Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

InCor lança campanha para arrecadar fundos

O Instituto do Coração de São Paulo (InCor) acaba de lançare uma mega campanha inédita com objetivo de receber doação de recursos para a instituição. A informação é da Veja Online.

Sob o comando dos cardiologistas Roberto Kalil Filho e Fábio Jatene, o InCor conseguiu o engajamento de vários artistas, como as cantoras Ivete Sangalo, Preta Gil, Mariana Aydar, o estilista Reinaldo Lourenço, os atores João Vicente, Leticia Colin e a modelo Ana Beatriz Barros.

Toda a campanha foi feita gratuitamente pela agência África.

SERVIÇO

*Por telefone, é possível doar 10, 15 ou 30 reais.

Pelo site http://www.incor.usp.br/doacao, a arrecadação é ilimitada.

Confirmado. Clássico-Rei decisivo terá árbitro de vídeo

A Comissão de Arbitragem da CBF, após consulta à FIFA, liberou o uso do árbitro de vídeo para o duelo final do Campeonato Cearense, entre Ceará e Fortaleza. O clássico-rei ocorrerá às 16 horas do próximo domingo, na Arena Castelão, e promete casa cheia. Os custos do VAR serão divididos entre as duas equipes e a própria FCF.

Nesta quinta-feira, 18, as câmeras serão instaladas no Castelão e um teste será feito e encaminhado à FIFA para aprovação. Depois, os clubes vão receber palestras de como funciona o uso da tecnologia e em que situações o VAR atua. Os equipamentos vão ficar fixos no estádio e possivelmente a sala do árbitro de vídeo também. Isso porque, além do Brasileirão, clubes e Federação acordaram em utilizar a mesma empresa pelos próximos três anos.

O valor de toda a aparelhagem fica em torno de R$ 36 mil (sem contar os quatro árbitros que trabalham na sala do VAR), mas como será a primeira vez de uso, haverá um custo de instalação ainda indefinido. A CA/FCF informou que ainda aguarda o orçamento.

(Também com O POVO/Foto – CBF)

CCV que votar nesta quarta-feira parecer da reforma da Previdência. Agora vai?

Após uma sessão que durou mais de 12 horas, a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara concluiu na noite desta terça-feira (16) a fase de discussão da proposta de emenda à Constituição da reforma da Previdência (PEC 6/19) após um acordo de líderes e o presidente da CCJ, Felipe Francischini (PSL-PR), marcou para a manhã desta quarta-feira o início da votação do parecer do relator da reforma, deputado Delegado Marcelo Freitas (PSL-MG).

A sessão de votação está marcada para as 10 horas, horário que, segundo Francischini, já estava agendada desde ontem (15) para a sessão da CCJ.

As discussões terminaram às 23h28min, após um atraso de 1 hora e 17 minutos, resultado de uma obstrução do PSOL na sessão da comissão no período da manhã. À noite, após o acordo de lideranças, concordou-se que a sessão fosse encerrada por volta das 23h30min, após o fim da fala dos parlamentares, e a retomada no dia seguinte com a votação da PEC.

“Hoje iniciamos o dia com a previsão de que só encerraríamos a discussão na semana que vem, então a votação talvez nem na semana que vem ocorresse, então vamos conseguir encerrar essa discussão [nesta terça] e amanhã fazer a sessão que nós temos para iniciar a votação já direto na votação”, disse Francischini.

Para que as discussões pudessem ser encerradas hoje, vários parlamentares favoráveis ao texto abriram mão de suas falas. No início da noite, dos 62 deputados que estavam inscritos a falar a favor da reforma e 65 contra. No total, 19 parlamentares falaram a favor, 55 contra e 14 líderes partidários.

Se a reforma da Previdência for aprovada pela CCJ, segue para a análise de uma comissão especial e, depois, para votação no Plenário da Câmara.

(Agência Brasil)

Enem 2019 – Resultado do pedido de isenção de taxa sai nesta quarta-feira

Participantes que solicitaram a isenção da taxa do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) podem conferir hoje (17) se os pedidos foram ou não aceitos. O resultado estará disponível na Página do Participante.

Para consultar o resultado, será necessário informar o CPF e a senha criada na hora de fazer a solicitação.

Os estudantes que não tiverem a solicitação aceita poderão entrar com recurso no período de 22 a 26 de abril, também na Página do Participante. O resultado do recurso será divulgado no mesmo endereço, a partir de 2 de maio.

Para participar do exame, os estudantes – com ou sem isenção da taxa – devem fazer a inscrição no período de 6 a 17 de maio.

Ao todo, 3.687.527 estudantes solicitaram a isenção da taxa de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019, de acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

O prazo para pedir a isenção da taxa do Enem terminou no último dia 10. A taxa de inscrição deste ano é R$ 85.

Também nesta quarta-feira será divulgado o resultado das justificativas dos estudantes que não pagaram o Enem 2018 e que, por algum motivo, faltaram às provas. Para pedir isenção novamente este ano, esses estudantes tiveram que apresentar uma justificativa da ausência.

Estudantes isentos

Têm direito à isenção da taxa os estudantes que estão cursando a última série do ensino médio em 2019 em escola da rede pública; aqueles que cursaram todo o ensino médio em escola da rede pública ou como bolsista integral na rede privada, com renda, por pessoa, igual ou menor que um salário mínimo e meio, o que, em valores de 2019, equivale a R$ 1.497.

São também isentos os participantes em situação de vulnerabilidade socioeconômica, ou seja, membros de família de baixa renda com Número de Identificação Social (NIS), único e válido, com renda familiar por pessoa de até meio salário mínimo (R$ 499), ou renda familiar mensal de até três salários mínimos (R$ 2.994).

Enem 2019

O Enem será aplicado nos dias 3 e 10 de novembro. As notas do exame podem ser usadas para ingressar em instituição pública pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), para obter bolsas de estudo em instituições particulares de ensino superior pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e para obter financiamento pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

(Agência Brasil)

Editorial do O POVO – “Sem censura e em defesa da democracia”

172 1

Com o título “Sem censura e em defesa da democracia”, eis o Editorial do O POVO desta quarta-feira. Aborda esse imbróglio envolvendo ministros do STF e setores da imprensa. Confira:

É inaceitável, sob qualquer ponto de vista, que o Supremo Tribunal Federal, por meio de inquérito aberto por iniciativa do presidente do STF, Dias Toffoli, se arvore no direito de exercer o papel de censor da imprensa, quando a própria instituição deveria ser a guardiã da liberdade de expressão, assegurada na Carta Magna de 1988. O ministro Alexandre de Moraes, relator do processo no Supremo, determinou que a revista Crusoé e o portal O Antagonista retirassem do ar uma reportagem relacionada ao presidente da Corte, Dias Toffoli. O texto jornalístico relata que o presidente STF é citado em um processo da Lava Jato, no qual diretores da construtora Odebrecht teriam feito alusão a Toffoli, por meio de um codinome, quando ele era advogado-geral da União (2007-2009), no governo do ex-presidente Lula. Não há, porém, no processo, nenhum indicativo de qualquer irregularidade praticada por Toffoli.

O inquérito 4781, aberto por Toffoli, que propiciou a censura, tem o objetivo de investigar as chamadas fake news ou notícias fraudulentas, mas vem sendo questionado por juristas importantes. Segundo esse entendimento, o STF assumiu papéis que não lhe seriam próprios, de investigador e acusador de uma ação que, depois, o próprio tribunal julgaria. No caso da reportagem em tela, o texto foi todo baseado no processo judicial, sendo difícil atribuir-lhe a pecha de notícia falsa.

Observe-se que a legislação brasileira prevê recursos, no campo dos danos morais e do direito de resposta, para quem se julgar injustamente atingido pelos meios de comunicação. Era uma oportunidade, até didática – pois não recorreria à censura – para o STF demonstrar como a Constituição tem plenas condições de responder, com rigor, a qualquer desrespeito aos direitos individuais, sem ferir a ordem legal.

O fato é que essa decisão do Supremo, abriu espaço para que se ampliasse uma sórdida campanha que vem sendo movida contra a instituição por setores extremistas, que preconizam o fechamento do STF. Se as críticas à Corte são livres, é preciso repudiar com toda veemência esses segmentos autoritário e liberticidas, que querem ferir de morte a democracia, destruindo um de seus poderes. E isso, tanto quanto a censura é inadmissível.

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, pediu o arquivamento do inquérito, o que foi negado pelo ministro Alexandre de Moraes, criando uma disputa entre as duas instituições. O mais adequado no momento talvez fosse uma conversa entre Toffoli e Dodge, de modo que chegasse a um bom termo de como combater os ataques ao Supremo, de modo a se preservar as instituições, mas garantindo-se, ao mesmo tempo, os inalienáveis direitos de liberdade de expressão e de imprensa.

(Editorial do O POVO)

Confirmado. Michelle Bolsonaro será cidadã de Fortaleza

Michelle Bolsonaro, primeira-dama do País, será cidadã de Fortaleza. Um projeto de decreto legislativo de autoria da vereadora Priscila Costa (PRTB) foi aprovado nessa terça-feira na Câmara Municipal. A matéria tramitava desde fevereiro último.

A iniciativa quer, segundo a vereadora, destacar o trabalho de Michelle em projetos voltados para a assistência social. Ganhou apoio de 30 vereadores e teve a aprovação de 23 votos favoráveis, três contrários e quatro abstenções.

A primeira-dama, natural de Ceilândia/DF, tem ligações com o Ceará. O pai dela, Vicente de Paulo Reinaldo, conhecido como Paulo Negão, nasceu em Crateús, município distante 359,4 km de Fortaleza.

(Foto – Reprodução de TV)

Fagner lança livro biográfico em Fortaleza

Para reencontrar fãs e outros instigados por sua música, o cantor Fagner veio a Fortaleza lançando a biografia autorizada “Raimundo Fagner: Quem me levará sou eu”. Pesquisa e escrita da experiente Regina Echeverría, a obra é agora lançada nacionalmente. Nessa noite de terça-feira, 16, o público ganhou bate-papo e sessão de autógrafos na Livraria Cultura, no bairro Aldeota.

“Fagner é uma referência no cancioneiro nacional e admirável como ser humano. Além disso, é da nossa terra, temos que prestigiar”, disse o empresário Carlos Menezes, um dentre as centenas que esperavam na longa fila da sessão de autógrafos.

“Quem me levará sou eu” trata das amizades e inimizades colecionadas ao longo da carreira de Fagner — conhecido pelo pavio curto —, bastidores de shows e gravações, entre muitos outros episódios.

O livro recebeu recursos por meio da Lei Rouanet. O cantor já havia criticado o uso de lei de incentivo, em entrevista ao jornal O Globo, em 2013. É uma política cultural, aliás, comumente criticada pela direita. “Quando olhei, a cena já estava feita, não tive muito o que fazer. Mas não gostei e reclamei”, disse ele ao mesmo jornal, em entrevista recente.

Em Fortaleza

Antes da sessão de autógrafos, em conversa com o público, no auditório da livraria, Fagner respondeu a tudo que foi perguntado. Falou, inclusive, da relação difícil com o cantor e compositor Belchior, falecido em 2017. “Na composição, foi um dos meus principais parceiros. Foram cinco ou seis músicas, só, mas ‘Mucuripe’ é uma das mais importantes. Ele me podava, mas se sentia responsável por mim”, conta, sobre a ida ao Rio de Janeiro, no início da carreira.

Ele mencionou ainda o início da Fundação Raimundo Fagner, criada em abril de 2000, para a educação complementar de crianças e adolescentes. “Lá em casa tinha um movimento danado de gente vindo de Orós pedindo ajuda. Lá, o pessoal dizia que eu era o padre, o prefeito, tudo. Então, me pediam muito as coisas”, lembra, com bom humor.

Autoria

Regina, que é amiga de Fagner desde a década de 1970, foi convidada pelo artista para fazer a biografia. Após quase três anos de trabalho e mais de 60 entrevistas e pesquisas documentais, o livro está nas lojas físicas e virtuais do País.

A autora conta que a maior dificuldade no processo de produção foi a falta de tempo do biografado. “Ele trabalha muito, tem muitos shows para fazer, muitos compromissos. É impressionante pelo tempo de carreira e idade que ele tem [Fagner vai completar 70 anos em outubro]. A gente sentar, conversar e eu fazer as entrevistas com ele foi o mais difícil”. A jornalista se diz, contudo, satisfeita com o resultado.
A biografia, de mais de 400 páginas e recheada de fotografias históricas, contempla detalhes da vida pessoal e obra do cearense, com relatos nunca antes conhecidos pelo público.

O gênero já é consolidado na carreira de Regina, que, após passagens por grandes redações de jornais e revistas, dedicou-se a biografar personalidades. A jornalista diz guiar-se pelo faro de interesse do público, com fatos que ajudam a compreender melhor o personagem e aproximá-lo do leitor. São onze títulos, principalmente nomes da música nacional (Elis Regina, Cazuza, Gonzaguinha, Gonzagão e Jair Rodrigues).

SERVIÇO

“Raimundo Fagner: quem me levará sou eu”, de Regina Echeverria

*Editora Agir. Páginas: 440

*Preço sugerido: R$ 49,90.

(Foto – Tatiana Fortes)

Camilo anuncia operação tapa-buraco para rodovias estaduais

407 2

O governador Camilo Santana anunciou investimento de R$ 150 milhões para recuperar as rodovias cearenses que foram danificadas pelas chuvas em 2019. Ao todo, o intitulado Programa Emergencial de Recuperação deverá abranger uma extensão de 1.754 km de estradas, dividida em 64 trechos, com início das obras marcado para depois da quadra chuvosa. As informações foram divulgadas, ontem, 16, pelo governador Camilo Santana, durante transmissão ao vivo nas redes sociais.

De acordo com o chefe do Executivo, o planejamento do programa foi elaborado em parceria com o Departamento Estadual de Rodovias (DER). No estudo, foram avaliadas as condições atuais das estradas que sofreram com as fortes chuvas no Estado, bem como a melhor forma de realização dos reparos necessários para cada uma das vias.

”Muita chuva traz fartura, produção no campo e sorriso para nossas famílias cearenses. Mas também acaba trazendo alguns prejuízos, e um deles são os danos às estradas. Rompimentos, buracos, desgaste. Por isso solicitei que o DER fizesse um relatório das estradas que precisariam de uma intervenção imediata do Estado. Recebi o relatório ontem (segunda-feira), e quero anunciar que estou destinando R$ 150 milhões para, assim que terminarem as chuvas, fazermos uma maratona geral para recuperar as estradas que foram danificadas no Ceará”, explicou o governador.

Entre as estradas a serem recuperadas, o governo cita trechos das CE-040 e CE-453 (Aquiraz), que compreendem 9,21 km; da CE-060, entre Aracoiaba e Baturité, em 8,2 km de extensão; e mais 47 km da Camocim-Chaval. “Todas as rodovias estão especificadas e cada uma terá o seu valor de investimento”, garantiu Camilo.

O governo ainda destaca que alguns dos 64 trechos já possuem contratos em curso para a recuperação funcional de estradas, dentro do Ceará de Ponta a Ponta, Programa de Logística e Estradas do Governo do Ceará. Outros precisarão de processo licitatório.

O POVO solicitou, junto ao DER e a Secretaria da Infraestrutura (Seinfra), detalhes do relatório mencionado pelo governador, a exemplo de todas as rodovias que passarão por reparo, em quais municípios elas estão, ordem de execução e previsão de conclusão das obras, mas foi informado de que os dados disponíveis foram os divulgados pelo governador.

Conforme levantamento do O POVO, ao menos sete rodovias foram interrompidas ou interditadas, atrapalhando o acesso a municípios e distritos durante as chuvas de 2019. Entre estas, estão a CE-176, em Icaraizinho de Amontada; a CE-178, entre Santana do Acaraú e Sobral; a CE-163, que dá acesso à Praia de Mundaú, no município de Trairi; a CE-253, na altura da Ladeira da Pendenga, em Guaramiranga; a CE-085, que liga Caucaia e São Gonçalo do Amarante. A CE-163 chegou a ruir, deixando o acesso a Mundaú totalmente interrompido. O principal acesso a Icaraizinho de Amontada também ficou interditado, quando trecho da CE-176 cedeu. Em Guaramiranga, um deslizamento na encosta da CE-253 cortou o tráfego no último domingo, 31.

(O POVO – Repórter Isaac de Oliveira/Foto – Evilázio Bezerra)

Sexta-feira Santa é feriado?

A Páscoa se aproxima e, com ela, a Sexta-Feira Santa, quando a maioria dos trabalhadores brasileiros não trabalha. Aí surge a dúvida: afinal, é ou não feriado? Existe uma lei que define o que é feriado e o que é ponto facultativo? A lei é igual para todos os trabalhadores?

De acordo com o auditor-fiscal do Trabalho da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia Leif Naas, são feriados nacionais as datas de 1º de janeiro, 21 de abril, 1º de maio, 7 de setembro, 12 de outubro, 2 de novembro, 15 de novembro e 25 de dezembro. E a Sexta-Feira Santa?

As demais datas, mesmo que já integrem o calendário de descanso dos brasileiros, só podem ser consideradas feriado nos estados ou municípios que decretarem feriado neste dia. “Segundo a lei 9.093/95, os municípios brasileiros podem criar até quatro datas para feriados, incluída a Sexta-Feira Santa. Além disso, os estados podem estabelecer suas datas magnas como feriados estaduais”, afirma Naas.

De acordo com o auditor-fiscal, o feriado é um direito dos trabalhadores a um período obrigatório de descanso, sem prejuízo à remuneração. Há exceções, mas elas precisam obedecer parâmetros legais. “Existem algumas atividades que podem ter trabalho nos feriados. Para uma empresa funcionar nessas datas, ela deve ter uma permissão, conforme regras do Decreto 27.048/49 e da Lei 10.101/00”, afirma.

Folga

É o caso de lojas de shopping, conveniências ou supermercados, por exemplo. Eles devem observar as leis municipais para funcionar aos domingos e feriados. “O trabalho no dia de feriado gera ao trabalhador o direito de receber uma folga compensatória ou a remuneração em dobro do dia trabalhado. Segundo a CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), esse acordo pode ser feito entre o empregador e o empregado”, explica o auditor-fiscal.

Nada impede, no entanto, que o trabalhador ganhe folga nos chamados dias de ponto facultativo, datas festivas que não são consideradas por lei como feriados. Nesses casos, existem duas possibilidades para que seja concedido o dia de descanso ao trabalhador: previsão da folga em acordo ou convenção coletiva da categoria ou decisão do empregador.

No caso de acordo ou convenção coletiva que preveja descanso em datas festivas, se o empregador exigir que o trabalhador se faça presente na empresa, o trabalhador deverá receber uma folga compensatória ou a remuneração do dia em dobro. No caso de concessão de folga por decisão do empregador, as condições para se exigir que o empregado trabalhe no dia de descanso devem ser acordadas diretamente entre trabalhador e empresa.

(Com Site do Ministério da Economia)

CPI da Lava Toga no Senado será decidida em plenário

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), disse hoje (16) que submeterá ao plenário da Casa a decisão de instaurar ou não a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Cortes Superiores, conhecida como Lava Toga. Não foi definida, no entanto, uma data para o assunto ir a votação na Casa.

Na semana passada, o pedido de abertura de CPI foi rejeitado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). Segundo Alcolumbre, a ausência de recursos contra a decisão da CCJ seria o suficiente para arquivar o pedido, mas o presidente citou “compromisso político” para justificar sua decisão.

“A matéria deveria ir ao arquivamento, nos termos do regimento interno. No entanto, a presidência assumiu o compromisso político de submeter a matéria ao plenário”, disse Alcolumbre no final da sessão deliberativa. “A despeito do que prevê o regimento interno, esta presidência considerará como se houvesse sido apresentado recurso contra a decisão da CCJ, de forma que a matéria será oportunamente pautada para deliberação do plenário”.

O anúncio de Alcolumbre ocorreu em um dia de muitas críticas ao Supremo Tribunal Federal (STF) no plenário do Senado. Foi assunto tanto no plenário quando nos corredores do Senado a instauração de inquérito e o cumprimento de mandados de busca e apreensão contra pessoas que teriam feito ofensas a ministros e ao Supremo nas redes sociais. Além disso, os senadores lembraram a recusa do ministro Alexandre de Moraes em arquivar o processo, após a procuradoria-geral da União arquivar a parte do inquérito que deveria caber legalmente à PGR.

(Agência Brasil)

Avianca pode perder mais 11 aviões; 51 voos da Páscoa estão cancelados

A Avianca Brasil cancelou nesta terça-feira, 16, mais 51 voos que deveriam decolar no domingo de Páscoa. A empresa, em recuperação judicial, também deve perder mais 11 aeronaves de sua frota. As informações são da Veja Online.

A empresa aérea está com problemas com as arrendadoras que fazem o aluguel de aeronaves, por causa de dificuldade em honrar os pagamentos.

Pela redução da malha, a empresa aérea cancelou 381 voos entre sábado, 13, e domingo, 21, e pode continuar fazendo cancelamentos nos próximos dias, caso fique sem os seus aviões. Só durante o feriado, são 201 voos cancelados até agora.

Está disponível, no site da Avianca, um link para conferir os voos que não acontecerão. A Avianca informa que o consumidor que teve seu voos cancelado deve entrar com o pedido de reembolso no site, ou falar com a agência de viagens que o vendeu a passagem.

De acordo com decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo, a Avianca tem um período de 10 dias para devolver oito aviões para a Celestial Aviation Trading. Outra decisão do mesmo tribunal obriga a empresa a entregar para a PK Airfinance mais três aeronaves, que, de acordo com a decisão judicial, devem ser devolvidos imediatamente à arrendadora.

Os mandatos de reintegração de posse foram expedidos na segunda-feira, 15. Procurada, a Avianca não quis comentar sobre esses processos.

 

Reforma da Previdência – Secretário do Trabalho diz que sociedade tem pressa

170 1

Na expectativa de que a reforma da Previdência avance ainda nesta semana na Câmara dos Deputados, o secretário de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, um dos fiadores do texto proposto pelo governo, alertou que a sociedade tem pressa e quer a aprovação da mudança legislativa. Depois de explicar detalhes da proposta em um debate com deputados na manhã de hoje (16), Marinho afirmou que todos reconhecem a necessidade da reforma.

Segundo o secretário, mesmo os que não apoiam a proposta do governo têm apresentando sugestões. “Ninguém pode negar a necessidade de reestruturação do sistema previdenciário e o déficit, que é cruel com os mais pobres. Ou nós enfrentamos isso, ou vamos continuar prejudicando quem já sofre mais”, afirmou Marinho.

O texto está em debate na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara e deveria ter sido discutido na reunião de segunda-feira (15), mas a discusão acabou sendo adiada por uma inversão de pauta que priorizou a votação do orçamento impositivo. O presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), pediu que os parlamentares se concentrem hoje no debate até a madrugada, se necessário, para que a reforma seja votada nesta quarta-feira (17).

“Acredito muito no espírito público do Parlamento. Se acham que é preciso se debruçar mais sobre o tema que o façam, mas quem tem pressa é a sociedade. Hoje, a administração da União, dos estados e de municípios se dá principalmente sobre despesas primárias de manutenção e custeio e do pagamento de dívidas”, dafirmou Rogério Marinho.

Para o secretário, a reforma permitirá que o Estado brasileiro deixe de atuar como “síndico de massa falida”, limitando-se à administração de folhas de pagamento, assistência e previdência. “Não sobram recursos para investirmos em saúde, educação, infraestrutura e na geração de emprego e renda”, lamentou.

(Agencia Brasil)

Semana Santa – Fortaleza terá Procissão do Fogaréu nesta quarta-feira

Será realizado nesta quarta-feira, em Fortaleza, o projeto “Procissão do Fogaréu”. Caracteriza-se como uma manifestação da cultura tradicional popular que, nos ritos da Semana Santa, representa a “quarta-feira de trevas”, em que Cristo é perseguido e preso pelos soldados romanos por ordem de Caifás. Conforme a tradição, os soldados romanos são representados por personagens encapuzados e trajando túnicas, denominados “farricocos”.

Seguindo esta tradição, na Capital cearense o evento tem o mesmo formato. Ao som do ritmo cadenciado dos tambores, a procissão terá início às 20 horas, saindo da sede da Irmandade de Nossa Senhora do Rosário, que fica na rua Major Facundo 1712. À frente, 20 farricocos acompanhados por 20 percussionistas partem, em passos apressados, pelas ruas do Centro empunhando tochas em busca de Jesus Cristo, acompanhados pelo público.

A procissão faz então a primeira parada quando os farricocos encontram o local que representa a mesa da “Última Ceia”, já dispersa. Em seguida avança ao seu termino para a segunda e última parada. Nesse momento, os tambores silenciam e um toque de clarim anuncia a prisão de Cristo, que é representado por um estandarte de tecido, cuja imagem é estampada em uma das faces.

Surge, então, um outro farricoco carregando o estandarte, simbolizando a captura de Jesus. Em seguida, o clarim executa o toque de silêncio, as tochas são apagadas o estandarte é deposto, marcando o final da procissão, que dura cerca de uma hora.

Programação religiosa e cultural

Sede da Ir. De N. Sra. do Rosário. Rua Major Facundo nº1712, centro.

Horários:

Dia 17 de abril (quarta-feira)
– 17h as 19h – Oficina de percussão;
– 19h as 20h – Intervalo (lanche);
– 20h as 19:30h – Procissão do Fogaréu;

Dia 19 de abril (sexta-feira)
– 19h – Via Sacra nas Casas.

Itinerário com horários da procissão:

– Concentração e início: Sede da Ir. de Nossa Senhora do Rosário às 19:00 horas, saindo pela Rua Major Facundo, dobrando à direita na rua Floriano Peixoto.

– Dispersão às 21h30min.

(Foto – Reprodução de Procissão de Goiás)

Concurso da Secult/CE – Aprovados devem ser nomeados no fim de maio

444 1

A partir do fim de maio, os 103 concursados da Secretaria da Cultura do Ceará serão convocados. Promete o titular da pasta, Fabiano Piúba, dentro de um cenário onde o certame ocorreu ano passado e foi homologado em fevereiro deste ano.

Fabiano diz que a demora na convocação é por conta de questões burocráticas.

Na época, o concurso rendeu a maior festa.

(Foto – Arquivo)

USP São Carlos abre concurso público para professor na área de Ciências da Computação

Estão abertas as inscrições para concurso público destinado ao preenchimento de cargo de professor doutor no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos. Segundo a assessoria de imprensa da Instituição, o docente atuará junto ao Departamento de Ciências de Computação do Instituto, sendo nomeado em Regime de Dedicação Integral à Docência e à Pesquisa, com salário inicial de R$ 10.830,94.

As inscrições devem ser realizadas exclusivamente via internet até as 17 horas do dia 10 de junho próximo (horário oficial de Brasília/DF), por meio deste link: https://uspdigital.usp.br/gr/admissao.

SERVIÇO

*Para obter mais detalhes sobre prazos, provas e documentações, acesse o edital completo aqui.

(Foto – Marcos Santos, USP)

Prefeitura de Fortaleza paga 40% do 13º dos servidores no dia 17 de junho

695 7

Servidores municipais podem se planejar, pois receberão a primeira parcela do 13º salário no dia 17 de junho próximo.

A informação é do secretário do Planejamento, Orçamento e Gestão, Philipe Nottingham, adiantando que mais de 37 mil servidores serão beneficiados com a antecipação de 40%, como a gestão vem fazendo há anos.

Já o restante do desembolso, 60%, fica para o mês de dezembro. Philipe não falou em valores, mas deixou claro que, no aspecto geral, a administração do prefeito Roberto Cláudio vive bom momento de ajuste fiscal.

(Foto – Arquivo)

Viúva do Coronel Ustra elogia fala de Bolsonaro sobre músico morto pelo Exército

Joseita Brilhante Ustra, viúva do coronel Carlos Brilhante Ustra, que comandou o temido Doi-Codi de São Paulo nos anos de chumbo, aprovou a declaração do presidente Jair Bolsonaro sobre o fuzilamento do músico Evaldo dos Santos, no Rio. Foram 80 tiros disparados por membros do Exército.

Bolsonaro disse, sobre o fato, que o “Exército não matou ninguém, foi um incidente”. A viúva de Ustra concordou e até postou no seu Facebook:

“Perfeita a resposta do presidente”.

(Com Radar, da Veja Online)

Assembleia Legislativa aprova apadrinhamento de escola pública por pessoa jurídica ou entidade religiosa

Um projeto de lei de autoria do deputado Audic Mota (PSB), que institui o apadrinhamento de instituições de ensino público estaduais por pessoas jurídicas e entidades religiosas, foi aprovado pela Assembleia Legislativa. Com exceção das universidades, todos os estabelecimentos ficam aptos a receberem contribuições para melhoria de suas estruturas físicas e aprimoramento da qualidade do ensino.

“É uma iniciativa que se soma ao enfrentamento de desafios por uma educação de qualidade, dentro dos critérios que a atualidade do ensino exige e a população tem direito”, destaca o parlamentar.

De acordo com o projeto, o apadrinhamento poderá se efetivar mediante as seguintes condições: doações de uniforme e material, equipamentos eletrônicos ou de informática; via custeio ou execução direta de obras de manutenção, conservação e reforma de móveis e imóveis escolares, além de ações para aperfeiçoamento da qualidade do ensino, principalmente as vinculadas à pratica docente.

Conforme lei n° 16.818, de 8 de janeiro de 2019, asSem político escolas poderão ser apadrinhadas por mais de uma pessoa jurídica ou entidade religiosa. Titulares que sejam representantes de cargos políticos, seus ascendentes e descendentes até o segundo grau ficam impedidos de apadrinhar.

Termos de Cooperação deverão firmar as parcerias com o poder público estadual e as diretorias das escolas pelo prazo de um ano, sendo possível a renovação por igual período.

Outra medida: obras somente serão realizadas mediante consulta obrigatória à Secretaria de Educação do Estado para fins de fiscalização e licenciamento. Já os participantes poderão divulgar, com fins promocionais e publicitários, as ações praticadas em benefício das escolas apadrinhadas.

(Foto – Divulgação)

Semana Santa – Saiba o que vai funcionar ou não neste período religioso

Pela tradição católica, as celebrações da Semana Santa iniciam nos três dias que antecedem o domingo de Páscoa, formando o Tríduo Pascal. No entanto, apenas a Sexta-Feira Santa (19/04), data em que é celebrada a paixão e morte de Jesus Cristo, é considerada feriado.

Na última quinta-feira, 11, o governador Camilo Santana (PT) assinou decreto que estabelece ponto facultativo no próximo dia 18 de abril, Quinta-feira Santa. Apesar do ponto facultativo, o decreto estabelece que serão normalmente assegurados fornecimento de água e serviços da Polícia Militar, Polícia Civil, Perícia Forense e Corpo de Bombeiros, assim como atendimento médico-hospitalar e de ambulatórios médicos especializados que atendem pacientes já agendados.

Veja o que funciona e o que não abre em Fortaleza durante a Semana Santa.

*Bancos

De acordo com a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), as agências bancárias fecham somente no dia 19. Para realizar operações bancárias, a população poderá utilizar os canais alternativos de atendimento como caixas eletrônicos, internet banking, mobile banking, banco por telefone e correspondentes.

As contas de consumo (água, luz, telefone e TV a cabo, por exemplo) e carnês com vencimento marcado para a data comemorativa poderão ser pagos nos próximos dias úteis, sem incidência de multa. Os tributos, normalmente, já estão com data ajustada pelo calendário de feriados (federais, estaduais e municipais).

Os clientes também podem agendar o pagamento das contas de consumo ou, no caso das que têm código de barras, pagá-las nos próprios caixas automáticos.

*Supermercados

Supermercados funcionarão normalmente, segundo a Associação Cearense de Supermercados (Acesu), incluindo os estabelecimentos localizados em shoppings.

*Postos de combustível

Não haverá alteração no horário de funcionamento dos postos de combustíveis em Fortaleza.

*Metrofor

Na quinta-feira, haverá operação normal nas linhas Sul, Oeste e no VLT Parangaba-Mucuripe. Já na sexta-feira não haverá operação nas linhas do sistema metroviário. No sábado, os trem voltam a circular normalmente.

*Cagece

Funcionará em regime de plantão a partir da sexta-feira para garantir o fornecimento de água e a prestação de serviços de coleta de esgoto em Fortaleza e no interior do Estado. Todas as lojas de atendimento da companhia estarão fechadas e retomarão as atividades na segunda-feira, 22, a partir das 8 horas.

A Cagece orienta aos clientes que necessitarem de atendimento durante o feriado que entrem em contato direto com a companhia pela central telefônica (0800.275.0195), pelo aplicativo Cagece App (disponível para Android e iOS) ou pelo site.

*Centro

De acordo com o Sindicato do Comércio Varejista e Lojista de Fortaleza (Sindilojas), as lojas têm funcionamento normal na quinta-feira, 18, e no sábado, 20. Na sexta-feira da Paixão o comércio fecha e no domingo da Ressurreição, e também feriado de Tiradentes, o funcionamento é facultativo.

*Shoppings

Iguatemi Fortaleza: lojas e quiosques fechados. Praça de alimentação e lazer, Extra e Americanas funcionam normalmente. No sábado e domingo o funcionamento é normal.

RioMar Fortaleza e RioMar Kennedy: lojas e quiosques fechados. As praças de alimentação, entretenimento e restaurantes funcionam normalmente das 10h às 22h. No fim de semana o funcionamento é normal.

Shopping Aldeota: lojas e quiosques fechados na sexta-feira. Praça de alimentação, supermercado e cinema tem funcionamento normal. No fim de semana o shopping funciona normalmente. Já o posto de atendimento da Etufor fecha na quinta-feira, 18, e volta a funcionar na segunda, 22.

Shopping Benfica: lojas e quiosques fechados somente no dia 19. Praça de alimentação, entretenimento e cinema funcionam das 11h30min às 22h. No fim de semana o funcionamento é normal. No sábado, 20, não haverá missa, que volta no sábado seguinte, 28, às 18 horas, no primeiro piso.

Shopping Del Paseo: lojas e quiosques fecham na sexta-feira. Praça de alimentação funciona das 11h às 22h e cinema abre a partir de 13h. Mercadinho São Luiz e Americanas funcionam em horário normal. No fim de semana o funcionamento é normal: no sábado das 10h às 22h e no domingo das 14h às 20h.

Shopping Parangaba: na sexta-feira, a praça de alimentação e as opções de lazer do funcionarão das 11h às 22h. Já as lojas e quiosques estarão fechados. Durante o fim de semana, o shopping funcionará normalmente das 10h às 22h no sábado e das 13h às 21h no domingo.

Via Sul Shopping: na sexta-feira, lojas não funcionam e praça de alimentação e lazer estarão abertas das 11h às 21h. No sábado, o funcionamento é normal. Já no domingo, lojas têm ponto facultativo e a praça de alimentação e lazer funcionam normalmente.

North Shopping Fortaleza: na sexta, lojas e quiosques são fechados. Já no sábado e domingo, os horários são normais para todas as operações.
North Shopping Jóquei: na sexta, lojas e quiosques são fechados. Já no sábado e domingo, os horários são normais para todas as operações.

*Cinemas

Filmes serão exibidos de acordo com as sessões divulgadas pelas empresas das redes de cinema.

*Hemoce

Tanto o Hemocentro na avenida José Bastos quanto os postos de coleta funcionam em horário normal na quinta-feira. Já na Sexta-feira Santa, apenas o Posto de Coleta no Instituto José Frota (IJF) abre das 13h às 17h30min.

(Com O POVO Online)