Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Pra frente, Brasil!

64 5

Em artigo no O POVO deste sábado (10), o médico, antropólogo e professor universitário Antonio Mourão Cavalcante sugere apoio à Copa, para somente depois o brasileiro cobrar o que foi feito de errado. Confira:

Quando foi anunciada a possibilidade do Brasil sediar a Copa do Mundo, fui um dos primeiros brasileiro a tomar uma posição contrária. Eu tinha acompanhado o evento na África do Sul – sobretudo os bastidores – com tudo aquilo que a Fifa teima em esconder. A coisa tinha sido um desastre. Tanto do ponto de vista econômico, como social.

Não acreditava que no Brasil seria diferente. Lembro a alegria do governo brasileiro saudando a escolha da Fifa. Nossos dirigentes. Lula à frente, saudaram a escolha como um grande feito nacional.

É só consultar os arquivos do O POVO que lá tem artigo meu alertando para o futuro estrago…

Não deu outra. Os exemplos negativos ainda se multiplicam: obras atrasadas, superfaturadas, privilégios descabidos para a Fifa, corrupção desenfreada. Até a lei foi alterada para que houvesse menos controle e fiscalização. Lavaram a burra.

Agora, dez de maio, a situação é outra. Estamos a poucos dias do início da Copa. O Brasil é a sede e todos os olhares do mundo se voltam para nosso País.

Pois, com a mesma força que fui contra, que disse que seria um evento desmedido para a nossa realidade. Entretanto, diante desta circunstância, não podemos deixar de apoiar a Copa.

Não que a minha opinião tenha mudado. Não que as falcatruas devam ser esquecidas. Mas, simplesmente o contexto – o aqui e agora – é outro. O que está em jogo no momento é a imagem do próprio Brasil. Essa roupa suja, claro que devemos lavar e até com creolina, mas não agora. Não podemos comprometer a imagem nacional com querelas internas. Não são forças externas que devem nos salvar…

Essa história de “Não à Copa” não tem cabimento. Não dá mais para impedir. Ademais, seria um oportunismo muito mesquinho querer ajustar contas nesse momento.

Em 1970, marca forte dos Anos de Chumbo, o Brasil sagrou-se campeão do mundo, no México. Lembro que vibramos. Lembro que ficamos muito felizes… e jamais associamos o êxito da Seleção com os óculos escuros do Garrastazu Médici…

Na verdade, amigo, o Brasil é maior que os poderosos de plantão. Vestirei minha camisa verde-amarela e vibrarei com toda força dos meus pulmões. Nelson Rodrigues tinha razão: “A Seleção Brasileira é a pátria de chuteiras”. E, fim de papo!

O segundo linchamento de Fabiane de Jesus

Da coluna Política, no O POVO deste sábado (10), pelo jornalista Plínio Bortolotti:

A trágica morte de Fabiane Maria de Jesus, linchada por pessoas iguais a ela, do mesmo bairro, da mesma condição social, está sendo usada na disputa política insana que conspurca a vida do país. Esse tipo de fenômeno grotesco – sobre o qual nem estudiosos do assunto conseguem chegar a conclusões definitivas – virou campo de disputas rasteiras, ilações simplificadas e acusações aleatórias, porém com destino certo.

Os linchamentos não começaram agora. Sempre existiram, infelizmente, sob qualquer governo, sob quaisquer condições. Uma das certeza que se pode ter sobre linchamentos é que atingem as pessoas mais pobres, como afirma a pesquisadora Ariadne Natal, do Núcleo de Estudos de Violência da USP (NEV-USP). Ela analisou 389 de linchamentos acontecidos na cidade de São Paulo e região metropolitana, entre 1980 e 2009. (O número refere-se aos casos estudados, portanto podem ser maiores, mas observem: a média é de 13 casos por ano nos 30 anos examinados, somente na região metropolitana de São Paulo, sob diferentes governos, tanto nas cidades como no país.)

A pesquisadora reconhece que “a tese da ineficiência do Estado é um dos componentes que ajudam a explicar esses crimes. Mas há também a própria dinâmica das relações sociais nesses locais, onde as pessoas se conhecem e as informações transitam com maior facilidade” (grifei) . Ela diz ainda que o uso da violência para a resolução de conflitos é prática recorrente na sociedade brasileira. A pesquisadora falou à Agência Brasil; vale a pena ler a reportagem (http://migre.me/j7egj).

Apesar da complexidade do assunto, com a ligeireza de quem participa de um linchamento, colunistas “de grife” e alguns jornais do “sul” culpam o PT e o governo pela morte da dona de casa. O jornal O Globo (editorial de 7/5), por exemplo, vincula o linchamento ao “péssimo exemplo dado por partidos políticos, do PT ao PSDB, pelo envolvimento de correligionários em casos de corrupção”. Porém, dá um jeito de jogar a maior responsabilidade na conta do Partido dos Trabalhadores: “O mau exemplo do PT chega a ser mais daninho, por ter conquistado o poder com a aura de extrema seriedade e honestidade. Ao trair as promessas de defesa intransigente da ética, dá grande contribuição, infelizmente, ao descrédito da população diante dos poderes constituídos”.

Por sua vez, militantes cegos da “esquerda” querem jogar a responsabilidade nas costas da jornalista Rachel Sheherezade, sobre a “imprensa burguesa” e na “direita”, de modo geral. Vejam o post do o ex-deputado petista Luiz Eduardo Greenhalgh no Twitter (6/5/2014): “Mulher massacrada no Guarujá por um punhado de celerados do Facebook é fruto da crueldade fascista de gente como essa Sheherazade”. Ainda que a jornalista tenha declarado ser “compreensível” fazer justiça com as próprias mãos – e mereça ser criticada por isso -, vai uma distância muito grande responsabilizá-la pela morte de Fabiane.

Poderia dar dezenas de outros exemplos, de um lado e de outro, porém creio que bastam os dois, representativos da desqualificação que acomete os contendores, com todos querendo apoderar-se do corpo supliciado de Fabiane para melhor servir a seus interesses políticos.

Os que agem assim estão promovendo um segundo linchamento de Fabiane Maria de Jesus.

Eunício se diz “convocado” pelo PMDB

91 1

foto eunicio crateus 140510

Na semana em que Luiz Felipe Scolari convocou os 23 atletas para a disputa da Copa do Mundo no Brasil, o pré-candidato ao Governo do Ceará, Eunício Oliveira, apresentou na manhã deste sábado (10), em Crateús, no sertão do Estado, a 350 quilômetros de Fortaleza, a camisa de sua “convocação” às eleições de outubro próximo.

Com a camisa personalizada e com o 15 (número da legenda) nas costas, Eunício se diz “convocado” pelo PMDB para a disputa ao Palácio da Abolição. O dirigente estadual do partido comparou a sua disposição a de um atleta que corre o campo todo, da defesa ao ataque.

Eunício Oliveira, antes de entrar em “campo”, comanda o 12º Ciclo de Encontros Regionais do PMDB, no Clube Caça e Pesca, onde ocorre um debate das dificuldades da região, principalmente a renegociação das dívidas rurais, quando a principal atividade econômica do município é a agricultura.

Cearense é preso com quadrilha de assaltantes de bancos do Paraná e Piauí

Um cearense, três piauienses e três paranaenses foram presos nessa sexta-feira (9), em Teresina, acusados de assaltos a bancos e caixas eletrônicos. A quadrilha foi detida na operação “Rapina”, executada por policiais do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco).

Segundo a Polícia, os assaltantes costumavam agir nos estados do Piauí e Maranhão. De acordo ainda com a Polícia, mais pessoas devem ser presas por cumprimento de mandados judiciais no Piauí e Ceará.

(com agências)

Polícia diz que manifestação no Centro foi planejada por vândalos

85 2

opovo polícia manifestação 140509

Em nota enviada ao Blog, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social diz que perfis de manifestantes orientam para enfrentamento com a Polícia. Confira:

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informa que, com relação à manifestação realizada no Centro de Fortaleza, na tarde dessa sexta-feira (9), marcada pelas redes sociais e que vinha sendo monitorada, revelou-se que a ação, infelizmente, foi planejada e marcada com o objetivo de promover atos de vandalismo, de depredação do patrimônio público e privado, além de agressão a policiais. Verificou-se que vários perfis em redes sociais traziam instruções de como se portar durante o enfrentamento que ocorreu na ocasião.

Assim, ao invés de acontecer uma manifestação democrática e pacífica, o movimento se revelou criminoso.  Durante o ato, policiais registraram a participação de pessoas encapuzadas, a utilização de baladeiras, bombas caseiras, pedras e paus. Dezesseis pessoas foram detidas, sendo sete adultos, que foram encaminhados ao 34º DP, e nove adolescentes, que seguiram para a Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA), inicialmente sob acusação de crime contra a paz pública. Um policial foi ferido, após ser atingido por uma pedra.

(Foto: Fco Fontenele / O POVO)

Pracinha da 13 de Maio será entregue em meio à multidão na festa de Nossa Senhora de Fátima

foto nsfátima pmoska

Véspera ao Dia das Mães e a três dias para a festa de Nossa Senhora de Fátima, eis o nosso Paulo MOska registrando a santa na manhã deste sábado (10).

Aliás, no dia da santa, 13 de maio, próxima terça-feira, o prefeito Roberto Cláudio entrega a praça da Igreja de Fátima toda reformada. Uma multidão de fieis acompanha as missas na igreja, todo 13 de maio.

Ciro diz que Pros quer trocar ministro Teixeira por um ‘corrupto’

100 3

A crise interna no Pros por conta da disputa em torno do Ministério da Integração Nacional ganha contornos cada vez mais graves. Nessa sexta-feira (9), o secretário estadual da Saúde, Ciro Gomes, afirmou que seu próprio partido está colocando “a faca no pescoço da presidente (Dilma) para nomear corrupto interessado em roubar e não em fazer políticas públicas decentes”. Dirigentes do Pros não aceitam a permanência de Francisco Teixeira -nome ligado ao governador Cid Gomes (Pros) – no cargo, e ameaçam sair da base da presidente Dilma Rousseff caso a troca não seja realizada.

Ciro chegou a ameaçar deixar o Pros, afirmando que não aceita o participar “de um partido que use a chantagem como ferramenta de luta política. Não aceito!”. A declaração do ex-governador foi feita durante visita do ministro da Saúde, Arthur Chioro, ao Hospital Geral de Fortaleza (HGF).

Seu irmão, Cid Gomes, já havia classificado como “chantagem” a pressão do Pros nacional. “Abomino qualquer tipo de chantagem. Saí do PSB porque o partido resolveu ter candidatura à Presidência e eu não concordei. Minha condição (para entrar em outro partido) era o apoio a Dilma. E o Pros garantiu apoio a Dilma”, disse.

Ciro Gomes ainda mandou um recado para o líder do Pros na Câmara dos Deputados, Givaldo Carimbão (AL), que disse em uma entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo ter conversado com o ministro Aloizio Mercadante (Casa Civil) sobre a substituição de Teixeira por um “militante do Pros”. “Não aceito e estou avisando ao senhor Carimbão, que está querendo nomear um corrupto para o Ministério da Integração. Esse camarada de Alagoas cujo nome eu não sei”, enfatizou.

O “camarada” ao qual Ciro Gomes se refere é Marco Fireman, ex-secretário de Infraestrutura do governador de Alagoas, Teotônio Vilela (PSDB) e presidente do PSDB de Maceió. Já Teixeira assumiu a Integração no ano passado, após consulta de Dilma a Cid. Ele substituiu Fernando Bezerra, que saiu do cargo após seu partido, o PSB, romper aliança com Dilma Rousseff.

O POVO tentou entrar em contato com Marco por meio da assessoria do PSDB-Maceió, mas nenhuma das ligações foram atendidas. A reportagem também tentou falar com o deputado Carimbão, mas sua assessoria informou que ele estava em uma reunião com o governador de Alagoas. A assessoria preferiu não se manifestar sobre a declaração dos irmãos Ferreira Gomes.

(O POVO)

Em queda, Dilma diminui influência junto ao eleitorado em palanques estaduais

Da Coluna Vertical, no O POVO deste sábado (10):

Um indicador chamou a atenção na recente pesquisa sobre as eleições divulgada pelo Ibope. Trata-se da queda da preferência da presidente Dilma Rousseff junto ao eleitorado cearense. Em março, em pesquisa divulgada pelo mesmo instituto, ela tinha 66% da preferência da população. Nesta última, perdeu 8 pontos, passando para 58%.

O Ceará foi um dos estados de maior votação da presidente em 2010. Nesta mesma linha de queda, vem a redução da influência na decisão do eleitorado. Na pesquisa anterior, 56% dos eleitores apontaram que o apoio de Dilma aumentaria a decisão de votar em determinado candidato. Na recente enquete, o número caiu para 49%. Na outra ponta, antes, 14% do eleitorado afirmou que a influência da presidente diminuiria a vontade do eleitor votar no seu candidato. Agora, esse número passou para 18% – aumentando o segmento que não sofrerá influência da petista.

Nessa sexta-feira (9), em pesquisa do Datafolha, os novos números divulgados atestam que diminuiu a chance da vitória da presidente no primeiro turno.

Pais de alunos reclamam da qualidade da merenda nas escolas em Itapipoca

81 1

Após a incineração de quase duas toneladas de carne estragada, que seriam servidas na merenda escolar no município de Itapipoca, na Região Norte do Estado, a 130 quilômetros de Fortaleza, a população reclama da qualidade da merenda em algumas escolas da cidade.

Em contato com o Blog, pais de alunos reclamam que, há semanas, crianças que anteriormente merendavam achocolatados, sucos e carne, agora algumas escolas servem somente sopa.

De acordo ainda com os pais de alunos, a Prefeitura de Itapipoca teria pago antecipadamente cerca de R$ 1 milhão a três empresas que estariam responsáveis pelo fornecimento dos produtos da merenda escolar. A empresa encarregada pelo fornecimento da carne ainda não se pronunciou se irá ressarcir o município pela carne estragada ou se entende que o problema foi de armazenamento. O laudo pericial do produto incinerado ainda não foi concluído.

Sinduscon-CE alega que reajuste de 17% é superior em mais de 300% do INPC do período

Em nota enviada ao Blog, o Sindicato das Indústrias da Construção Civil do Estado do Ceará (Sinduscon-CE) diz que mantém diálogo com a categoria dos trabalhadores, mas que acordo não está fácil. Confira:

O Sinduscon-CE esclarece que continua aberto ao diálogo, já tendo participado de cinco rodadas de negociações intermediadas pela Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE).

No entanto, não foi possível chegar a um acordo, uma vez que o Sindicato dos Trabalhadores, ligado ao movimento CSP-Conlutas (PSTU), insiste na defesa de uma pauta de 17% de reajuste nos pisos, valor superior em mais de 300% do INPC do período, que nos últimos doze meses foi de 5,39%.

Além de outras reivindicações, como: plano de saúde, criação de estacionamento nos canteiros de obra e auxílio combustível para veículos, cota para mulheres, auxílio creche que, somados a outros benefícios, chegam a representar mais de 50% de aumento, as empresas da construção civil apresentaram propostas com aumentos reais, sendo o reajuste no piso de 6%, além de outros benefícios.

Proposta de desmilitarização da polícia mobiliza internautas nas redes sociais

52 1

A polícia deve ser desmilitarizada? Esse debate está mobilizando milhares de internautas nas redes sociais graças à enquete promovida pelo site do Senado a respeito da proposta de emenda à Constituição 51/2013, do senador Lindbergh Farias (PT-RJ), que reorganiza as forças policiais extinguindo o seu caráter militar e determinando que atuem tanto no policiamento ostensivo quanto nas investigações dos crimes.

O post divulgado pela página Notícias do Senado no Facebook na quarta-feira (7) já teve mais de quatro mil compartilhamentos e mais de 500 comentários de internautas manifestando sua opinião sobre o tema.

A reformulação do aparato de segurança pública dos estados voltou a ser defendida por setores da sociedade depois dos casos de violência policial ocorridos durante as manifestações de junho de 2013 e outros, como o da morte de Cláudia Ferreira, que foi arrastada depois de cair da viatura que supostamente a levava para um hospital no Rio de Janeiro.

A PEC 51/2013 estabelece que cada Estado poderá organizar suas forças policiais da forma mais adequada, usando critérios territoriais, de tipos de crimes a seres combatidos ou combinando as duas formas, desde que tenham sempre caráter civil e atuem no ciclo completo da atividade policial, isto é, na prevenção e na investigação de crimes. O autor, Lindbergh Farias, afirma na justificação da proposta que a desmilitarização dará maior autonomia aos agentes, ao mesmo tempo em que permitirá maior controle social da instituição.

A enquete já recebeu mais de 25 mil votos. A sistemática de votação foi alterada recentemente para evitar a interferência de robôs, programas que simulam pessoas e alteram o resultado da pesquisa. Para se manifestar, agora é necessário validar o voto clicando em um link enviado ao e-mail do internauta. A enquete permanecerá ativa até o dia 15 de maio. Clique aqui para votar.

(Agência Senado)

Dilma defende crédito subsidiado para melhorar serviços públicos

A presidente Dilma Rousseff defendeu nessa sexta-feira (9), em Curitiba, a concessão de crédito subsidiado, como os empréstimos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), rebatendo os que criticam essa modalidade de financiamento.

“Ao contrário do que alguns dizem por aí, trata-se de subsídio, e subsídio é necessário no Brasil sim. Há que subsidiar vários segmentos, porque senão não tem obra não”, declarou Dilma durante discurso.

A presidente reconheceu que, apesar de o Brasil ter aumentado a renda da população nos últimos anos, não investiu como deveria nos principais serviços públicos, como a mobilidade urbana.

(Agência Brasil)

Ministro do STF afirma que privilégios a presos geram revolta e indignação

O ministro Marco Aurélio, do Supremo Tribunal Federal (STF), disse nesta sexta-feira (9) que tratamento diferenciado a detentos gera revolta e indignação no sistema penitenciário. Apesar da frase, o ministro evitou comentar o caso da filha do ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, que furou fila para visitar o pai no Presídio da Papuda.

“Em penitenciária, até pela superpopulação, pelas condições que são desumanas, é uma panela de pressão. Gera indignação e gera revolta pelo tratamento diferenciado. Os denominados reeducandos devem ter o mesmo tratamento. Não me refiro ao caso concreto, mas me refiro em geral”, disse o ministro.

Em nota divulgada hoje (9), o governo do Distrito Federal disse que vai apurar o caso. A nota foi divulgada após reportagem do jornal Folha de S.Paulo revelar que Joana Saragoça, foi levada ao presídio em um carro da Subsecretaria do Sistema Penitenciário, órgão que gerencia os presídios do Distrito Federal.

De acordo com a reportagem, Joana não precisou enfrentar a fila de parentes que aguardam pela revista corporal e a autorização para entrar no presídio. A visita ocorreu na quarta-feira (7).

Dirceu

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, negou nesta sexta-feira o pedido feito pelo ex-ministro da Casa Civil José Dirceu de deixar o Presídio da Papuda (DF) durante o dia para trabalhar em escritório de advocacia em Brasília.

Barbosa entendeu que Dirceu não pode trabalhar fora do presídio por não ter cumprido um sexto da pena de sete anos e 11 meses de prisão em regime semiaberto, definida na Ação Penal 470, o processo do mensalão.

(Agência Brasil)

Crateús é o 12º município e receber encontro do PMDB

O PMDB realiza na manhã deste sábado (10), a partir das 9 horas, no Clube Caça e Pesca, no Centro de Crateús, no sertão do Ceará, a 350 quilômetros de Fortaleza, o 12º Ciclo de Encontros Regionais do partido. O evento terá à frente o presidente do PMDB e pré-candidato ao Governo do Estado, Eunício Oliveira.

Segundo lideranças do partido, o encontro irá debater as dificuldades da região, principalmente a renegociação das dívidas rurais, quando a principal aticidade econômica do município é a agricultura.

TRE-CE nega pedido do Pros para retirada de propaganda do PSDB

80 3

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) negou no fim da tarde desta sexta-feira (9) o pedido do Pros para a retirada da propaganda eleitoral do PSDB, que apresenta os números da violência do Estado. A representação impetrada pelo Pros rebatia a análise tucana de uma crise na segurança pública no Ceará.

O desembargador Antonio Abelardo Benevides, corregedor regional eleitoral, disse em seu despacho que “não vislumbro nos autos uma prova robusta da distorção ou falsiamento dos fatos veiculados pelo representado nas inserções questionadas”.

Com relação à nota de esclarecimento apresentada pelo Pros, de um estudo global de 2013, emitida pelo escritório da ONU, sobre drogas e crimes, o desembargador afirmou em seu despacho que o documento “se mostra frágil para fundamentar a suspensão imediata da divulgação da propaganda partidária”.

Heitor questiona artigo de Cid e diz que Ceará vive epidemia de homicídios

83 1

foto heitor ferrer

O deputado Heitor Ferrer(PDT) criticou nesta sexta-feira (9) o governador Cid Gomes, na Assembleia Legislativa, ao analisar a publicação do artigo do chefe do Executivo Estadual no O POVO.

Para o deputado, o Ceará vive uma epidemia de homicídios e “o governador está preocupado em discutir divulgação de dados em pesquisa da ONU”. “Governador resolveu impor ao papel aquilo que o papel não tem direito de recusar. Ele está preocupado em questionar pesquisa divulgada sobre violência enquanto as pessoas morrem nas ruas. Nós não precisamos da ONU nem de pesquisa mexicana para atestarmos que estamos vivendo uma epidemia de assassinato em Fortaleza e uma epidemia de homicídios no Ceará. Vivemos um estado de guerra”, disse.

Para Heitor, ao acusar uso eleitoreiro dos números da recente pesquisa sobre violência no mundo, Cid foi contraditório. “Quem mais usou eleitoralmente a segurança pública foi o então candidato Cid Gomes que, em 2006, vendeu um mirabolante programa de segurança pública ao povo do Ceará e não entregou. Resultado: em 2007 ele recebeu a taxa de 1.772 homicídios/ano e, em 2013, esse valor passou para 4.462 pessoas mortas, que deixaram suas famílias destroçadas”, ressaltou o parlamentar do PDT.

“Hoje ele (Cid) se queixa e se ofende quando se coloca a verdade na televisão mostrando os números cruéis de que o Ceará vive uma epidemia de homicídios”, completou Heitor Férrer, ao lamentar que o governador não tenha abordado a ação do seu governo no combate às drogas. “Basta ler o artigo e comprovar que o governador, em nenhum momento, fala sobre o que ele fez para combate às drogas. Porque, na verdade, ele não fez absolutamente nada. Ele não combateu a droga no Ceará”, alertou, apresentando números sobre a influência do tráfico nos índices dos crimes.

Bancos reajustam juros do cheque especial e empréstimo pessoal

A média dos juros do cheque especial subiu 0,2 ponto percentual em relação a abril, chegando a 8,95% ao mês em maio. Segundo a pesquisa divulgada nesta sexta-feira (9) pelo Procon de São Paulo, cinco dos sete bancos avaliados aumentaram os preços cobrados no empréstimo.

O Santander, que aumentou os juros em 0,14 ponto percentual, tem a maior taxa para o cheque especial (10,89%). O HSBC reajustou de 10,55% para 10,57%. A Caixa, de 5,39% para 6,33%. O Bradesco passou de 9,44% para 9,48% e o Safra de 8,9% para 9,2%. Banco do Brasil e Itaú mantiveram as taxas de abril.

Para o empréstimo pessoal, a taxa média subiu de 5,46% em abril para 5,54% em maio. Quatro bancos passaram a cobrar mais na operação. O maior aumento percentual no empréstimo pessoal foi o do Safra, que subiu de 4,9% para 5,4%, reajuste de 10,2%. O Itaú subiu de 6,1% para 6,12%. O HSBC, de 5,87% para 5,89%. O Bradesco de 6,41% para 6,43%. Os demais mantiveram inalterados os juros de abril.

(Agência Brasil)

Projeto de roda de samba tem nova edição no Kukukaya

feliopee

Felipe Araújo (D) é quem puxa o samba.

Uma roda musical que divulga e celebra a rica tradição de compositores ligados aos terreiros das escolas de samba do Rio de Janeiro e que também presta homenagem a nomes que ajudaram e/ou ajudam o samba a seguir sua trajetória em Fortaleza. Assim é o projeto Falso Amor Sincero, que acontece todos os sábados, das 16 às 20 horas, no Kukukaya Casa de Show. O primeiro homenageado local do projeto é Carlos Alberto Vieira, o Carlão do Zé Bezerra, cantor e cavaquinista que há mais de 40 anos mobiliza músicos e desbrava espaços para defender a bandeira do samba na Cidade. Carlão será homenageado nesse sábado.

Mensalmente, além do homenageado local, esse coletivo de músicos e entusiastas de um dos mais tradicionais gêneros musicais do País também celebra a memória de um grande autor. O projeto, que realizou seu primeiro encontro no fim de abril, começou sob as “bênçãos” de Paulo da Portela, fundador da tradicional escola de samba de Madureira e um dos grandes protagonistas da história do samba nos anos 30 e 40 do século passado. Além de Paulo, nomes como Cartola, Chico Santana, Nelson Cavaquinho, Manacéa, Walter Rosa, Silas de Oliveira, Ismael Silva, Alberto Lonato, Herivelto Martins, entre outros mestres, também estão presentes no repertório da roda de samba, que procura manter a sonoridade, a cadência e o instrumental dos antigos sambas de terreiro (ou sambas de quadra), uma vertente mais tradicional do samba.

A roda de samba do projeto é formado por Felipe Araújo (percussão e voz), Gabriela Nunes (voz), Mateus Perdigão (violão e voz), Emanuel Furtado (voz), Gugu do Cavaco (cavaco), Paulinho (pandeiro), Thales Catunda (percussão) e George Anderson (violão de 7 cordas), além de músicos convidados. O pesquisador Marcus Vinícius Oliveira – um dos diretores do bloco carnavalesco Concentra Mais Não Sai – e o professor e historiador Américo Souza também participam do projeto na condição de coordenadores.