Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Safra 2014 – Nova estimativa indica produção 2,3% superior ao alcançado ano passado

“A sexta estimativa da safra nacional de cereais, leguminosas e oleaginosas deste ano deverá ser de 192,5 milhões de toneladas, com crescimento de 2,3% em relação a safra do ano passado de 188,2 milhões de toneladas. Os dados fazem parte do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola de junho, divulgado hoje (9), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Segundo o IBGE houve um pequeno crescimento de 0,1% nas estimativas de junho, comparativamente a maio.

Os números divulgados indicam que houve crescimento de 6,6% na estimativa da área a ser colhida em 2014, que chegará a 56,3 milhões de hectares, contra os 52,9 milhões da área colhida no ano passado e 0,2% em relação a maio. Os destaques nas estimativas divulgadas ficou por conta de três produtos: arroz, milho e soja, que somados, representaram 91% da produção nacional e responderam por 85,1% da área a ser colhida.”

(Agência Brasil)

Chitão do Massapê terá “Aviões do Forró”

224 7

antonijose

A cidade de Massapê (Zona Norte) abrirá, nesta quinta-feira à noite, seu tradicional chitão. Segundo o prefeito Antonio José Albuquerque (Pros), será “um dos mais animados do Estado”.

O Chitão vai se estender até domingo com festival de quadrilhas juninas, barracas com bebidas e comidas típicas e atrações musicais como a banda “Aviões do Forró”.

Fortaleza precisa de um plano de urbanização à altura do seu tamanho

Com o título “Fim de festa”, eis artigo do professor José Borzacchiello, que pode ser conferido no O POVO desta quarta-feira. Ele fala sobre Fortaleza pós-Copa. Ou seja, com o fim da maquiagem e inicio da campanha eleitoral, os problemas urbanos retornarão à cena com maior visibilidade. 

Os jogos da Copa do Mundo em Fortaleza projetaram a cidade e o Ceará e permitiram a construção de olhares, depoimentos e imagens positivas do modo cearense de ser e de fazer. Esse saldo positivo deve ser tratado com muito cuidado. Nem tudo é o que parece. Com o fim da Copa e início da campanha eleitoral, a maquiagem que transfigurou a cidade no período da competição se desmancha e os problemas urbanos retornam à cena com maior visibilidade. O que fica, certamente, é a certeza que o cearense continua simpático e hospitaleiro, tendo recebido muitos elogios de brasileiros de vários estados e povos de várias nacionalidades. Aos poucos, os vestígios da festa desaparecerão. No palanque ela será sempre lembrada com imagens lindas. Não faltarão aquelas da Fan Fest, do aterrinho e as que consagraram Fortaleza como o epicentro do nacionalismo com a capela do hino nacional que empolgou os jogadores na Copa das Confederações e acabou se repetindo na Copa, em todos os estádios onde nossa seleção jogou. Também estará no palanque a cobrança pelas obras que não foram realizadas e as incompletas do plano de mobilidade urbana. Questionarão também, a inadequação de políticas de remoção da população das áreas atingidas pelas obras.

Passada a Copa, espera-se que os candidatos contemplem, em suas plataformas políticas, uma ampla e séria discussão sobre a cidade e o urbano no Ceará. É urgente que se pense em Fortaleza e sua região metropolitana, considerando sua forte concentração demográfica, seu potencial econômico e as múltiplas atividades ai desenvolvidas. Desde o Planefor, a região metropolitana de Fortaleza tem sido esquecida. Esta apresenta um nível de complexidade a ser esmiuçado pelos pesquisadores, políticos e planejadores. Fortaleza firma-se fortemente no cenário metropolitano, ampliando seu raio de influência direta e incorporando novas funções. Seu crescimento acelerado interfere sobremaneira no território à sua volta, provocando a expansão da malha viária, de infra-estrutura, de equipamentos e serviços, nem sempre concebidos e executados a partir de um plano de gestão.

Fortaleza é muito importante no cenário urbano brasileiro, entretanto, não possui uma urbanização à altura de seu tamanho demográfico e de seu peso funcional. Quando comparada com outras praças de porte idêntico, sua importância comercial e de polo de prestação de serviços se destaca. Não se pode negligenciar seu território metropolitano que contém quinze cidades e uma multiplicidade de atividades como distrito e corredor industrial, complexo porto/industrial, aterro sanitário, reservatórios e estações de tratamento de água para abastecimento de Fortaleza, potencial paisagístico e importantes polos turísticos ligados ao mar, às serras e ao sertão. Isso e muito mais vem à tona quando se discute sucessão política no Ceará. É fim de uma festa e começo de outra.

* José Borzacchiello

borza@secrel.com.br

Geógrafo e professor da UFC.

Aumento do FPM – Danilo Forte cobra pressão dos prefeitos

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=FHyncdP_WJc&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

A Comissão Especial do Congresso que trata sobre a emenda constitucional que aumenta em 2% o repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) continua em banho-maria. Segundo o deputado federal Danilo Forte (PMDB), relator da matéria, porque o governo federal não tem interesse.

A emenda deve ser votada na Comissão Especial do FPM terça-feira próxima, segundo prevê Danilo Forte, a partir de um trabalho de pressão dos prefeitos. A ordem é garantir quorum para a votação do parecer do peemedebista.

Reunião da CPI da Petrobras é transferida para a próxima semana

O presidente da CPI da Petrobras, senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), adiou para a próxima terça-feira (15) as reuniões da comissão previstas para esta quarta-feira (9), destinadas a ouvir o presidente do Sindicato dos Petroleiros do Norte Fluminense (Sindipetro-NF), José Maria Rangel, que denunciou falhas de segurança em plataformas de exploração de óleo e gás da estatal, e o gerente-geral de Implementação de Empreendimentos da Petrobras, Glauco Colepicolo Legati, para tratar da construção da refinaria de Abreu e Lima, em Pernambuco.

Segundo o comunicado do presidente da CPI, o adiamento se deu pela dificuldade de deslocamento enfrentada pelos membros do colegiado, devido à realização dos jogos da Copa do Mundo de Futebol, e à não previsão de sessões deliberativas nesta semana no Senado e na Câmara.

(Agência Senado)

Ministro diz que transposição terá celeridade neste período de pouca chuva

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=QhAZc_lcZwY[/youtube]

O ministro da Integração Nacional, Francisco Teixeira, afirmou, nesta quarta-feira, que o projeto da transposição das águas do rio São Francisco deve ganhar maior celeridade neste restante do ano. Isso, porque acabou a greve dos operários no lote do empreendimento que cruza a Região do Cariri cearense, houve aumento do número de trabalhadores para 11.500 e a chuva, que pouco ocorre neste período do ano, embora “seja sempre bem-vinda”, não vai atrapalhar o andamento das obras.

A ordem agora, de acordo com o ministro, é acelerar o cronograma do projeto, dentro da meta estipulada pelo governo federal de concluir a transposição até fim de 2015.

Francisco Teixeira, indagado sobre a perspectiva de que a seca possa perdurar no Nordeste, afirmou que o quadro causa preocupação. ‘Tenho 30 anos trabalhando na área hídrica e nunca vi uma seca perdurar três anos como estamos vendo”, acentuou o ministro, observando que o governo federal trabalha para garantir o abastecimento de água e, como ação preventiva, financia adutoras,

Sobre o nível dos reservatórios do Nordeste, Francisco Teixeira reconheceu que a situação é de preocupação e que já há vários municípios “racionalizando” o uso da água. Ele observou que em 2012 o nível de acumulo nos açudes era de 62%. Ano passado, caiu para 42% e, neste ano, atingiu percentual variando entre 30 e 32 por cento. “É preciso uma gestão eficaz das reservas”, disse o ministro.

Instrutores de autoescolas entram no sétimo dia de greve

Os instrutores de autoescolas de Fortaleza completam, nesta quarta-feira, o sétimo dia de greve. A categoria reivindica o reajuste salarial de 35%, o que compensaria perdas dos últimos quatro anos.

Também o cumprimento de cláusulas previstas na Convenção Coletiva de Trabalho como Auxilio Funeral, Plano de Saúde e a assinatura da carteira de trabalho como instrutor teórico.

Copa 2014 – O jogo Argentina X Holanda promete emoções

“As seleções da Holanda e Argentina entram em campo hoje (9), às 17 horas (horário de Brasília), no Estádio Itaquerão em São Paulo, para decidir quem enfrentará a Alemanha na final da Copa do Mundo. Independentemente do vencedor, uma final será reeditada. Os alemães enfrentaram a Argentina nas finais de 1986 e 1990, com uma vitória para cada lado. Holandeses e alemães decidiram o título em 1974 e os germânicos levaram a taça.

Para conseguir a revanche, a Holanda aposta nas jogadas em velocidade com Robben. O camisa 11 holandês tem como principal arma a corrida em disparada pelo lado direito do campo para, em seguida, passar a bola ou chutar com a perna esquerda. As jogadas com Robben, Sneijder e Van Persie são uma grande ameaça à defesa argentina que, apesar de contestada, teve bom desempenho na última partida, contra a Bélgica. O primeiro título mundial passa antes pelos argentinos.

Eles contam com Messi, precisam dele. Sem Di Maria, machucado, o camisa 10 argentino é a esperança, quase solitária, dos nossos vizinhos de chegarem à final. Os torcedores também esperam boa atuação de Higuaín. O centroavante argentino conseguiu, finalmente, marcar um gol e ter boa atuação contra a Bélgica.”

(Agência Brasil)

Eleições 2014 – PMDB reforçará campanha após a Copa

foto eunício mnova futebol

O candidato a governador pelo PMDB, Eunício Oliveira, não cumprirá agenda externa nesta quarta-feira, segundo sua assessoria de imprensa. Vai aproveitar para planejar novas atividades.

Para o PMDB, a campanha mesmo só vai começar a partir da próxima semana. Ou seja, Eunício espera começar a “bater um bolão” mais direto mesmo com o eleitorado, só depois que o clima de Copa for embora.  Por enquanto, preliminares.

(Foto – Divulgação)

Dilma passa em branco

Da Coluna Radar, da Veja Online:

Nada consta para o dia de hoje na página do site do Palácio do Planalto em que a agenda de Dilma Rousseff é divulgada.

Não se sabe se Dilma cancelou o que estava programado ou se os responsáveis pela agenda e pelo site estão atordoados até agora com a pancada de ontem na Copa.

A Saudade de Plínio de Arruda Sampaio

255 1

plinioooarrda

Será enterrado às 15 horas desta quarta-feira, no Cemitério Araçá, em São Paulo, o corpo de Plínio de Arruda Sampaio, que foi candidato a presidente da República em 2010 pelo Psol. O socialista estava internado há mais de um mês para tratar de câncer nos ossos e morreu nessa terça-eira, no Hospital Sírio-Libanês.

Plínio de Arruda Sampaio era um dos políticos brasileiros mais identificados com a bandeira da reforma agrária e definido como o ícone da esquerda católica.

O velório ocorre na Igreja de São Domingos, em Perdizes, Zona Oeste da Capital paulista.

Presença do amigo

Seguidor das lições de Plínio de Arruda Sampaio, o vereador João Alfredo (Psol) acompanhará, em São Paulo, nesta quarta-feira, velório e enterro daquele que ajudou a criar o PT, quando voltou do exílio, e a fundar o Psol, por divergir dos petistas.

João Alfredo lamenta a perda de Plínio de Arruda Sampaio, um político socialista que sempre demonstrou, por seus atos, ser “um verdadeiro patriota”.

Tasso e o empréstimo

134 2

bsimarcck

Bismarck hoje é titular da Setur no governo cidista.

Em sua declaração de bens encaminhada à Justiça Eleitoral, o candidato ao Senado, Tasso Jereissati (PSDB), informou empréstimo de R$ 100 mil ao hoje secretário estadual do Turismo, Bismarck Maia.

Tasso teria emprestado esse dinheiro para Bismarck, quando de campanha para deputado federal pelo PSDB. Hoje o cenário é outro: ambos estão em lados opostos.

Mas Bismarck não se afastou do cenário eleitoral. Recrutou o filho, Eduardo Bismarck, para disputar cadeira de deputado federal pelo Pros.

Prefeito Roberto Cláudio busca em Brasília recursos para saneamento e habitação

55 1

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=FzPtg5E-cZk&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (Pros), seguiu, nesta quarta-feira, para Brasília. Na agenda dele, reuniões no Ministério do Planejamento, Banco do Brasil e Secretaria do Tesouro Nacional. O destaque é para o fechamento com Banco do Brasil de um financiamento de R$ 107 milhões para construir 15 mil moradias, dentro do Programa Minha Casa, Minha Vida.

Roberto Cláudio aproveitou para falar sobre uma série de obras no plano da mobilidade. Ele diz que espera lançar ainda neste mês a licitação do projeto que vai mexer com a Praça Portugal. O prefeito adiantou que neste mês ainda iniciara obras como a construção do túnel da Avenida Padre Antonio Tomás com Virgílio Távora, bem como o viaduto da Avenida Silas Munguba sobre a Avenida Germano Frank.

RC também falou sobre eleições e destacou a chapa do PT/Pros, que tem á frente Camilo Santana, como “avanço” de ações importantes tocadas pela atual gestão estadual. O prefeito, indagado se não temeria o candidato do PMDB ao Governo, Eunício Oliveira, ex-aliado, evitou polêmica. Disse que o correto é deixar o povo tomar sua decisão.

O escândalo e as muitas faces que não podemos perder de vista

Da Coluna Política, no O POVO desta quarta-feira (9), pelo jornalista Érico Firmo:

A observação da realidade, sobretudo quando envolve paixões, torna difícil que se enxergue meios termos. Entre o branco e o preto, a vida possui escalas acinzentadas. Nuances possíveis entre extremos.

A Fifa era tratada como inimiga pública número um e a Copa do Mundo era, por isso, maldita. A competição começou e os excelentes jogos, a organização que não compromete, o clima que se cria, o fascínio do futebol e, como por encanto, tudo fica ótimo, a Copa deixa de ter qualquer problema e a Fifa passa a ser legal. Não é assim.

E o Brasil ajuda a desvendar um dos muitos casos obscuros dos quais a entidade máxima do futebol é acusada. Irregularidades em ingressos envolvendo gente próxima demais a figurões da federação internacional de futebol não começaram aqui.

Mas podem sofrer seu maior baque em terras brasileiras. Em mais um exemplo da complexidade a que me refiro, o fato de a Copa ser no Brasil expôs uma face obscura que envolve o comando da Fifa. Afinal, as relações entre as esferas não são tão simples.

Beto e os apóstolos

Da Coluna Vertical, no O POVO desta quarta-feira (9):

O presidente eleito da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), Beto Studart – que só assume a missão no dia 22 de setembro -, vem cumprindo uma agenda prévia de trabalho com o objetivo de congregar ainda mais os segmentos do setor produtivo e buscar subsídios para sua gestão.

Ele recebeu nessa terça-feira (8), na sede da BSPar Incorporações, empresa do seu grupo, uma comitiva de universitários cearenses e alunos da Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA) engajados no Programa Apóstolos da Inovação.

Beto conheceu mais detalhadamente esse programa que fomenta o intercâmbio e busca potencialização de oportunidades de negócios. Esses universitários, crânios no plano tecnológico, oferecem esses horizontes para a economia cearense. O programa já está na quinta edição e ações interessantes do gênero já saíram do papel ou estão em andamento.