Blog do Eliomar

Arquivos do autor Eliomar de Lima

Funasa recebe delegação da Etiopia

reginoo

A Funasa está recebendo delegação da Etiopia e do Unicef que, no Ceará,  vai conhecer projetos nas áreas social e de saneamento. O objetivo, segundo o superintendente regional da fundação, Regino Pinho, é buscar parcerias e procurar intercâmbio.

Esse grupo visitará Sobral (Zona Norte) e outros municípios e terá reunião com a diretoria da Cagece. Na sexta-feira, no auditório do BNB-Passaré, ouvirá exposição sobre ações e trabalhos que o banco realiza nas área de saneamento e abastecimento d’água.

Oi e Oi Futuro doam livros para Associação dos Amigos da Arte de Guaramiranga

socloeljho

Urbano Costa Lima (Dir. Rel. Institucionais Oi) e Nilde Ferreira, que preside a associação.

A Oi acaba de doar 57 livros da Coleção Arte & Tecnologia, editada pelo Oi Futuro, para a Associação dos Amigos da Arte de Guaramiranga (AGUA). A entrega da coleção ocorreu no Restaurante Basílico. A coleção documenta as obras de artistas brasileiros e estrangeiros que usam a tecnologia em seus trabalhos, por meio de imagens e ensaios críticos.

Com registros de importantes exposições realizadas pelo Oi Futuro e da trajetória de artistas singulares, a coleção serve como fonte de conhecimento sobre a arte de nomes como Wally Salomão, Marcos Chaves, Carlos Vergara, Ivens Machado, Miguel Chevalier, Frederico Dalton, Sonia Andrade, Vicente de Mello, Brígida Baltar, Lenora de Barros e Xico Chaves, entre outros. Um exemplo de fonte inédita de pesquisa da obra de um artista é o volume que cobre a obra do poeta Wlademir Dias-Pino, criador do poema-processo.

Entre os lançamentos mais recentes de nomes nacionais, destacam-se o do cineasta Neville D’Almeida, “Além Cinema” (Nova Fronteira), que faz um retrospecto da obra do artista e ensaios escritos por personalidades da cultura brasileira como Hélio Oiticica e Nelson Rodrigues, além de Certificados de Censura da época da ditadura militar no Brasil.

(Foto – Sol Coelho)

São Gonçalo do Amarante comemora chegada de uma fábrica de enlatados

173 1

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=vC0pXVRgqgE[/youtube]

O município de São Gonçalo do Amarante (Região Metropolitana de Fortaleza) já está operando com uma fábrica de enlatados. Inaugurada, nessa segunda-feira, a fábrica produzirá por mê 10 milhões de enlatados de sardinha e atum e foi resultado de um investimento do grupo espanhol Crusoé Foods.

O secretário do Desenvolvimento Econômico de São Gonçalo do Amarante, Victor Ponte, comemora a chegada do empreendimento, que deve gerar 400 empregos diretos.

PRB do Ceará passa por reestruturação e depuração

O secretário-geral do PRB do Ceará, Euler Barbosa, manda nota para o Blog com o objetivo de divulgar que, seguindo recomendação da cúpula nacional, o partido está passando por reestruturação. Confira a nota:

Caro Eliomar de Lima,

O PRB do Ceará está passando por uma grande reestruturação. No último dia 29, a Executiva Estadual decidiu pela dissolução de nada menos do que 122 comissões executivas municipais provisórias. Das 169 comissões registradas no TRE do Ceará, apenas 47 permanecem.

A maioria dessas executivas inativadas foi formada entre os anos de 2007 e 2011. O processo de depuração e de construção de um novo partido está em curso.

Queremos no PRB os republicanos autênticos, que trabalhem pelo crescimento do partido.

* Euler Barbosa,

Secretário-geral do PRB Ceará.

BNB e Paes Mendonça firmam contrato de R$ 269 mi para RioMar Presidente Kennedy

439 4

foto riomar pres kennedy maquete

Da Coluna Vertical, no O POVO desta terça-feira (16):

O presidente do Banco do Nordeste, Nelson Antônio de Souza, e o presidente do Grupo JCPM, João Carlos de Paes Mendonça, assinarão, às 10h30min da quinta-feira (18), no gabinete da presidência do BNB, em Fortaleza, um contrato no valor de R$ 269,1 milhões.

Oriundos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), os recursos destinam-se à implantação do Shopping RioMar Presidente Kennedy, no bairro de mesmo nome, na Capital cearense. A inauguração está prevista para o fim de 2016.

Bom lembrar: o Grupo JCPM já investiu em novo shopping – RioMar Papicu, que será inaugurado no dia 29 de outubro próximo com 15 âncoras e 15 megalojas. Entre elas: C&A, Casas Bahia, G.Barbosa, Insinuante, Livraria Leitura, Magazine Luiza, Mercadinho São Luiz e Lojas Americanas.

Três ex-ministros de Lula apoiam Marina

139 1

Será divulgado nesta terça-feira um grande manifesto de apoio a Marina Silva, assinado por políticos e intelectuais.

Três ex-ministros de Lula aparecem na lista em favor da ex-colega de ministério – Gilberto Gil, José Viegas e Cristovam Buarque. O manifesto, aliás, foi escrito por um dos três.

EUA fazem primeiro ataque ao Estado Islâmico

“Os Estados Unidos atacaram pela primeira vez posições do Estado Islâmico (EI) perto de Bagdá, desde que lançaram, há um mês, campanha aérea contra os militantes islamitas. A informação foi inicialmente divulgada por uma fonte anônima e, mais tarde, confirmada pelo Exército norte-americano.

“O ataque aéreo a sudoeste de Bagdá foi o primeiro a fazer parte dos nossos esforços adicionais, que vão além da proteção do nosso pessoal e das missões humanitárias. O objetivo é atingir alvos do Estado Islâmico, no momento em que as forças iraquianas estão atacando, como foi definido pelo presidente em discurso”, informou o Exército em comunicado.

Os ataques destruíram seis veículos do EI perto de Sinjar e uma posição estratégica a sudoeste de Bagdá, que abria fogo sobre as forças iraquianas. Essas investidas elevam o número de ataques aéreos no Iraque para 162.

Os Estados Unidos começaram, no mês passado, a lançar ataques aéreos contra as posições do Estado Islâmico no Norte do Iraque, mas o anúncio dessa segunda-feira (15), de que a campanha tinha atingido os jihadistas perto da capital, marca uma escalada no âmbito da missão.”

(Agência Brasil)

Vereadora do PSOL crítica declarações de Raquel Dias

164 3

toiharocha

Com o título ‘Socialismo só com liberdade e pelas vias democráticas”, eis nota que a vereadora Toinha Rocha (PSOL) manda para o Blog. Ela lamenta colocações feitas pela candidata ao Senado, Raquel Dias (PSTU), durante sabatina na TV O POVO, em favor da luta armada. Confira:

Caro Eliomar de Lima,

Causou-me espanto a defesa da luta armada, como forma de transformação social, feita pela candidata Raquel Dias (PSTU), da coligação da qual faz parte o PSOL, durante sabatina realizada pelo Grupo de Comunicação O POVO – via TV O POVO, com os candidatos ao Senado, no último dia 15. Achava que esse era um assunto esgotado e totalmente superado dentro do ambiente político e partidário em que convivo.

O PSOL, que apresenta candidato a governador pela Frente de Esquerda, é um Partido que em seu programa defende claramente as vias democráticas para efetivação das mudanças tão necessárias em nosso País. Não há uma linha sequer no programa partidário que faça menção à luta armada, mas, ao contrário, lá defende-se a importância do voto livre e consciente de nosso povo, a organização popular e todas as formas de democracia direta.

Diante da clara dicotomia entre o que defende a candidata Raquel Dias, de nossa coligação, e o que penso ser o proposto pelo PSOL, solicito manifestação pública de meu partido e de seu candidato ao Governo sobre o assunto, ao tempo em que rejeito totalmente as declarações feitas a respeito pela sobredita candidata.

Socialismo só com liberdade e pelas vias democráticas.

Fortaleza, 16 de setembro de 2014.

* Toinha Rocha,

Vereadora eleita democraticamente pelo povo de Fortaleza.

Marina defende ampliação gradativa de investimentos na Cultura

“A candidata do PSB à Presidência da República, Marina Silva, defendeu, nessa noite de segunda-feira, o aumento gradativo de recursos para as ações de cultura. No entanto, ela não quis estabelecer um percentual do Orçamento a ser investido na pasta. A candidata ressaltou que em seu programa de governo cultura e educação, que já têm percentual fixo orçamentário, estarão entrelaçadas.

Em recente entrevista, disse ela, “me foi perguntado se iria fazer 2% na cultura. A nossa escolha foi dizer que vamos ampliar progressivamente os recursos, e não colocamos percentual, porque existem muitos pedidos de percentuais vinculando o Orçamento”, disse em encontro na capital paulista, com representantes do setor cultural.

“Nossa proposta de governo tem um forte entrelaçamento entre educação e cultura. Por isso, a nossa determinação em ampliar progressivamente, de forma consistente, os recursos da cultura”, acrescentou. Ela ressaltou que seu programa de governo já estabelece um percentual relativo à saúde, de 10%. Marina disse que pretende atender a todos os segmentos da atividade cultural, evitando “dirigismos” e “tendências homogêneas”.”

(Agência Brasil)

Inácio Arruda pede punição por publicação de ensaio sensual de menores

inaciooss

Os senadores Magno Malta (PR-ES) e Inácio Arruda (PCdoB-CE) cobraram, nessa segunda-feira (15), investigação e punição das pessoas envolvidas na erotização de crianças e adolescentes em ensaio publicado na revista Vogue Kids, encartada neste mês com a Vogue Brasil.

A Justiça de São Paulo determinou, a pedido do Ministério Público, que a editora Globo interrompa a distribuição e retire de circulação os exemplares já distribuídos da revista. Mas, para os senadores, a medida, apesar de acertada, ainda não é suficiente.

– O Ministério Público deve responsabilizar os dirigentes da empresa pelo ato. A revista abusou das crianças mesmo que o ensaio tenha sido autorizado pelos pais. Não podemos deixar as nossas crianças já fazendo poses sensuais em revistas que visam apenas uma exploração econômica – protestou Inácio Arruda.

(Agência Senado)

Homens assaltam Arcebispo do Rio e ainda pedem “perdão”

133 2

oranitempesta

Três homens armados assaltaram na noite dessa segunda-feira (15) o Arcebispo do Rio de Janeiro, cardeal Dom Orani Tempesta, em Santa Teresa, no Rio de Janeiro. O veículo do religioso foi “fechado” pelo carro dos assaltantes, quando seguia do Sumaré com destino à Glória.

Sob a mira de armas, o cardeal teve que entregar anel, cordão, crucifixo, telefone celular, além da mochila e o paletó do motorista, a batina do seminarista e todo o equipamento fotográfico do fotógrafo. Na fuga, os assaltantes pediram perdão ao religioso pela ação.

(Com agências)

Projeto autoriza polícias a atuarem em universidades

A Câmara dos Deputados analisa o Projeto de Lei 7541/14, que autoriza as polícias militar e civil a atuar dentro das universidades públicas. Pela proposta, do deputado João Rodrigues (PSD-SC), os órgãos de segurança pública poderão atuar nos campi, mas não nas áreas e repartições que forem classificadas como “domicílio profissional” – como gabinetes, anfiteatros, auditórios, salas de aulas, laboratórios e bibliotecas.

Nesses locais, conforme a proposta, a segurança será exercida por pessoal interno.

Os órgãos de segurança pública poderão, no entanto, realizar patrulhamento rotineiro e operações policiais ostensivas nas áreas e repartições classificadas como domicílio profissional.

Atualmente, em geral, as polícias militar e civil necessitam de autorização dos reitores para autuar nas universidades. Isso decorre da autonomia universitária prevista na Constituição Federal.

(Agência Câmara Notícias)

Vox Populi: Dilma 36%, Marina 27% e Aécio 15%

130 1

Pesquisa Vox Populi, encomendada pela Rede Record, mostra a candidata Dilma Rousseff (PT) na liderança com 36% das intenções de voto para presidente da República. A candidata pelo PSB, Marina Silva, aparece com 27% das intenções e Aécio Neves (PSDB) com 15%. Na última pesquisa Vox Populi, Marina tinha 28% das intenções de voto. Os outros dois candidatos mantiveram as mesmas porcentagens.

Brancos e nulos somam 8% e 12% não souberam indicar um candidato ou não quiseram responder. Os candidatos Luciana Genro (PSOL) e Pastor Everaldo (PSC) tiveram 1% das intenções de voto cada um. Eduardo Jorge (PV), Levy Fidelix (PRTB), Zé Maria (PSTU), Eymael (PSDC), Mauro Iasi (PCB) e Rui Costa Pimenta (PCO) tiveram menos de 1% das intenções.

O Vox Populi fez duas simulações de segundo turno. Em uma disputa entre a candidata Marina Silva e Dilma Rousseff, Marina teria 42% das intenções e Dilma, 41%, o que configura um empate técnico, devido à margem de erro do levantamento. Brancos e nulos somariam 11% e 6% seriam os indecisos.

Em uma disputa entre Dilma e Áecio, a candidata do PT venceria com 47% das intenções contra 36% do candidato tucano. Os votos brancos ou nulos seriam 12% e os indecisos, 5%.

O Vox Populi também divulgou avaliação do governo. Os que avaliaram o governo como ótimo ou bom somaram 38%. Aqueles que avaliaram como regular somaram 39% e aqueles que avaliaram como ruim ou péssimo foram 23%. Os que não souberam ou não responderam totalizam 1%.

Foram feitas 2 mil entrevistas em 147 cidades. O levantamento foi feito no sábado (13) e domingo (14). A margem de erro é 2,2 pontos percentuais e o número de registro na Justiça Eleitoral é BR-00632/2014.

(Agência Brasil)

Em depoimento na Justiça, Gabrielli nega superfaturamento de Abreu e Lima

O ex-presidente da Petrobras José Sergio Gabrielli voltou a negar a existência de superfaturamento e pagamento de propina nas obras de construção da Refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco. Em depoimento prestado nesta segunda-feira (15) na Justiça Federal no Paraná, responsável pela investigação da Operação Lava Jato, da Polícia Federal, Gabrielli também disse não ter ligações com o doleiro Alberto Youssef, réu na ação penal. Ele depôs como testemunha, chamado pela defesa de Youssef.

Assim como no depoimento prestado na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras, Gabrielli reafirmou que não houve superfaturamento na obra. “Não tenho nenhum conhecimento concreto. As auditorias e os procedimentos internos da Petrobras não indicam nenhum comportamento desse tipo. Se há esse comportamento, não foi do meu conhecimento”, declarou ao juiz.

Gabrielli confirmou ao juiz Sérgio Moro, responsável pelo caso, que a construção da Refinaria Abreu e Lima estava vinculada à Diretoria de Abastecimento, que à época era comandada por Paulo Roberto Costa, suspeito de participar do suposto esquema de desvio de verbas da Petrobras.

O ex-presidente da empresa também relatou que somente os contratos acima de R$ 32 milhões precisavam de autorização do Conselho de Administração para serem executados. Valores abaixo da quantia ficavam sob a responsabilidade do diretor da área envolvida na operação.

Gabrielli disse não saber se houve alguma influência do ex-deputado José Janene, morto em 2010, na indicação de Paulo Roberto Costa para a Diretoria de Abastecimento. Segundo Gabrelli, cabe ao Conselho de Administração aprovar e demitir diretores. Janene foi réu na Ação Penal 470, o processo do mensalão, julgado pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

(Agência Brasil)

Juiz autoriza transferência para Paulo Roberto depor na CPI Mista

134 1

A ida do ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa, para depor à CPI Mista da Petrobras, na quarta-feira (17), foi autorizada nesta segunda-feira (15) pelo juiz da 13ª Vara Federal de Curitiba, Sérgio Moro. De acordo com o despacho do juiz, Paulo Roberto, que está preso no Paraná, não deverá ser algemado, tem o direito constitucional de não responder as perguntas e pode contar com assistência de advogado.

O ex-diretor da estatal será escoltado pela Polícia Federal e a segurança do depoente enquanto ele estiver no Congresso Nacional poderá tanto ficar a cargo da PF, quanto da polícia legislativa.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki, também se manifestou favoravelmente ao depoimento. Lembrou, em ofício ao presidente da CPI mista, senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), que a convocação de pessoas para depor a comissões parlamentares de inquérito está prevista na Constituição e independe de autorizações judiciais. Assim como Sérgio Moro, Zavascki alertou que Paulo Roberto Costa tem o direito de não produzir provas contra ele próprio.

O senador Jorge Viana (PT-AC) aposta que Paulo Roberto Costa não fará declarações bombásticas à Comissão Parlamentar de Inquérito. Ressaltou que por estar em acordo de delação premiada, ele deve manter sigilo dos fatos para não prejudicar as investigações.  O senador petista avalia que o depoimento da quarta-feira não passará de um jogo para a plateia e lamenta que a CPI tenha se transformado em um palanque eleitoral.

– Não estou diminuindo a importância de se esclarecer os fatos relativos à maior empresa do Brasil. Mas, sinceramente, a Polícia Federal não está agindo, o Ministério Público e a Justiça não estão apurando?  Então tem muito mais de calendário eleitoral na CPI do que interesse de apurar.  Acho isso muito sério, pois  vai diminuindo o prestígio do parlamento. Acho lamentável.

O deputado Rubens Bueno (PPS–PR), por sua vez, está otimista com o depoimento. Diz que há muito a ser esclarecido sobre as denúncias de corrupção na Petrobras.

– Acho que ele vai colaborar. As informações que estão sendo colocadas com relação à delação premiada são algo da maior gravidade e que talvez não tenha acontecido ainda na história da República brasileira.

Paulo Roberto Costa é investigado por pertencer a uma quadrilha especializada em corrupção, remessa ilegal de recursos para o exterior e lavagem de dinheiro. O esquema pode ter movimentado R$ 10 bilhões. A suspeita é que o ex-diretor da Petrobras tenha superfaturado contratos e desviado dinheiro de obras da estatal de petróleo.

(Agência Senado)

Balança tem superávit de US$ 57 milhões na segunda semana do mês

A balança comercial brasileira teve pequeno superávit (exportações maiores que importações) de US$ 57 milhões na segunda semana de setembro. O valor resulta de US$ 4,386 bilhões em exportações e US$ 4,329 bilhões em importações. No mês, o resultado está deficitário em US$ 714 milhões; no acumulado do ano, negativo em US$ 467 milhões. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira (15) pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

A média diária das exportações até a segunda semana de setembro somou US$ 872,2 milhões, 12,2% inferior à registrada em setembro de 2013. Nas compras do Brasil no exterior, a média está em US$ 943,6 milhões, 5,1% acima do mesmo mês do ano passado. A média diária corresponde ao volume financeiro negociado por dia útil.

A receita com as vendas externas diminuiu para as três categorias da pauta de exportações: semimanufaturados (18,7%), manufaturados (12,4%) e básicos (11,5%).

Do lado das importações, cresceram as aquisições de combustíveis e lubrificantes, farmacêuticos, siderúrgicos e plásticos, na comparação com setembro de 2013.

(Agência Brasil)

Chororô, resmungado, beicinho e necas de bitibiriba

187 1

Em artigo enviado ao Blog, o arquiteto Joaquim Cartaxo rebate tópico da coluna do jornalista Fábio Campos, publicado no O POVO e no Blog, nesse domingo (14), quando o jornalista sugere que o PT esconde a verdade no bom tratamento dado aos bancos, nos governos Lula e Dilma, para atacar Marina Silva. Confira:

Jornalista Fábio Campos em O Povo de 14/09 afirma que Henrique Meireles, ex-dirigente do Bank of Boston, homem do mercado financeiro e membro do governo Lula, “como presidente do Banco Central (BC), foi fiel aos seus princípios e jamais agiu ou disse algo em contraposição a esse mercado”. Por isso, o articulista defende que não há razão para o PT, a presidenta Dilma e mais uma plêiade de economista petista e não petistas manifestarem sua contrariedade quanto à proposta da candidata Marina Silva de institucionalizar a independência do BC. Fica a insinuação de que com Meireles na presidência o Banco Central possuía independência.

O debate posto não está na indicação deste ou daquele banqueiro para comandar a instituição, mas o fato da candidata Marina Silva propor e defender com seus assessores econômicos,legítima e democraticamente, a independência institucional do BC. Independênciaque na prática significa o presidente da república, eleito pelo voto popular,abrir mão da prerrogativa de indicar a presidência do BC. Essa proposta cria um quarto poder, além do Executivo, Legislativo e Judiciário, o poder monetário do BC.

Vale sublinhar a posição contrária de Joseph Stiglitz, economista, ganhador do prêmio Nobel e ex-presidente do Banco Mundial, divulgada nos meios de comunicação nacional. Ele avalia que China, Índia e Brasil com bancos centrais sem independência responderam melhor a crise financeira internacional que a Europa e EUA com seus bancos centrais independentes.

No caso brasileiro, a política econômica estruturada pelos governos Lula e Dilma diminui os efeitos da crise econômica que assola o mundo. Crise em que as 20 maiores economias do mundo produziram 100 milhões de desempregados, arrocho salarial e corte de direitos sociais, segundo a Organização Internacional do Trabalho (OIT); por outro lado, o Brasil segue gerando emprego, renda e incluindo milhões de pessoas.

A independência institucional do Banco Central por meio de lei específica defendida pela candidata Marina Silva quer dizer que a escolha do presidente da principal autoridade monetária do nosso país não seria mais decidida pelo presidente da República; esse cargo seria ocupado por “técnicos” sem compromisso com o projeto político eleito pela população, mas com a atribuição de controlar as taxas de juro, crédito e geração de empregos. As decisões sobre tais questões podem encarecer financiamentos e diminuir o crédito com a justificativa de conter a inflação como professa o pensamento dos neoliberais. Consequencia disso: desemprego, redução de salários e investimentos sociais.

O PT e a presidente Dilma Rousseff defendem a autonomia operacional do Banco Central como aconteceu no governo Lula e tem ocorrido no dela. Explicando: o BC pode deliberar quais são as medidas mais adequadas para atingir os objetivos e as metas estabelecidos pelo governo. Assim sendo, há articulação entre as gestões das políticas monetária e financeira, esta última responsabilidade do governo federal. Descompasso entre essas políticas pode gerar consequências catastróficas aos brasileiros.

Há os contra a independência do Banco Central, os a favor e os muitos pelo contrário. O eleitor continua diante de dois projetos políticos que há 20 anos polarizaram a disputa política no Brasil: o democrático-popular que reúne forças populares, progressistas e socialistas liderado por Dilma e outro neoliberal, agora liderado por Marina.