Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Exposição lembra os 50 anos do golpe

memorra

O Arquivo Público do Ceará (APEC) vai abrir, a partir das 8 horas da próxima segunda-feira, a exposição “Memórias Reveladas: as Lutas Políticas no Ceará (1964-1985)”, contendo documentos do acervo da instituição, produzidos e recebidos pelo aparato repressor do Estado, durante a ditadura militar, que se estenderia por 21 anos e provocaria afrontas aos direitos humanos que continuam sendo investigadas até a atualidade.

A exposição, que lembrará os 50 anos do Golpe, tem entrada franca e conta com supervisão de integrantes da equipe que trabalhou na seleção dos documentos, que estão sob a custódia do Arquivo Público desde 2005. O acervo do projeto “Memórias Reveladas” teve origem nos fundos documentais da Delegacia de Ordem Política e Social (Dops-CE), do Serviço Estadual de Informações (SEI), na Secretaria da Segurança Pública do Ceará e nos arquivos do jornal Tribuna Operária.

SERVIÇO

Arquivo Público – Rua Senador Alencar, 348, Centro.

Exposição aberta ao público de segunda a sexta, das 8 às 17 horas, com entrada franca.

Mais informações: (85) 3101.2615.

Fiec promove seminário sobre Negócios no Mercado dos Estados Unidos

parceiros_alexandre (1)

Alexandre Piquet é conferencista.

A Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), em parceria com a Brazilian-American Chamber of Commerce of Florida, promoverá no próximo dia 11, das 8h30min às 11h30min, no Auditório Luiz Esteves Neto, da Casa da Indústria, a palestra “Como ingressar no Mercado Norte-Americano.” Segundo a assessoria de comunicação da federação, o objetivo é “disseminar informações estratégicas sobre os Estados Unidos, sobretudo oportunidades de negócios.”

O conteúdo programático abordará temas como Oportunidade e Desafios – principais produtos importados/exportados dos EUA para o Brasil, oportunidades para brasileiros; Flórida – A porta para o mercado global, diferenças culturais, vistos de trabalho, mudando para os EUA; O que deve ser levado em consideração para investimentos nos EUA, direito imobiliário e tributário para brasileiros comprando imóveis nos EUA, ganho de capital e FIRPTA, abertura de PJs: LLCs, Corps & BVIs, planejamento sucessório e imposto de transmissão causa mortis americano, porque contratar um advogado ao investir nos EUA.

Conferencista

As palestras serão ministradas pelo advogado Alexandre Piquet, com especialização em direito comparado internacional pela Universidad Complutese de Madrid, na Espanha, que possui bastante experiência em transações internacionais, principalmente ligadas ao setor imobiliário; e pelo sócio da Center Group nos EUA e presidente da Brazilian-American Chamber of Commerce of Floripa, Carlos Mariaca.

SERVIÇO

* As inscrições são gratuitas e as vagas limitadas.

BNB fará concurso público oferecendo só 12 vagas

“O Banco do Nordeste realizará, neste semestre, concurso público voltado para candidatos de nível médio, visando ao provimento de vagas de Analista Bancário, em toda sua área de atuação – Região Nordeste e Norte de Minas Gerais e Espírito Santo. O edital do concurso será divulgado até o dia 7 de abril, tendo como instituição organizadora a Fundação Getúlio Vargas. Serão ofertadas, inicialmente, 12 vagas, sendo duas para o Ceará e uma para cada um dos demais Estados, ficando o restante dos classificados como cadastro de reserva.

Em sua última seleção, realizada em 2010, para cadastro de reserva, o Banco convocou 1.892 aprovados. De acordo com o diretor de Estratégia, Administração e TI da Instituição, Nelson Antônio de Souza, a previsão é que pelo menos mais 500 pessoas serão convocadas até a data de término da validade do concurso, 9 de junho de 2014.

A remuneração inicial é de R$ 2.043,36. Os benefícios adicionais são: auxílio-refeição (R$ 509,89), Auxílio Cesta de Alimentação (R$ 397,33) e Auxílio-Creche (R$ 330,71). A jornada de trabalho é de 30 horas semanais. O aprovado terá também possibilidade de ingressar nos planos de saúde e previdenciário da empresa.”

(Site do BNB)

 

José Airton: Encontro do PT servirá para confirmar a aliança com Cid Gomes

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=kmMFNjfQquI&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

O PT promoverá neste sábado, a partir das 9 horas, no Hotel Romano, em Messejana, encontro para discutir sua tática eleitoral. É o que informa a direção estadual. Para o deputado federal José Airton, esse encontro tem um único objetivo: vai confirmar o desejo da maioria dos petistas de quererem a manutenção da aliança política com o governador Cid Gomes.

Eunício já está no Palácio Abolição

49 1

O senador Eunício Oliveira (PMDB) já chegou ao Palácio da Abolição para almoçar com o governador Cid Gomes. Mas só vai falar após o encontro.

Os dois, com certeza, terão uma conversa bem tensa. Cid Gomes não engoliu o fato de Eunício ter avançado pelo Interior, via encontros regionais do partido, apregoando sua candidatura ao Governo.

Já Eunicio empreendeu caravanas com o objetivo de fortalecer seu nome e evitar possíveis surpresas. Ele fez o mesmo que o presidente da Assembleia Legislativa, Zezinho Albuquerque (Pros), que articulou seminário sobre refinaria e toca agora outro seminário tendo como mote ações contra as drogas.

Coelce manda nota para Blog explicando sobre falta de energia na Barra do Ceará

Sobre a falta de energia elétrica durante a madrugada desta sexta-feira,  em clima de fortes chuvas como divulgou o Blog, a Coelce mandou a seguinte nota:

NOTA

Referente à falta de energia na Barra do Ceará, na madrugada de hoje (28), a Coelce informa que um transformador responsável por atender a região foi atingido por uma descarga atmosférica por volta das 5 horas. Cerca de 80% dos clientes afetados tiveram o fornecimento de energia normalizado às 6h30min.

A Coelce também esclarece que técnicos da companhia já estão no local para providenciar a substituição do transformador.

Gerência de Comunicação – Coelce
Assessoria de Imprensa.

Menu 2014 – Cid almoça com Eunício?

cideeue

O governador Cid Gomes (Pros) e o senador Eunício Oliveira, presidente regional do PMDB, almoçam daqui a pouco, no Palácio da Abolição. Pelo menos estava combinado. Devem abrir as conversações sobre sucessão estadual. Cid admite sair do Governo para permitir uma candidatura do seu irmão, Ciro Gomes, para o Senado, o que embolaria o cenário eleitoral.

Eunício Oliveira, que rodou o Estado apregoando um desejo de sair candidato a governador, deverá reafirmar tal disposição. O PT fará encontro neste sábado, no Hotel Romano, para confirmar, por sua maioria de correntes, que quer estar com Cid Gomes e que deseja José Guimarães postulando o Senado que Cid quer para seu irmão.

Sair ou não sair do Governo? Eis o dilema cidista. Os aliados acompanharão os próximos passos. Resta saber se tal posição de Cid será confirmada até 5 de abril, prazo final das desincompatibilizações, ou se não passará de pura bravata.

VAMOS NÓS – Que Eunício apareça e não surja aquela história de que teve que ficar em Brasília para salvar Dilma da CPI a Petrobras. Na última segunda-feira, ele chegou na festa da Medalha da Abolição dizendo que tinha salvo a presidente dessa enrascada.

Governo registra déficit primário superior a R$ 2 bi em fevereiro

“O setor público consolidado – governos federal, estaduais e municipais e empresas estatais – registrou superávit primário de R$ 2,130 bilhões, em fevereiro, de acordo com dados divulgados hoje (28) pelo Banco Central (BC). Nos dois meses do ano, o superávit primário chegou a R$ 22,052 bilhões e em 12 meses encerrados em fevereiro, ficou em R$ 86,138 bilhões, o que corresponde a 1,76% de tudo o que o país produz – Produto Interno Bruto (PIB).

O superávit primário é a economia de recursos para pagar os juros da dívida pública e reduzir o endividamento do governo no médio e longo prazos. Neste ano, a meta do Governo Central é economizar R$ 80,8 bilhões, equivalentes a 1,55% do PIB. Os estados e municípios deverão fazer superávit primário de R$ 18,2 bilhões – 0,35% do PIB. No total, o superávit primário do setor público deverá fechar o ano em R$ 91,306 bilhões – 1,9% do PIB.

No mês passado, o Governo Central (Tesouro Nacional, Banco Central e Previdência) registrou déficit primário de R$ 3,389 bilhões, o que foi compensado pelo resultado superavitário dos governos regionais (estados e municípios). Os governos estaduais registraram superávit de R$ 4,107 bilhões e os municipais, R$ 1,360 bilhão. As empresas estatais (excluídos os grupos Petrobras e Eletrobras) registraram superávit de R$ 52 milhões, em fevereiro.”

(Agência Brasil)

Ex-presos políticos expõe relatos sobre a ditadura militar

pedroalbuqueruqe

Sociólogo e advogado Pedro Albuquerque e muito o que contar.

O Clube dos Poetas Vivos promoverá, nesta sexta-feira, às 12 horas, no Ideal Clube, um debate sobre “Golpe de 64”.

Entre convidados, os ex-presos políticos Tarcísio Leitão, Amadeu Arrais, Rosa Fonseca, Pedro Albuquerque e Mário Albuquerque.

Eis um momento para relatos sobre uma das piores fases da política brasileira, onde a tortura se fez presente.

(Foto – Paulo MOska)

Inadimplência das empresas cai em fevereiro

“O índice de inadimplência das empresas registrou queda de 14,8% em fevereiro, na comparação com janeiro deste ano, segundo a empresa de consultoria Serasa Experian. Na comparação com fevereiro de 2013, no entanto, o indicador apresentou alta de 7,6%. No primeiro bimestre do ano, na comparação com o mesmo período do ano passado, houve alta de 9,4%.

Os títulos protestados e as dívidas com os bancos foram os principais responsáveis pela queda de 14,8% registrada em fevereiro, em relação a janeiro. Eles tiveram, respectivamente, variações negativas de 29,4% e 18,9%. Nessa mesma base comparativa, os cheques sem fundos apresentaram queda de 12,2%. As dívidas não bancárias (junto aos cartões de crédito, financeiras, lojas em geral e prestadoras de serviços) cresceram 0,7%.

O valor médio dos cheques sem fundos caiu 25,1% no primeiro bimestre de 2014, na comparação com o mesmo período do ano anterior. As dívidas com os bancos tiveram declínio de 2,2%%. Os títulos protestados e as dívidas não bancárias registraram alta de 9% e 11%, respectivamente.”

(Agência Brasil)

Prefeito RC divulga nomes dos secretários que vão sair em busca de mandato eletivo

andré ramos campanha 120823 cmfor

Secretário de RC vai apoiar Eduardo Campos.

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (Pros), avisa: vão deixar a gestão em busca de mandato os seguintes membros de sua equipe: Larissa Gaspar, coordenadora de Políticas para Mulheres, e George Valentim, presidente do Procon – que disputarão cadeira estadual pelo Pros e PCdoB respectivamente; e André Ramos (Imparh), que postulará cadeira de deputado federal pelo PPL.

André Ramos, inclusive, confirma que nacionalmente o PPl apoiará a candidatura do governador Eduardo Campos a presidente pelo PSB.

ivo gomes

Ivo Gomes e o dilema hamletiano

Sobre Ivo Gomes, titular da Educação, o prefeito RC disse ainda não ter conversado com ele para saber se deixará a pasta para tentar reeleição de deputado estadual. RC diz torcer para que ele fique.

Já Ivo Gomes, em conversa com o Blog, via Facebook, afirma viver um “dilema hamletiano”, pois diz estar “muito feliz” pelo trabalho que vem tocando à frente da secretaria. Ele, no entanto, adianta que seu destino político terá que ser avaliado pelo Pros. Em outras palavras: pelos irmãos Ferreira Gomes.

Moradores pedem fechamento de boate do bairro Aldeota

Da Coluna Cena G, do O POVO desta sexta-feira, eis tópico intitulado “Preconceito e Urbanidade”, que merece boas reflexões. Confira:

Moradores do entorno da boate Meet Music & Lounge, na rua Coronel Jucá, na Aldeota, estão sendo convidados a aderir a um abaixo assinado que pede o fechamento da casa noturna. Até aí, nada de novo. São frequentes os embates entre bares, boates e afins e aqueles que residem nas suas cercanias. A novidade neste caso são as razões que transparecem no documento para tal solicitação.

“Nossas famílias desde há muito vêm sofrendo com o degradante funcionamento da Casa Noturna Meet Dancing & Lounng (sic), ponto de encontro de pessoas das mais diversas classes sociais e opções (sic) que se estrapolam (sic) em suas noitadas e, se prolongam até as 8:00hs) da manhã seguinte, atentando contra a incolumidade pública, que tão bem deve ser resguardada pelo Ministério Público”, afirma o abaixo assinado, ipsis litteris.

Os grifos são de responsabilidade da coluna e têm a missão de evidenciar do que se trata aqui. Para justificar como “degradante” o funcionamento da boate, o organizador do movimento ‘acusa’ a Meet de servir de ponto de encontro de “de pessoas das mais diversas classes sociais e opções”.

Assim mesmo. O enunciado não deixa dúvida de que o incômodo do proponente se dá pela orientação sexual dos frequentadores da casa, que é uma das mais conhecidas boates GLS de Fortaleza, e, na insanidade do preconceito irrefreado, ainda assume sua irritação de ter pessoas supostamente de classes sociais diversas em sua vizinhança, como se Fortaleza tivesse áreas específicas para o lazer de abastados, remediados e populacho.

Ou seja, fosse a Meet uma boate direcionada para público heterossexual e ainda restrita a estes unicamente com alto poder aquisitivo, problema não haveria em seu funcionamento. até de manhã. Tsc tsc tsc.

Seria risível não fosse verdadeiro. E patético. No mundo encantado deste senhor, pediria-se declaração de imposto de renda na entrada de boate e atestado de heterossexualidade indubitável (não quero nem imaginar como seria um teste deste tipo).

Provocada pela coluna, a Meet respondeu em nota oficial em que“lamenta profundamente o teor preconceituoso e discriminatório de tal abaixo assinado, afirma que está com toda a documentação em dia e segue rigorosamente todos os padrões e normas estabelecidos pelos órgãos responsáveis para garantir o seu pleno funcionamento”.

* Da Coluna Cena G, o abaixo-assinado aqui.

Cid sai ou não? Arialdo Pinho, seu braço direito, aposta ele que sai

arialdopinho

Da Coluna Vertical, do POVO desta sexta-feira:

Quem aposta todas as fichas na tese de que o governador Cid Gomes (Pros) vai se desincompatibilizar é alguém da casa dele. Ou melhor, parceiro antigo dos Ferreira Gomes: o chefe da Casa Civil, Arialdo Pinho. Ele não entra em detalhes, evita comentar cenários políticos, mas prevê essa possibilidade que, concretizada, abrirá de fato condições dele, Cid Gomes, disputar o Senado ou dar a vez ao seu irmão, o secretário estadual da Saúde, Ciro Gomes, que, como Cid, diz nada querer com mandatos.

Arialdo fica só nessa projeção, mas há setores do Pros avaliando que, deixando o Governo, Cid teria três opções a seguir: ir trabalhar no BID nos EUA; ficar sem mandato e aguardar a vitória de Dilma para virar ministro; ou postular cadeira de deputado federal e puxar uma boa bancada para seu partido.

De qualquer forma, essa ladainha eleitoral acabará até 5 de abril, data final das desincompatibilizações. Depois disso, mais novela com capítulos e emoções até junho, mês das convenções partidárias.

 

Fortaleza e a “Hora do Planeta”

107 1

Fortaleza aderiu ao movimento “Hora do Planeta” e, neste sábado, vai apagar, durante sessenta minutos, as luzes da Estátua de Iracema da Praia de Iracema e Estátua de Iracema da Lagoa de Messejana, da fachada do Mercado Central, do relógio da Praça do Ferreira (Coluna da Hora), do Seminário da Prainha, do Palácio do Bispo, do prédio da Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), da Catedral Metropolitana de Fortaleza e da Igreja de Fátima.

Essa iniciativa é mundial e no Brasil envolve 16 Capitais. Quem puxa é a Rede WWF-Brasil.

A Hora do Planeta é um ato simbólico, no qual governos, empresas e a população demonstram a sua preocupação com o meio ambiente, apagando as suas luzes durante sessenta minutos.

Prefeito Roberto Cláudio: PPP do Centro sai até maio

roberto-cláudio

“O prefeito Roberto Claudio informa: vai apresentar a Parceria Público Privado (PPP) para construção de estacionamento e um Centro Administrativo no Centro até maio. “Quero ver se até o final de abril, ou começo de maio, a gente possa fazer a apresentação pública, até porque a gente vai ter que apresentar para os investidores”, disse o prefeito durante a visita que fez na manhã de ontem às obras do shopping RioMar Fortaleza, no Papicu.

“Temos que apesentar (a PPP) com a modelagem econômica pronta e com o projeto urbanístico também detalhado”. Em fevereiro a previsão para a divulgação dos prazos e condições da PPP era neste mês, como publicado por O POVO.

A parceria visa atrair o setor privado recebendo contraprestações que poderão ser investidas nas melhorias previstas. Dentre os projetos da Prefeitura que serão apresentados estão a construção de estacionamentos e de um centro administrativo.”

(O POVO)

STF volta a julgar fim de doações de empresas para campanhas políticas

O Supremo Tribunal Federal (STF) deve retomar, na quarta-feira (2), o julgamento sobre a proibição de doações de empresas privadas para campanhas políticas. O julgamento foi interrompido em dezembro do ano passado e será retomado com o voto do ministro Teori Zavascki, que pediu vista do processo.

O Supremo julga a ação direta de inconstitucionalidade da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) contra as doações de empresas privadas a candidatos e a partidos políticos. A OAB contesta os artigos da Lei dos Partidos Políticos e da Lei das Eleições, que autorizam as doações para campanhas políticas. De acordo com a regra atual, as empresas podem doar até 2% do faturamento bruto obtido no ano anterior ao da eleição. As pessoas físicas podem doar quantias limitadas a 10% do rendimento bruto do ano anterior. O placar da votação está em 4 votos a favor do fim das doações. Faltam os votos de sete ministros.

Em dezembro do ano passado, os ministros Luís Roberto Barroso, Dias Toffoli e Joaquim Barbosa seguiram voto do relator do processo, Luiz Fux. De acordo com o entendimento de Fux, as únicas fontes legais de recursos dos partidos devem ser doações de pessoas físicas e repasses do Fundo Partidário. Fux também definiu que o Congresso terá 24 meses para aprovar uma lei que crie normas uniformes para as doações de pessoas físicas e para recursos próprios dos candidatos. Se, em 18 meses, uma nova lei não for aprovada, o TSE poderá criar uma norma temporária.

(Agência Brasil)