, a AMC criou o Núcleo de Gestão de Estacionamento Regulamentado (Nuger). O grupo atuará no controle das vagas rotativas e exclusivas para idosos e pessoas com deficiência. Ao todo, 18 agentes estão responsáveis pelo serviço em rondas a pé e em viaturas. Os trabalhos devem ser expandidos à medida que a sinalização de outras vagas de Zona Azul for alterada.

Em fase posterior, também será readequada a sinalização de outras 172 vagas nas ruas Major Facundo, Floriano Peixoto, General Sampaio, Senador Jaguaribe e Duque de Caxias.

(O POVO)

Dilma diz que erros na Pnad são “inaceitáveis”

118 4

A presidente Dilma Rousseff se mostrou contrariada nessa sexta-feira (19), ao ser informada dos erros na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad). Entre os erros está o índice de Gini, que mede a desigualdade no país. Segundo os dados, em 2012 estava em 0,496 e, em 2013, caiu para 0,495, o que mostra redução na desigualdade, ao invés do aumento  para 0,498, conforme divulgado.

Dilma convocou quatro ministros para dar esclarecimentos à imprensa neste sábado (20). A preside te também determinou uma comissão interministerial para investigar o caso, que classificou como “inaceitável”. De acordo com interlocutores do Governo, a presidente do IBGE, Wasmália Bivar, responsável pelo levantamento, perdeu as condições de permanecer no cargo.

(com agências)

Ceará poderá permanecer no G4 ao final da rodada

143 3

Após empatar com o Avaí, em 2 a 2, na noite dessa sexta-feira (19), na Arena Castelão, pela 24ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, o Ceará voltou ao G4, ao ocupar a quarta colocação na tabela de classificação. A equipe alvinegra terá que acompanhar dois jogos neste sábado (20) para tentar se manter entre os quatro clubes com acesso à Série A de 2015.

O primeiro é Vasco x Náutico, em São Januário. Em caso de derrota da equipe carioca, o Ceará seguirá no G4. A outra partida é Ponte Preta x Oeste, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. Caso a Ponte Preta seja surpreendida pelo Oeste, o time de Campinas ficará abaixo do Ceará pelo número de gols marcados na competição, pois o saldo de gols estará empatado.

Agora é só secar… digo, torcer.

Tasso é o único político cearense chamado para o plano nacional

325 4

eleições 2014 psdb tasso com aécio

Há três programas do candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, que o cearense Tasso Jereissati tem participação. De todos os presidenciáveis, somente Tasso é o único político do Ceará convocado, até o momento, a ajudar na campanha durante o Horário Político Eleitoral.

Candidato do PSDB ao Senado, Tasso se mostra empolgado com a subida de Aécio Neves nas últimas pesquisas.

(Foto: reprodução do Horário Eleitoral de Aécio Neves)

MP investiga sondagem via telefone sobre Cid e escândalo da Petrobras

149 4

O Ministério Público Federal (MPF) está investigando uma sondagem feita via telefone que, por meio de uma gravação, pede a opinião das pessoas sobre recente matéria da revista Isto É que vincula o governador Cid Gomes (Pros) ao escândalo da Petrobras.

“Digite 1, se acredita que o governador está envolvido (no escândalo). Digite 2, se acredita que a denúncia é falsa”, diz a mensagem, que não expõe a pessoa ou órgão que encomendou o questionamento.

Cid Gomes já negou qualquer envolvimento no caso exposto pela revista e atribuiu a reportagem – em que o delator Paulo Roberto Costa teria citado seu nome como um dos beneficiários do esquema – a uma tentativa de prejudicá-lo na atual disputa eleitoral. O governador chegou a pedir na Justiça do Ceará que a revista não circulasse em todo o País. A solicitação foi atendida, mas acabou sendo derrubada pelo STF dois dias depois.

Por meio de nota, a Casa Civil afirmou desconhecimento do envolvimento de Cid com a suposta pesquisa. Além disso, uma advogada do governador entrou, na quinta-feira, 18, com uma representação no Ministério Público Federal (MPF) pedindo a apuração do caso.

Procurador regional eleitoral, Rômulo Conrado considera, a princípio, que haja ilegalidade no processo em que foi estabelecida a pesquisa. “Fora do período eleitoral, esta pesquisa, talvez, não acontecesse. Portanto, dá pra considerar uma propaganda eleitoral negativa em relação ao governador”, analisa o procurador.

Ele destaca ainda outro fator que vai de encontro com o artigo 25 da resolução nº 23.404 do Tribunal Superior Eleitoral (TSE): caso fique comprovado que o questionamento tenha partido de alguém que está no páreo das eleições estaduais, a configuração de propaganda política via telemarketing é ilegal. “É vedada a realização de propaganda via telemarketing, em qualquer horário (Constituição Federal, art. 5º, X e XI, e Código Eleitoral, art. 243, VI)”, prevê o artigo.

Próximos passos

O MPF já começou a apuração da denúncia, a partir da instauração de processo administrativo. Se ficar comprovada irregularidade na sondagem via telefone, uma ação criminal é o próximo passo do Ministério Público.

(O POVO)

Beto quer Fiec voltada para o Nordeste

betostudart

Da Coluna Vertical, no O POVO deste sábado (20):

O presidente eleito da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), Beto Studart, cuja posse ocorrerá às 8 horas da segunda-feira (22), na sede da entidade, durante reunião de diretoria, não só decidiu apostar em profissionalismo na convocação da equipe como priorizará uma agenda de caráter regional.

O documento Integra Brasil, elaborado pelo Centro Industrial do Ceará, após giro de debates pelo Nordeste, Rio, São Paulo e Brasília, direcionará também ações políticas da nova gestão. Beto quer uma Fiec adotando visão macro, ou seja, de olho no Nordeste e mais antenada com questões discutidas no âmbito da Confederação Nacional da Indústria.

Mobilizar o empresariado para questões regionais e procurar envolver a futura bancada federal são prioridades. Pensar grande não faz mal.

Prefeitura entrega “Papel da Casa” a 1,4 mil famílias

122 1

A Prefeitura de Fortaleza, Governo do Estado e o Tribunal de Justiça realizam neste sábado (20) a solenidade de entrega do primeiro lote de registros de imóveis da campanha “Papel da Casa”. O evento será realizado a partir das 9h30min, no Centro de Eventos do Ceará, com a presença do prefeito Roberto Cláudio,  do governador Cid Gomes e presidente do Tribunal de Justiça do Estado, desembargador Luiz Gerardo Brígido.

A iniciativa foi lançada em agosto de 2013, com o objetivo de liberar escrituras que permitem o registro da propriedade definitiva de imóveis construídos em Fortaleza pelo Sistema Financeiro da Habitação (SFH), por meio da Companhia Habitação do Ceará (COHAB).

Serão entregues mais de 1.400 registros às famílias que atenderam ao chamamento da campanha e entregaram a documentação requisitada. Em um esforço para atender ao maior número de famílias do nosso universo de 22.877, este ato é apenas o primeiro momento de resultado da campanha.

A regularização das moradias foi feita com isenção do IPTU, ITBI e taxa da Cohab, além da redução de 70% dos emolumentos cartoriais.

Durante a primeira fase da campanha, as Secretarias Executivas Regionais realizaram reuniões com as famílias, esclarecendo sobre a importância da regularização da casa e documentos necessários para efetivar os procedimentos. Na ocasião, foram montados postos fixos nas Regionais, para receber as documentações.

(Prefeitura de Fortaleza)

Eunício e Camilo têm choque de agenda neste sábado em Morada Nova

Os dois principais candidatos à disputa ao governo do Ceará, Eunício Oliveira (PMDB) e Camilo Santana (PT), têm comício agendado para a noite deste sábado (20), a partir das 20 horas. O problema é que os dois eventos estão marcados para o mesmo município: Morada Nova.

Enquanto Camilo Santana estará com palanque montado no Centro, Eunício Oliveira falará no bairro Padre Assis Monteiro, também conhecido como Várzea.

Outro embaraço á a situação do deputado federal e candidato à reeleição pelo Pros, Domingos Neto. Ele recebe o apoio do prefeito Glauber Castro (PMDB), que também apóia Eunício (governador), Tasso (senador) e Agenor Neto (deputado estadual). Domingos Neto é aguardado no palanque esta noite.

Ceará e outros seis Estados: Governo apurará erros na Pnad

O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão publicou nota na noite dessa sexta-feira (19)  manifestando-se sobre os erros na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), divulgada na quinta-feira (18). O órgão anunciou que vai criar uma comissão formada por especialistas renomados e instituições independentes para analisar a consistência da pesquisa.

Ainda de acordo com o comunicado, será criada comissão de sindicância para apurar as razões dos erros e responsabilidade funcional. Caso esta última fique provada, poderá haver medidas disciplinares, informa a nota. Segundo o texto, a comissão de sindicância será integrada pela Casa Civil, pelos ministérios do Planejamento e da Justiça e pela Controladoria-Geral da União.

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), houve erro em alguns dos resultados informados. O índice de Gini, por exemplo, que mede a desigualdade no país, em 2012 estava em 0,496 e, em 2013, caiu para 0,495, o que mostra redução da desigualdade social. No entanto, inicialmente havia sido divulgado índice de 0,498, o que mostraria aumento do índice.

Ceará e outros seis

O problema ocorreu nos estados do Ceará, de Pernambuco, da Bahia, de Minas Gerais, de São Paulo, do Paraná e do Rio Grande do Sul, onde existem regiões metropolitanas nas capitais e também em outros municípios, e levou à mudança nas análises nacionais, além das regionais.

(Agência Brasil)